Autor Tópico: Ciência no Brasil  (Lida 7422 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.577
  • Sexo: Masculino
Re: Ciência no Brasil
« Resposta #100 Online: 14 de Janeiro de 2011, 23:55:52 »
Tiranossauro rex versus Triceratops horridus. :lol:
Foto USGS

Offline Tabacof

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 54
Re: Ciência no Brasil
« Resposta #101 Online: 16 de Janeiro de 2011, 04:13:17 »
Entrevista muitíssimo interessante com o maior neurocientista brasileiro, Miguel Nicolelis:

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/nicolelis-diz-que-sofreu-sabotagem-nos-bastidores.html

Essa entrevista me revelou mais sobre a ciência brasileira do que qualquer outro texto que já li na minha vida, recomendadíssimo. É triste ver a análise dele, mas por outro lado mostra que há esperança, pois nós temos cientistas como ele.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ciência no Brasil
« Resposta #102 Online: 16 de Janeiro de 2011, 06:22:46 »
Entrevista muitíssimo interessante com o maior neurocientista brasileiro, Miguel Nicolelis:

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/nicolelis-diz-que-sofreu-sabotagem-nos-bastidores.html

Essa entrevista me revelou mais sobre a ciência brasileira do que qualquer outro texto que já li na minha vida, recomendadíssimo. É triste ver a análise dele, mas por outro lado mostra que há esperança, pois nós temos cientistas como ele.

Brilhante texto, mas que para mim demonstra duas incongruências:
Citar
De que modo a evolução poderá ser influenciada pelo cérebro?

O processo de seleção natural vai agir de uma forma muito mais rápida. Em um mundo onde as pessoas terão de atuar com a atenção dividida entre múltiplas ferramentas, os atributos evolucionais necessários para sobreviver mudam. A mente que consegue controlar vários processos de forma eficaz tem uma vantagem evolucional sobre as outras. Há uma base genética para essa facilidade. À medida que gente com essa vantagem se reproduz mais que os outros, ocorre seleção. Várias pessoas – como os biólogos evolucionistas Richard Dawkins e Stephen Jay Gould – previram que o cérebro passaria a ter um papel mais fundamental na evolução. Mas creio que estamos acelerando este papel. Os neandertais acordaram um dia e encontraram o Homo sapiens jogando bola na esquina da casa deles. Um dia, um sujeito pode acordar e se dar conta de que ele já não pertence mais à espécie dos pais. Mas estamos falando de milênios aqui.

Com certeza a integração cérebro-máquina deve ser fundamental, mas de uma maneira mais dinâmica e não apenas do aspecto individual desta interação. Ele chove muito no molhado na análise da internet como potencial educacional e chora as pitangas sobre o saber canônico:

Citar
Você afirmou diversas vezes que a ciência precisa ser democratizada no País.

Sem dúvida. É uma atividade extremamente elitizada. Não temos a penetração popular adequada nas universidades. Quantos doutores são índios ou negros? A ciência deve ir ao encontro da sociedade brasileira. Essa foi uma das razões que me motivaram a escrever o manifesto. Até bem pouco tempo, a ciência era uma atividade da aristocracia brasileira. Há 30 ou 40 anos só a classe mais alta tinha acesso à universidade. Não precisavam de financiamento porque tinham dinheiro próprio.
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.684
  • Sexo: Masculino
Re:Ciência no Brasil
« Resposta #103 Online: 10 de Junho de 2018, 16:49:22 »
Sou nova por aqui...  :/
Mas fiquei empolgada com o tema e resolvi abrir um pouco minha experiencia pessoal com voces, pois acho que a minha propria formacao e um bom exemplo das "faces" da ciencia no Brasil!
 :erm:
Fiz psicologia na PUCRS em 1996, e embora a psico la tenha uma tradicao psicanalitica, eu ja no primeiro ano me apaixonei pela ciencia cognitiva e do comportamento...
Com muito esforco conseguimos reativar o laboratorio de psicologia experimental, e pela primeira vez na psico de la houve uma ponte com o curso de biologia...
No tempo eu era monitora da cadeira de experimental e cognitiva, e por um ano vi os alunos se apaixonarem por pesquisa, assim como eu me apaixonei, repetindo experimentos de desamparo aprendido (modelo animal de depressao) e muitos outros...
Mas a nossa alegria durou pouco...  :umm:
O diretor da psico na epoca era um ex seminarista que se dizia "psicologo humanista". Ele nao so desativou completamente nosso laboratorio como tambem despediu meu orientador de iniciacao cientifica (unico cientista de verdade no instituto). Logo depois ele me chamou na sua sala e disse claramente: "Clarice, terei que te desligar do curso se continuares insistindo em fazer "psicologia animal" nesse instituto! tu estas proibida de trazeres ratos do instituto de biologia para dentro deste predio!"
 :grito:
Sim! Nao so o diretor do curso da psicologia nao fazia a minima ideia do que e modelo animal como tambem fui ameacada de sair por tentar fazer experimentos!
So para ter uma ideia do nivel do curso, a professora de introducao 'a psicologia comentou um livro do Gardner em aula uma vez e disse que nao entendia como pode as amigdalas (apontando para a garganta) influenciarem tanto no comportamento humano!!!!
 :grito: :grito: :grito:
Desiludida eu baixei a cabeca... percebi que naquela universidade estavamos numa verdadeira epoca das trevas e que se continuasse criticando tudo iria para a fogueira!
MEDIEVALISMO!
Sem exageiros, um colega mais obstinado com a ciencia continuou tentando fazer algo no curso e foi literalmente barrado de fazer os estagios necessarios para terminar o curso, nao podendo se formar.
Pra mim isso e equivalente a fogueira considerando quanto se paga para um PUC no brasil!
Por outro lado, assim que terminei o curso entrei no mestrado na federal, em Neurociencias na biologia, e so la tive uma formacao de verdade!
Depois acabei saindo do Brasil pra continuar a carreira cientifica pensando em conseguir uma bolsa de doutorado na europa.
De novo um exemplo da ciencia no brasil!
Estou aqui ha 3 anos e nao consegui absolutamente nenhuma ajuda financeira para fazer o doutorado, mesmo sendo cidada europeia!
No brasil fiz o mestrado sem pagar e sendo paga! Alem de ter tido bolsa de iniciacao cientifica por toda a graduacao!
Na inglaterra (onde moro), essas oportunidades praticamente nao existem!
Mas por outro lado o curso de psicologia so fale da psicanalise na cadeira de historia e a biopsicologia seja uma cadeira basica obrigatoria!
... Nao sei se contribui muito ‘a discussao...
Mas acho que minha historinha e um bom exemplo das faces da ciencia no brasil!  :o
 ::)

PS: alguem pode me explicar como adicionar uma figura no perfil nesse site? :stunned:





Achei este relato bem revelador,  não imaginava que algo assim pudesse ter ocorrido  numa  universidade no Brasil.




Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.684
  • Sexo: Masculino
Re:Ciência no Brasil
« Resposta #104 Online: 10 de Junho de 2018, 16:58:40 »
Isso, porém, é algo que só vai acontecer quando os empresários acordarem para o fato de que investir em ciência pode ser um bom negócio. E, levando em conta a mentalidade tacanha do empresariado brasileiro...



Há casos de empresários brazucas que investiram em projetos de alta tecnologia que se ferraram  bonito (exemplo: Engesa).  Muitas pesquisas em ciência e tecnologia precisam da mão  pesada e forte do Estado,  pois caso contrário é comum que nada virem e que  vão para o brejo.


Essa mão estatal pesada e forte (na ciência e tecnologia) existe nos Estados Unidos. Mas, no Brasil   essa mão estatal na ciência e na tecnologia é bem mais leve e fraca.


« Última modificação: 10 de Junho de 2018, 17:04:18 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.684
  • Sexo: Masculino
Re:Ciência no Brasil
« Resposta #105 Online: 10 de Junho de 2018, 17:00:58 »

No Brazil  compensa mais fazer coisas como:  plantar soja, milho,  cana de acúcar, criar gado,  fazer corretagem de terra, ou aplicar no mercado financeiro.  Ou fazer maracutaias com  prefeitos e governadores.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!