Autor Tópico: Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso  (Lida 3529 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #75 Online: 28 de Fevereiro de 2018, 21:46:05 »

...

Você acredita que a fita com o Billy Bush é "fake", como Trump afirma?

"Fake news" de Trump é Lügenpresse/PiG. "Fake news" no sentido correto é um modelo de negócio baseado em tapear conservadores (geralmente) que acreditam em qualquer coisa que se diga.

Isso inclui dizer que qualquer coisa que a grande mídia é "fake".

Trump ter sucedido em deturpar o termo é apenas sintoma de gravidade situação, da credulidade das pessoas, e do culto de imagem.

Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente feitas de trouxa. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".


Você fazer milhões de zoações com cores de letras é legal.
Você ridicularizar incontáveis vezes os petistas com letras vermelhas, quase uma marca registrada sua, é legal, é maneiro, é descolado.

Mas basta que eu use desse mesmo artifício, aqui já consagrado como zoação e brincadeira, para você me candidatar a ser um que foi "pateticamente feito de trouxa".

Nem eu nunca disse que tudo que vem da imprensa é Fake News.
Mais distorção sua, Mr. Banzai.

Desculpe, mas eu não vou para esse seu nível.

Vá e fique sozinho nele.


Não afirmei que você tivesse dito que "tudo que vem da imprensa é fake news".

Fakenews-Lügenpresse é especificamente o que for ruim ao líder cultuado. No caso, um fraudador, que mente compulsória e descaradamente, e os tapeados comemoram alegremente, agora até mesmo celebrando seu amado líder e associados simplesmente chamarem de mentira o que quer que lhe for inconveniente.

Não importa o quão esdrúxula e insultante seja a mentira.

<a href="https://www.youtube.com/v/x3ch1ajtwbc" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/x3ch1ajtwbc</a>

Não é a primeira vez que essas fontes "não" fake (em trumpilíngua) promovem teorias da conspiração deploráveis como essa, mesmo com as crianças bem menores, de Sandy Hook fizeram essa alegação.

Chemtrails, pizzagate, climategate, anti-vaxx...

Me desculpe se ver toda essa insanidade ser comemorada como a "nova verdade", junto a um culto de imagem meteórico de proporções históricas a um fraudador, me dificulta a frasear isso de forma mais sensível aos sentimentos daqueles que festejam alegremente serem enganados, que cegamente servem aos próprios algozes em atacar aqueles que, com todas suas falhas, ainda são de longe as fontes mais confiáveis acerca dos fatos. Dos "fatos padrão", não "alternativos".

:nao2:








Acabei de ver que Buckaroo Banzai acabou de editar o post dele, que trazia esses termos:


Pior que isso, só mesmo ver as pessoas comemorando o quanto são pateticamente feitas de trouxa. É exatamente isso que constitui esse seu "perdeu, playboy".



Para que fique registrado o comportamento dele e o termo usado.
Muito bem.

No post original consta que ele ele foi publicado às 15:07, e editado às 15:10. Já numa tentativa de melhorar o tom, muito embora a própria descrição do comportamento dificulte isso, fica algo meio parecido com os eufemismos do tópico do léxico politicamente correto.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.528
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #76 Online: 01 de Março de 2018, 06:50:59 »
Não é de hoje que a nossa direita petista conservadora, que sempre foi ávida em ridicularizar as frescuras esquerdistas, no menor sinal de que seus valores ou suas opiniões estão sendo questionadas, agem como os mais delicados snowflakes.

Se fazer de vítima é uma forma de desvirtuar o debate que estava sendo travado. Faz todo mundo parar o raciocínio e prestar atenção na vitimização. Os petistas e os petistas de direita usam isso como recurso argumentativo.

Debate que é bom, nada.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #77 Online: 01 de Março de 2018, 08:45:42 »
Não é de hoje que a nossa direita petista conservadora, que sempre foi ávida em ridicularizar as frescuras esquerdistas, no menor sinal de que seus valores ou suas opiniões estão sendo questionadas, agem como os mais delicados snowflakes.

Se fazer de vítima é uma forma de desvirtuar o debate que estava sendo travado. Faz todo mundo parar o raciocínio e prestar atenção na vitimização. Os petistas e os petistas de direita usam isso como recurso argumentativo.

Debate que é bom, nada.

Ah, então alguém ser chamado textualmente de "fanático" e pouco tempo depois de "trouxa", e reclamar disso agora é vitimização.
E isso acontecendo num ambiente que deveria ser controlado pela Moderação, e não num ringue de Facebook onde não existe tal nível de controle.

É de se pensar que o Clube Cético está sem dono, sem controle.

E, por mais que insistam, eu não vou denunciar ninguém.
Porque deveria haver um Olho de Hórus aqui trabalhando para controlar os mais atrevidos, como você.
O resultado disso é que o nível vai baixando e vai baixando.

E chegando mais gente para essa briga de rua, como você agora, me acusando explicitamente de "delicado floquinho de neve".
E não venha me dizer que não foi comigo ou que eu vesti a carapuça, porque você não falou genericamente.
O seu comentário veio justamente após as minhas reclamações e quando tudo já caminhava para apaziguação.
Ou seja, achou pouco a confusão e trabalhou para recriá-la.
Como resultado, vai se formando uma baixaria da qual eu me recuso a participar.

Tem Moderação por aqui, ou está mesmo sem dono?


Um negócio que eu não faço é me passar por vítima.
Nem uso tal expediente como recurso argumentativo.
Apenas questionei se aqui é um ambiente controlado ou já virou terra de ninguém, onde os debatedores tenham passe livre para um festival de ataques.
Porque não é todo dia que se joga um "fanático" e logo depois um "trouxa" na cara de alguém e isso tudo é tido como normal e quem reclamar é um "delicado floquinho de neve" que está desviando o debate e se passando por vítima.
Vitimização virou quase outra marca registrada das Esquerdas, da qual você faz parte, e é só folhear as redes sociais para confirmar o que estou dizendo.
Estou fora disso.


Agora se esses termos dos quais fui tachado nada significam, e se eu reclamar é porque sou um delicado snowflake, vamos ver se você aguenta a brincadeira se eu o chamar de "esquerdopata inconformado com o mundo que o rodeia" e vai correr para a saia da Moderação.
Ou seja, começa a brincadeira, não aguenta e volta com pedras na mão. Como fez Buckaroo, que começou as letras coloridas, recebeu letras de volta, não gostou, perdeu o espírito esportivo e veio me chamar de trouxa.
E depois, na surdina, editou o comentário e arregou de usar o termo.



Alô, alô, Conselheiros, Moderadores, mantenedores desse fórum!
O nível está rolando ladeira abaixo e está parecendo que o Clube está sem dono!


Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.528
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #78 Online: 01 de Março de 2018, 08:54:25 »
Eu sou inconformado com o mundo que me cerca.

Meu post não foi direcionado exclusivamente para você. Foi uma constatação do modo de agir da nossa direita conservadora. Adoram apontar as frescuras esquerdistas, mas são delicadíssimos quando confrontados. E se não bastasse a delicadeza, o foco das discussões sempre é perdido.

Ainda estou aguardando uma argumentação sua sobre o porquê de você considerar o Donald tão fantástico assim. Vídeos da embaixada da resistência só convencem a mulecada de facebook.

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.735
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #79 Online: 01 de Março de 2018, 09:21:45 »
Gabarito, eu não entendi, você disse que não vai denunciar, mas quer que a moderação faça algo? Nessa discussão específica, se algum moderador leu (ou não) e não recebeu nenhuma denúncia, não sei se teria porquê fazer algo, já que ninguém denunciou.

Acho que se você realmente quer algum tipo de intervenção, teria de haver alguma contrapartida (denúncia).
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #80 Online: 01 de Março de 2018, 09:33:41 »
Eu sou inconformado com o mundo que me cerca.

Meu post não foi direcionado exclusivamente para você. Foi uma constatação do modo de agir da nossa direita conservadora. Adoram apontar as frescuras esquerdistas, mas são delicadíssimos quando confrontados. E se não bastasse a delicadeza, o foco das discussões sempre é perdido.

Ainda estou aguardando uma argumentação sua sobre o porquê de você considerar o Donald tão fantástico assim. Vídeos da embaixada da resistência só convencem a mulecada de facebook.

Está bem, vamos retomar o debate.
Eu não acho Donald Trump "tão fantástico assim".
Eu acho que ele chegou numa boa hora para dar um freio em muitas práticas que poderiam parecer nocivas a longo prazo para  país.

Sobre argumentação mais elaborada e retomar o pique do debate, acho que perdi o clima.

É só.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #81 Online: 01 de Março de 2018, 09:39:48 »
Gabarito, eu não entendi, você disse que não vai denunciar, mas quer que a moderação faça algo? Nessa discussão específica, se algum moderador leu (ou não) e não recebeu nenhuma denúncia, não sei se teria porquê fazer algo, já que ninguém denunciou.

Acho que se você realmente quer algum tipo de intervenção, teria de haver alguma contrapartida (denúncia).

Obrigado, Luiz F., pela sugestão.
Eu não sou de denunciar formalmente colegas em debates.
Achei que havia um acompanhamento por parte da Moderação.

Aliás, já vi muitas vezes outros debatedores tomarem cartão sem terem sido denunciados, apenas por ato unilateral da Moderação.
Achei, repetindo, achei apenas que havia controle sistêmico, acompanhamento de comportamento agressivo ou quebra das regras do regulamento.

Se não há, então paciência.
Dou um jeito de aguentar as consequências.

Porque nunca usei aquele link Denunciar e nem sei o que vem depois de clicar nele.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #82 Online: 01 de Março de 2018, 09:42:32 »
Eu sou inconformado com o mundo que me cerca.


Peço desculpas a você por eu ter sido agressivo.
Espero que aceite.

E vamos em frente.

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.735
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #83 Online: 01 de Março de 2018, 10:01:11 »
Gabarito, eu não entendi, você disse que não vai denunciar, mas quer que a moderação faça algo? Nessa discussão específica, se algum moderador leu (ou não) e não recebeu nenhuma denúncia, não sei se teria porquê fazer algo, já que ninguém denunciou.

Acho que se você realmente quer algum tipo de intervenção, teria de haver alguma contrapartida (denúncia).

Obrigado, Luiz F., pela sugestão.
Eu não sou de denunciar formalmente colegas em debates.
Achei que havia um acompanhamento por parte da Moderação.

Aliás, já vi muitas vezes outros debatedores tomarem cartão sem terem sido denunciados, apenas por ato unilateral da Moderação.
Achei, repetindo, achei apenas que havia controle sistêmico, acompanhamento de comportamento agressivo ou quebra das regras do regulamento.

Se não há, então paciência.
Dou um jeito de aguentar as consequências.

Porque nunca usei aquele link Denunciar e nem sei o que vem depois de clicar nele.

Bom, como disse, eu acho...

Parece que não tem havido muitos moderadores ativos ultimamente, então acho que, teoricamente, o ideal é denunciar, daí se não me engano eles recebem algum tipo de notificação e agem... Teoricamente.

Aliás, já vi muitas vezes outros debatedores tomarem cartão sem terem sido denunciados, apenas por ato unilateral da Moderação.

Nem sabia que dava pra saber esse tipo de coisa, sem o moderador comentar explicitamente isso :|

Bom, o caso é que se nenhum moderador ler o tópico/mensagem específico, bem, nenhuma sansão será aplicada. O reporte 'garante' isso com mais certeza.
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #84 Online: 01 de Março de 2018, 12:59:40 »
Que termo é mais apropriado para descrever alguém que aplaude de pé à própria enganação, e a promove? Não só a própria, mas de boa parte da população, afetando a questões nacionais e globais, promovendo racismo, levando o mundo para o buraco? Seria já "enganação" já uma palavra que "julga" demais?

Eu mesmo denuncio minha mensagem pela edição póstuma/original se for o caso, mas fica essa curiosidade. Cada coisa absurda sendo divulgada num clube "cético", com os teóricos conspiracionistas "investigadores" (que argumentavelmente são golpistas da própria audiência, vendendo tudo que é lixo, fazendo campanha histérica contra soja, dizendo que transforma quem consome em "soyboys", e vendendo eles mesmos produtos com soja!) sendo exonerados de suas sandices inegáveis por supostamente serem "patriotas". Que forma mais delicada há para explicitar essa "relação"?

Eu ainda voltei atrás, editei já tentando melhorar as coisas. Não imaginava que isso fosse dar tanto problema, ainda mais tendo editado antes de qualquer resposta. Tem que se pensar três vezes antes de postar qualquer coisa mesmo. Ou, pelo menos, quando toca na direita. Se é para "caneta desesquerdizadora", ou atacar a esquerda, bem, pode chamar todo mundo de defensor de genocidas e promotores de pedofilia mesmo.







<a href="https://www.youtube.com/v/T4cJTv12CT8" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/T4cJTv12CT8</a>

Aparentemente ele não tem laços com nacionalistas brancos, embora os próprios tenham "plantado" essa notícia fabricando evidência disso, como parte de campanha para desacreditar a grande mídia:

https://www.politico.com/story/2018/02/16/florida-shooting-white-nationalists-415672







http://comprop.oii.ox.ac.uk/wp-content/uploads/sites/93/2018/02/Polarization-Partisanship-JunkNews.pdf
http://www.newsweek.com/liberals-dont-share-believe-fake-news-much-right-wing-study-finds-800219
https://www.washingtonpost.com/opinions/when-it-comes-to-e-mailed-political-rumors-conservatives-beat-liberals/2011/11/17/gIQAyycZWN_story.html?utm_term=.82264b95145b

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.783
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #85 Online: 01 de Março de 2018, 14:09:22 »
Se a vitória do Trump representasse uma derrota do esquerdismo, isto é, dos excessos das esquerdas, seria compreensível todo esse júbilo, mas ao contrário disso, representa uma vitória do direitismo/reacionarismo, com o que de pior há desse lado do espectro. É da gente se espantar realmente. Faz pensar que os entusiastas ou estão afinados com essa joça toda (fanatismo) ou não se importam e acham tudo se justifica por uma causa maior (idiotas úteis). Não consigo, por mais que tente garimpar aí algo mais sutil, achar uma explicação que não seja ofensiva.

Gabarito ou outro, talvez pudesse explicar o que enxerga de bom e de ruim nessa vitória do Trump e, principalmente, como uma coisa compensa a outra, porque honestamente me escapa à compreensão. 





Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #86 Online: 01 de Março de 2018, 15:43:13 »
Se a vitória do Trump representasse uma derrota do esquerdismo, isto é, dos excessos das esquerdas, seria compreensível todo esse júbilo, mas ao contrário disso, representa uma vitória do direitismo/reacionarismo, com o que de pior há desse lado do espectro. É da gente se espantar realmente. Faz pensar que os entusiastas ou estão afinados com essa joça toda (fanatismo) ou não se importam e acham tudo se justifica por uma causa maior (idiotas úteis). Não consigo, por mais que tente garimpar aí algo mais sutil, achar uma explicação que não seja ofensiva.

Gabarito ou outro, talvez pudesse explicar o que enxerga de bom e de ruim nessa vitória do Trump e, principalmente, como uma coisa compensa a outra, porque honestamente me escapa à compreensão.

Tô fora.
Sou visto aqui como fanático, trouxa ou idiota útil.
Se quiserem continuar a malhação, procurem outro Gabarito.
Não tenho vocação para judas ou boneco de linchamento.

Que não seja visto com uma fuga, porque eu vinha expondo meus pontos até a coisa descambar para ad-hominem.

Como todo mundo, acho, eu participo de coisas que me satisfazem, que me dão prazer.
A partir do momento em que passa a me dar dor-de-cabeça, eu me dou o direito de procurar outros interesses.
Não tenho nenhuma procuração de Trump para defendê-lo.
Por isso, reservo-me o direito de me ausentar do debate.
Fiquem aí no que mais gostam, mas não exijam minha participação nessa pajelança de ataques.
E nem sequer insinuem vitimismo ou qualquer coisa com neve...
Acho que ninguém, exceção para os masoquistas, gostam de pancadas contínuas.

Para os que quiserem mais informações sobre o que penso de Trump e de seu governo, os tópicos Governo Trump e Trump vs Hillary trazem talvez centenas de comentários meus.
Tem muita coisa por lá, embora algumas já desatualizadas.
Em ambos, eu posicionei o link em comentários relevantes.
No de Hillary, vai para um em que, apesar de discordar completamente das ideias de Pasteur naquele debate, a conversa rendeu até um chope.
Muito diferente do que está havendo aqui.

Pode ser que uma ou outra coisa esteja desatualizada e que eu já não tenha a mesma visão de quando escrevi tudo aquilo lá.
Afinal, sempre estou revendo meus conceitos e tentando melhorar.
Não mantenho ideias fixas e imutáveis em muitas coisas.
Mas, no geral, é o que está lá.

Em resumo, e talvez dando algum arremedo de resposta aos que me perguntaram sobre minhas bases para gostar do governo do cara, talvez eu me divirta mais com as reações das Esquerdas às ações de Trump do que com ele propriamente dito.
É muito divertido ver adulto batendo pé no chão e agindo como criança.
E também é uma delícia ver esse festival na imprensa dos EUA se contorcendo ao extremo para descolar-se do termo Fake News.
E produzindo mais.
:)
Porque Trump como pessoa não é admirável.
E tem aquelas orações na Casa Branca que eu não aprovo.
E tem filhos que fazem caça esportiva que eu condeno em exponencial.

Mesmo que, mais à frente, eu encontre outra boa notícia (sob o meu prisma, bem entendido) e pense em trazê-la para cá, acho que não vou fazê-lo.
Vou tentar me distanciar, pois não é prazeroso para ninguém, eu acho, vir estragar a festa de vocês.
Eu irei festejar com quem me tem mais respeito.


Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.783
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #87 Online: 02 de Março de 2018, 00:05:17 »
Sinto muito que não tenha conseguido me fazer compreender, mas não foi isso o que eu disse, Gabarito! Não malhei ninguém. Apenas expus a minha visão pessoal do que o trumpismo representa para explicar porque não consigo encontrar outra explicação para esse entusiasmo além das duas citadas, mas que suponho não serem as únicas, ou não teria pedido uma terceira. 

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.122
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #88 Online: 02 de Março de 2018, 08:32:43 »
Minha visão é parecida com a do Alienígena, ser contra a Hillary e os democratas é compreensível, e os excessos da esquerda (mesmo da esquerda americana, que é infinitamente superior à da América Latina) e do politicamente correto realmente irritam muito.

Mas aí as pessoas caem na armadilha de apoiar um sujeitinho desprezível como esse Trump e tudo o que ele representa, que é o que há de pior na direita americana. Por ser contra uma ideologia que considera ruim, você apóia outra pior e fecha os olhos para o fato de que o que você está apoiando é ainda mais bizarro do que aquilo que você é contra.

Trump me parece uma mistura de Lula, Dilma e Bolsonaro. Lula no populismo barato, Bolsonaro na legião de Trumpistas que o apóiam ou ignoram alegremente os absurdos que ele diz e faz diariamente, e Dilma na quantidade de merda que fala.

Eu simpatizo com muitas ideias do Partido Republicano, mas esse Trump e o círculo do qual ele se cerca não dá para engolir.
"Deus prefere os ateus"

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #89 Online: 02 de Março de 2018, 09:34:10 »
Não é de hoje que a nossa direita petista conservadora, que sempre foi ávida em ridicularizar as frescuras esquerdistas, no menor sinal de que seus valores ou suas opiniões estão sendo questionadas, agem como os mais delicados snowflakes.

Se fazer de vítima é uma forma de desvirtuar o debate que estava sendo travado. Faz todo mundo parar o raciocínio e prestar atenção na vitimização. Os petistas e os petistas de direita usam isso como recurso argumentativo.

Debate que é bom, nada.

A direita brasileira está sendo vidraça pela primeira vez na vida. Alguns estão votando pela primeira vez. Normal não terem maturidade ainda. Não podemos parar de criticar, desde que educadamente.

O que não pode é não apenas criticar, mas fazer pouco caso, ofender, diminuir o outro lado. Isso cria uma relação de ódio que só piora o diálogo.

Há 10-15 anos atrás eu ficava muito irritado quando alguém falava mal do PSDB e do FHC. Hoje eu sou um de seus críticos.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.913
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #90 Online: 02 de Março de 2018, 10:32:27 »
Se a vitória do Trump representasse uma derrota do esquerdismo, isto é, dos excessos das esquerdas, seria compreensível todo esse júbilo, mas ao contrário disso, representa uma vitória do direitismo/reacionarismo, com o que de pior há desse lado do espectro. É da gente se espantar realmente. Faz pensar que os entusiastas ou estão afinados com essa joça toda (fanatismo) ou não se importam e acham tudo se justifica por uma causa maior (idiotas úteis). Não consigo, por mais que tente garimpar aí algo mais sutil, achar uma explicação que não seja ofensiva.

Gabarito ou outro, talvez pudesse explicar o que enxerga de bom e de ruim nessa vitória do Trump e, principalmente, como uma coisa compensa a outra, porque honestamente me escapa à compreensão.

Tô fora.
Sou visto aqui como fanático, trouxa ou idiota útil.
Se quiserem continuar a malhação, procurem outro Gabarito.
Não tenho vocação para judas ou boneco de linchamento.

blablablabla

Sabe, esse comportamento é recorrente aqui no fórum.

Lembro de um cara que saiu daqui choramingando dizendo que o CC havia se tornado um clube consenso, onde críticas contrárias ao consenso não eram bem vindas. Ora, até a Ciência tem consensos.

Outro caso foi de uma menina que saiu p da vida pq defendia que experimentos com animais podem ser completamente substituidos por simulações computacionais. Levou tanta cacetada na discussão que foi embora xingando todo mundo.

Teve um forista (nao lembro quem) que praticamente previu a guerra na Síria, foi ridicularizado na época, mas se manteve firme no debate.

E vários outros casos onde a situação é a mesma: quando o ceticismo vai de encontro ao que nós acreditamos ou defendemos, levamos porrada. E muita gente não está preparada pra isso. Começam a se vitimizar, dizer que estao sendo perseguidos ou xingados. Um argumento agressivo não necessariamente é um argumento mal educado.

Resultado é que acontece isso, abandonam a discussão com essa desculpa. Cara, se não gostou de argumentar com algum forista, ignore o cidadão, muitos outros estão dispostos a debater.

É por isso q tenho grande respeito pelo _Juca_ e o Arcanjo :D. O 1o levou porrada a vida toda por ter sido petista e continua ai, debatendo sem se vitimizar ou xingar ninguém. O 2o continua sendo ridicularizado nos debates sobre drogas e continua ai, firme e forte.

Menos mimimi meu povo, se suas idéias vao contra o consenso, vao levar porrada sim.
« Última modificação: 02 de Março de 2018, 10:34:44 por EuSouOqueSou »
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #91 Online: 02 de Março de 2018, 11:05:10 »
Eu simpatizo com muitas ideias do Partido Republicano, mas esse Trump e o círculo do qual ele se cerca não dá para engolir.

Mas não dá pra engolir a figura do Trump ou as ações políticas dele? Você pode odiar uma coisa e dar méritos a outra. Separar a pessoa de suas ideias ou ações é difícil, mas importante.

Eu acho que por mais que Trump seja um mala arrogante, tem tido alguns acertos e vitórias dignos de nota. Não preciso gostar dele para reconhecer isso.

E não é porque não gosto da figura do Trump que tenho que achar o outro lado bonzinho. Ficou claro recentemente o jogo sujo da imprensa americana, e foi essa sujeira que ajudou a eleger Trump. Ou seja, a sujeira veio antes dele. Mas para atacar a sujeira anti-Trump, gerou-se uma sujeira pró-Trump, e está claro que cada lado chama o outro de fake news.

O Gabarito aponta o fake-news de um lado, enquanto o Buck quer anular a crítica apontando fake news do outro.

Parece ser muito difícil reconhecer que os dois lados tem problemas. Mas pela minha percepção, o fake news anti-Trump tem sido a pior, por repercutir mais e surfar mais facilmente no anti-Trumpismo.

Mas não se enganem, o Trump ganha adeptos cada vez mais a cada ataque sujo que recebe. Quem odeia ele está ajudando a criar o monstro. E isso faz eu criticar ainda mais o fake-news anti-Trump, apontando como a mais danosa.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.528
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #92 Online: 02 de Março de 2018, 11:35:45 »
Eu acho que você está usando uma definição do que é fake news que não é a mais apropriada. Não dá para chamar de fake a CNN, o NYT e o WaPo. Por mais que eles tenham um viés (que nem sequer pode ser chamado de esquerdista pelos padrões brasileiros), eles se baseiam em jornalismo de qualidade e com fatos. Mesmo a CNN que está longe de ser uma emissora muit informativa, não pode ser, em qualquer análise séria, comparada com a FOX. Tem uma pesquisa que mostra que quem vê somente a fox news tem menos noção da realidade do mundo do que quem não vê nenhum jornal. É ridículo. O Trump tem um exército de veículos de comunicação fazendo fanfarra com fatos alternativos.

O problema do Trump não é somente o fato de ele representar o que há de pior na espécie sapiens. Ele é amado por conservadores, sendo que não é conservador, ele é amado por liberais sendo que não é lá muito liberal (ontem ele começou com o papo de taxar importações de aço e alumínio), ele á amado por neoMacartistas sendo que ele é um lacaio do Putin (um ex-kgb que quer retomar o império). Ele cagou o acordo de Paris, esta cagando de forma definitiva o Oriente Médio, está fazendo tudo para cagar o acordo com o Irã. Pelo amor de deus, não passa um dia sequer sem que ele não escreva alguma merda no twitter.

Qual foi a grande vitória do Trump? O corte de impostos que vai quebrar o país mais para frente?

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.122
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #93 Online: 02 de Março de 2018, 11:38:02 »
Citação de: Lorentz
Mas não dá pra engolir a figura do Trump ou as ações políticas dele?


Ambos.

Citação de: Lorentz
Eu acho que por mais que Trump seja um mala arrogante, tem tido alguns acertos e vitórias dignos de nota. Não preciso gostar dele para reconhecer isso.

Quais seriam esse acertos dignos de nota? Eu só vi como "positivo" dele até agora o corte de impostos, e mesmo assim me parece demagógico porque, se não há corte de despesas, o déficit público aumentará, causando um problema futuro. Por outro lado, erros eu vejo aos montes, medidas protecionistas (saindo do forno recentemente para o aço e alumínio, alguém já postou lá no tópico do governo Trump), xenofobia e racismo mal disfarçados, essa polêmica ridícula do muro na fronteira com o México, a mentirada descarada dele, os twitters ridículos, todo esse trabalho de desqualificação de críticas a ele embalando tudo como "fakenews", a disputa de quem tem o pinto maior com o outro maluco da Coréia do Norte, "Grab them by the pussy", etc, etc.

Citação de: Lorentz
Ficou claro recentemente o jogo sujo da imprensa americana, e foi essa sujeira que ajudou a eleger Trump.

Não é tããão claro assim. Como o Geotecton já citou, a imprensa americana tem lados assumidamente, não é segredo. E, se houve erros nas notícias veiculadas pela mídia mais à esquerda (e houve), isso é muito exagerado pelos Trumpistas, que tratam como se fosse uma mega conspiração orquestrada tudo o que sai da oposição a ele.

Citação de: Lorentz
Parece ser muito difícil reconhecer que os dois lados tem problemas. Mas pela minha percepção, o fake news anti-Trump tem sido a pior, por repercutir mais e surfar mais facilmente no anti-Trumpismo.

Os dois lados tem problemas mesmo, mas a minha percepção é oposta à sua, a imprensa pró-Trump é muito mais suja, parece a esgotosfera petista. Prova disso são os ataques aos estudantes sobreviventes do ataque do atirador na Flórida, difamando adolescentes que passaram por um momento tenebroso e estão exercendo seu direito de protestar.
"Deus prefere os ateus"

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.528
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #94 Online: 02 de Março de 2018, 11:41:29 »
Detalhe que ele chega ao absurdo de dizer que o Grab them by the pussy é uma história fake.  :o

O Trump é louco de verdade. Nós temos um lunático de verdade no posto mais importante do mundo.

Offline Pedro Reis

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.926
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #95 Online: 02 de Março de 2018, 12:28:50 »

Menos mimimi meu povo, se suas idéias vao contra o consenso, vao levar porrada sim.

Uma vez eu falei que os esquerdistas e os místicos sofrem bullying aqui. Agora parece que os muito direitistas também.

Mas se não tiver ninguém marchando contra o batalhão isso aqui vira uma espécie de igreja, com os fieis reafirmando as crenças uns dos outros.

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.122
  • Sexo: Masculino
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #96 Online: 02 de Março de 2018, 13:09:05 »

Menos mimimi meu povo, se suas idéias vao contra o consenso, vao levar porrada sim.

Uma vez eu falei que os esquerdistas e os místicos sofrem bullying aqui. Agora parece que os muito direitistas também.

Mas se não tiver ninguém marchando contra o batalhão isso aqui vira uma espécie de igreja, com os fieis reafirmando as crenças uns dos outros.


Tem que ter divergência, mas o preço disso é que os divergentes vão levar porrada, ser atacados, questionados, o que não é de forma alguma uma situação agradável de estar. Nunca entrei em um fórum de discussões religioso (e nem pretendo  :P), mas tenho certeza de que ateus devem ser muito atacados lá. É normal que alguém que tem opinião contrária à maioria do grupo seja mais questionado. E, embora seja necessário manter a educação e o bom senso, muitas vezes no calor da discussão os ânimos se alteram e ocorrem exageros. Sem querer puxar saco, na minha opinião a moderação faz um bom trabalho, consegue manter a ordem sem interferir demais.

Por isso digo sem ironia alguma que admiro os foristas que, apesar de tudo, ainda se mantém na discussão, mesmo sendo minoria. Posso não concordar em muita coisa com o Juca, por exemplo, mas admiro a resiliência dele aqui no fórum. Outros exemplos são o próprio Gabarito neste tópico, o Pasteur no tópicos dos islâmicos, o Derfel quando discutíamos o SUS, Arcanjo nas drogas, etc.





"Deus prefere os ateus"

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.913
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #97 Online: 02 de Março de 2018, 13:13:20 »

Menos mimimi meu povo, se suas idéias vao contra o consenso, vao levar porrada sim.

Uma vez eu falei que os esquerdistas e os místicos sofrem bullying aqui. Agora parece que os muito direitistas também.

Mas se não tiver ninguém marchando contra o batalhão isso aqui vira uma espécie de igreja, com os fieis reafirmando as crenças uns dos outros.


Tem que ter divergência, mas o preço disso é que os divergentes vão levar porrada, ser atacados, questionados, o que não é de forma alguma uma situação agradável de estar. Nunca entrei em um fórum de discussões religioso (e nem pretendo  :P), mas tenho certeza de que ateus devem ser muito atacados lá. É normal que alguém que tem opinião contrária à maioria do grupo seja mais questionado. E, embora seja necessário manter a educação e o bom senso, muitas vezes no calor da discussão os ânimos se alteram e ocorrem exageros. Sem querer puxar saco, na minha opinião a moderação faz um bom trabalho, consegue manter a ordem sem interferir demais.

Por isso digo sem ironia alguma que admiro os foristas que, apesar de tudo, ainda se mantém na discussão, mesmo sendo minoria. Posso não concordar em muita coisa com o Juca, por exemplo, mas admiro a resiliência dele aqui no fórum. Outros exemplos são o próprio Gabarito neste tópico, o Pasteur no tópicos dos islâmicos, o Derfel quando discutíamos o SUS, Arcanjo nas drogas, etc.

Eu não quis dizer que quem tem opinião divergente do consenso deva ficar calado. Como bem disse o Fabricio, o que quero dizer é que se vc tem essa opinião divergente, esteja preparado pra ser exaustivamente questionado e criticado, ao invés de ficar de vitimismo depois.
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.783
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #98 Online: 02 de Março de 2018, 14:06:42 »
Eu simpatizo com muitas ideias do Partido Republicano, mas esse Trump e o círculo do qual ele se cerca não dá para engolir.

Mas não dá pra engolir a figura do Trump ou as ações políticas dele? Você pode odiar uma coisa e dar méritos a outra. Separar a pessoa de suas ideias ou ações é difícil, mas importante.

Eu acho que por mais que Trump seja um mala arrogante, tem tido alguns acertos e vitórias dignos de nota. Não preciso gostar dele para reconhecer isso.

E não é porque não gosto da figura do Trump que tenho que achar o outro lado bonzinho. Ficou claro recentemente o jogo sujo da imprensa americana, e foi essa sujeira que ajudou a eleger Trump. Ou seja, a sujeira veio antes dele. Mas para atacar a sujeira anti-Trump, gerou-se uma sujeira pró-Trump, e está claro que cada lado chama o outro de fake news.

O Gabarito aponta o fake-news de um lado, enquanto o Buck quer anular a crítica apontando fake news do outro.

Parece ser muito difícil reconhecer que os dois lados tem problemas. Mas pela minha percepção, o fake news anti-Trump tem sido a pior, por repercutir mais e surfar mais facilmente no anti-Trumpismo.

Mas não se enganem, o Trump ganha adeptos cada vez mais a cada ataque sujo que recebe. Quem odeia ele está ajudando a criar o monstro. E isso faz eu criticar ainda mais o fake-news anti-Trump, apontando como a mais danosa.

Falando sério, troque Trump por Lula e veja o resultado.
« Última modificação: 02 de Março de 2018, 14:12:41 por AlienígenA »

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.783
Re:Fake News - o que a Ciência já sabe sobre isso
« Resposta #99 Online: 02 de Março de 2018, 14:50:17 »

Menos mimimi meu povo, se suas idéias vao contra o consenso, vao levar porrada sim.

Uma vez eu falei que os esquerdistas e os místicos sofrem bullying aqui. Agora parece que os muito direitistas também.

Mas se não tiver ninguém marchando contra o batalhão isso aqui vira uma espécie de igreja, com os fieis reafirmando as crenças uns dos outros.


Tem que ter divergência, mas o preço disso é que os divergentes vão levar porrada, ser atacados, questionados, o que não é de forma alguma uma situação agradável de estar.

Acho que tem menos a ver com divergência e mais com argumentação, convencimento. Já houve até quem conseguisse reverter o consenso por aqui - o banido, que Ban o tenha, Agnóstico por exemplo, no tópico "o PT representa um risco ao país". Eu fiz o dever de casa, fui ver os tópicos gigantescos que o Gabarito recomendou, para caso eu quisesse entender os motivos do entusiasmo dele. Bom, como ele deixou por minha conta, invertendo a ordem dos fatores, não alterou o produto. Estimo que setenta por cento do tempo ele trata de fake news, deixando Fox e afins, claro, sempre de fora - uns vinte e cinco por cento ele gasta malhando (para quem reclama de ser malhado) quem não compartilha do mesmo entusiasmo e os outros cinco por cento gasta ora babando no Trump ora se fazendo de vítima. Muito diferente do mesmo Gabarito, noutros debates que não suscitam suas paixões, centrado, ponderado, imparcial. E isso aqui não é malho, como ele possa supor, caso venha a ler, mas um alerta. Espero que ele faça o mesmo favor a mim - me expondo ao ridículo sempre que eu me prestar a esse papel. Ninguém está imune a isso.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!