Autor Tópico: Teoria da conspiração marxista  (Lida 243 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Chico

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 9
  • Sexo: Masculino
Teoria da conspiração marxista
« Online: 10 de Janeiro de 2018, 22:14:30 »
Esta teoria foi apresentada por um amigo, fã de Bolsonaro. A princípio, ele é visto como intelectual por causa dos cursos, livros e artigos que ele viu; mas por outro lado, por ser cristão convicto, isso se torna questionável. Ele leu Dawkins e considera o livro dele ridículo, afirma que Tomás de Aquino "prova" que o deus do cristianismo existe e que há artigos que negam o aquecimento global.

Esta teoria foi muito bem planejada e embora ela tenha muitos absurdos e inconsistências, ela deixa muitos pontos aberto que fazem questionar se é verdade ou mentira. Como não sou da área de humanas, não tenho conhecimento para analisar isso e nem paciência para perder tempo conhecendo informações para depois saber que são mentiras.

Por isso venho aqui, onde o pessoal está acostumado com polêmica sem preconceito ou fanatismo, perguntar se já ouviram falar nessa teoria e se ela já foi refutada.


Citar
De acordo com um homem chamado Olavo de Carvalho, há uma conspiração nos Estados Unidos, na Europa e no Brasil de fazer uma revolução marxista lentamente. Antes da segunda guerra, Antônio Gramsci e a Escola de Frankfurt criaram um projeto chamado Marxismo cultural, cujo objetivo é modificar a cultura lentamente para que a população aceite o marxismo e assim fazer uma revolução no futuro. Para isso, eles querem destruir os três pilares que dão base à cultura ocidental: a moral judaico-cristã, a filosofia grega e o direito romano.

Esse projeto é apoiado por comunistas, globalistas e islâmicos. Comunistas querem implantar o comunismo, globalistas querem um governo central e os islâmicos querem criar um califado global. Os comunistas são marionetes usadas como idiotas úteis, que fazem campanhas políticas de esquerda, manipulados por globalistas, que são membros da mais alta burguesia que os comunistas tanto odeiam. Essa burguesia quer se perpetuar no poder se fundindo com o estado e formando uma elite dominante, como uma aristocracia.

Para isso, eles usam várias medidas aplicadas não só na lei como também, em mídias, novelas e filmes, os quais contêm mensagens ocultas que influenciam as pessoas, não só na moda e no comportamento, mas também na opinião. Outro lugar de atuação é na educação, onde há jovens, os quais são mais fáceis de doutrinar e manipular. Por terem muito dinheiro, eles conseguem fazer essas campanhas comprando políticos e financiando mídias e artistas. O comunismo não morreu com a União Soviética. Os comunistas já estão no poder na forma de esquerdismo ou social-democracia.

A primeira medida é dividir a população em grupos inimigos, preservar a fragilidade dos mais fracos para que eles possam ser protegidos pelo governo. Assim, eles usam mulheres, LGBT e negros como vítimas de uma sociedade machista, racista e homofóbica e pregam vitimismo e ideias de proteção à mulher e a essas minorias. Além disso, inventaram o politicamente correto para criar um tabu proibindo qualquer piada ou comentário racista e homofóbico. E inventaram também a cultura do estupro, afirmando que mulheres não respeitadas e são vulneráveis a estupro. Isso se estende também à proteção dos direitos dos animais.

A segunda medida é manter uma taxa de desemprego para gerar pobreza e assim o governo fazer populismo para proteger os pobres. Para isso, criaram leis trabalhistas, como o salário mínimo, para desencorajar contratações e manter o desemprego. Quando não conseguem gerar desemprego, eles imprimem dinheiro para projetos populistas e fazem inflação.

A terceira medida é destruir a estrutura familiar tradicional. Quando uma pessoa não tem filhos, ela não deixa herdeiros. Além disso, sem filhos, a pessoa passa a se importar menos com a propriedade privada e a desejar menos acumular riquezas. Essa ideia foi implantada na igreja católica com o celibato  do clero para diminuir a corrupção.

Para destruir o conceito de família, eles apoiam comportamento LGBT, aborto, prostituição e divórcio dentro dos lemas "meu corpo, minhas regras" ou "não existe crime sem vítima". Eles também incentivam libertinagem, prazer e curtir a vida, com o objetivo das pessoas não desejarem ter filhos. A liberação de drogas recreativas é outra ideia para incentivar o hedonismo e também para criar minorias doentes para cuidar.

A igualdade de gêneros é uma forma de incentivar divórcios. Na psicologia, enquanto o homem sente atração pelo corpo da mulher, a mulher inconsistentemente sente atração por alguns traços da personalidade masculina. Um homem dominante (no sentido de agir como líder), desejado por outras mulheres e mais rico do que a mulher são "gostosos" de acordo com a psicologia feminina. Ela não escolhe, ela sente. Dessa maneira, com a mulher perdendo interesse no homem por ele ser mais pobre do que ela e frouxo, ela deseja divorciar. Por isso apoiam a ideologia de gêneros.

A quarta medida é favorecer a coexistência de diversas culturas de forma a facilitar a aceitação de um governo central. Para isso, eles querem destruir as bases tradicionais e diferenças entre elas. Uma das medidas é destruir as religiões, começando pela maior delas, o cristianismo. O comportamento promíscuo é um dos ataques contra o cristianismo.

A quinta medida é aumentar impostos gradualmente para assim ir aumentando o controle do estado. Há um século atrás, a carga tributária era menos que 20% e atualmente já chegou aos 35%. Hoje é impensável reduzir o papel do estado, porque a cultura considera que "desejar que todos tenham alimentação, saúde, educação e moradia não é ser esquerdista, é ser humano".

O aumento da criminalidade é visto como efeito colateral de várias dessas medidas, mas alguns consideram como medida intencional. Alguns afirmam que a função da polícia é proteger a propriedade privada dos ricos, bater em pobres e considerar os negros como suspeitos ou potencial bandido.

O problema do islamismo existe na Europa. Lá, o politicamente correto proíbe falar mal de islâmicos e sua doutrina horrível para não ser punido por "islamofobia". Os islâmicos estão migrando em massa para Europa, tendo cerca de seis filhos enquanto os nativos tem menos que dois filhos por casal. Nessa taxa, em 2050 a Europa terá metade da população sendo islâmica.

Embora essa teoria seja absurda, há muitos fatos que dão suporte a ela:

1. Os partidos com ideias socialistas e marxistas, tanto no Brasil quanto no exterior, são os mesmos que apoiam essa pauta. Embora o PT seja favorável à causa LGBT, duvido que Lula não seja homofóbico.

2. Embora a doutrina islâmica seja completamente incompatível com essa pauta, são os partidos de esquerda europeus que apoiam a entrada de islâmicos na Europa.

3. São as maiores empresas e milionários que apoiam e doam para campanhas, partidos, mídias e ONGs que defendem essa pauta.

4. Nasci na década de 1990, quando LGBT era visto com pena e não com ódio. Não era proibido fazer comentários que não agradassem LGBT. Na década de 2010, o movimento havia crescido com muito força. A intolerância à homofobia é muito forte, tanto que a defesa da causa LGBT é mais comum do que a injustiça contra LGBT. A liberdade de expressão de falar que acha estranho ou anormal ou falar que tem cura é censurada e punida, embora não seja discurso de ódio. Isso pode ter ocorrido mais no passado com racismo, por isso quem nasceu nas últimas décadas é anti-racista e não testemunhou a mudança acontecendo.

5. Sempre achei estranho os héteros que defendem LGBT serem a favor do aborto. Para mim é inconsistente a defesa de direitos humanos num ponto e a violação em outro. A única consistência é a defesa da libertinagem.

6. A espiritualidade ocidental moderna foca muito em valorizar o ego, na busca do prazer e no planejamento de curto prazo. Enquanto a espiritualidade oriental defende minimizar o ego, ter paciência e controlar desejos e impulsos. Isso representa uma cultura hedonista.

7. Revolução sexual da década de 1960 se encaixa como consequência dessa teoria. Além disso percebo que a estrutura familiar está em decadência porque muita gente está casando tarde ou optando por não ter filho.

8. Cotas raciais justificadas como dívida histórica só causa mais segregação. Seria muito menos segregador se fossem cotas para pobres. O mesmo vale com a ideia de punir a violência contra LGBT com mais rigor do que contra o hétero.

9. De acordo com a psicologia, o que faz uma mulher desejar um homem é por causa do valor social dele, que na sociedade moderna é representado por dinheiro e liderança.

10. Ironicamente, a doutrina de Jesus Cristo prega paz, amor, humildade, contra discriminação, caridade e bondade, mas as igrejas são contra princípios humanos de esquerda. Isso mostra que a igreja está lutando contra o marxismo cultural.

11. Considero a cultura do estupro como uma farsa e não entendo porque isso tem tanto apoio popular.
« Última modificação: 11 de Janeiro de 2018, 11:51:57 por Chico »

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.032
  • Sexo: Masculino
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #1 Online: 10 de Janeiro de 2018, 23:40:01 »
o problema dessa teoria é que ela supõe que os esquerdistas estejam pensando à longo prazo, de maneira metódica, e com esperteza. Sabemos que os esquerdistas da linha marxista não tem nada disso.

Quem pensa assim são os aliados, como o PMDB, e eles claramente não são marxistas. Eles usam os marxistas.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Pedro Reis

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.998
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #2 Online: 11 de Janeiro de 2018, 00:07:17 »
Chico,

Não existe pior praga do que essa gente que fala com autoridade do que não entende e se acha cheia de conhecimento de causa para criticar o que nem leu.

Gente assim tipo... eu.

Admito que não li o seu textão muito bem escrito e nem me passa pela cabeça ler. Mas já tenho opinião formada, é bullshit dos grandes.

Cara, as viúvas do comunismo não são ex-comunistas nem os antigos admiradores da ideologia, é esse pessoal que ganhava a vida com o discurso alarmista anti-marxista e agora está aí perdido no mundo sem saber o que fazer. Sem o fantasma de um inimigo que estaria a espreita em todas as escolas, todas as universidades, nos sindicatos e paróquias. Às vezes a coisa mais útil e necessária do mundo é um inimigo, tanto que se não existir é preciso inventar um. Até onde teria ido a carreira de Hitler na política se ele não tivesse inventado o inimigo judeu?

Olavo de Carvalho é um desses que tem medo de não sobreviver ao fim do comunismo.

Offline Pedro Reis

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.998
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #3 Online: 11 de Janeiro de 2018, 06:49:55 »
Chicão, agora eu li.

Li enquanto tomava o café da manhã e quase me deu azia. Essa salada é tipicamente olaviana, mas eu posso te provar que Olavo de Carvalho não é um pensador tão original assim. Na teoria da conspiração em que eu acredito mais Olavo é um destes sujeitos que possuem os atributos certos para fazer carreira como porta-voz por encomenda de interesses necessitados de bons formadores de opinião.

O.C. é um cara que você vai ver pregando teorias de conspiração até mais doidas do que essa. Por exemplo, a de que cigarro não faz nenhum mal pra saúde, e as campanhas anti-fumo na verdade são orquestradas pelo único interesse de substituir o tabaco por drogas pesadas. Vai vendo...

Pior é quando ele denuncia a conspiração "cientificista" que se articulou para reformar toda a bela ciência clássica só para fazer parecer que a Terra não é o centro do universo, como nos ensinavam os tribunais da Inquisição.

Digam o que disserem, mas uma coisa é preciso reconhecer: Olavo de Carvalho é um homem sem medo do ridículo. Ou talvez só sem senso de ridículo mesmo.

Mas eu disse que poderia provar que "suas ideias" não são tão originais assim...

É interessante constatar que seu discurso pró-tabagismo repete todas as asneiras de gente que foi paga pela indústria do tabaco para desinformar o grande público. E até esse surpreendente interesse pelo modelo geocêntrico é um movimento patrocinado pela igreja católica. No link abaixo há um tópico onde escrevi um post com evidências disso.

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=26080.msg954889#msg954889

Embora, nesse post, eu tenha até esquecido de citar uma instituição ligada à igreja católica que oferece um polpudo prêmio em dinheiro para quem conseguir provar o sistema heliocêntrico. E também um artigo publicado no JB, assinado por um professor de engenharia da PUC ( PUC = Pontifícia Universidade CATÒLICA ) em que ele basicamente defende que Galileu estava errado.

Também essa teoria que você trouxe, essa maluquice, eu posso te mostrar um vídeo do Nando Moura onde ele fornece um link para um "documentário" americano que também bate nessa mesma tecla.

Será que são só coincidências? Várias pessoas chegando às mesmas conclusões absurdas ao mesmo tempo e independentemente?

Por exemplo, por que tantas pessoas de repente questionando algo tão bem estabelecido como o sistema heliocêntrico? E por que Olavo faz parte desse coro?

E por que todos são por coincidência católicos?

Bom, eu tenho minha própria tese sobre isso. Mas fica pro próximo post...

Offline Mancha Negra

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 389
  • Sexo: Masculino
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #4 Online: 11 de Janeiro de 2018, 11:22:29 »
Vou ser o "Advogado do Diabo"...
Concordo com tudo por um único motivo.
https://www.infoescola.com/sociologia/hegemonia-cultural/
É de conhecimento público e notório a "conspiração", só quem apoia que diz que não existe.
Isto é fato.  :oba:
"Quod tibi non vis, alteri ne facias."
Deísmo - Razão & Filosofia.

Offline Muad'Dib

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.990
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #5 Online: 11 de Janeiro de 2018, 11:28:53 »
Citar
1. Os partidos com ideias socialistas e marxistas, tanto no Brasil quanto no exterior, são os mesmos que apoiam essa pauta. Embora o PT seja favorável à causa LGBT, duvido que Lula não seja homofóbico.

Eu considero que os movimentos LGBT, Feminista, movimento negro, acabam sempre caindo no "esquerdismo" porque a outra corrente política simplesmente os despreza. Esse povo não tem para onde ir e partidos oportunistas como o PT foram hábeis em sequestrar o discurso de igualdade e usá-lo de forma inescrupulosa para fins próprios. O que menos o PT quer é um país melhor e mais humano, isso prejudicaria o partido no horário eleitoral.

Citar
2. Embora a doutrina islâmica seja completamente incompatível com essa pauta, são os partidos de esquerda europeus que apoiam a entrada de islâmicos na Europa.

Eu não tenho conhecimento muito aprofundado sobre os partidos europeus para tecer comentários muito oportunos, mas não duvido que aconteça algo similar ao que ocorre no Brasil acima descrito. Lá os movimentos de direita têm um discurso altamente xenófobo e, no fim das contas, a questão dos refugiados sírios (por exemplo) é uma questão humanitária. Nunca ví partido europeu defender o terrorismo, e os terroristas são uma parcela ínfima dos muçulmanos. E quem vota nos partidos de esquerda europeus não são os refugiados, são europeus que também consideram a questão dos refugiados uma questão humanitária.

Citar
3. São as maiores empresas e milionários que apoiam e doam para campanhas, partidos, mídias e ONGs que defendem essa pauta.

As grandes empresas doam para todos os partidos, ainda estou para ver análises válidas que apontem que há uma conspiração marxista de grandes empresas para financiar programas marxistas. Até me provarem, parto do pressuposto que isso é tão válido quanto os reptilianos tentando nos dominar.

Citar
4. Nasci na década de 1990, quando LGBT era visto com pena e não com ódio. Não era proibido fazer comentários que não agradassem LGBT. Na década de 2010, o movimento havia crescido com muito força. A intolerância à homofobia é muito forte, tanto que a defesa da causa LGBT é mais comum do que a injustiça contra LGBT. A liberdade de expressão de falar que acha estranho ou anormal ou falar que tem cura é censurada e punida, embora não seja discurso de ódio. Isso pode ter ocorrido mais no passado com racismo, por isso quem nasceu nas últimas décadas é anti-racista e não testemunhou a mudança acontecendo.

Homossexualismo é algo 100% natural. Criminalizado ou não; ridicularizado ou não; aceito como normal ou não; sempre haverá aqueles 10% que serão homossexuais. Uma pessoa pode SIM achar que ser homossexual é pecado, que a bíblia condena, mas se ela sente ódio por homossexuais essa pessoa tem problemas emocionais. A cura Gay tem que ser proibida porque é um bullshit sem tamanho. O que tem que ser buscado incansavelmente é que se respeite o direito da pessoa viver a vida da forma como bem entender.

Citar
5. Sempre achei estranho os héteros que defendem LGBT serem a favor do aborto. Para mim é inconsistente a defesa de direitos humanos num ponto e a violação em outro. A única consistência é a defesa da libertinagem.

Heterossexuais que defendem LGBTS serem a favor do aborto não têm inconsistencia alguma. As duas coisas não são mutualmente exclusivas. A questão do aborto pode, muito simplificadamente, ser colocada como "a maneira que uma sociedade laica define o conceito de vida". Quem defende o aborto, defende esse direito até o terceiro mês de gestação, onde não há atividade cerebral  que qualifique o embrião como um ser humano. Ele tem o potencial de se tornar, mas ainda não o é. E ninguém é a favor do aborto, se é a favor do direito da mulher decidir se quer continuar a gestação ou não. Aborto é algo traumático para as mulheres.

Citar
6. A espiritualidade ocidental moderna foca muito em valorizar o ego, na busca do prazer e no planejamento de curto prazo. Enquanto a espiritualidade oriental defende minimizar o ego, ter paciência e controlar desejos e impulsos. Isso representa uma cultura hedonista.

A espiritualidade moderna, tanto ocidental quanto oriental, são para lá de estranhas. Os protestantes defendem algo como a teologia da prosperidade que é bizarra pelo que a própria blíblia fala. E isso é só um exemplo.

Citar
7. Revolução sexual da década de 1960 se encaixa como consequência dessa teoria. Além disso percebo que a estrutura familiar está em decadência porque muita gente está casando tarde ou optando por não ter filho.

A revolução sexual foi uma resposta à uma visão pervertida da sexualidade que imperava até então. As pessoas estão optando por ter filhos mais tarde devido ao nosso cotidiano corrido e necessidade de se estabelecer profissionalmente. Filhos são complicados.

Citar
8. Cotas raciais justificadas como dívida histórica só causa mais segregação. Seria muito menos segregador se fossem cotas para pobres. O mesmo vale com a ideia de punir a violência contra LGBT com mais rigor do que contra o hétero.

Cotas raciais e racismo mesmo. Foi coisa da PTzada para criar uma aurea de defensores dos oprimidos. Eu também sou favorável a cotas sociais, mas com muito discernimento (só para entrada na universidade) e contanto que haja programas para se melhorar o ensino fundamental e médio.

Citar
10. Ironicamente, a doutrina de Jesus Cristo prega paz, amor, humildade, discriminação, caridade e bondade, mas as igrejas são contra princípios humanos de esquerda. Isso mostra que a igreja está lutando contra o marxismo cultural.

Discriminação?

As igrejas estão lutando para manter o gado bem preso no seu pasto particular.

Citar
11. Considero a cultura do estupro como uma farsa e não entendo porque isso tem tanto apoio popular.

Têm exageros das feministas radicais, mas quantas feministas radicais você conhece que fazem parte do seu rol social? As radicais são um fenômeno da internet que fazem muito barulho e acabam conseguindo ditar a narrativa da situação. Mulheres são sim vítimas de diversas situações que ocorrem no dia a dia e não deveriam ocorrer.

-----------------------------

Enfim, o texto que você colocou entre "quotes" é bem o que o Pedro falou: o típico discurso do Olavo de Carvalho. Não dá nem para discutir.

Offline Chico

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 9
  • Sexo: Masculino
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #6 Online: 11 de Janeiro de 2018, 13:20:05 »
Digam o que disserem, mas uma coisa é preciso reconhecer: Olavo de Carvalho é um homem sem medo do ridículo. Ou talvez só sem senso de ridículo mesmo.
Melhor fica longe dele então. Muito besteirol é tão bem elaborado que acaba fazendo desavisados (como eu) a acreditar ao ler.

o problema dessa teoria é que ela supõe que os esquerdistas estejam pensando à longo prazo,
Sim, mas faz sentido que as pessoas por trás disso achem melhor que os bisnetos concluam o plano do que simplesmente fazer nada.

Citar
3. São as maiores empresas e milionários que apoiam e doam para campanhas, partidos, mídias e ONGs que defendem essa pauta.

As grandes empresas doam para todos os partidos, ainda estou para ver análises válidas que apontem que há uma conspiração marxista de grandes empresas para financiar programas marxistas. Até me provarem, parto do pressuposto que isso é tão válido quanto os reptilianos tentando nos dominar.

Empresas como Rockfeller e Ford, além de bilionários como George Soros. De acordo com a teoria, eles querem capitalismo de estado com eles liderando. O objetivo é manter o oligopólio das empresas deles.
http://www.infomoney.com.br/blogs/economia-e-politica/economia-e-politica-direto-ao-ponto/post/5476997/por-que-george-soros-financia-movimentos-esquerda-entenda

Citar
Citar
10. Ironicamente, a doutrina de Jesus Cristo prega paz, amor, humildade, discriminação, caridade e bondade, mas as igrejas são contra princípios humanos de esquerda. Isso mostra que a igreja está lutando contra o marxismo cultural.

Discriminação?
Escrevi errado.   ::)
Partidos evangélicos tem tendências de xenofobia, nacionalismo e considera pobre como vagabundo que não gosta de trabalhar.


Offline Horacio

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 17
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #7 Online: 11 de Janeiro de 2018, 14:50:52 »
A tese do Olavo é que 1)Irã e Arabia Saudita estão no mesmo lado numa conspiração globalista islâmica para destruir o cristianismo e a cultura ocidental, que 2) a campanha LGBT é patrocinada pelos marxistas , que financiam a Rede Globo, os partidos de esquerda e até Hollywood para neutralizar a polaridade de generos, e 3) que no esquema de dominação global os islamicos, os comunistas tem a mesma capacidade de influenciar a midia e as universidades que as ONGs do Soros, e o establishment liberal e judaico dos USA.

As conspirações que ele denuncia têm fundamento, apenas a autoria e as alianças é que são "ligeiramente " confusas para dizer o minimo.

Seguindo a linha conspiratória, imagino que o papel dele seja justamente de controlar e desviar a revolta contra a decadencia ocidental para inimigos imaginarios mais convenientes que os reais.

Offline André Henrique

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 4
  • Sexo: Masculino
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #8 Online: 11 de Janeiro de 2018, 15:26:57 »
Chico, eu vejo o Olavo de Carvalho com muita desconfiança. Não consigo fazer diferente quando penso no seu passado com a astrologia, por exemplo, ou percebo a maneira como ele defende seu cristianismo. Na minha opinião, muito do que ele diz é francamente persecutório: ele atribui autoria e intenção a uma série de fenômenos que não são necessariamente motivados da forma como ele diz, depois os coloca dentro de um plano total e sistematizado que explica a realidade.

Por exemplo:

Citar
A segunda medida é manter uma taxa de desemprego para gerar pobreza e assim o governo fazer populismo para proteger os pobres. Para isso, criaram leis trabalhistas, como o salário mínimo, para desencorajar contratações e manter o desemprego. Quando não conseguem gerar desemprego, eles imprimem dinheiro para projetos populistas e fazem inflação.

Para ele, criam-se leis trabalhistas com a intenção de manter uma taxa de desemprego, da mesma forma como "imprimem dinheiro" com a intenção de fazer inflação. Será que não poderíamos conceber o aumento de desemprego como um efeito indesejado - ou talvez imprevisto - de uma política equivocada? Parece-me que no pensamento dele não há espaço para o acaso, para o imprevisto: tudo é fruto de uma intenção, de um plano que ele, é claro, consegue perceber. Incidentalmente, vale dizer que esse padrão de pensamento é visto entre obsessivos graves e entre paranoicos, conforme descreveu um psiquiatra chamado V. E. von Gebsattel.

Citar
Para destruir o conceito de família, eles apoiam comportamento LGBT, aborto, prostituição e divórcio dentro dos lemas "meu corpo, minhas regras" ou "não existe crime sem vítima". Eles também incentivam libertinagem, prazer e curtir a vida, com o objetivo das pessoas não desejarem ter filhos. A liberação de drogas recreativas é outra ideia para incentivar o hedonismo e também para criar minorias doentes para cuidar.

Apoiar o aborto ou o divórcio é necessariamente uma forma de querer "destruir o conceito de família"? O próprio conceito de família foi mudando ao longo da história. Houve época em que na família se incluíam escravos e o pater familias tinha uma autoridade qualitativamente muito diferente daquela que os pais têm - ou tentam ter - hoje em dia. Será que não posso apoiar o aborto motivado por compaixão pela grávida, por exemplo? Ou apoiar o divórcio motivado pela ideia de que as pessoas têm o direito de terminar um relacionamento insatisfatório no qual não queiram investir mais? Será que isso não seria defender um novo conceito de família, em que os vínculos são mantidos pelas escolhas renovadas das pessoas, e não por um compromisso inquebrável feito perante um deus panóptico?

Citar
A igualdade de gêneros é uma forma de incentivar divórcios. Na psicologia, enquanto o homem sente atração pelo corpo da mulher, a mulher inconsistentemente sente atração por alguns traços da personalidade masculina. Um homem dominante (no sentido de agir como líder), desejado por outras mulheres e mais rico do que a mulher são "gostosos" de acordo com a psicologia feminina. Ela não escolhe, ela sente.

Na minha opinião, é possível defender a igualdade de gêneros de várias maneiras, sem com isso “incentivar” divórcios. O argumento escorrega de uma assertiva para outra de forma apressada. Outro ponto que me incomoda nesta citação é a forma aparentemente simplista com que o autor trata a questão do desejo e da escolha de um parceiro – a começar pelo fato de que, segundo ele, a mulher não escolhe, apenas reage aos estímulos enviados pelo homem.

Enfim, por estes e outros motivos eu sempre recebo as coisas que o OC diz com uma ENORME reserva. Às vezes encontro umas pepitas que acabo guardando para mim; outras vezes - na maior parte do tempo, imagino - eu penso, descarto o que ele diz e sigo garimpando atrás de coisa melhor.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.418
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #9 Online: 11 de Janeiro de 2018, 19:30:13 »
O problema do OC está muito além do cigarro.
.

Offline Gauss

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.132
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #10 Online: 11 de Janeiro de 2018, 20:42:01 »
Citar
1. Os partidos com ideias socialistas e marxistas, tanto no Brasil quanto no exterior, são os mesmos que apoiam essa pauta. Embora o PT seja favorável à causa LGBT, duvido que Lula não seja homofóbico.

Eu considero que os movimentos LGBT, Feminista, movimento negro, acabam sempre caindo no "esquerdismo" porque a outra corrente política simplesmente os despreza. Esse povo não tem para onde ir e partidos oportunistas como o PT foram hábeis em sequestrar o discurso de igualdade e usá-lo de forma inescrupulosa para fins próprios. O que menos o PT quer é um país melhor e mais humano, isso prejudicaria o partido no horário eleitoral.
[...]
Movimentos coletivistas, que só fazem sentido para coletivistas. Se cada um seguisse a lógica e defendesse a única minoria que existe, que é o indivíduo, tava tudo certo.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Horacio

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 17
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #11 Online: 11 de Janeiro de 2018, 20:46:58 »
Lembrando que "igualdade de generos" é uma expressão que não tem vida propria, não para em pé logicamente, é o sofisma em seu estado quase puro.

Se fosse para representar uma relação justa e igualitaria entre generos diferentes, a expressão que teria entrado em circulação seria "equidade de generos".

"igualdade de generos" é apenas um cavalinho de troia semântico para as mentes descuidadas aceitarem como fato, e contra os fatos, a ideologia de que não existe diferenciação entre os sexos, é tudo construção cultural.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.918
Re:Teoria da conspiração marxista
« Resposta #12 Online: 11 de Janeiro de 2018, 22:46:48 »
A Esquerda de hoje, grande parte dela, deixou para segundo plano a pregação sobre luta de classes, revolução e ditadura do proletariado para falar de gênero, feminismo, minorias sexuais, etc.

Existem esquerdistas que reclamam desse abandono do socialismo antigo. Conheço um que diz que o esquerdismo cultural pós-moderno é um ardil burguês, ou foi transformado nisso, para dividir a classe trabalhadora para que ela fique desunida, daí supostamente seria compreensível ver tantos bilionários pró-liberdade econômica financiando tais movimentos: OS TITEREIROS DO CAPITAL E SUAS MARIONETES DE ESQUERDA: http://www.xr.pro.br/Ensaios/Titereiro.html ... Autor: Marcus Valério XR.
« Última modificação: 11 de Janeiro de 2018, 22:56:38 por -Huxley- »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!