Autor Tópico: Feliz Natal!  (Lida 5843 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

danieli

  • Visitante
Re: Feliz Natal!
« Resposta #75 Online: 04 de Janeiro de 2007, 13:28:47 »
menos mal :D

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.164
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #76 Online: 24 de Dezembro de 2015, 22:23:39 »
Feliz Natal a todos!  :)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.645
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #77 Online: 25 de Dezembro de 2015, 00:40:07 »
Desejar "feliz natal" é algo problemático. E as outras religiões, como ficam? Especialmente os judeus. E por que privilegiar a data fictícia, arbitrariamente escolhida (na verdade, uma apropriação cultural imperialista com o objetivo de enfraquecer religiões de outras culturas) ícone de uma religião patriarcal branca para desejar felicidade aos nossos semelhantes? Uma possível resposta: capitalismo.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #78 Online: 25 de Dezembro de 2015, 00:42:54 »
Desejar "feliz natal" é algo problemático. E as outras religiões, como ficam? Especialmente os judeus. E por que privilegiar a data fictícia, arbitrariamente escolhida (na verdade, uma apropriação cultural imperialista com o objetivo de enfraquecer religiões de outras culturas) ícone de uma religião patriarcal branca para desejar felicidade aos nossos semelhantes? Uma possível resposta: capitalismo.

Buck:
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.645
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #79 Online: 25 de Dezembro de 2015, 02:06:25 »
Feliz natalidade de Isaac Newton!

Feliz dia da família e das crianças em vários países africanos!

Feliz dia da boa governança na Índia!

Feliz 358º dia do ano 2015!

Feliz 16793º dia desde primeiro de Janeiro de 1970!


Pronto, podem ficar felizes. E não só os brancos cristãos.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.671
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #80 Online: 25 de Dezembro de 2015, 08:43:27 »
Maldito dia interminável.

Comércio fechado desde ontem a tarde, barulho na rua até pela metade da noite, daqui a pouco almoço familiar do dia do Zumbi na casa de parentes.

Zumbi maldito. :x


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.671
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #81 Online: 25 de Dezembro de 2015, 09:00:44 »

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #82 Online: 25 de Dezembro de 2015, 12:34:56 »
Feliz 16793º dia desde primeiro de Janeiro de 1970!

Uma data muito importante, principalmente para programadores.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.595
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #83 Online: 21 de Dezembro de 2017, 21:12:44 »
Lá vem aquele cara (eu mesmo :)) meter política no tópico de Natal...
 :hmph:

Citar
Por que a militância socialista odeia o Natal
By João César de Melo -
21/12/2017

Nesta época é comum surgir manifestações da esquerda depreciando a celebração do Natal. O argumento mais comum diz que o Natal se tornou uma celebração capitalista.

Devemos nos lembrar que o socialismo é um projeto de criação de uma nova sociedade no qual o estado promove a justiça social controlando os meios de produção, o que necessariamente depende do controle de todas as relações privadas.

Primeiro tentaram implantar isso de forma direta: derrubando governos, confiscando propriedades privadas, acabando com a liberdade individual e proibindo a religião (segundo Karl Marx, “a religião é o ópio do povo”). Não deu certo. Mesmo com o uso sistemático da violência não conseguiram fazer o homem deixar de querer ser dono de sua própria vida e acreditar em Deus.

Na incapacidade de fazer uma autocrítica verdadeira, os socialistas concluíram que o erro não estava no objetivo, mas no método. Do intelectual ao maconheiro eleitor do PSOL, toda a esquerda continua acreditando que é possível mudar a natureza humana.

Substituíram, então, as revoluções por processos de infiltração. Em vez de guerrilheiros tomando palácios dos governos, passaram a ocupar espaços na cultura, na imprensa e nas instituições públicas para fazer com que as ideias socialistas fossem difundidas sem que a grande maioria das pessoas percebesse, criando um verdadeiro exército de socialistas inconscientes. Conseguiram. Hoje vemos cristãos votando em anticristãos e capitalistas financiando anticapitalistas. O fato é que o socialismo nunca esteve tão vivo, forte e bem estruturado – esta é razão de Lula ainda estar solto.

Faça você mesmo o teste: pergunte para as pessoas na rua se elas acham que o governo deve, em certos casos, confiscar propriedades privadas para atender aos interesses coletivos. A maioria responderá que sim.

Tente enumerar a quantidade de partidos, organizações, movimentos e militantes de esquerda que sustentamos com os impostos que pagamos. Repare que as ideias da esquerda são defendidas direta e indiretamente nas novelas e reportagens da Globo. Repare que até os parlamentares vistos como “direita” defendem pautas da esquerda como regulação de mercado, serviços públicos “gratuitos” e distribuição de “direitos” para grupos disso e daquilo. Gramsci venceu, mas não completamente.

Para criar a “nova sociedade”, a esquerda precisa destruir a atual que se sustenta em cinco princípios: estrutura familiar, propriedade privada, liberdade econômica, responsabilidade individual e caridade voluntária.

Foram esses cinco princípios que fizeram a humanidade sair da extrema pobreza generalizada para o atual nível de prosperidade em que menos de 10% da população se encontra na miséria e uma pessoa considerada pobre desfruta de um padrão de vida muito melhor do que reis e rainhas desfrutavam há menos de dois séculos.

Entre em um ônibus lotado de trabalhadores e veja que todos ali têm telefones celulares. Vá a qualquer favela durante um final de semana e verá dezenas de famílias fazendo churrasco. Ou seja: os “malditos” capitalistas – frutos do mundo cristão − levam comida e tecnologia aos mais pobres com preços acessíveis. Os serviços que não chegam a eles são justamente aqueles prometidos pelo estado: saneamento, segurança, educação e saúde.

Para os socialistas, porém, isto não importa. Eles continuam acreditando que o estado é que deve promover o desenvolvimento de uma sociedade controlando o mercado e escolhendo o que é bom para cada indivíduo desse planeta.

Todas as experiências socialistas foram desastrosas, mas seus militantes continuam acreditando que a próxima será um sucesso. Como disse Lenin: “os comunistas não acreditam em Deus. Nós rejeitamos qualquer moral baseada em conceitos não-humanos e não-classistas. (…) Nossa moral é inteiramente subordinada aos interesses da luta de classes proletária”. Logo, tratam de combater toda moral que não se baseia na luta de classes, especialmente a cristã.

A desqualificação do Natal faz parte deste esforço. Porém, devemos interpretar como um grande elogio a acusação de que a data se tornou uma celebração capitalista. Pelo menos nisso os socialistas estão certos.

No Natal, indivíduos livres − pobres e ricos, pretos e brancos, gays e heteros − lotam shoppings a procura de presentes para as pessoas que gostam. Compram com o dinheiro que ganharam trabalhando. Baseando-se em critérios particulares, cada pessoa decide quem irá presentear e como. Pais reúnem seus filhos em torno de uma mesma mesa para compartilhar uma ceia. Muitas pessoas aproveitam a data para ajudar pessoas carentes.

“Quanta liberdade! Que horror!”, ecoa no coração do militante socialista.

Para o desgosto da esquerda, o governo não controla nada disso. Não há uma única lei dizendo como as pessoas devem se comportar no Natal.

A celebração do Natal simboliza muito mais do que os dogmas cristãos.

As confraternizações sociais e familiares motivadas pelo Natal expõem uma sociedade em que as pessoas prezam a liberdade de fazer suas próprias escolhas, o que contraria toda a lógica socialista.

Socialistas tentam desqualificar o cristianismo porque sabem que, se conseguirem, criarão na mente das pessoas o vácuo filosófico ideal para ser preenchido pelo socialismo, aquele que depende essencialmente da fé das pessoas de que um dia dará certo. Ou seja: a religião socialista tenta ocupar na mente das pessoas o espaço que o cristianismo ocupa.

A União Soviética deu um exemplo disso: depois de perceber que as pessoas continuavam fazendo árvores de Natal − mesmo isto sendo proibido − a ditadura comunista decidiu converter o símbolo cristão em um símbolo… comunista.

A máquina de propaganda soviética passou a promover arvores de natal lindamente ornadas com símbolos comunistas como tentativa de apresentar Lenin como Deus e o estado como igreja.

Portanto, quando alguém lhe disser que o Natal simboliza o capitalismo, concorde. O Natal simboliza, também, a liberdade.

Desejo Feliz Natal a todos e registro que, apesar de ser ateu, quero continuar vivendo numa sociedade moldada por valores cristãos.

Um pouquinho adiantado, mas já registro aqui meus desejos de Boas Festas e Feliz Natal a todos os colegas do fórum (e também dos que se foram, como o valoroso amigo Skorpios).

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.894
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #84 Online: 22 de Dezembro de 2017, 07:59:01 »
O último parágrafo do ensaio não me convenceu.
Foto USGS

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.075
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #85 Online: 22 de Dezembro de 2017, 08:55:43 »
O último parágrafo do ensaio não me convenceu.

Pois é, ele foi tão bem até ali...  :(
"Deus prefere os ateus"

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #86 Online: 22 de Dezembro de 2017, 12:23:22 »
O último parágrafo do ensaio não me convenceu.

Pois é, ele foi tão bem até ali...  :(

Já eu estou começando a concordar em partes. Vemos a militância progressista esquerdista fazendo tanto estrago no dia-a-dia, em nossa política, economia, artes, ciência, que quando vejo um cristão eu fico aliviado. E é interessante notar que o cristianismo é um anti-corpo para esses valores malucos da esquerda.

Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #87 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:34:05 »


www.ilisp.org/opiniao/por-que-militancia-socialista-odeia-o-natal

21/12/2017

[...] toda a esquerda continua acreditando que é possível mudar a natureza humana.




O que será essa tal de "natureza humana" para  direitistas (que concordam com esse texto) ?   Qual a definição que direitistas tem para isso ? 





« Última modificação: 22 de Dezembro de 2017, 13:37:51 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #88 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:44:31 »



Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.


Dê lhes poder de polícia  para eles fazerem o que acham certo e implementarem as normas que eles acham corretas, e aí você verá se eles são melhores.


Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #89 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:45:25 »


www.ilisp.org/opiniao/por-que-militancia-socialista-odeia-o-natal

21/12/2017

[...] toda a esquerda continua acreditando que é possível mudar a natureza humana.




O que será essa tal de "natureza humana" para  direitistas (que concordam com esse texto) ?   Qual a definição que direitistas tem para isso ? 







A natureza que a esquerda critica e a direita defende é a de sermos mesquinhos, capitalistas, acumuladores, e sermos movidos por mérito. Basicamente uma defesa ao capitalismo.

Mas é claro que a direita conservadora abraça a natureza humana em partes, pois a outra natureza tão natural quanto, que é a de os mamíferos terem até 10% de homossexuais, essa eles não admitem, pois a natureza é perfeita projetada por Deus.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #90 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:46:24 »



Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.


Dê lhes poder de polícia  para eles fazerem o que acham certo e implementarem as normas que eles acham corretas, e aí você verá se eles são melhores.



Já foi dada a política para eles. Os EUA são uma nação majoritariamente cristã, fundada por cristãos, e projetada para ser secular e respeitosa com qualquer crença.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #91 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:47:49 »

Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.


Pense se o mundo mudasse a tal ponto da IURD ter o mesmo poder que a ICAR teve na Idade Média,  você ainda realmente acreditaria que eles seriam melhores ?


« Última modificação: 22 de Dezembro de 2017, 14:06:05 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #92 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:49:08 »



Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.


Dê lhes poder de polícia  para eles fazerem o que acham certo e implementarem as normas que eles acham corretas, e aí você verá se eles são melhores.



Já foi dada a política para eles. Os EUA são uma nação majoritariamente cristã, fundada por cristãos, e projetada para ser secular e respeitosa com qualquer crença.



Os Estados Unidos são laicos. E o laicismo não veio da religião, o laicismo veio do iluminismo.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #93 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:53:37 »

Se os Estado Unidos fossem realmente um Estado religioso cristão uma certa religião do Oriente Médio já teria sido extinta ou quase extinta.
« Última modificação: 22 de Dezembro de 2017, 14:06:18 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #94 Online: 22 de Dezembro de 2017, 13:57:10 »

Já foi dada a política para eles. Os EUA são uma nação majoritariamente cristã, fundada por cristãos, e projetada para ser secular e respeitosa com qualquer crença.


Esse respeito não veio da religião praticada pela maioria,  esse respeito veio de ideias iluministas de separação do Estado e de igrejas.  O que ocorre é que depois disso ter virado um costume, as denominações cristãs se acostumaram com isso, mesmo porque nenhuma delas tem poder para reverter isso.

Mas, deixe alguma delas ficar suficientemente forte, para ver se não reverte esse laicismo.





« Última modificação: 22 de Dezembro de 2017, 14:06:37 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #95 Online: 22 de Dezembro de 2017, 14:01:12 »



Imaginem um pastor do tipo  Malafaia com o mesmo poder nas mãos que um Papa tinha na época áurea da ICAR.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.701
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #96 Online: 22 de Dezembro de 2017, 14:02:34 »


É uma ingenuidade muito grande achar que seriam gentis e respeitosos com crenças divergentes. 



Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #97 Online: 22 de Dezembro de 2017, 14:05:16 »



Imaginem um pastor do tipo  Malafaia com o mesmo poder nas mãos que um Papa tinha na época áurea da ICAR.




Você está confundindo o cristianismo com algumas pessoas poderosas que conseguiram poder e influência com a religião.

O cristianismo não se resume a Malafaia.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.894
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #98 Online: 22 de Dezembro de 2017, 16:04:59 »
O último parágrafo do ensaio não me convenceu.
Pois é, ele foi tão bem até ali...  :(
Já eu estou começando a concordar em partes. Vemos a militância progressista esquerdista fazendo tanto estrago no dia-a-dia, em nossa política, economia, artes, ciência, que quando vejo um cristão eu fico aliviado. E é interessante notar que o cristianismo é um anti-corpo para esses valores malucos da esquerda.

Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.

Discordo em parte Lorentz.

Hoje o cristianismo é razoavelmente dócil com quem lhes faz oposição por causa dos efeitos do Iluminismo, do liberalismo e até mesmo dos movimentos de esquerda e das rupturas internas da própria religião cristã.

Basta lembrar o que acontecia aos indivíduos que se opunham aos ditames da cúpula da ICAR até o século XVI.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.894
  • Sexo: Masculino
Re:Feliz Natal!
« Resposta #99 Online: 22 de Dezembro de 2017, 16:08:08 »
Obviamente ser religioso/cristão tem seus problemas, mas não dá pra negar que o grupo dos cristãos são melhores que os extremistas do outros lado.
Dê lhes poder de polícia  para eles fazerem o que acham certo e implementarem as normas que eles acham corretas, e aí você verá se eles são melhores.

Eis um teste definitivo.
Foto USGS

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!