Autor Tópico: O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri  (Lida 7943 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 19.106
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #250 Online: 03 de Janeiro de 2018, 19:14:25 »
Não foi exatamente o que quebrou o país? Distribuição de verbas para emendas parlamentares que se tornaram uma inesgotável fonte de desvios?

E vc quer triplicar ou quadruplicar?

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #251 Online: 03 de Janeiro de 2018, 19:28:27 »
Não foi exatamente o que quebrou o país? Distribuição de verbas para emendas parlamentares que se tornaram uma inesgotável fonte de desvios?

E vc quer triplicar ou quadruplicar?


Não, não foi.  As verbas parlamentares são pequenas em relação às outras rubricas do orçamento.


« Última modificação: 03 de Janeiro de 2018, 19:36:22 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 19.106
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #252 Online: 03 de Janeiro de 2018, 22:25:00 »
Não foi exatamente o que quebrou o país? Distribuição de verbas para emendas parlamentares que se tornaram uma inesgotável fonte de desvios?

E vc quer triplicar ou quadruplicar?


Não, não foi.  As verbas parlamentares são pequenas em relação às outras rubricas do orçamento.




As verbas podem ser pequenas em relação ao orçamento mas só como exemplo do que o toma lá dá  cá pode fazer, a Petrobrás entrou em um acordo nos EUA para pagar 10 bilhões aos acionistas que foram prejudicados.

É apenas o estrago de uma das empresas roubadas no governo PT.

O estrago não se resume ao tamanho da propina recebida ou ao dinheiro desviado, a empresa deixa de render e produzir o que poderia, as outras sofrem com concorrência desleal, a população deixa de ter serviços melhores e mais baratos para ficar nas mãos de apadrinhados.

Essa merda só vai acabar quando o otário do brasileiro entender que em país onde o jeitinho ajuda uns a levarem vantagem sobre os outros todo mundo vive na lama.

O melhor modo de acabar com o toma lá dá cá é  fazer o que o Moro está fazendo, colocar vagabundo na cadeia seja quem for.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #253 Online: 04 de Janeiro de 2018, 07:56:28 »
Não foi exatamente o que quebrou o país? Distribuição de verbas para emendas parlamentares que se tornaram uma inesgotável fonte de desvios?

E vc quer triplicar ou quadruplicar?

Não, não foi.  As verbas parlamentares são pequenas em relação às outras rubricas do orçamento.


As verbas podem ser pequenas em relação ao orçamento mas só como exemplo do que o toma lá dá  cá pode fazer, a Petrobrás entrou em um acordo nos EUA para pagar 10 bilhões aos acionistas que foram prejudicados.

É apenas o estrago de uma das empresas roubadas no governo PT.

O estrago não se resume ao tamanho da propina recebida ou ao dinheiro desviado, a empresa deixa de render e produzir o que poderia, as outras sofrem com concorrência desleal, a população deixa de ter serviços melhores e mais baratos para ficar nas mãos de apadrinhados.

Essa merda só vai acabar quando o otário do brasileiro entender que em país onde o jeitinho ajuda uns a levarem vantagem sobre os outros todo mundo vive na lama.

O melhor modo de acabar com o toma lá dá cá é  fazer o que o Moro está fazendo, colocar vagabundo na cadeia seja quem for.


Mas a troca de favores a que eu estou me referindo é algo legal, não é algo ilegal.  Pode ser eticamente feio para alguns, mas em termos de política realista é um caminho bem viável.  O contrário tende a ser uma mera fantasia, ou seja, imaginar que pessoas normais (no Brasil, e em países similares) com poder vão fazer algo significativo sem que recebam nada de significativo em troca.  Isso é de uma ingenuidade política enorme.


 :)



« Última modificação: 04 de Janeiro de 2018, 08:32:28 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #254 Online: 04 de Janeiro de 2018, 08:02:15 »



Muitas  pessoas  parecem não entender ou não querer entender e aceitar a importância da ideia de que: pessoas são movidas a incentivos (ou que pessoas reagem a incentivos).


 :)

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.765
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #255 Online: 04 de Janeiro de 2018, 08:33:56 »

Como está na oração de São Francisco: é dando que se recebe. 


 :hihi:

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 19.106
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #256 Online: 04 de Janeiro de 2018, 20:29:21 »
Citar
Mas a troca de favores a que eu estou me referindo é algo legal, não é algo ilegal.  Pode ser eticamente feio para alguns, mas em termos de política realista é um caminho bem viável.  O contrário tende a ser uma mera fantasia, ou seja, imaginar que pessoas normais (no Brasil, e em países similares) com poder vão fazer algo significativo sem que recebam nada de significativo em troca.  Isso é de uma ingenuidade política enorme.

Por isso eu disse que o brasileiro nunca sairá da merda, não sou ingênuo a ponto de pensar que um dia essa República Bananeira vai mudar.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 19.106
  • Sexo: Masculino
Re:O novo estilo de governo na Argentina - Mauricio Macri
« Resposta #257 Online: 04 de Janeiro de 2018, 20:33:06 »

Como está na oração de São Francisco: é dando que se recebe. 


 :hihi:

O São Francisco pode dar para todo mundo se quiser.

Pouco importa.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!