Autor Tópico: Ideologia de Gênero  (Lida 2768 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #25 Online: 06 de Janeiro de 2017, 15:03:28 »
Vamos encontrar esse rótulo vindo dos próprios proponentes disso? "Nós, defensores da ideologia de gênero, defendemos que gênero é apenas uma imposição social que ninguém é obrigado a seguir, cada um pode ser do gênero que quiser ou até inventar o próprio".

O rótulo não é usado pelos próprios proponentes, mas acho que isso, por si, não invalida sua utilização. A questão é que agora há um mau uso desse próprio rótulo colocado externamente, que deixou de se referir à questão da identidade de gênero e passou a se referir a tudo que está relacionado à sexualidade não-heterossexual e aos papéis de gênero não-"tradicionais".

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.832
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #26 Online: 06 de Janeiro de 2017, 15:22:59 »
Sei não. Se for ver eles seriam mais até "negacionistas de gênero" do que defensores de uma "ideologia de gênero", embora também tenha aquelas de ter todo um zoológico de gêneros customizados. Acho que seria tão válido se referir a isso como ideologia de gênero quanto para se referir aos, sei lá, "tradicionalistas de gênero", conservadores anti-diversidade sexual.

Não me espantaria se fossem os "negacionistas de gênero" que tenham até cunhado o termo inicialmente, para se referir às identidades/papéis de gênero tradicionais como fictícios. Aí no desenrolar do "debate", como talvez outros se referiam a eles por "aqueles que defendem que gênero é só uma ideologia", isso pode ter virado "aqueles que defendem a ideologia de gênero".


X fCC tem urgentemente que acabar com xs imposiçxxs dx sociedadx patriarcxl capitalistx e incorporar mais opçxxs de gênerx para xs cadastrxs dxs usuárixs:



Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.672
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #27 Online: 06 de Janeiro de 2017, 15:49:10 »
Sei que hoje a maioria dos floristas, infelizmente, concordaria com o site abaixo, mas gostaria da opinião dos advogados de plantão:

Você tem alguma oposição quando ensinam bobagens ideológicas para crianças, especialmente 'marxismo de botequim'?

Defina crianças.

Entidades biológicas do Domínio Eukaryota, Reino: Animal (Animalia), Subreino: Eumetazoa, Filo: Chordata (Cordados), Subfilo: Vertebrata (Vertebrados), Superclasse: Tetrapoda (Tetrápodes), Classe: Mammalia (Mamíferos), Subclasse: Theria, Infraclasse: Eutheria, Ordem: Primates (Primatas), Subordem: Haplorrhini, Infraordem: Simiiformes, Superfamilia: Hominoidea, Família: Hominidae (Hominídios), Subfamília: Homininae, Tribo: Hominini, Subtribo: Hominina, Gênero: Homo, Espécie: H. Sapiens, Subespécie: H. Sapiens Sapiens; com idade biológica entre 0 e 14 anos e que comumente estão, em termos de idade escolar, entre o primeiro e o nono ano do ensino fundamental.

Outras definições são possíveis.

Certo. Vou ficar com a sua definição. Desconsideremos, por hora, as outras possíveis. Suponho que o marxismo de butequim não seja o único exemplo inadequado de assuntos a serem ensinados para crianças. E, embora concordemos nesse aspecto, suponho que possamos discordar em outros. Suponho ainda que outros possam concordar ou discordar inteiramente de nós. Conheço, por exemplo, quem seja contrário ao ensino de tudo que possa confrontar seus valores, filosofia, religiao, inclusive, veja só, até ciências. Não consigo pensar numa solução que possa atender a todos, exceto pela extinção do ensino infantil, que, aliás, não atende a todos. Só me resta, portanto, ter uma fé inabalável na crença de que ideias ruins se combatem com ideias boas, o que, no final das contas, é subjetivo, mas principalmente, uma fé inabalável na crença de que uma sólida educação mal sai arranhada de uma tempestade ideológica. O que me parece nessa briga de certos pais com a escola é que eles ou estão pretendendo deixar para as escolas o papel de educar, ou seja, passar para frente um "problema" que é deles ou não estão seguros da educação que fornecem aos filhos, talvez por até por reconhecerem a falta de solidez. De uma forma ou de outra, o problema é deles. Pode ser resolvido com maior empenho e dedicação dos próprios pais sem afetar os demais. Você realmente vê na restrição uma solução? Não vê aí um precedente para ideologias talvez ainda mais nocivas? Todo esse movimento me parece apenas uma tentativa de adequar o mundo às próprias conveniências para poupar esforço.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.832
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #28 Online: 06 de Janeiro de 2017, 16:00:28 »
O que me parece nessa briga de certos pais com a escola é que eles ou estão pretendendo deixar para as escolas o papel de educar, ou seja, passar para frente um "problema" que é deles ou não estão seguros da educação que fornecem aos filhos, talvez por até por reconhecerem a falta de solidez.

Me parece até mais "o contrário", de certa forma. Os que se opõem a isso é que acham que seria coisa que caberia apena à educação "que vem de casa", enquanto a escola deveria ficar com disciplinas propriamente acadêmicas, "neutras" em valores morais.

O acréscimo delas é que vem das idéias de escola como "algo mais", como um espaço para a educação social, ainda que o passado no tema seja não seja mais dentro de disciplnas com nomes como "educação moral e cívica". De certa forma acaba sendo a versão esquerdista (não pejorativamente falando)/contemporânea disso.

Por outro lado, não suponho que a mairia dos que se opõem a esse conteúdo fosse fazer qualquer objeção a uma "versão" de acordo com seus valores conservadores/retrógrados.

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.672
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #29 Online: 06 de Janeiro de 2017, 17:25:19 »
O que me parece nessa briga de certos pais com a escola é que eles ou estão pretendendo deixar para as escolas o papel de educar, ou seja, passar para frente um "problema" que é deles ou não estão seguros da educação que fornecem aos filhos, talvez por até por reconhecerem a falta de solidez.

Me parece até mais "o contrário", de certa forma. Os que se opõem a isso é que acham que seria coisa que caberia apena à educação "que vem de casa", enquanto a escola deveria ficar com disciplinas propriamente acadêmicas, "neutras" em valores morais.

O acréscimo delas é que vem das idéias de escola como "algo mais", como um espaço para a educação social, ainda que o passado no tema seja não seja mais dentro de disciplnas com nomes como "educação moral e cívica". De certa forma acaba sendo a versão esquerdista (não pejorativamente falando)/contemporânea disso.

Por outro lado, não suponho que a mairia dos que se opõem a esse conteúdo fosse fazer qualquer objeção a uma "versão" de acordo com seus valores conservadores/retrógrados.

Educar inclui, entre outras coisas, fornecer preparo intelectual para possíveis ou prováveis conflitos morais, ideológicos, filosóficos, religiosos ou seja lá o que os pais valorizem e queiram passar aos seus filhos. Do contrário convém isolar as crianças do mundo externo física e, sobretudo, virtualmente. Como isso não é possível, só existe uma solução e não é educar a escola, os amigos, os vizinhos. Só que dá trabalho, requer muito tempo, esforço, dedicação, atenção, cuidado e o que é pior, diálogo. Além do mais, mesmo disciplinas acadêmicas moralmente neutras costumam gerar conflitos com a educação que vem de casa. Comofaz?

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.832
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #30 Online: 06 de Janeiro de 2017, 17:58:40 »
Advogando pelo diabo: então estaria tudo bem as escolas adotarem as visões cristãs de que homossexualismo e etc são pecado e coisas moralmente erradas, que devem ser socialmente condenadas, e que abstinência de sexo é a melhor maneira de prevenir doenças sexualmente transmissíveis, e que o sexo deve ser guardado para o casamento?

Basta os pais educarem em casa que não/não necessariamente, então tudo bem?

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.832
  • Sexo: Masculino
  • Guerreiros contra o Marxismo Cultural, uni-vos
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #31 Online: 06 de Janeiro de 2017, 19:39:20 »
Nessa semana o tal Grupo Gay da Bahia divulgou uma estatística de crimes cometidos contra homossexuais e travestis, atrelando-os necessariamente a "homofobia". Mas quantos desses crimes foram passionais?  Quantos relacionaram-se a outras questões?

Imagino que até possa ter casos onde o agressor não-standard é morto em auto-defesa e isso vai parar nas contas deles como x-fobia.

http://www.jcnet.com.br/Regional/2016/10/passageiro-ataca-taxista-para-defender-gato.html

(auto-defesa sendo defesa própria, ainda que nesse caso tenha ocorrido mesmo dentro de um carro)


Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.672
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #32 Online: 06 de Janeiro de 2017, 20:09:42 »
Advogando pelo diabo: então estaria tudo bem as escolas adotarem as visões cristãs de que homossexualismo e etc são pecado e coisas moralmente erradas, que devem ser socialmente condenadas, e que abstinência de sexo é a melhor maneira de prevenir doenças sexualmente transmissíveis, e que o sexo deve ser guardado para o casamento?

Basta os pais educarem em casa que não/não necessariamente, então tudo bem?

Isso já acontece nas aulas de ensino religioso e por mim tudo bem. Não interferiu na educação da minha filha. E nem o marxismo, introduzido aos poucos já desde o fundamental, principalmente nas aulas de história, numa escola particular de vertente cristã - só para confirmar que tudo bem mesmo. E o mais interessante é que embora discordasse da visão ideológica do último professor de história, a ponto de achar graça, ela separava bem as coisas - o considerava um dos mais competentes e nutria por ele verdadeira admiração por isso.
« Última modificação: 06 de Janeiro de 2017, 20:11:55 por AntipetistA »

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #33 Online: 06 de Janeiro de 2017, 20:13:07 »
É algo recente isso? Eu saí da escola há não tanto tempo assim e na minha época sequer se ouvia falar em Marx, e tudo que se falava eventualmente sobre política era apenas senso comum desengajado como "os políticos são todos ladrões", "é preciso parar de roubar e fazer mais escolas", "é preciso combater a violência", "é preciso fazer mais hospitais" e etc.

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.672
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #34 Online: 06 de Janeiro de 2017, 20:33:24 »
É algo recente isso? Eu saí da escola há não tanto tempo assim e na minha época sequer se ouvia falar em Marx, e tudo que se falava eventualmente sobre política era apenas senso comum desengajado como "os políticos são todos ladrões", "é preciso parar de roubar e fazer mais escolas", "é preciso combater a violência", "é preciso fazer mais hospitais" e etc.

Ano passado. Ela fez lá todo o ensino fundamental. Pelo menos, desde o sexto ou sétimo ano, já não me lembro bem, teve contato com o tema, trazendo o debate para casa. Ela adora debater tudo muito.  :olheira:  Nos últimos dois anos, contudo, foi mais incisivo, devido ao momento político. Foram, inclusive, recomendadas algumas obras a título de curiosidade. E, da minha parte, aconselhei que aceitasse a sugestão. Não vi nenhum problema nisso, exceto pelas intermináveis horas de debates durante o jantar.  :stunned:  Não, estou brincando. Também adoro debater com ela.  :)

Offline Tirn Aill

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 97
  • Sexo: Masculino
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #35 Online: 07 de Janeiro de 2017, 04:57:51 »
O nome disso é teoria queer:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_queer

E esse negocio de que comunistas querem dominar o mundo revertendo os pseudo-valores conservadores é teoria da conspiração do nível illuminatis malvados, mas estranhamente até aqui tem gente que não percebe.

Offline Gauss

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.583
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #36 Online: 07 de Janeiro de 2017, 12:06:11 »
É algo recente isso? Eu saí da escola há não tanto tempo assim e na minha época sequer se ouvia falar em Marx, e tudo que se falava eventualmente sobre política era apenas senso comum desengajado como "os políticos são todos ladrões", "é preciso parar de roubar e fazer mais escolas", "é preciso combater a violência", "é preciso fazer mais hospitais" e etc.

Bem, quando estava na 8ª Série do Fundamental eu tinha um professor de história que fazia campanha aberta pelo Lula em sala de aula. Isso já tem mais de dez anos.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.997
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #37 Online: 01 de Outubro de 2017, 12:36:45 »
Na Alemanha estão chamando a educação sexual nas escolas de ideologia de gênero. A educação sexual é obrigatória nas escolas primárias deste país, e pais estão sendo presos por se recusarem a permitir que seus filhos assistam a essas aulas por julgarem que são inadequadas para crianças. Os críticos dessa obrigatoriedade das aulas defendem que muitas crianças ficaram chocadas ao entrar em contato com o conteúdo da aula e se recusaram por vontade própria a continuar assistindo as aulas.

Fonte: Leone Grotti  (13 de novembro de 2014). Germania. «Lo scandalo gigantesco» dei genitori «incarcerati fino a 40 giorni» perché i figli non partecipano ai corsi gender a scuola. Tempi.it

Vocês acham justo que a educação sexual nas escolas seja obrigatório e que o seu descumprimento pode resultar na prisão dos pais do aluno?

É adequado que este ensino já seja ministrado no primário, se não, a partir de que idade ele deve ser ensinado?
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #38 Online: 01 de Outubro de 2017, 12:50:03 »
<a href="https://www.youtube.com/v/6NEz7igKJa8" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/6NEz7igKJa8</a>
Citar
O SEU FILHO VAI APRENDER IDEOLOGIA DE GÊNERO SE A BNCC FOR APROVADA

Reginaldo Tavares

Publicado em 30 de set de 2017

O prof. Felipe Nery revela os efeitos terríveis causados pela implementação da Ideologia de Gênero na educação de outros países e aponta alguns dos vários vestígios dessas ideias na Base Nacional Comum Curricular aprovada pelo MEC.

Curta e compartilhe este vídeo. Mostre a todos seus amigos e parentes!

Produção e edição: Observatório Interamericano de Biopolítica​.

Base Nacional Comum Curricular - Íntegra do guia de leitura
http://basenacionalcomum.mec.gov.br/a...

Base Nacional Comum Curricular - A ÁREA DE CIÊNCIAS HUMANAS (trecho)
http://basenacionalcomum.mec.gov.br/i...

DECRETO Nº 7.037, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009.
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/...
Atualizado pelo DECRETO Nº 7.177, DE 12 DE MAIO DE 2010.
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/...

PNDH-3 (Plano Nacional de Direitos Humanos)
http://www.pndh3.sdh.gov.br/portal/si...

Ministério da Cultura - "Comitê Técnico de Cultura LGBT toma posse nesta terça-feira" (15.04.2016)
http://www.cultura.gov.br/noticias-de...

ONU-BR (Nações Unidas no Brasil)
"UNESCO defende educação sexual e de gênero nas escolas para prevenir violência contra mulheres."
Publicado em 07/06/2016 Atualizado em 10/06/2016
https://nacoesunidas.org/unesco-defen...

EBC - Agência Brasil - "Unesco defende educação em sexualidade e gênero prevista em lei."
08/06/2016 17h15 - Brasília
http://agenciabrasil.ebc.com.br/educa...

Assista também:

"A agenda da identidade de gênero e a instrumentalização ideológica das instituições."
https://www.youtube.com/watch?v=tKUuh...

"Aparelhamento Estatal da agenda LGBT"
https://www.youtube.com/watch?v=MmhJP...

Projeto de Lei 5002 de 2013
Autores: Jean Wyllys (PSOL/RJ) e Erika Kokay (PT/DF)

PL 5002/2013 Identificação da Proposição
http://www.camara.gov.br/proposicoesW...

Texto inteiro teor
http://www.camara.gov.br/proposicoesW...

Artigo 5º - Com relação às pessoas que ainda não tenham dezoito (18) anos de idade, a solicitação do trâmite a que se refere o artigo 4º deverá ser efetuada através de seus representantes legais e com a expressa conformidade de vontade da criança ou adolescente, levando em consideração os princípios de capacidade progressiva e interesse superior da criança, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

§1° Quando, por qualquer razão, seja negado ou não seja possível obter o consentimento de algum/a dos/as representante/s do Adolescente, ele poderá recorrer a assistência da Defensoria Pública para autorização judicial, mediante procedimento sumaríssimo que deve levar em consideração os princípios de capacidade progressiva e interesse superior da criança.

§2º Em todos os casos, a pessoa que ainda não tenha 18 anos deverá contar com a assistência da Defensoria Pública, de acordo com o estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Artigo 8º - Toda pessoa maior de dezoito (18) anos poderá realizar intervenções cirúrgicas totais ou parciais de transexualização, inclusive as de modificação genital, e/ou tratamentos hormonais integrais, a fim de adequar seu corpo à sua identidade de gênero auto-percebida.

§1º Em todos os casos, será requerido apenas o consentimento informado da pessoa adulta e capaz. Não será necessário, em nenhum caso, qualquer tipo de diagnóstico ou tratamento psicológico ou psiquiátrico, ou autorização judicial ou administrativa.

§2º No caso das pessoas que ainda não tenham de dezoito (18) anos de idade, vigorarão os mesmos requisitos estabelecidos no artigo 5º

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.997
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #39 Online: 01 de Outubro de 2017, 14:11:35 »
O cara do vídeo acima afirmou que houve um aumento significativo no número de crianças que recorrem a tratamentos transgêneros em países onde a ideologia de gênero foi aplicada, insinuando que isso seja um problema já que as crianças estariam mais confusas. Eu discordo, pode ser que essas crianças já estavam confusas sobre sua sexualidade, e o número de crianças que recorrem ao tratamento só aumentou pelo fato do conhecimento da disponibilidade deste tratamento ter aumentado também. É como nos casos de denúncia de mulheres sobre violência doméstica, depois de campanhas esclarecendo os direitos das mulheres e as incentivando a denunciar casos de violência doméstica, as notificações aumentaram ao invés de cair, e isso pode ter ocorrido em razão da campanha ter aumentado a consciência sobre a importância da denúncia, e casos que antes não eram notificados passaram a ser.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Gauss

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.583
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #40 Online: 01 de Outubro de 2017, 14:11:39 »
Pelo que entendi, aulas de anatomia humana estão sendo consideradas 'ideologia de gênero', é isso? Quando tive aulas de anatomia humana nos Ensino Fundamental e Médio, na parte de reprodução humana em Biologia, aprendemos como que funcionam os órgãos sexuais masculino e feminino e como utilizar preservativos e sua importância para a prática sexual. Acho isso ótimo.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.997
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #41 Online: 01 de Outubro de 2017, 14:17:21 »
Anatomia humana não, é educação sexual mesmo, na matéria da revista italiana acima, é dito que as crianças aprendem sobre sexo oral e anal também. Só não ficou claro para mim se o material usado incluí vídeos de cenas de sexo real ou apenas desenhos. Os pais e pessoas contrárias estão alegando que este material é impróprio para crianças, e acham injusto que elas sejam obrigadas a assistir essas aulas contra a vontade dos pais, e que estes país sejam presos nos casos onde se recusam a aceitar essa imposição.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.997
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #42 Online: 01 de Outubro de 2017, 14:18:21 »
Sim, mas estão confundindo educação sexual com ideologia de gênero.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Gauss

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.583
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #43 Online: 01 de Outubro de 2017, 14:24:09 »
Sim, mas estão confundindo educação sexual com ideologia de gênero.
Entendi. Bem, realmente, não sei se é correto passar esse tipo de matéria onde se demonstra sexo explícito para crianças, mas não vejo problemas em passar para pré-adolescentes e adolescentes (à partir dos 13 anos) que estão entrando em idade sexual.

Agora, eu não sei se os direitinhas se fazem de ignorantes ou o quê, pois sempre colocam educação sexual ou orientação sexual e ideologia de gênero ou gênero no mesmo saco.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.997
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #44 Online: 01 de Outubro de 2017, 15:06:53 »
Sim, mas estão confundindo educação sexual com ideologia de gênero.
Entendi. Bem, realmente, não sei se é correto passar esse tipo de matéria onde se demonstra sexo explícito para crianças, mas não vejo problemas em passar para pré-adolescentes e adolescentes (à partir dos 13 anos) que estão entrando em idade sexual.

Agora, eu não sei se os direitinhas se fazem de ignorantes ou o quê, pois sempre colocam educação sexual ou orientação sexual e ideologia de gênero ou gênero no mesmo saco.
Concordo
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline 3libras

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.072
    • http://sidis.multiply.com
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #45 Online: 02 de Outubro de 2017, 02:14:43 »
É algo recente isso? Eu saí da escola há não tanto tempo assim e na minha época sequer se ouvia falar em Marx, e tudo que se falava eventualmente sobre política era apenas senso comum desengajado como "os políticos são todos ladrões", "é preciso parar de roubar e fazer mais escolas", "é preciso combater a violência", "é preciso fazer mais hospitais" e etc.

Não lembro desse marxismo ai também não.

Eu tinha um professor de Geografia que falava "capetalismo" mas era mais num tom jocoso mesmo, quando fava de algum país pobre ou quando ele falava de algo que o brasil exportava a matéria-prima ao inves do processado etc etc.

Mas não mostrava o socialismo como solução não, pelo contrário, o tesão dos professores de ensino médio normalmente é a Social Democracia / Estado de Bem Estar Social.
If you don't live for something you'll die for nothing.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.634
  • Sexo: Masculino
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #46 Online: 02 de Outubro de 2017, 10:19:10 »
É algo recente isso? Eu saí da escola há não tanto tempo assim e na minha época sequer se ouvia falar em Marx, e tudo que se falava eventualmente sobre política era apenas senso comum desengajado como "os políticos são todos ladrões", "é preciso parar de roubar e fazer mais escolas", "é preciso combater a violência", "é preciso fazer mais hospitais" e etc.

Não lembro desse marxismo ai também não.

Eu tinha um professor de Geografia que falava "capetalismo" mas era mais num tom jocoso mesmo, quando fava de algum país pobre ou quando ele falava de algo que o brasil exportava a matéria-prima ao inves do processado etc etc.

Mas não mostrava o socialismo como solução não, pelo contrário, o tesão dos professores de ensino médio normalmente é a Social Democracia / Estado de Bem Estar Social.



Sobre buscar o Estado de Bem Estar Social, o Fábio Ostermann disse algo interessante que os esquerdistas nunca levam em consideração: Os países sociais-democratas ricos da Europa não são ricos por serem sociais-democratas. Eles eram muito mais liberais no início do século XX, e por isso enriqueceram, e hoje possuem dinheiro, educação e infra-estrutura para oferecerem o tal bem estar social.

Aí os socialistas brasileiros olham para esses países HOJE, e concluem erroneamente que foi o Estado de Bem Estar Social que elevou a riqueza desses países, e forçam essa mesma política no Brasil ainda pobre. O resultado é este de hoje. Mas nunca aprendem.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline 3libras

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.072
    • http://sidis.multiply.com
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #47 Online: 02 de Outubro de 2017, 12:52:39 »
É algo recente isso? Eu saí da escola há não tanto tempo assim e na minha época sequer se ouvia falar em Marx, e tudo que se falava eventualmente sobre política era apenas senso comum desengajado como "os políticos são todos ladrões", "é preciso parar de roubar e fazer mais escolas", "é preciso combater a violência", "é preciso fazer mais hospitais" e etc.

Não lembro desse marxismo ai também não.

Eu tinha um professor de Geografia que falava "capetalismo" mas era mais num tom jocoso mesmo, quando fava de algum país pobre ou quando ele falava de algo que o brasil exportava a matéria-prima ao inves do processado etc etc.

Mas não mostrava o socialismo como solução não, pelo contrário, o tesão dos professores de ensino médio normalmente é a Social Democracia / Estado de Bem Estar Social.



Sobre buscar o Estado de Bem Estar Social, o Fábio Ostermann disse algo interessante que os esquerdistas nunca levam em consideração: Os países sociais-democratas ricos da Europa não são ricos por serem sociais-democratas. Eles eram muito mais liberais no início do século XX, e por isso enriqueceram, e hoje possuem dinheiro, educação e infra-estrutura para oferecerem o tal bem estar social.

Aí os socialistas brasileiros olham para esses países HOJE, e concluem erroneamente que foi o Estado de Bem Estar Social que elevou a riqueza desses países, e forçam essa mesma política no Brasil ainda pobre. O resultado é este de hoje. Mas nunca aprendem.

Concordo em parte. Mas foi apenas para ressaltar que o socialismo não é a ideologia defendida propagada pela maioria dos professores.

talvez toda escola tenha um professor locão socialista, assim como tive também professor locão defensor de intervenção militar (e era de sociologia rs)
If you don't live for something you'll die for nothing.

Offline 3libras

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.072
    • http://sidis.multiply.com
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #48 Online: 02 de Outubro de 2017, 13:49:29 »
A verdade é que nenhum dos opositores está preocupado em expor o que realmente é definido por ideologia de gênero.

A definição correta para o termo é a ideia de que os gêneros não são definidos biologicamente, mas são moldados ao longo da vida pelo ambiente. Assim, quando as pessoas se enquadram em um ou outro gênero estariam apenas atribuindo a si um papel que lhes foi imposto ou ao menos incutido pela sociedade. É claramente uma ideia sem base científica, que não resiste ao esquadrinhamento empírico, embora infelizmente tenha um razoável nível de aceitação em certos departamentos da academia. Entretanto, o alcance disso é muito superestimado. Nunca vi nem soube de qualquer tentativa de incluir esse tipo de ideia em conteúdos didáticos de ensino fundamental ou médio. Simplesmente não existe. Continua a ser um modismo acadêmico de uma dúzia de departamentos, cujas publicações pouca gente lê e cujo impacto quase totalmente se resume a um pequeno grupo de universitários desvairados.

Posto isso, o que esses ideólogos reacionários pretendem é usar o desconhecimento sobre o termo para vender uma ameaça fictícia. Incluir no rótulo de ideologia de gênero, que as pessoas já têm noção de ser algo a ser rejeitado, conceitos completamente razoáveis como (1) a normalidade e a necessidade de aceitação de diferentes orientações sexuais (homossexuais, bissexuais etc.), dotadas dos mesmos direitos civis; (2) a ideia de que certas expectativas sociais sobre os gêneros podem causar consequências negativas aos indivíduos por causa dos papéis que lhes são atribuídos (por exemplo, ridicularizar homens que dividem o ônus das tarefas domésticas ou da criação dos filhos, ou desincentivar mulheres que insistem em carreiras tipicamente masculinas, ainda que tenham aptidão); ou ainda (3) a existência de pessoas que nascem com um gênero que não coincide com o de sua genitália, sendo isso algo completamente alheio à sua escolha.

Chamando todo esse conjunto de fenômenos completamente diferentes de "ideologia de gênero", coisa de esquerdista, pós-modernismo etc. esse pessoal garante que boa parte da população se posicione contra de forma automática, sem sequer se preocupar com o que de fato o pacote está incluindo. Mera estratégia política.


Perfeito!!
If you don't live for something you'll die for nothing.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.997
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Ideologia de Gênero
« Resposta #49 Online: 08 de Outubro de 2017, 12:23:19 »
Ideologia de gênero nas escolas "já tá teno":

1
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!