Autor Tópico: Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)  (Lida 6102 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Online: 22 de Agosto de 2017, 08:23:11 »
A idéia do tópico foi do Andarilho-terrestre-2 e visa reunir "pérolas" espiritóides de livros, palestras e vídeos.

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=30119.msg946709#msg946709

Vamos iniciar com a "Colônia Alvorada Nova"... :histeria:

Citação de: Wikipedia
O termo Colônia Espiritual Alvorada Nova, segundo os seguidores da Doutrina Espírita, designa uma suposta colônia espiritual localizada sobre as cidades de Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande e Cubatão, no litoral paulista.[1][2]

Essa colônia foi noticiada e descrita pela primeira vez no livro Nosso Lar[3][4], de Chico Xavier, alegadamente pelo espírito de André Luiz:

"– Partiu daqui a interessante formação de Ministérios?

– Sim, os missionários da criação de "Nosso Lar" visitaram os serviços de "Alvorada Nova", uma das colônias espirituais mais importantes que nos circunvizinham e ali encontraram a divisão por departamentos. Adotaram o processo, mas substituíram a palavra departamento por Ministério, com exceção dos serviços regeneradores, que, somente com o Governador atual, conseguiram elevação. Assim procederam, considerando que a organização em Ministérios é mais expressiva, como definição de espiritualidade."[5]

A segunda informação sobre Alvorada Nova foi dada no livro Os Mensageiros[6][7], de Chico Xavier, pelo espírito de André Luiz:

"Aniceto voltou a considerar, após silêncio mais longo:

— Estive pessoalmente, a semana passada, em “Alvorada Nova”, que fica em zonas mais altas, e vim a saber que avançados núcleos de espiritualidade superior, dos planetas vizinhos, desde as primeiras declarações desta guerra, determinaram providências de máxima vigilância, nas fronteiras vibratórias mantidas conosco. Ensinam-nos os vizinhos beneméritos que devemos suportar, nos próprios ombros, toda a produção de mal que levarmos a efeito. Somos, finalmente, a casa grande, obrigada a lavar a roupa suja nas próprias dependências."[8]

Essa cidade espiritual, como também outras, para onde seriam levados os espíritos socorridos vindos de várias partes do umbral e da crosta terrestre, contaria com uma vasta rede viária, meios de transporte, arborização, praças, teatros, hospitais, escolas e outros.
Wikipedia

« Última modificação: 22 de Agosto de 2017, 08:29:04 por Gigaview »

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #1 Online: 22 de Agosto de 2017, 09:35:47 »
Os “espíritos” depois de Nosso Lar do Chicão Xavier, construíram mais um monte de colônias.

A Alvorada Nova foi uma delas. Agora de São Paulo Capital, de um livro editado pela Federação espírita do Estado de São Paulo (aquela que encontraram um homem morto dentro de um banheiro depois de 2 dias.... ) em que é dito:

“Quando na década de 40, tivemos o contato com Dr. Bezerra de Menezes, através da mediunidade da Sra. N.A., ele os asseverou que: “No mundo, o Brasil; no Brasil, esta terra que tem o nome do grande Apóstolo, e aqui, ESTA NOSSA CASA, QUE SERÁ UM FAROL A ILUMINAR A HUMANIDADE.””

O livro é Instituto de Confraternização Universal e a “médium” que psicografou , segundo eles, é a melhor que já houve na FEESP, sendo “inspecionada” pelo próprio Comandante EDGARD ARMOND  :  “quem reconhecia e estimava tal comportamento era o Comandante Edgard Armond, que no desempenho de sua atuação como medianeira. Ele, diga-se de passagem, era um INVESTIGADOR CRITERIOSO E ARGUTO, que não se dava por satisfeito se pairasse qualquer DÚVIDA OU SUSPEITA NA INFORMAÇÃO MEDIÚNICA. ”

*Edgard Armond:  http://www.institutochicoxavier.com/index.php/informativo/biografia-2/2138-biografia-de-edgard-armond

•   EIS A COLÔNIA

“Um outro fato de subido valor, que desejamos destacar, foi a revelação DA EXISTÊNCIA DE UMA COLÔNIA ESPIRITUAL, AQUI, SOBRE A CIDADE DE SÃO PAULO, em forma de uma grande cruz, em cujo centro dos braços fica o centro da cidade – A REGIÃO COMPREENDIDA ENTRE OS BAIRROS DA LIBERDADE E BELA VISTA, e pelo lado da Bela Vista fica o edifício do Instituto de Confraternização Universal -, onde se localiza nossa Federação, conforme afirma nossa cara irmã.”

•   QUEM É O RESPONSÁVEL (SÓ PODER SER ELE, O ONIPRESENTE BEZERRA)

“ Desde a sua fundação, em 12 de julho de 1936, a Federação Espírita do Estado de São Paulo conta com a proteção e a assistência do Venerável Dr. Adolfo Bezerra de Menezes.”

•   E MAIS COLÔNIAS

‘“Até a terceira camada, onde estão situadas Colônias como o “Nosso lar”, no Rio de Janeiro, o “Porto da Paz” em Recife, e o INSTITUTO DE CONFRATERNIZAÇÃO, em São Paulo, ainda encontramos criaturas errantes, buscando abrigo.”
•   MELHOR QUE NOSSO LAR PARA IMPEDIR ENTRADA DE “PEDINTES” – NÃO HÁ NECESSIDADE DE CERCAS:

“Segundo as descrições de André Luiz, “Nosso Lar”, além dos muros, POSSUI CERCAS QUE PERMITEM AOS VIGILANTES SELECIONAR OS PEDINTES, porém, aqui em São Paulo, AS NOSSAS CASAS POSSUEM BARREIRAS VIBRATÓRIAS INVISÍVEIS AOS OLHOS DOS ERRANTES], AS QUAIS IMPEDEM A PENETRAÇÃo daquele que vier imbuído de pensamentos negativos.

•   PRECONCEITO DANADO CONTRA ANÕES (A médium e seus espíritos sugerem que os mesmos não são inteligentes por conta do tamanho, raciocínio tacanho é a mesma coisa que dizer que um individuo menos dotado não consegue ter filhos com sua parceria )...

“ Apresentam-se como uma legião de anões, oriundos de diversas partes do Espaço; existem os de tez clara, olhos azuis ou esverdeados; existem os típicos mongóis de olhos amendoados e, ainda, os de origem africana.

São Espíritos que ainda não desenvolveram a inteligência, a ponto de não modificarem a própria forma, porém, sentindo necessidade de transformação, procuram desenvolver o sentimento da solidariedade.

Os orientadores espirituais, principalmente aqueles que dirigem o socorro espiritual às crianças, os utilizam, com frequência, para manterem a higiene nos locais de trabalho; daí, a confusão de alguns médiuns, que julgavam ver crianças trabalhando.
Em 50 anos de lides mediúnicas, nunca encontramos Espíritos desencarnados com pouca idade, em tarefa na Terra.
Quanto aos espíritos-anões, que já tem consciência do Bem e do Mal e sabem que só ajudando é que serão ajudados, são orientados pelos Benfeitores, a prestar colaboração, não só em serviços de higiene, mas também a cuidar de determinadas crianças com mediunidade, brincando com elas, para que não se assustem vendo seres etéreos.”

Offline Gorducho

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.305
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #2 Online: 22 de Agosto de 2017, 11:11:39 »
Acho que foi nesse incidente que começou a guerra dos espíritos da turma do Dr. Bezerra contra os espíritos judeus...
Os espíritos judeus se achegaram no Centro Espírita com seus espíritos-cachorrões e lupinos, ficaram atolados em fluídos dos cristãos, e acharam que os cristãos tinha preparado uma cilada pra eles. Quando na real fora o contrário, pois eles é que se aprochegaram...
Nesse comenos, um dos vigilantes que se encontravam à porta de entrada da instituição, veio notificar-nos que o grupo de rabinos judeus acercava-se, apresentando-se de maneira pomposa, com indumentárias extravagantes e o sumo sacerdote Eliachim ben Sadoch, à frente, caminhava com orgulho mal-disfarçado, estampando uma carantonha de ódio e soberba. Acolitado por mais de uma centena de outros chefetes, igualmente portadores de semblantes ferozes, alguns com visíveis deformações, deteve-se à porta principal.
Cães amestrados, que pareciam anteriormente seres humanos, ora hipnotizados, assumindo formas animalescas, em razão da crueldade de que se fizeram portadores durante as existências anteriores, evitavam que grande número de adeptos e de vitimados pelos administradores da triste coorte gerassem qualquer embaraço.

Tenho que ver pra trás quem provocou quem primeiro e por que
 :?:
...
— Não tem fundamento a sua afirmação de que os traímos, atraindo-os para uma cilada, porquanto, o desafio partiu do respeitável amigo, desafio que aceitamos para um encontro de esclarecimento, não para uma batalha que caracterizasse o Armagedom bíblico, a que se apega, em plano de vingança e de guerra.
— Não ficarei aqui — reagiu com ferocidade, retorcendo-se nos equipamentos mediúnicos — ouvindo suas arengas muito conhecidas minhas, vítima que fui, mais de uma vez, dos argumentos mentirosos dos infames cristãos. Batamos em retirada. Muitas vezes, o recuo é a melhor estratégia num combate, especialmente quando a tropa é vítima da vilania e da sordidez do adversário que a atraiu para o fosso de torpe armadilha. Nunca os cristãos terão qualquer tipo de dignidade para o enfrentamento com a verdade que se encontra na Torá, e jamais nas falsas palavras desse adversário de Israel, que foi justamente castigado.
« Última modificação: 22 de Agosto de 2017, 11:19:37 por Gorducho »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #3 Online: 22 de Agosto de 2017, 11:26:36 »
Cães amestrados? Acho que Kardec não iria gostar disso. :histeria:





« Última modificação: 22 de Agosto de 2017, 11:30:40 por Gigaview »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #4 Online: 22 de Agosto de 2017, 13:28:02 »
PQP!!!

Quanta idiotice...
Foto USGS

Offline Gorducho

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.305
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #5 Online: 22 de Agosto de 2017, 13:43:58 »
De fato eu me expressei maus  :vergonha:
Não são de fato espíritos-cachorros ou lupinos, mas espíritos de (ex, claro...) humanos que se auto-[ca/lupi]nificam pela própria maldade.
E de "amestrados" não têm nada: tão é bem atados mesmo.
E cá temos explicitamente detonado o dogma kardecista da não retrogradação :!:
Mas, claro: quando dogmas espíritas são derrubados, Sr. Spencer "desaparece"...

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #6 Online: 22 de Agosto de 2017, 14:17:45 »
Mas os emmanuelistas acreditam em espíritos caninos, não é? Será que tem alguma colônia com jardim zoológico?

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #7 Online: 22 de Agosto de 2017, 14:27:03 »
PQP!!!

Quanta idiotice...

Nem acho que idiotice seja a palavra adequada. É nessas horas que sinto falta de uma palavra que expresse a magnitude de uma besteira de dimensões incomensuráveis.

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #8 Online: 22 de Agosto de 2017, 15:40:43 »
O SPENCER e todos os espíritas são "monitorados" real time :

"Depois de nos libertarmos dos nossos pontos de vista “terrenos”, fomos novamente convidados a conhecer o Salão da Direita, e, qual não foi a nossa surpresa, ao nos defrontarmos com um enorme fichário, onde milhões de fichas se encontravam destacadas por cores diversas.

Perguntamos o que, ou melhor, de quem eram aquelas fichas, e os Espíritos Maiores nos disseram que todos aqueles que, através das Escolas de Aprendizes, ou de uma reforma íntima, se tornaram discípulos de Jesus estavam ali fichados, para que fossem acompanhados no seu desenvolvimento terreno.

Com essa explicação soubemos que todos os anos os Benfeitores responsáveis descem à Terra, para analisar tudo o que fazemos e o que fizemos; eles vêm munidos de um pequeno aparelho filmador; verificam e filmam, através do nosso pensamento, a capacidade que tivemos de servir e de amar.

Essa película adquirida vai juntar-se à ficha guardada no Salão da Direita, no Plano Maior.

À proporção que o trabalhador terreno se aprimora, sua ficha vai ganhando colorido mais luminoso."

Com toda essa "tecnologia" 1 espírito sequer foi avisar qualquer médium de que havia 1 corpo já usado no banheiro da maior federação espirita segundo Dr.Bezerra !!!

Falei isso para um espírita e ele me respondeu que "provavelmente" estava no relatório de planejamento de reencarnações que o senhor  deveria morrer daquela forma e que a FEESP passaria por provação por excesso de vaidades...
 :hmph:

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #9 Online: 22 de Agosto de 2017, 15:49:12 »
De onde de saiu essa xaropada de "tecnologia" de fichas e "aparelho filmador" de pensamento? Parece coisa de trash film de ficção científica da década de 50. O espiritismo é trash.

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.132
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #10 Online: 22 de Agosto de 2017, 16:43:17 »
Fico sinceramente impressionado que alguém possa acreditar de verdade em uma besteirada destas.
"Deus prefere os ateus"

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #11 Online: 22 de Agosto de 2017, 16:53:01 »
De onde de saiu essa xaropada de "tecnologia" de fichas e "aparelho filmador" de pensamento? Parece coisa de trash film de ficção científica da década de 50. O espiritismo é trash.


http://shopping.uol.com.br/instituto-de-confraternizacao-universal-e-as-fraternidades-do-espaco-martha-gallego-thomaz-8573660775.html#rmcl

http://feesp.com.br/sobre-a-feesp/precario/

Offline Gorducho

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.305
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #12 Online: 22 de Agosto de 2017, 16:55:13 »
Mas os emmanuelistas acreditam em espíritos caninos, não é?
:ok:
Só que são espíritos que ainda não encarnaram em hominais, ao contrário daqueles que os espíritos judeus traziam encoleirados.
- Lá vêm eles!
Identifiquei a caravana que avançava em nossa direção, sob a claridade branda do céu. De repente, ouvi o ladrar de cães, a grande distância.
- Que é isso? - interroguei, assombrado.
- Os cães - disse Narcisa - são auxiliares preciosos nas regiões obscuras do Umbral, onde não estacionam somente os homens desencarnados, mas também verdadeiros monstros, que não cabe agora descrever.
A enfermeira, em voz ativa, chamou os servos distantes, enviando um deles ao interior, transmitindo avisos. Fixei atentamente o grupo estranho que se aproximava devagarinho. Seis grandes carros, formato diligência, precedidos de matilhas de cães alegres e bulhentos, eram tirados por animais que, mesmo de longe, me pareceram iguais aos muares terrestres. Mas a nota mais interessante era os grandes bandos de aves, de corpo volumoso, que voavam a curta distância, acima dos carros, produzindo ruídos singulares.

Essas aves que Dr. André fala são ibis viajores, que comem maus pensamentos.
Agora comparem o inferno III mundo, brasileiro, interior de MG, do CX, com carretas puxadas por mulas, com o inferno português [Memórias de um Suicida médium D. Yvonne], com endereços das grutas, tablete c/mapas e nomes das almas; e trem pro céu. Daqueles da civilização mesmo, que a gente acha que é a estação que começou a andar...
O conhecido rumor aproximava-se cada vez mais...
...
Até que, dentro da atmosfera densa e penumbrosa, surgiram os carros brancos, rompendo as trevas com poderosos holofotes.
Estacionou o trem caravaneiro na praça lamacenta. Desceu um pelotão de lanceiros. Em seguida, damas e cavalheiros, que pareciam enfermeiros, e mais o chefe da expedição, o qual, como anteriormente esclarecemos, se particularizava por usar turbante e túnica hindus.
Silenciosos e discretos iniciaram o reconhecimento daqueles que seriam socorridos. A mesma voz austera que se diria, como das vezes anteriores, vibrar no ar, fez, pacientemente, a chamada dos que deveriam ser recolhidos, os quais, ouvindo os próprios nomes, se apresentavam por si mesmos.
Outros, porém, por não se apresentarem a tempo, impunham aos socorristas a necessidade de procura-los.
Mas a estranha voz indicava o lugar exato em que estariam os míseros, dizendo simplesmente:
“– Abrigo número tal... Rua número tal...”
Ou, conforme a circunstância:
“– Dementado... Inconsciente... Não se encontra no abrigo... Vagando em tal rua... Não atenderá pelo nome... Reconhecível por esta ou aquela particularidade...”
Dir-se-ia que alguém, de muito longe, assestava poderosos telescópios até nossas desgraçadas moradas, para assim informar detalhadamente do momento decorrente a expedição laboriosa...
Os obreiros da Fraternidade consultavam um mapa, iam rapidamente ao local indicado e traziam os mencionados, alguns carregados em seus braços generosos, outros em padiolas...
De súbito ressoou na atmosfera dramática daquele inferno onde tanto padeci, repercutindo estrondosamente pelos mais profundos recôncavos do meu ser, o meu nome, chamado para a libertação! Em seguida, ouviram-se os dos quatro companheiros que comigo se achavam presentes na praça. Foi então que lhes conheci os nomes e eles o meu.
Disse a voz longínqua, como servindo-se de desconhecido e poderoso alto falante:
“– Abrigo número 36 da rua número 48 – Atenção!... Abrigo número 36 – Ingressar no comboio de socorro – Atenção!...
.
...
Entrei. Eram carros amplos, cômodos, confortáveis, cujas poltronas individuais como que estofadas com arminho branco apresentavam o espaldar voltado para os respiradores, que dir-se-iam os óculos das modernas aeronaves terrenas. Ao centro quatro poltronas em feitio idêntico, onde se acomodaram enfermeiros, tudo indicando que ali permaneciam a fim de guardar-nos.
Ouviu-se no interior o tilintar abafado de uma campainha, seguido de movimento rápido de suspensão de pontes de
acesso e embarque dos obreiros. Pelo menos foi essa a série de imagens mentais que concebi...
O estranho comboio oscilou sem que nenhuma sensação de galeio e o mais leve balanço impressionassem nossa sensibilidade.
« Última modificação: 22 de Agosto de 2017, 18:58:09 por Gorducho »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #13 Online: 22 de Agosto de 2017, 18:07:51 »
Citar
Essas aves que Dr. André fala são ibis viajores, que comem maus pensamentos.

 :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:

Offline Gorducho

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.305
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #14 Online: 22 de Agosto de 2017, 18:54:34 »
Explica a Narcisa:
Os cães facilitam o trabalho, os muares suportam cargas pacientemente e fornecem calor nas zonas onde se faça necessário; e aquelas aves - acrescentou, indicando-as no espaço -, que denominamos íbis viajores, são excelentes auxiliares dos Samaritanos, por devorarem as formas mentais odiosas e perversas, entrando em luta franca com as trevas umbralinas.

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #15 Online: 23 de Agosto de 2017, 09:04:41 »
 :histeria: :histeria:

UM FORRÓ NO UMBRAL(Saara Nousiainen)

“ Anastácio cambaleia nos sofrimentos de um enfarte. Aperta o peito com as mãos.
Cai, estrebuchando nas angústias do desencarne e, finalmente, fica imóvel.

Sente-se arrastado, não sabe para onde. Aos poucos, começa a ouvir gemidos, gargalhadas e uivos distantes, que vão se aproximando.  Reflexos de luzes alaranjadas e avermelhadas de uma fogueira dão ao ambiente um tom umbralino.

Figuras grotescas, suadas e com as roupas em desalinho, arrastam-se ao som de uma sanfona desafinada e estridente, que toca música de forró.

A um canto, um homem observa. É Jerônimo, administrador daquele núcleo. Anastácio também começa a dançar junto com os outros, movido por forças estranhas. Tenta parar e não consegue. Finalmente se deixa arrastar naquela dança estranha, enquanto grita:

– Mas o que é isso?... Será que estou ficando louco? Por que não consigo parar?
Desesperado, levanta o rosto para o alto:

– Meu Deus, o que está acontecendo?... Me ajuda! Tem misericórdia de mim!”

Jerônimo se aproxima. O tom da voz denota piedade, quando diz:

– Passou a vida inteira em centro espírita e não percebe que já desencarnou

– Então é assim?... Uma vida inteira votada ao Espiritismo... e termino num
horrível e asqueroso forró?... Olha na direção do núcleo do forró e conclui:”

A música fica mais alta e Anastácio é novamente arrastado por aquela força, misturando-se aos demais. Uma hora mais tarde, quando ela pára, encosta-se na parede, arfante.

Os outros se estendem no chão, exaustos. Após curto descanso Jerônimo e Marieta se aproximam.”

   [/youtube]



Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #16 Online: 23 de Agosto de 2017, 09:12:29 »
 :histeria: Devia ter uma versão com espíritos materializados.

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #17 Online: 23 de Agosto de 2017, 09:33:27 »
 :histeria:  e isso é o "desencarne" de um cara super espirita , parece-me que é um diretor de centro .  A obra é tosca, ainda bem que hoje em dia tem PDF e dá pra baixar.

Tem gente que fala: ah, mas toda religião tem "besteiras" : a bíblia por exemplo, com seu jumento falante e um cara dentro da baleia por 3 dias , entretanto, o "espiritismo" é "obra moderna" e além disso alega ser ciência.

Se eu fosse espírita hoje diria que as "obras complementares" acabaram por sepultar de vez a tal ciência. Kardec tem muita bobagem também como a mansão de Mozart, que os negros vão desaparecer etc. mas no Brasil o que tem de obra TOSCA, TRASH não está no gigi cara! 

 :olheira:

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #18 Online: 23 de Agosto de 2017, 14:01:31 »
 :susto: :oba:

"Quando Maria, sendo Jesus, na aparência, pequenino, lhe dava o seio - o leite era desviado pelos Espíritos superiores que o cercavam, de um modo bem simples: em vez de ser sorvido pelo "menino", que dele não precisava, era restituído à massa do sangue por uma ação fluídica, que se exercia sobre Maria, inconsciente dela.

Se um magnetizador, no interesse de um doente, quiser deter a circulação e a emissão do leite, não deixará este de circular e de sair? E pretendereis que a nossa influência sobre vós seja menor do que a que exerceis vós mesmos uns sobre os outros?
Não vos espanteis tampouco de que Maria tivesse leite, uma vez que não sofrera a maternidade humana e era virgem.

A virgindade nada influi em tais casos. Não vos detenhais neste ponto;

Em Maria, a decomposição se operou porque o sangue, por efeito do magnetismo espiritual e de uma ação fluídica, foi latificado. Depois, por ocasião da amamentação aparente, o leite que se formara era, a seu turno, decomposto e cada uma de suas partes, como já o dissemos, restituída à massa do sangue.

Haveis de compreender que, nesse período do aparecimento de Jesus, diante da natureza perispirítica da sua aparente corporeidade humana, tudo se havia de realizar nas mais fáceis condições, tudo tinha que concorrer para o fim visado e concorreu, de maneira que se desse o que devia dar-se."

Os quatro evangelhos - TOMO I - Jean Baptiste Roustaing : "

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.132
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #19 Online: 23 de Agosto de 2017, 16:50:35 »
:susto: :oba:

"Quando Maria, sendo Jesus, na aparência, pequenino, lhe dava o seio - o leite era desviado pelos Espíritos superiores que o cercavam, de um modo bem simples: em vez de ser sorvido pelo "menino", que dele não precisava, era restituído à massa do sangue por uma ação fluídica, que se exercia sobre Maria, inconsciente dela.

Se um magnetizador, no interesse de um doente, quiser deter a circulação e a emissão do leite, não deixará este de circular e de sair? E pretendereis que a nossa influência sobre vós seja menor do que a que exerceis vós mesmos uns sobre os outros?
Não vos espanteis tampouco de que Maria tivesse leite, uma vez que não sofrera a maternidade humana e era virgem.

A virgindade nada influi em tais casos. Não vos detenhais neste ponto;

Em Maria, a decomposição se operou porque o sangue, por efeito do magnetismo espiritual e de uma ação fluídica, foi latificado. Depois, por ocasião da amamentação aparente, o leite que se formara era, a seu turno, decomposto e cada uma de suas partes, como já o dissemos, restituída à massa do sangue.

Haveis de compreender que, nesse período do aparecimento de Jesus, diante da natureza perispirítica da sua aparente corporeidade humana, tudo se havia de realizar nas mais fáceis condições, tudo tinha que concorrer para o fim visado e concorreu, de maneira que se desse o que devia dar-se."

Os quatro evangelhos - TOMO I - Jean Baptiste Roustaing : "


pqp  :o  :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:
"Deus prefere os ateus"

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #20 Online: 23 de Agosto de 2017, 17:11:44 »
Esse livro do JB Roustaing festival de besteiras nossa. Resumindo: todos eram enganados pela espiritualidade superior. Desde Maria, José, apóstolos, quem viu ele sendo crucificado  :histeria:

Ó principio: os fins justificam os meios é bem presente nessa obra! :demente:

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.132
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #21 Online: 23 de Agosto de 2017, 17:18:29 »
Esse tópico está no lugar errado, devia ser na sala de piadas e brincadeiras.
"Deus prefere os ateus"

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.075
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #22 Online: 23 de Agosto de 2017, 20:04:38 »
Esse tópico está no lugar errado, devia ser na sala de piadas e brincadeiras.

Os crentes levam isso a sério. Poderiam ficar ofendidos se estivesse na sala de piadas e brincadeiras. Mas isso não nos impede de rir porque é, de fato, tudo muito engraçado.

Para os crentes a existência dos espíritos já foi claramente provada. Citam a contribuição das irmãs Fox e o trabalho de outros médiuns consagrados como Florence Cook, D.D. Home, Eusápia Paladino, Helen Duncan, etc, as pesquisas de grandes cientistas como Crookes, Oliver Lodge, Camille Flammarion, dentre outros.

Tudo isso para nos brindar com essas bobagens e bizarrices que envolvem íbis viajores devoradoras de maus pensamentos, moradia de Mozart em Júpiter, prisão em Plutão, habitantes do Sol e outras esquisitices que parecem ter saído de mentes doentias, evidentemente perturbadas.

Acreditar nessas besteiras é consequência da falta de pensamento crítico que originalmente admitiu a existência dos espíritos sem provas. A partir daí, todo tipo de pensamento mirabolante é naturalmente esperado e para eles não tem graça alguma e, infelizmente, se tornam sérios objetos de fé cega.

« Última modificação: 23 de Agosto de 2017, 20:08:20 por Gigaview »

Offline Gorducho

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.305
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #23 Online: 23 de Agosto de 2017, 20:33:15 »
Vale sublinhar que Roustaing – e portanto o fato do (supostamente existente) Jesus Cristo ter enganado a mãe dele fingindo mamar – era ou ainda é  :?: ponto ESTATUTÁRIO da Federação Espírita Brasileira FEB.
Sr. Spencer tem se esquivado de me dizer se ainda segue lá.
Dr. Bezerra, que foi quem mais insistiu pra que isso fosse estatutário, há 117 anos fala e escreve – são literalmente centenas de pronunciamentos psicofonizados ou psicografados...– em tudo quanto é lugar, analisa o trabalho e aconselha a direção da FEB, é amigo da Celina assessora da Maria (imagino que ela seja a que foi mãe do Emmânuel em Laon), mas sobre isso fica completamente silente
 :vergonha:   
« Última modificação: 23 de Agosto de 2017, 20:53:44 por Gorducho »

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 148
  • Sexo: Masculino
Re:Festival de bizarrices e esquisitices espíritas (livros e palestras)
« Resposta #24 Online: 24 de Agosto de 2017, 09:20:40 »
 :biglol:  Sim, exatamente, o "espírito Dr.Bezerra" nunca se pronunciou sobre isso, nem ao menos entrou na celeuma judicial envolvendo a FEB x espíritas contrários ao Roustaing.

Recordo-me que na FEESP os expositores eram instruídos a não falar sobre Roustaing e se algum aluno perguntasse falar rapidamente sobre a obra dele e que Kardec não a recomendava como um todo.

Mas é como você diz: não há espíritos desencarnados na jogada, só encarnados!

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!