Autor Tópico: Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso  (Lida 2264 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #50 Online: 27 de Fevereiro de 2018, 19:28:27 »
Agora vamos a uma lista de Fake News produzida por aqui mesmo.
O Fantástico recebeu uma boa análise de Arthur do Val sobre o programa de domingo passado.
Mas o próprio Fantástico não falou de:
  • a mentira contada por Lauro Jardim de que o presidente Michel Temer havia ordenado a Joesley Batista que pagasse pelo silêncio de Eduardo Cunha. Quando o áudio foi divulgado, nada do que a Globo anunciou com ares apocalípticos foi encontrado. A frase "Tem que manter isso, viu" já foi exaustivamente explicada no contexto, de ficar bem com Cunha. Não tinha nada ali de "comprar silêncio".
  • a mentira contada por um funcionário da Globo, o jornalista Ilimar Franco. Ele publicou em seu blog no jornal O Globo que "o MBL era um movimento de extrema-direita que ostentava suásticas em manifestações e que saía nas ruas à caça de negros, nordestinos, homossexuais e militantes de esquerda".
    Medo.  :susto:
  • a mentira de quando o jornalista André Rizek declarou que o governo federal havia censurado a escola de samba Paraíso do Tuiuti, impedindo o personagem "Vampirão" de utilizar a faixa presidencial no desfile das campeãs. Mais tarde, foi desmentido pela própria agremiação, que afirmou que o componente havia perdido o adereço na avenida e que portanto não desfilaria com a faixa novamente.
  • a mentira da jornalista Zileide Silva quando afirmou que um militante do MBL disparou uma arma de fogo no acampamento do impeachment na frente do Congresso Nacional.
  • a mentira de quando a Globo forjou um post no Twitter como sendo uma postagem de uma canadense chamada Amanda Rose contra Donald Trump.
  • a mentira da jornalista Monalisa Perrone mentindo sobre os republicanos, falando que eles "odeiam muçulmanos, odeiam negros, são nojentos".
  • a mentira da farsa dos jatos de água jogados em moradores de rua por funcionários da limpeza pública de São Paulo por orientação da gestão João Doria.
  • a mentira de quando Luciano Huck tentou ser candidato a presidência, a Globo fez o programa Domingão do Faustão de palanque para seu colaborador e depois mentiu dizendo que o programa foi gravado cerca de um mês antes. Esqueceu apenas de combinar com Fausto Silva os detalhes.
  • a mentira de Ricardo Noblat, também do grupo Globo, que atribuiu uma fala bisonha a Bolsonaro dizendo que ele sugeria metralhar sumariamente a Rocinha.
e outras.


O próprio Fantástico é criador de Fake News.
E está tentando se desvencilhar do melhor epíteto que alguém poderia atribuir a ele, como Trump fez aos meios de comunicação que forjam informações.
Fake News® é marca registrada, é Copyright é TradeMark do Laranjão.
E você, Fantástico, está enquadrado nela.
Fake News©
Fake News

Fantástico nem ousou passar de longe de qualquer um desses fatos acima.
Produzido pelo próprio grupo Globo.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #51 Online: 27 de Fevereiro de 2018, 19:36:01 »

O Twitter está bombando.
Fantástico querendo limpar a barra e a meninada descendo a lenha:


Offline Gauss

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.595
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #52 Online: 27 de Fevereiro de 2018, 19:41:00 »
A eleição de Donald Trump foi uma tramoia entre George Soros, Irmãos Koch e Vladimir Putin, em uma aliança completamente inesperada.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #53 Online: 27 de Fevereiro de 2018, 19:45:41 »
A eleição de Donald Trump foi uma tramoia entre George Soros, Irmãos Koch e Vladimir Putin, em uma aliança completamente inesperada.
Tamo junto.  :hihi:




Mais twittes:


Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.585
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #54 Online: 27 de Fevereiro de 2018, 22:08:39 »
Será que isso não influenciou muito mais do que a "suposta" (e bota suposta nisso) interferência russa?
Talvez.

Sobre a (suposta) influência russa, somente o tempo dirá quem está mentindo.
Mesmo depois de uma declaração oficial, emitida pela autoridade responsável pela investigação de que NÃO houve interferência russa nas eleições, ouvir esse tipo de declaração me faz apenas constatar que você representa a ponta da ferradura que se aproxima dos petistas que gritam sem parar que Lula é inocente.

Se uma constatação oficial não faz você mudar sua viseira, quem sou eu para dizer alguma coisa?

A qual 'constatação oficial' você se refere, visto que as investigações ainda continuam, como pode ser observado aqui?

De maneira alguma o caso está encerrado.

Interessante que você criticou o comportamento dos senhores Cardoso e do Janot, mas ignora o comportamento de seus congêneres estadunidenses, Jeff Sessions e Rod Rosenstein, sendo que há elementos suficientes para desconfiar de ambos. Sessions, por exemplo, afirmou que nunca havia se encontrado com representantes oficiais da Rússia mas em março de 2017, foi demonstrado que ele havia tido pelo menos dois encontros com Sergey Kislyak, embaixador russo.

Então quem parece mais com petistas nesta situação?

Eu ou você?


3 - Prova de comprometimento da imprensa esquerdista americana, totalmente desacreditada nos dias de hoje.
Desacreditada para você, que é fanático do Trump.
Não sou fanático.
Vá ler a definição e se retrate.
Eu aceito desculpas.

Fanático tisna a razão e impõe a emoção acima de seus atos.
Eu não faço isso.
Não sou exaltado nem tenho devoção cega a ninguém.

Faço uso da minha razão para as minhas conclusões e tenho o livre direito de pensar o que quiser, mas não vou às raias do fanatismo.
Nem ajo como fanático.
Nem nunca parti para acusação direta a quem quer que seja dentro desse fórum por causa de suas convicções, fechando os olhos aos seus argumentos.
Obrigado.
De nada.

Se afirma como um 'não fanático' mas se declara um

[...]
Eu mesmo, trumpista declarado,
[...]

Nas discussões de política nacional, você já tratou como um "fanático" alguém que discordava da sua posição, como neste caso. Mas quando você se declara um 'trumpista' não é por fanatismo, e sim porque está imbuído de 'razão' baseando-se no 'direito de pensar o que quiser'.

E não entendo porquê você mencionou sobre o seu livre direito de pensar. Alguém, em algum momento, o cerceou ou o censurou por isto?


Esse discurso de "fake news" dos trumpistas me lembra demais o discurso do "pig" do Lula.
Pois é, quem não consegue enxergar a distorção dos fatos pela imprensa americana e também a daqui com relação às pautas de Esquerda me faz lembrar da história da ferradura.

Sim, pode ser que exista manipulação. Mas afirmar que isto é procedimento generalizado é simplesmente desconhecer o histórico do jornalismo investigativo de um Washington Post, de um New York Times ou de um 60 minutes.

Compare-os com a FoxNews e a InfoWars.


Nada vai mudar a visão dos petistas sobre Lula.
Nada vai mudar a visão de quem não enxerga a manipulação da imprensa com relação a Trump.

Nada vai mudar a visão de quem não enxerga a manipulação de uma direita cristã conservadora e retrógrada e acha que todos os problemas estão (ou foram criados) apenas pela 'esquerda' estadunidense.


E o nome disso é teoria da conspiração.

Não há qualquer prova de que tenha ocorrido essa farsa, mas bradam isso com toda "certeza", como "fato alternativo".

Apenas "darem porcentagens, ou dígitos decimais" de pesquisas não é prova de farsa. Isso não tem a menor lógica.
Pesquisas que erram dessa maneira, e quase em uníssono, me lembram outras pesquisas que são feitas por aqui mesmo e que nem são descaradas assim.

Então você deve ter feito uma compilação das eleições estadunidenses e brasileiras em que ocorreram erros similares, estudou-as e pode concluir, além de qualquer margem de dúvida, que houve manipulações.

Pode apresentar esta análise?



Tem um pessoal que diz que Inácio da Silva está em primeiro na corrida presidencial.
Interessante é que esse mesmo Inácio não consegue nem sair à rua, não pode pegar um avião comercial sob pena de chover escrachos em cima dele.
Mas a boa pesquisa eleitoral dá a ele mais de 30%, mesmo quando nos seus comícios só se vê gato pingado de sindicato.

Então TODAS as pesquisas até o momento foram ou fraudadas ou estão erradas?

Quais evidências quantitativas e não anedóticas você dispõe?

E, para deixar claro, eu também acho que aquele ex-presidente (um bandido condenado!) também não possui toda esta base de apoio aqui no Sul e no Sudeste. Mas no Nordeste e no Norte a situação é diferente. No entanto, perceba, que eu usei o verbo 'achar'.


Muito boas essas pesquisas que dão 90% de chance de uma canditata vencer.
Muito boas essas pesquisas que, baseados nelas, muitos preparam até palanque para a festa de comemoração da vitória.
Por aqui, não chegaram a esse nível de descaramento na fraude das pesquisas. Deram somente 30%.
E ninguém acredita.
Um cara que não põe a cabeça na janela sem levar tomatada, mas é o líder nas pesquisas...
Imagina dar 90% então!
Mas não é manipulação, não, imagina!

Pois o resultado da eleição foi uma ducha geladíssima nesse povo.

O resultado de uma eleição pode ser bem diferente das previsões. E isto não significa necessariamente uma manipulação.

Interessante que os petistas também reclamavam de pesquisas eleitorais no tempo em que levavam 'surras' de FHC ou nas disputas para governadores.
 

Mas não adianta os fatos gritarem.
Eu vou sempre ler críticas aos meus comentários como se estivesse lendo de petistas defendendo Lula, Dirceu Herói do Povo Brasileiro.
Não vai ter Rod Rosenstein que lance luz sobre suas convicções.
Elas já estão formadas.

Só as nossas, né?


Se vocês não enxergam manipulação aí, eu me despeço e desejo um Feliz Natal a todos.
 :harle:

E feliz ano novo, também.  :hihi:
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.882
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #55 Online: 27 de Fevereiro de 2018, 23:01:23 »
Por que os institutos de pesquisa falsa não dão menor reprovação a Lula ou a quem quer que se suponha/"saiba" estar comprando a pesquisa? Ele só tem reprovação menor do que o Temer, se não me engano.


https://istoe.com.br/o-mais-rejeitado/

Será que os mesmos vão acusar que Dória comprou o resultado de menor rejeição?

Como é que se "sabe" que funciona o esquema? Seria tudo ideológico, parte da conspiração marxista cultural (da qual Dória também provavelmente faz parte)?

Ou é um leilão, onde eles pedem os lances para os candidatos, e os colocam numa condição ou outra de acordo com quem paga mais?

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #56 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 10:27:20 »

A qual 'constatação oficial' você se refere, visto que as investigações ainda continuam, como pode ser observado aqui?


Você traz uma notícia de 4 de janeiro quando o vice-procurador falou em 16 de fevereiro?
Então tá.



Interessante que você criticou o comportamento dos senhores Cardoso e do Janot, mas ignora o comportamento de seus congêneres estadunidenses, Jeff Sessions e Rod Rosenstein, sendo que há elementos suficientes para desconfiar de ambos. Sessions, por exemplo, afirmou que nunca havia se encontrado com representantes oficiais da Rússia mas em março de 2017, foi demonstrado que ele havia tido pelo menos dois encontros com Sergey Kislyak, embaixador russo.

Então quem parece mais com petistas nesta situação?

Eu ou você?


Petistas fecham os olhos aos fatos.
Essa lenga-lenga de conluio com os russo vem rolando ladeira abaixo há mais de um ano.
Vamos chegar às próximas eleições e ainda estaremos falando nisso.
Eu não, mas você e a turma do "temos que achar algo para derrubar o cara" sim.
Haja masturbação.

Na entrevista que eu coloquei com a jornalista da Clinton News Network, ela própria engoliu em seco quando o governador perguntou se ela estava afirmando ter havido um conluio com os russos, ao que ela, prontamente, responteu "não".
Não é doida de afirmar algo sem provas.
Lá, a coisa pega fogo quando se acusa sem provas.

Logo, não há provas.
E em você dizer que "somente o tempo dirá", enquanto não chegarem à conclusão que você quer, você sempre poderá dizer que "somente o tempo dirá".
E nunca vai admitir que não há provas.

Quem é o petista mesmo?
 ::)


Logo, o petista aqui não sou eu.
Faça a sua escolha.


3 - Prova de comprometimento da imprensa esquerdista americana, totalmente desacreditada nos dias de hoje.
Desacreditada para você, que é fanático do Trump.
Não sou fanático.
Vá ler a definição e se retrate.
Eu aceito desculpas.

Fanático tisna a razão e impõe a emoção acima de seus atos.
Eu não faço isso.
Não sou exaltado nem tenho devoção cega a ninguém.

Faço uso da minha razão para as minhas conclusões e tenho o livre direito de pensar o que quiser, mas não vou às raias do fanatismo.
Nem ajo como fanático.
Nem nunca parti para acusação direta a quem quer que seja dentro desse fórum por causa de suas convicções, fechando os olhos aos seus argumentos.
Obrigado.
De nada.

Se afirma como um 'não fanático' mas se declara um

[...]
Eu mesmo, trumpista declarado,
[...]


Será que eu preciso mesmo apontar a difença conceitual entre uma coisa e outra?
Não pensei que você estivesse tão abaixo do nível de compreensão de conceitos para eu parar o que estou fazendo para ter que lhe explicar.

Dizer que sou trumpista "declarado" NÃO É a mesma coisa de dizer que sou "fanático do Trump".
Está difícil de entender ainda?

Vamos lá.
Trumpista declarado é alguém que concorda com determinadas ideias compartilhadas por outra pessoa e que joga no time dessa pessoa.
Gostei muito da eleição dele para presidente e considero que foi o que melhor aconteceu ao país, haja visto o que havia do outro lado.
Não sou defensor incondicional dele e nem de mais ninguém, como ja reiteirei inúmeras vezes por aqui em outros tópicos.
Basta que Trump pise na bola, faça algo de errado, ou mesmo que vá de encontro ao que eu defendo, de imediato passarei a criticá-lo e conceituá-lo negativamente.
Ou seja, sei reavaliar posições quando a realidade muda.
Coisa que nenhum petista faz.
E desconfio que outros (outros, sabe?) além deles também são assim.

Vamos aos Houaiss:
Citar
Fanático
adjetivo
1   que se acredita inspirado pelo espírito divino, por uma divindade; iluminado
2   que tem zelo excessivo pela religião; intolerante
3   que se mostra excessivamente entusiástico, exaltado, de uma devoção quase sempre cega; apreciador apaixonado
Ex.: f. por futebol, por música

n substantivo masculino
4   indivíduo fanático

Eu não me vejo inspirado pelo espírito divino, por divindade nem sou iluminado.
Eu não tenho zelo excessivo pela religião nem sou intolerante.
Não sou excessivamente entusiástico, não sou exaltado por Trump, não tenho devoção cega nem sou apreciador apaixonado do cara.
Nem sou um indivíduo fanático.
O que você me atribuiu foi um conceito pejorativo.

A respeito disso, muito me espanta essas colocações virem de um Moderador dos debates.
Se alguém nesse nosso ambiente tivesse que ser um modelo, um exemplo de comportamento, alguém que seguisse estritamente as regras do regulamento, esse alguém necessariamente teria que ser você, entre outros Moderadores e Conselheiros que houvesse.

Mas aí eu me deparo com uma apelação direta à minha pessoa, fazendo uso da falácia mais infantil e elementar que existe no rol de falácias, para atacar meu discurso...
E vindo justamente de quem jamais poderia ter vindo...

Preguiça...

Eu nunca fiz, e nem nunca vou fazer por uma questão de princípios meus, uma denúncia à Moderação.
Mas caberia uma aqui.

E nada de reconhecimento de erro.
Pior: outra falácia.
O que veremos adiante.


Nas discussões de política nacional, você já tratou como um "fanático" alguém que discordava da sua posição, como neste caso. Mas quando você se declara um 'trumpista' não é por fanatismo, e sim porque está imbuído de 'razão' baseando-se no 'direito de pensar o que quiser'.

E não entendo porquê você mencionou sobre o seu livre direito de pensar. Alguém, em algum momento, o cerceou ou o censurou por isto?


Eu gostaria que você me apontasse explicitamente onde foi que eu chamei Derfel de fanático naquele debate que você citou.
E também seria de bom alvitre que também me indicasse onde foi que eu atingi Derfel em ad-hominem.
Quem for ler a passagem verá que discordei diametralmente dele, mas em nenhum momento faltei-lhe com o respeito.
E se por ventura Derfel se sentiu ofendido com minhas palavras e isso viesse ao meu conhecimento, eu saltaria na frente e pediria desculpas públicas e imediatas por algum momento de rispidez que eu possa ter tido.
E isso está valendo ainda hoje, caso Derfel (ou Juca, ou qualquer outro que se sentiu atingido) venha a ler isso e queira reparação.
Como aliás já fiz diversas e inúmeras vezes por aqui.
Acho que sou eu o forista que mais pediu desculpas nesse Clube Cético.

Continuando...
O meu direito de pensar não foi em relação a alguma suposta censura, mas ao fato de poder pensar o que quiser sem ser tachado de "fanático", como fui gentilmente agraciado por vossa senhoria.

(Nunca imaginei que houvesse tanta falta de compreensão de texto no nosso colega Moderador... preguiça...)



Nada vai mudar a visão dos petistas sobre Lula.
Nada vai mudar a visão de quem não enxerga a manipulação da imprensa com relação a Trump.

Nada vai mudar a visão de quem não enxerga a manipulação de uma direita cristã conservadora e retrógrada e acha que todos os problemas estão (ou foram criados) apenas pela 'esquerda' estadunidense.


Quero crer que você não esteja se referindo a mim, mas nesse mar de incompreensão de texto, acho bom deixar claro que não sou direita conservadora e retrógrada.
Nem em nenhum momento afirmei que todos os problemas são (ou foram) criados pela 'esqueda' dos EUA.



E o nome disso é teoria da conspiração.

Não há qualquer prova de que tenha ocorrido essa farsa, mas bradam isso com toda "certeza", como "fato alternativo".

Apenas "darem porcentagens, ou dígitos decimais" de pesquisas não é prova de farsa. Isso não tem a menor lógica.
Pesquisas que erram dessa maneira, e quase em uníssono, me lembram outras pesquisas que são feitas por aqui mesmo e que nem são descaradas assim.

Então você deve ter feito uma compilação das eleições estadunidenses e brasileiras em que ocorreram erros similares, estudou-as e pode concluir, além de qualquer margem de dúvida, que houve manipulações.

Pode apresentar esta análise?


É claro que eu não fiz compilação das eleições.
Você dizer isso é apelar de novo.
É tão importante para você "ganhar" um debate?
Está parecido com JJ que pede revisão por pares para cada afirmação que se faz aqui.
Eu não tenho compilação de nada e o que emiti é apenas a minha opinião de que aquela pesquisa se parece muito com outras que fazem por aqui que dão vitória a Lula quando ele não pode nem sair de casa para não tomar vaia na rua.
Só isso. Emiti minha opinião de semelhança de pesquisas. E aqui só dão 30%, são mais comedidos. Por lá, na cara dura, deram 90%! E o resultado foi o oposto...

Pedir revisão por pares é "ganhar" o debate na marreta.

(JJ, somos amiguinhos ainda, OK? ::))



Tem um pessoal que diz que Inácio da Silva está em primeiro na corrida presidencial.
Interessante é que esse mesmo Inácio não consegue nem sair à rua, não pode pegar um avião comercial sob pena de chover escrachos em cima dele.
Mas a boa pesquisa eleitoral dá a ele mais de 30%, mesmo quando nos seus comícios só se vê gato pingado de sindicato.

Então TODAS as pesquisas até o momento foram ou fraudadas ou estão erradas?

Quais evidências quantitativas e não anedóticas você dispõe?

E, para deixar claro, eu também acho que aquele ex-presidente (um bandido condenado!) também não possui toda esta base de apoio aqui no Sul e no Sudeste. Mas no Nordeste e no Norte a situação é diferente. No entanto, perceba, que eu usei o verbo 'achar'.


Já respondido acima.
Não tenho nenhum levantamento estatístico e cobrar isso num debate de opiniões é chamar o piloto do aviãozinho para que ele decole.



Muito boas essas pesquisas que dão 90% de chance de uma canditata vencer.
Muito boas essas pesquisas que, baseados nelas, muitos preparam até palanque para a festa de comemoração da vitória.
Por aqui, não chegaram a esse nível de descaramento na fraude das pesquisas. Deram somente 30%.
E ninguém acredita.
Um cara que não põe a cabeça na janela sem levar tomatada, mas é o líder nas pesquisas...
Imagina dar 90% então!
Mas não é manipulação, não, imagina!

Pois o resultado da eleição foi uma ducha geladíssima nesse povo.

O resultado de uma eleição pode ser bem diferente das previsões. E isto não significa necessariamente uma manipulação.

Interessante que os petistas também reclamavam de pesquisas eleitorais no tempo em que levavam 'surras' de FHC ou nas disputas para governadores.


Fechar os olhos e pedir revisão por pares para pesquisa que dá 90% de certeza de vitória de alguém e depois se revela, após a apuração, que a viagem foi estratosférica, e que o resultado foi o oposto, é um nível de credulidade que eu confesso que não tenho.
Onde fica a gaveta do ceticismo mesmo?

Parabéns a você por continuar acreditando nisso.
Congrats!

Mas não adianta os fatos gritarem.
Eu vou sempre ler críticas aos meus comentários como se estivesse lendo de petistas defendendo Lula, Dirceu Herói do Povo Brasileiro.
Não vai ter Rod Rosenstein que lance luz sobre suas convicções.
Elas já estão formadas.

Só as nossas, né?


Pelo menos eu não fico esperando um tempo infinito ("somente o tempo dirá") para que admita, por fim, que estava errado.
Se me vejo errado, eu levanto o braço, peço licença e digo na hora.
- Professora! Eu estou errado e houve um conluio dos russos para favorecer a eleição de Trump.

Na hora em que surgirem as tais provas de que as eleições foram ilegalmente influenciadas pelos russos, eu volto aqui e dou todos os meus duzentos braços a torcer.
Pode cobrar.

Muito diferente de se acomodar atrás da frase "somente o tempo dirá" e nunca aparecerem as tais provas.
Prefiro do meu jeito.
Boa sorte no seu.


Se vocês não enxergam manipulação aí, eu me despeço e desejo um Feliz Natal a todos.
 :harle:

E feliz ano novo, também.  :hihi:

:tintin:

Offline Muad'Dib

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.313
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #57 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 11:00:18 »

Paul Ryan é agora lacaio de Hillary e do PiG/Lügenpresse/fakenews?


Para mim Fake news são aqueles veículos de comunicação que têm como objetivo principal destruir a capacidade que pessoas de diferentes backgroungs têm de compartilhar um mesmo conjunto de fatos e a partir desse conjunto formar opiniões próprias.

Lügenpresse é uma artimanha dos veículos fake news de desqualificar fontes de informação válidas como fake. É o acusar os outros de coisas que você é culpado. Quando o NYT é acusado de Fake news pelo Trump, ele está  usando a tática Lügenpresse,

Ou seja, Breitbart e Fox são Fake news, eles espalham mentiras e meias verdades de acordo com o interesse dos grupos que eles defendem.  NYT pode ser chamado de Fake pela Fox, mas isso não quer dizer que o NYT está espalhando mentiras, quer dizer que a Fox está usando a tática Lügenpresse.

"Fake news" é um adjetivo que acompanha certos veículos de comunicação; Lügenpresse é como se fosse um verbo, significa desqualificar um oponente para que os minions de sempre não acreditem no oponente e fiquem de mimimi na internet sobre o fato.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.585
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #58 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 11:10:25 »
A qual 'constatação oficial' você se refere, visto que as investigações ainda continuam, como pode ser observado aqui?
Você traz uma notícia de 4 de janeiro quando o vice-procurador falou em 16 de fevereiro?
Então tá.

Sim, porque as investigações continuam.

Ou foram interrompidas?


Interessante que você criticou o comportamento dos senhores Cardoso e do Janot, mas ignora o comportamento de seus congêneres estadunidenses, Jeff Sessions e Rod Rosenstein, sendo que há elementos suficientes para desconfiar de ambos. Sessions, por exemplo, afirmou que nunca havia se encontrado com representantes oficiais da Rússia mas em março de 2017, foi demonstrado que ele havia tido pelo menos dois encontros com Sergey Kislyak, embaixador russo.

Então quem parece mais com petistas nesta situação?

Eu ou você?
Petistas fecham os olhos aos fatos.
.

Sim, frequentemente.


Essa lenga-lenga de conluio com os russo vem rolando ladeira abaixo há mais de um ano.
Vamos chegar às próximas eleições e ainda estaremos falando nisso.
Eu não, mas você e a turma do "temos que achar algo para derrubar o cara" sim.
Haja masturbação.

Eu não quero derrubar ninguém.

Os estadunidenses escolheram aquele idiota assim como a maioria dos brasileiros escolheu a 'presidanta'.

Então pare de acusar os outros por não concordarem com a sua 'visão de mundo'.


Na entrevista que eu coloquei com a jornalista da Clinton News Network, ela própria engoliu em seco quando o governador perguntou se ela estava afirmando ter havido um conluio com os russos, ao que ela, prontamente, responteu "não".
Não é doida de afirmar algo sem provas.
Lá, a coisa pega fogo quando se acusa sem provas.

Exatamente.

Por isto que a investigação continua e ainda ninguém foi processado.


Logo, não há provas.

O Zanin afirma a mesma coisa sobre o cliente dele.


E em você dizer que "somente o tempo dirá", enquanto não chegarem à conclusão que você quer, você sempre poderá dizer que "somente o tempo dirá".

Quando as investigações forem totalmente encerradas, eu admitirei que não há provas.

E neste caso, deve-se investigar se quem levantou as suspeitas não é o verdadeiro bandido.


E nunca vai admitir que não há provas.

Pelo contrário, como já informei acima.


Quem é o petista mesmo?
 ::)

Não sou petista e nem fanático.


Logo, o petista aqui não sou eu.
Faça a sua escolha.

Já fiz a minha e você a sua.

Sigamos felizes com nossas escolhas.


3 - Prova de comprometimento da imprensa esquerdista americana, totalmente desacreditada nos dias de hoje.
Desacreditada para você, que é fanático do Trump.
Não sou fanático.
Vá ler a definição e se retrate.
Eu aceito desculpas.

Fanático tisna a razão e impõe a emoção acima de seus atos.
Eu não faço isso.
Não sou exaltado nem tenho devoção cega a ninguém.

Faço uso da minha razão para as minhas conclusões e tenho o livre direito de pensar o que quiser, mas não vou às raias do fanatismo.
Nem ajo como fanático.
Nem nunca parti para acusação direta a quem quer que seja dentro desse fórum por causa de suas convicções, fechando os olhos aos seus argumentos.
Obrigado.
De nada.
Se afirma como um 'não fanático' mas se declara um

[...]
Eu mesmo, trumpista declarado,
[...]

Será que eu preciso mesmo apontar a difença conceitual entre uma coisa e outra?
Não pensei que você estivesse tão abaixo do nível de compreensão de conceitos para eu parar o que estou fazendo para ter que lhe explicar.

Ok.

Exagerei na sua qualificação como fanático.

Mas parece que você emulou quando decidiu me comparar a um "idiota funcional".


Dizer que sou trumpista "declarado" NÃO É a mesma coisa de dizer que sou "fanático do Trump".
Está difícil de entender ainda?

Ok.

Já reconheci o erro.


Vamos lá.
Trumpista declarado é alguém que concorda com determinadas ideias compartilhadas por outra pessoa e que joga no time dessa pessoa.
Gostei muito da eleição dele para presidente e considero que foi o que melhor aconteceu ao país, haja visto o que havia do outro lado.
Não sou defensor incondicional dele e nem de mais ninguém, como ja reiteirei inúmeras vezes por aqui em outros tópicos.
Basta que Trump pise na bola, faça algo de errado, ou mesmo que vá de encontro ao que eu defendo, de imediato passarei a criticá-lo e conceituá-lo negativamente.
Ou seja, sei reavaliar posições quando a realidade muda.
Coisa que nenhum petista faz.

Concordo.

Eu mantenho a mesma postura que a sua.


E desconfio que outros (outros, sabe?) além deles também são assim.

Se você se refere a mim, está equivocado.

Eu reconheço meus erros.


Vamos aos Houaiss:
Citar
Fanático
adjetivo
1   que se acredita inspirado pelo espírito divino, por uma divindade; iluminado
2   que tem zelo excessivo pela religião; intolerante
3   que se mostra excessivamente entusiástico, exaltado, de uma devoção quase sempre cega; apreciador apaixonado
Ex.: f. por futebol, por música

n substantivo masculino
4   indivíduo fanático

Eu não me vejo inspirado pelo espírito divino, por divindade nem sou iluminado.
Eu não tenho zelo excessivo pela religião nem sou intolerante.
Não sou excessivamente entusiástico, não sou exaltado por Trump, não tenho devoção cega nem sou apreciador apaixonado do cara.
Nem sou um indivíduo fanático.
O que você me atribuiu foi um conceito pejorativo.

Ok.

Já me retratei.


A respeito disso, muito me espanta essas colocações virem de um Moderador dos debates.

Não participei como Moderador e sim como um simples forista.

Como você pode constatar os demais moderadores estão algo afastados.

Então se contente com o (pouco) que tem.  :)


Se alguém nesse nosso ambiente tivesse que ser um modelo, um exemplo de comportamento, alguém que seguisse estritamente as regras do regulamento, esse alguém necessariamente teria que ser você, entre outros Moderadores e Conselheiros que houvesse.

Sim.

Eu tenho.


Mas aí eu me deparo com uma apelação direta à minha pessoa, fazendo uso da falácia mais infantil e elementar que existe no rol de falácias, para atacar meu discurso...
E vindo justamente de quem jamais poderia ter vindo...

Preguiça...

Eu não acho que você seja um fanático e sim que se comporta como um quando o assunto é o atual presidente do EUA.

De qualquer modo eu já reconheci o exagero, mesmo na comparação.


Eu nunca fiz, e nem nunca vou fazer por uma questão de princípios meus, uma denúncia à Moderação.
Mas caberia uma aqui.

Eu, como forista e Moderador, já avalio que você deveria fazer uma denúncia contra a minha pessoa.


E nada de reconhecimento de erro.
Pior: outra falácia.
O que veremos adiante.

Vamos prosseguir.


Nas discussões de política nacional, você já tratou como um "fanático" alguém que discordava da sua posição, como neste caso. Mas quando você se declara um 'trumpista' não é por fanatismo, e sim porque está imbuído de 'razão' baseando-se no 'direito de pensar o que quiser'.

E não entendo porquê você mencionou sobre o seu livre direito de pensar. Alguém, em algum momento, o cerceou ou o censurou por isto?

Eu gostaria que você me apontasse explicitamente onde foi que eu chamei Derfel de fanático naquele debate que você citou.
E também seria de bom alvitre que também me indicasse onde foi que eu atingi Derfel em ad-hominem.
Quem for ler a passagem verá que discordei diametralmente dele, mas em nenhum momento faltei-lhe com o respeito.
E se por ventura Derfel se sentiu ofendido com minhas palavras e isso viesse ao meu conhecimento, eu saltaria na frente e pediria desculpas públicas e imediatas por algum momento de rispidez que eu possa ter tido.
E isso está valendo ainda hoje, caso Derfel (ou Juca, ou qualquer outro que se sentiu atingido) venha a ler isso e queira reparação.
Como aliás já fiz diversas e inúmeras vezes por aqui.
Acho que sou eu o forista que mais pediu desculpas nesse Clube Cético.

Ok.

Eu ainda acho que há como discutir sobre mas não vou prolongar isto.


Continuando...
O meu direito de pensar não foi em relação a alguma suposta censura, mas ao fato de poder pensar o que quiser sem ser tachado de "fanático", como fui gentilmente agraciado por vossa senhoria.

Ok.

Ponto esclarecido.


(Nunca imaginei que houvesse tanta falta de compreensão de texto no nosso colega Moderador... preguiça...)

Pode ser por causa da idade mais avançada.


Nada vai mudar a visão dos petistas sobre Lula.
Nada vai mudar a visão de quem não enxerga a manipulação da imprensa com relação a Trump.
Nada vai mudar a visão de quem não enxerga a manipulação de uma direita cristã conservadora e retrógrada e acha que todos os problemas estão (ou foram criados) apenas pela 'esquerda' estadunidense.

Quero crer que você não esteja se referindo a mim, mas nesse mar de incompreensão de texto, acho bom deixar claro que não sou direita conservadora e retrógrada.

Em momento algum eu afirmei que você era isto e sim que não reconhecia a 'mão asquerosa' deles, em alguns atos do Trump.


Nem em nenhum momento afirmei que todos os problemas são (ou foram) criados pela 'esqueda' dos EUA.

Ponto esclarecido.


E o nome disso é teoria da conspiração.

Não há qualquer prova de que tenha ocorrido essa farsa, mas bradam isso com toda "certeza", como "fato alternativo".

Apenas "darem porcentagens, ou dígitos decimais" de pesquisas não é prova de farsa. Isso não tem a menor lógica.
Pesquisas que erram dessa maneira, e quase em uníssono, me lembram outras pesquisas que são feitas por aqui mesmo e que nem são descaradas assim.
Então você deve ter feito uma compilação das eleições estadunidenses e brasileiras em que ocorreram erros similares, estudou-as e pode concluir, além de qualquer margem de dúvida, que houve manipulações.

Pode apresentar esta análise?
É claro que eu não fiz compilação das eleições.

Certo.

Então é apenas a sua opinião, sem base empírica.

Certo?


Você dizer isso é apelar de novo.

Porquê?

Eu quero saber como você concluiu sobre a (in)veracidade das pesquisas.

Nada mais.


É tão importante para você "ganhar" um debate?

De modo algum.

Nunca "ganhei" nenhum debate.

Apenas aprendo com todos, incluindo você.


Está parecido com JJ que pede revisão por pares para cada afirmação que se faz aqui.

O JJ é o JJ.

Singular...


Eu não tenho compilação de nada e o que emiti é apenas a minha opinião de que aquela pesquisa se parece muito com outras que fazem por aqui que dão vitória a Lula quando ele não pode nem sair de casa para não tomar vaia na rua.
Só isso. Emiti minha opinião de semelhança de pesquisas. E aqui só dão 30%, são mais comedidos. Por lá, na cara dura, deram 90%! E o resultado foi o oposto...

Ok.

Foi uma opinião.


Pedir revisão por pares é "ganhar" o debate na marreta.

(JJ, somos amiguinhos ainda, OK? ::))

Não pedi uma 'revisão por pares'.

Eu queria saber se você tinha feito este trabalho 'hercúleo' de compilar e comparar eleições ou se tinha lido em alguma fonte confiável.



Tem um pessoal que diz que Inácio da Silva está em primeiro na corrida presidencial.
Interessante é que esse mesmo Inácio não consegue nem sair à rua, não pode pegar um avião comercial sob pena de chover escrachos em cima dele.
Mas a boa pesquisa eleitoral dá a ele mais de 30%, mesmo quando nos seus comícios só se vê gato pingado de sindicato.
Então TODAS as pesquisas até o momento foram ou fraudadas ou estão erradas?

Quais evidências quantitativas e não anedóticas você dispõe?

E, para deixar claro, eu também acho que aquele ex-presidente (um bandido condenado!) também não possui toda esta base de apoio aqui no Sul e no Sudeste. Mas no Nordeste e no Norte a situação é diferente. No entanto, perceba, que eu usei o verbo 'achar'.

Já respondido acima.
Não tenho nenhum levantamento estatístico e cobrar isso num debate de opiniões é chamar o piloto do aviãozinho para que ele decole.

Ou seja, você está me acusando de usar outra falácia.

Não precisa mais responder nada.

Deixa para lá...


Muito boas essas pesquisas que dão 90% de chance de uma canditata vencer.
Muito boas essas pesquisas que, baseados nelas, muitos preparam até palanque para a festa de comemoração da vitória.
Por aqui, não chegaram a esse nível de descaramento na fraude das pesquisas. Deram somente 30%.
E ninguém acredita.
Um cara que não põe a cabeça na janela sem levar tomatada, mas é o líder nas pesquisas...
Imagina dar 90% então!
Mas não é manipulação, não, imagina!

Pois o resultado da eleição foi uma ducha geladíssima nesse povo.
O resultado de uma eleição pode ser bem diferente das previsões. E isto não significa necessariamente uma manipulação.

Interessante que os petistas também reclamavam de pesquisas eleitorais no tempo em que levavam 'surras' de FHC ou nas disputas para governadores.

Fechar os olhos e pedir revisão por pares para pesquisa que dá 90% de certeza de vitória de alguém e depois se revela, após a apuração, que a viagem foi estratosférica, e que o resultado foi o oposto, é um nível de credulidade que eu confesso que não tenho.
Onde fica a gaveta do ceticismo mesmo?

O -Huxley- abordou rapidamente os problemas que podem advir de levantamentos estatísticos.

Quando o resultado não corresponde ao predito, não corresponde necessariamente a uma má-fé.


Parabéns a você por continuar acreditando nisso.
Congrats!

Thanks:)


Mas não adianta os fatos gritarem.
Eu vou sempre ler críticas aos meus comentários como se estivesse lendo de petistas defendendo Lula, Dirceu Herói do Povo Brasileiro.
Não vai ter Rod Rosenstein que lance luz sobre suas convicções.
Elas já estão formadas.
Só as nossas, né?
Pelo menos eu não fico esperando um tempo infinito ("somente o tempo dirá") para que admita, por fim, que estava errado.

Sobre o (suposto) envolvimento dos russos na última eleição do EUA, eu prefiro aguardar.


Se me vejo errado, eu levanto o braço, peço licença e digo na hora.
- Professora! Eu estou errado e houve um conluio dos russos para favorecer a eleição de Trump.

Sobre a sua adjetivação pejorativa, já me desculpei.


Na hora em que surgirem as tais provas de que as eleições foram ilegalmente influenciadas pelos russos, eu volto aqui e dou todos os meus duzentos braços a torcer.
Pode cobrar.

Ok.


Muito diferente de se acomodar atrás da frase "somente o tempo dirá" e nunca aparecerem as tais provas.
Prefiro do meu jeito.
Boa sorte no seu.

Ok.


Se vocês não enxergam manipulação aí, eu me despeço e desejo um Feliz Natal a todos.
 :harle:

E feliz ano novo, também.  :hihi:

:tintin:

 :P
Foto USGS

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #59 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 11:16:09 »

Certo.
Tudo esclarecido.

Vamos voltar ao trabalho.

No tópico de Fake News, vamos a elas:

Simulação de "Tilt" nas máquinas para calar o entrevistado:
<a href="https://www.youtube.com/v/eZlPQpnFZhM" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/eZlPQpnFZhM</a>

Confissão pública e ao vivo do apresentador:
<a href="https://www.youtube.com/v/QDJ26OYMURs" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/QDJ26OYMURs</a>

Trump faz xixi na cama em que Obama dormiu. Ohhh!
<a href="https://www.youtube.com/v/Sap90cmNZqA" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/Sap90cmNZqA</a>

Investigação dos bastidores de como a coisa acontece:
<a href="https://www.youtube.com/v/oH4Zit2s3LA" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/oH4Zit2s3LA</a>


Eu tenho mais uma montanha de vídeos e notícias assim, mas o dever me chama e já me delonguei demais por aqui.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.882
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #60 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 13:19:56 »
Esse projeto Veritas é um bando de farsantes.


<a href="https://www.youtube.com/v/pAnJiB_Wpu4" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/pAnJiB_Wpu4</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/qtcSWXABgmY" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/qtcSWXABgmY</a>

Citar
https://en.wikipedia.org/wiki/James_O%27Keefe
...
He gained national attention for his video recordings of workers at Association of Community Organizations for Reform Now (ACORN) offices in 2009, his arrest and guilty plea in 2010 for entering the federal office of then-U.S. Senator Mary Landrieu (D-LA) under false pretenses, and the release of videos of conversations with two high-ranking, now former, NPR executives in 2011.

When his videos portraying ACORN workers seemingly aiding a couple in criminal planning hit the 24-hour cable news cycle, the U.S. Congress quickly voted to freeze funds for the non-profit. The national controversy resulted in the non-profit also losing most of its private funding before investigations of the videos concluded no illegal activity occurred. In March 2010, ACORN was close to bankruptcy and had to close or rename most of its offices.[9] Shortly after, the California State Attorney General's Office and the US Government Accountability Office released their related investigative reports. The Attorney General's Office found that O'Keefe had misrepresented the actions of ACORN workers in California and that the workers had not broken any laws. A preliminary probe by the GAO found that ACORN had managed its federal funds appropriately.[10][11] One of the fired ACORN workers sued O'Keefe for invasion of privacy; O'Keefe issued an apology and agreed to pay $100,000 in a settlement.

O'Keefe gained support from conservative media and interest groups. In 2009, Andrew Breitbart commissioned him for the option to publish new videos exclusively on BigGovernment.com. In June 2010, O'Keefe formed a 501(c)(3) organization, Project Veritas, with the stated mission to "investigate and expose corruption, dishonesty, self-dealing, waste, fraud and other misconduct."[12]

...



<a href="https://www.youtube.com/v/Mxm5qlp8UqI" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/Mxm5qlp8UqI</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/5_BkH12FRzs" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/5_BkH12FRzs</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/aAq_lhZG1tU" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/aAq_lhZG1tU</a>

https://www.npr.org/2016/01/28/464594826/in-wake-of-videos-planned-parenthood-investigations-find-no-fetal-tissue-sales

https://www.salon.com/2015/07/16/what_the_planned_parenthood_hoax_really_proves_right_wing_extremists_have_no_qualms_about_destroying_peoples_lives/



É deprimente e assustador que tantas pessoas acreditem piamente em notórios mentirosos, a começar até pelo presidente americano. "Fake news" em trumpilíngua bate até os recordes de duplipensamento petista, já que ao menos "PiG" não usava o termo "falso" para significar "verdadeiro," sendo uma afronta um pouco menos direta à honestidade.










A qual 'constatação oficial' você se refere, visto que as investigações ainda continuam, como pode ser observado aqui?
Você traz uma notícia de 4 de janeiro quando o vice-procurador falou em 16 de fevereiro?
Então tá.

Sim, porque as investigações continuam.

Ou foram interrompidas?

Ainda não, apesar de Trump ter demitido Comey para dar fim nisso, e ter ordenado a demissão de Mueller também.

https://www.reuters.com/article/us-usa-trump-russia-mueller/trump-ordered-muellers-firing-then-backed-off-new-york-times-idUSKBN1FF07H

A democracia americana (ou o que resta dela) vive a sua maior ameaça em muito tempo. Trump não implementa sanções contra Putin por interferência nas eleições, e os republicanos ainda querem fechar a Comissão de Assistência Eleitoral.

Citar
https://www.theatlantic.com/politics/archive/2017/02/election-assistance-commission-republicans-congress/516462/

[...]

With Trump as president and the agency mired in a court battle, Weiser and other advocates are worried it is newly vulnerable to a quick strike in Congress. “The environment is such,” Weiser said, “that a lot of House Republicans are emboldened to push through anti-democratic and anti-oversight measures.” At the commission itself, Hicks said they were hopeful of maintaining the support from Democrats that has kept the agency afloat the last several years. “There’s always a concern,” he said. “As long as we’re here, we’re going to continue to do the job.”


Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #61 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 14:32:45 »

É deprimente e assustador que tantas pessoas acreditem piamente em notórios mentirosos, a começar até pelo presidente americano. "Fake news" em trumpilíngua bate até os recordes de duplipensamento petista, já que ao menos "PiG" não usava o termo "falso" para significar "verdadeiro," sendo uma afronta um pouco menos direta à honestidade.

Perdeu, playboy, Fake News já tem dono, é marca registrada, vá procurar outro palavra nessa tentativa desesperada de descolar o termo da testa de seus amiguinhos da Clinton News Network. Colou pra sempre.
 :wink:



Muito divertido ver esse esperneio.
Trump não poderia ter dado mais dentro com esse batismo para os jornalões desacreditados e em franco declínio.
LOL.



Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #62 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 14:32:59 »
Citar
SOBRE FAKE NEWS (E "FAKE NEWS OFICIAIS")

Publicado em 23 de fevereiro de 2018
Edson Aran
Jornalista, escritor e roteirista / Screenwriter & writer
Linkedln

Fake News. Ok, vamos falar de Fake News. Há um esforço recente e louvável da mídia oficial de denunciar e expor a notícia falsa assim que ela cai na rede. Ontem mesmo o Catraca Livre denunciou a fotografia das crianças revistadas por tropas do exército, no Rio. A imagem é 1994. Alguns dias antes causou furor no Twitter uma montagem com os "patrocinadores" de uma palestra de Sérgio Moro, acrescentados digitalmente à imagem. Em dezembro, explodiu no Facebook a notícia sobre um atentado terrorista em São Francisco no dia de Natal, mas era tão ridiculamente falsa que não sobreviveu meio dia.

Aqui, o populismo dito de esquerda usa Fake News faz muito tempo, mas isso tem mudado recentemente com a "Rede Bolsonarista", que é dispersa e desorganizada, mas muito eficiente, especialmente para criar "memes". Adivinha quem matraqueou o falso atentado em São Francisco? Pois é.

Em 2013, no auge das chamadas Marchas de Junho, as Fake News tinham mais credibilidade que as notícias verdadeiras. E isso foi antes do próprio termo ter sido criado. Na época, eu tinha o projeto de fazer um documentário sobre o tema e comecei a colecionar links para tentar entender de onde as notícias falsas vinham e como funcionavam. O incrível é que a extrema-direita e a extrema-esquerda compartilhavam as mesmas coisas e eu, bom leitor de John Le Carré, teci toda uma teoria conspiratória que, thanks God, só contei pros amigos próximos. Algumas coisas não dão certo por sorte.

Mas estou tergiversando. O que eu queria dizer era outra coisa. É importante denunciar e apontar imediatamente as Fake News num ambiente político conturbado como o nosso, mas e quando a própria mídia tradicional inventa a notícia? Por exemplo, a faixa do vampiro na Paraíso do Tuiuti. Veja bem: quero mais é que Michel Temer se exploda e leve Brasília com ele, mas a notícia era obviamente falsa e qualquer jornalista experimentado teria apontado os "gaps".

Segundo o barracão da escola, alguém de Brasília ligou e proibiu a faixa. Ok. Quem ligou? Falou com quem? Pediu exatamente o quê? Era de que setor do governo? E a escola, tão crítica e contundente no primeiro desfile, ia docilmente atender ao pedido? O que o destaque tinha a dizer sobre isso? E o governo? E o Ministério Público?

Eu entendo. É carnaval, todo mundo de patente alta vai pra praia e a cobertura é aquela coisa simples: entrevistar a Viviane Araújo, descrever o samba-enredo sem sentido, fechar cedo e correr pro bloco. Tudo certo. O que ninguém esperava (Como assim? Desde dezembro tem gente cobrindo os barracões!) é que a Tuiuti fosse politizar o desfile. E que qualquer notícia a respeito seria imediatamente capitalizada pelos ativistas digitais. Aí, depois que a informação falsa sai, não adianta correção. A lenda é muito melhor que a realidade. E são as lendas que alimentam o populismo tosco, de Mussolini a Maduro.

A única saída pro jornalismo é lembrar de novo do "quem, o quê, onde, como, quando e por quê". Mesmo que isso derrube clicks e visualizações.

Aliás, clickbait é o problema, não a solução.


« Última modificação: 28 de Fevereiro de 2018, 14:37:39 por Gabarito »

Offline Muad'Dib

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.313
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #63 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 14:38:42 »
Esse projeto Veritas é um bando de farsantes.

É deprimente e assustador que tantas pessoas acreditem piamente em notórios mentirosos, a começar até pelo presidente americano. "Fake news" em trumpilíngua bate até os recordes de duplipensamento petista, já que ao menos "PiG" não usava o termo "falso" para significar "verdadeiro," sendo uma afronta um pouco menos direta à honestidade.

Esse povinho de direita conseguiu na base da trollagem o que o petismo não conseguiu com um pseudointelectualismo.

O deprimente é que esse zé povinho de direita não consegue perceber que estão jogando contra eles mesmos.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #64 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 14:40:19 »


Muito divertido ver esse esperneio.
Trump não poderia ter dado mais dentro com esse batismo para os jornalões desacreditados e em franco declínio.
LOL.

É a tentativa de retomar as rédeas, de reaver o controle da máquina de fazer ideologia.

Já era.
Inês morreu e o termo colou.

Offline Muad'Dib

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.313
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #65 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 14:44:50 »
Citar
A democracia americana (ou o que resta dela) vive a sua maior ameaça em muito tempo. Trump não implementa sanções contra Putin por interferência nas eleições, e os republicanos ainda querem fechar a Comissão de Assistência Eleitoral.
A democracia americana não morre tão fácil (ou pelo menos, não tão cedo). O que está morto e enterrado é a confiança que o resto do planeta tem nos EUA como líder do mundo livre.

Não dá para confiar em um país que pode reeleger Trump ou eleger Sarah Palin, Paul Ryan, Mike Pence...

A criançada de hoje vai acabar crescendo com China como influenciadora.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.882
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #66 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 15:07:52 »

É deprimente e assustador que tantas pessoas acreditem piamente em notórios mentirosos, a começar até pelo presidente americano. "Fake news" em trumpilíngua bate até os recordes de duplipensamento petista, já que ao menos "PiG" não usava o termo "falso" para significar "verdadeiro," sendo uma afronta um pouco menos direta à honestidade.

Perdeu, playboy, Fake News já tem dono, é marca registrada, vá procurar outro palavra nessa tentativa desesperada de descolar o termo da testa de seus amiguinhos da Clinton News Network. Colou pra sempre.
 :wink:



Muito divertido ver esse esperneio.
Trump não poderia ter dado mais dentro com esse batismo para os jornalões desacreditados e em franco declínio.
LOL.




...

Você acredita que a fita com o Billy Bush é "fake", como Trump afirma?

"Fake news" de Trump é Lügenpresse/PiG. "Fake news" no sentido correto é um modelo de negócio baseado em tapear conservadores (geralmente) que acreditam em qualquer coisa que se diga.

Isso inclui dizer que qualquer coisa que a grande mídia é "fake".

Trump ter sucedido em deturpar o termo é apenas sintoma de gravidade situação, da credulidade das pessoas, e do culto de imagem.

Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente tapeadas. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".



Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #67 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 15:14:21 »

...

Você acredita que a fita com o Billy Bush é "fake", como Trump afirma?

"Fake news" de Trump é Lügenpresse/PiG. "Fake news" no sentido correto é um modelo de negócio baseado em tapear conservadores (geralmente) que acreditam em qualquer coisa que se diga.

Isso inclui dizer que qualquer coisa que a grande mídia é "fake".

Trump ter sucedido em deturpar o termo é apenas sintoma de gravidade situação, da credulidade das pessoas, e do culto de imagem.

Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente feitas de trouxa. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".


Você fazer milhões de zoações com cores de letras é legal.
Você ridicularizar incontáveis vezes os petistas com letras vermelhas, quase uma marca registrada sua, é legal, é maneiro, é descolado.

Mas basta que eu use desse mesmo artifício, aqui já consagrado como zoação e brincadeira, para você me candidatar a ser um que foi "pateticamente feito de trouxa".

Nem eu nunca disse que tudo que vem da imprensa é Fake News.
Mais distorção sua, Mr. Banzai.

Desculpe, mas eu não vou para esse seu nível.

Vá e fique sozinho nele.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #68 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 15:19:09 »
Muito interessante o que vem ocorrendo nesse tópico e no dia de hoje.

Os ataques pessoais são uma realidade em pleno Fórum do Clube Cético.

Primeiro um Moderador que me chama de fanático (um Moderador!).
Pediu desculpas e eu aceitei-as.

Depois, o mais veterano colaborador do mesmo fórum vem me chamar "pateticamente de trouxa".

Isso tudo num mesmo dia e quase numa mesma página.

E por que tudo isso?

Só porque eu tenho opiniões diferentes das "autoridades" do Clube.

Será que vejo desespero nisso?
Só eu que vejo?


Fui.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #69 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 15:21:55 »
Acabei de ver que Buckaroo Banzai acabou de editar o post dele, que trazia esses termos:


Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente feitas de trouxa. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".



Para que fique registrado o comportamento dele e o termo usado.
Muito bem.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.585
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #70 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 17:13:52 »
Muito interessante o que vem ocorrendo nesse tópico e no dia de hoje.

Os ataques pessoais são uma realidade em pleno Fórum do Clube Cético.

Primeiro um Moderador que me chama de fanático (um Moderador!).
Pediu desculpas e eu aceitei-as.

Depois, o mais veterano colaborador do mesmo fórum vem me chamar "pateticamente de trouxa".

Isso tudo num mesmo dia e quase numa mesma página.

E por que tudo isso?

Só porque eu tenho opiniões diferentes das "autoridades" do Clube.

Será que vejo desespero nisso?
Só eu que vejo?

Fui.

Relaxe e vá tomar uma cerveja.

Discussões acaloradas podem eventualmente resultar em dissenções pontuais.

 :)
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.585
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #71 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 17:15:51 »
Acabei de ver que Buckaroo Banzai acabou de editar o post dele, que trazia esses termos:


Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente feitas de trouxa. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".



Para que fique registrado o comportamento dele e o termo usado.
Muito bem.

O que ele re escreveu não difere muito.

Mas, assim como eu recomendei no meu caso, se você acha que foi atingido, denuncie-o.
Foto USGS

Offline Muad'Dib

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.313
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #72 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 18:39:35 »

Você acredita que a fita com o Billy Bush é "fake", como Trump afirma?

"Fake news" de Trump é Lügenpresse/PiG. "Fake news" no sentido correto é um modelo de negócio baseado em tapear conservadores (geralmente) que acreditam em qualquer coisa que se diga.

Isso inclui dizer que qualquer coisa que a grande mídia é "fake".

Trump ter sucedido em deturpar o termo é apenas sintoma de gravidade situação, da credulidade das pessoas, e do culto de imagem.

Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente tapeadas. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".


Paul Ryan é agora lacaio de Hillary e do PiG/Lügenpresse/fakenews?


Para mim Fake news são aqueles veículos de comunicação que têm como objetivo principal destruir a capacidade que pessoas de diferentes backgroungs têm de compartilhar um mesmo conjunto de fatos e a partir desse conjunto formar opiniões próprias.

Lügenpresse é uma artimanha dos veículos fake news de desqualificar fontes de informação válidas como fake. É o acusar os outros de coisas que você é culpado. Quando o NYT é acusado de Fake news pelo Trump, ele está  usando a tática Lügenpresse,

Ou seja, Breitbart e Fox são Fake news, eles espalham mentiras e meias verdades de acordo com o interesse dos grupos que eles defendem.  NYT pode ser chamado de Fake pela Fox, mas isso não quer dizer que o NYT está espalhando mentiras, quer dizer que a Fox está usando a tática Lügenpresse.

"Fake news" é um adjetivo que acompanha certos veículos de comunicação; Lügenpresse é como se fosse um verbo, significa desqualificar um oponente para que os minions de sempre não acreditem no oponente e fiquem de mimimi na internet sobre o fato.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #73 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 18:51:57 »

Relaxe e vá tomar uma cerveja.

Discussões acaloradas podem eventualmente resultar em dissenções pontuais.

 :)


Você tem razão.
Tomei uma vitamina de mamão com acerola e voltei.


Vamos passar uma borracha nisso tudo.
Nunca guardo rancor.
Pois ele queima enquanto se mantém aceso.

Mas avisa lá pra teu amigo Buckaroo que ele não pode perder a esportiva quando a brincadeira vai para o lado dele.
Fica feio.
Brinca e zomba de todo mundo, mas quando fica na berlinda, vem com pedras na mão...

Bola pra frente!

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #74 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 19:06:44 »

O que ele re escreveu não difere muito.

Mas, assim como eu recomendei no meu caso, se você acha que foi atingido, denuncie-o.

Obrigado pela sugestão, mas não.
Em nenhum dos casos.

Se eu não quiser sofrer ataques, basta que eu não desça para o Play.
Já que eu desci, já sou adulto e sei me defender.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!