Enquete

Qual das promessas de campanha abaixo você acha mais provável que seja cumprida por Trump?

Deportação de cerca de 3 milhões de imigrantes ilegais
1 (4.3%)
Construção de um muro na fronteira com o México
2 (8.7%)
Revogação do acordo nuclear iraniano
1 (4.3%)
Extinção do Obamacare
10 (43.5%)
Revogação da assinatura do Acordo Climático de Paris
9 (39.1%)

Votos Totais: 22

enquete encerrada: 14 de Janeiro de 2017, 01:17:02

Autor Tópico: Governo Trump  (Lida 56528 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.786
  • "Minha espada não tem partidos."
Re:Governo Trump
« Resposta #2025 Online: 06 de Abril de 2018, 18:48:28 »
O legal do Trump é que ele está bagunçando toda a ordem global instituída no pós guerra e criando muitos problemas para o monstrengo da China que precisa ser contida.


Muito legal mesmo, vamos acabar tendo uma guerra nuclear.  Vai ser algo bastante divertido.  Vai ser algo quente, sangrento e radioativo.  Bom que ninguém vai mais preocupar com aquecimento global, pois o meio ambiente já estará destruído mesmo.

As explosões  e os cogumelos nucleares serão uma visão inesquecível.



 :histeria: Gigaview fazendo escola.
"Quem for brasileiro, siga-me." Duque de Caxias

"Vamos mudar isso aí. Tá OK?" Capitão Mito Bolsonaro

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.626
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Governo Trump
« Resposta #2026 Online: 06 de Abril de 2018, 19:46:17 »
Seja lá o que for, haverá chineses.

Frase de alguém, Churchill acho

Offline Pregador

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.957
  • Sexo: Masculino
  • "Veritas vos Liberabit".
Re:Governo Trump
« Resposta #2027 Online: 07 de Abril de 2018, 22:24:51 »
O legal do Trump é que ele está bagunçando toda a ordem global instituída no pós guerra e criando muitos problemas para o monstrengo da China que precisa ser contida.


Muito legal mesmo, vamos acabar tendo uma guerra nuclear.  Vai ser algo bastante divertido.  Vai ser algo quente, sangrento e radioativo.  Bom que ninguém  mais vai precisar se preocupar com aquecimento global, pois o meio ambiente já estará destruído mesmo.

As explosões  e os cogumelos nucleares serão uma visão inesquecível.

Que pessimista...


"O crime é contagioso. Se o governo quebra a lei, o povo passa a menosprezar a lei". (Lois D. Brandeis).

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.448
Re:Governo Trump
« Resposta #2028 Online: 10 de Abril de 2018, 07:03:41 »
O Trump citando nominalmente o Putin no caso do ataque com armas químicas na Síria é bem capaz de ser já influência do Bolton.


Offline Agnoscetico

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.826
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2029 Online: 11 de Abril de 2018, 00:03:57 »


<a href="https://www.youtube.com/v/ADZxfi6p8l4" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/ADZxfi6p8l4</a>






Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.648
Re:Governo Trump
« Resposta #2030 Online: 17 de Abril de 2018, 00:42:57 »
Além de protecionista comercial, Trump é combatente da sobre-eficiência da Amazon:





Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.448
Re:Governo Trump
« Resposta #2031 Online: 08 de Maio de 2018, 17:54:02 »
https://www.theguardian.com/world/2018/may/08/iran-deal-trump-withdraw-us-latest-news-nuclear-agreement

Mais um passo em direção a um mundo caótico. Vamos ver se vai sair merda do encontro com o Pingpong ou não.

Trump está fazendo história. Ele realmente será lembrado.

Offline Gauss

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.083
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Governo Trump
« Resposta #2032 Online: 08 de Maio de 2018, 19:02:32 »
Sério que tem gente aqui que coloca a mão no fogo pelo Regime Fundamentalista Iraniano?
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.626
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Governo Trump
« Resposta #2033 Online: 08 de Maio de 2018, 19:30:03 »
Não, mas acho que a última guerra que o Irã começou era o Rodrigo Santoro que estava no comando.

A Arábia Saudita que praticamente é Mordor os caras passam pano

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.177
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Governo Trump
« Resposta #2034 Online: 08 de Maio de 2018, 19:49:16 »
Acho que essas medidas são a prova cabal de que o Trump é a "bitch" do Putin. O Irã já queria rever os termos do acordo, visto que a situação dele mudou radicalmente de 2015 pra cá. O que o Trump fez na prática foi liberar o Irã pra continuar a pesquisa bélica nuclear. O Irã tem a proteção da Rússia, investimentos chineses aportando e crescimento de influência na região.

Quero ver se Israel vai peitar ou se daqui há um ano ou dois, veremos o Trump apertando as mãos com o Presidente do Irã, que vai vender caro a desnuclearização, como fez a Coreia do Norte.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Gauss

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.083
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Governo Trump
« Resposta #2035 Online: 08 de Maio de 2018, 20:03:52 »
Israel tem o histórico de peitar. Mas acho que o foco de Israel será o Líbano, já que a coligação do Hezbollah ganhou as eleições por lá.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.185
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2036 Online: 08 de Maio de 2018, 22:27:15 »



Muitos  políticos  do povo do VT querem dar uma lição nos persas já tem alguns anos.
« Última modificação: 09 de Maio de 2018, 10:18:47 por JJ »

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.448
Re:Governo Trump
« Resposta #2037 Online: 09 de Maio de 2018, 05:01:08 »
Israel tem o histórico de peitar. Mas acho que o foco de Israel será o Líbano, já que a coligação do Hezbollah ganhou as eleições por lá.

Eu não consigo entender a razão de Israel ter forçado tanto esse movimento de acabar com o acordo.

Não parece ser um movimento muito sensato.

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.782
Re:Governo Trump
« Resposta #2038 Online: 09 de Maio de 2018, 07:52:21 »
Sério que tem gente aqui que coloca a mão no fogo pelo Regime Fundamentalista Iraniano?

Eu não ponho a mão no fogo por nenhum dos envolvidos nesse imbróglio... mas a Agência Internacional de Energia Atômica não estava fiscalizando, emitindo relatórios e tal do programa iraniano? 

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.185
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2039 Online: 09 de Maio de 2018, 09:33:46 »
Sério que tem gente aqui que coloca a mão no fogo pelo Regime Fundamentalista Iraniano?


Você põe a mão no fogo por políticos de terras distantes ?



Você só   não   põe a mão no fogo por políticos do Brasil e dos políticos vizinhos da América do Sul e também por políticos   que não sejam de direita de outros países ?



 :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?:

« Última modificação: 09 de Maio de 2018, 10:05:31 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.185
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2040 Online: 09 de Maio de 2018, 10:06:58 »
Sério que tem gente aqui que coloca a mão no fogo pelo Regime Fundamentalista Iraniano?


Você  primordialmente   põe   a   mão   no  fogo  por políticos  cristãos ocidentais do hemisfério norte da América e da Europa ?


E também por políticos  que  são do povo do VT ?


 :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?: :?:


 :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!: :!:



« Última modificação: 09 de Maio de 2018, 10:16:15 por JJ »

Offline Agnoscetico

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.826
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2041 Online: 09 de Maio de 2018, 10:44:37 »

O Paquistão, um país com teocracia islâmica, tem arma atômica, conflito com a Índia, que também tem, mas até agora não usou.

O Cazaquistão, país de maioria islâmica, após fim da URSS, foi o primeiro país a se livrar do arsenal atômico. Já os EUA cristão-protestante-liberal e a Rússia ortodoxa-eurasiana-não-tão-liberal não confiam um no outro e não largam o osso.

Já o Irã não sei se seria tão confiável; deve depender de país pra país, com a características culturais.


<a href="https://www.youtube.com/v/uY-rJa-Ymts" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/uY-rJa-Ymts</a>
















Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.988
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2043 Online: 07 de Junho de 2018, 11:13:23 »
https://istoe.com.br/kim-jong-un-suplicou-de-joelhos-por-cupula-com-trump-afirma-giuliani/

E quando vc acha que as coisas se acalmaram sempre tem algum estúpido para fazer desandar.

Discutir pela imprensa o que deveria ser a portas fechadas.


Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.448
Re:Governo Trump
« Resposta #2045 Online: 09 de Junho de 2018, 13:28:17 »
 :biglol:

Tá mesmo, não tem outra explicação. Ou então o cara está com demência.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.204
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Governo Trump
« Resposta #2046 Online: 12 de Junho de 2018, 10:20:13 »
Citar
Kim Jong-un se compromete com o fim das armas nucleares em encontro com Trump em Singapura
Acordo com quatro itens foi assinado durante encontro histórico dos líderes dos EUA e Coreia do Norte. Trump diz que Kim aceitou o seu convite para visitar a Casa Branca.

A Coreia do Norte se comprometeu com o desmonte do seu programa nuclear nesta terça-feira (12), durante o encontro inédito de seu líder, Kim Jong-un, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Singapura.

Os dois países "decidiram deixar o passado para trás" e "o mundo verá uma grande mudança", segundo Kim, que assinou uma declaração de quatro itens durante o encontro com o chefe de estado americano.

O engajamento com o fim da produção de armas nucleares e a desnuclearização completa da península coreana era uma condição imposta pelos EUA para a realização da histórica cúpula.

Porém, o documento final do encontro não estabelece metas ou detalhes de como o compromisso será colocado em prática para que o abandono da produção seja feito de forma completa, irreversível e verificável, como pedem os Estados Unidos.

O compromisso com o desmonte do programa nuclear já consta na Declaração de Panmunjon, assinada após o encontro de líderes das duas Coreias, em abril.

O documento assinado por Trump e Kim nesta terça possui quatro pontos:

1) EUA e Coreia do Norte se comprometem a estabelecer relações de acordo com o desejo de seus povos pela paz e prosperidade;
2) Os dois países irão unir seus esforços para construir um regime de paz estável e duradouro na península coreana;
3) Reafirmando a Declaração de Panmunjon, de 27 de abril de 2018, a Coreia do Norte se compromete a trabalhar em direção à completa desnuclearização da península coreana;
4) Os EUA e a Coreia do Norte se comprometem a recuperar os restos mortais de prisioneiros de guerra, incluindo a imediata repatriação daqueles já identificados.

Na avaliação de Trump, o documento está "bastante completo" e mostra que os países estabeleceram uma ligação especial após a sua assinatura. Em entrevista logo depois do encontro, o presidente americano afirmou que Kim aceitou o seu convite para visitar a Casa Branca e que ele pretende visitar Pyongyang "em um certo momento".

"Aprendi que ele é um homem muito talentoso que ama muito seu país. É um negociador de valor, que negocia em benefício de seu povo", elogiou.

O presidente americano afirmou que a Coreia do Norte "já está destruindo seus principais centros de testes nucleares", mas que as sanções econômicas serão mantidas por enquanto. Adotadas entre 2017 e 2018, as sanções tem o objetivo de pressionar Pyongyang a reduzir seus programas nuclear e armamentista.

Nesta terça, Trump afirmou que vai pressionar o país a abandonar a produção de armas nucleares o mais rápido que puder, mas reconheceu que esse processo pode levar um tempo.

Encontro inédito

Após uma série de testes balísticos norte-coreanos e uma verdadeira “guerra verbal” entre Kim e Trump travada ao longo de 2017, o primeiro encontro dos líderes dos dois países parecia impossível.

O objetivo desta cúpula em Singapura era chegar a um consenso sobre o desmonte do programa nuclear e balístico da fechada ditadura comunista, em troca de alívio econômico para o país atualmente afetado por duras sanções.

Kim e Trump tiveram um encontro privado, uma reunião ao lado de seus assessores e um almoço ao lado de suas respectivas comitivas. Os dois líderes caminharam juntos Trump e se cumprimentaram várias vezes diante das câmeras.

Quando se sentou ao lado de Kim pela primeira vez, Trump disse ter esperança de que a cúpula seria "tremendamente bem-sucedida". "Teremos um ótimo relacionamento pela frente", acrescentou.

O ditador norte-coreano disse, em seguida, que havia enfrentado uma série de "obstáculos" para realizar esse encontro. "Nós superamos todos eles e estamos aqui hoje", disse a repórteres, por meio de um tradutor.

Mais tarde, em um breve pronunciamento, Trump disse que o encontro estava sendo "melhor do que qualquer um poderia esperar". Em seguida, ele mostrou sua limusine ao norte-coreano e manteve o que pareceu ser uma conversa bastante amistosa durante alguns minutos. Eles se separaram brevemente e voltaram a encontrar na sala onde assinaram a declaração.

O local do encontro foi o luxuoso hotel Capella, na ilha de Sentosa, famosa por suas praias turísticas e seus campos de golfe espetaculares. Singapura designou partes de sua região central como uma "zona especial", implantando um rigoroso sistema de segurança. O espaço aéreo sobre a rica cidade-Estado está temporariamente restrito durante partes dos dias 11, 12 e 13 de junho.

Antes do diálogo, provocações

O inédito encontro entre os líderes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte ocorre, paradoxalmente, poucos meses depois do acirramento das tensões entre os dois países.

Somente em 2017, primeiro ano de Trump na Casa Branca, os norte-coreanos lançaram 23 mísseis. Em um deles, em novembro, a Coreia do Norte anunciou ter testado um projétil capaz de alcançar "todo o território dos Estados Unidos", segundo a emissora de TV estatal KCTV.

Em resposta, Trump anunciou sanções contra 56 empresas da Coreia do Norte, que, segundo ele, significavam "as mais importantes" já impostas a Pyongyang.

Trump também usou o Twitter para rebater as ações e os discursos de Kim Jong-un. Após o ditador da Coreia do Norte dizer que tem sempre à mesa um botão nuclear, o presidente dos Estados Unidos rebateu: "Eu também tenho um botão nuclear, mas é um muito maior e mais poderoso que o dele. E o meu botão funciona!"

Tensões se dissiparam

A tentativa de aproximação entre as coreias do Sul e do Norte — aquecida, inclusive, pela união dos dois países na abertura da Olimpíada de Inverno — levou, em abril, os líderes das nações separadas a um encontro histórico em que ambos os lados discutiram a desnuclearização da península.

Enquanto ocorriam as negociações para o encontro coreano. Trump surpreendeu ao dizer que Kim Jong-un o havia convidado para reunião — e que ele havia aceitado o convite.

Trump, que não participou do anúncio, comentou no Twitter. "Kim Jong Un falou sobre a desnuclearização com os representantes sul-coreanos, não apenas um congelamento. Além disso, nenhum teste de mísseis pela Coreia do Norte durante esse período. Grandes progressos estão sendo feitos, mas as sanções permanecerão até que um acordo seja alcançado. Reunião sendo planejada!", escreveu.

Pouco tempo depois, o então diretor da CIA e atual secretário de Estado americano, Mike Pompeo, viajou para a Coreia do Norte, onde teve um encontro secreto com Kim Jong-un, mostrando um avanço nas relações entre os dois países. Ele voltou de lá com três americanos que tinham sido detidos por Pyongyang por suspeita de atividades anti-estatais.

Na carta divulgada nesta quinta, Trump agradece pela libertação dos americanos: "Quero agradecê-lo pela libertação dos detidos que agora estão em casa com suas famílias. Aquele foi um bonito gesto e foi muito apreciado", afirma o presidente na carta.

Encontro quase não ocorreu

Porém, em maio, a Coreia do Norte suspendeu as conversações de alto nível com a Coreia do Sul, citando como motivo exercícios militares conjuntos de Seul com os EUA. O governo norte-coreano vê os exercícios como um treino de invasão do seu terrritório e uma provocação em meio à melhora de relações entre as duas Coreias.

O regime de Kim Jong-un já tinha colocado em dúvida realização da cúpula prevista com Trump. E, em 21 de maio, Trump disse que o encontro histórico poderia atrasar ou não acontecer caso certas condições não sejam cumpridas - embora não tenha explicados que condições seriam estas.

Trump, então, chegou a cancelar a reunião. "Estava muito ansioso para me encontrar com você", disse o presidente dos Estados Unidos em uma carta dirigida ao líder norte-coreano, que foi divulgada pela Casa Branca.

A pressão dos Estados Unidos surtiu efeito. Menos de duas semanas depois de cancelar o encontro, Trump voltou a confirmar a reunião para 12 de junho, em Singapura. O anúncio ocorreu após uma reunião entre o republicano e o braço-direito de Kim Jong-un, Kim Yong-chol, na residência oficial americana.

https://g1.globo.com/mundo/noticia/kim-jong-un-se-compromete-com-desnuclearizacao-completa-apos-encontro-com-trump-em-singapura.ghtml

Eu nunca tive opinião sobre o Trump. Já comentei aqui que não dou a mínima pro presidente dos EUA, quem quer que seja, mas nunca imaginei que Trump entraria para a história como um dos grandes chefes de Estado daquela nação. Realmente surpreso.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro


Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.204
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Governo Trump
« Resposta #2048 Online: 12 de Junho de 2018, 13:37:04 »
Se ceder a todos os pedidos do outro lado é vitória, KJU é vitorioso.

O único fato concreto até aqui é que Trump, apesar de tudo, fez em menos de dois anos o que Obama não fez em oito.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.020
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Trump
« Resposta #2049 Online: 12 de Junho de 2018, 13:59:06 »
Não tem nada decidido ainda. Ex.: "desnuclearização da península" pode incluir a retirada dos EUA de lá.

Você acha que, por todos esses anos, todos os presidentes americanos estavam tentando de alguma forma conseguir uma reunião pessoal com o ditador norte-coreano, sendo rejeitados, então chegou Trump, e finalmente conseguiu a atenção dele? :hein:


(A grande ironia deve ser que uma boa parte dos trumpetes deve estar celebrando isso, ao mesmo tempo em que acha que o acordo com o Irã "foi um desastre.")

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!