Autor Tópico: O que te faria abandonar o ateísmo?  (Lida 4100 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
O que te faria abandonar o ateísmo?
« Online: 14 de Março de 2018, 23:40:03 »
uma visão? uma intuição? um argumento?
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.061
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #1 Online: 15 de Março de 2018, 00:37:04 »
Evidências e provas impessoais, não anedóticas.
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #2 Online: 15 de Março de 2018, 00:38:58 »
Evidências e provas impessoais, não anedóticas.
Você negaria até mesmo uma experiência pessoal e direta?
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.061
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #3 Online: 15 de Março de 2018, 01:31:53 »
Evidências e provas impessoais, não anedóticas.
Você negaria até mesmo uma experiência pessoal e direta?

Certamente. É preciso reconhecer que todas as pessoas possuem um enorme talento para se autoenganar imaginando "coisas" e o que garantiria que a minha experiência não é resultado de algum desequilíbrio físico-mental que passaria desapercebido até por uma avaliação médica criteriosa? Não é possível autovalidar esse tipo de experiência, portanto devem ser negadas a priori. Se Deus existe, ele mesmo deve fornecer as provas de sua existência sem o meu envolvimento ou de outra pessoa.

Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline Pedro Reis

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.355
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #4 Online: 15 de Março de 2018, 01:41:59 »
uma visão? uma intuição? um argumento?

O medo.

Offline Muad'Dib

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.312
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #5 Online: 15 de Março de 2018, 05:50:23 »
Eu não negaria uma experiência pessoal que eu não encontrasse explicações plausíveis e duvido que o Gigaview negasse também. Só não ficaria tentando convencer outros a aceitar deus/zeus/chuchuthu... baseado na minha experiência pessoal.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.535
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #6 Online: 15 de Março de 2018, 08:38:59 »
Como definir um deus? O que eu deveria exigir como evidência de que uma entidade qualquer é um deus e não um ET superpoderoso?


Offline Nostromo

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
  • Visão Além do Alcance.
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #7 Online: 15 de Março de 2018, 08:46:11 »
Eu diria que é um caminho sem volta. A partir do momento que você chega ao ápice racional é improvável pensar em abandonar isto.

Uma vez eu vi um comentário de um Ateu no Orkut: Você pode até tentar acreditar, mas sabe que está se enganando no final.

Offline Muad'Dib

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.312
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #8 Online: 15 de Março de 2018, 08:58:54 »
Isso não é verdade.

Têm um monte de ateu modinha que na primeira vidente fazendo leitura fria se derrete todo em nome de Jesus.

E têm muito ateu e agnóstico acima de qualquer suspeita que por razão X,Y ou Z se converte. Esse tipo dificilmente vai cair em uma armadilha de religiões organizadas, mas pode muito bem passar a acreditar em um propósito para isto tudo. O Dbohr daqui saiu do fórum, se eu não estou enganado, porque mudou de opinião.

Offline Nostromo

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
  • Visão Além do Alcance.
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #9 Online: 15 de Março de 2018, 09:02:34 »
Lembro que essa pessoa disse que existem Ateus e pessoas revoltadas com Deus.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.634
  • Sexo: Masculino
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #10 Online: 15 de Março de 2018, 09:40:57 »
uma visão? uma intuição? um argumento?

Como definir um deus? O que eu deveria exigir como evidência de que uma entidade qualquer é um deus e não um ET superpoderoso?



Pois é.

Deus, se existir, dificilmente seria um ser todo-poderoso que sabe da nossa vida e ouve nossas orações.

Poderia ser uma entidade que criou o universo, mas que não tem controle total de tudo, e que muito provavelmente não se importa.

Se eu criar um universo simulado no computador, as formas de vida nessa simulação me considerariam um Deus, mas eu continuo não sabendo nada sobre essas formas de vida, seus nomes, existência, pedidos, etc.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.535
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #11 Online: 15 de Março de 2018, 10:07:52 »
Isso não é verdade.

Têm um monte de ateu modinha que na primeira vidente fazendo leitura fria se derrete todo em nome de Jesus.

E têm muito ateu e agnóstico acima de qualquer suspeita que por razão X,Y ou Z se converte. Esse tipo dificilmente vai cair em uma armadilha de religiões organizadas, mas pode muito bem passar a acreditar em um propósito para isto tudo. O Dbohr daqui saiu do fórum, se eu não estou enganado, porque mudou de opinião.
A parte racional da pessoa lhe diz que não faz sentido acreditar em deuses, mas o lado irracional e emocional pode acabar vencendo.
Às vezes basta um trauma ou um acontecimento impactante para a pessoa se permitir acreditar.
Ela precisa do conforto da fé, então danem-se a lógica e a razão.

Offline Gorducho

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.087
  • Sexo: Masculino
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #12 Online: 15 de Março de 2018, 10:22:08 »
Como tenho falado: está no nosso patrimônio genético desde os tempos de terror perante o a Natureza e a animalização dos movimentos.
Estudo; atividade profissional empregando tecnologia; confortos materiais...
amenizam mas não destroem o sequenciamento genético nosso.
Como se apaixonar — que foi mencionado há poucos dias...
« Última modificação: 15 de Março de 2018, 10:25:09 por Gorducho »

Offline Felipp Jarbas

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.936
  • Sexo: Masculino
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #13 Online: 15 de Março de 2018, 10:37:30 »
uma visão? uma intuição? um argumento?

Como definir um deus? O que eu deveria exigir como evidência de que uma entidade qualquer é um deus e não um ET superpoderoso?



Pois é.

Deus, se existir, dificilmente seria um ser todo-poderoso que sabe da nossa vida e ouve nossas orações.

Poderia ser uma entidade que criou o universo, mas que não tem controle total de tudo, e que muito provavelmente não se importa.

Se eu criar um universo simulado no computador, as formas de vida nessa simulação me considerariam um Deus, mas eu continuo não sabendo nada sobre essas formas de vida, seus nomes, existência, pedidos, etc.

Acho muito interessante essa teoria. Era o que pensava Epicuro, que os deuses (por serem perfeitos) não tem nenhum contato com nós (que somos imperfeitos).
Se você acha que sua crença é baseada na razão, você a defenderá com argumentos e não pela força e renunciará a ela se seus argumentos se mostrarem inválidos. (Bertrand Russell)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Humanismo_secular
http://pt.wikipedia.org/wiki/Liberalismo_social

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.061
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #14 Online: 15 de Março de 2018, 11:04:19 »
O personal-god é tão verdadeiro quanto Papai Noel.
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #15 Online: 15 de Março de 2018, 14:34:05 »
Como definir um deus?
Excelente pergunta. Sempre achei todas essas posições - "ateísta", "teísta", etc - completamente vazias de significado, sem conteúdo. Não dizem nada com nada, porque são simplesmente posições relativas. Um testemunha de Jeová é ateu com relação à Zeus, um "ateu" é teísta com relação à Spinoza ou Heráclito. Encontrei uma posição teológica muito mais racional que o ateísmo, ainda pouco divulgada, chamada de Ignosticismo. É a posição de que todas as outras posições teológicas, incluindo até mesmo o agnosticismo, presumem demais sobre conceitos teológicos. Já que a palavra "Deus" possui muitos significados diferentes, é possível para a sentença "Deus existe" expressar tantas proposições quanto diferentes significados. Seria necessário focar em cada proposição separadamente. Para cada sentença diferente do termo "Deus", haverá teístas, ateístas e agnósticos relativos aquele conceito de Deus. Teísmo é a posição que aceita "Deus existe" como uma proposição significativa; ateístas julgam isto como "falso ou provavelmente falso" e agnósticos consideram isto como inconclusivo até que novas evidências sejam conhecidas. Para o ignóstico, uma definição coerente de Deus deve ser apresentada antes que a questão da existência de Deus possa ser discutida de forma significativa.
« Última modificação: 16 de Março de 2018, 04:08:38 por Saint-Martin »
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Fenrir

  • Nível 28
  • *
  • Mensagens: 1.433
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #16 Online: 15 de Março de 2018, 20:21:09 »
Para as milhares de bactérias que nascem, vivem e morrem em nosso corpo somos como que um universo (deuses?) inclusive conhecemos e temos consciência delas, mas como uma coletividade (quero dizer por isso um grande conjunto de indivíduos de uma ou mais espécies) não como esta ou aquela bactéria em particular e cagamos e andamos se uma ou algumas ou mesmo muitas foram chacinadas numa dose de antibióticos, na verdade ficamos é bem aliviados
se, repito se, existisse um deus, acho que seríamos para ele, ao menos enquanto indivíduos, menos que uma bactéria é para nós ou talvez "ele" sequer tivesse consciência de nossa existência como o zezinho da esquina certamente não tem da flora bacteriana que vive nele e que nem por isso deixa de ser para elas o mesmo que o bacteriólogo conhecedor do seu metier é para as suas próprias, um universo
então, levando-se em conta isso aí que escrevi, como fazer com que uma bactéria (= nós) de fato viesse a saber o que é o seu universo (= coisa a que poderíamos chamar deus) e consequentemente abandonasse seu ateísmo? o abismo é grande demais para ser transposto por qualquer intelecto.
Por essa analogia tosca aí acho impossível.
« Última modificação: 16 de Março de 2018, 21:37:23 por Fenrir »
"Heaven and Earth are not benevolent;
They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 682
  • Sexo: Masculino
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #17 Online: 20 de Março de 2018, 21:30:16 »
Citar
O que te faria abandonar o ateísmo?

Incentivo financeiro explícito ou ameaça do uso da violência por discordar do status quo religioso.
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.061
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #18 Online: 20 de Março de 2018, 21:47:16 »
 :histeria:
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline Gauss

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.577
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #19 Online: 20 de Março de 2018, 22:17:53 »
Eu abandonei o ateísmo depois de conhecer pessoalmente Ashtar Sheran e viajar com ele para a ONU Intergaláctica, conhecendo o representante terrestre na Assembléia, Jesus Cristo.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.061
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #20 Online: 20 de Março de 2018, 23:10:55 »
Eu abandonei o ateísmo depois de conhecer pessoalmente Ashtar Sheran e viajar com ele para a ONU Intergaláctica, conhecendo o representante terrestre na Assembléia, Jesus Cristo.

Mentira. Não existe ONU intergaláctica e JC não é representante coisa nenhuma. Você sonhou. Pode voltar para a religião dos ateus.
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline lonewolf

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 4
  • Sexo: Masculino
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #21 Online: 21 de Março de 2018, 10:32:00 »
Evidências e provas impessoais, não anedóticas.
Você negaria até mesmo uma experiência pessoal e direta?

Obviamente experiências pessoais e "diretas" não podem ser tidas como provas ou evidências. Se tais experiências não tem outros indícios físicos verificáveis não há como descartar explicações mais plausíveis como alucinações, delírios ou má interpretação dos fatos.

A mente pode ser enganada facilmente, principalmente quando está disposta a acreditar em algo. Pode-se inclusive criar memórias falsas sobre eventos que nunca aconteceram.

Offline lonewolf

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 4
  • Sexo: Masculino
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #22 Online: 21 de Março de 2018, 10:52:44 »
Já que a palavra "Deus" possui muitos significados diferentes, é possível para a sentença "Deus existe" expressar tantas proposições quanto diferentes significados. Seria necessário focar em cada proposição separadamente. Para cada sentença diferente do termo "Deus", haverá teístas, ateístas e agnósticos relativos aquele conceito de Deus. Teísmo é a posição que aceita "Deus existe" como uma proposição significativa; ateístas julgam isto como "falso ou provavelmente falso" e agnósticos consideram isto como inconclusivo até que novas evidências sejam conhecidas. Para o ignóstico, uma definição coerente de Deus deve ser apresentada antes que a questão da existência de Deus possa ser discutida de forma significativa.

Os ateus assumem a posição default de não crença em algo que não foi demonstrado verdadeiro, que é a posição cética que quase todos nos adotamos para quase tudo que nos é apresentado.

Se alegam que existiu Atlântida, se afundou realmente ou não, não existem indícios além de contos mitológicos de sua existência, portanto a posição default é não propagar a ideia de que ela realmente existiu, o Egito por sua vez também aparece em um contos mitológicos, como o judaico, mas existem várias evidências que suportam que no passado tal povo existiu durante aquele período, mas não existem evidências de que as alegações sobrenaturais aconteceram realmente.

Digo isso para defender que a ideia de adotar o posicionamento padrão de acreditar em algo sem evidências pode ser danoso, como no passado, aonde acreditavam que existiam demônios (ainda acreditam hoje) e eles eram responsáveis pelos comportamentos que hoje conhecemos como doenças (epilepsia por exemplo), tais pessoas eram muitas vezes maltratadas e torturadas por terem sucumbido ao mal.

Então mesmo que não exista definição clara do que é deus, não existe prova alguma da existência de nenhuma versão apresentada.

 

Offline Gauss

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.577
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #23 Online: 25 de Março de 2018, 15:41:47 »
Eu abandonei o ateísmo depois de conhecer pessoalmente Ashtar Sheran e viajar com ele para a ONU Intergaláctica, conhecendo o representante terrestre na Assembléia, Jesus Cristo.

Mentira. Não existe ONU intergaláctica e JC não é representante coisa nenhuma. Você sonhou. Pode voltar para a religião dos ateus.
Você não negou a real existência de Ashtar Sheran...
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.995
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:O que te faria abandonar o ateísmo?
« Resposta #24 Online: 25 de Março de 2018, 16:48:42 »
Já que a palavra "Deus" possui muitos significados diferentes, é possível para a sentença "Deus existe" expressar tantas proposições quanto diferentes significados. Seria necessário focar em cada proposição separadamente. Para cada sentença diferente do termo "Deus", haverá teístas, ateístas e agnósticos relativos aquele conceito de Deus. Teísmo é a posição que aceita "Deus existe" como uma proposição significativa; ateístas julgam isto como "falso ou provavelmente falso" e agnósticos consideram isto como inconclusivo até que novas evidências sejam conhecidas. Para o ignóstico, uma definição coerente de Deus deve ser apresentada antes que a questão da existência de Deus possa ser discutida de forma significativa.

Os ateus assumem a posição default de não crença em algo que não foi demonstrado verdadeiro, que é a posição cética que quase todos nos adotamos para quase tudo que nos é apresentado.
A posição assumida por ateus em relação a existência de divindades não é uma posição cética, já que não há dúvida, incerteza ou suspensão do juízo, características de uma posição cética, mas a negação categórica, uma sensação de certeza ou de muita segurança de que deuses não existem.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!