Autor Tópico: A Falácia da Liberação das Armas de Fogo  (Lida 23523 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.145
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #425 Online: 16 de Novembro de 2015, 18:51:18 »
E se a França fizer como a China? Adotar o total controle de material bélico sobre seus cidadãos? Sobre o que entra e o que sai do país. O que se tem hoje em lei, se mostra insuficiente? Pois, pelo que vejo, esses atentados foram como um clímax de euforia nos radicais e tem tudo pra se repetir ano que vem. Mas não há atentados graves sem "material".
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild


Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.892
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #427 Online: 17 de Novembro de 2015, 00:10:48 »
E se a França fizer como a China? Adotar o total controle de material bélico sobre seus cidadãos? Sobre o que entra e o que sai do país. O que se tem hoje em lei, se mostra insuficiente? Pois, pelo que vejo, esses atentados foram como um clímax de euforia nos radicais e tem tudo pra se repetir ano que vem. Mas não há atentados graves sem "material".

Breve curiosidade, porque exatamente ano que vem? E não semana que vem, ou daqui a dois anos?

Pela proximidade do proximo ano?

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.145
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #428 Online: 17 de Novembro de 2015, 00:22:25 »
Armas de fogo contrabandeadas, caseiras, e explosivos caseiros, ou escondidos.

Qual era a origem das armas?
Sendo mais pertinente: Como as armas se "materializam" na França?

É possível adotar uma política de tolerância zero ao nível chinês?

Breve curiosidade, porque exatamente ano que vem? E não semana que vem, ou daqui a dois anos?

Pela proximidade do proximo ano?
Porque eu acho que eles vão dar só um breve um tempo. ... Mais fácil acontecer um ano que vem aqui do que na França mesmo.

PS: Velho, esse EI tá virando um troço cabuloso. Desconfio que já existam células aqui no Brasil. Seloko. Eu já dou como quase certo se qualquer vlogger desses conhecido, começar a descer o pau no Islã dias depois o sujeito aparecer morto.
[Desculpe o desvirtuamento acima]
« Última modificação: 17 de Novembro de 2015, 00:45:54 por Jack Carver »
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.043
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #429 Online: 22 de Novembro de 2015, 02:13:29 »
O Pirulla fez mais videos se alguem ja viu, ele reformulou algumas afirmações do q ele pensava antes e parece q vai fazer um video "conclusivo" sobre dados q outras pessoas apresentaram pra ele, etc.:

<a href="https://www.youtube.com/v/aXKUR8xoQ-s" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/aXKUR8xoQ-s</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/ozU88PgjJq0" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/ozU88PgjJq0</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/iTMz-NEkwZE" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/iTMz-NEkwZE</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/EXGrV03wdSY" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/EXGrV03wdSY</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/iTExoxfrDJs" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/iTExoxfrDJs</a>





« Última modificação: 22 de Novembro de 2015, 02:17:07 por Agnoscetico »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #430 Online: 02 de Julho de 2017, 07:56:38 »
Existem munições não-letais que, para fins de treinamento, sejam equivalentes às letais?

LMGTFM:

<a href="https://www.youtube.com/v/KnnpCpzzhzg" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/KnnpCpzzhzg</a>

https://en.wikipedia.org/wiki/Wax_bullet#Wax_bullets_for_training






<a href="https://www.youtube.com/v/mqJAfE90V1k" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/mqJAfE90V1k</a>

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.043
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #431 Online: 12 de Julho de 2017, 18:35:41 »

Tão querendo defender a liberação do porte de arma aqui usando caso do Paraguai como base.
Não sei quanto o Paraguai tem igual ao Brasil em violência pra servir como algum paralelo.
Lembrando que há tráfico ilegal de armas do Paraguai pra cá (e talvez isso influencie como algum tipo de refutamento a liberação do porta de armas).


http://brasilsoberanoelivre.blogspot.com/2017/03/sem-fazer-desarmamento-paraguai-humilha.html







Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.008
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #432 Online: 12 de Julho de 2017, 20:29:17 »
Existem munições não-letais que, para fins de treinamento, sejam equivalentes às letais?

?
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #433 Online: 12 de Julho de 2017, 21:33:27 »
Quem gosta de ficar atirando só por hobby ou mesmo por esporte, talvez pudesse usar desse tipo de munições na maior parte do tempo. Especialmente se, para fins de treino, não for significativamente diferente atirar com uma ou outra. E então deixariam a munição letal só para uso em defesa mesmo.

Especialmente no que concerne a atirar só por hobby e sem grandes pretensões de ser atleta de elite, onde talvez comece a fazer maior diferença pela distância do projétil e tals.

Talvez o instrutor morto pela menina de nove anos não tivesse morrido com balas de outro material.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.008
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #434 Online: 12 de Julho de 2017, 22:12:10 »
Quem gosta de ficar atirando só por hobby ou mesmo por esporte, talvez pudesse usar desse tipo de munições na maior parte do tempo. Especialmente se, para fins de treino, não for significativamente diferente atirar com uma ou outra. E então deixariam a munição letal só para uso em defesa mesmo.

Especialmente no que concerne a atirar só por hobby e sem grandes pretensões de ser atleta de elite, onde talvez comece a fazer maior diferença pela distância do projétil e tals.

Talvez o instrutor morto pela menina de nove anos não tivesse morrido com balas de outro material.

Não sei se é viável economicamente. Munição já é um treco muito barato. No estande, eu compro munição de .40 a R$3,50, R$4 e .380 a R$3 e dou tiro até o cano fica vermelho. Isso sendo recarregada. Trocar todo o aparato para evitar acidentes que além de serem muito pontuais, em geral servem como meio de seleção natural, não seria interessante, eu creio.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #435 Online: 12 de Julho de 2017, 22:28:45 »
Segundo trecho do artigo da WP sobre as balas de cera e outros materiais, elas parecem ser tão ou mais baratas (a seção é "inexpensive practice") ou significativamente menos práticas.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #436 Online: 23 de Outubro de 2017, 08:47:15 »
Mãe de estudante morto a tiros durante ataque em escola de Goiânia diz estar 'despedaçada'

Publicação em redes sociais da mulher pede ainda que 'não julgue nosso filho'. Adolescente foi morto a tiros junto com colega e outros quatro ficaram feridos.


22/10/2017 11h19  Atualizado há 19 horas


 Barbara Melo fez postagem em rede social dizendo que se sente 'despedaçada' com morte do filho (Foto: Reprodução/Instagram) Barbara Melo fez postagem em rede social dizendo que se sente 'despedaçada' com morte do filho (Foto: Reprodução/Instagram)


Barbara Melo fez postagem em rede social dizendo que se sente 'despedaçada' com morte do filho (Foto: Reprodução/Instagram)


A mãe do estudante João Pedro Calembo, de 13 anos, Barbara Melo, publicou em redes sociais que está “despedaçada” após a morte do garoto durante tiros em colégio de Goiânia. Na publicação, ela pede ainda que “não julgue nosso filho”. Além do garoto, João Vitor Gomes, 13, também morreu durante o ataque e quatro colegas ficaram feridos. Um já recebeu alta de hospital e os demais seguem internados.


No texto, a mãe diz que não consegue entender a morte do filho, mas busca aceitar a perda. “. Não entendo, nunca vou entender. Não quero buscar explicações. O Senhor apenas me emprestou o João Pedro pelos melhores 13 anos da minha vida. Não julgue o nosso filho, a nossa família pelas notícias que você tem lido. Nós e a escola sabemos que não foi assim”.


Em outra rede social, a mãe do menino recebeu várias mensagens de apoio de amigos, parentes e até pessoas que não a conhecem. Todo lamentaram a morte do adolescente e desejaram força a ela e sua família.


Pessoas lamentam morte de João Pedro Calembo no perfil da mãe dele (Foto: Reprodução/Facebook) Pessoas lamentam morte de João Pedro Calembo no perfil da mãe dele (Foto: Reprodução/Facebook)
Pessoas lamentam morte de João Pedro Calembo no perfil da mãe dele (Foto: Reprodução/Facebook)


O professor Flávio Roberto de Castro, presidente do Sindicato de Estabelecimentos Particulares de Ensino de Goiás (Sepe), informou que as atividades no Colégio Goyases, onde ocorreu a tragédia, ainda não têm data para serem retomadas. Ele ressaltou ainda que a escola vai fazer uma reunião com a comunidade para preparar os alunos e as famílias para o retorno às aulas.
Veja o que se sabe sobre o atentado em colégio de Goiânia


Tiros

O atentado aconteceu na manhã de sexta-feira (20) em uma sala de aula do 8º ano do Colégio Goyases, no Conjunto Riviera, em Goiânia. O autor, que é filho de policiais militares, levou a pistola .40 da mãe para a escola e efetuou 13 disparos na sala de aula. João Vitor e João Paulo morreram no local e foram enterrados neste sábado (21) em cemitérios diferentes da capital.


O primeiro a ser enterrado foi João Pedro. O sepultamento ocorreu às 10h45 no cemitério Parque Memorial. Durante a cerimônia, a família fez orações e, por volta 9h, celebrou um culto em homenagem ao adolescente. O pai do garoto disse que perdoa o atirador. “Eu espero que toda a sociedade e os pais dele e os outros pais o perdoem. Temos que perdoá-lo", disse, emocionado.


Já o corpo de João Vitor foi enterrado no Cemitério Jardim das Palmeiras, por volta das 11h20. Segundo colegas da vítima, ele e o atirador eram amigos e andavam juntos com frequência.


João Pedro Calembo (à esquerda) e João Vitor Gomes foram mortos a tiros durante ataque em escola colégio de Goiânia Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) João Pedro Calembo (à esquerda) e João Vitor Gomes foram mortos a tiros durante ataque em escola colégio de Goiânia Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

João Pedro Calembo (à esquerda) e João Vitor Gomes foram mortos a tiros durante ataque em escola colégio de Goiânia Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Feridos

Quatro estudantes ficaram feridos durante o atentado. Um deles, Hyago Marques, de 13 anos, recebeu alta do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) neste domingo (22). Antes de ser liberado, o pai do garoto, Thiago Barbosa Gomes, fez um vídeo do filho em que ele dizia estar bem até para “jogar bola”.


Além dele, três estudantes do 8º ano também ficaram feridas. No Hugo, ainda estão internadas Isadora de Morais, 14, e Marcela Rocha Macedo, 13. No entanto, a assessoria de imprensa da unidade de saúde informou não irá mais divulgar informações sobre elas a pedido dos familiares.
Estudante baleado em colégio conta que se recupera em hospital de Goiânia
O G1 conseguiu contato, no sábado (21), com um parente de Isadora, que levou um tiro no tórax que perfurou o pulmão e já foi operada. A pessoa, que preferiu não se identificar, havia dito que ela segue com estado grave, mas "em melhora e estabilizando".


Já Marcela, segundo o boletim divulgado às 10h de sábado, tem quadro regular e respira espontaneamente. Ela foi transferida para a UTI para melhor observação.


A única que não está internada no Hugo é Lara Fleury Borges, de 14 anos, que, até sábado, estava se recuperando em um apartamento do Hospital dos Acidentados. De acordo com a unidade de saúde, ela foi operada para reconstruir o osso do antebraço, onde foi baleada. O quadro dela é considerado bom.


Bullying

O coronel da Polícia Militar Anésio Barbosa da Cruz informou que o autor dos disparos era alvo de chacotas de colegas. “Ele estaria sofrendo bullying, se revoltou contra isso, pegou a arma em casa e efetuou os disparos”, disse.


Um aluno de 15 anos, que estava na sala no momento do tiroteio, também contou que o adolescente era vítima de piadas maldosas.

Entenda o que é possível fazer para combater a prática do bullying

Pistola .40 usada por estudante de 14 anos que atirou em colegas no Colégio Goyases (Foto: Danila Bernares/TV Anhanguera) Pistola .40 usada por estudante de 14 anos que atirou em colegas no Colégio Goyases (Foto: Danila Bernares/TV Anhanguera)


Pistola .40 usada por estudante de 14 anos que atirou em colegas no Colégio Goyases (Foto: Danila Bernares/TV Anhanguera)


O menor está apreendido apreendido na Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai). A Justiça acatou pedido do MP e determinou a internação provisória dele por 45 dias.
O pai do autor dos disparos, que é major da Polícia Militar, contou ao porta-voz da corporação, tenente-coronel Marcelo Granja, que ainda está profundamente abalado com o que aconteceu.
O assessor informou que tanto o major quando a esposa, que também é policial e dona da arma usada pelo adolescente, serão ouvidos pela Corregedoria da PM. A oitiva deve ocorrer na próxima semana, mas ainda não há data definida.


O que se sabe até agora:

Veja a sequência dos fatos:


Colegas relatam que ouviram um barulho

Em seguida, os alunos viram o adolescente tirando a arma da mochila e atirando

Alunos correram para fora da sala de aula

O aluno descarregou um cartucho, carregou o segundo e deu um tiro, mas foi convencido pela coordenadora a travar a arma

Estudante foi levado para a biblioteca até a chegada dos policiais


https://g1.globo.com/goias/noticia/mae-de-estudante-morto-a-tiros-durante-ataque-em-escola-de-goiania-diz-estar-despedacada.ghtml



Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.043
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #437 Online: 24 de Outubro de 2017, 19:06:19 »


Nesse caso aqui ia ter conservador que seria contra liberação de porte de armas de fogo, talvez arranjando alguma desculpa qualquer:

<a href="https://www.youtube.com/v/Z2f0MUOZ04I" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/Z2f0MUOZ04I</a>

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.043
  • Sexo: Masculino
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #438 Online: 01 de Dezembro de 2017, 20:43:54 »


Os 10 Países Mais Seguros & Pacíficos do Mundo ---> Tem países que porte de arma é liberado (Suíça) até outros que a polícia nem costuma usar arma (Japão)

<a href="https://www.youtube.com/v/G2T4_kM8208" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/G2T4_kM8208</a>

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.918
Re:A Falácia da Liberação das Armas de Fogo
« Resposta #439 Online: 03 de Janeiro de 2018, 22:45:48 »
Os argumentos pelo fim do Estatuto do Desarmamento

Brasil 03.01.18 17:22
​​​​​​​
No fim do ano passado, o economista e consultor de Orçamento da Câmara Fidelis Antônio Fantin Junior atualizou um estudo elaborado por ele mesmo em 2015 para subsidiar parlamentares na análise de um projeto de lei que disciplina normas para o porte de armas de fogo no Brasil.

O Antagonista leu e releu o estudo atualizado, com diversas citações a outros estudos mundiais sobre o tema, e apresenta a você, leitor, alguns trechos do material:

— “A probabilidade de, por exemplo, um homicídio ocorrer por parte de um cidadão comum que porte uma arma, ainda que ilegalmente, é bastante reduzido se comparado ao número de homicídios cometidos por criminosos habituais.”

— “Da mesma forma como pode haver um número maior de acidentes se um portador não fizer um curso para manuseio, também pode haver um número maior de vítimas que não puderam se defender por não possuir uma arma que lhe foi negada por uma dessas restrições.”

— “Na realidade de alta criminalidade como no Brasil, a grande maioria dos assassinatos é perpetrada por criminosos habituais; ou seja, homicídios tipificados como ‘relacionados a outros crimes’, sendo que os homicídios provocados por impulsividade, descontrole momentâneo, crimes passionais, etc, são casos mais raros.”

— “Estatísticas dão conta de que menos de 1% das vezes em que se usa arma para defesa resulta em ferimento ou morte.”

— “Pesquisas também mostram que todos os países que implementaram políticas de desarmamento tiveram aumento de homicídios.”

— “Não se pode proibir tacos de basebol porque alguém pode ficar irritado e dar uma tacada na cabeça de outra pessoa. Ainda que isso seja materialmente possível, é improvável; ou seja, crimes interpessoais por impulso não são tão comuns assim.”

— “Como os crimes por impulso são apenas uma parte dos crimes interpessoais e que dos crimes por impulso apenas uma parte é cometida com arma de fogo, é de se esperar que um percentual muito pequeno de homicídios seja cometido por impulso e com arma de fogo. Além do que, a não existência de uma arma de fogo disponível no momento desse tipo de crime não significa que o perpetrante não cometeria o crime da mesma forma, só que se utilizando de outro instrumento.”

— “Não são tão raros casos em que pessoas são ameaçadas – como mulheres, por parte de ex-namorados ou maridos; jornalistas investigativos ou mesmo cidadãos comuns que se deparam com criminosos – que, necessitando de rapidamente obter uma arma de fogo para se proteger e tendo negado esse direito, foram assassinados por não terem tido o direito de adquirir e portar uma arma garantido no tempo necessário.”

— “É importante considerar que o porte de arma de fogo muitas vezes se dá por uma necessidade momentânea, como uma ameaça específica que se abate sobre alguém, ou por uma situação atípica, como viagem, deslocamento noturno ou a locais mais perigosos, e a burocracia para obter a autorização pode levar vários dias. Assim, pessoas sem nenhuma intenção criminal ou de violência qualquer, podem ver-se na necessidade de portar uma arma exclusivamente para autodefesa.”

Fonte: https://www.oantagonista.com/brasil/os-argumentos-pelo-fim-estatuto-desarmamento/

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!