Mensagens Recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 ... 10
1
Outra gafe, foi de associarem uma oráculo (como sempre posta fora do contexto pra encaixar Jesus coo messias) ao profeta Jeremias, sendo que foi Zacarias quem fez.
Pra fiéis que publicaram livros ditos inspirados pelo "inerrável" Espírito Santo, que deee ter cometido essa gafe editorial:

Zacarias 11:12

Eu disse-lhes: Dai-me o meu salário, se o julgais bem, ou então retende-o! Eles pagaram-me apenas trinta moedas de prata pelo meu salário. O Senhor disse-me: Lança esse dinheiro no tesouro, esta bela soma, na qual estimaram os teus serviços. Tomei as trinta moedas de prata e lancei-as no tesouro da casa do Senhor.

Mateus 27:9

Assim se cumpriu a profecia do profeta Jeremias: Eles receberam trinta moedas de prata, preço daquele cujo valor foi estimado pelos filhos de Israel;

De novo você usando o termo ''gafe'' quando ficou claro que em Marcos 11:13-14 não há nenhuma gafe.

Seguindo a narrativa rigorosamente, vimos que Jesus avistou uma figueira coberta por folhas, mesmo fora de época, e se encaminhou para ela a fim de passar um ensinamento aos seus discípulos. É o que o texto diz.

Mas Jesus sabia de antemão se ali encontraria frutos? Não importa. O fato inquestionável é que Jesus viu ali uma ótima oportunidade para instruir seus seguidores e passar uma lição, senão vejamos:

Se Jesus tivesse avistado de longe a figueira sem folhas, seca, teria ele se dirigido pra lá e amaldiçoado a árvore com o claro objetivo de demonstrar seus poderes?     

E o que aconteceria se Jesus, uma vez tendo chegado à figueira, nela encontrasse alguns frutos?

Fica claro que em nenhuma das duas hipóteses Jesus teria tido um pretexto e êxito em passar um ensinamento importante e também demonstrar seus poderes.   

Não há como escapar do fato de que em Marcos 11:13-14 não há nenhum erro ou contradição. Muito pelo contrário, Jesus demonstrou foi ser bastante esperto.

Ponto para Jesus!  :dedos:
A explicação do Lutero é convincente, Jesus pretendia passar uma lição, o que torna razoável a tese de que ele já sabia que poderia não encontrar frutos na figueira, e que a maldição ou alguma outra mensagem em decorrência deste fato seria a tal lição que ele passaria.

Isso refuta por completo a tese de que ele teria se enganado? Não, mas a torna mais fraca quando em comparação com a nova tese.

Não é o que diz a bíblia.

Marcos 11:11-14

11-Jesus entrou em Jerusalém e dirigiu-se ao templo. Observou tudo à sua volta e, como já era tarde, foi para Betânia com os Doze.
12-No dia seguinte, quando estavam saindo de Betânia, Jesus teve fome.
13-Vendo à distância uma figueira com folhas, foi ver se encontraria nela algum fruto. Aproximando-se dela, nada encontrou, a não ser folhas, porque não era tempo de figos.
14-Então lhe disse: "Ninguém mais coma de seu fruto". E os seus discípulos ouviram-no dizer isso.
Neste caso o Lutero tem que se explicar, pois ele diz que está no texto rigorosamente a mensagem de que uma lição seria passada, e pelo que você mostrou aí, e eu confirmei na bíblia aqui de casa, tal mensagem não existe. Neste caso passo a concorda c vocês que a possibilidade mais provável é a de que ele se enganou e se zangou com isso.
2
Religiões, Crenças e Mitos / Re:MEDIUNIDADE EXPERIMENTAL - Por que não?
« Última Mensagem: por Gorducho Online Hoje às 11:50:53 »
Mesmo assim tem algo que me agrada na postura intelectiva dele que é não se apegar a linhas dogmáticas ("doutrinas") tipo kardecistas, chiquistas, &c...
Ele se mantém aberto.
E.g.: no espiritismo a pineal é uma antena de telecomunicações c/o ultramundo dos "espíritos". Já ele formula tese própria, dele.

ACHO que ele é o Sr. criso.
Sou grato ao Sr. criso por ele ter me feito notar o martinismo lionês misticizando o mesmerismo como a origem do espiritismo.
Com toda minha jactância de pós-Ph.D. em Espiritismo e tudo eu nunca tinha me apercebido desses eventos ½+ século ANTES do Cahagnet/Adèle Maginot &c.  :!:
3
Laicismo, Política e Economia / Re:Eleições presidenciais de 2018
« Última Mensagem: por Diegojaf Online Hoje às 11:42:26 »
Citar
Joaquim Barbosa defende diminuição do papel do Estado na economia
http://www1.folha.uol.com.br/seminariosfolha/2017/04/1874198-joaquim-barbosa-defende-diminuicao-do-papel-do-estado-na-economia.shtml

"É necessário punir [empresas que agem à margem da ética], mas isso não basta. Deve-se retirar o Estado de atividades econômicas nas quais não deveria estar, reservando-o a serviços públicos, e diminuir as ambiguidades legais onde o empreendedor busque levar a cabo empreitadas com auxílio de gordos benefícios estatais", afirmou.
4
Música, Arte e Cultura / Re:O que vocês estão ouvindo?
« Última Mensagem: por Fenrir Online Hoje às 11:40:02 »
Agora, dedico a ICAR, "Torquemada 71" e "I, the Witchfinder", tambem do EW
5
Laicismo, Política e Economia / Re:Eleições presidenciais de 2018
« Última Mensagem: por -Huxley- Online Hoje às 11:33:57 »
BARBOSA ABANDONA MERCADO E DIZ SER CONTRA POSIÇÕES ULTRALIBERAIS


247 - O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal e pré-candidato à presidência da república pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), Joaquim Barbosa, disse ser "contra posições ultraliberais num país social e estruturalmente tão frágil quanto o Brasil". Barbosa diz que o Brasil tem "desigualdades profundas e historicamente enraizadas". Esse discurso se choca, a princípio, com as pretensões do mercado em ter Barbosa como seu candidato. Admirador ao mesmo tempo do liberal cientista político Francis Fukuyama e do economista francês Thomas Piketti, Barbosa tenta formular um perfil ideológico para que suas pretensões presidenciais não caiam na deriva judicialista.



https://www.brasil247.com/pt/247/poder/352611/Barbosa-abandona-mercado-e-diz-ser-contra-posi%C3%A7%C3%B5es-ultraliberais.htm





"Barbosa abandona mercado", impressionante o wishful thinking dessa gente.
6
Laicismo, Política e Economia / Re:Eleições presidenciais de 2018
« Última Mensagem: por Diegojaf Online Hoje às 11:29:32 »
BARBOSA ABANDONA MERCADO E DIZ SER CONTRA POSIÇÕES ULTRALIBERAIS


247 - O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal e pré-candidato à presidência da república pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), Joaquim Barbosa, disse ser "contra posições ultraliberais num país social e estruturalmente tão frágil quanto o Brasil". Barbosa diz que o Brasil tem "desigualdades profundas e historicamente enraizadas". Esse discurso se choca, a princípio, com as pretensões do mercado em ter Barbosa como seu candidato. Admirador ao mesmo tempo do liberal cientista político Francis Fukuyama e do economista francês Thomas Piketti, Barbosa tenta formular um perfil ideológico para que suas pretensões presidenciais não caiam na deriva judicialista.



https://www.brasil247.com/pt/247/poder/352611/Barbosa-abandona-mercado-e-diz-ser-contra-posi%C3%A7%C3%B5es-ultraliberais.htm


O que seriam "posições ultraliberais"?
Pra Brasil 24/7? Qualquer tipo de propriedade privada...
7
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/04/tv-passa-tablet-como-meio-de-acesso-a-internet-por-brasileiros.shtml

Caramba, pensaram no tablet como substituto, e o que está acontecendo é que computadores ainda tipicamente maiores do que o PC estão superando a venda dos tablets.
8
Laicismo, Política e Economia / Re:Eleições presidenciais de 2018
« Última Mensagem: por Fabrício Online Hoje às 11:21:17 »
BARBOSA ABANDONA MERCADO E DIZ SER CONTRA POSIÇÕES ULTRALIBERAIS


247 - O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal e pré-candidato à presidência da república pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), Joaquim Barbosa, disse ser "contra posições ultraliberais num país social e estruturalmente tão frágil quanto o Brasil". Barbosa diz que o Brasil tem "desigualdades profundas e historicamente enraizadas". Esse discurso se choca, a princípio, com as pretensões do mercado em ter Barbosa como seu candidato. Admirador ao mesmo tempo do liberal cientista político Francis Fukuyama e do economista francês Thomas Piketti, Barbosa tenta formular um perfil ideológico para que suas pretensões presidenciais não caiam na deriva judicialista.



https://www.brasil247.com/pt/247/poder/352611/Barbosa-abandona-mercado-e-diz-ser-contra-posi%C3%A7%C3%B5es-ultraliberais.htm


O que seriam "posições ultraliberais"?
9
Música, Arte e Cultura / Re:O que vocês estão ouvindo?
« Última Mensagem: por Fenrir Online Hoje às 11:17:24 »
Dunwich - Electric Wizard
10
Laicismo, Política e Economia / Re:Lava Jato chegou ao Lula
« Última Mensagem: por -Huxley- Online Hoje às 10:24:19 »
A PF derrota o golpe

Brasil  26.04.18 07:55

A assinatura do acordo de delação premiada de Antonio Palocci com a PF enterra o golpe para tirar Lula de Curitiba.

Antonio Palocci foi o responsável pelos pagamentos de propina para o chefe da ORCRIM.

A PF sabe como os pagamentos foram feitos e pode provar o caminho do dinheiro.

Fonte: https://www.oantagonista.com/brasil/pf-derrota-o-golpe/
Páginas: [1] 2 3 4 5 ... 10
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!