Autor Tópico: Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?  (Lida 1720 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Del vechio

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 57
Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Online: 10 de Junho de 2018, 22:00:14 »


Olá amigos

Desejo paz para todos!

Confesso ser  crente desde criancinha onde muito cedo fui doutrinado a crer em um Deus bom e justo e também sempre fui mistico por natureza a procura de respostas, dai que andei por diversos caminhos, como catolicismo, protestantismo, kardecismo e até algumas escolas misticas sempre engajado a minha fé em um criador, mas que pesquisando assuntos relacionados a fé cheguei até a esse forum onde me deparei com algumas opiniões céticas dignas de respeito devida a tamanha lógica argumentativas e de cultura aparente que me fizeram começar a repensar a veracidade dos  meus conceitos religiosos.

- Qual seria a origem de Deus ?
- Por que não se manifesta de forma visível a todos?
- Se é onipotente por que criou seres que necessitam se arrastar sobre a Terra?
- Por que criou seres que precisam se devorarem para continuar existindo?
- Por que criou  dor e  sofrimento?
- Porque é necessário morrer?
- Quando converso com Deus sofro de esquizofrenia?
- Quando atribuo fatos a ação divina estou tirando méritos do acaso?
- Por que Deus permite que matem em seu nome?
- Por que Deus permite que nasçam deficientes fisicos  mentais e existam doenças?
- Se Deus é justo por que pessoas boas sofrem agruras da vida enquanto as ruins parecem ser agraciadas com uma vida boa ? 

Confesso que que tais inquietações andam a  perturbar o sentido da minha vida entre a fé ou o ceticismo ?

 :quevedo:   :diabo: :quase-anjo: :ghost:




Por que?

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.682
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #1 Online: 10 de Junho de 2018, 23:43:54 »
Bem vindo, Del vechio! Onde quer que vá dar essa busca por respostas, isso é o que há de mais produtivo. Independente do resultado, divirta-se!  :ok:

Offline pehojof

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #2 Online: 11 de Junho de 2018, 00:24:59 »
Olha, Del vechio, quanto à sétima pergunta, dizem algumas línguas por aí (se boas ou más, fica a critério...) que o problema mesmo é só quando Deus conversa com você. Então nesse ponto aí, creio que não há muito com que se preocupar! :biglol:

No mais, faço os mesmos votos do nosso queridíssimo visitante de tão longe! :ok:
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline Gorducho

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.096
  • Sexo: Masculino
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #3 Online: 11 de Junho de 2018, 08:38:37 »
Como aparentemente S/ficha já começou a cair, adote a postura CÉTICA.
Armado do ceticismo poderá vir a concluir que certas alegações dos religiosos correspondam à realidade e vir a adotá-las e/ou continuar a mantê-las. Não por Fé mas porque tenha concluído ser fato do universo real (lembre-se sempre quão absurda que é aquela proposta da "Fé Raciocinada" que fez o Kardec...). 
Lembre-se que alegações Fantásticas requerem evidências Extraordinárias, e faça bom uso desse Lema :ok:
« Última modificação: 11 de Junho de 2018, 08:42:34 por Gorducho »

Offline Del vechio

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #4 Online: 11 de Junho de 2018, 10:31:00 »
Bem vindo, Del vechio! Onde quer que vá dar essa busca por respostas, isso é o que há de mais produtivo. Independente do resultado, divirta-se!  :ok:

obrigado pelas saudações amistosas!

Escolhestes teu avatar devido a crença em ETs?
Por que?

Offline Del vechio

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #5 Online: 11 de Junho de 2018, 10:40:13 »
Olha, Del vechio, quanto à sétima pergunta, dizem algumas línguas por aí (se boas ou más, fica a critério...) que o problema mesmo é só quando Deus conversa com você. Então nesse ponto aí, creio que não há muito com que se preocupar! :biglol:

No mais, faço os mesmos votos do nosso queridíssimo visitante de tão longe! :ok:
se Deus conversasse com todos então o problema do ceticismo estaria solucionado
o amigo tambem crê em ETs ?
Por que?

Offline Del vechio

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #6 Online: 11 de Junho de 2018, 11:17:30 »
Como aparentemente S/ficha já começou a cair, adote a postura CÉTICA.
Armado do ceticismo poderá vir a concluir que certas alegações dos religiosos correspondam à realidade e vir a adotá-las e/ou continuar a mantê-las. Não por Fé mas porque tenha concluído ser fato do universo real (lembre-se sempre quão absurda que é aquela proposta da "Fé Raciocinada" que fez o Kardec...). 
Lembre-se que alegações Fantásticas requerem evidências Extraordinárias, e faça bom uso desse Lema :ok:

Mas isto é possível ser um "crente cético" voce se considera um?
porque considera absurdo uma fé raciocinada? por exemplo um cientista tem uma inspiração teórica então por mais ceticamente absurda que possa parecer ele acredita que realmente possa ser assim, então graças a sua persistente fé ele finalmente consegue prova-la real.
Neste caso sua fé não foi comprovadamente racional?
Por que?

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 121
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #7 Online: 11 de Junho de 2018, 11:21:30 »
Saibamos diferenciar, então, dois significados diferentes para o que é costumeiramente chamado de "Deus". O primeiro, no sentido de inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas, chamo Logos, ou Consciência Cósmica. O segundo, no sentido de entidades projetadas a partir de nossa psique e esculpidas por mãos humanas, chamo de divindades.
- Qual seria a origem de Deus ?
As origens das divindades são muitas - expectativas humanas, fantasia, medo, animismo, antropomorfizações, desejo de controle e segurança diante da realidade, entre outras. Já falar sobre a origem do Logos seria uma contradição em termos, posto que ele é, por definição, a própria Origem.
- Por que não se manifesta de forma visível a todos?
É possível visualizar e interagir com as divindades humanas nos planos astral e mental, posto que se tratam de formas-pensamento arquetípicas alimentadas pela coletividade humana e que constituem parte de nosso reino onírico e psicológico. Já o Logos, está sempre manifesto de forma visível à todos, através de todas as coisas e todos os seres, posto que rege todos os fenômenos e ciclos da existência.
- Se é onipotente por que criou seres que necessitam se arrastar sobre a Terra?
Porque a consciência individualizada - centelha do Logos - necessita se expressar, expandir e desenvolver por meio de diversas formas, corpos e veículos, desde a profunda inconsciência do átomo à senciência individualizada do ser humano e além, passando pela relativa inconsciência vegetal e animal, entre outras.
- Por que criou seres que precisam se devorarem para continuar existindo?
A criação logóica não se dá de maneira arbitrária, moralista ou antropomórfica, mas de maneira compulsiva e necessária de acordo com as leis cósmicas fundamentais. Convém ao regulamento e organização da Natureza que as coisas funcionem desta forma. Simplesmente não poderia ser de nenhuma outra e só há frustração se fantasiarmos com nossas divindades antropocêntricas.
- Por que criou  dor e  sofrimento?
É um sistema necessário para que a consciência individualizada busque sua sobrevivência, evolução e aperfeiçoamento. Visto de maneira microscópica, na situação de um animal predado, por exemplo, isso ou aquilo pode parecer mau ao nossos olhos, mas não o é dentro de um ponto de vista cósmico - que preza pela regulação do sistema e evolução dos seres como um todo, e não pelos caprichos e moralismos individuais.
- Porque é necessário morrer?
Porque o Logos rege tudo por meio de ciclos. Tudo cresce e decai, esquenta e fria, nasce e morre. Assim como a primavera sucede o inverno e a noite sucede o dia, a morte sucede a vida (e vice-versa).
- Quando converso com Deus sofro de esquizofrenia?
Se conversa com uma divindade, pode estar experimentando fenômenos de clarividência e clariaudiência, entre outras formas de hipnagogia e onirismo. Já com o Logos, não se pode falar com ou sobre ele, senão vê-lo manifesto na natureza e movimento de todas as coisas.
- Quando atribuo fatos a ação divina estou tirando méritos do acaso?
Quando estes fatos tem a ver com caprichos, moralismo, ego e sorte, sim. Quando se tratam dos ciclos e do movimento universal do mundo e da vida, não.
- Por que Deus permite que matem em seu nome?
O ser humano é livre para que erre, sofra com as consequências e aprenda com seus tormentos. É um sistema necessário para o gradual desenvolvimento da consciência individualizada. Quanto às divindades, são quimeras, fantasias. Não significam nada de um ponto de vista cósmico. Quando homens matam por elas, não é tão diferente de quando matam por política, dinheiro, nacionalismo ou qualquer coisa assim. É só mais do mesmo - homens infernizando-se e infernizando os outros por causa de suas próprias projeções.
Como disse o forista Luís Dantas- "a neurose reencarna."
- Por que Deus permite que nasçam deficientes fisicos  mentais e existam doenças?
Onde começa a deficiência e acaba a diferença? Onde começa a doença e acaba a saúde? A partir de uma perspectiva caprichosa ou utilitarista em um ponto de vista humano, é possível enxergar as coisas desta maneira fragmentada e polarizada. Dentro de uma perspectiva Cósmica, as fronteiras são tênues e confusas. Se o planeta é superpopulado e poluído, por exemplo, pode ser uma verdadeira 'benção' que ocorra uma grande praga, catástrofe ou epidemia. Quando se entende que o Logos só age da maneira neutra e necessária, e nunca arbitrária, fica para trás todo e qualquer tipo de vitimismo existencial.
- Se Deus é justo por que pessoas boas sofrem agruras da vida enquanto as ruins parecem ser agraciadas com uma vida boa ?
O que é uma vida boa? O que é sofrer? Onde acaba e começa o sofrimento psicológico? Quais são os critérios universais de superioridade existencial? Todas estas coisas, novamente, só existem dentro do ponto de vista utilitarista e caprichoso da posição humana e, novamente, refletem apenas projeções individuais, e não possuem significado objetivo intrínseco.
Confesso que que tais inquietações andam a  perturbar o sentido da minha vida entre a fé ou o ceticismo ?
Melhor que ambos - o conhecimento.

Não invente um sentido humano para o cosmo.
Ao invés disso, busque o sentido cósmico do homem.
« Última modificação: 11 de Junho de 2018, 11:42:32 por Saint-Martin »
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Gorducho

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.096
  • Sexo: Masculino
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #8 Online: 11 de Junho de 2018, 11:50:41 »
Mas isto é possível ser um "crente cético" voce se considera um?
Eu não porque não acredito em nenhuma das proposições religiosas. Nem em espiritismo "científico", bien sûr...
Mas sim: o ceticismo dá essa abertura pro cético, em concluindo que sejam reais certas alegações religiosas, nelas creia.
Se algum dia eu presenciar experimentos espíritas nos moldes que propomos outros & eu, passo a acreditar naquilo sem ter deixado de ser cético.
I.e.: se o cético chegar à conclusão que obteve evidências da tal alegação, adota a alegação como vera. Sem dramas.
Citar
porque considera absurdo uma fé raciocinada? por exemplo um cientista tem uma inspiração teórica então por mais ceticamente absurda que possa parecer ele acredita que realmente possa ser assim, então graças a sua persistente fé ele finalmente consegue prova-la real.
Neste caso sua fé não foi comprovadamente racional?
Não. Fé é "sentimento" — à la Rousseau, digamos...
Veja a sua figuração: a  :idea: do cientista pareceu a priori absurda... Então ela surgiu irracionalmente como um sentimento.
Ele tem Fé que POSSA ser assim e trabalha persistentemente nisso. Só que o resultado TANTO pode confirmar a Fé dele quanto não.
Então a Fé pode e frequentemente tem o efeito benéfico de provocar perseverança, enfrentar quem duvida, os obstáculos e tudo mais que se apresentar pra concretização da Fé dele.
Mas é "sentimento" — irracionalidade por definição.
Quem nem quando a gente se apaixona...
Veja: o Hitler certamente tinha Fé em que iria dominar a Europa, que o Reich duraria muito tempo ("1000 anos" se pode considerar como figuração dele, claro...).
Labutou... labutou... pra concretizar a crença dele de que poderia se suceder assim.
E deu no que deu, certo :?:

Quantos inventores dilapidaram patrimônios seguindo sua Fé...
Outros se deram bem, claro...
Mas em essência é "sentimento" que é oxymoron com racionalidade.
« Última modificação: 11 de Junho de 2018, 12:05:01 por Gorducho »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.077
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #9 Online: 11 de Junho de 2018, 12:18:03 »
Adoro ver o Saint-Martin canalizando o Saint-Martin. Será psicodigitação mediúnica?????

....

O que aprendeu com a leitura do Babuíno?
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.682
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #10 Online: 11 de Junho de 2018, 12:31:04 »
Bem vindo, Del vechio! Onde quer que vá dar essa busca por respostas, isso é o que há de mais produtivo. Independente do resultado, divirta-se!  :ok:

obrigado pelas saudações amistosas!
:ok:

Citar
Escolhestes teu avatar devido a crença em ETs?

Não. Só achei o camarada do avatar simpático.

Offline Del vechio

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #11 Online: 11 de Junho de 2018, 14:02:55 »
entidades projetadas a partir de nossa psique e esculpidas por mãos humanas, chamo de divindades.
somos deuses?

Citar
As origens das divindades são muitas - expectativas humanas, fantasia, medo, animismo, antropomorfizações, desejo de controle e segurança diante da realidade, entre outras. Já falar sobre a origem do Logos seria uma contradição em termos, posto que ele é, por definição, a própria Origem.
e como sabe que tambem não somos nossa própria origem?


Citar
É possível visualizar e interagir com as divindades humanas nos planos astral e mental, posto que se tratam de formas-pensamento arquetípicas alimentadas pela coletividade humana e que constituem parte de nosso reino onírico e psicológico. Já o Logos, está sempre manifesto de forma visível à todos, através de todas as coisas e todos os seres, posto que rege todos os fenômenos e ciclos da existência.
essas "divindades" apenas  representam o resultado da coletividade humana, ou possuem personalidade própria? ou seja um ser que se individualizou ?
o seu logos é panteista?
quando alguem diz até logo significa que esta tudo indo em direção ao logos?

Estas formas pensamentos divindades tambem fazem parte do logos? ou são criações da mente humana independentes do logos?

Citar
Porque a consciência individualizada - centelha do Logos - necessita se expressar, expandir e desenvolver por meio de diversas formas, corpos e veículos, desde a profunda inconsciência do átomo à senciência individualizada do ser humano e além, passando pela relativa inconsciência vegetal e animal, entre outras.

sua definição logos inteligencia suprema, por que necessitaria evoluir ou pior regredir para depois voltar a evoluir?


Citar
A criação logóica não se dá de maneira arbitrária, moralista ou antropomórfica, mas de maneira compulsiva e necessária de acordo com as leis cósmicas fundamentais. Convém ao regulamento e organização da Natureza que as coisas funcionem desta forma. Simplesmente não poderia ser de nenhuma outra e só há frustração se fantasiarmos com nossas divindades antropocêntricas.

ainda dentro da sua definição de inteligencia suprema é de se questionar uma opção menos violenta ?
Se não pode ser de outra forma admite ser sua inteligencia suprema limitada?
voce não acha meio que um sadismo logoistico criar seres fadados a instintos assassinos e depois retalha-los por estarem seguindo sua natureza logoista?

- Por que criou  dor e  sofrimento?

Citar
É um sistema necessário para que a consciência individualizada busque sua sobrevivência, evolução e aperfeiçoamento. Visto de maneira microscópica, na situação de um animal predado, por exemplo, isso ou aquilo pode parecer mau ao nossos olhos, mas não o é dentro de um ponto de vista cósmico - que preza pela regulação do sistema e evolução dos seres como um todo, e não pelos caprichos e moralismos individuais.

seu deus logos possui necessidades?
ou necessidades seriam invenções de divindades humanas tentando justificar necessidades de um suposto logos?
isto não soa como dógma religioso?

Citar
Porque o Logos rege tudo por meio de ciclos. Tudo cresce e decai, esquenta e fria, nasce e morre. Assim como a primavera sucede o inverno e a noite sucede o dia, a morte sucede a vida (e vice-versa).

se o objetivo do logos é ser mais objetivo então por que não ser objetivo direto?

Citar
Se conversa com uma divindade, pode estar experimentando fenômenos de clarividência e clariaudiência, entre outras formas de hipnagogia e onirismo. Já com o Logos, não se pode falar com ou sobre ele, senão vê-lo manifesto na natureza e movimento de todas as coisas.

na verdade só eu falo através de pensamentos,mas acreditava que ele me respondia de formas sutis, no momento certo através de sonhos, e acontecimentos relacionados as minhas preocupações mas, hoje ca estou questionando se não tratava apenas de esquizofrenia religiosa?
Sendo o logos inteligencia suprema não estaria aberto ao dialogo franco e honesto?
Se não podemos falar sobre o lgos dende voce tirou que ele é uma inteligencia suprema causa primeira de todas as coisas?


Citar
Quando estes fatos tem a ver com caprichos, moralismo, ego e sorte, sim. Quando se tratam dos ciclos e do movimento universal do mundo e da vida, não.

então as personalidades humanas são obras do acaso?


Citar
O ser humano é livre para que erre, sofra com as consequências e aprenda com seus tormentos. É um sistema necessário para o gradual desenvolvimento da consciência individualizada. Quanto às divindades, são quimeras, fantasias. Não significam nada de um ponto de vista cósmico. Quando homens matam por elas, não é tão diferente de quando matam por política, dinheiro, nacionalismo ou qualquer coisa assim. É só mais do mesmo - homens infernizando-se e infernizando os outros por causa de suas próprias projeções.
Como disse o forista Luís Dantas- "a neurose reencarna."

ha controversias logoisticas! Me parece meio contraditório um Deus que crie seres "livres para errar e sofrer por isso".
Todos ja nascem escravizados pela ignorância
e por que é necessario desenvolver a cosnciência individualizada vindo de uma inteligencia suprema?

- Por que Deus permite que nasçam deficientes fisicos  mentais e existam doenças?

Citar
Onde começa a deficiência e acaba a diferença? Onde começa a doença e acaba a saúde? A partir de uma perspectiva caprichosa ou utilitarista em um ponto de vista humano, é possível enxergar as coisas desta maneira fragmentada e polarizada. Dentro de uma perspectiva Cósmica, as fronteiras são tênues e confusas. Se o planeta é superpopulado e poluído, por exemplo, pode ser uma verdadeira 'benção' que ocorra uma grande praga, catástrofe ou epidemia. Quando se entende que o Logos só age da maneira neutra e necessária, e nunca arbitrária, fica para trás todo e qualquer tipo de vitimismo existencial.

e qual a necessidade de nascer com deficiencia fisca e mental? essa necessidae é das criaturas ou do criador ou ambas são uma unica e mesma coisa?

- Se Deus é justo por que pessoas boas sofrem agruras da vida enquanto as ruins parecem ser agraciadas com uma vida boa ?
Citar
O que é uma vida boa? O que é sofrer? Onde acaba e começa o sofrimento psicológico? Quais são os critérios universais de superioridade existencial? Todas estas coisas, novamente, só existem dentro do ponto de vista utilitarista e caprichoso da posição humana e, novamente, refletem apenas projeções individuais, e não possuem significado objetivo intrínseco.
comer , beber, ter abrigo , familia, saude são pre requesitos de uma vida boa.
sofrer é quando voce esta com  vontade morrer.
Segundo voce os criterios universais de superioridade é o logos.


Confesso que que tais inquietações andam a  perturbar o sentido da minha vida entre a fé ou o ceticismo ?
Melhor que ambos - o conhecimento.

Não invente um sentido humano para o cosmo.
Ao invés disso, busque o sentido cósmico do homem.
[/quote]

então me diga de onde tirou que o objetivo do cosmo é evoluir sua cosnciêncisa individualizada?
Por que?

Offline Mancha Negra

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 409
  • Sexo: Masculino
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #12 Online: 11 de Junho de 2018, 14:40:47 »
Como gosto de incomodar os meus colegas foristas, vou dar a minha singela contribuição...

- Qual seria a origem de Deus ?

R: Sei lá. Sou humilde para reconhecer que não certeza de algo está além de minha capacidade. Contrariando os que afirmam ou negam a existência de algo ou alguma coisa.

- Por que não se manifesta de forma visível a todos?

R: Porque não quer, não deseja ou simplesmente expressa que todos se desenvolvam por si mesmos sem que as pessoas tenham desculpas de autoritarismo ou arbitrariedade de suas escolhas.

- Se é onipotente por que criou seres que necessitam se arrastar sobre a Terra?

R: Qual é o problema em se arrastar? Já viu a diversidade do Universo? Pode ser que, em outros mundos, "arrastar" seja um sonho. (Ainda mais em mundos de micro gravidade. rs) Ou será que Deus seja criativo e tenha senso de humor...   

- Por que criou seres que precisam se devorarem para continuar existindo?

R: Essa é fácil! Imagine se todos os Seres existissem infinitamente? Se não houvesse transformações físicas no Universo? Como seria? Não é mais útil que os corpos sejam consumidos por outros para uma manutenção de uma existência transitória? O Universo é constante e não estático. Por isso que tudo se acaba e renasce.

- Por que criou  dor e  sofrimento?

R: Inverta a pergunta. Se não houvesse Dor ou Sofrimento, como seria? Um mundo perfeito ou tedioso. Haveria sentido em existir sem que haja um objetivo para melhorar os indivíduos ou aliviar as suas dores?

 
- Porque é necessário morrer?

R: Idem a quarta resposta. Tudo é transformação. A questão é: Há reciclagem de outras partes da Mente ou "Alma"? Os meus colegas negam, eu sou mais otimista. Creio (FÉ) que tudo é possível. Pela própria diversidade do Universo, ou Multiverso, em si.

- Quando converso com Deus sofro de esquizofrenia?

R: Esquizofrenia seria se ouvisse as respostas Dele em alto e bom som... rs Seria mais uma alto reflexão. Se respondesse, seria uma atitude arbitrária do Ente, estaria interferindo no seu Livre Arbítrio ou na sua capacidade de tomar as suas próprias decisões. Médiuns costumam "ouvir" Entes também, mas, segundo eles, possuem um botão de liga e desliga. E alguns médiuns ou espíritos não são tão "éticos" assim, logo esse "desligar" é importante. Por tanto a Esquizofrenia é um tormento quando não se consegue "desligar" o botão.   

- Quando atribuo fatos a ação divina estou tirando méritos do acaso?

R: A escolha é sua. Em todos os sentidos... ^_^

- Por que Deus permite que matem em seu nome?

R: Existe todo o tipo de idiota no mundo. A culpa não é Dele se têm pessoas burras que acreditam que outras são intermediárias Dele. Tudo está na ética. Se alguém quer destruir a outra, questione, o por quê? Será que as pessoas são obrigadas a seguir uma regra social ou ordens de outras e usam o nome de Deus para justificar isso? Deus permite porque existe o Livre Arbítrio. A escolha é de cada um...

- Por que Deus permite que nasçam deficientes físicos mentais e existam doenças?

R: Loteria genética. Mutações são comuns em todos os tipos de animais e indivíduos. Como também permitem seres com talentos únicos e primorosos. A todo momento somos bombardeados com raios cósmicos que fazem todo tipo de alteração genética nos genes, como também alimentos, gases e etc. Tudo é calculado, inclusive o "erro" para que o indivíduo adapta-se ou sirva de alimento para outros indivíduos.

- Se Deus é justo por que pessoas boas sofrem agruras da vida enquanto as ruins parecem ser agraciadas com uma vida boa?

R: Será mesmo? Será que pessoas ruins conseguem tudo mesmo? Ou será que houve um grupo de pessoas que escolhem certos indivíduos para usufruírem o que há de melhor na Vida e as doutrinam para que certas questões sejam apresentadas no que eles chamam de "senso comum" que seja uma "tolice" sem tamanho. Como Ética e Moral. Alguns se tornam hedonistas, outros epicuristas e outros estoicos... Tudo são escolhas individuais. ^__^   

"Quod tibi non vis, alteri ne facias."
Deísmo - Razão & Filosofia.

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 121
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #13 Online: 11 de Junho de 2018, 15:12:05 »
somos deuses?
Somos criadores de deuses.
e como sabe que tambem não somos nossa própria origem?
Não disse que o Logos era sua própria origem. Disse que Logos era, por definição, sinônimo de Origem, e, por isso, questionar sua origem é uma contradição lógica. Só coisas têm origem, e o Logos não é uma coisa. O Logos é o próprio princípio morfogênico, isto é, a estrutura intrínseca do Ser, responsável pelo processo de morfogênese (desenvolvimento das Formas do mundo fenomênico). Dos átomos aos sóis, passando pelo mineral, vegetal, animal e homem, entre as mais diversas manifestações físicas e sutis possíveis, o Logos é responsável pelo nascimento, crescimento e desenvolvimento de todas as coisas, mas não é, ele mesmo, uma coisa - apesar de ser conhecido justamente por meio delas, isto é, por meio da atenção aos arquétipos e ideias subjacentes às formas e fenômenos, através da qual o Logos se revela a nós de maneira impessoal e não-antropomórfica durante a meditação silenciosa e contemplativa. Despertando para essa dimensão da realidade, você passa a compreender os insights de grandes homens como Heráclito, Platão, Plotino, Marco Aurélio, Jakob Böhme, Arthur Schopenhauer, entre outros. As manifestações mais diretas do Logos no plano físico são a espiral e a o torus, entre outros padrões gravitacionais e eletromagnéticos que permeiam desde o desenvolvimento de um embrião e do nascer e crescer das plantas até os ciclos astronômicos e gravitacionais.
essas "divindades" apenas  representam o resultado da coletividade humana, ou possuem personalidade própria?
Nem totalmente resultado, e nem totalmente causa da coletividade humana. Na verdade, é um ciclo que se retroalimenta. São projeções psíquicas que se desenvolveram naturalmente a partir da natureza tripla do homem - animal, social e cultural. Sobre possuírem personalidade própria - Jung as chamava de "conteúdo psíquico autônomo" do inconsciente, devido à sua capacidade de agirem sobre as coletividades, no sentido de influírem paixões e tendências. Na época dos antigos, a personificação destas forças os dava meios para lidar com elas - a paixão era inspirada por Vênus; a guerra, por Ares; a abundância, por Júpiter, etc. Assim, por meio dessa Arte (Magia) conseguiam lançar uma ponte entre nossa consciência objetiva, cotidiana, e esses aspectos obscuros. Hoje em dia, que o homem se acredita tão dono da razão, cético e materialista, tendo abandonado completamente essas práticas, lotam as filas por psicólogos, remédios, drogas e suicídio, completamente dominado e escravizado pelas mesmas forças cuja atuação ignora e pensa refutar.
o seu logos é panteista?
Não é meu Logos. Não é uma divindade. Não é uma projeção minha. O Logos é o que É. Não interessam minhas opiniões. Ele já existia antes de descobri-lo e vai continuar existindo se eu ignorá-lo ou desacreditá-lo. É como a lei da gravidade. Se você saltar do prédio, não interessa a sua opinião. Não interessa debatermos, convencermo-nos disso ou daquilo. O Logos é, foi, será e continuará sendo, queiramos ou não. Não se crê no Logos, apenas se toma ciência de sua atuação.
quando alguem diz até logo significa que esta tudo indo em direção ao logos?
?????????????
Estas formas pensamentos divindades tambem fazem parte do logos?
O planeta faz parte do sistema solar. Nós fazemos parte do planeta. Nossa mente faz parte de nós. Os pensamentos fazem parte de nossa mente. Consequentemente, as egrégoras, como qualquer outra coisa existente, necessariamente fazem parte do logos, apesar de que de maneira fractal e indireta.
sua definição logos inteligencia suprema, por que necessitaria evoluir ou pior regredir para depois voltar a evoluir?
Não pense em evolução de um ponto de vista humano, moralista, hipócrita, de acordo com nossa perspectiva relativa. Pense em evolução de um ponto de vista cósmico, de crescimento e desenvolvimento. Também não pense em necessidade de um ponto de vista de carência ou de dever, mas também de um ponto de vista cósmico, como a consequência inevitável do conjunto de leis cósmicas. Assim como o incêndio solta chispas, ou como as flores dão pólen, ou como as estrelas formaram o material de que hoje somos feitos, tudo no universo dá frutos. A Consciência Cósmica dá origem a consciências individualizadas que experimentam existências transitórias por meio de veículos que lhes servem de aprendizado, desenvolvimento e aperfeiçoamento em mundos e condições diversas.
ainda dentro da sua definição de inteligencia suprema é de se questionar uma opção menos violenta ?
Quando você julga algo violento ou desumano, assim ou assado, justo ou injusto, está o fazendo por meio de uma perspectiva humana, limitada, pequena, relativa à seus interesses, conforto e conveniência. Se entender isso, pode começar a extinguir essas projeções e ilusões e começar a enxergar as coisas como realmente são - isto é, da única maneira que poderiam ser.
voce não acha meio que um sadismo logoistico criar seres fadados a instintos assassinos e depois retalha-los por estarem seguindo sua natureza logoista?
Essa forma de ver as coisas parte do teu ego, da tua condição humana, frágil e vulnerável. Tente ver o mundo do ponto de vista de uma barata - humanos são monstros gigantescos que te esmagam por nada. Não seria um sadismo logóico sequer criar estas aberrações ambulantes? Só há uma forma de entender o universo - vendo-o como um sistema integrado e autorregulado, e não como uma projeção arbitrária de nossos atributos psicológicos.
seu deus logos possui necessidades?
No sentido de carência, escassez, ou dever, como concebemos humanamente, não. No sentido de implicações necessárias das leis cósmicas, sim - por exemplo, criar, dar forma e dar origem ao que chamamos de "ondas de vida" - isto é, correntes de consciências individualizadas (vegetal, animal, homem...)
se o objetivo do logos é ser mais objetivo então por que não ser objetivo direto?
?????????????
na verdade só eu falo através de pensamentos,mas acreditava que ele me respondia de formas sutis, no momento certo através de sonhos, e acontecimentos relacionados as minhas preocupações mas, hoje ca estou questionando se não tratava apenas de esquizofrenia religiosa?
Esquizofrenia é um termo forte. É mais como uma projeção sua, uma lente que você mesmo criou para filtrar e interpretar o que lhe acontecia. Quando voluntário, pode ser um exercício interessante - imaginar que se está recebendo conselhos de alguma espécie de "eu superior', unicamente para extrair lições e ensinamentos a partir do que lhe sucede...
Se não podemos falar sobre o lgos dende voce tirou que ele é uma inteligencia suprema causa primeira de todas as coisas?
Disse no sentido de delimitá-lo e circunscrevê-lo como fazemos com conceitos e projeções nossas. Entretanto, se você estudar Platão, ou os sábios da tradição oriental, e começar a trilhar uma senda, pode abrir sua intuição para a atuação do Logos em todas as coisas, não tendo, para isso, que fazer nada além de calar as próprias projeções, ilusões e enganos fundamentais a cerca da vida e da realidade.
então as personalidades humanas são obras do acaso?
As personalidades humanas são frutos de carmas, que são marcas em nós gravadas e herdadas por experiências passadas, mas é importante perceber que nós não somos nossa personalidade.
e por que é necessario desenvolver a cosnciência individualizada vindo de uma inteligencia suprema?
A semente só pode vir de um fruto. O óvulo só pode vir de um útero. Os elementos químicos só podem vir das estrelas. Todas as coisas são interdependentes, é da natureza deste universo. Da mesma forma, a consciência individualizada é uma espécie de "faísca" da consciência cósmica que se desprende e experimenta a perspectiva transitória.
e qual a necessidade de nascer com deficiencia fisca e mental?
O que é deficiência? O que é deficiência mental? Quanto mais você refletir, filosofar e se aprofundar em si mesmo e no vazio destes e outros conceitos, começará a ver como muito do que tomamos como fatos do mundo são, na verdade, concepções e julgamentos humanos. Uma criança típica americana, em uma escola francesa, seria considerada com transtorno de atenção. Uma criança típica japonesa, em uma escola americana, poderia ser considerada no mínimo de traços autísticos. Uma mesma mutação responsável por o que é julgado como deficiência pode trazer uma cura para um aspecto inusitado. As coisas são duais e as fronteiras não são delimitadas. Uma mulher com um dos piores cânceres de toda a história da ciência desenvolveu células capazes de se replicarem de maneira infindável, e até hoje seu caso é pesquisado. Quanto mais você observar a própria mente e os próprios julgamentos, verá que todas as acusações que faz ao mundo partem, na verdade, de si mesmo. É você quem compara as coisas, julga isso melhor e aquilo pior, e, dessa forma, experimenta o sofrimento de uma realidade fragmentada, na qual julga tudo como relativo a si, ao invés de ver as coisas como são - parte de um todo maior.
comer , beber, ter abrigo , familia, saude são pre requesitos de uma vida boa.
sofrer é quando voce esta com  vontade morrer.
Pela sua lógica, Suzane von Richthofen é uma pessoa muito feliz. Simultaneamente, os garis dançantes dos quais o Boris Casoy zombou chamando de "o mais baixo da escala do trabalho", são pessoas muito sofridas. Olhe só para você, a forma como enxerga o mundo. Sua definição de "vida boa" é completamente relativa, limitada, limítrofe, pequena. É dessa maneira que você explica as taxas de suicídio do Japão e dos países nórdicos? Seu Espírito está ofuscado por sua mente pequena. Quando você começar a observar essa mente pequena, seus julgamentos, seus pitacos, suas birras, e começar a desmascará-la em silêncio, vai permitir que sua grande mente, seu eu interior, ou seu "espírito", se preferir chamar assim, aos poucos te nutra a intuição necessária para se desligar dessa matrix e manifestar tua verdadeira natureza.
« Última modificação: 11 de Junho de 2018, 21:51:13 por Saint-Martin »
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.582
  • Sexo: Masculino
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #14 Online: 11 de Junho de 2018, 16:22:28 »
[...]
As manifestações mais diretas do Logos no plano físico são a espiral e a o torus, entre outros padrões gravitacionais e eletromagnéticos que permeiam desde o desenvolvimento de um embrião e do nascer e crescer das plantas até os ciclos astronômicos e gravitacionais.
[...]

O que são "ciclos astronômicos e gravitacionais"?
Foto USGS

Offline pehojof

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #15 Online: 11 de Junho de 2018, 16:56:08 »
Olha, Del vechio, quanto à sétima pergunta, dizem algumas línguas por aí (se boas ou más, fica a critério...) que o problema mesmo é só quando Deus conversa com você. Então nesse ponto aí, creio que não há muito com que se preocupar! :biglol:

No mais, faço os mesmos votos do nosso queridíssimo visitante de tão longe! :ok:
se Deus conversasse com todos então o problema do ceticismo estaria solucionado

Ou o da sanidade (se todo mundo é louco, ninguém é?... :?)... :)

Mas, não que eu não creia que haja um, porém urge-me perguntar: na tua ótica o que seria o "problema do ceticismo"?


o amigo tambem crê em ETs ?

Temos aqui o AlienígenA Paul e por aí pelas moitas o Bilu como provas para ninguém duvidar! :histeria:

Mas sem piada, creio muito sim. Até que já visitaram e visitam a Terra constantemente, mas esse não deve ser um assunto bem vindo por aqui, muito embora o ceticismo seja fraco pelo menos com relação a questões sociais como a da pena de morte... onde as ideologias prevalecem sobre os fatos. :no: |(
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline pehojof

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #16 Online: 11 de Junho de 2018, 17:01:15 »
[...]
As manifestações mais diretas do Logos no plano físico são a espiral e a o torus, entre outros padrões gravitacionais e eletromagnéticos que permeiam desde o desenvolvimento de um embrião e do nascer e crescer das plantas até os ciclos astronômicos e gravitacionais.
[...]

O que são "ciclos astronômicos e gravitacionais"?

Eu sempre alerto que a maionese não é um bom e seguro meio de transporte... :lol:

Mas estou entendendo o que o Saint-Martin quer dizer sem encontrar as palavras corretas, talvez impossíveis. Me identifico bastante com a visão dele, com poucas discrepâncias.
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.077
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #17 Online: 11 de Junho de 2018, 17:22:00 »
[...]
As manifestações mais diretas do Logos no plano físico são a espiral e a o torus, entre outros padrões gravitacionais e eletromagnéticos que permeiam desde o desenvolvimento de um embrião e do nascer e crescer das plantas até os ciclos astronômicos e gravitacionais.
[...]

O que são "ciclos astronômicos e gravitacionais"?


ondas gravitacionais...maré gravitacional...ciclos gravitacionais

Nibiru distante...Nibiru próximo...calendário maia...ciclos astronômicos

Sacou?
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.998
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #18 Online: 11 de Junho de 2018, 17:36:05 »
Eu compartilho da opinião de William James, devemos ser céticos em relação as questões na qual não temos evidências comprobatórias suficientes e cujo resultado não depende da nossa vontade, por exemplo, a existência de vida inteligente fora da Terra é uma questão em aberto e cujo resultado independe de nossas crenças. Mas nas situações onde apesar da ausência de evidências suficientes, o resultado é afetado pela nossa vontade, a crença é útil e necessária, por exemplo, no caso de abordar uma mulher atraente em uma festa, antes de aborda-la não possuo evidências suficientes de que ela também me ache atraente e me deseje, mas a vontade e a confiança que me impulsionam a aborda-la são capazes de afetar o resultado.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline pehojof

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #19 Online: 11 de Junho de 2018, 17:56:53 »
Eu compartilho da opinião de William James, devemos ser céticos em relação as questões na qual não temos evidências comprobatórias suficientes e cujo resultado não depende da nossa vontade, por exemplo, a existência de vida inteligente fora da Terra é uma questão em aberto e cujo resultado independe de nossas crenças. Mas nas situações onde apesar da ausência de evidências suficientes, o resultado é afetado pela nossa vontade, a crença é útil e necessária, por exemplo, no caso de abordar uma mulher atraente em uma festa, antes de aborda-la não possuo evidências suficientes de que ela também me ache atraente e me deseje, mas a vontade e a confiança que me impulsionam a aborda-la são capazes de afetar o resultado.

Eu creio que a crença não sofre dessa limitação. Creio que a crença é poderosa, que pode criar qualquer coisa. No mínimo, se crermos que eles existem, podemos procurar por eles e encontrá-los, o que teria menor chance de ocorrer se não procurarmos por não crermos. Mas creio até que nossas crenças podem fazer com que eles existam, assim como talvez tudo exista só porque cremos que exista. Do contrário, por favor, então demonstre como não.
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 121
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #20 Online: 11 de Junho de 2018, 21:31:30 »
O que são "ciclos astronômicos e gravitacionais"?
rotação, translação, estações, órbitas...
e a lua em torno da Terra, a Terra em torno do Sol, o Sol em torno de outro centro na galáxia, assim por diante...
o mesmo conjunto de leis cósmicas fundamentais que provoca todos esses movimentos em fractais ad infinitum da mônada às galáxias.
"do átomo ao arcanjo", diziam os espíritas, apesar de eu tê-los abandonado.
« Última modificação: 11 de Junho de 2018, 21:51:59 por Saint-Martin »
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.998
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #21 Online: 12 de Junho de 2018, 00:13:51 »
Eu compartilho da opinião de William James, devemos ser céticos em relação as questões na qual não temos evidências comprobatórias suficientes e cujo resultado não depende da nossa vontade, por exemplo, a existência de vida inteligente fora da Terra é uma questão em aberto e cujo resultado independe de nossas crenças. Mas nas situações onde apesar da ausência de evidências suficientes, o resultado é afetado pela nossa vontade, a crença é útil e necessária, por exemplo, no caso de abordar uma mulher atraente em uma festa, antes de aborda-la não possuo evidências suficientes de que ela também me ache atraente e me deseje, mas a vontade e a confiança que me impulsionam a aborda-la são capazes de afetar o resultado.

Eu creio que a crença não sofre dessa limitação. Creio que a crença é poderosa, que pode criar qualquer coisa. No mínimo, se crermos que eles existem, podemos procurar por eles e encontrá-los, o que teria menor chance de ocorrer se não procurarmos por não crermos. Mas creio até que nossas crenças podem fazer com que eles existam, assim como talvez tudo exista só porque cremos que exista. Do contrário, por favor, então demonstre como não.
Acreditar que vou arrumar um emprego apesar da falta de evidências que suporte isso impacta no resultado final de eu arrumar um emprego ou não, pois para que eu iria a uma entrevista se eu não acreditasse que poderia conseguir o emprego?

Agora, acreditar que exista vida inteligente em outros planetas não fará essa vida inteligente passar a existir do nada, apenas por eu pensar que sim. E como eu não sou cientista pesquisando vida em outros planetas, minha crença a este respeito não causa nenhum impacto na busca por vida inteligente extra-terrestre, restando a suspensão do juízo sobre esta questão como a alternativa mais sensata.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Saint-Martin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 121
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #22 Online: 12 de Junho de 2018, 00:33:42 »
Admiro a posição do Skeptikós e, de um ponto de vista mais simplista, considero-a muito mais sensata e adequada do que uma adoção cega de crença e negação, duas vias igualmente errôneas. O que existe, existe. O que não existe, não existe. Opiniões pessoais não são tão importantes assim e as crenças e descrenças de alguém só agem sobre aquele mesmo que as concebe, construindo sua relação com a Existência. Assim sendo, é melhor não "seguir" nada (em referência ao título do tópico), não se agarrar a um sistema de pensamento específico, já que este comportamento é fruto da compulsão humana por segurança e controle. As pessoas querem ter certeza de que deus existe, ou ter certeza de que deus não existe, e convencerem-se umas às outras de suas próprias projeções. Tolice. É penoso ver pessoas correndo para os dois polos, encontrando-se nas extremidades da ferradura por compartilharem dos mesmos vícios (autoafirmação, dogmatismo, pensamento embotado, etc), ainda que se oponham em teoria. Para quem ainda não está pronto para trilhar uma Senda, este caminho - o da dúvida, do livre-pensamento e da dissolução do embotamento mental - é suficiente para manter-se em um estado de consciência razoavelmente mais desperto que a manada.
« Última modificação: 12 de Junho de 2018, 00:54:03 por Saint-Martin »
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Gorducho

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.096
  • Sexo: Masculino
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #23 Online: 12 de Junho de 2018, 09:06:42 »
Então... a posição sensata em relação a qq. sistema de crenças circulante é o CETICISMO.
Esse sistema de crenças só deverá ser adotado depois que o interessado ("nós", say...) obtenha evidencias concretas de que aquilo "existe" (o que existe, existe  :ok: ) no universo real externo à mente de quem concebeu a crença.

E não se trata de simplesmente SUSPENDER O JUÍZO — "fifty - fifty" "a favor" vs "contra" o sistema de crenças proposto (sob análise do candidato a Crer). Pois são tão díspares as alegações — Pe. Quevedo contou 56000 religiões :!: — que o sensato é mesmo NEGAR a priori e só aceitar depois de efetivamente obtidas as evidencias proporcionais à fantasticidade do alegado (pelo sistema de crenças).
No causo da crença no sucesso da abordagem, NÃO é nada fantástica a proposição. É REALISTA se pensar :ok: e se teremos evidências no sentido que ela também estará ali com a provável esperança de conhecer alguém.
Por isso ressalto que as evidencias necessárias são proporcionais à fantasticidade do proposto pela crença.
ETs idem. Com centenas de bilhões de sóis já contados, é sensato imaginar que haja vida em muitos outros mundos (notar que estou usando vocabulário espírita...). Nada de mirabolante nessa proposição.

Agora, claro, se o sistema de crenças é de autoria da própria pessoa — digamos: EU ACREDITO que a divindade judaico-cristã existe — claro que ceticismo não se aplica. Pois ninguém vai ser cético em relação a crenças elaboradas por si próprio  :D
CRER nas próprias CRENÇAS é simples tautologia, claro :!:
« Última modificação: 12 de Junho de 2018, 09:35:20 por Gorducho »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.582
  • Sexo: Masculino
Re:Ceticismo X Crença..... qual caminho a seguir?
« Resposta #24 Online: 12 de Junho de 2018, 09:29:39 »
o amigo tambem crê em ETs ?

Temos aqui o AlienígenA Paul e por aí pelas moitas o Bilu como provas para ninguém duvidar! :histeria:

Mas sem piada, creio muito sim. Até que já visitaram e visitam a Terra constantemente, mas esse não deve ser um assunto bem vindo por aqui, muito embora o ceticismo seja fraco pelo menos com relação a questões sociais como a da pena de morte... onde as ideologias prevalecem sobre os fatos. :no: |(

O assunto é muito bem vindo aqui, inclusive já tendo sido abordado em várias oportunidades.

Quais os possíveis tipos de seres existiriam fora da Terra e os requisitos físico-químicos-geológicos para a existência deles são aspectos muito interessantes.

Mas - repare - isto é Ciência, mesmo que abordada no plano da especulação, feita por astrônomos, biólogos, físicos, químicos e geólogos; conscientes das suas limitações.

Não tem nenhuma relação com as 'pesquisas ufológicas', discussões não-científicas feitas por dentistas, médicos, advogados e vendedores; em uma mistura pitoresca de misticismo com wishful thinking.
Foto USGS

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!