Autor Tópico: Vítimas do politicamente correto  (Lida 1103 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.805
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Vítimas do politicamente correto
« Online: 01 de Julho de 2015, 13:17:16 »
Vítimas do politicamente correto

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/saudeciencia/196539-camiseta-de-cientista-se-torna-motivo-de-criticas-na-internet.shtml


Citar
Um cientista britânico envolvido na pouso da sonda Rosetta, na semana passada, passou a sofrer críticas por conta da camiseta que vestia na transmissão da Agência Espacial Europeia (ESO).

A camiseta de Matt Taylor tinha uma colagem de imagens de mulheres pin-up, em poses e roupas sensuais.

"Uma pequena camiseta para um homem, uma enorme fato para o sexismo", disse a professora universitária Jennifer Hoffman no Twitter. A camiseta explicaria por que há poucas mulheres na pesquisa espacial, que seria um ambiente hostil para elas.

A jornalista Rose Eveleth escreveu, também no Twitter, "obrigada por arruinar o pouso para mim, imbecil".

Até o prefeito de Londres, Boris Johnson, entrou na briga. Ele escreveu em defesa de Taylor, "bombardeado na internet por uma nuvem de ódio, orquestrada por grupos politicamente corretos".

Na "Time", a jornalista Cathy Young disse que "isso mostra como o feminismo virou uma caricatura: a Irmandade das Eternas Ofendidas, interessadas em atacar os homens, não em celebrar conquistas femininas".

Taylor acabou pedindo desculpas. A camiseta foi presente de aniversário de Elly Prizeman, amiga artista que fez a peça. "Nunca achei que Matt usaria o presente num dia tão especial, o que me comoveu", escreveu ela. "Não há nenhum significado por trás da peça. Só comprei o material e fiz."

Ela contou estar recebendo e-mails em massa de interessados em camisetas iguais.


Só para entender.. o cara ganha uma camiseta de uma amiga, que só comprou a estampa porque achou bonita, o cara usa porque gosta, e as feministas descobrem que isso é um sintoma de porque existe tão poucas mulheres no projeto.

Deveria haver limites para a estupidez.


A mais nova vítima é o cientista e ganhador de prêmio nobel de medicina (2001), Tim Hunt, que foi forçado a pedir demissão da universidade que trabalhava, apenas por fazer uma piadinha envolvendo esterótipos de gênero, que por sinal foi mais depreciativa para consigo mesmo do que para com as mulheres (observação: o texto abaixo é um resumo, se quiser o conteúdo completo acesse o link da noticia):

Richard Dawkins demands apology from Sir Tim Hunt's critics amid claims leaked transcript shows 'sexist' comments were 'light-hearted banter'

"Tim Hunt, um cientista premiado com o Nobel (...) foi recentemente forçado a renunciar de seu posto de professor na UCL. Seu crime? Ser "machista": em uma conferência de jornalistas de ciência na Coréia do Sul, Hunt fez os comentários que todo mundo ouviu (...)

Mas espere... qual o contexto da frase? Qual a citação completa?

"It’s strange that such a chauvinist monster like me has been asked to speak to women scientists. Let me tell you about my trouble with girls. Three things happen when they are in the lab: you fall in love with them, they fall in love with you, and when you criticize them they cry. Perhaps we should make separate labs for boys and girls?

Now seriously, I’m impressed by the economic development of Korea. And women scientists played, without doubt an important role in it. Science needs women and you should do science despite all the obstacles, and despite monsters like me.”

Tradução:
"É estranho que um monstro machista  como eu tenha sido convocado para falar para mulheres cientistas. Deixe-me falar do meu problema com mulheres. Três coisas acontecem quando elas estão no laboratório: você se apaixona por elas, elas se apaixonam por você, e quando criticadas, elas choram. Talvez devamos fazer laboratórios separados para meninos e meninas?

Agora, falando sério, eu estou impressionado pelo desenvolvimento econômico da Coréia. E mulheres cientistas tiveram sem dúvida um papel importante neste desenvolvimento. A ciência precisa de mulheres e vocês devem fazer ciência, apesar dos obstáculos e de monstros como eu."

(...) Dawkins afirma que sua frase seguinte, "agora, falando sério..." foi "deploravelmente omitida" nos relatos da mídia sobre as suas observações. (...)"

(...) No contexto, fica claro que a citação "espantosa" e "irresponsável" de Hunt nada mais foi que uma piada auto-depreciativa. (...)"1


Notas:
1 Sem citar o início (onde ele se referia a si mesmo como monstro e machista), que também foi omitido, este início também era auto-crítico e auto-depreciativo, e por isso também mudava e muito o significado das frases seguintes.
« Última modificação: 01 de Julho de 2015, 13:24:24 por Skeptikós »
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Feliperj

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.140
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #1 Online: 21 de Agosto de 2015, 19:02:57 »
QUANTO A ISSO, SÓ TENHO UMA COISA A FALAR :

POLITICAMENTE CORRETO DE CU É ROLA!!!!

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #2 Online: 21 de Agosto de 2015, 21:19:50 »
Politicamente Correto é a filosofia que, entre outras aberrações, é dedicada à criação de perseguidos entre os que perseguem, de pre-conceituosos entre os livre-pensadores, de chauvinistas entre galanteadores e na defesa de qualquer histrionismo hiperbólico vomitado das bocas inquisitórias dos que se pronunciam como vítimas desses problemas muitas vezes artificiais.

O resultado do politicamente correto é a transformação de debates em acusações, a incapacidade de analise de cenários e por fim a inação por inibição intelectual.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.918
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #3 Online: 21 de Agosto de 2015, 22:15:45 »
"Malditos homens que se excitam facilmente com visualização de beleza feminina" = misandria

Será que feminismo não misândrico ainda existe?

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.805
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #4 Online: 21 de Agosto de 2015, 22:17:49 »
"Malditos homens que se excitam facilmente com visualização de beleza feminina" = misandria

Será que feminismo não misândrico ainda existe?
Acho que sim, mas segundo minha impressão, entre ativistas e/ou militantes, estas são minoria, infelizmente.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline MarceliNNNN

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 431
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #5 Online: 22 de Agosto de 2015, 00:19:57 »
Politicamente correto é um termo tão chato que daqui alguns anos virará uma falácia.

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.145
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #6 Online: 11 de Setembro de 2015, 12:25:14 »
Citação de: BBC BRASIL
"Isso não é Tinder!": advogada denuncia cantada no Linkedin e causa polêmica


Essa era a foto de Charlotte Proudman no Linkedin, muito elogiada por Alexander Carter-Silk


Uma mensagem enviada por um advogado a uma companheira de profissão pelo Linkedin, a rede social corporativa para contatos profissionais, está causando polêmica na Inglaterra.

Charlotte Proudman, de 27 anos, havia adicionado Alexander Carter-Silk, de 57, sócio da Brown Rudnick, em sua lista de contatos profissionais na rede e logo em seguida recebeu uma mensagem dele elogiando sua foto do perfil. A advogada considerou o conteúdo sexista e tornou o caso público pelo seu Twitter.

"Eu entendo que isso seja completamente politicamente incorreto, mas essa sua foto é deslumbrante! Você definitivamente ganhou o prêmio de melhor foto do Linkedin que eu já vi por aqui", escreveu Carter-Silk para ela.

Proudman respondeu à mensagem dizendo que "estava no Linkedin por questões profissionais, não para ser abordada por alguém falando de sua aparência física ou para ser objetificada por homens machistas". Ela ainda classificou o comportamento do advogado como "inaceitável e misógino".

"Pense duas vezes antes de mandar uma mensagem tão machista para uma mulher (que tem metade da sua idade)."
Repercussão

Em entrevista à BBC, Charlotte Proudman disse que havia recebido mensagens com comentários sobre sua aparência antes pelo Linkedin. Segundo ela, isso equivaleria a "usar o Linkedin essencialmente como um Tinder (aplicativo de encontros amorosos)" em vez de usá-lo para destacar suas competências profissionais.

A advogada, então, decidiu colocar uma reprodução da troca de mensagens pela rede social em seu Twitter com a intenção de estimular outras mulheres a contarem casos parecidos.

"Decidi tuitar para ver quantas mulheres recebem esse mesmo tipo de mensagem", disse ela.



 Segundo ela, várias mulheres se manifestaram e mostraram apoio à sua atitude.

"Meu namorado recebe mensagens perguntando se ele se interessa por um emprego nos fundos de hedge, eu recebo convites de homens para sair."

Agora, ela pede um pedido de desculpas público. "Eu quero que as pessoas saibam que isso não é aceitável." E completou: "Não quero ser avaliada pela minha aparência".

Ainda assim, Proudman recebeu também críticas e foi chamada de feminazi (neologismo que junta feminista com nazista) por algumas pessoas nas redes sociais, segundo relatou ao jornal britânico Evening Standard.

A advogada contatou a empresa onde Carter-Silk é sócio, Brown Rudnick, para reclamar do comportamento dele. "Quando recebi a mensagem, ia ignorar e deletar, mas depois que vi que ele era advogado, um representante da lei, e eu decidi que iria responder para colocar meu ponto de vista."
'Mal interpretado'

Carter-Silk é casado e vive com a esposa Jacqueline, de 60 anos, em Cambridge, Inglaterra.

Ele se manifestou por meio de uma página na internet voltada para advogados e profissionais da lei, RollOnFriday. "A maioria das pessoas coloca fotos pouco profissionais no Linkedin, meu comentário tinha como objetivo apenas valorizar a qualidade profissional da apresentação dela no Linkedin, o que foi mal interpretado, infelizmente."

Um porta-voz da empresa Brown Rudnick comentou a polêmica. "Nós estamos cientes dos comentários feitos por um membro da empresa em uma rede social particular. Pedimos desculpa pela ofensa e não temos mais nenhum comentário a fazer."

Matthew Scott, outro advogado e blogueiro britânico, esquentou a polêmica defendendo Carter-Silk.

"Acho que temos que observar como tudo se desenvolveu… Charlotte enviou uma mensagem para ele pedindo para que ele a adicionasse, então o primeiro contato foi feito por ela. Depois, ele elogiou a foto dela, então eu acho que o 'crime' que ele cometeu começou por ela", disse.

"Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural."
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline MarceliNNNN

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 431
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #7 Online: 11 de Setembro de 2015, 12:45:58 »
Nesse caso eu concordo que o Linkedin não é um lugar apropriado para fazer esse tipo de comentário.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #8 Online: 11 de Setembro de 2015, 13:08:57 »
Acho que concordo nesse ponto,

"Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural."


Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.805
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #9 Online: 13 de Setembro de 2015, 13:08:27 »
Nesse caso eu concordo que o Linkedin não é um lugar apropriado para fazer esse tipo de comentário.
Talvez, mas certamente assim como sergio colocou, este pensamento  reflete muito bem o que penso, "Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural." Chamar o comportamento dele de inadequado é até discutível, mas machista (crença na inferioridade das mulheres em relação aos homens) e misógino (ódio generalizado as mulheres) é um exagero sem tamanho, é sensacionalismo barato da pior qualidade.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #10 Online: 13 de Setembro de 2015, 15:27:07 »
Acho que concordo nesse ponto,

"Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural."
É claro que isso só funciona como um princípio. Os relacionamentos são feitos de pessoas, e não o contrário, então, o que vale no final é o respeito à opinião dos "que se vêem obliterados".

Offline MarceliNNNN

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 431
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #11 Online: 13 de Setembro de 2015, 15:59:14 »
Nesse caso eu concordo que o Linkedin não é um lugar apropriado para fazer esse tipo de comentário.
Talvez, mas certamente assim como sergio colocou, este pensamento  reflete muito bem o que penso, "Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural." Chamar o comportamento dele de inadequado é até discutível, mas machista (crença na inferioridade das mulheres em relação aos homens) e misógino (ódio generalizado as mulheres) é um exagero sem tamanho, é sensacionalismo barato da pior qualidade.

Abraços!
Concordo.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #12 Online: 29 de Outubro de 2015, 18:26:08 »
(2014)

http://time.com/41453/stephen-colbert-report-tweet/?iid=hl-article-mostpop2

Colbert Tweet Draws Accusations of Racism and #CancelColbert

O tweet era parte do texto do programa, onde ele fazia piada sobre o nome "Washington Redskins Original Americans Foundation", ironicamente ele mesmo então fazendo um ponto politicamente correto.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.453
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #13 Online: 23 de Agosto de 2017, 14:26:25 »
"Autoracismo"?
 :o
Citar
Facebook impede postagens de Neguinho da Beija-Flor por considerar 'neguinho' ofensivo
por Ancelmo Gois
20/08/2017 06:30

Isto pode, Zuckerberg?

Neguinho da Beija-Flor trocou de mal com o Facebook. A rede vem negando que ele impulsione algumas postagens em sua página. É que o sistema, veja só, alega que a palavra “Neguinho” é ofensiva.





Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.453
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #14 Online: 23 de Agosto de 2017, 14:26:39 »
Citar
Neguinho da Beija Flor é processado por cometer racismo contra si próprio
By Joselito Müller -
27/09/2013 832

O cantor e compositor conhecido até hoje por “Neguinho da Beija Flor”, compareceu à audiência, esta manhã, em ação promovida pelo Ministério Público que o acusou de cometer racismo contra si mesmo.

Segundo a denúncia, “o termo ‘Neguinho’ é depreciativo e denota indisfarçável racismo”.
Citar
    Para evitar a condenação, o réu fez um acordo com a promotoria, e de agora em diante será chamado de “Afrodescendentizinho da Beija Flor”.

Questionado sobre o que achou do acordo, Neguinho Afrodescendentizinho disse que “a acusação não fazia sentido, mas preferi fazer o acordo. Os tempos estão mudando e qualquer coisa nessa país é motivo pra processo hoje em dia”, desabafou.

 :lol:

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.032
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #15 Online: 23 de Agosto de 2017, 14:51:46 »
"Autoracismo"?
 :o
Citar
Facebook impede postagens de Neguinho da Beija-Flor por considerar 'neguinho' ofensivo
por Ancelmo Gois
20/08/2017 06:30

Isto pode, Zuckerberg?

Neguinho da Beija-Flor trocou de mal com o Facebook. A rede vem negando que ele impulsione algumas postagens em sua página. É que o sistema, veja só, alega que a palavra “Neguinho” é ofensiva.






Apesar do facebook estar cada vez mais se entregando ao politicamente correto e isso ser algo questionável, não podemos condenar esse caso visto que o algoritmo só analisa as palavras sem entender o contexto. Não é uma pessoa que está impedindo o Neguinho da beija flor de postar, mas um mero IA.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.453
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #16 Online: 23 de Agosto de 2017, 14:56:45 »

Apesar do facebook estar cada vez mais se entregando ao politicamente correto e isso ser algo questionável, não podemos condenar esse caso visto que o algoritmo só analisa as palavras sem entender o contexto. Não é uma pessoa que está impedindo o Neguinho da beija flor de postar, mas um mero IA.

De fato.

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.805
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #17 Online: 23 de Agosto de 2017, 15:53:26 »
Mesmo assim, "neguinho" ou "negão" raramente é usado de maneira pejorativa, pelo menos assim penso eu.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Gauss

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.132
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #18 Online: 23 de Agosto de 2017, 19:22:53 »
Uma IA programada para ser politicamente correta, diga-se de passagem.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.251
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #19 Online: 24 de Agosto de 2017, 08:49:14 »
By Tálio Do Pavia.   Agosto 2017

Citar
A LÓGICA DA MENTE POLITICAMENTE CORRETA

1. defende a PLURALIDADE CULTURAL, mas ataca religiões e princípios conservadores.

2. a favor da LIBERDADE DE EXPRESSÃO, mas reprime qualquer ideia contrária.

3. contra RACISMO e DISCRIMINAÇÃO SEXUAL, mas tem preconceito/aversão a caucasianos e héteros.

4. defende INCLUSÃO de deficientes físicos, mas apoia eugenia.

5. alega DÍVIDA HISTÓRICA, mas quer apagar a história derrubando estátuas "opressoras" ao invés de construir um monumento representando o "oprimido" ao lado.

6. defende a VIDA de quem comete crime hediondo, mas quer a morte de um inocente através do aborto.

7. defende as MINORIAS apoiando populismo e assistencialismo, mas não se importa se isso é financiado com bolso alheio, muito menos se são medidas ineficazes e falaciosas.

8. apoia a DEMOCRACIA, mas acha justo o governo cubano e venezuelano (além de não abrir mão de passar as férias nos EUA).

9. defensor da LIBERDADE INDIVIDUAL, mas só se for para usar drogas (machonha), pois é contra a liberdade de portar armas.

10. enxerga CULTURA DO ESTUPRO em tudo, mas dança até o chão ao som de funk vulgar, nesse estilo musical não enxerga tal cultura.

11. gritam pelos DIREITOS, esquecem dos deveres.
12. contra SEGREGAÇÃO, mas em qualquer situação banal rotula/classifica um indivíduo e vê preconceito em tudo.

13. se diz contra DOUTRINAÇÃO nas escolas, mas só quer apresentar uma versão como a correta para os estudantes.

14. é defensor da PAZ, mas faz manifestações violentas e comete depredações do espaço público.

15. defende a ADOÇÃO de menores abandonados, mas prefere que matem ainda no útero para evitar problema social futuro, desconsidera o direito a vida e os métodos anticonceptivos.

16. defende a ARTE, mesmo se ela for uma pixação não autorizada no patrimômio público ou privado.

17. defende a CRACOLÂNDIA, mas desde que ela não esteja na porta da sua casa.

18. é contra a POLÍCIA e o EXÉRCITO, mas quando o caos toma conta não liga para o Batman.

19. é contra a MERITOCRACIA, até sabe o preço de tudo, mas não sabe o valor de nada.

20. é a favor do AMOR ao semelhante, mas só se pensar semelhante, do contrário é ódio. hahahaha
https://www.facebook.com/luiz.leoni.50/posts/799536420207313

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #20 Online: 10 de Setembro de 2017, 06:23:35 »
Nesse caso eu concordo que o Linkedin não é um lugar apropriado para fazer esse tipo de comentário.
Talvez, mas certamente assim como sergio colocou, este pensamento  reflete muito bem o que penso, "Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural."


Não é um comportamento natural, é sim um comportamento socialmente aprendido.

Um ser da espécie Homo sapiens sapiens  só se torna humano  a partir das interações sociais que começa a ter após nascer, sem que haja interações sociais em quantidade e qualidade suficientes o ser não se tornará humano (e se a quantidade e a qualidade forem insuficientes este ser não realizará o máximo de seu potencial).

A atração em si certamente tem um componente genético, mas o comportamento de paquera é essencialmente socialmente aprendido.



Chamar o comportamento dele de inadequado é até discutível,


Concordo. E parece que foi mesmo inadequado, já que o Linkedin não é para paquera.


mas machista (crença na inferioridade das mulheres em relação aos homens) e misógino (ódio generalizado as mulheres) é um exagero sem tamanho, é sensacionalismo barato da pior qualidade.


Certamente não parece que a paquera do cara demonstre  "crença na inferioridade das mulheres em relação aos homens". E certamente que também não parece demonstrar "ódio generalizado as mulheres". Entretanto pessoas podem redefinir esses termos para baixo, de modo que eles fiquem menos exigentes.  Só que esta redefinição poderá estar caracterizando uma falácia de redefinição de termos  (como o velho e bom verdadeiro escocês).
« Última modificação: 10 de Setembro de 2017, 07:30:56 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #21 Online: 10 de Setembro de 2017, 06:29:41 »
Citação de: BBC BRASIL
"Isso não é Tinder!": advogada denuncia cantada no Linkedin e causa polêmica

[img width=615 height=300]http://imguol.com/c/noticias/3b/2015/09/11/11set2015---essa-era-a-foto-de-charlotte-proudman-no-linkedin-muito-elogiada-por-alexander-carter-silk-

"Eu entendo que isso seja completamente politicamente incorreto, mas essa sua foto é deslumbrante! Você definitivamente ganhou o prêmio de melhor foto do Linkedin que eu já vi por aqui", escreveu Carter-Silk para ela.



E o cara sabia que poderia dar problema, mesmo assim ele não resistiu  ao comportamento de paquera no Linkedin.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #22 Online: 10 de Setembro de 2017, 06:34:55 »
Nesse caso eu concordo que o Linkedin não é um lugar apropriado para fazer esse tipo de comentário.


Linkedin não tem por finalidade fazer contatos de paquera.  Linkedin não foi feito para iniciar contato casual e/ou namoro. Portanto, o cara utilizou o Linkedin de forma errada.  Nada contra ele ter ficado atraido por ela, só que ele não deveria ter escrito isso no Linkedin.






Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 19.106
  • Sexo: Masculino
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #23 Online: 10 de Setembro de 2017, 08:49:51 »
Nesse caso eu concordo que o Linkedin não é um lugar apropriado para fazer esse tipo de comentário.


Linkedin não tem por finalidade fazer contatos de paquera.  Linkedin não foi feito para iniciar contato casual e/ou namoro. Portanto, o cara utilizou o Linkedin de forma errada.  Nada contra ele ter ficado atraido por ela, só que ele não deveria ter escrito isso no Linkedin.







Não acompanhava o tópico mas acho que a muié teve razão ao chiar.

Se a rede serve apenas para expor o perfil profissional e ela não deu qualquer motivo para mal entendido não tem que aturar cantada de ninguém,  principalmente por ser casada, ser exposta em um ambiente público e saber que muita gente já perdeu emprego por comentários mal pensados e colocados na internet.





« Última modificação: 10 de Setembro de 2017, 11:01:11 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.805
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Vítimas do politicamente correto
« Resposta #24 Online: 10 de Setembro de 2017, 21:24:21 »
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!