Autor Tópico: Algumas curiosidades de the king of fighters  (Lida 347 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline gatopreto22

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 57
Algumas curiosidades de the king of fighters
« Online: 16 de Março de 2015, 10:43:46 »
Kyo Kusanagi teria outro nome

Kyo Kusanagi, manipulador das chamas e líder do trio japonês na série, carrega consigo o posto de protagonista da franquia e das maiores rivalidades do game. O que poucos sabem é que, na concepção do game, Kyo Kusanagi chegou perto de ser Syo Kirishima, com um visual bem diferente do que conhecemos. Syo Kirishima não foi completamente descartado e acabou aparecendo como striker em KOF 2000 e KOF 99 Evolution. Confira abaixo e compare as duas artes.



série

Se você também acha que o trio norte-americano é estranho no ninho, essa é pra você: eles não deveriam estar lá.

No lugar de Brian Battler, Lucky Glauber e Heavy D!, a ideia original era ter um trio francês, apenas com personagens de World Heroes, outro game clássico da SNK. O trio seria formado por Hanzo, Janne e Fuuma, mas não houve acordo com a ADK, co-produtora e responsável pelos personagens.



 Rugal tem uma curiosa coleção de estátuas

Em KOF 94, logo antes de enfrentarmos Rugal Bernstein, descobrimos que o vilão tem o curioso hábito de transformar em estátua aqueles que derrota. Curiosamente, vemos algumas figuras famosas entre a galeria do boss. Mais uma provocação divertida entre Capcom e SNK, o que ilustra a rivalidade saudável que havia entre as duas gigantes dos jogos de luta.



Gen-an e Mai Shiranui são do mesmo clã

A criatura verde de Samurai Shodown e a kunoichi mais sexy dos games parecem ter algum parentesco, mesmo que em um grau muito distante. Ambos compartilham o sobrenome Shiranui, algo incomum para personagens da mesma empresa. São super parecidos, não?



Yashiro, Shermie, Chris e as intrigas do Rock N’ Roll

Yashiro Nanakase, Shermie e Chris ficaram conhecidos na franquia como parte dos Quatro Reis de Orochi, ao lado de Leopold Goenitz. O trio carrega consigo, respectivamente, o poder de Goro Daemon, Benimaru Nikaido e Kyo Kusanagi, quando estão em sua forma Orochi. Poderosíssimos, foram sub-chefes em The King of Fighters 97 e marcaram época.



Algumas edições do torneio não contam para a cronologia da série

São os chamados Dream Matches e estão mais para edições comemorativas da franquia. Curiosamente, costumam ser as edições que os fãs mais gostam, por reunir o melhor de cada arco. KOF 98, KOF 2002, KOF XII e KOF Neo Wave se encaixam nessa categoria.



The King of Fighters foi criado por “acidente”
Criada em 1994, a série de jogos de luta The King of Fighters (KOF) não foi pensada para ser uma franquia duradoura. Feita para reunir personagens de jogos anteriores da SNK, a série KOF juntava personagens da série Fatal Fury, Art of Fighting, Ikari Warriors e Psycho Soldier, o objetivo era criar um jogo beat’em up (algo no mesmo estilo de Final Fight e Streets of Rage).



Lutadores que vieram de outros jogos
Como mencionamos no tópico anterior, The King of Fighters’ 94 possui vários lutadores de outros jogos bastante conhecidos. Ryo Sakazaki, Robert Garcia, os irmãos Bogard e Joe Higachi, não são novidade para ninguém, mas os personagens Athena, Sie Kensou, Ralf e Clark têm origens mais obscuras.



A falência de SNK, produtora do game
Bastante conhecida e cultuada no mundo dos games, principalmente pelos seus jogos de luta nos anos 90, nem parece que a SNK foi a falência em 2001. Um dos motivos para a derrota da criadora de The King of Fighters foi a falta de inovação em muitos dos seus jogos, principalmente no quesito visual. A SNK entrou totalmente em colapso em outubro de 2001, quando pediu concordata, e colocou o direito de seus jogos à venda.



O fracasso de The King of Fighters World
The King of Fighters World seria um jogo de luta online no estilo Brawl. O jogo seria desenvolvido pela produtora coreana Viccom e, a princípio, ficaria restrito aquele país. KOF World foi anunciado pela primeira vez em 2000 e chegaram a vazar imagens dos lutadores e do jogo.



The King of Fighters MOBA?
Mesmo que o The King of Fighters World tenha fracassado, outras empresas ainda apostaram em levar a franquia para um gênero online. A primeira delas foi a Dragonfly que propôs em 2007 um jogo de KOF do gênero MMORPG, com visão lateral. Porém, o jogo apresentado em 2013 foi bem diferente do previsto, pois o jogo virou um MOBA.



Time Brasileiro
Para finalizar a nossa lista com curiosidades sobre a série The King of Fighters, vamos voltar ao primeiro jogo da franquia, The King of Fighters’ 94. Neste primeiro jogo, os times de lutadores não possuíam nomes como no resto da série, eles classificados de acordo com o seu país.



A curiosidade está no time brasileiro, composto por Ralf, Clark e Heidern. Muita polêmica foi criada quando os jogadores pensavam que eles eram brasileiros. Mas na realidade, a nacionalidade do trio é norte-americana.

<a href="https://www.youtube.com/v/WV72Phk6Mk8" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/WV72Phk6Mk8</a>


FONTE: techtudo , playreplay

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!