Forum Clube Cetico

Diversão => Música, Arte e Cultura => Tópico iniciado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 14:20:00

Título: Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 14:20:00
Nos tópicos onde discutimos o feminismo normalmente discutimos a existência de leis destinadas exclusivamente a mulheres. Trago pra cá outra discussão - a representação de mulheres na cultura pop. Acho que há duas questões:

1) A representação de mulheres em cultura popular reforçam estereótipos de gênero?

2) Isto importa - isto agrava o problema?

Começo com a notícia que dá título ao tópico, que a Anita Sarkeesian tem sido ameaçada.

Citar


Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games

Kevin Rawlinson, BBC news. (http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/09/140903_games_feminismo_ameacas_cc.shtml)

Mais de 2 mil pessoas assinaram uma carta aberta pedindo o fim da discriminação de gênero na indústria de videogames.
A documento, assinada por profissionais independentes e de grandes empresas de jogos, como Electronic Arts e Ubisoft, foi uma resposta às ameaças de morte feitas à crítica feminista Anita Sarkeesian depois que ela lançou uma série de vídeos sobre a misoginia (ódio às mulheres) nos jogos.

Sarkeesian denunciou as ameaças à polícia e diz que se viu forçada a deixar sua casa. Ela afirmou que as ameaças são "um tipo de terrorismo". A carta pede para que jogadores e demais envolvidos na indústria dos videogames denunciem "discursos de ódio e assédio".

Tomada de posição
Anuta Sarkeesian é a criadora do site Clique Feminist Frequency, em que discute a representação das mulheres em narrativas da cultura pop.

No dia 25 de agosto, ela divulgou o episódio mais recente de sua série sobre a maneira como mulheres são retratadas em videogames.
No vídeo, ela fala sobre a tendência de mostrar "personagens femininos geralmente insignificantes e com os quais não se pode jogar, cuja sexualidade ou vitimização é explorada de modo a dar um tempero provocativo ou picante aos universos dos games".
Dois dias após a publicação do vídeo, ela disse ter recebido "ameaças muito assustadoras" a ela e a sua família no Twitter, que a levaram a entrar em contato com a polícia.

A carta, que foi escrita pelo desenvolvedor de games Andreas Zecher, do estúdio independente Spaces of Play, incentiva pessoas que testemunhem ameaças em sites como Twitch, Facebook e Twitter - entre outros - a denunciá-las.
"Se você vir discurso de ódio e assédio, tome uma posição publicamente contra isso e transforme a comunidade dos jogos em um espaço mais agradável", diz o documento.

"Acreditamos que todos, não importa o gênero, a orientação sexual, a etnia, a religião ou se são portadores de deficiência, tem o direito de jogar, de criticar os jogos e de desenvolver jogos sem ser assediado ou ameaçado. É a diversidade da nossa comunidade que permite que os jogos prosperem."

'Não vou desistir'
Em seu Clique perfil de Twitter, Sarkeesian compartilha imagens dos insultos e ameaças que recebe. Algumas das imagens sugerem que o autor das ameaças sabe onde ela mora.
Ela disse que ficará hospedada com amigos porque não se sente segura em sua casa. "Eu não vou desistir, mas o assédio às mulheres no meio da tecnologia tem que acabar", escreveu.
Na rede social, ela também afirma que os policiais que a atenderam "não sabem lidar com ameaças reais feitas online". Oficiais teriam perguntado a ela: "Se você continua recebendo ameças por causa do seu trabalho, por que não para?".
A ativista já foi alvo de misoginia em outras ocasiões. Em 2012, um jogo em primeira pessoa chamado Espanque Anita Sarkeesian foi publicado online.
No início de 2014, ela ganhou o prêmio de embaixadora do evento anual Game Developers Choice. O prêmio é destinado a pessoas que "ajudaram a indústria de games a avançar e se tornar um lugar melhor, seja facilitando a melhora da comunidade de dentro ou atuando de fora da indústria como defensor dos videogames".

Os vídeos da Anita tem legenda um português, e um deles pode ser acessado clicando aqui (https://www.youtube.com/watch?v=X6p5AZp7r_Q). É bem Feminismo Para Iniciantes.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 14:36:10
Citar
Em seu Clique perfil de Twitter, Sarkeesian compartilha imagens dos insultos e ameaças que recebe. Algumas das imagens sugerem que o autor das ameaças sabe onde ela mora.

Entendo a insegurança que ela sente, mas isso não passa de ameaças vazias, e pior, vindas de nerds melequentos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 14:38:50
Em videogames, a representação de personagens transsexuais e gays pode ser pior ainda. É difícil pensar em um que não esteja lá para uma piada, especialmente personagens trans.

Assim como as HQs, os videogames atuais apelam apenas para o público masculino ao ter personagens femininos que garotas não gostariam de se identificar. Tanto em HQs como videogames 'mainstream', a porcentagem de mulheres consumidoras é pequena. As HQs invejam a indústria de mangás, que conseguem um equilíbrio de público feminino e masculino, mesmo fora do Japão.

Como os mangás conseguiram isto? Em parte não tendo medo de apelar para estereótipos de gênero! A principal separação de mangás é entre shounen e shoujo, mangá para garotos e mangá para garotas. Estes mangás já se apresentam como uma fantasia masculina ou feminina: é difícil criticá-los por um estereótipo se desde o início era este o objetivo. Não há nada "escondido".

Mas outra forma é que garotas sempre leram shounen (o inverso não é verdadeiro). Diversos escritores bem sucedidos de shounen são mulheres, como a criadora de Ranma, a Rumiko Takahashi.

Eu acho o exemplo de mangás interessante, por mostrar que se pode não reforçar estereótipos negativos de gênero ao mesmo tempo em que se é tipicamente feminino/masculino - e de preferência sem a exigência de um pênis ou uma vagina para apreciar um ou outro. Embora, diga-se de passagem, há péssimas representações femininas em mangás, como nos mangás escritos pelo Tsugumi Ohba (dos quais eu gosto, aliás).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 14:39:02
Insignificantes?  Acho que essa senhora nunca ouviu falar da Ms. Pac-man, da Kitana, da Tyris Flare, da Yuri Sakazaki, da Sonya Blade, da Morrigan Aensland, Zelda, Jill Valentine, Lara Croft, ufaaa!
E ainda tem um monte que não citei, por pertencerem ao universo Comics, como a Fênix dos X-Men, entre outras.
E minha "ídola", a primeira mulher a salvar os colhudos em um filme, Ten. Ripley.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 14:46:50
Oh my god, até isso é minimizado? Quer comparar a quantidade de personagens principais masculinos e femininos e como são retratados? Olha a roupa que vestem, as posições em que são desenhados, etc. É claro que existe um bias, não acho que seja nada demais, mas que existe uma diferença absurda, isso é fato.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 14:48:45
Papel secundário? Acho que essa senhora nunca ouviu falar da Ms. Pac-man, da Katana, da Tyris Flare, da Yuri Sakazaki, da Sonya Blade, da Morrigan Aensland, Zelda, Jill Valentine, Lara Croft, ufaaa!
E ainda tem um monte que não citei, por pertencerem ao universo Comics, como a Fênix dos X-Men, entre outras.
E minha "ídola", a primeira mulher a salvar os colhudos em um filme, Ten. Ripley.

Não sabia que gostava dessas nerdices também.

Mas vamos combinar que:
Yuri Sakazaki era a damsel in distress do primeiro game.
Morrigan é uma succubus ultra sensualizada.
Zelda sempre foi uma princesa raptada (salvo raríssimas exceções)
Lara Croft foi feita pra fapear, e só ganhou personalidade anos, ou décadas depois.


Agora, eu respeito a Samus, que não tem nada dos pontos acima e que inclusive tem um pouco de Ripley (a série Metroid faz inúmeras referências a Alien).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 14:49:56
Oh my god, até isso é minimizado?

mimimizado?

Quer comparar a quantidade de personagens principais masculinos e femininos e como são retratados? Olha a roupa que vestem, as posições em que são desenhados, etc. É claro que existe um bias, não acho que seja nada demais, mas que existe uma diferença absurda, isso é fato.

Fato.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 14:50:37
Olha aí os nerds revelando o conhecimento. :P

Brienne, os exemplos seus que eu conheço: quando eu era criança, tinha posteres da Lara Croft semi-nua de vez enquando em revistas. A criação dela imagino foi para apelar para adolescentes (que era meu caso!). Ela me parece a "mulher gostosa foda". A Zelda está quase sempre sendo salva. :P

Mas pessoalmente não me é sempre ofensivo um personagem feminino ser criado só para agradar homens - mulheres sexuais, mulheres para serem salvas, etc. Entendo que videogames são na maior parte das vezes fantasia masculina. Mas há um limite, que eu não sei exatamente qual é - mas tem alguns personagens femininos que me irritam, de tão passivos/tô esperando ser salva/preciso de um homem.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 14:54:38
Verdade, Joe. Mas dizer que TODAS as mulheres dos games são inferiorizadas peca pela generalização.
Mas veja que a maioria dos homens também é retratado de maneira fantasiosa, o Magneto, por exemplo, tem mais de 60 anos e nos quadrinhos tem "corpitcho" de 20...
E eu não vejo homens condenando essa visão...
E em "Predators", aquele medicozinho fdp era um covarde babaquinha que vivia se metendo em confusão e pedindo pra ser salvo. :hihi:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:01:04
So comparar o uniforme de mulheres e homens em games e quadrinhos já dá pra perceber uma diferença absurda. Drake de uncharted estava sempre de calça e roupas apropriadas para o local e temperatura, Lara vivia de shotinho e mini blusa.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:10:25
A sexualidade masculina é mais centrada no sentido da visão, logo a maior parte das heroínas de games e quadrinhos está ou seminua ou com roupas colantes; como a maior parte dos apreciadores deste universo é homem, nada mais natural os desenhos refletirem suas preferências.
Até aí, para mim que aprecio HQ desde sempre, os homens e as mulheres sempre apareceram em trajes estimulantes da libido, com suas malhas coladas.  :biglol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 15:11:10
Oh my god, até isso é minimizado? Quer comparar a quantidade de personagens principais masculinos e femininos e como são retratados? Olha a roupa que vestem, as posições em que são desenhados, etc. É claro que existe um bias, não acho que seja nada demais, mas que existe uma diferença absurda, isso é fato.

A questão é essa, se é algo demais ou não. Como hoje em dia a cultura pop é onipresente na vidas das pessoas (todo mundo assiste séries, filmes, novelas, joga videogame...), encontrar estereótipos continuamente pode influenciar na formação de personalidade de uma menina?

Eu não tenho opinião formada. No caso dos videogames, acho que é óbvio que nenhuma menina pensou que mulheres tão aí para esperar um homem salvá-las ao jogar Mario. :P A falta de realismo não nos deixa fazer a ponte. E em videogames atuais 'realistas', eles não são feitos para crianças mesmo.

Citar
Agora, eu respeito a Samus, que não tem nada dos pontos acima e que inclusive tem um pouco de Ripley (a série Metroid faz inúmeras referências a Alien).

A Samus é um ótimo exemplo mesmo (e Super Metroid é o melhor jogo de todos os tempos! hehe). Eu tenho que um dia desses assistir Alien.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 15:14:39
A sexualidade masculina é mais centrada no sentido da visão, logo a maior parte das heroínas de games e quadrinhos está ou seminua ou com roupas colantes; como a maior parte dos apreciadores deste universo é homem, nada mais natural os desenhos refletirem suas preferências.
Até aí, para mim que aprecio HQ desde sempre, os homens e as mulheres sempre apareceram em trajes estimulantes da libido, com suas malhas coladas.  :biglol:

Você acha uma cueca por cima da calça algo sensual? :biglol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:17:19
Joe, diálogo, diálogo e mais diálogo.
Eu joguei Duke Nukem muito tempo, adorava matar aqueles javalis mutantes, e nunca senti vontade de fuzilar gente em cinema. Os pais devem estar presentes nessas horas, mostrando as diferenças entre a vida real e a virtual.
Minha filha mais nova tem 10 anos; quando começou a usar computador, fiz um login para ela, com as restrições dos pais cabíveis, e fui atualizando com o passar do tempo; em jogos online, onde pedófilos espreitam para seduzir crianças, ela é orientada a não fornecer informações pessoais como onde estuda, nome real, onde mora. Parace o fim do mundo explicar para uma criança de 7 anos (foi quando ela começou a jogar online) o que é pedofilia, mas eu prefiro assim do que chorar por ela depois.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:19:13
Você acha uma cueca por cima da calça algo sensual? :biglol:

Eu e a Lois Lane, a Mary Jane, a Gwendoline, a filha do Ras Al Ghul, enfim, tem um timaço aí... :histeria:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:20:37
http://www.nbcsandiego.com/entertainment/the-scene/Comic-Con-Women-Costume-Harassment-San-Diego-GeeksforConsent-261666021.html
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:24:44
Mas nem todo cosplay é sensual, né Samurai?

http://www.deviantart.com/morelikethis/collections/358878096?view_mode=2#skins (http://www.deviantart.com/morelikethis/collections/358878096?view_mode=2#skins)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 15:29:52
http://www.nbcsandiego.com/entertainment/the-scene/Comic-Con-Women-Costume-Harassment-San-Diego-GeeksforConsent-261666021.html

Isso acontece até em convenções de ceticismo, onde as mulheres não são assim, uma Brastemp. Então não se trata deste grupo de pessoas em específico ou da comic-con.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:31:39
Mas nem todo cosplay é sensual, né Samurai?

http://www.deviantart.com/morelikethis/collections/358878096?view_mode=2#skins (http://www.deviantart.com/morelikethis/collections/358878096?view_mode=2#skins)

Estamos vendo o mesmo site? Porque esse que você postou tem 99% das mulheres de saia curta, decotes, maiôs, biquinis. Até uma armadura medieval tem um decote, deve ser porque nenhum inimigo mira no peito....
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:31:50
Kauaka...Nova discussão (SQN): a mulher seminua não pode reclamar de assédio, já que está se expondo, ou o homem deve se controlar e lembrar que lugar se sentir tesão é entre 4 paredes?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:32:32
http://www.nbcsandiego.com/entertainment/the-scene/Comic-Con-Women-Costume-Harassment-San-Diego-GeeksforConsent-261666021.html

Isso acontece até em convenções de ceticismo, onde as mulheres não são assim, uma Brastemp. Então não se trata deste grupo de pessoas em específico ou da comic-con.

hahahahahaha, mancada chamar as céticas de feias Lorentz. :lol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:33:50
Estamos vendo o mesmo site? Porque esse que você postou tem 99% das mulheres de saia curta, decotes, maiôs, biquinis. Até uma armadura medieval tem um decote, deve ser porque nenhum inimigo mira no peito....

99% eu não diria, mas é como a boa (bota boa nisso) Sonja dizia: "os homens se distraem com facilidade: enquanto eles estão olhando para meu corpo, minha espada já está em suas gargantas..."

Já pensaram que isso pode ser uma estratégia de luta?  :biglol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:38:40
Estamos vendo o mesmo site? Porque esse que você postou tem 99% das mulheres de saia curta, decotes, maiôs, biquinis. Até uma armadura medieval tem um decote, deve ser porque nenhum inimigo mira no peito....

99% eu não diria, mas é como a boa (bota boa nisso) Sonja dizia: "os homens se distraem com facilidade: enquanto eles estão olhando para meu corpo, minha espada já está em suas gargantas..."

Já pensaram que isso pode ser uma estratégia de luta?  :biglol:

Hahahahaha, claro, pode ver como os exércitos atuais usam isso nas soldados mulheres.




(http://s21.postimg.org/pthigpq5j/hires_101029_M_5881_H_124.jpg)




Oh, wait..... They don't.....
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:41:48
O tópico não é sobre games?  :o
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Fabrício em 04 de Setembro de 2014, 15:43:45
O tópico não é sobre games?  :o

Games, HQ, exércitos reais, não há diferença  :hihi:.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 04 de Setembro de 2014, 15:44:54
Não.

É sobre a reação de várias pessoas a uma opinião expressa por uma feminista.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:46:57
O tópico não é sobre games?  :o

Não, o porque das roupas de personagens masculinos serem úteis e cobrirem o corpo e o de mulheres serem minúsculos e não protegerem nada e porque o debate incomoda as pessoas a ponto de ameaçarem quem levanta o assunto.

Eu acho que é porque durante muito tempo esse era o único método de adolescentes terem material disponível para punheta e os criadores eram um bando de virgens incapazes de conseguir mulher de verdade. Mas isso ja passou, hoje em dia cada vez mais mulheres jogam games e leem comics e por isso o debate sobre o assunto.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 15:47:44
http://www.nbcsandiego.com/entertainment/the-scene/Comic-Con-Women-Costume-Harassment-San-Diego-GeeksforConsent-261666021.html

Isso acontece até em convenções de ceticismo, onde as mulheres não são assim, uma Brastemp. Então não se trata deste grupo de pessoas em específico ou da comic-con.

hahahahahaha, mancada chamar as céticas de feias Lorentz. :lol:

Não chamei de feias. É que elas não são sensuais e nem vão fantasiadas de Morrigan.

Existem duas mulheres céticas que já reclamaram de assédio:
Pamela Gay:
(http://www.astrosociety.org/events/2010mtg/images/38-PosterIntro_PamelaGay.jpg)

e Rebecca Watson:
(http://freethoughtalmanac.com/wp-content/uploads/2013/10/RebeccaWatson.png)

Não são feias, mas não são Lara Crofts. :lol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:50:07
Preciso como sempre, Geo. :ok:

O problema para mim também é a generalização.
Interessante ver a fúria das pessoas que, protegidas por um suposto anonimato, ameaçam a vida de outras com base em opiniões pesooais divergentes.
Que mania de perseguir quem persegue a perseguida alheia... :twisted:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 15:52:40
Eu acho que é porque durante muito tempo esse era o único método de adolescentes terem material disponível para punheta

Esses "minim" não sabiam o que era um Catecismo, hahahahaha!
http://www.tatunamemoria.com/2009/07/carlos-zefiro-cartilha-dos-adolescentes.html (http://www.tatunamemoria.com/2009/07/carlos-zefiro-cartilha-dos-adolescentes.html)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:54:23
Preciso como sempre, Geo. :ok:

O problema para mim também é a generalização.
Interessante ver a fúria das pessoas que, protegidas por um suposto anonimato, ameaçam a vida de outras com base em opiniões pesooais divergentes.
Que mania de perseguir quem persegue a perseguida alheia... :twisted:

No caso, as excessões apenas confirmam a regra. Se 90% das personagens femininas são sexualmente apelativas, apontar meia dúzia que não são, não muda nada, o problema persiste.A comunidade gamer/comic em geral é bem machista, me lembro quando a DC tirou um dos lanterna verde do armário, o mimimi nos fóruns foi absurdo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 15:58:10
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 16:01:29
E o Estrela Polar (da Tropa Alfa) é gay desde sempre. Mas como quase não aparecia, não tinha muito mimimi. O Lanterna teve até gente dizendo pra ele mudar pra "Lanterna Rosa". Típico.
O Shatterstar e o Rico têm um relacionamento conturbado, mas tem um relacionamento.
E creio que toda essa "homossexualização" nos quadrinhos é uma tentativa de aproximar os leitores desse universo, sem julgamentos e hipocrisias...
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 16:04:18
https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html

Adorei a sunga do Punisher! :ok:
Mas o Capitão Gay América...Fala sério!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 04 de Setembro de 2014, 16:08:33
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html
(http://3.bp.blogspot.com/-0onXBUDbyRw/Uha54E5GLfI/AAAAAAAAlfM/X68u6TNTBaI/s1600/batman.jpg)

Por que algum desenhista (exceto se estivesse produzindo uma HQ direcionado ao público transgênero/travesti/crossover/bichalouca ou se fosse um completo imbecil) desenvolveria uma HQ destacando os dimorfismos sexuais femininos em personagens masculinos?

Será que é realmente tão difícil notar que analogias clichês como esta são de uma estúpida forçação de barra? Que o motivo pelo qual a bunda da Mulher Maravilha é privilegiada nos traços do desenhista é o mesmo pelo qual o peitoral do Batman o é (e o motivo pelo qual os músculos peitorais da Mulher Maravilha não o são é o mesmo pelo qual a bunda do Batman também não)?

Será? Será que se eu aparecesse reclamado do fato de os músculos do Batman serem tão melhor definidos do que os meus e o da maioria dos homens eu estaria de mimimimi? Será, será? (sim, eu estaria)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 16:09:26
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html

De certa forma, imagino que os homens ficariam menos indignados do que se os "garotos bonitos" fossem como em shoujo:

(http://img.photobucket.com/albums/v90/thescott18/anime/333866705.jpg)

(http://img.photobucket.com/albums/v90/thescott18/anime/gravitation.jpg)

Um Capitão América assim, aí é terceira guerra mundial. :P

Mas é, muito bom o link.

Edit: Vocês conseguem perceber quem é o homem nas imagens, né? :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 04 de Setembro de 2014, 16:12:07
Ahhh, sim, Rocky... corrigindo meu último post: "exceto se estivesse produzindo uma HQ direcionado ao público transgênero/travesti/crossover/bichalouca ou aficcionado de hqs japonesas", o que sei lá se muda muita coisa  :biglol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 04 de Setembro de 2014, 16:12:27
Gente, isso é mercado. As mulheres e homens são retratados da maneira que são, nas HQs, porque é como o público alvo prefere. Se heroínas vestidas até a cabeça e heróis nus e com o pau ereto 100% do tempo fosse o que o público alvo deste mercado gostasse, eles seriam retratados assim.

Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 04 de Setembro de 2014, 16:13:19
Gente, isso é mercado. As mulheres e homens são retratados da maneira que são, nas HQs, porque é como o público alvo prefere. Se heroínas vestidas até a cabeça e heróis nus e com o pau ereto 100% do tempo fosse o que o público alvo deste mercado gostasse, eles seriam retratados assim.

Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.
Não é mimimimi, não Gaúcho. Que isso: são analogias pertinentes sobre uma questão relevantíssima ::)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 04 de Setembro de 2014, 16:13:30
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html

De certa forma, imagino que os homens ficariam menos indignados do que se os "garotos bonitos" fossem como em shoujo:

(http://img.photobucket.com/albums/v90/thescott18/anime/333866705.jpg)

(http://img.photobucket.com/albums/v90/thescott18/anime/gravitation.jpg)

Um Capitão América assim, aí é terceira guerra mundial. :P

Mas é, muito bom o link.

Edit: Vocês conseguem perceber quem é o homem nas imagens, né? :P

Não, tamanho é o "grau de viadagem nestes desenhos de japa".  :P

(Preconceito e racismo em nível máximo).  :biglol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 04 de Setembro de 2014, 16:14:35
[...]
Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.

Tem que ter muito tempo livre para ler história em quadrinhos e jogar videogames.   :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 04 de Setembro de 2014, 16:21:54
Muito tempo não necessariamente: eu jogo/leio pelo menos uma hora todos os dias, pra dar um reboot no cérebro, desligar mesmo do padrão e esquentar turbinas pro terceiro tempo...
Mulher trabalha em casa, na rua, e faz hora extra com o marido (melhor parte da jornada :P)
Fundamental pra mim dar uma "desligada" temporária pra não pirar de vez...
Meu mestrado em História tá parado mesmo... :sleepy:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 16:22:14
Ahhh, sim, Rocky... corrigindo meu último post: "exceto se estivesse produzindo uma HQ direcionado ao público transgênero/travesti/crossover/bichalouca ou afccionado de hqs japonesas", o que sei lá se muda muita coisa  :biglol:

Na verdade o gênero "gender bending" teve apelo mainstream no Japão, Rosa de Versalhes, a Princesa Cavalheiro, etc. Não sei lhe explicar porque disto.

(Mas é, offtopic meu.)

Gente, isso é mercado. As mulheres e homens são retratados da maneira que são, nas HQs, porque é como o público alvo prefere. Se heroínas vestidas até a cabeça e heróis nus e com o pau ereto 100% do tempo fosse o que o público alvo deste mercado gostasse, eles seriam retratados assim.

Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.

Pensando em lógica de mercado, dado a pouca venda das HQs hoje em dia, seria provavelmente inteligente tentar ser mais inclusivo. Mas talvez eles prefiram ter a certeza de atingir um público-alvo determinado do que se arriscar a mais. O mesmo não vale para videogames, que ainda vendem muito, apesar do público feminino ser muito baixo (salvo a Nintendo).

Mas não sei se é mimimi, Gaúcho. Imagina que você tenha uma filha e toda a cultura popular em que ela se encontre as mulheres estão lá para serem salvas, são passivas, só falam de homens... Você não se preocupa nem um pouquinho? Quero dizer, ao menos a ponto de conversar com ela?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 16:23:45
[...]
Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.

Tem que ter muito tempo livre para ler história em quadrinhos e jogar videogames.   :P

Mas pra ficar no fCC o dia todo discutindo, não, né?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 16:27:44
Eu não acho que seja uma questão de machismo ou feminismo, acho que é uma questão de mercado mesmo. Como disse anteriormente, antigamente o público era quase exclusivamente masculino, hoje isso mudou e a nova fatia quer ser representada também. Claro que os ativistas tanto de um lado quando do outro vão reclamar, mas o meio termo tem bons argumentos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 04 de Setembro de 2014, 16:33:01
[...]
Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.

Tem que ter muito tempo livre para ler história em quadrinhos e jogar videogames.   :P

Mas pra ficar no fCC o dia todo discutindo, não, né?

Xeque-mate!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 04 de Setembro de 2014, 16:36:09
Eu não acho que seja uma questão de machismo ou feminismo, acho que é uma questão de mercado mesmo.

É uma questão de mercado. Mas de um mercado majoritariamente machista.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Setembro de 2014, 16:38:02
Citar
Em seu Clique perfil de Twitter, Sarkeesian compartilha imagens dos insultos e ameaças que recebe. Algumas das imagens sugerem que o autor das ameaças sabe onde ela mora.

Entendo a insegurança que ela sente, mas isso não passa de ameaças vazias, e pior, vindas de nerds melequentos.

Ou até de feministas querendo contribuir.








Feministas mais vocais geralmente fazendo estardalhaço/histeria, com base em evidência bastante seletiva, e uma boa parte da população engolindo o exagero, afinal, é feminismo e logo bom. Outra parte reage reflexivamente com uma negação de que haja qualquer coisa minimamente digna de crítica no assunto.

Tópico sobre isso de alguns anos atrás, que rendeu um pouco:

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=25028.0
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 04 de Setembro de 2014, 16:41:57
Eu não acho que seja uma questão de machismo ou feminismo, acho que é uma questão de mercado mesmo.

É uma questão de mercado. Mas de um mercado majoritariamente machista.

Sim, mas acho que os consumidores que preferem mulheres semi nuas nem são machistas, são só punheteiros mesmo. :lol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 16:43:56
[...]
Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.

Tem que ter muito tempo livre para ler história em quadrinhos e jogar videogames.   :P

Mas pra ficar no fCC o dia todo discutindo, não, né?

Xeque-mate!

:lol:

Gente, isso é mercado. As mulheres e homens são retratados da maneira que são, nas HQs, porque é como o público alvo prefere. Se heroínas vestidas até a cabeça e heróis nus e com o pau ereto 100% do tempo fosse o que o público alvo deste mercado gostasse, eles seriam retratados assim.

Tem que ter muito tempo livro pra ficar de mimimi sobre machismo/feminismo em histórias em quadrinhos.
Não é mimimimi, não Gaúcho. Que isso: são analogias pertinentes sobre uma questão relevantíssima ::)

Não é uma questão muito relevante, mas é uma questão e é legal ver a opinião das pessoas sobre o tema. Acho que é isso que eu tenho a dizer. :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 04 de Setembro de 2014, 16:44:33
Mas não sei se é mimimi, Gaúcho. Imagina que você tenha uma filha e toda a cultura popular em que ela se encontre as mulheres estão lá para serem salvas, são passivas, só falam de homens... Você não se preocupa nem um pouquinho? Quero dizer, ao menos a ponto de conversar com ela?

Eu não tenho filhos, então qualquer coisa que eu falar vai ser respondida com "ah, mas você vai mudar de ideia quanto tiver filhos".

Mas para não deixar sua pergunta sem resposta, eu, atualmente, não me preocuparia nem um pouco com isso a ponto de ter uma conversa específica com a minha filha. Eu simplesmente não conheço absolutamente nenhuma mulher que teve um problema por crescer em um mundo onde as mulheres são, na maioria das vezes, em HQs e filmes, estereotipadas como frágeis, esperando para serem resgatadas, bobinhas, etc.

Se estereótipos de entretenimentos significassem qualquer coisa, todos homens teriam complexo de white knight e todas as mulheres teriam complexo de damsel in distress. Estereótipos existem dos dois lados, vocês que estão dizendo que os estereótipos masculinos são mais cool que os femininos. De repente, nem é a opinião das meninas. De repente o mundo enlouquece e existem meninas que gostam desse estereótipo mais feminino e delicado, sem precisar ser o herói fodão que salva o mundo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 16:53:07
Citar
Se estereótipos de entretenimentos significassem qualquer coisa, todos homens teriam complexo de white knight e todas as mulheres teriam complexo de damsel in distress. Estereótipos existem dos dois lados, vocês que estão dizendo que os estereótipos masculinos são mais cool que os femininos. De repente, nem é a opinião das meninas. De repente o mundo enlouquece e existem meninas que gostam desse estereótipo mais feminino e delicado, sem precisar ser o herói fodão que salva o mundo.

Para completar com um exemplo, muitos shoujo mangá são feitos para meninas que gostam dos estereótipos citados.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Setembro de 2014, 17:36:20
https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html

Adorei a sunga do Punisher! :ok:
Mas o Capitão Gay América...Fala sério!

Tem algumas coisas "nessa linha" que são dignas de alguma crítica, como poses que parecem mais algo tirado de um ensaio erótico e recontextualizado. Mas não é o caso do poster dos Vingadores, que se tivesse mulheres nas mesmas poses exatas dos homens, ainda seria passível de ser alvo de crítica por poses "sexualizadas".

Essas paródias não podem ser entendidas como equivalentes reais (ainda que talvez em alguns casos seja a intenção dos criadores), da mesma forma que photoshopar um monte de homens de maquiagem, vestido ou biquini nas capas de revistas como "Nova", não é evidência de que essas revistas em si sejam misoginistas nem nada. Homens e mulheres se vestem diferentemente, tem gestuais diferentes, etc.

Parece que parte das pessoas que protestam contra algumas dessas coisas tem ideais de que a sociedade deveria ser toda perfeitamente andrógina, que não se soubesse o sexo de uma pessoa sem uma inspeção literal.

A Anita Sarkesian promove inclusive como "mito" que os homens sejam naturalmente fisicamente mais fortes que mulheres.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 04 de Setembro de 2014, 17:45:33
Insignificantes?  Acho que essa senhora nunca ouviu falar da Ms. Pac-man, da Kitana, da Tyris Flare, da Yuri Sakazaki, da Sonya Blade, da Morrigan Aensland, Zelda, Jill Valentine, Lara Croft, ufaaa!
E ainda tem um monte que não citei, por pertencerem ao universo Comics, como a Fênix dos X-Men, entre outras.
E minha "ídola", a primeira mulher a salvar os colhudos em um filme, Ten. Ripley.
Um dos melhores games que eu já joguei foi com a Xena.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Setembro de 2014, 17:59:45
Oh my god, até isso é minimizado? Quer comparar a quantidade de personagens principais masculinos e femininos e como são retratados? Olha a roupa que vestem, as posições em que são desenhados, etc. É claro que existe um bias, não acho que seja nada demais, mas que existe uma diferença absurda, isso é fato.

Uma garota contestando isso disse que colecionava montanhas de jogos com personagens principais femininos... só que se fosse "o contrário", não precisava ter essa especificidade, era praticamente só "colecionar jogos" e incidentalmente faria com que colecionasse jogos com personagens principais masculinos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 18:14:54
Citar
Parece que parte das pessoas que protestam contra algumas dessas coisas tem ideais de que a sociedade deveria ser toda perfeitamente andrógina, que não se soubesse o sexo de uma pessoa sem uma inspeção literal.

A Anita Sarkesian promove inclusive como "mito" que os homens sejam naturalmente fisicamente mais fortes que mulheres.

Eu gosto de pensar em conceitos como "masculino" e "feminino" como conceitos psiquiátricos como "Id", "Superego", ficções úteis para se guiar, para se identificar ou pensar, e eu não acho que essa identificação dependa do seu órgão genital. Poderíamos separar duas coisas: sexo biológico e identidade de gênero.

Mesmo que mulheres sejam mais fracas fisicamente do que homens, tratar todas as mulheres que você encontra como mais fraca é babaquice, e é o tratamento individual que importa. Isto vale para qualquer estatística de diferença de gênero, e óbvio que isso é errado, mas muitas pessoas ainda cometem este erro.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Setembro de 2014, 18:22:40
... bem, eu não pretendi sugerir em momento algum que se devesse dar qualquer tipo de tratamento diferenciado em função disso. No que quer que força seja importante, idealmente se deve medir força, exceto talvez se houver muita pressa, então as chances são de ser melhor prividenciar homens para fazer o que quer que seja. Pode dar azar de estar se chamando um bando de nerds RPGistas e as mulheres serem fisioculturistas, de qualquer forma, mas deve ser uma minoria dos casos.

A minha colocação está mais no contexto de "imagem de super-heróis de ação".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 18:30:33
... bem, eu não pretendi sugerir em momento algum que se devesse dar qualquer tipo de tratamento diferenciado em função disso. No que quer que força seja importante, idealmente se deve medir força, exceto talvez se houver muita pressa, então as chances são de ser melhor prividenciar homens para fazer o que quer que seja. Pode dar azar de estar se chamando um bando de nerds RPGistas e as mulheres serem fisioculturistas, de qualquer forma, mas deve ser uma minoria dos casos.

A minha colocação está mais no contexto de "imagem de super-heróis de ação".

Eu sei, e o exemplo torna a situação mais pitoresca. :P Mas quis ressaltar que estatísticas de diferença de gênero não são guias para o nosso comportamento.

O mesmo argumento valeria sobre ser policial e revistar negros primeiro em um ônibus, por exemplo: estatisticamente eles cometem mais crimes. Mas bom senso diz que uma atitude é válida, enquanto a outra não, certo? Uma é válida porque não feriria ninguém. Se estou tergiversando/viajando (olha a palavra bonita), sinta-se à vontade para ignorar.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Setembro de 2014, 18:36:27
Vai depender da diferença estatística em si, e das implicações dos tratamentos padronizados de acordo com as diferenças estatísticas. Pode ser válido e mais eficiente do que se ter uma flexibilidade absoluta e abordar cada caso individualmente sem pensar em qualquer tipo de padrão.

Não poderia dizer as coisas de forma mais vaga do que fiz, e isso é de propósito mesmo, não me vêem imediatamente bons exemplos, apesar de parecer uma lógica bastante razoável. Talvez, se alguém parece uma criança de 7 anos dirigindo, os policiais devem abordar porque é estatísticamente mais provavel que de fato seja, do que uma pessoa adulta que apenas parece ter 7 anos de idade. Etc.


Acho que ficou faltando citação da wikipédia nesse post.


Citar
Heuristic (/hjʉˈrɪstɨk/; Greek: "Εὑρίσκω", "find" or "discover") refers to experience-based techniques for problem solving, learning, and discovery that give a solution which is not guaranteed to be optimal. Where the exhaustive search is impractical, heuristic methods are used to speed up the process of finding a satisfactory solution via mental shortcuts to ease the cognitive load of making a decision. Examples of this method include using a rule of thumb, an educated guess, an intuitive judgment, stereotyping, or common sense.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 04 de Setembro de 2014, 18:58:56
Gostei, Buckaroo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Setembro de 2014, 03:37:15
Representar heroínas atraentes em poses sensuais agora é machismo e misoginia?  :susto:

Machismo em sentido pejorativo não seria a inferiorização da mulher em função de seu gênero, e a misoginia não seria o ódio generalizado pelo gênero feminino?

Então eu lhes pergunto, onde a representação de uma linda mulher sensual, como a heroína Mulher Maravilha, tão forte e importante para a equipe da liga da justiça quanto seus colegas homens, e ainda por cima com o diferencial de ser sensual, coisa que a maioria deles não o é, a tornando por isso ainda mais interessante do que eles, poderia significar uma atitude machista e misógina dos autores?

Na maioria das vezes que feministas e simpatizantes do movimento usam palavras como "machismo" e "misoginia" para criticarem aquilo de que eles não concordam, me parece se configurar como um uso indevido e arbitrário destas palavras, com o simples e único objetivo de se beneficiarem do teor extremamente negativo e pesado que estas palavras carregam, ao ponto de invalidar o posicionamento daquele que foi rotulado por elas, sem que qualquer fundamento que sustente o uso de tais termos seja apresentado.

É o mesmo que um Reductio ad Hitlerum, só que neste cado seria um Reductio ad machismo/misoginia

 :no:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 25 de Novembro de 2014, 22:37:43
Curioso não terem publicado nada aqui sobre isso, não posso deixar o Skeptikós sozinho na "guerra contra as mulheres", ele não é "machista" o suficiente, este bunda mole.

Posto aqui para não abrir mais um tópico sobre o velho tema de sempre e porque há alguma conexão.


(http://www.bitaites.org/wp-content/uploads/2014/11/shirt.jpeg)

Matt Taylor é um dos pilares da missão Rosetta que pousou uma fucking sonda num fucking cometa alguns dias atrás. A essa hora devia estar batizando escolas e bibliotecas públicas, virando nome de medalhas destinadas a galardoar estudantes promissores em ciências exatas... mas... Matt Taylor é um monstro execrável e acabou se tornando alvo do bullying virtual dos defensores do bem e da ordem, da moral e dos bons costumes, da politicamente correto e principalmente (claro) do igualitarismo frankfurtiano.

O crime?

Bem, no dia em que a missão conseguiu seu objetivo e que ele deveria ter se tornado um dos grandes nomes da história da Ciência ele se meteu a besta de usar uma camisa dada de presente a ele por uma amiga designer que parece ser esposa de seu tatuador, sim, Taylor é um cientista um tanto excêntrico, usa umas tatuagens meio boladonas e umas camisas esquisitonas (e pousa sondas em cometas nas horas vagas).

Alguns feministas não gostaram da estampa feita pela amiga de Taylor e acharam que Taylor era muito machista de usar o presente recebido de aniversário (talvez até como forma de gratidão e de retribuir o carinho, é sempre bom ver a pessoa a  quem você deu um presente usando este numa situação especial): acharam que aquela camisa, de alguma forma amalucada que só um cérebro de azeitona feminista entende, fazia com que as meninas não gostem tanto de matemática, que a moça estampada era uma ofensa às mulheres cientistas e que o sorriso debochado de Matt ao dar a entrevista com aquela camisa mostrava o quão misóginas são as casas de ciências exatas.

Christina Hoff Sommers fala (impecavelmente como sempre) sobre o ocorrido (infelizmente apenas com legendas automáticas em inglês) no link abaixo:
https://www.youtube.com/v/WNbQ3QjWX3o
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 25 de Novembro de 2014, 22:49:16
Curioso não terem publicado nada aqui sobre isso, não posso deixar o Skeptikós sozinho na "guerra contra as mulheres", ele não é "machista" o suficiente, este bunda mole.

Posto aqui para não abrir mais um tópico sobre o velho tema de sempre e porque há alguma conexão.



Matt Taylor é um dos pilares da missão Rosetta que pousou uma fucking sonda num fucking cometa alguns dias atrás. A essa hora devia estar batizando escolas e bibliotecas públicas, virando nome de medalhas destinadas a galardoar estudantes promissores em ciências exatas... mas... Matt Taylor é um monstro execrável e acabou se tornando alvo do bullying virtual dos defensores do bem e da ordem, da moral e dos bons costumes, da politicamente correto e principalmente (claro) do igualitarismo frankfurtiano.

O crime?

Bem, no dia em que a missão conseguiu seu objetivo e que ele deveria ter se tornado um dos grandes nomes da história da Ciência ele se meteu a besta de usar uma camisa dada de presente a ele por uma amiga designer que parece ser esposa de seu tatuador, sim, Taylor é um cientista um tanto excêntrico, usa umas tatuagens meio boladonas e umas camisas esquisitonas (e pousa sondas em cometas nas horas vagas).

Alguns feministas não gostaram da estampa feita pela amiga de Taylor e acharam que Taylor era muito machista de usar o presente recebido de aniversário (talvez até como forma de gratidão e de retribuir o carinho, é sempre bom ver a pessoa a  quem você deu um presente usando este numa situação especial): acharam que aquela camisa, de alguma forma amalucada que só um cérebro de azeitona feminista entende, fazia com que as meninas não gostem tanto de matemática, que a moça estampada era uma ofensa às mulheres cientistas e que o sorriso debochado de Matt ao dar a entrevista com aquela camisa mostrava o quão misóginas são as casas de ciências exatas.

Christina Hoff Sommers fala (impecavelmente como sempre) sobre o ocorrido (infelizmente apenas com legendas automáticas em inglês) no link abaixo:

Já foi colocado este assunto em um outro tópico.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 25 de Novembro de 2014, 22:51:55
Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 25 de Novembro de 2014, 22:52:47
Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)

Eu não lembro, sinceramente.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 25 de Novembro de 2014, 22:58:38
Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)

Eu não lembro, sinceramente.
Hmm, tem certeza de que não foi de outro site que você viu sobre isso não? Já joguei shirtgate, shirtstorm, rosetta... não veio nada sobre isso. Tem um tópico que em que se falou sobre a Rosetta mas não sobre o ataque de pelancas coletivo feminista contra a camiseta "machista".

Bom, seja como for :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Moro em 25 de Novembro de 2014, 22:59:17
Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)

Eu coloquei com um link da folha... tem a foto do cara

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28713.msg819363#msg819363
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 25 de Novembro de 2014, 23:02:38
Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)

Eu coloquei com um link da folha... tem a foto do cara

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28713.msg819363#msg819363
:ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Novembro de 2014, 23:11:18
Curioso não terem publicado nada aqui sobre isso, não posso deixar o Skeptikós sozinho na "guerra contra as mulheres", ele não é "machista" o suficiente, este bunda mole.
:biglol: :biglol:

Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)

Eu coloquei com um link da folha... tem a foto do cara

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28713.msg819363#msg819363
:ok:
Também já passei por isso. Na minha opinião sistema de busca do fórum não é muito eficiente, ou então somos nós que não sabemos usa-lo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 25 de Novembro de 2014, 23:25:48
Curioso não terem publicado nada aqui sobre isso, não posso deixar o Skeptikós sozinho na "guerra contra as mulheres", ele não é "machista" o suficiente, este bunda mole.
:biglol: :biglol:

Hmmm, malz então, eu não achei nada e cheguei a jogar "Matt Taylor site:clubecetico.org" mas não veio link sobre o assunto.

Ps.: foi no tópico sobre notícias bizarras? ::)

Eu coloquei com um link da folha... tem a foto do cara

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28713.msg819363#msg819363
:ok:
Também já passei por isso. Na minha opinião sistema de busca do fórum não é muito eficiente, ou então somos nós que não sabemos usa-lo.

Eu acho pouco eficiente.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Novembro de 2014, 23:36:02
Então já somos três, talvez estejamos certos!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 25 de Novembro de 2014, 23:45:10
Então já somos três, talvez estejamos certos!

Sim.

Mas este é um dos (se é que tem outros) pouquíssimos defeitos do fórum.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 25 de Novembro de 2014, 23:50:12
Mas que drama: eu fiz a busca pelo Google (limitando para o clube cetico) e só não achei porque o post do Madiba carecia de termos chave como o nome da missão ou do cientista envolvido :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 26 de Novembro de 2014, 00:15:09
Então já somos três, talvez estejamos certos!

Sim.

Mas este é um dos (se é que tem outros) pouquíssimos defeitos do fórum.
Verdade, o fórum de maneira geral é muito bom!

Mas que drama: eu fiz a busca pelo Google (limitando para o clube cetico) e só não achei porque o post do Madiba carecia de termos chave como o nome da missão ou do cientista envolvido :P
Olha, mesmo quando o texto possui as palavras chaves que usei como busca ainda sim costuma não voltar resultados.  :hihi: :hihi:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Novembro de 2014, 03:48:59
Eu também prefiro ir direto ao google.

O sistema do fórum em si tem uma pequena vantagem quando quer procurar por uma mensagem de alguém especificamente, só.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Eremita em 29 de Novembro de 2014, 17:45:19
E se o Metroid e o Zelda fossem mulheres? Daí ela ficaria satisfeita?

...memes porcos à parte, minha opinião:
Sim, a crítica da Sarkeesian tem muito fundo de verdade. Estereótipos de gênero são muito comuns em jogos, sim.
Entretanto, é igual à historinha do garoto que berrava "LOBO!". Ela vê misoginia e estereótipos até onde não há, e ignora evidências contrárias; então poucos levam-na a sério, e deixam de levar a causa dela a sério por isso.

Inclusive, ela berra "olha o lobo!" demais mesmo quanto ao assédio que diz sofrer, já que ela não sabe diferenciar "crítica revestida de palhaçada" e assédio propriamente dito:
http://www.feministfrequency.com/2012/07/image-based-harassment-and-visual-misogyny/

Disso, não me surpreenderia nada se as "ameaças" que ela sofre fossem uma ou duas ameaças reais, uma dúzia de "ameaças" de internet e um balaio de coisas que não são ameaça, mas que a anta cúbica da Sarkeesian entendeu como tal.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 29 de Novembro de 2014, 18:24:57
Hehe, tem uma imagem/meme "feminism" que é análoga à daquele cara do history channel dizendo "aliens".

Mas seria mais apropriadamente "patriarchy", ou "men", "males". Deveriam também tê-la colocado no mesmo cenário.



Não acho que seja "burrice" contabilizar mais coisas como ameaça e molestação/"assédio" do que realmene são, é perfeitamente útil dentro se você quer se fazer de vítima, ela seria "idiota" (ou simplesmente honesta) é se não aproveitasse isso.

Idiotice mesmo é "contribuir" com os xingamentos e ameaças, mesmo que "vazias".

Aliás, embora eu ache que nem precisa de muita contribuição bogus para conseguir o material necessário mais do que suficiente para se fazer de vítima*, não me surpreenderia se uma fração não-desprezível das ameaças e insultos fossem fabricação de partidários da causa. Sabe, não é realmente "mentira"; você está apenas criando uma síntese, um retrato, do pensamento real de muitos nessa cultura patriarcal e misógina. É uma combinação de arte criativa e denúncia social anônima.


* Aliás, praticamente indo contra minha argumentação anterior, talvez seja suficiente até para dar-se um desconto nisso de "se fazer de vítima", dando o benefício da dúvida. Provavelmente as coisas não são sérias na maior parte do tempo, mas não estando no lugar de quem realmente é alvo, fica difícil "condenar" sua perspectiva. Ironicamente o próprio Thunderfoot, seu principal rival online, fez algumas reclamações esporádicas sobre ter sido photoshopado em pornografia -- reclamações mais "dramáticas", não algo na linha de "eu nem estou reclamando, é só exemplo do que acontece e não tem nada demais", que talvez fosse o mais esperado de sua posição de desdém contra os ataques que ela sofre. O que por sua vez talvez seja também exemplo de que no mínimo pessoas de ambos os "lados" estão dispostas a esse nível de ataques, o que reforça a possibilidade de ataques "com bandeira falsa". Mas vale para os dois lados.


Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 29 de Novembro de 2014, 18:48:17
Eu acho impressionante que essas coisas sejam levadas tão a sério e se faça tanta tempestade em copo d'água.

Fica ainda mais impressionante porque acho que tem uma parte essencial da coisa que seria praticamente de comum acordo, mas então prevalece algo como um efeito bola-de-neve do antagonismo dos lados em debates.


Eu não assino no YT canais como thunderfoot ou theasinineatheist, mas por ter visto um ou outro vídeo em minha conta em meados de 1912, ainda recebo sugestões relacionadas. Uma delas nem parecia ser sobre isso, acho, fui ver o que era e/ou o canal, e tinha um vídeo de algo como 3 horas, que era sobre "por que o gamegate é tão importante para mim". E no vídeo e/ou no canal o cara ainda dizia estar desempregado e agradecia contribuições para que continuasse a fazer esses vídeos. Um dos argumentos dele é que video-games "são a perfeita meritocracia". Pelo amor de deus.

De um lado, as coisas estão mudando, melhorando gradualmente, sobre isso de redução de estereótipos e maior representação de mulheres e etc. Do outro, é também pouco provável que venham a haver leis ou mudanças significativas que vão fazer todos os jogos serem educacionais politicamente corretos e completamente sem graça.

(http://static.fjcdn.com/pictures/First+World+Problems+Milk+and+Cookies.+Them+darm+first_419d89_3174805.jpg)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Eremita em 29 de Novembro de 2014, 19:54:06
Hehe, tem uma imagem/meme "feminism" que é análoga à daquele cara do history channel dizendo "aliens".
Essa?
(http://memestorage.com/_nw/18/37868967.jpg)

No caso dela em específico, eu discordo - acredito que ela vê mesmo esse tipo de coisa como ameaça, molestação e assédio. Talvez por pessimismo.

Citar
não me surpreenderia se uma fração não-desprezível das ameaças e insultos fossem fabricação de partidários da causa. Sabe, não é realmente "mentira"; você está apenas criando uma síntese, um retrato, do pensamento real de muitos nessa cultura patriarcal e misógina. É uma combinação de arte criativa e denúncia social anônima.
Pensando sobre isso: ...é, concordo, também não me surpreenderia se houvesse bastante false-flagging.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 29 de Novembro de 2014, 20:02:53
Quanto a imagem, não, mas a da direita, aqui:

http://www.feministfrequency.com/archive/Image_harassment2.jpg

(Do mesmo artigo que você linkou)




Nesse campo de "ativismo social" houve até casos de pessoas que "se violentaram". Ou ao menos um, o daquela que queria difamar os eleitores do Obama e cortou um "B" na própria testa, mas fez o B invertido, ao ver num espelho. Acho que há não muito tempo aconteceu também com uma lésbica, mas não lembro de detalhes/comprovação ou se era especulação dessa possibilidade.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Eremita em 30 de Novembro de 2014, 20:14:37
[Off-topic] pior que ela parece gostosa em umas fotos...
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 01 de Dezembro de 2014, 14:28:04
E se o Metroid e o Zelda fossem mulheres? Daí ela ficaria satisfeita?

Off-topic:

Zelda é uma mulher, só não é a protagonista. Metroid eu não tenho certeza.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 01 de Dezembro de 2014, 15:36:58
E se o Metroid e o Zelda fossem mulheres? Daí ela ficaria satisfeita?

Off-topic:

Zelda é uma mulher, só não é a protagonista. Metroid eu não tenho certeza.

O herói da série Zelda é o Link.

O metroid é este bicho:
(http://img3.wikia.nocookie.net/__cb20100322225155/metroid/images/d/d8/Metroid4_07.jpg)

A protagonista de Metroid é a Samus Aran e também é mulher.

(http://davidcrew.files.wordpress.com/2010/01/1255452952290.jpg)


Ou seja, o Polaco só deve estar de sacanagem, pois os dois personagens que ele tentou exemplificar são mulheres.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 01 de Dezembro de 2014, 15:43:00
Deve ser, mas a Zelda é um mau exemplo, ela é o esterótipo de mulherzinha esperando para ser resgatada. :lol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 01 de Dezembro de 2014, 17:30:53
O que Sarkeesian diz que é um exemplo de "objetificação". As pessoas capturadas (talvez mulheres especificamente) são só "objetos" para serem resgatados, propriedade roubada que se recupera, não gente de verdade. :/

Agora a polícia não vai ser acusada de machismo e misoginia só por como lida com estupros, mas também por tentar resgatar mulheres seqüestradas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 01 de Dezembro de 2014, 17:36:16
O que Sarkeesian diz que é um exemplo de "objetificação". As pessoas capturadas (talvez mulheres especificamente) são só "objetos" para serem resgatados, propriedade roubada que se recupera, não gente de verdade. :/

Agora a polícia não vai ser acusada de machismo e misoginia só por como lida com estupros, mas também por tentar resgatar mulheres seqüestradas.

Mas eu concordo com boa parte das críticas delas. Os games são bastante machistas por causa do público e desenvolvedores predominantemente masculino e jovem. E este machismo é tão recorrente que a gente até incorpora como sendo normal. Mas acho meio chato a falta de personagens femininas realmente interessantes nos games.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 01 de Dezembro de 2014, 18:04:55
O que Sarkeesian diz que é um exemplo de "objetificação". As pessoas capturadas (talvez mulheres especificamente) são só "objetos" para serem resgatados, propriedade roubada que se recupera, não gente de verdade. :/

Agora a polícia não vai ser acusada de machismo e misoginia só por como lida com estupros, mas também por tentar resgatar mulheres seqüestradas.

Mas eu concordo com boa parte das críticas delas. Os games são bastante machistas por causa do público e desenvolvedores predominantemente masculino e jovem. E este machismo é tão recorrente que a gente até incorpora como sendo normal. Mas acho meio chato a falta de personagens femininas realmente interessantes nos games.
Não vejo por que indexar uma faceta da natureza feminina como uma coisa deletéria. A objetificação da mulher consiste em não visar a mulher na sua complexidade e não em visá-la no que soma da sua natureza. Fragilidade, sensibilidade e passividade, por exemplo, em nada são intrinsecamente negativas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 01 de Dezembro de 2014, 20:57:46
O que Sarkeesian diz que é um exemplo de "objetificação". As pessoas capturadas (talvez mulheres especificamente) são só "objetos" para serem resgatados, propriedade roubada que se recupera, não gente de verdade. :/

Agora a polícia não vai ser acusada de machismo e misoginia só por como lida com estupros, mas também por tentar resgatar mulheres seqüestradas.

Mas eu concordo com boa parte das críticas delas. Os games são bastante machistas por causa do público e desenvolvedores predominantemente masculino e jovem. E este machismo é tão recorrente que a gente até incorpora como sendo normal. Mas acho meio chato a falta de personagens femininas realmente interessantes nos games.

Sim, sim. Minha implicação é mais com o termo "objetificação", que já é ruim mesmo no seu uso correto.

Eu disse em algum outro tópico desses, ou talvez nesse mesmo, que esse pessoal -- ativistas sociais de modo geral -- parecem de propósito pegar um cerne com o qual provavelmente a vasta maior parte das pessoas concordaria, e então exageram, dramatizam, até chegar ao ridículo. O que por sua vez causa uma reação oposta também exagerada ou "negacionista", que acaba sendo mais crível do que deveria, pelo contraste com a posição de "auto-espantalho" do outro lado.


Detalhe adicional é que para a Sarkeesian ainda não seria suficiente se, para cada jogo existente, houvesse uma versão feminina de cada personagem jogável e 50% dos personagens terem o sexo trocado. Pelos personagens serem estereotipicamente masculinos, com qualidades masculinas, mesmo assim. Então não seria uma verdadeira aceitação "do feminino". Ironicamente, aqui o certo talvez fosse usar coisas mais estereotipicamente femininas, de alguma forma.

Por essas e outras que ela fez a campanha do kickstarter para comprar/alugar jogos para falar mal, em vez de para desenvolver um jogo feministicamente correto ela mesma (contratando criadores que ela dirigiria). É algo meio sem-saída.





Eu acharia legal uma versão "femen" de um jogo meio como Golden Axe/Streets of Rage. Mulheres em topless saem por aí quebrando a cara de todo mundo na sociedade machista. Os "chefes" de fase poderiam líderes religiosos, políticos, etc.
 





Duas meninas de 16 anos fizeram esse jogo que você sai por aí matando as pessoas atirando absorventes:

https://www.youtube.com/v/rDeBjMql974

Me lembrou de um clipe do "Onion", sobre se os reality shows estariam estabelecendo padrões irrealizáveis de "skankiness". Acho que no meio do reality show uma mulher tirava o absorvente e jogava em outra. Mas talvez isso tenha sido notícia real, não paródia, embora tenha havido essa paródia do Onion sobre padrões de skankiness que as mulheres normais têm dificuldade em acompanhar.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Eremita em 02 de Dezembro de 2014, 14:23:36
E se o Metroid e o Zelda fossem mulheres? Daí ela ficaria satisfeita?

Off-topic:

Zelda é uma mulher, só não é a protagonista. Metroid eu não tenho certeza.
Mordeu a isca! :lol:
Eu tava só zoando, como o Lorenz falou. E sim, a Zelda é mau exemplo, mas a Samus é um bom exemplo de personagem feminina cujo papel é maior que "olha que tetas grandes!" (mesmo porque, no primeiro jogo, só se sabe que o personagem principal é uma mulher no final...)

E absorvente é tabu? Achei que fosse só coisa nojenta...
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 02 de Dezembro de 2014, 14:40:38
E se o Metroid e o Zelda fossem mulheres? Daí ela ficaria satisfeita?

Off-topic:

Zelda é uma mulher, só não é a protagonista. Metroid eu não tenho certeza.
Mordeu a isca! :lol:
Eu tava só zoando, como o Lorenz falou. E sim, a Zelda é mau exemplo, mas a Samus é um bom exemplo de personagem feminina cujo papel é maior que "olha que tetas grandes!" (mesmo porque, no primeiro jogo, só se sabe que o personagem principal é uma mulher no final...)

E absorvente é tabu? Achei que fosse só coisa nojenta...

Do jeito que a Anita Sarkee... sarquesian.... SQN... é implicante, iria dizer que Samus é o pior exemplo de objetificação porque quando termina o primeiro game ou morre no terceiro, ela aparece de maiô, demonstrando que é somente um símbolo sexual, onde os homens a matariam de propósito para que em sua agonia, mostrasse seu corpo sensualizado.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Dr. Manhattan em 02 de Dezembro de 2014, 15:19:47
Vi alguns dos vídeos da Sarkeesian e, apesar de nem sempre concordar com ela[1], creio que ela apontou para um problema recorrente não só nos games mas na mídia popular de uma forma geral. É o fato de os produtores dessa mídias, por preconceito ou preguića abusarem dos clichês - e o público aceitar isso como "normal". É o caso do clichê da "Donzela em perigo": em lugar de tentar criar uma personagem feminina um pouco mais profunda, preferem usar personagens cuja única utilidade é motivar o protagonista. No vídeo ela mostra dezenas de exemplos. Outro clichê é o da "mulher na geladeira"[2]. Imagino que a irritacão que algumas mulheres sentem com esse tipo de clichê não seja muito diferente da que eu sentiria se, digamos, cearense fossem sempre mostrados em filmes e programas de TV como retirantes esfomeados que só conseguem sobreviver com a ajuda de sudestinos bondosos - ou gaúchos se fossem sempre mostrados como bichinhas de bombachas. Acho que não se trata de ser implicante, mas de se procurar uma experiência mais rica e significativa para nossos produtos culturais.



[1] Por exemplo, ela reclama da violência contra as personagens femininas em vários jogos, incluindo Red Dead Redemption. Ora, nesse jogo o protagonista está no início do século XX em um ambiente violento e sem leis, e as mulheres vítimas de violência são em sua maioria prostitutas que vivem nesse ambiente. Por outro lado, uma das poucas mulheres fortes e independentes em Red Dead Redemption acaba servindo como Donzela em Perigo em um certo nível do jogo...
[2] O nome desse clichê é por causa de um quadrinho em que a namorada do herói é morta pelo vilão e colocada em sua geladeira - apenas para que o autor dê um bom motivo para o herói agir de forma... heróica.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 02 de Dezembro de 2014, 15:35:41
Considero os vídeos dela bons. Só não me recordo de ter visto um bom exemplo de personagem feminina, para a gente saber até onde vai a crítica dela. Se ela deixasse bem claro os maus exemplos e os bons exemplos, talvez ela não pareceria tão radical, mostrando apenas os maus exemplos.

Mas algo irritante é a quantidade de vídeos de pessoas criticando ela no youtube. A grande maioria com péssimos argumentos, que parecem apenas aproveitarem a repercussão para abocanhar mais views e mais inscrições.

Tinha um vídeo de um cara apontando que ela era hipócrita ao criticar brinquedos femininos com excesso de cores roxas e rosas, enquanto ela usava uma blusa rosa. O que o imbecil não percebeu, na ânsia de criticá-la, é que neste vídeo ela usou uma blusa rosa DE PROPÓSITO, para exemplificar que gosta da cor, mas que não precisa ser predominante.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 02 de Dezembro de 2014, 18:17:09
Vi alguns dos vídeos da Sarkeesian e, apesar de nem sempre concordar com ela[1], creio que ela apontou para um problema recorrente não só nos games mas na mídia popular de uma forma geral. É o fato de os produtores dessa mídias, por preconceito ou preguića abusarem dos clichês - e o público aceitar isso como "normal". É o caso do clichê da "Donzela em perigo":

Como eu disse, a coisa geralmente parte de um ponto com qualquer um que não for extremamente implicante vai concordar, mas daí por diante segue super-dramatizando isso. Dentro do contexto de ser só um traço da cultura patriarcal para oprimir a mulher. Mas não só os clichês não serão só sobre mulheres, e nem serão apenas negativos/opressivos. Se as mulheres são SALVAS pelos protagonistas, você no mínimo tem que dizer que seria no máximo um exemplo de "sexismo benevolente", que, apesar de ser um símbolo de como a sociedade valoriza a mulher, colocando como ideal um sacrifício homérico com o objetivo de salvá-la, idealmente não seria tão repetitivo, e haveria mais personagens femininos com mais "agência". Mas o que ela faz é meio como, reclamar de que, sei lá, personagens negros nos videogames são sempre estrelas do basquete ou boxeadores, e tentar fazer um vínculo disso com uma perpetuação da escravidão.

PS.: acho racista que nos últimos/não-tão-últimos jogos da série "GTA", o protagonista/bandido só pode ser um negro.



Citar
em lugar de tentar criar uma personagem feminina um pouco mais profunda, preferem usar personagens cuja única utilidade é motivar o protagonista. No vídeo ela mostra dezenas de exemplos.


Mas novamente, acho que se for comparar, os personagens masculinos não são assim tão tremendamente melhores em termos de serem não-clichês. Até por extensão. Se as mulheres são freqüentemente donzelas em perigo, os homens serão na mesma medida seus salvadores. E aqui você ainda pode também dizer que são estereotipados, uma vez que em 90% do tempo o "salvamento" é na base de violência, do início ao fim. "Por que para a sociedade matriarcal, o homem é só um monte de músculos cujas únicas funções são prover e proteger a mulher, só assim ele é considerado como tendo valor pela sociedade", diria um MRA.


Citar
Outro clichê é o da "mulher na geladeira"[2]. Imagino que a irritacão que algumas mulheres sentem com esse tipo de clichê não seja muito diferente da que eu sentiria se, digamos, cearense fossem sempre mostrados em filmes e programas de TV como retirantes esfomeados que só conseguem sobreviver com a ajuda de sudestinos bondosos - ou gaúchos se fossem sempre mostrados como bichinhas de bombachas. Acho que não se trata de ser implicante, mas de se procurar uma experiência mais rica e significativa para nossos produtos culturais.

De volta ao meu primeiro ponto, o problema não é criticar os clichês, mas a tentativa de colocá-los como misóginos/patriarcalistas/opressores/etc, quando, na maior parte do tempo, na pior das hipóteses, são só casos de clichê de "sexismo benevolente" motivado por fórmulas serem mais convenientes no mercado do que arriscar em algo mais diferente.



Citar
[1] Por exemplo, ela reclama da violência contra as personagens femininas em vários jogos, incluindo Red Dead Redemption. Ora, nesse jogo o protagonista está no início do século XX em um ambiente violento e sem leis, e as mulheres vítimas de violência são em sua maioria prostitutas que vivem nesse ambiente. Por outro lado, uma das poucas mulheres fortes e independentes em Red Dead Redemption acaba servindo como Donzela em Perigo em um certo nível do jogo...

Acho que talvez o maior "tiro no pé" nessas tentativas de procurar misoginia na cultura são esses casos de mulher sofrendo violência em ficção. Porque, primeiramente, isso praticamente nunca vai ser colocado como algo que é "bom" na história, mas será sempre ação do vilão! Acho que requer alguma estupidez ou desonestidade para algumas argumentações nessa linha. Em segundo lugar, e não menos importante, se você considerar a proporção, homens são mortos como moscas em filmes e vídeo-games*, mas geralmente não motiva a argumentação MRA-esca equivalente -- bem, talvez sim, vindo realmente deles; digo que, SE vamos achar que gente "sofrendo violência" em filmes ou jogos é um sinal de como a violência contra essa gente é aceita, então se teria um caso incomparavelmente mais bem sustentável de que a violência contra os homens que é problematicamente aceita. Aqui até se poderia argumentar sobre a banalização da violência, mas acaba sendo forçado fazer um caso sobre ser algo em que a violência contra a mulher que é mais banalizada.

Até a violência infantil é mais banalizada (descanse em paz, Chaves). A própria idéia de uma dona de casa furiosa correndo atrás do marido com uma frigideira ou uma vassora na mão é meio que "naturalmente engraçada" nesse nível bobo de humor, mas troque os sexos e imediatamente perde a graça. Ou, fora da situação de casal, o "seu" Madruga esbofeteando a dona Florinda, que fica sempre passiva à situação de agressão.

De vez em quando dá para fazer piada com isso, acho que Monty Python tem alguns exemplos (que se não me engano, também são "denunciados" por Sarkeesian como misoginia).

Com violência sexual é também a mesma coisa, apesar de feministas por vezes tentarem vender a idéia de que toda a sociedade tem um fetiche por estupro, chegando até a dizer que é a categoria mais popular de filmes pornôs.




Citar
[2] O nome desse clichê é por causa de um quadrinho em que a namorada do herói é morta pelo vilão e colocada em sua geladeira - apenas para que o autor dê um bom motivo para o herói agir de forma... heróica.

Não sei se relacionado a isso, umas um autor uma vez fez a piadinha, que, depois de "a morte do Super-homem", talvez devessem fazer "o estupro da Mulher-maravilha". Não estou querendo implicar que as pessoas vejam estupro como pior que assassinato (embora alguns devam ver), mas acho uma colocação interessante para mostrar como a violência "contra o homem" (ou, não exatamente, ao menos não num sentido que eu consideraria "androfóbico") que é comparativamente mais explorada de forma sensacionalista ou como clichê de enredos, do que a contra a mulher. Mas é a violência contra a mulher nos roteiros que será mais comumente interpretada como sintoma e perpetuação de um problema social, que tem as mulheres como vítimas específicas, ou até alvos deliberados.




* Em algum momento do vídeo, a garota menciona a desproporção de homens e mulheres num outro vídeo no youtube, uma compilação de cenas de pessoas levando tiros na cabeça em filmes, ao mesmo tempo em que ressalta que, nos casos com mulheres (dois ou três apenas), não se vê cérebro espirrando por todo o lado, é bem mais limpinho.

https://www.youtube.com/v/ftm5r_bFIU8
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 10 de Dezembro de 2014, 15:56:21
Citar
Mas novamente, acho que se for comparar, os personagens masculinos não são assim tão tremendamente melhores em termos de serem não-clichês. Até por extensão. Se as mulheres são freqüentemente donzelas em perigo, os homens serão na mesma medida seus salvadores. E aqui você ainda pode também dizer que são estereotipados, uma vez que em 90% do tempo o "salvamento" é na base de violência, do início ao fim. "Por que para a sociedade matriarcal, o homem é só um monte de músculos cujas únicas funções são prover e proteger a mulher, só assim ele é considerado como tendo valor pela sociedade", diria um MRA.

Mas temos que levar em conta o contexto. Vivemos em uma sociedade cuja história é a de opressão das mulheres, a qual ainda tem resquícios disso.

Fora isso, eu concordo contigo, acho.

Um problema inverso curioso é quando uma personagem é considerada "feminista" só por ser "forte" e não tem mais nenhuma característica relevante. Mais um clichê.

Um bom exemplo de personagem feminina criada por um feminista é a Buffy.

Em uma notícia mais ou menos relacionada, estão criando um anime de garotos mágicos (para quem não conhece, "garotas mágicas" é um gênero por lá: pense em Sailor Moon). Link com imagens: http://en.rocketnews24.com/2014/11/11/pretty-anime-boys-are-here-to-save-the-world-and-they-brought-a-wombat/

A inversão de gêneros me dá vontade de assistir, mas provavelmente será ruim, então nah.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 15 de Dezembro de 2014, 21:46:43
Meu ponto central sobre a discussão central do tópico, em uma sintética imagem 9aguistica:

(http://images-cdn.9gag.com/photo/aD0OR4O_700b_v1.jpg)



Se você vai argumentar que ambas as personagens representam estereótipos cultivados pelo machismo/patriarcado/homens que de alguma forma reiteram o privilégio dos homens sobre as fêmeas da espécie... eu vou te considerar um profundíssimo débil mental.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 16 de Dezembro de 2014, 00:00:32
O aspecto visual não me incomoda, nem impor "padrões de beleza". Enquanto a Barbie (ou He-Man) está calada(o) e não há imposição de um sexo brincar com um outro brinquedo, pra mim tá tranquilo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 23 de Fevereiro de 2015, 08:57:49
Essa moça definitivamente (Gisa Castro, autora de um blog de "auto-ajuda" que tem me ajudado bastante nas minhas outras questões) passou pela fase do dragão :clap::clap::clap::clap:
Citar

Mulheres nos videogames: muito ajuda quem não atrapalha!
Por Gisa Castro

Muito se discute hoje sobre o aumento significativo de mulheres que jogam videogame. Na década de 80 e 90 não era algo comum de se ver, já que os videogames eram uma espécie de brinquedo feito para meninos. Esta era a visão das empresas e o público alvo, que muitas pessoas hoje enxergam como algum tipo de conspiração contra as mulheres, mas que era visto como algo natural na época.

Com a evolução tecnológica e possibilidades, os videogames deixaram de ser um brinquedo de meninos. Na verdade, deixaram de ser brinquedos. Aqueles meninos cresceram, e o interesse deles pelos videogames que permaneceu, prova de que não se tratava apenas de um brinquedo, e sim uma nova peça da cultura e entretenimento, tal como o cinema.

O crescimento do nicho criou gêneros distintos e aumentou o público dos jogos. Muito se discute se o público feminino, que tem crescido imensamente, está sendo excluído na hora da criação de novos jogos.


Será que isso é verdade?

(http://1.bp.blogspot.com/-X1ev15S3PRM/VBMppDqGX4I/AAAAAAAARdQ/WkbeVndv9sE/s1600/tropesvwomen.jpg)
Anita Sarkeesian: não importa o jogo, ela sempre acha um problema.

Tem muita mulher que não costuma jogar ou nunca jogou que gosta de dar a opinião sobre o assunto. Tudo o que estou dizendo aqui, é uma opinião vinda de uma garota que joga desde pequena, que tem videogames como a Continue lendo o texto original em: http://www.umombroamigo.com/2014/09/mulheres-nos-videogames-muito-ajuda.html#ixzz3SZY1sZ8Y  @umombroamigo
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: FK em 23 de Fevereiro de 2015, 10:07:10
Interessante. Li todo o tópico e ganhei um novo aprendizado: Videogames também refletem a realidade machista que vivemos, assim como filmes, HQs, etc.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Moro em 23 de Fevereiro de 2015, 15:54:04
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html
(http://3.bp.blogspot.com/-0onXBUDbyRw/Uha54E5GLfI/AAAAAAAAlfM/X68u6TNTBaI/s1600/batman.jpg)

Por que algum desenhista (exceto se estivesse produzindo uma HQ direcionado ao público transgênero/travesti/crossover/bichalouca ou se fosse um completo imbecil) desenvolveria uma HQ destacando os dimorfismos sexuais femininos em personagens masculinos?

Será que é realmente tão difícil notar que analogias clichês como esta são de uma estúpida forçação de barra? Que o motivo pelo qual a bunda da Mulher Maravilha é privilegiada nos traços do desenhista é o mesmo pelo qual o peitoral do Batman o é (e o motivo pelo qual os músculos peitorais da Mulher Maravilha não o são é o mesmo pelo qual a bunda do Batman também não)?

Será? Será que se eu aparecesse reclamado do fato de os músculos do Batman serem tão melhor definidos do que os meus e o da maioria dos homens eu estaria de mimimimi? Será, será? (sim, eu estaria)


Eu ia escrever algo parecido. O He Man que o diga, esse símbolo da exploração feminina.

Quando alguém parar de ver perseguição em tudo e sacar que os desenhos refletem as características que o público alvo mais deseja ver em seus personagens e que isso não é devido a uma intenção de ridicularizar ninguém, teremos um belo e necessário golpe nessa onda de politicamente correto que não pára nunca.

Meu deus..

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Moro em 23 de Fevereiro de 2015, 15:55:52
Eu não acho que seja uma questão de machismo ou feminismo, acho que é uma questão de mercado mesmo.

É uma questão de mercado. Mas de um mercado majoritariamente machista.

Sim, mas acho que os consumidores que preferem mulheres semi nuas nem são machistas, são só punheteiros mesmo. :lol:

Bingo!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Fabrício em 23 de Fevereiro de 2015, 15:57:59
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html
(http://3.bp.blogspot.com/-0onXBUDbyRw/Uha54E5GLfI/AAAAAAAAlfM/X68u6TNTBaI/s1600/batman.jpg)

Por que algum desenhista (exceto se estivesse produzindo uma HQ direcionado ao público transgênero/travesti/crossover/bichalouca ou se fosse um completo imbecil) desenvolveria uma HQ destacando os dimorfismos sexuais femininos em personagens masculinos?

Será que é realmente tão difícil notar que analogias clichês como esta são de uma estúpida forçação de barra? Que o motivo pelo qual a bunda da Mulher Maravilha é privilegiada nos traços do desenhista é o mesmo pelo qual o peitoral do Batman o é (e o motivo pelo qual os músculos peitorais da Mulher Maravilha não o são é o mesmo pelo qual a bunda do Batman também não)?

Será? Será que se eu aparecesse reclamado do fato de os músculos do Batman serem tão melhor definidos do que os meus e o da maioria dos homens eu estaria de mimimimi? Será, será? (sim, eu estaria)


Eu ia escrever algo parecido. O He Man que o diga, esse símbolo da exploração feminina.

Quando alguém parar de ver perseguição em tudo e sacar que os desenhos refletem as características que o público alvo mais deseja ver em seus personagens e que isso não é devido a uma intenção de ridicularizar ninguém, teremos um belo e necessário golpe nessa onda de politicamente correto que não pára nunca.

Meu deus..



É frescura demais. Haja saco.


Eu não acho que seja uma questão de machismo ou feminismo, acho que é uma questão de mercado mesmo.

É uma questão de mercado. Mas de um mercado majoritariamente machista.

Sim, mas acho que os consumidores que preferem mulheres semi nuas nem são machistas, são só punheteiros mesmo. :lol:

Bingo!

Com certeza absoluta.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 23 de Fevereiro de 2015, 22:03:08
Bem relevante:


https://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/como-seriam-os-super-herois-se-eles-fossem-desenhados-094619092.html
(http://3.bp.blogspot.com/-0onXBUDbyRw/Uha54E5GLfI/AAAAAAAAlfM/X68u6TNTBaI/s1600/batman.jpg)

Por que algum desenhista (exceto se estivesse produzindo uma HQ direcionado ao público transgênero/travesti/crossover/bichalouca ou se fosse um completo imbecil) desenvolveria uma HQ destacando os dimorfismos sexuais femininos em personagens masculinos?

Será que é realmente tão difícil notar que analogias clichês como esta são de uma estúpida forçação de barra? Que o motivo pelo qual a bunda da Mulher Maravilha é privilegiada nos traços do desenhista é o mesmo pelo qual o peitoral do Batman o é (e o motivo pelo qual os músculos peitorais da Mulher Maravilha não o são é o mesmo pelo qual a bunda do Batman também não)?

Será? Será que se eu aparecesse reclamado do fato de os músculos do Batman serem tão melhor definidos do que os meus e o da maioria dos homens eu estaria de mimimimi? Será, será? (sim, eu estaria)


Eu ia escrever algo parecido. O He Man que o diga, esse símbolo da exploração feminina.

Quando alguém parar de ver perseguição em tudo e sacar que os desenhos refletem as características que o público alvo mais deseja ver em seus personagens e que isso não é devido a uma intenção de ridicularizar ninguém, teremos um belo e necessário golpe nessa onda de politicamente correto que não pára nunca.

Meu deus..



As feministas devem odiar o personagem Tony Stark.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Moro em 23 de Fevereiro de 2015, 22:06:27
O mundo está ficando mais seguro, as pessoa vivem mais.. mas tá ficando complicado pra dedéu.

Alguém postou um vídeo aqui satirizando o politicamente correto, você lembra?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 23 de Fevereiro de 2015, 22:32:42
É obviamente uma demonstração de como o mundo mudou pra melhor, hoje podemos nos preocupar com coisas que antes eram consideradas irrelevantes. Não acho que o modo como tratam mulheres nos games e comics seja por machismo, acho que é realmente busca por fatia de mercado, mas também não acho que as mulheres que reclamam estejam erradas. Hoje elas representam uma enorme fatia do mercado consumidor desses produtos e querem ser melhor representadas, cabe aos desenvolvedores se ajustarem ao seu mercado consumidor.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Moro em 23 de Fevereiro de 2015, 22:53:48
Eu já acho que não devemos levar as coisas tão a sério. Não é difícil separar o que é um ato machista do que é um material criado para encontrar um nicho de mercado que retrata mulheres gostosas e homens musculosos para atender a esse mercado. Para mim é como dizer que as faustetes (do faustão sei lá como é o nome) são fruto de um ambiente de exploração feminino.

Isso está na cabeça delas, é uma doença delas e quem tem que tratar as doenças são os próprios doentes. Não devemos dar bola para alegações que não são razoáveis e sim, o razoável depende da visão de vida de cada um.

Temos bastante alegações de maus tratos em relação as mulheres para ficar colocando uma espécie de quinta coluna não intencional no meio do jogo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 23 de Fevereiro de 2015, 23:08:01
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Moro em 23 de Fevereiro de 2015, 23:20:29
:ok:

Compreendido.

Quem sabe aparece jogos para mulheres com caras de tanguinha hehe
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 00:16:55
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Certeza que se elas são uma parcela significativa do mercado consumidor de games, e queiram consumir games mais femininos/voltados ao público feminino, o mercado vai explorar esse nicho. Ninguém joga dinheiro fora.

Se a parcela de games feminino é pequena, talvez seja porque são games que não atraem tanto público, nem mesmo o feminino. Se vendesse absurdamente, seriam feitos aos montes.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Osler em 24 de Fevereiro de 2015, 00:47:40
Um exemplo que se encontra de maneira recorente em blogs feministas
A imagem de cima é oficial, todos os personagens homens de frente e a única personagem feminina mostrando seu atributos posteriores
A de baixo é como seria se fosse o inverso

(http://40.media.tumblr.com/tumblr_m7zl7slyfk1rwsosqo1_500.jpg)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 01:27:19
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Certeza que se elas são uma parcela significativa do mercado consumidor de games, e queiram consumir games mais femininos/voltados ao público feminino, o mercado vai explorar esse nicho. Ninguém joga dinheiro fora.

Se a parcela de games feminino é pequena, talvez seja porque são games que não atraem tanto público, nem mesmo o feminino. Se vendesse absurdamente, seriam feitos aos montes.

É um período de adaptação, o mercado ainda esta se adaptando a essa nova leva de consumidores, leva um certo período de temp até desenvolvedores e grandes estúdios se ajustarem a essa nova realidade. Enquanto mulheres são 52% dos gamers , só 11% dos desenvolvedores são mulheres e apenas 3% programadores. Ou seja, o público deixou de ser formado por punheteiros, mas os produtos ainda são feitos por punheteiros, leva um certo tempo para que esse interesse de mulheres por games se traduza em mais profissionais mulheres ou profissionais que saibam traduzir as expectativas desse novo público.

E veja bem, pelo que eu percebi, elas não estão pedindo games "femininos", games onde se escolhe o gênero do personagem principal ja são bem vindos, como Mass Effect, aliás, essa opção de poder montar seu personagem é uma coisa que pessoas de outras raças que não causasianas também adoram, negros e latinos se sentem pouco representados.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: DDV em 24 de Fevereiro de 2015, 01:30:21
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Falar com a boca não adianta, elas devem "falar" com as carteiras (ou bolsas, mas isso seria esterótipo sexista de minha parte...).

Se o produto vende bem, está atendendo o que o público quer.




Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 01:42:57
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Falar com a boca não adianta, elas devem "falar" com as carteiras (ou bolsas, mas isso seria esterótipo sexista de minha parte...).

Se o produto vende bem, está atendendo o que o público quer.






Yeah, elas podem reclamar e exigir mudanças ou calar a boca e não jogar games. Boa alternativa DDV. Quem bom que você não reclama dos preços no Brasil, você simplesmente não consome. Se esta caro e as pessoas continuam comprando é porque o preço esta bom.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: DDV em 24 de Fevereiro de 2015, 02:00:34
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Falar com a boca não adianta, elas devem "falar" com as carteiras (ou bolsas, mas isso seria esterótipo sexista de minha parte...).

Se o produto vende bem, está atendendo o que o público quer.






Yeah, elas podem reclamar e exigir mudanças ou calar a boca e não jogar games. Boa alternativa DDV. Quem bom que você não reclama dos preços no Brasil, você simplesmente não consome. Se esta caro e as pessoas continuam comprando é porque o preço esta bom.

Você não sabe se eu compro indiscriminadamente bobagens caras ou não.

Falar com a carteira não é deixar de comprar, é dar preferência aos produtos que melhor atendam suas vontades, deixando os que menos lhe agradam por último na lista de prioridade.

Jogos com protagonistas mulheres em posição de destaque, não-frágeis, são inúmeros.

A maioria das mulheres GOSTA de ser "gostosa" e fantasia com isso. As que preferem personagens femininas sem graça, sem atratividade física ou com fenótipo masculinizado são minoria.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: DDV em 24 de Fevereiro de 2015, 02:05:41
Eu acho que esse mimimi das feministas "anti-sexuais" não terá fim, independente do que aconteça.

Se as mulheres forem retratadas com roupas sóbrias, reclamarão da maquiagem. Se forem retratadas de cara limpa, reclamarão do cabelo exuberante. Se forem retratadas carecas, reclamarão do corpo "violão", se forem retratadas sem cintura, reclamarão da fisionomia delicada... e por aí vai.

O desejo das mulheres feias de sabotarem as demais não tem fim, e o feminismo radical lhes fornece uma racionalização para isso.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 02:56:01
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Certeza que se elas são uma parcela significativa do mercado consumidor de games, e queiram consumir games mais femininos/voltados ao público feminino, o mercado vai explorar esse nicho. Ninguém joga dinheiro fora.

Se a parcela de games feminino é pequena, talvez seja porque são games que não atraem tanto público, nem mesmo o feminino. Se vendesse absurdamente, seriam feitos aos montes.

É um período de adaptação, o mercado ainda esta se adaptando a essa nova leva de consumidores, leva um certo período de temp até desenvolvedores e grandes estúdios se ajustarem a essa nova realidade. Enquanto mulheres são 52% dos gamers , só 11% dos desenvolvedores são mulheres e apenas 3% programadores. Ou seja, o público deixou de ser formado por punheteiros, mas os produtos ainda são feitos por punheteiros, leva um certo tempo para que esse interesse de mulheres por games se traduza em mais profissionais mulheres ou profissionais que saibam traduzir as expectativas desse novo público.

E veja bem, pelo que eu percebi, elas não estão pedindo games "femininos", games onde se escolhe o gênero do personagem principal ja são bem vindos, como Mass Effect, aliás, essa opção de poder montar seu personagem é uma coisa que pessoas de outras raças que não causasianas também adoram, negros e latinos se sentem pouco representados.

Então, se existe esse mercado, e eu vou acreditar em você, até porque não é uma discussão importante ao ponto de eu sair pesquisando por aí, e esse mercado está se adaptando, mesmo que demore um pouco, não existe absolutamente nenhum motivo para reclamações.

Como  você falou, o mercado existe e as empresas já notaram. Logo mais vão existir inúmeros jogos com todas as características que agradam este publico, sejam elas quais forem. As empresas ganharão rios de dinheiro e as meninas ficarão super felizes com os jogos de acordo com seus gostos.

Se isso não acontecer, o motivo será que o mercado não era tão grande assim, e não por birra machista de empresas que preferem jogar dinheiro fora a fazer um jogo voltado a um gigantesco público feminino doido para jogar dinheiro na cara deles.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 02:57:27
Dos 25 melhores games de 2014, 5 tem personagens femininas, dois são jogos do Mário e suas princesas , um rpg , um de ação e um com uma protagonista com cara de atriz pornô que tem como poder ficar nua, típico personagem de adolescente punheteiro. O que você sugere é que mulheres tem muitas escolhas, comprar um Wii e jogar Mario forever, jogo com atriz pornô que fica nua e um de ação e um rpg. Um estudo mostra que somente 15% dos jogos tem mulheres como personagens jogáveis. Homens tem 23 opções de 25 jogos com protagonistas masculinos nos melhores do ano e 85% dos jogos em geral, de todos os estilos, todos os gostos, todos os consoles. Realmente, mulheres tem muitas escolhas.

Não se preocupe, sempre vão existir jogos com homens héteros e brancos, você não deixará de ser representado se as mulheres ganharem mais representatividade. Não sei porque tem homem que reclamam da luta das mulheres por mais representatividade, como se eles fossem ser afetados de alguma maneira. By the way, apenas um contém negros e é um jogo de futebol, mas que eles não reclamem, se quiserem joguem futebol ou não joguem video games, mas não ousem reclamar.



E sem declive escorregadio, please. Sei que você é melhor que isso.


Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 03:01:26
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Certeza que se elas são uma parcela significativa do mercado consumidor de games, e queiram consumir games mais femininos/voltados ao público feminino, o mercado vai explorar esse nicho. Ninguém joga dinheiro fora.

Se a parcela de games feminino é pequena, talvez seja porque são games que não atraem tanto público, nem mesmo o feminino. Se vendesse absurdamente, seriam feitos aos montes.

É um período de adaptação, o mercado ainda esta se adaptando a essa nova leva de consumidores, leva um certo período de temp até desenvolvedores e grandes estúdios se ajustarem a essa nova realidade. Enquanto mulheres são 52% dos gamers , só 11% dos desenvolvedores são mulheres e apenas 3% programadores. Ou seja, o público deixou de ser formado por punheteiros, mas os produtos ainda são feitos por punheteiros, leva um certo tempo para que esse interesse de mulheres por games se traduza em mais profissionais mulheres ou profissionais que saibam traduzir as expectativas desse novo público.

E veja bem, pelo que eu percebi, elas não estão pedindo games "femininos", games onde se escolhe o gênero do personagem principal ja são bem vindos, como Mass Effect, aliás, essa opção de poder montar seu personagem é uma coisa que pessoas de outras raças que não causasianas também adoram, negros e latinos se sentem pouco representados.

Então, se existe esse mercado, e eu vou acreditar em você, até porque não é uma discussão importante ao ponto de eu sair pesquisando por aí, e esse mercado está se adaptando, mesmo que demore um pouco, não existe absolutamente nenhum motivo para reclamações.

Como  você falou, o mercado existe e as empresas já notaram. Logo mais vão existir inúmeros jogos com todas as características que agradam este publico, sejam elas quais forem. As empresas ganharão rios de dinheiro e as meninas ficarão super felizes com os jogos de acordo com seus gostos.

E qual o mal nelas reclamarem? A cada reclamação se traz o assunto em pauta e o processo se acelera. O que afeta na sua vida ou a de qualquer outro homem a reclamação das mulheres por mais representatividade? Elas estão buscando algo para elas, os homens que estão de mimimi estão buscando o que com isso?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 03:01:34
Os jogos são assim porque vendem, Barata. Eu realmente não estou entendendo o que você está sugerindo? Que as empresas façam jogos que deem prejuízos, para agradar uma parcela que não se sente representada? Cotas?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 03:03:39
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Certeza que se elas são uma parcela significativa do mercado consumidor de games, e queiram consumir games mais femininos/voltados ao público feminino, o mercado vai explorar esse nicho. Ninguém joga dinheiro fora.

Se a parcela de games feminino é pequena, talvez seja porque são games que não atraem tanto público, nem mesmo o feminino. Se vendesse absurdamente, seriam feitos aos montes.

É um período de adaptação, o mercado ainda esta se adaptando a essa nova leva de consumidores, leva um certo período de temp até desenvolvedores e grandes estúdios se ajustarem a essa nova realidade. Enquanto mulheres são 52% dos gamers , só 11% dos desenvolvedores são mulheres e apenas 3% programadores. Ou seja, o público deixou de ser formado por punheteiros, mas os produtos ainda são feitos por punheteiros, leva um certo tempo para que esse interesse de mulheres por games se traduza em mais profissionais mulheres ou profissionais que saibam traduzir as expectativas desse novo público.

E veja bem, pelo que eu percebi, elas não estão pedindo games "femininos", games onde se escolhe o gênero do personagem principal ja são bem vindos, como Mass Effect, aliás, essa opção de poder montar seu personagem é uma coisa que pessoas de outras raças que não causasianas também adoram, negros e latinos se sentem pouco representados.

Então, se existe esse mercado, e eu vou acreditar em você, até porque não é uma discussão importante ao ponto de eu sair pesquisando por aí, e esse mercado está se adaptando, mesmo que demore um pouco, não existe absolutamente nenhum motivo para reclamações.

Como  você falou, o mercado existe e as empresas já notaram. Logo mais vão existir inúmeros jogos com todas as características que agradam este publico, sejam elas quais forem. As empresas ganharão rios de dinheiro e as meninas ficarão super felizes com os jogos de acordo com seus gostos.

E qual o mal nelas reclamarem? A cada reclamação se traz o assunto em pauta e o processo se acelera. O que afeta na sua vida ou a de qualquer outro homem a reclamação das mulheres por mais representatividade? Elas estão buscando algo para elas, os homens que estão de mimimi estão buscando o que com isso?

Reclamar que o desenvolvimento de jogos está lento não é pauta, é mimimi. Se o mercado já ouviu, e está se adaptando para lançar jogos que lhe agradem, você já "ganhou". Fim. Os jogos sairão logo. WTF. Vai reclamar do quê? Que o desenvolvimento do jogo tá devagar demais pro seu gosto?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 03:08:56
Os jogos são assim porque vendem, Barata. Eu realmente não estou entendendo o que você está sugerindo? Que as empresas façam jogos que deem prejuízos, para agradar uma parcela que não se sente representada? Cotas?

Cara, vendem porque não existem opções viáveis. É o mesmo que reclamar que carros não Brasil não são caros porque vendem. Vendem porque é o que tem, cade as opções? Mass Effect tem a opção de escolher um personagem homem ou mulher e vendeu horrores, Tomb Rider tinha uma personagem mulher e vendeu pra caralho. As produtoras tiveram prejuízo? Faliram? Não.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 03:13:58
O que eu disse é:

Se elas alegam machismo, erraram o alvo, games e comics eram feitos por punheteiros para punheteiros.

Se elas pedem que os produtos atendam a crescente demanda das consumidoras mulheres, elas tem esse direito. O nicho mudou, segundo pesquisas mulheres respondem por 52% dos gamers, não existe mais a justificativa de que games são feitos para atender a um mercado de predominância masculina.

Certeza que se elas são uma parcela significativa do mercado consumidor de games, e queiram consumir games mais femininos/voltados ao público feminino, o mercado vai explorar esse nicho. Ninguém joga dinheiro fora.

Se a parcela de games feminino é pequena, talvez seja porque são games que não atraem tanto público, nem mesmo o feminino. Se vendesse absurdamente, seriam feitos aos montes.

É um período de adaptação, o mercado ainda esta se adaptando a essa nova leva de consumidores, leva um certo período de temp até desenvolvedores e grandes estúdios se ajustarem a essa nova realidade. Enquanto mulheres são 52% dos gamers , só 11% dos desenvolvedores são mulheres e apenas 3% programadores. Ou seja, o público deixou de ser formado por punheteiros, mas os produtos ainda são feitos por punheteiros, leva um certo tempo para que esse interesse de mulheres por games se traduza em mais profissionais mulheres ou profissionais que saibam traduzir as expectativas desse novo público.

E veja bem, pelo que eu percebi, elas não estão pedindo games "femininos", games onde se escolhe o gênero do personagem principal ja são bem vindos, como Mass Effect, aliás, essa opção de poder montar seu personagem é uma coisa que pessoas de outras raças que não causasianas também adoram, negros e latinos se sentem pouco representados.

Então, se existe esse mercado, e eu vou acreditar em você, até porque não é uma discussão importante ao ponto de eu sair pesquisando por aí, e esse mercado está se adaptando, mesmo que demore um pouco, não existe absolutamente nenhum motivo para reclamações.

Como  você falou, o mercado existe e as empresas já notaram. Logo mais vão existir inúmeros jogos com todas as características que agradam este publico, sejam elas quais forem. As empresas ganharão rios de dinheiro e as meninas ficarão super felizes com os jogos de acordo com seus gostos.

E qual o mal nelas reclamarem? A cada reclamação se traz o assunto em pauta e o processo se acelera. O que afeta na sua vida ou a de qualquer outro homem a reclamação das mulheres por mais representatividade? Elas estão buscando algo para elas, os homens que estão de mimimi estão buscando o que com isso?

Reclamar que o desenvolvimento de jogos está lento não é pauta, é mimimi. Se o mercado já ouviu, e está se adaptando para lançar jogos que lhe agradem, você já "ganhou". Fim. Os jogos sairão logo. WTF. Vai reclamar do quê? Que o desenvolvimento do jogo tá devagar demais pro seu gosto?


Ja ganharam? 15% dos jogos tem personagens femininos jogáveis. 15%. Tem mulheres querendo jogar hoje, tem jogos sendo desenvolvidos hoje. Produtoras escutam reclamações, produtoras escutam o apelo do público, elas estão fazendo o seu apelo, estão se comunicando com as produtoras. É um direito de todo consumidor, de todos os grupos de consumidores.

E, sério, o que mais tem são gamer reclamando de alguma coisa estúpida em games, que tal jogo deve ser refeito, que tal jogo deve ser lançado, que tal jogo poderia ser melhor, que tal coisa poderia ser inserida no jogo. O que mais existe no mundo game é mimimi, mas de repente o mimimi das mulheres gamer incomoda?

Agora me responde, no que a reclamação delas te afeta? Porque isso te incomoda?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 03:20:17
Os jogos são assim porque vendem, Barata. Eu realmente não estou entendendo o que você está sugerindo? Que as empresas façam jogos que deem prejuízos, para agradar uma parcela que não se sente representada? Cotas?

Cara, vendem porque não existem opções viáveis. É o mesmo que reclamar que carros não Brasil não são caros porque vendem. Vendem porque é o que tem, cade as opções? Mass Effect tem a opção de escolher um personagem homem ou mulher e vendeu horrores, Tomb Rider tinha uma personagem mulher e vendeu pra caralho. As produtoras tiveram prejuízo? Faliram? Não.

Pô, olha esse post hoc ergo propter hoc. Você acha que Mass Effect e Tomb Raider venderam por causa da customização/sexo do personagem?

GTA deve ser a franquia mais vendida da história. Call of Duty quebra recorde atrás de recorde a cada lançament, inclusive estando no Guinness. O Call of Duty de 2011 arrecadou 500 milhões de EUROS nos cinco primeiros dias do seu lançamento.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 03:25:41
Não, você que disse que jogos com protagonistas mulheres trariam prejuízo, eu te mostrei que não é o caso. Mulheres compram GTA V e Call Of Duty, mas gostariam que houvessem personagens femininos nos jogos. Isso tornaria esses jogos piores? Eles venderiam menos?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 03:28:35
O que você precisa se perguntar é se eles venderiam mais, ao ponto de justificar os custos extras de desenvolvimento. Sinceramente, eu acho que essas empresas tem setores só para fazer esses cálculos.

E eu não me incomodo nada com o sexo dos personagens. Só estou dizendo que a não ser que você esteja argumentando a favor de cotas em video-games, o mercado vai se adaptar ao que o público quer. Não tem muito o que discutir além disso.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 03:36:40
O que você precisa se perguntar é se eles venderiam mais, ao ponto de justificar os custos extras de desenvolvimento. Sinceramente, eu acho que essas empresas tem setores só para fazer esses cálculos.

Custo extra???!!! Que custo extra???!! O que daria custo extra ao se fazer um jogo com um personagem feminino? A única diferença é ser criativo no roteiro e contratar uma dubladora mulher.


Eu percebi que você ignorou a pergunta, vou refazer.

E, sério, o que mais tem são gamer reclamando de alguma coisa estúpida em games, que tal jogo deve ser refeito, que tal jogo deve ser lançado, que tal jogo poderia ser melhor, que tal coisa poderia ser inserida no jogo. O que mais existe no mundo game é mimimi, mas de repente o mimimi das mulheres gamer incomoda?

Agora me responde, no que a reclamação delas te afeta? Porque isso te incomoda?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 03:38:39
Você como diretor de uma grande empresa, me responde: se houvesse uma parcela de consumidores de Playstation que quisessem que o console viesse na cor rosa e com alguns jogos de fábrica no HD, como Barbie e Crash Bandicoot, e você enviasse isto para análise do setor responsável de verificação de viabilidade financeira e expectativas de vendas e lhe retornassem dizendo que os custos envolvidos para fazer seriam maiores que as expectativas de retorno financeiro, o que você faria? Mandaria fazer mesmo assim, para atender aquela parcela minoritária? Não, né.

Mas e se o setor lhe retornasse dizendo que as expectativas de lucro superam, e muito, os custos envolvidos para preparar o tal do Play Rosa? Se lhe dissessem que você faria rios de dinheiro com esta ideia, pois este nicho de mercado está fervilhando com milhões de consumidores ávidos, você não faria este novo Playstation pra ontem? Talvez isso seja um indicativo do porquê a demora no desenvolvimento de mais jogos que agradem a parcela feminista do mercado de jogos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 24 de Fevereiro de 2015, 03:46:52
O que você precisa se perguntar é se eles venderiam mais, ao ponto de justificar os custos extras de desenvolvimento. Sinceramente, eu acho que essas empresas tem setores só para fazer esses cálculos.

Custo extra???!!! Que custo extra???!! O que daria custo extra ao se fazer um jogo com um personagem feminino? A única diferença é ser criativo no roteiro e contratar uma dubladora mulher.

Falei no custo extra pensando na customização de personagem. Sobre o personagem masculino/feminino, novamente, mercado. Você realmente acha que essas empresas não pesquisam antes todas essas coisas? Personagens masculinos devem vender mais. Simples assim. Se personagens femininos passarem a vender mais, serão feitos mais frequentementes. Qual o problema nisso?

Sério, parece que você quer cotas.

Eu percebi que você ignorou a pergunta, vou refazer.

E, sério, o que mais tem são gamer reclamando de alguma coisa estúpida em games, que tal jogo deve ser refeito, que tal jogo deve ser lançado, que tal jogo poderia ser melhor, que tal coisa poderia ser inserida no jogo. O que mais existe no mundo game é mimimi, mas de repente o mimimi das mulheres gamer incomoda?

Agora me responde, no que a reclamação delas te afeta? Porque isso te incomoda?

Eu respondi ali em cima, eu não me incomodo com o sexo dos personagens dos jogos. E a reclamação não me afeta. No que isso me impede de discutir a questão? Se vamos discutir só coisas que nos afetam, fecha o fórum.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 03:48:54
Você como diretor de uma grande empresa, me responde: se houvesse uma parcela de consumidores de Playstation que quisessem que o console viesse na cor rosa e com alguns jogos de fábrica no HD, como Barbie e Crash Bandicoot, e você enviasse isto para análise do setor responsável de verificação de viabilidade financeira e expectativas de vendas e lhe retornassem dizendo que os custos envolvidos para fazer seriam maiores que as expectativas de retorno financeiro, o que você faria? Mandaria fazer mesmo assim, para atender aquela parcela minoritária? Não, né.

Mas e se o setor lhe retornasse dizendo que as expectativas de lucro superam, e muito, os custos envolvidos para preparar o tal do Play Rosa? Se lhe dissessem que você faria rios de dinheiro com esta ideia, pois este nicho de mercado está fervilhando com milhões de consumidores ávidos, você não faria este novo Playstation pra ontem? Talvez isso seja um indicativo do porquê a demora no desenvolvimento de mais jogos que agradem a parcela feminista do mercado de jogos.

GTA V tem 3 personagens jogáveis, Call of Duty tem vários. Garanto que colocar uma mulher não vai diminuir as vendas e nem afunilar o nicho. E Mass Effect e Tomb Rider provaram que games com dupla escolha ou personagens femininos podem ser muitíssimo rentáveis, o que precisa é esforço dos roteiristas e capacidade de adaptação das empresas.

E não se engane, empresas grandes tem dificuldade de se adaptar a novos mercados e estão presas ao conservadorismo de quem controla. Se você tem diretores arcaicos sua empresa inova na medida em que eles são trocados, o que as vezes demora anos, mesmo que a empresa perca lucros com isso durante essa troca. Existem milhares de exemplos de empresas que tiveram prejuízo por serem controladas por pessoas teimosas, retrógradas, machistas, racistas, etc, etc, etc. Não pense que toda empresa é azeitada e esta sempre se adaptando rapidamente as mudanças.


E a pergunta vei ser respondida?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 24 de Fevereiro de 2015, 06:16:41
Alguem baralhos leu o texto que eu postei ontem? Eu sei..
 talvez tivesse sido mais bacana postar o artigo todp aqui... mas eh q o texto e o blog sap tao bacanas q achei sacanagem quotar sem gerar fluxo... ele trata com maestria pela otica de uma psicologa aficcionada por games (siririqueira?) alguns pontos levantados aqui... sobretudo a coisa toda em que o barata tem religiosamente insistido :) (maldito teclado opressor o deste celular)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Fabrício em 24 de Fevereiro de 2015, 08:13:51
Alguem baralhos leu o texto que eu postei ontem? Eu sei..
 talvez tivesse sido mais bacana postar o artigo todp aqui... mas eh q o texto e o blog sap tao bacanas q achei sacanagem quotar sem gerar fluxo... ele trata com maestria pela otica de uma psicologa aficcionada por games (siririqueira?) alguns pontos levantados aqui... sobretudo a coisa toda em que o barata tem religiosamente insistido :) (maldito teclado opressor o deste celular)

Eu li, baralho, e recomendo, bom texto mesmo.  :ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: FK em 24 de Fevereiro de 2015, 09:23:26
Você como diretor de uma grande empresa, me responde: se houvesse uma parcela de consumidores de Playstation que quisessem que o console viesse na cor rosa e com alguns jogos de fábrica no HD, como Barbie e Crash Bandicoot, e você enviasse isto para análise do setor responsável de verificação de viabilidade financeira e expectativas de vendas e lhe retornassem dizendo que os custos envolvidos para fazer seriam maiores que as expectativas de retorno financeiro, o que você faria? Mandaria fazer mesmo assim, para atender aquela parcela minoritária? Não, né.

Mas e se o setor lhe retornasse dizendo que as expectativas de lucro superam, e muito, os custos envolvidos para preparar o tal do Play Rosa? Se lhe dissessem que você faria rios de dinheiro com esta ideia, pois este nicho de mercado está fervilhando com milhões de consumidores ávidos, você não faria este novo Playstation pra ontem? Talvez isso seja um indicativo do porquê a demora no desenvolvimento de mais jogos que agradem a parcela feminista do mercado de jogos.

Perfeito. Vejo como mesmo ponto para contratação de mulheres. Supondo que um homem produz por duas mulheres em uma determinada função, por que o empresário daria preferencia a mulheres? O concorrente dele pode contratar mais homens e ter uma vantagem competitiva.

Se o nicho de mulheres em games realmente tem todo esse potencial de consumo, com certeza alguma empresa irá inovar.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 24 de Fevereiro de 2015, 10:44:52
Post dos exemplos: jogos destinados a mulheres não vendem, naturalmente. É o mercado que decide.

(http://www.arcade-museum.com/images/118/118124214343.png)

(http://img.gamefaqs.net/box/3/2/1/66321_front.jpg)

(http://i.telegraph.co.uk/multimedia/archive/01414/sims-gallery1_1414242i.jpg)

E personagens femininas tratadas como personagens homens, com a mesma profundidade, e não como objetos fazem jogos não venderem!

(http://img4.wikia.nocookie.net/__cb20090213105122/finalfantasy2/de/images/6/6c/Terra_Branford.jpg)

(Terra, de Fina Fantasy VI, para quem não conhece.)

Outro exemplo: HQs americanas de super herói mal vendem para as mulheres, enquanto o equivalente japones vende quase igualmente - shounens de batalha. Porque será? Será que foi o mercado que foi decidindo que HQs de super heróis não vendem mais 1/20 do que já vendeu? É o mercado decidindo que mulheres não compram HQs, ou porque não há opções para elas? Notem que o mesmo não vale para os filmes, que conseguem agradar mais as mulheres, sem contar que o diretor da série principal ('Os Vingadores') é um feminista, o Joss Whedon.

Eu repito que o problema não é personagens estarem sendo sexualizados, mas o reforço de estereótipos de gênero. Não que não seja triste que a indústria esteja voltada a adolescentes que querem assistir soft porn.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Fevereiro de 2015, 10:52:19
A indústria ocidental (acredito que por consequência do mercado ocidental) parece ter dificuldade em aceitar personagens femininas em papéis de liderança. Mas no Japão isso é corriqueiro. Animes, mangás, games possuem uma quantidade muito grande de protagonistas femininas, e seus consumidores gostam disso. E não é por ser sexualizado, apesar de também existir situações assim.

Que elemento cultural define isso? É alguma ideia de competitividade, da cultura do esportista e do loser nos EUA que causa esta repulsa por protagonistas femininas?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Fevereiro de 2015, 11:22:03
P*rra, essa proporção de 52% do mercado de games ser feminino vem de uma pesquisa que considera os games rodados em smartphones, tendo os gêneros de jogos divididos conforme o gráfico abaixo mostra:

(http://i.guim.co.uk/static/w-620/h--/q-95/sys-images/Guardian/Pix/pictures/2014/9/16/1410883553212/639b361f-a96b-4b39-9b45-46daeb432721-620x372.png)

O mercado de consoles toca de outra forma e lá da pra ver a falta de presença feminina, bem como nos grandes jogos de PC.

Não sou desse papo de indústria opressora, mas nesse caso é claro, inclusive, muitos acham estranhos esses jogos tipo Trivia/Puzzle entrarem nessa divisão, justamente por acharem esses jogos inferiores ou não comparáveis. E é estranho ver que o jogos dados como inferiores, pela homaiada, são os que justamente atraem maior atração feminina ja que vem sem "bias" de gênero na maior parte dos casos.

Ah e não QUER DIZER que se tiver mais personagens femininas, os jogos de console tradicionais iriam vender em maior número para mulheres. Pelo menos até agora eu não vi demonstração séria disso.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 24 de Fevereiro de 2015, 11:35:38
Eu não acho que seja caso de uma indústria opressora, mas conservadora. A demografia usual é provavelmente a que oferece menos riscos, e os orçamentos estão cada vez mais caros. A indústria não está 'saudável', também: cada vez temos menos jogos e mais do mesmo. Mesmo quem prefere jogos atuais, é difícil comparar com a quantidade de jogos que existia no PS1, PS2, SNES, NES, etc.

Edit: seria interessante procurar se, em números, a indústria está diminuindo: venda de jogos no total, de consoles, e tal. Talvez procure depois... Fim do edit.

Se colocar uma protagonista feminina pode diminuir vendas, porque fazê-lo? Mas é este tipo de raciocínio que tornou a indústria de HQs de super-heróis tão insípida e eventualmente pouco lucrativa.

Citar
Ah e não QUER DIZER que se tiver mais personagens femininas, os jogos de console tradicionais iriam vender em maior número para mulheres. Pelo menos até agora eu não vi demonstração séria disso.

O Wii e o DS venderam muito mais que os consoles tradicionais de adolescentes do sexo masculino - i.e., PS3, Xbox - por conseguirem alcançar a demografia não tradicional. A Nintendo tem diversos jogos considerados 'atraentes' para mulheres, como Call Of Duty é para 'homens'. Animal Crossing, por exemplo.

Que algumas pessoas não consideram jogos de puzzle jogos 'de verdade' é para mim muito engraçado. Não consideram Tetris jogo de verdade? :P Qual é o próximo jogo, Super Mario? :lol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Fevereiro de 2015, 11:46:50
Que algumas pessoas não consideram jogos de puzzle jogos 'de verdade' é para mim muito engraçado. Não consideram Tetris jogo de verdade? :P Qual é o próximo jogo, Super Mario? :lol:

Pra mim é estranho considerar a campanha single player de COD como um jogo de verdade. Cheio de problemas e de vícios.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Fevereiro de 2015, 11:51:12
40% of Xbox Live users female (http://www.gamesindustry.biz/articles/2013-09-20-40-percent-of-xbox-live-users-female)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: FK em 24 de Fevereiro de 2015, 11:51:19
Eu não acho que seja caso de uma indústria opressora, mas conservadora. A demografia usual é provavelmente a que oferece menos riscos, e os orçamentos estão cada vez mais caros. A indústria não está 'saudável', também: cada vez temos menos jogos e mais do mesmo. Mesmo quem prefere jogos atuais, é difícil comparar com a quantidade de jogos que existia no PS1, PS2, SNES, NES, etc.

Edit: seria interessante procurar se, em números, a indústria está diminuindo: venda de jogos no total, de consoles, e tal. Talvez procure depois... Fim do edit.

Se colocar uma protagonista feminina pode diminuir vendas, porque fazê-lo? Mas é este tipo de raciocínio que tornou a indústria de HQs de super-heróis tão insípida e eventualmente pouco lucrativa.

Citar
Ah e não QUER DIZER que se tiver mais personagens femininas, os jogos de console tradicionais iriam vender em maior número para mulheres. Pelo menos até agora eu não vi demonstração séria disso.

O Wii e o DS venderam muito mais que os consoles tradicionais de adolescentes do sexo masculino - i.e., PS3, Xbox - por conseguirem alcançar a demografia não tradicional. A Nintendo tem diversos jogos considerados 'atraentes' para mulheres, como Call Of Duty é para 'homens'. Animal Crossing, por exemplo.

Que algumas pessoas não consideram jogos de puzzle jogos 'de verdade' é para mim muito engraçado. Não consideram Tetris jogo de verdade? :P Qual é o próximo jogo, Super Mario? :lol:

Segundo o relatório “Videogames no século 21: O relatório 2014” a indústria de games é um sucesso absoluto, cresce 4x mais que a economia.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 24 de Fevereiro de 2015, 12:57:54
FK, a indústria como um todo sim, mas o modelo ao qual se reclama sobre a pouca representatividade de mulheres e personagens estereotipados são os gêneros com narrativa, normalmente encontrados no modelo de console: uma caixa que você compra especificamente para colocar os jogos, e os jogos você compra separadamente, de uma vez só, por um preço alto (100R$+).

Este modelo parece em decadência. Cada vez temos menos jogos, e no ano passado boa parte dos jogos lançados estavam cheios de bugs. Um dos motivos pode ser a insistência em uma demografia específica, que cada vez exige mais orçamento para os jogos (gráficos excelentes, principalmente).

Diversas empresas focadas em jogos para consoles fecharam nos últimos dez anos, também.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: FK em 24 de Fevereiro de 2015, 13:20:56
Rocky, os consoles não estão evoluindo tanto por conta da arquitetura e benefícios que essa plataforma dispõe. Os jogos com gêneros de narrativa estão absolutamente presentes na plataforma PC e prova de que são sucesso é a Steam, principal companhia de distribuição de games machistas (?) dessa plataforma.

"De acordo com o que o presidente de Criação e analítica, Patrick Walker, a Steam tem presenciado um aumento agudo no número de jogos lançados, sendo 1303 jogos lançados em 2014, contra 583 lançados no mesmo período em 2013, o Acesso Prévio a lançamentos também cresceu desde que foi introduzido em Março de 2013." http://gamerfetamina.com/?p=1888

Um ponto ainda não levantado na discussão é de que existem mulheres machistas que gostam dos personagens estereotipados apresentados nos games. Qual a porcentagem destas, não sei. Mas o fato é de que existe pouca probabilidade da industria de games mudar, pois estão faturando muito bem.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 24 de Fevereiro de 2015, 13:23:22
Um exemplo que se encontra de maneira recorente em blogs feministas
A imagem de cima é oficial, todos os personagens homens de frente e a única personagem feminina mostrando seu atributos posteriores
A de baixo é como seria se fosse o inverso

(http://40.media.tumblr.com/tumblr_m7zl7slyfk1rwsosqo1_500.jpg)
Tá certo. Quaquaquaquaqua
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Rocky Joe em 24 de Fevereiro de 2015, 13:25:57
Se o modelo atual sobreviver apenas com o Steam, aí falamos. Como está, não podemos considerar um sucesso, quando há pressão dos acionistas da Microsoft para ela fechar sua divisão de jogos. Url (http://www.arkade.com.br/investidores-microsoft-querem-fim-xbox-surface-bing-tambem/).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 24 de Fevereiro de 2015, 13:30:10
Sempre que eu uso ônibus, percebo que se há 10 mulheres até uns 30 (talvez mais) anos, em média 7 estão mexendo no celular o tempo todo. Se simplesmente se extrapola o interesse feminino por telas interativas de celular ao mundo dos games de um modo geral, realmente está havendo uma notória mudança de paradigama.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: FK em 24 de Fevereiro de 2015, 13:37:35
Entendo que não há dúvidas sobre console x PC. A justificativa de que o mercado de consoles está caindo não me parece razoável para patrocinar uma mudança nos personagens dos jogos.

Explico:

O insucesso da Microsoft no mercado de games era previsto. O fim dos consoles também era algo previsível.  O modelo de distribuição virtuais de jogos na plataforma PC já está consolidado e apresenta sólidas tendências de crescimento, basta observar os números.

O mercado de PC gaming deve movimentar mais de US$ 82 bilhões ao ano até 2015, onde o faturamento de jogos para PC deve ultrapassar a dos consoles e atingir US$ 22 bilhões nos próximos três anos. Fonte: DFC Intelligence.

Como já comentado, a plataforma PC tem ainda a receita que mais cresce no que diz respeito à venda de jogos, seja por meio das microtransações online, na venda por download ou via serviço de distribuição digital.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 13 de Março de 2015, 22:42:34
Off-topic. Se o mundo é um ovo o mundo nerd da internet é um ovo de codorna. Descubro agora que a Gisa Castro... blogueira que citei mais atrás e que mantém um blog de 'auto-ajuda' que de fato tem me ajudado muito nas questões pessoais que recentemente decidi ou tive que decidir enfrentar tanto me fazendo me compreender e me aceitar melhor quanto me ajudando a traçar objetivos é mulher do vlogueiro Clarion... Ele é um antifeminista, anticotista, antiplc122ista do mesmo naipe que eu e costumávamos debater juntos no site da Carta Capital quando eu tive minha breve fase masoquista de visitar o sistema de comentários de lá. Gostei da pequena descoberta... Ajuda a entender porque me vejo tanto em tantos do textos dela : )
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 18 de Março de 2015, 20:11:52
Não é sobre games mas é sobre um assunto parecido, HQs:

Histeria feminista leva DC Comics a cancelar capa com Batgirl (http://veja.abril.com.br/noticia/entretenimento/histeria-feminista-leva-dc-comics-a-cancelar-capa-com-batgirl)

Fãs da heroína fizeram campanha nas redes contra a ilustração do brasileiro Rafael Alburqueque, que foi considerada misógina

18/03/2015 às 09:44 - Atualizado em 18/03/2015 às 12:09

(http://msalx.veja.abril.com.br/2015/03/17/1634/pe6Cx/alx_batgirl_original.jpeg?1426620855)
Capa da revista de história em quadrinhos Batgirl(Divulgação/VEJA)

A capa alternativa de Batgirl #41, do desenhista brasileiro Rafael Albuquerque, acabou cancelada pela DC Comics após uma campanha com contornos de histeria feita por leitores nas redes sociais. A ilustração, em tons de preto e lilás e com traços marcantes, mostra a personagem feminina com lágrimas nos olhos e o Coringa, vilão do Batman, gesticulando uma arma apontada em sua direção. Apesar de retratar a tensão que de fato acontece na história com os dois personagens, a imagem foi considerada de mau gosto por grande parte dos fãs da publicação e acusada de sexismo.

De acordo com o site do jornal britânico The Guardian, a intenção do remake da capa era prestar um tributo a história em quadrinhos Batman: A Piada Mortal, spin-off da saga, escrito em 1988 por Alan Moore. O enredo do quadrinho conta a tragédia vivida pela Batgirl, ou Bárbara Gordon, filha do Comissário James Gordon, que após ser atacada pelo Coringa, acaba em uma cadeira de rodas. Já o destaque para o vilão é por causa do "mês do Coringa", celebrado em junho, quando todas as publicações da editora são disponibilizadas com uma segunda capa alternativa, em que ele é caracterizado de uma forma irreverente.

Diversos fãs se pronunciaram no Twitter com a hashtag #changethecover (troque a capa, em português). Já aqueles que defendiam a manutenção da capa argumentavam que o desenho não era um insulto à personagem feminina, mas um retrato que dialogava com a realidade da história dela. A não publicação seria uma espécie de censura ao trabalho do desenhista por parte da DC, segundo eles.

A situação foi finalizada quando o brasileiro Albuquerque divulgou uma nota oficial na qual afirma que não era a sua intenção provocar qualquer tipo de ofensa. "Minha arte de capa foi pensada como uma homenagem a uma história que eu realmente admiro. Piada Mortal faz parte do cânone de Batgirl e eu não poderia evitar de retratar a situação traumática entre Barbara Gordon e o Coringa. Eu respeito todas as opiniões e não julgo como certas ou erradas. Minha intenção nunca foi ofender ninguém, por isso pedi a DC Comics que não publicasse a capa. Estou satisfeito que eles tenham me escutado."

(Da redação)

Fonte: Revista Veja (http://veja.abril.com.br/noticia/entretenimento/histeria-feminista-leva-dc-comics-a-cancelar-capa-com-batgirl)


Depois feministas reclamam de terem as causas de sua pauta chamadas de mimimis.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 18 de Março de 2015, 20:24:20
Aposto que muitos que criticaram a capa nem lê quadrinhos e não entendem nada sobre o tema. Enquanto isso, inúmeras capas sensuais da Mulher Gato já devem ter sido publicadas tranquilamente sem ninguém reclamar.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 18 de Março de 2015, 20:29:56
Estão alegando que é misoginia pelo fato do Coringa estar torturando a heroína, e está acusação não tem qualquer fundamento. Pois ão é isso que os vilões fazem com os mocinhos ou mocinhas quando conseguem uma oportunidade dessas? Além disso, para provar que fosse misoginia alguma evidência que apontasse para o fato que a tortura ocorreu simplesmente pelo fato dela ser mulher deveria ser apresentada, coisa que não foi. Fora o fato de ser do conhecimento de todos que conhecem a história, que o Coringa tortura a todos sem fazer qualquer distinção de gênero. É compreensível chama-lo de misantropo, mas de forma alguma de misógino. Resumindo, a acusação é completamente infundada.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Gaúcho em 18 de Março de 2015, 20:47:33
Tá realmente faltando pauta.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 18 de Março de 2015, 23:01:56
Estão alegando que é misoginia pelo fato do Coringa estar torturando a heroína, e está acusação não tem qualquer fundamento. Pois ão é isso que os vilões fazem com os mocinhos ou mocinhas quando conseguem uma oportunidade dessas? Além disso, para provar que fosse misoginia alguma evidência que apontasse para o fato que a tortura ocorreu simplesmente pelo fato dela ser mulher deveria ser apresentada, coisa que não foi. Fora o fato de ser do conhecimento de todos que conhecem a história, que o Coringa tortura a todos sem fazer qualquer distinção de gênero. É compreensível chama-lo de misantropo, mas de forma alguma de misógino. Resumindo, a acusação é completamente infundada.

Pelo que eu li, o problema não é a tortura, é que nA Piada Mortal é implícito que ela é estuprada, é obvio que um assunto como esse traria polêmica, trouxe na época em que foi lançado e agora voltou, mais vocal por causa da internet. Acho idiota alguém dar valor a isso, mas o mundo é assim, cheio de assuntos imbecis que causam polêmica.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 18 de Março de 2015, 23:25:45
Estão alegando que é misoginia pelo fato do Coringa estar torturando a heroína, e está acusação não tem qualquer fundamento. Pois ão é isso que os vilões fazem com os mocinhos ou mocinhas quando conseguem uma oportunidade dessas? Além disso, para provar que fosse misoginia alguma evidência que apontasse para o fato que a tortura ocorreu simplesmente pelo fato dela ser mulher deveria ser apresentada, coisa que não foi. Fora o fato de ser do conhecimento de todos que conhecem a história, que o Coringa tortura a todos sem fazer qualquer distinção de gênero. É compreensível chama-lo de misantropo, mas de forma alguma de misógino. Resumindo, a acusação é completamente infundada.

Pelo que eu li, o problema não é a tortura, é que nA Piada Mortal é implícito que ela é estuprada, é obvio que um assunto como esse traria polêmica, trouxe na época em que foi lançado e agora voltou, mais vocal por causa da internet. Acho idiota alguém dar valor a isso, mas o mundo é assim, cheio de assuntos imbecis que causam polêmica.

Tem algo que é menos implícito e que ninguém captou, que é o fato do Batman matar o Coringa no final. Mas estupro todo mundo capta, magicamente, mesmo que não seja o caso.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 00:52:44
Estão alegando que é misoginia pelo fato do Coringa estar torturando a heroína, e está acusação não tem qualquer fundamento. Pois ão é isso que os vilões fazem com os mocinhos ou mocinhas quando conseguem uma oportunidade dessas? Além disso, para provar que fosse misoginia alguma evidência que apontasse para o fato que a tortura ocorreu simplesmente pelo fato dela ser mulher deveria ser apresentada, coisa que não foi. Fora o fato de ser do conhecimento de todos que conhecem a história, que o Coringa tortura a todos sem fazer qualquer distinção de gênero. É compreensível chama-lo de misantropo, mas de forma alguma de misógino. Resumindo, a acusação é completamente infundada.

Pelo que eu li, o problema não é a tortura, é que nA Piada Mortal é implícito que ela é estuprada, é obvio que um assunto como esse traria polêmica, trouxe na época em que foi lançado e agora voltou, mais vocal por causa da internet. Acho idiota alguém dar valor a isso, mas o mundo é assim, cheio de assuntos imbecis que causam polêmica.

Tem algo que é menos implícito e que ninguém captou, que é o fato do Batman matar o Coringa no final. Mas estupro todo mundo capta, magicamente, mesmo que não seja o caso.

Mortes e assassinatos em HQs não são raros, estupro eu não me lembro de outro caso. O Lanterna Verde gay deu mais polêmica que essa capa, mas é que o Sképticos tem tara anal com feministas. :lol:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 11:50:39
Você pode linkar para mim a matéria falando sobre o cancelamento da edição em que o Lanterna Verde saia do armário devido à pressão de ativistas anti-gays, Barata Tenno?

Muitíssimo agradecido ::)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 19 de Março de 2015, 12:09:28
Correção: eu tenho "A Piada Mortal", e o Batman não mata o Coringa no final, até porquê o Cavaleiro não mata, é um dos princípios dele...

A HQ acaba com os dois rindo de uma piada que o Coringa conta... :ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 12:12:17
Suponho que o Cavaleiro também não estupre (afinal ele é do bem), confirma Brienne? :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 19 de Março de 2015, 12:14:57
Donna,

Não leio muito a "Distinta Concorrência", sou mais a Marvel (leia-se X-Men), mas eu não me recordo de nenhuma história onde o Batman tenha estuprado alguém...

Confere? :hihi:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Brienne of Tarth em 19 de Março de 2015, 12:17:48
Donna,

Não leio muito a "Distinta Concorrência", sou mais a Marvel (leia-se X-Men), mas eu não me recordo de nenhuma história onde o Batman tenha estuprado alguém...

Confere? :hihi:

PS: O Coringa do Heath Ledger foi o mais fodástico de todos... :yahoo:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 12:18:38
Hahahaha, eu não leio nem Marvel nem DC, mas acho que confere sim... :biglol:

Eu só queria saber se fazia algum sentido essa ideia tosca de o Skeptikós achar que o fato do Coringa estuprar em uma história está mais associado com o fato de ele ser vilão e fazer coisas más do que a alguma "propaganda" da "cultura do estupro". Por isso perguntei a você, mais afccionada nestas coisas de menino do que eu :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Geotecton em 19 de Março de 2015, 13:35:27
[...]
PS: O Coringa do Heath Ledger foi o mais fodástico de todos... :yahoo:

O melhor foi o do Jack Nicholson.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 19 de Março de 2015, 13:44:53
Correção: eu tenho "A Piada Mortal", e o Batman não mata o Coringa no final, até porquê o Cavaleiro não mata, é um dos princípios dele...

A HQ acaba com os dois rindo de uma piada que o Coringa conta... :ok:

O final pode ser outro.

http://comicsalliance.com/batman-killing-joke-ending-grant-morrison-alan-moore-brian-bolland-dc/
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 19 de Março de 2015, 13:45:16
[...]
PS: O Coringa do Heath Ledger foi o mais fodástico de todos... :yahoo:

O melhor foi o do Jack Nicholson.

O melhor foi o do Cesar Romero.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Fabrício em 19 de Março de 2015, 14:10:24
[...]
PS: O Coringa do Heath Ledger foi o mais fodástico de todos... :yahoo:

O melhor foi o do Jack Nicholson.

O melhor foi o do Cesar Romero.

O melhor foi o do Heath Ledger.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 14:13:35
Você pode linkar para mim a matéria falando sobre o cancelamento da edição em que o Lanterna Verde saia do armário devido à pressão de ativistas anti-gays, Barata Tenno?

Muitíssimo agradecido ::)

Não foi, e nem deveria, assim como essa capa da Batgirl não deveria ter sido também, arte tem que ser livre. A força de pressão das feministas é mais forte que a dos homofóbicos, fato. O artista cedeu, não deveria ter cedido. O meu ponto não é esse, é que assuntos polêmicos trazem polêmica, isso não deveria ser uma surpresa.

Capas são trocadas frequentemente, seja por conter violência, nudez, etc, e esses casos não vem parar aqui. O problema é  fixação anal que as pessoas aqui tem com feministas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 14:29:39
Eu não tenho fixação anal nenhuma contigo, Barata Tenno, e creio que o Skeptikós e as demais pessoas daqui que frequentemente reclamam do feminismo também não.

Agora, uma leitura da sua própria colocação já é suficiente pra explicar o porquê de alguns de nós nos preocupamos mais com o feminismo que com a homofobia. É o mesmo motivo pelo qual o Aedes Aegypti recebe mais combate e atenção que Psychoda alternata embora seja tudo mosquito. A gente tende a se preocupar mais com o que causa mais danos objetivos, um tanto óbvio :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 15:46:08
Sim, claro. Tem feministas batendo com lâmpada fluorescente em homens na Paulista. Homens tem que esconder o fato de que são homens para não sofrer preconceito ou serem expulsos de casa, perdem vagas por terem pênis. Realmente, o feminismo é pior que a homofobia.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 16:10:17
Dica: quando subir em terrenos íngremes e dia chuvoso use bota de aventura. Eu poderia escorregar com você neste declive e lembrar que vivo num pais com mais de uma dezena de leis que expressamente favorecem mulheres em relação a homens enquanto nenhuma favorece heterossexuais em relação a homossexuais. Prefiro lembrar que a questão em disputa era o porquê de o Skeptikos ter se incomodado mais com o choro sobre o Batman que o sobre o lanterna. Escorregue sozinha no seu declive, mona, o tombo eh livre e o Bepantol eh barato.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 16:34:12
Que dó de você. Conte-nos como é ser uma minoria desfavorecida que sofre mais que gays. Conte-nos como ser homem arruinou a sua vida ou impediu que você atingisse sucesso. Conte-nos das agressões físicas e psicológicas  que você sofreu apenas por ser homem. Estou aqui chorando e pensando no documentário que mostra como os homens são oprimidos e em situação de risco na nossa sociedade. Mas ainda você tem vantagem, se fosse homem e branco seria muito pior. Não existe classe mais oprimida que homens, brancos, cristãos e héteros. Nunca na história nenhum povo sofreu tanto.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 17:20:08
Conto sim, mas somente depois de você fazer o mesmo que você está me pedindo. Me diga como tantos gays conseguiram escapar tão facilmente das amarras invencíveis da opressão e se tornaram pessoas felizes, bem-sucedids e saltitantes em todas as áreas. Me explique como em todo o lugar que ando vejo gays se beijando e fazendo sucesso em suas carreiras livremente sem nem sombra dessa opressão horrível (enquanto posto esta mensagem estou no pátio do CT da UFRJ e a uns poucos metros de mim tem um casal gay se beijando livremente sem nenhuma hostilidade, vem correndo ver essa maravilha de uma sociedade que seus olhos vitimistas não conseguem enxergar).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 17:22:51
Agora se aproximaram uns 5 alunos do tal casal... Pensei que iam espanca-los mas estão os cumprimentando e puxando assunto. Acho que são colegas de turma. Devem ter ficar tão chocados com o namoro que foram la melar o romance. Maldita sociedade homofóbica.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 17:28:18
Queria muito continuar debatendo com você mas infelizmente tenho que subir pruma aula de Física I. Tomara deus que o professor não seja tão gay quanto meus adorados Renato e Willian. Eu como homofobico nato vou odiar ter professores gays tão bem sucedidos como os supracitados. Odeio me deparar com exemplos de pessoas gays que são muito bem sucedidas e respeitadissimas como profissionais e seres humanos e para as quais a sexualidade e soh um detalhe. Tenho certeza de que você e seu vitimismo odeiam também. :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 17:33:25
Oh my god, existem gays bem sucedidos, negros de sucesso e pessoas não homofóbicas e não racistas, aleluia, o racismo e a homofobia não existem!!! Como eu nunca percebi isso??!!! É tão simples, é só achar um gay ou negro bem sucedido que isso invalida toda a opressão e preconceito da sociedade, uau, como eu não pensei nisso antes?

Ao contrário dos homens, brancos, heterossexuais e cristãos, que ainda são perseguidos e marginalizados. Que dó.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 21:18:38
Do cara que passou 8 paginas negando o resultado de uma simples multiplicação de 5 serie do ensino fundamental eu não espero que ele perceba que está refutando seguidamente as próprias falacias que acabou de postar. Beijos na boca, barata. E so um detalhe, quanto aos meus problemas de ordem socioeconomica e pessoal eu ja falei deles aqui inúmeras vezes e nunca os atribui a questões de natureza racial ou de genero mas sempre a minha desestrutura familiar, meus problemas socioeconomicos de infância e adolescência e meus bloqueios psicologicos... Então... Quanto a isso...enfia seu ad hominem no orifício que te der mais prazer.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 21:26:22
Falácias? Sou que quero negar a existência da homofobia e do racismo com um "eu conheço negros e gays ricos e que não apanham na rua"? Procura um psicólogo e vai se tratar do seu trauma com feministas. Quando alguém diz que homens brancos e héteros sofrem mais que negros e gays, isso é sinal de problemas em se relacionar com a realidade.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 21:32:23
Acho mais apropriado você procurar um para tratar seu problema com homens brancos heterossexuais... Indico até uma de minha confiança... A doutora em psicologia pela Complutense de Madrid... Maria de la Paz TOldos Romero. Aproveita e junto com a psicóloga procura um supletivo... Não eh vergonha nenhuma
.. Eu mesmo fiz supletivo e consegui aprender a fazer operações básicas... Quem sabe você não entende um dia lah a conta do outro tópico e assim começa a entender como a sua percepção das desigualdades pode ser resultado de interpretações fraudulentas da realidade? Nunca eh tarde pra aprender... Eh uma frase das mais repetidas neste tipo de estabelecimento.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 19 de Março de 2015, 21:48:56
Tá rolando uma treta homérica de espantalhos aqui, ou a posição de vocês é a que o opositor diz que é mesmo?

Se for isso mesmo...  :o
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 19 de Março de 2015, 21:51:41
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 22:12:41
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 22:16:30
Tá rolando uma treta homérica de espantalhos aqui, ou a posição de vocês é a que o opositor diz que é mesmo?

Se for isso mesmo...  :o
Quanto ao barata ter passado 8 paginas refugando os resultados de um calculo que qualquer menino da quinta serie saberia resolver facilmente (e que depois saiu pela porta dos fundos do topico onde rolou a treta sem admitir seu erro primário...digo..de estudante do primário e muito menos rever sua argumentaçãoem tópicos futuros) apenas por não querer assumir que sua agenda igualitarista pode estar baseada em dados fraudulentos eh verdade. Que eu tenho problemas psicológicos a resolver também eh verdade. Que eu sou homofobico ginecofobico e negrofobico não eh verdade não. O resto deduza da própria estrutura dos argumentos e replicas do japonês defensor das minorias e perceba quantas vezes ele refutou como falaciosas estruturas argumentativas que ele acabara de usar. Eu poderia me delongar esmiuçando os exemplos... Mas como ja deve ter dado pra perceber... Estou no teclado do celular... Fica pra outra hora então...
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 22:29:58
Não me lembro do erro que eu cometi, mas se eu cometi o erro, não tenho problema nenhum em assumi-lo. É isso que te incomoda?

Eu errei o cálculo e meu julgamento Donatello, você tinha razão.

Pronto?

Isso não muda o fato de que você tem problemas sérios e que precisa procurar ajuda.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 22:46:28
A diferença barata eh que seu erro de multiplicação do ensino fundamental lah no tópico sobre continuas distorções sobre violência de genero tem tudinho a ver com o que esta sendo debatido aqui enquanto os meus problemas socioconomicos e psicológicos nada tem.

Essa eh a pequena grande diferença... Eu estou apontando para a sua extrema dificuldade que ficou ridiculamente obvia naquele episodio de enxergar manipulações no discurso igualitarista mesmo que tais mnipulaçoes sejam tão obvias que uma criança da quinta serie perceberia e para a sua bovina tendencia a acatar bovinamente qualquer alegação de injustiça contra gays mulheres e negros por mais frágeis que sejam as pistas que levem a essa possibilidade, o que ficou evidenciada no mesmo episodio.

Por outro lado você esta apontando para minha timidez excessiva, baixa auto-estima e pouco sucesso economico.

Qual dos dois tah dndo alfinetadas/@d hominens que pelo menos estejam relacionadas ao tema em tela, einh? ::)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 22:49:55
Ahã.


https://www.youtube.com/v/pPgWZh48SVk
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 22:55:56
Que vacilo... Eu com internet de pre pago e tu posta um vídeo do YouTube como resposta. Hagaga. Que que foi? Eh OUTRO semi analfabeto se confundindo com o negocio do 40% vs 6%? Não vai dar pra ver na net do celular... Soh amanha na faculdade... Fiquei curioso.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 19 de Março de 2015, 22:58:59
Bom... Vou dar uma pausa neste flame... Espero que ele volte amanhã porque ta ta ta ta delicia ta gostoso. Beijinhos meu lindo japonês rico "defensor" das nega pobre de sexualidade alternativa.

O neguinho pobre aqui tem que dormir. Boa noite :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 19 de Março de 2015, 23:02:48
Até mais Uncle Tom.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 20 de Março de 2015, 01:56:55
Um ponto ainda não levantado na discussão é de que existem mulheres machistas que gostam dos personagens estereotipados apresentados nos games.

Machistas e provavelmente meio nazistas também. Certamente torturam pequenos animais.

É assim que costumam ser as pessoas que não compartilham meus gostos, moralmente corretos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 09:34:26
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 09:39:08
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. (...)
Além disso, o problema de se discutir interpretações de leis com pessoas que tendem a relativizar a interpretação das mesmas conforme suas vontades, é o uso da mesma para favorecer as suas próprias vontades em detrimento do rigor lógico na interpretação. E interpretando todas estas leis (citadas acima) de forma rigorosamente lógica, todas elas se mostraram evidentemente inconstitucionais.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 09:48:59
Um ponto ainda não levantado na discussão é de que existem mulheres machistas que gostam dos personagens estereotipados apresentados nos games.

Machistas e provavelmente meio nazistas também. Certamente torturam pequenos animais.

É assim que costumam ser as pessoas que não compartilham meus gostos, moralmente corretos.
Machista, até hoje não concordo com o sentido que este termo adquiriu e os contextos e situações onde ele é frequentemente usado, pois este é um dos maiores exemplos da distorção do significado de uma palavra por uma motivação ideológica-política, com o aparente objetivo de tornar o gênero masculino responsável por qualquer ocorrência de discriminação de gênero ou demais injustiças sociais.1 (http://br.avoiceformen.com/feminismo-2/feminismo-e-mentiras/a-verdade-sobre-o-machismo-parte-1-boatos-e-demonizacao/)

Se existe a palavra sexismo, que não faz distinção de gênero e pode ser aplicada igualmente a homens e mulheres, por que ainda as pessoas insistem no uso incorreto e indiscriminado da palavra "machismo"?

1 -  Aldir Gracindo (1 de maio de 2014), A verdade sobre o machismo – Parte 1: Boatos e demonização, A Voice for Men Brasil. (http://br.avoiceformen.com/feminismo-2/feminismo-e-mentiras/a-verdade-sobre-o-machismo-parte-1-boatos-e-demonizacao/)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 20 de Março de 2015, 12:06:47
Acho que é um preciosismo/mimimizismo que deve ser até historicamente errado.

Definições não trazendo a tona "feminismo" como contraposição não devem ter sido nunca neutras ou invariavelmente positivas. "Macho", aplicado a humanos, no português (e talvez no espanhol), deve ter tido um sentido "positivo" no máximo mais ou menos análogo ao de "bad boy", que não algo não exatamente "positivo", ou "neutro", mas algo que já veste essa imagem de, bem, "bad boy". Diferentemente de outros termos ou expressões também relacionadas à masculinidade, como simplesmente "ser homem", "verdadeiro homem", que as malignas feministas falharam em transformar completamente em algo depreciativo, ainda estão na primeira fase, "stealth", de questionar inocentemente a associação específica do sexo masculino com um "bom caráter".

De forma similar, "valentia", "valentão", também devem ter sido historicamente comumente usadas (principalmente "valentão", e talvez por extensão dessa, "valentia" com sarcasmo) já num sentido pejorativo, não tendo havido uma campanha ideológica para depreciar essa índole.



Se o sentido foi um dia mais neutro, bem, os sentidos das palavras mudam. "Bando", "corja", seriam originalmente apenas sinônimos neutros de "grupo de pessoas", mas hoje não dá para usar sem essa "carga" pejorativa. E, como mencionei, as feministas não conseguiram ainda mudar o sentido de "ser um verdadeiro homem" de algo positivo para negativo, então não há motivos para desespero, só o termo mais associado à masculinidade "animal" foi afetado. E desconfio que talvez de maneira mais "orgânica" do que socialmente arquitetada.



Um pouco menos preciosista nessa linha é questionar o uso de "sexismo", que deve ser bastante comumente tido como quase sinônimo de machismo/anti-feminismo, em vez de uma espécie de machismo pejorativo "unissex".

Similar também deve ser o caso com "classismo", sendo comumente dado só como algo "contra as classes desfavorecidas", convenientemente escapando do rótulo o ranço contra as "elites", ou mesmo frases como "eu odeio a classe média".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 20 de Março de 2015, 12:31:43
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.

Não é necessário mudar a lei de homicídio, é necessário melhorar o sistema judicial e investigativo. No caso em questão, a citação da pena de morte é indiferente, poderia ser prisão perpétua ou 1 ano de cadeia, o fato de inocentes serem condenados não muda. A culpa é da lei? Não, a culpa é do sistema jurídico e do trabalho investigativo.

No caso que você citou, o problema não foi a lei, mas a interpretação que o juiz faz da lei e do caso em questão. Medidas protetivas só podem ser efetivadas por juízes, não por advogados, delegados ou pela ofendida. A lei diz que havendo necessidade o juiz PODERÁ aplicar medidas protetivas. Veja que o texto não obriga ninguém a isso e nem que possa ser uma coisa arbitrária. Após a fase inicial feita seguindo a LMP, o processo segue como lesão corporal, onde o processo independe do sexo, se houve evidências de que ela iniciou as agressões, não importa o que a LMP fez no início, ela pode ser condenada como agressora.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 20 de Março de 2015, 12:34:05
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. (...)
Além disso, o problema de se discutir interpretações de leis com pessoas que tendem a relativizar a interpretação das mesmas conforme suas vontades, é o uso da mesma para favorecer as suas próprias vontades em detrimento do rigor lógico na interpretação. E interpretando todas estas leis (citadas acima) de forma rigorosamente lógica, todas elas se mostraram evidentemente inconstitucionais.

Leis são relativas!!! A interpretação que eu dei nem é minha, é a interpretação que o STF fez, e que é uma interpretação que muitos juristas concordam, sendo até ensinada assim em vários cursos de direito.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 20 de Março de 2015, 12:47:56
Ahã.


https://www.youtube.com/v/pPgWZh48SVk
Ahhh, era isso, você já tinha postado esse vídeo naquele tópico em que você acabou tendo que engolir e admitir o fato de que as estatísticas anuais sobre violência homofóbica são forjadas depois que eu te mostrei uma entrevista do criador do estudo (Luis Mott) em que ele admitia incluir bala perdida, latrocínio e suicídio como crimes de ódio e te apresentei casos como o cara que foi alvejado depois de acelerar o carro tentando fugir de um assalto que nem era contra ele e que entrou na lista, lembra?

Pois, quanto ao vídeo, você quer provar o quê com ele? Você acha que isto prova mesmo alguma coisa sobre o quanto nossa sociedade é homofóbica e os gays são oprimidos? Que vivemos numa sociedade homofóbica porque meia dúzia de badboys paulistas o são? Então suponho que você vai aceitar que vivemos numa sociedade muito mais palmeristofóbica por conta da existência da Gaviões da Fiel, não é mesmo? (ou seria corintianofóbica por conta da Mancha Verde?). Talvez você acredite até que vivemos numa sociedade androfóbica quando eu postar o vídeo das moças gargalhando sobre o cara que teve o pinto decepado, não é mesmo?

Ahhhhhh, esqueci, não posso fazer isso aqui, não posso seguir seus silogismos só mudando os elementos mas mantendo toda a estrutura argumentativa, porque de uma hora pra outra você meraculosamente fica todo sabido e erudito e percebe a falácia embutida.

Barata, meu caro, a existência de pessoas e grupos homofóbicos não comprova que a sociedade como um todo seja homofóbica nem exclui formas inversas de fobia na sociedade. Não há opressão sistemática contra mulheres, gays e negros na sociedade. Isto não significa que haja opressão sistemática contra heterossexuais, homens e brancos. Não é um ou outro meu nobre falácia-man. Pode ser um e outro. Pode ser mais um um pouquinho numa área aqui e mais outro um pouquinho na outra área ali. Por exemplo, na área aqui dos tratamentos privilegiados dados explicitamente pelo Estado, negros e mulheres estão se dando muito bem e gays estão querendo uma boquinha (que viria com a aprovação da PLC122).

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 20 de Março de 2015, 12:48:24
Assino embaixo de suas últimas colocações Buck :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 20 de Março de 2015, 13:04:26
Homossexuais são agredidos e mortos por sua orientação sexual, são desprezados e perseguidos por fanáticos religiosos, tem problemas legais para se casar e adotar crianças, demonstrações públicas de carinho são condenadas e casais são expulsos de ambientes públicos, beijos homossexuais ainda provocam demonstrações públicas de aversão e condenação quando são transmitidos na tv.

Negros são mais parados pela polícia (inclusive com documentos oficiais da polícia incentivando tal ato), estudos mostram que negros recebem penas maiores pelo mesmo crime, estudos mostram que negros tem maior dificuldade em arrumar emprego, estudos mostram dentro da mesma faixa socio econômica, negros tem mais dificuldade em sair da miséria que brancos.

Mas o problema são as feministas.

Vai se tratar Donatello.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 20 de Março de 2015, 13:19:56
Os feministas... E os demais pseudoigualitaristas típicos como você... Não são o problema inteiro mas são parte importante dele.

E... É muito fácil listar os prejuízos sistemáticos que "as minorias sofrem" papagaiNdo o beaba aprendido com o Jean wyllis e com a maria do Rosário. Difícil eh corroborar seu ponto de vista quando se debruça sobre estatísticas e estudos feitos com o devido rigor epistemológico. Por isso você sempre trava nesta hora.

Alias... Vai estudar Barata, começa tentando aprender a multiplicar percentual por fração :p você já nos apresentou 8 paginas de prova de que tem dificuldade neste tipo de continha :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 20 de Março de 2015, 16:53:48
Era um post em resposta ao comentário sobre pessoas negras serem obrigadas a serem racistas contra brancos (o tal do Uncle Tom) mas editar como um ponto final no flame. Voltar ao meu normal. Esperar honestidade intelectual do Barata neste campo é esforço inútil então, deixa pra lá... até porque eu tinha feito promessa de gastar menos tempo nestas discussões circulares sobre "quanto é 2+2?".

Hugs, folks :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 20 de Março de 2015, 17:04:02
Me lembrou vagamente um trecho do filme Pretty Persuasion (br: Garotas Malvadas; pt: Persuadição Gira), quando a protagonista/antagonista exemplifica uma piada racista contra árabes a uma menina árabe, sobre como um homem árabe engravida a mulher (ejacula na parede e as moscas fazem o resto). A menina dá risada, e ela a repreende, "não, não dê risada, é ofensivo ao seu povo".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 20 de Março de 2015, 17:06:49
Aff, foi mal, editei tirando a resposta para finalizar o flame e o buck comentou logo depois...
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 20 de Março de 2015, 17:08:34
Bom, era uma resposta sobre o post em que o Barata me chama de Uncle Tom (é uma gíria usada pelo movimento negro americano para se referir a negros que se negam a agir racistamente contra brancos) e eu postei uma imagem sobre um feminista tentando salvar uma mulher da opressão machista e que reage violentamente ao ouvir dela que ela não se sente oprimida. É por aí mesmo, Buck :)

Ponto final :)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 17:31:29
Acho que é um preciosismo/mimimizismo que deve ser até historicamente errado.

Definições não trazendo a tona "feminismo" como contraposição não devem ter sido nunca neutras ou invariavelmente positivas. "Macho", aplicado a humanos, no português (e talvez no espanhol), deve ter tido um sentido "positivo" no máximo mais ou menos análogo ao de "bad boy", que não algo não exatamente "positivo", ou "neutro", mas algo que já veste essa imagem de, bem, "bad boy". Diferentemente de outros termos ou expressões também relacionadas à masculinidade, como simplesmente "ser homem", "verdadeiro homem", que as malignas feministas falharam em transformar completamente em algo depreciativo, ainda estão na primeira fase, "stealth", de questionar inocentemente a associação específica do sexo masculino com um "bom caráter".

De forma similar, "valentia", "valentão", também devem ter sido historicamente comumente usadas (principalmente "valentão", e talvez por extensão dessa, "valentia" com sarcasmo) já num sentido pejorativo, não tendo havido uma campanha ideológica para depreciar essa índole.



Se o sentido foi um dia mais neutro, bem, os sentidos das palavras mudam. "Bando", "corja", seriam originalmente apenas sinônimos neutros de "grupo de pessoas", mas hoje não dá para usar sem essa "carga" pejorativa. E, como mencionei, as feministas não conseguiram ainda mudar o sentido de "ser um verdadeiro homem" de algo positivo para negativo, então não há motivos para desespero, só o termo mais associado à masculinidade "animal" foi afetado. E desconfio que talvez de maneira mais "orgânica" do que socialmente arquitetada.



Um pouco menos preciosista nessa linha é questionar o uso de "sexismo", que deve ser bastante comumente tido como quase sinônimo de machismo/anti-feminismo, em vez de uma espécie de machismo pejorativo "unissex".

Similar também deve ser o caso com "classismo", sendo comumente dado só como algo "contra as classes desfavorecidas", convenientemente escapando do rótulo o ranço contra as "elites", ou mesmo frases como "eu odeio a classe média".
O problema da palavra "machismo" em sentido pejorativo é simplesmente a mensagem implícita de que a culpa é (somente) do gênero masculino, com "sexismo" isso não acontece.

Me parece que com as demais palavras que você citou, apesar da distorção (ou mudança dos sentidos), nada parecido acontece.

Para feministas por a culpa toda no gênero masculino faz todo sentido, visto que para elas vivemos numa sociedade patriarcal (também em sentido pejorativo, de homens privilegiados em posições de poder oprimindo as mulheres em posições desfavorecidas), é comum vermos feministas dizendo inclusive que somente homens são machistas, mulheres no máximo "reproduziriam" machismo (wtf?).

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 17:35:26
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.

Não é necessário mudar a lei de homicídio, é necessário melhorar o sistema judicial e investigativo. No caso em questão, a citação da pena de morte é indiferente, poderia ser prisão perpétua ou 1 ano de cadeia, o fato de inocentes serem condenados não muda. A culpa é da lei? Não, a culpa é do sistema jurídico e do trabalho investigativo.

No caso que você citou, o problema não foi a lei, mas a interpretação que o juiz faz da lei e do caso em questão. Medidas protetivas só podem ser efetivadas por juízes, não por advogados, delegados ou pela ofendida. A lei diz que havendo necessidade o juiz PODERÁ aplicar medidas protetivas. Veja que o texto não obriga ninguém a isso e nem que possa ser uma coisa arbitrária. Após a fase inicial feita seguindo a LMP, o processo segue como lesão corporal, onde o processo independe do sexo, se houve evidências de que ela iniciou as agressões, não importa o que a LMP fez no início, ela pode ser condenada como agressora.
Sobre pena de morte, concordo que a falha de condenar inocentes não ocorre por causa da lei, mas por causa do processo de julgamento ineficiente. No entanto ainda sou contra a pena de morte, por outros motivos.

Sobre a LMP, o texto é claro, somente mulheres são explicitamente previstas como vítimas, e homens, implicitamente somente como agressores. A interpretação da Delegada com base nesta lei foi correta, logo, o texto precisa ser mudado.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 17:37:51
Obs: Mesmo que já exista no CP tudo que esteja previsto na LMP, a LMP acelera o processo e possui um texto sexista ao favorecer apenas mulheres vitimadas, não homens (provocando por tanto uma tendência sexista nas interpretações dos agentes da lei). Por isso a lei precisa ou ser mudada ou ser extinta (já que tudo que esteja nela já está também no CP, ao meu ver, de forma mais justa e igualitária).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 17:41:17
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. (...)
Além disso, o problema de se discutir interpretações de leis com pessoas que tendem a relativizar a interpretação das mesmas conforme suas vontades, é o uso da mesma para favorecer as suas próprias vontades em detrimento do rigor lógico na interpretação. E interpretando todas estas leis (citadas acima) de forma rigorosamente lógica, todas elas se mostraram evidentemente inconstitucionais.

Leis são relativas!!! A interpretação que eu dei nem é minha, é a interpretação que o STF fez, e que é uma interpretação que muitos juristas concordam, sendo até ensinada assim em vários cursos de direito.
Sei que o STF concordou que é constitucional, mas mediante uma analise rigorosamente lógica isso se torna impossível. Que leis mudam de legislação para legislação eu aceito, mas quando é a interpretação de uma mesma legislação que muda, ai tem algo errado, os textos devem serem claros, objetivos e construídos de tal forma a evitar interpretações subjetivas, e na minha opinião a CF assim o é, somente uma distorção como esta que o STF fez para considerarem constitucional uma lei como a LMP.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 20 de Março de 2015, 17:45:04
Eu não vejo no termo "machismo" uma atribuição/mensagem impícita de culpa generalizada ao gênero masculino, só uma "descrição", especificação, em nível terminológico, de um tipo de comportamento ou valres que pode(m) ser "sexista" ou simplesmente "idiota"/babaca, quando não tem ao sexo feminino como "alvo" (ou ainda sexista, se isso for visto como uma pressão social motivada pelo gênero, ainda que aqui o sexismo seja mais no sentido de causa do que de produto).

E "neutro", mulheres podem ser machistas (ou até "machonas", ainda que as duas coisas não necessariamente ou provavelmente venham juntas!)

Parecido com "valentão/valentona", que não tem uma mensagem implícita de "que a culpa é [somente] das pessoas valentes".

Acho que o termo é menos problemático do que "maricas", que eu também não acho lá exatamente digno de preocupação.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 17:51:48
Ok, muitos podem de fato pensar assim quando usam o termo, mas pelo menos não é assim que funciona quando sai da boca de uma feminista, princialmente quando dizem que mulheres não são machistas, mas no máximo reproduzem o machismo.

Hehe, até para concordar com você, ou fortalecer a sua defesa, posso citar o exemplo da palavra "denegrir", em sua origem está relacionado com "negro" (provavelente da época da escravatura), e indica depreciação de alguém ou alguma coisa, no entanto, hoje, quando usada, não tem mais a pretensão de comparar alguém ou algo a negros em sentido pejorativo.

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 20 de Março de 2015, 18:04:38
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.

Não é necessário mudar a lei de homicídio, é necessário melhorar o sistema judicial e investigativo. No caso em questão, a citação da pena de morte é indiferente, poderia ser prisão perpétua ou 1 ano de cadeia, o fato de inocentes serem condenados não muda. A culpa é da lei? Não, a culpa é do sistema jurídico e do trabalho investigativo.

No caso que você citou, o problema não foi a lei, mas a interpretação que o juiz faz da lei e do caso em questão. Medidas protetivas só podem ser efetivadas por juízes, não por advogados, delegados ou pela ofendida. A lei diz que havendo necessidade o juiz PODERÁ aplicar medidas protetivas. Veja que o texto não obriga ninguém a isso e nem que possa ser uma coisa arbitrária. Após a fase inicial feita seguindo a LMP, o processo segue como lesão corporal, onde o processo independe do sexo, se houve evidências de que ela iniciou as agressões, não importa o que a LMP fez no início, ela pode ser condenada como agressora.
Sobre pena de morte, concordo que a falha de condenar inocentes não ocorre por causa da lei, mas por causa do processo de julgamento ineficiente. No entanto ainda sou contra a pena de morte, por outros motivos.

Sobre a LMP, o texto é claro, somente mulheres são explicitamente previstas como vítimas, e homens, implicitamente somente como agressores. A interpretação da Delegada com base nesta lei foi correta, logo, o texto precisa ser mudado.

A única função da LMP é acelerar o andamento inicial do processo e, em caso de necessidade comprovada, prover segurança e ajuda a mulheres em risco. Quem decide se a mulher esta em risco ou não, quem decide culpa ou não não é a delegada, é o juiz, a delegada recebe a denúncia de agressão, verifica se existe risco a mulher, caso existam indícios, é encaminhado ao juiz um pedido de ações protetivas, cabe ao juiz analisar as evidências de que existe uma situação de risco e ordenar as medidas cabíveis. Após isso o delegado envia o processo ao MP que decide de acordo com as evidências apresentadas se recebe ou não o processo, caso ele receba, a LMP não tem mais vigor, entra em ação o resto do CP, um processo de agressão com o agravante de ser contra membro familiar, e ai o CP não diferencia homens de mulheres. Se existem homens sendo presos injustamente na fase inicial do processo, a culpa é dos juízes e não da LMP.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 20 de Março de 2015, 18:11:31
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.

Não é necessário mudar a lei de homicídio, é necessário melhorar o sistema judicial e investigativo. No caso em questão, a citação da pena de morte é indiferente, poderia ser prisão perpétua ou 1 ano de cadeia, o fato de inocentes serem condenados não muda. A culpa é da lei? Não, a culpa é do sistema jurídico e do trabalho investigativo.

No caso que você citou, o problema não foi a lei, mas a interpretação que o juiz faz da lei e do caso em questão. Medidas protetivas só podem ser efetivadas por juízes, não por advogados, delegados ou pela ofendida. A lei diz que havendo necessidade o juiz PODERÁ aplicar medidas protetivas. Veja que o texto não obriga ninguém a isso e nem que possa ser uma coisa arbitrária. Após a fase inicial feita seguindo a LMP, o processo segue como lesão corporal, onde o processo independe do sexo, se houve evidências de que ela iniciou as agressões, não importa o que a LMP fez no início, ela pode ser condenada como agressora.
Sobre pena de morte, concordo que a falha de condenar inocentes não ocorre por causa da lei, mas por causa do processo de julgamento ineficiente. No entanto ainda sou contra a pena de morte, por outros motivos.

Sobre a LMP, o texto é claro, somente mulheres são explicitamente previstas como vítimas, e homens, implicitamente somente como agressores. A interpretação da Delegada com base nesta lei foi correta, logo, o texto precisa ser mudado.

A única função da LMP é acelerar o andamento inicial do processo e, em caso de necessidade comprovada, prover segurança e ajuda a mulheres em risco. Quem decide se a mulher esta em risco ou não, quem decide culpa ou não não é a delegada, é o juiz, a delegada recebe a denúncia de agressão, verifica se existe risco a mulher, caso existam indícios, é encaminhado ao juiz um pedido de ações protetivas, cabe ao juiz analisar as evidências de que existe uma situação de risco e ordenar as medidas cabíveis. Após isso o delegado envia o processo ao MP que decide de acordo com as evidências apresentadas se recebe ou não o processo, caso ele receba, a LMP não tem mais vigor, entra em ação o resto do CP, um processo de agressão com o agravante de ser contra membro familiar, e ai o CP não diferencia homens de mulheres. Se existem homens sendo presos injustamente na fase inicial do processo, a culpa é dos juízes e não da LMP.
Como eu disse, o texto da LMP é sexista, logo, nada mais natural do que isso suceder em interpretações sexistas. O texto precisa ser mudado sim. Pelo menos onde está escrito "mulher" passar a estar escrito "pessoa", e uma campanha de conscientização ser feita, para que esta tendência sexista seja desconstruída.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 20 de Março de 2015, 18:19:57
Sei que o STF concordou que é constitucional, mas mediante uma analise rigorosamente lógica isso se torna impossível. Que leis mudam de legislação para legislação eu aceito, mas quando é a interpretação de uma mesma legislação que muda, ai tem algo errado, os textos devem serem claros, objetivos e construídos de tal forma a evitar interpretações subjetivas, e na minha opinião a CF assim o é, somente uma distorção como esta que o STF fez para considerarem constitucional uma lei como a LMP.

Essa é a sua interpretação, os maiores juristas e especialistas em direito do país concordam com a interpretação do STF. E leis e interpretações legais, em qualquer país do mundo, em qualquer sistema legal, trazem polêmica,isso é inevitável, e é por isso que usamos juízes, e é por isso que temos um STF.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 20 de Março de 2015, 18:22:45
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.

Não é necessário mudar a lei de homicídio, é necessário melhorar o sistema judicial e investigativo. No caso em questão, a citação da pena de morte é indiferente, poderia ser prisão perpétua ou 1 ano de cadeia, o fato de inocentes serem condenados não muda. A culpa é da lei? Não, a culpa é do sistema jurídico e do trabalho investigativo.

No caso que você citou, o problema não foi a lei, mas a interpretação que o juiz faz da lei e do caso em questão. Medidas protetivas só podem ser efetivadas por juízes, não por advogados, delegados ou pela ofendida. A lei diz que havendo necessidade o juiz PODERÁ aplicar medidas protetivas. Veja que o texto não obriga ninguém a isso e nem que possa ser uma coisa arbitrária. Após a fase inicial feita seguindo a LMP, o processo segue como lesão corporal, onde o processo independe do sexo, se houve evidências de que ela iniciou as agressões, não importa o que a LMP fez no início, ela pode ser condenada como agressora.
Sobre pena de morte, concordo que a falha de condenar inocentes não ocorre por causa da lei, mas por causa do processo de julgamento ineficiente. No entanto ainda sou contra a pena de morte, por outros motivos.

Sobre a LMP, o texto é claro, somente mulheres são explicitamente previstas como vítimas, e homens, implicitamente somente como agressores. A interpretação da Delegada com base nesta lei foi correta, logo, o texto precisa ser mudado.

A única função da LMP é acelerar o andamento inicial do processo e, em caso de necessidade comprovada, prover segurança e ajuda a mulheres em risco. Quem decide se a mulher esta em risco ou não, quem decide culpa ou não não é a delegada, é o juiz, a delegada recebe a denúncia de agressão, verifica se existe risco a mulher, caso existam indícios, é encaminhado ao juiz um pedido de ações protetivas, cabe ao juiz analisar as evidências de que existe uma situação de risco e ordenar as medidas cabíveis. Após isso o delegado envia o processo ao MP que decide de acordo com as evidências apresentadas se recebe ou não o processo, caso ele receba, a LMP não tem mais vigor, entra em ação o resto do CP, um processo de agressão com o agravante de ser contra membro familiar, e ai o CP não diferencia homens de mulheres. Se existem homens sendo presos injustamente na fase inicial do processo, a culpa é dos juízes e não da LMP.
Como eu disse, o texto da LMP é sexista, logo, nada mais natural do que isso suceder em interpretações sexistas. O texto precisa ser mudado sim. Pelo menos onde está escrito "mulher" passar a estar escrito "pessoa", e uma campanha de conscientização ser feita, para que esta tendência sexista seja desconstruída.

Ótimo, faça essa campanha para a mudança, é um direito seu e dos homens que sofrem violência doméstica terem apoio jurídico e policial quando necessário.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 21 de Março de 2015, 12:50:08
É bom lembrar que as nossas críticas são em relação ao fato de todos estes projetos de leis "em defesa" de minorias, aprovados ou a caminho de serem aprovados, são todos inconstitucionais, pois estão embasados em discriminação de gênero, raça, orientação sexual e etc., reservando direitos exclusivos a indivíduos representantes deste grupo, enquanto priva os demais indivíduos da sociedade a estes mesmos direitos. Todos sabemos que o Art. 5º da Constituição Federal exige que todos sejam tratados igualmente perante a lei, sem distinção (ou discriminação) de qualquer natureza, estando sujeito todos aos mesmos direitos e deveres.

E já não bastasse a maioria esmagadora destas "leis de minorias" infringirem esta passagem importante da Constituição, outras tantas infringem uma outra passagem importante do Art. 5º, o inciso LVII que prevê a "presunção de inocência", onde é dito que "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;". No entanto, com a Lei Maria da Penha o homem é punido de todas as formas com as chamadas medidas "protetivas" (em alguns casos incluindo prisão preventiva), antes mesmo de ter sua culpa comprovada (sem falar no tratamento discriminatório que a lei em si já trouxe para as interpretações dos agentes da lei, que tendem a favorecer a mulher em detrimento do homem em casos de denuncia de violência doméstica).

É tanto desrespeito com os direitos máximos que em Portugal já querem tornar a inversão do ônus da prova (e por tanto, a violação da presunção de inocência) explícita, quando o acusado for um homem e a acusadora, uma mulher (http://www.publico.pt/sociedade/noticia/organizacao-feminista-quer-prevenir-e-criminalizar-assedio-sexual-1687841).

É quanto a estes tipos de injustiças que estou em desacordo constante, e creio que o Donatello também.

Abraços!

O problema de discutir leis com pessoas não formadas é que elas acham que leis são literais e exatas como as leis da física. Se assim fosse não seriam necessários juízes, leis são interpretativas e por isso existem tantos problemas e diferenças de interpretação. O STF recebeu casos assim e os julgou que o princípio constitucional da igualdade, contido no art. 5º, refere-se a igualdade formal de todos os cidadãos perante a lei. A igualdade de fato é tão somente um alvo a ser atingido, devendo ser promovida, garantindo a igualdade de oportunidades como manda o art. 3º da mesma Constituição Federal. As políticas públicas de afirmação de direitos são, portanto, constitucionais e absolutamente necessárias.

Eu imagino que existam casos de abuso na lei Maria da Penha, assim como existem abusos em todas as leis existentes, mas pelo que eu acompanho e pelo que amigos advogados e juízes me dizem, a legislação autoriza medidas protetivas apenas em casos onde existem indícios claros de risco de vida da vítima. Tanto isso é real que não é difícil encontrar casos de parceiros que matam porque medidas protetivas não foram utilizadas por falta de evidências claras. Existem casos onde homens foram prejudicados? Óbvio que existem, em qualquer lei criada ou em qualquer caso julgado vão aparecer pessoas inocentes prejudicadas. No corredor da morte nos EUA calcula-se que 4% das pessoas esperando ser mortas sejam inocentes. Devemos acabar com leis contra homicídio porque inocentes são presos e mortos? Imagino que a resposta seja não, o que devemos fazer é lutar para que a qualidade do sistema judiciário e da polícia investigativa seja melhor.
Acabar não, mas mudar sim, se estes tipos de injustiças podem serem evitadas ou minimizadas mudando-se a lei, então elas devem serem mudadas, a condenação de alguns inocentes não pode ser um preço a se pagar para que um objetivo seja alcançado (condenar verdadeiros culpados). É claro que não se deve abolir qualquer punição, mas aquelas que evidentemente abrem espaço para injustiças que poderiam serem evitadas ou ao menos minimizadas, sim, este é o caso das penas de mortes ou ou da LMP.

Todo mundo deve se lembrar do caso da briga entre o ex BBB Yuri e sua namorada (dançarina do programa do Faustão), se me lembro bem, segundo relatos da própria moça, ela iniciou as agressões contra o ex BBB por ciúmes, e como visto pelas fotos, ele saiu mais ferido do que ela, e a própria Delegada que investigou o caso reconheceu que houve agressão de ambas as partes, no entanto, seguindo rigorosamente o texto da LMP, somente o homem poderia ser interpretado como agressor, e somente a mulher como vítima, neste caso ele foi preso e ela liberada.

É sobre estes tipos de injustiças que falo.

Não é necessário mudar a lei de homicídio, é necessário melhorar o sistema judicial e investigativo. No caso em questão, a citação da pena de morte é indiferente, poderia ser prisão perpétua ou 1 ano de cadeia, o fato de inocentes serem condenados não muda. A culpa é da lei? Não, a culpa é do sistema jurídico e do trabalho investigativo.

No caso que você citou, o problema não foi a lei, mas a interpretação que o juiz faz da lei e do caso em questão. Medidas protetivas só podem ser efetivadas por juízes, não por advogados, delegados ou pela ofendida. A lei diz que havendo necessidade o juiz PODERÁ aplicar medidas protetivas. Veja que o texto não obriga ninguém a isso e nem que possa ser uma coisa arbitrária. Após a fase inicial feita seguindo a LMP, o processo segue como lesão corporal, onde o processo independe do sexo, se houve evidências de que ela iniciou as agressões, não importa o que a LMP fez no início, ela pode ser condenada como agressora.
Sobre pena de morte, concordo que a falha de condenar inocentes não ocorre por causa da lei, mas por causa do processo de julgamento ineficiente. No entanto ainda sou contra a pena de morte, por outros motivos.

Sobre a LMP, o texto é claro, somente mulheres são explicitamente previstas como vítimas, e homens, implicitamente somente como agressores. A interpretação da Delegada com base nesta lei foi correta, logo, o texto precisa ser mudado.

A única função da LMP é acelerar o andamento inicial do processo e, em caso de necessidade comprovada, prover segurança e ajuda a mulheres em risco. Quem decide se a mulher esta em risco ou não, quem decide culpa ou não não é a delegada, é o juiz, a delegada recebe a denúncia de agressão, verifica se existe risco a mulher, caso existam indícios, é encaminhado ao juiz um pedido de ações protetivas, cabe ao juiz analisar as evidências de que existe uma situação de risco e ordenar as medidas cabíveis. Após isso o delegado envia o processo ao MP que decide de acordo com as evidências apresentadas se recebe ou não o processo, caso ele receba, a LMP não tem mais vigor, entra em ação o resto do CP, um processo de agressão com o agravante de ser contra membro familiar, e ai o CP não diferencia homens de mulheres. Se existem homens sendo presos injustamente na fase inicial do processo, a culpa é dos juízes e não da LMP.
Como eu disse, o texto da LMP é sexista, logo, nada mais natural do que isso suceder em interpretações sexistas. O texto precisa ser mudado sim. Pelo menos onde está escrito "mulher" passar a estar escrito "pessoa", e uma campanha de conscientização ser feita, para que esta tendência sexista seja desconstruída.

Ótimo, faça essa campanha para a mudança, é um direito seu e dos homens que sofrem violência doméstica terem apoio jurídico e policial quando necessário.
:ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 23 de Março de 2015, 19:18:24
Homenzinhos de Merda ganham esmalte (http://lugardemulher.com.br/homenzinhos-de-merda-ganham-esmalte/)

E é com este titulo que feministas mais uma vez dão chilique (iniciam um artigo em tom de protesto) sobre algo comum (uma campanha publicitária de uma marca de esmalte que fez um tributo aos homens amorosos) que somente elas vêem sexismo (machismo) e misoginia.

Agora me digam uma coisa, como um grupo como este pode achar que tem moral para falar sobre sexismo e misoginia (onde não existe, onde somente elas vêem) em um artigo que é ele próprio extremamente sexista e misândrico?

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 23 de Março de 2015, 19:33:15
O que acontece é que existem grupos/indivíduos (não só feministas, é o mesmo com MRAs, ativistas raciais (negros e brancos)), que lucram em explorar o sentimento de vitimização. Quanto mais tradicionalmente as pessoas do grupo defendido são vistas como vítimas da sociedade, menos criteriosos seus "defensores"/exploradores precisam ser em suas "defesas". Mas em qualquer caso os argumentos mais estapafúrdios ainda terão alguma adesão, mesmo que seja algo bem restrito a um nicho.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 16:38:54
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Março de 2015, 16:44:34
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 16:46:05
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Março de 2015, 16:48:30
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Barateou de novo. Já são duas hoje (que eu contei).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 16:51:56
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?
O que pode acontecer é a mídia continuar a dar ibope para este chilique e mulheres comuns começarem a dar ouvidos para estas críticas infundadas. Com a Skol aconteceu isso com aquela campanha publicitária do "deixe o não em casa" como uma alusão para as pessoas se tornarem mais abertas a interação social no carnaval. Feministas distorceram isso relacionando a campanha como de apologia ao estupro; vandalizaram os painéis publicitários, tiraram fotos em frente a eles fazendo sinais obscenos, e escreveram textos de ódios em relação a marca em suas redes sociais, e quem acabou se retratando como criminoso foi a marca de cerveja, que não havia cometido crime algum, mas já começava a sair com sua imagem manchada.

É claro que no caso da Skol caberia até um dialogo pela escolha da frase, que pode até ser considerada infeliz. O mesmo já não vale para a campanha da marca de esmalte supra. No entanto, ainda não me surpreenderia se a empresa abandonar a campanha e se retratasse publicamente. Vale lembrar que quem reclamaram da capa da batgirl nem leitores de HQ não eram, e mesmo assim foi o suficiente para convencer o desenhista a se retratar e abandonar o projeto.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Fabrício em 24 de Março de 2015, 17:02:43
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Março de 2015, 17:09:22
Lésbicas não usam esmalte?  :o

O Barata é preconceituoso com as lésbicas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 17:21:10
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o

Segundo o Lorentz feministas não usam esmaltes. Eu chutei que a correlação que ele fazia era essa, se errei e a correlação é outra, ele pode explicar melhor.


Lorentz, porque feministas não compram esmaltes? Qual é o seu esteriótipo de feministas? Você tem mais esteriótipos que queira dividir agora, para evitarmos futuras confusões?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 17:28:20
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o

Usam, mas preferem as unhas curtas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Fabrício em 24 de Março de 2015, 17:30:08
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o

Usam, mas preferem as unhas curtas.

Provavelmente os que elas economizam em esmalte gastam em chuteiras e camisas do vasco.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 17:31:13
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o

Usam, mas preferem as unhas curtas.

Não é muito uma preferiência, é quase obrigação. Pra lésbicas unha cumprida é equivalente a homens terem uma unha afiada na ponta do pênis.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 18:12:57
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o

Segundo o Lorentz feministas não usam esmaltes. Eu chutei que a correlação que ele fazia era essa, se errei e a correlação é outra, ele pode explicar melhor.


Lorentz, porque feministas não compram esmaltes? Qual é o seu esteriótipo de feministas? Você tem mais esteriótipos que queira dividir agora, para evitarmos futuras confusões?
Acho que ele esta insinuando sobre uma das pautas feministas, que é o combate aos padrões de beleza que elas acreditam serem socialmente impostos as mulheres por uma sociedade patriarcal visando unicamente a agradar aos homens. Ter corpo malhado, seios e glúteos turbinados, pele depilada, unha feita (inclui esmalte), rosto maquiado, roupas sensuais e etc., fariam parte deste padrão de beleza combatido por feministas. Agora, se o contrário disso é a feiura, ai já é outra história. Mas o fato é que, levando isso em conta, o que o Lorentz disse faz todo sentido, por que neste caso, feministas não seriam mesmo o público alvo dos produtos desta marca, já que elas não o usam.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 18:18:26
Feministas são um grupo único formado por uma única pauta e com representantes eleitos por todas as feministas? Ou isso é um espantalho criado para os MRAs baterem?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 18:38:54
Não exatamente. A uniformidade de pensamento se dá devido às limitações do cérebro feminino e pela comunicação química/feromonal -- o mesmo mecanismo responsável pela sincronização da menstruação. É uma mente-colméia.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 24 de Março de 2015, 19:10:10
Feministas são um grupo único formado por uma única pauta e com representantes eleitos por todas as feministas? Ou isso é um espantalho criado para os MRAs baterem?
Não... Feministas não são nem todas as... São todos os... E e obvio que não são todos iguais. Principalmente se aceitarmos que gente como Christina Hoff Sommers e Camille Paglia possa ser chamada de feminista.

Mas parece que os MRAs ( ou feministas de igualdade como a Christina H Sommers chama... Ou ultraigualitaristas como eu chamaria... Ou egalitarians como alguns preferem... Ou antifeministas... ) são todinhos iguais, ne mesm...?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 19:21:03
Feministas são um grupo único formado por uma única pauta e com representantes eleitos por todas as feministas? Ou isso é um espantalho criado para os MRAs baterem?
Não me lembro dede eu ou o Lorentz termos dito em algum momento que feministas fossem um grupo homogêneo ou que seguissem uma única pauta. O que eu disse foi apenas que a luta contra os padrões de beleza femininos vigentes, embasado na crença de que estes padrões são frutos de uma sociedade patriarcal e opressora, fazem parte da pauta de feministas (não está dito, explícito ou implicitamente que sejam todas e nem quais sejam).

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 19:21:44
MRAs serão bem mais parecidos até por serem muito menos numerosos, a menos que se conte gente que "acredita" em frases de pára-choques de caminhão como MRAs.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 19:29:11
Feministas são um grupo único formado por uma única pauta e com representantes eleitos por todas as feministas? Ou isso é um espantalho criado para os MRAs baterem?
Não me lembro dede eu ou o Lorentz termos dito em algum momento que feministas fossem um grupo homogêneo ou que seguissem uma única pauta. O que eu disse foi apenas que a luta contra os padrões de beleza femininos vigentes, embasado na crença de que estes padrões são frutos de uma sociedade patriarcal e opressora, fazem parte da pauta de feministas (não está dito, explícito ou implicitamente que sejam todas e nem quais sejam).

Abraços!

Então existem feministas que usam esmalte, feministas que não usam esmalte, feministas que são contra o esmalte e feministas que não tem nada contra o esmalte, certo? Então dizer que "feministas não usam esmalte" é um esteriótipo idiota. Você só esta confirmando o que eu disser.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 19:34:17
Sim, é uma afirmação que falha mediante uma análise rigorosamente lógica. Mas faz sentido se e excluirmos as exceções e relevarmos que boa parte das feministas se enquadram no estereótipo citado.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 19:37:30
Sim, é uma afirmação que falha mediante uma análise rigorosamente lógica. Mas faz sentido se e excluirmos as exceções e relevarmos que boa parte das feministas se enquadram no estereótipo citado.

Boa parte? Apresente os números, por favor. Tenho certeza que um rapaz tão apegado a números e estatísticas não iria fazer uma afirmação leviana baseada em esteriótipos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 24 de Março de 2015, 19:39:29
MRAs serão bem mais parecidos até por serem muito menos numerosos, a menos que se conte gente que "acredita" em frases de pára-choques de caminhão como MRAs.
Cara, eu vejo uma distancia do discurso da CHS em relação ao dos Bufalos da vida tão grande quanto da mesma para o discurso do Barata... Mas...

E mesmo entre MRAs mais maindtream há uma boa variação entre gente como Christina, Camille e Warren...
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 19:40:15
Citar
Feminists and Makeup

When second-wave feminism swept across the U.S. in the late 1960s and '70s, feminists urged their fellow women to discard anything that men might use to objectify them. By putting on makeup and dressing in a certain way, these feminists argued, women were only submitting to a patriarchal culture that sought to exploit them for their beauty, not their brain. Stop trying to appeal to men with makeup and fashion was the rallying cry of radical feminists.

[...]

Today, feminists are still divided on the makeup issue. On the one hand, the issue of choice is important to many feminists, which means that a woman should be able to decide to wear makeup for herself without anyone else assuming that she's a floozy. On the other hand, many men and women are concerned about the messages implied within cosmetics advertising and television shows. They argue that women are being sold the idea that they're imperfect and need to be fixed, which can only happen if they continue to buy certain products. And will the line continue to move in a culture obsessed with youth and beauty? Will everyone be expected to get plastic surgery once foundation can no longer hide the signs of aging?

Perhaps most worrying to critics of the cosmetic industry is the trend of younger and younger girls using makeup. If makeup really does serve to signal other males of female fitness, then does wearing lip gloss and blush sexualize girls too soon? Do they stand at the precipice of a life filled with unhappiness and body angst? If makeup is possibly toxic to adults, then how toxic will it prove to be on young skin?

...

http://people.howstuffworks.com/about-makeup7.htm
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Donatello em 24 de Março de 2015, 19:46:39
Ahhh... Sim... Não pesquei que quando você disse sobre frases de parachoque tava falando dos bufalos... Mas ai eh o mesmo que dizer que tirando o Barata, o Juca e os feministas parecidos com eles (ou seja... O grosso dos que se autointitulam assim) e deixando so a Christina Hoff Sommers e os feministas próximos dela o feminismo eh um movimento muito parecido com o MRA :P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Março de 2015, 19:48:53
Pior que eu não duvido nada se isto dai tiver a adesão não apenas de um pequeno nicho, mas de um grupo suficiente para forçar a empresa em questão vir a público se retratar por um ato de sexismo e misoginia que eles na verdade não cometeram. Isso já aconteceu, p. ex., com o desenhista daquela capa da Batgirl, não duvido nada acontecer de novo com esta campanha publicitária desta marca de esmaltes.

Se eles não toparem se retratar, o que pode acontecer? As feministas pararem de comprar esmaltes? Elas nem devem comprar mesmo.  :?

Porque são todas lésbicas feias, é isso? Mais algum esteriótipo que você e queira compartilhar?

Lésbicas não usam esmalte?  :o

Segundo o Lorentz feministas não usam esmaltes. Eu chutei que a correlação que ele fazia era essa, se errei e a correlação é outra, ele pode explicar melhor.


Lorentz, porque feministas não compram esmaltes? Qual é o seu esteriótipo de feministas? Você tem mais esteriótipos que queira dividir agora, para evitarmos futuras confusões?
Acho que ele esta insinuando sobre uma das pautas feministas, que é o combate aos padrões de beleza que elas acreditam serem socialmente impostos as mulheres por uma sociedade patriarcal visando unicamente a agradar aos homens. Ter corpo malhado, seios e glúteos turbinados, pele depilada, unha feita (inclui esmalte), rosto maquiado, roupas sensuais e etc., fariam parte deste padrão de beleza combatido por feministas. Agora, se o contrário disso é a feiura, ai já é outra história. Mas o fato é que, levando isso em conta, o que o Lorentz disse faz todo sentido, por que neste caso, feministas não seriam mesmo o público alvo dos produtos desta marca, já que elas não o usam.
Na mosca. Eu escrevi, obviamente num tom de brincadeira, que as feministas não usam esmaltes não por serem horrorosas e lésbicas (segundo o Barata), mas porque usar esmaltes e maquiagens de certa forma só serve para torná-las mais sensuais para os homens que elas combatem.

E esta ideia é ridícula porque a própria feminista que este tópico faz referência faz uso de maquiagens (e é uma gatinha):

(http://dorkshelf.com/wordpress/wp-content/uploads//2012/06/Anita-Sarkeesian.jpg)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 20:01:36
Sim, é uma afirmação que falha mediante uma análise rigorosamente lógica. Mas faz sentido se e excluirmos as exceções e relevarmos que boa parte das feministas se enquadram no estereótipo citado.

Boa parte? Apresente os números, por favor. Tenho certeza que um rapaz tão apegado a números e estatísticas não iria fazer uma afirmação leviana baseada em esteriótipos.
Disse boa parte justamente por não saber quanto exatamente, por isso também fui sensato o suficiente para não dizer "a maioria das feministas se enquadram no estereótipo citado". hehe

Agora sejamos ambos honestos, a militância mobilizada no combate aos padrões de beleza vigentes não é uma pauta comum entre feministas, e não é comum que elas acreditem que estes padrões de beleza são construídos por uma sociedade patriarcal, com objetivo de satisfazer os prazeres masculinos?

Não sei dizer quantas, mas podemos concordar que boa parte das feminista pensam assim, ou não?

EDIT: O Buck postou um texto que corrobora o que eu disse (apesar de também não trazer números, até por que acho que eles não devem existir -no sentido de alguma equipe de pesquisadores terem estudado tal fenômeno dentro do movimento-).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 20:03:34
Quanto é "uma boa parte? Pra saber se é uma boa parte eu preciso saber o total e quantas pessoas pregam isso.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 20:07:13
Quanto é "uma boa parte? Pra saber se é uma boa parte eu preciso saber o total e quantas pessoas pregam isso.
Dos grupos feministas que frequento nas redes sociais no minimo uns 80% deles (jogando baixo) já fizeram alguma crítica aos padrões de beleza feminino vigentes e se apresentam como combatentes assumidos destes padrões (incluindo o boicote a produtos de beleza que estes grupos acreditam contribuir para o fortalecimento destes padrões "opressores" de beleza).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 20:08:42
Quanto é "uma boa parte? Pra saber se é uma boa parte eu preciso saber o total e quantas pessoas pregam isso.
Dos grupos feministas que frequento nas redes sociais no minimo uns 80% deles (jogando baixo) já fizeram alguma crítica aos padrões de beleza feminina vigentes e se apresentam como combatentes assumidos destes padrões (incluindo o boicote e=a produtos de beleza que estes grupos acreditam contribuir para o fortalecimento deste padrão "opressor" de beleza).

E do total de feministas existentes no planeta Terra?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 20:11:23
Como eu disse, não acho que exista qualquer estudo sobre o assunto, que dirá então um estudo com amostragem global. Mas o que me parece, é que a militância contra os ideais de beleza vigentes é uma pauta comum no movimento feminista. Você concorda com isso?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 20:12:49
Ahhh... Sim... Não pesquei que quando você disse sobre frases de parachoque tava falando dos bufalos... Mas ai eh o mesmo que dizer que tirando o Barata, o Juca e os feministas parecidos com eles (ou seja... O grosso dos que se autointitulam assim) e deixando so a Christina Hoff Sommers e os feministas próximos dela o feminismo eh um movimento muito parecido com o MRA :P

Tem umas feministas (no caso, mulheres mesmo), talvez rotuladas como "ex", além dessas listatadas (que acho que comumente são negadas mais ou menos como equivalente feminista de "uncle Tom"), que poderiam ser ditas "MRAs" de certa forma, por terem uma ótica mais verdadeiramente igualitarista (recentemente uma das pioneiras dessa "divergência" morreu de câncer, não me lembro o nome). Mas da mesma forma que as feministas mais radicais acabam contaminando o termo "feminista", ocorre com MRAs, talvez até em pior grau. Acho que se vê não raramente um bocado de homofobia e até coitadismo branco/racista.

Não vou encontrar facilmente nada agora, lembro de ter visto alguma coisa no tempo do google reader.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 24 de Março de 2015, 20:15:12
Quanto é "uma boa parte? Pra saber se é uma boa parte eu preciso saber o total e quantas pessoas pregam isso.
Dos grupos feministas que frequento nas redes sociais no minimo uns 80% deles (jogando baixo) já fizeram alguma crítica aos padrões de beleza feminina vigentes e se apresentam como combatentes assumidos destes padrões (incluindo o boicote e=a produtos de beleza que estes grupos acreditam contribuir para o fortalecimento deste padrão "opressor" de beleza).

E do total de feministas existentes no planeta Terra?

Se for a maioria, você vai concordar ou vai perguntar depois: "E do universo?"?

Na verdade o percentual total não importa muito, obviamente o Skeptikos está criticando os segmentos mais radicais. Existem inclusive feministas que não raspam mais nenhum pelo do corpo. Quando fazemos críticas, geralmente pegamos os exemplos mais radicais, mais atuantes.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 20:17:44
Ahhh... Sim... Não pesquei que quando você disse sobre frases de parachoque tava falando dos bufalos... Mas ai eh o mesmo que dizer que tirando o Barata, o Juca e os feministas parecidos com eles (ou seja... O grosso dos que se autointitulam assim) e deixando so a Christina Hoff Sommers e os feministas próximos dela o feminismo eh um movimento muito parecido com o MRA :P

Tem umas feministas, talvez rotuladas como "ex", talvez incluindo as listatadas, que poderiam ser ditas "MRAs" de certa forma, por terem uma ótica mais verdadeiramente igualitarista (recentemente uma das pioneiras dessa "divergência" morreu de câncer, não me lembro o nome). Mas da mesma forma que as feministas mais radicais acabam contaminando o termo "feminista", ocorre com MRAs, talvez até em pior grau. Acho que se vê não raramente um bocado de homofobia e até coitadismo branco/racista.

Não vou encontrar facilmente nada agora, lembro de ter visto alguma coisa no tempo do google reader.
Acho que você esta se referindo a Karen DeCrow (https://en.wikipedia.org/wiki/Karen_DeCrow), que morreu de melanoma em junho de 2014.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 20:21:25
Ah, então é usada a nossa percepção ao dizer " boa parte". Well, garanto que ninguém se importa quando qualificam os MRAs como um bando de virgens, socialmente ineptos, machistas e que incentivam o assédio sexual. Basta dizer que é "boa parte".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 20:25:48
Quanto é "uma boa parte? Pra saber se é uma boa parte eu preciso saber o total e quantas pessoas pregam isso.
Dos grupos feministas que frequento nas redes sociais no minimo uns 80% deles (jogando baixo) já fizeram alguma crítica aos padrões de beleza feminina vigentes e se apresentam como combatentes assumidos destes padrões (incluindo o boicote e=a produtos de beleza que estes grupos acreditam contribuir para o fortalecimento deste padrão "opressor" de beleza).

E do total de feministas existentes no planeta Terra?

Se for a maioria, você vai concordar ou vai perguntar depois: "E do universo?"?

Na verdade o percentual total não importa muito, obviamente o Skeptikos está criticando os segmentos mais radicais. Existem inclusive feministas que não raspam mais nenhum pelo do corpo. Quando fazemos críticas, geralmente pegamos os exemplos mais radicais, mais atuantes.
Pois é, até por que considerar as que se declaram feministas (por que hoje é maistream ou cult se declarar feminista, e por isso muitas pessoas se declaram apenas para saírem bem na fita - como a Anitta p. ex.-) mas nem se quer conhecem a história do movimento e as pautas defendidas atualmente, ou que muito menos está envolvida na causa, como militantes estão, não podem serem ao meu ver consideradas ou incluídas como feministas (em qualquer amostragem estatística séria).

Ah, então é usada a nossa percepção ao dizer " boa parte". Well, garanto que ninguém se importa quando qualificam os MRAs como um bando de virgens, socialmente ineptos, machistas e que incentivam o assédio sexual. Basta dizer que é "boa parte".
Beleza, da próxima vez que eu criticar qualquer aspecto feminista eu citarei exemplos para você não me acusar de estar generalizando.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 20:35:02
Citar exemplos não adianta, os exemplos serve para evidenciar que existem pessoas que pensam daquela maneira, mas não que representa o total e nem "boa parte" do total de uma categoria da qual não sabemos o número total de integrantes.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 24 de Março de 2015, 20:48:18
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 21:38:03
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 21:41:35
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 21:46:42
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 21:47:30
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?

Você tem certeza que eu entendo bem seus pontos e não seria imbecil de discordar.

Mas sobre os ateus, a gente pode dizer alguns pontos que tem probabilidade de serem comuns. Por exemplo, evitando as crises semanticóides, que os ateus no mínimo no geral não creem na existência de Deus.

O que nesse sentido pode ser dito sobre "as feministas"?

Minha pergunta é genuína, não estou brincando. Quando dizemos "as feministas" estamos falando sobre quem? Qual é a cola?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 21:53:40
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?

Você tem certeza que eu entendo bem seus pontos e não seria imbecil de discordar.

Mas sobre os ateus, a gente pode dizer alguns pontos que tem probabilidade de serem comuns. Por exemplo, evitando as crises semanticóides, que os ateus no mínimo no geral não creem na existência de Deus.

O que nesse sentido pode ser dito sobre "as feministas"?

Minha pergunta é genuína, não estou brincando. Quando dizemos "as feministas" estamos falando sobre quem? Qual é a cola?

Pessoas que defendem os direitos das mulheres.

Quais são esses direitos, quais são os problemas, quem são os responsáveis pelos problemas, ai é uma salada gigantesca com milhares de pessoas defendendo coisas completamente opostas e conflitantes e ambos os lados se dizendo feministas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 21:54:19
Da wikipédia:

Citar
Feminismo é um movimento social, filosófico e político que tem como objetivo direitos equânimes (iguais) e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões opressores patriarcais, baseados em normas de gênero. Envolve diversos movimentos, teorias e filosofias que advogam pela igualdade entre homens e mulheres, além de promover os direitos das mulheres e seus interesses.1 2 3 4 5 De acordo com Maggie Humm e Rebecca Walker, a história do feminismo pode ser dividida em três "ondas".4 6 A primeira teria ocorrido no século XIX e início do século XX, a segunda nas décadas de 1960 e 1970 e a terceira na década de 1990 até a atualidade.7 A teoria feminista surgiu destes movimentos femininos8 9 e se manifesta em diversas disciplinas como a geografia feminista, a história feminista e a crítica literária feminista.

[...]

Logo, feminista é quem adere a esse movimento.

Me parece que nem sobre a nota supra haveria consenso por aqui. Na verdade acho que todos os lados discordariam veementemente do colocado.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 21:58:21
Da wikipédia:

Citar
Feminismo é um movimento social, filosófico e político que tem como objetivo direitos equânimes (iguais) e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões opressores patriarcais, baseados em normas de gênero. Envolve diversos movimentos, teorias e filosofias que advogam pela igualdade entre homens e mulheres, além de promover os direitos das mulheres e seus interesses.1 2 3 4 5 De acordo com Maggie Humm e Rebecca Walker, a história do feminismo pode ser dividida em três "ondas".4 6 A primeira teria ocorrido no século XIX e início do século XX, a segunda nas décadas de 1960 e 1970 e a terceira na década de 1990 até a atualidade.7 A teoria feminista surgiu destes movimentos femininos8 9 e se manifesta em diversas disciplinas como a geografia feminista, a história feminista e a crítica literária feminista.

[...]

Logo, feminista é quem adere a esse movimento.

Me parece que nem sobre a nota supra haveria consenso por aqui. Na verdade acho que todos os lados discordariam veementemente do colocado.

Todo grupo tem sua definição e quem foge dessa definição não é considerado escocês de verdade.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 22:00:19
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?

Você tem certeza que eu entendo bem seus pontos e não seria imbecil de discordar.

Mas sobre os ateus, a gente pode dizer alguns pontos que tem probabilidade de serem comuns. Por exemplo, evitando as crises semanticóides, que os ateus no mínimo no geral não creem na existência de Deus.

O que nesse sentido pode ser dito sobre "as feministas"?

Minha pergunta é genuína, não estou brincando. Quando dizemos "as feministas" estamos falando sobre quem? Qual é a cola?

Pessoas que defendem os direitos das mulheres.

Quais são esses direitos, quais são os problemas, quem são os responsáveis pelos problemas, ai é uma salada gigantesca com milhares de pessoas defendendo coisas completamente opostas e conflitantes e ambos os lados se dizendo feministas.

Discordo da definição e concordo com a salada gigantesca.

Talvez o grande problema seja vir com uma definição tão simples pra unir todos esses componentes dessa salada maluca.

Grande parte do problema dessa discussão é, como em outras, o pessoal nem compreender muito bem o objeto das argumentações ou terem lados opostos discutindo coisas distintas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 22:01:52
Da wikipédia:

Citar
Feminismo é um movimento social, filosófico e político que tem como objetivo direitos equânimes (iguais) e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões opressores patriarcais, baseados em normas de gênero. Envolve diversos movimentos, teorias e filosofias que advogam pela igualdade entre homens e mulheres, além de promover os direitos das mulheres e seus interesses.1 2 3 4 5 De acordo com Maggie Humm e Rebecca Walker, a história do feminismo pode ser dividida em três "ondas".4 6 A primeira teria ocorrido no século XIX e início do século XX, a segunda nas décadas de 1960 e 1970 e a terceira na década de 1990 até a atualidade.7 A teoria feminista surgiu destes movimentos femininos8 9 e se manifesta em diversas disciplinas como a geografia feminista, a história feminista e a crítica literária feminista.

[...]

Logo, feminista é quem adere a esse movimento.

Me parece que nem sobre a nota supra haveria consenso por aqui. Na verdade acho que todos os lados discordariam veementemente do colocado.

Todo grupo tem sua definição e quem foge dessa definição não é considerado escocês de verdade.

Em grupos pequenos e de características bem delineadas, quem foge dessas características de forma marcante seria realmente um falso escocês mas não do ponto de vista falacioso mas sim de facto.

Infelizmente não é o caso das feministas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 22:02:41
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?

Você tem certeza que eu entendo bem seus pontos e não seria imbecil de discordar.

Mas sobre os ateus, a gente pode dizer alguns pontos que tem probabilidade de serem comuns. Por exemplo, evitando as crises semanticóides, que os ateus no mínimo no geral não creem na existência de Deus.

O que nesse sentido pode ser dito sobre "as feministas"?

Minha pergunta é genuína, não estou brincando. Quando dizemos "as feministas" estamos falando sobre quem? Qual é a cola?

Pessoas que defendem os direitos das mulheres.

Quais são esses direitos, quais são os problemas, quem são os responsáveis pelos problemas, ai é uma salada gigantesca com milhares de pessoas defendendo coisas completamente opostas e conflitantes e ambos os lados se dizendo feministas.

Discordo da definição e concordo com a salada gigantesca.

Talvez o grande problema seja vir com uma definição tão simples pra unir todos esses componentes dessa salada maluca.

Grande parte do problema dessa discussão é, como em outras, o pessoal nem compreender muito bem o objeto das argumentações ou terem lados opostos discutindo coisas distintas.

Todas os/as feministas tem isso em comum, acham que defendem os direitos das mulheres, e pelo que eu ja vi, é o único traço que muitos tem em comum.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 22:04:46
"As feministas" são só uma parcela dos feministas, também não se pode tomá-la como o todo, e mesmo esta não é homogênea.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 22:06:21
As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?

Você tem certeza que eu entendo bem seus pontos e não seria imbecil de discordar.

Mas sobre os ateus, a gente pode dizer alguns pontos que tem probabilidade de serem comuns. Por exemplo, evitando as crises semanticóides, que os ateus no mínimo no geral não creem na existência de Deus.

O que nesse sentido pode ser dito sobre "as feministas"?

Minha pergunta é genuína, não estou brincando. Quando dizemos "as feministas" estamos falando sobre quem? Qual é a cola?

Pessoas que defendem os direitos das mulheres.

Quais são esses direitos, quais são os problemas, quem são os responsáveis pelos problemas, ai é uma salada gigantesca com milhares de pessoas defendendo coisas completamente opostas e conflitantes e ambos os lados se dizendo feministas.

Discordo da definição e concordo com a salada gigantesca.

Talvez o grande problema seja vir com uma definição tão simples pra unir todos esses componentes dessa salada maluca.

Grande parte do problema dessa discussão é, como em outras, o pessoal nem compreender muito bem o objeto das argumentações ou terem lados opostos discutindo coisas distintas.

Todas os/as feministas tem isso em comum, acham que defendem os direitos das mulheres, e pelo que eu ja vi, é o único traço que muitos tem em comum.

Que coisa... não sabia. Tenho impressão até que existem feministas que são só anti-homi, num aspecto revanchista, nem ligando muito pra transformação feminina mesmo.

Disso aí caberia a pergunta doída que você fez pra outro forista: Aé? Cadê os números? Cadê o estudo?

Por isso que é perigoso esse tipo de interrupção da linha argumentativa dos outros, quando a gente entende as limitações do argumento e quando são usados sem maldade. Acaba inviabilizando o progresso das ideias.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 22:22:30
Não é necessário números, essa é a definição do dicionário;

feminismo
fe.mi.nis.mo
sm (lat femina+ismo) 1 Sociol Movimento iniciado na Europa com o intuito de conquistar a equiparação dos direitos políticos e sociais de ambos os sexos. 2 Feminilidade. 3 Med Presença de caracteres femininos nos homens.


Mulheres anti homem que seria o antônimo de machistas, seriam femistas.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 24 de Março de 2015, 22:26:09
Se machistas são análogos a femistas, então os análogos a feministas seriam machinistas?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 22:28:29
Não é necessário números, essa é a definição do dicionário;

feminismo
fe.mi.nis.mo
sm (lat femina+ismo) 1 Sociol Movimento iniciado na Europa com o intuito de conquistar a equiparação dos direitos políticos e sociais de ambos os sexos. 2 Feminilidade. 3 Med Presença de caracteres femininos nos homens.


Mulheres anti homem que seria o antônimo de machistas, seriam femistas.

Ah, quem se diz feminista mas não casa com a definição da wikipédia ou do dicionário, são as não escocesas de verdade que você mencionava. E deve ser muita gente... Esse negócio de equiparação de direitos a gente sabe que é complicado, até evidenciado do contrário em práticas de movimentos auto entitulados como feministas.


Bicho, que situação em que esse debate foi parar, hein?!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 24 de Março de 2015, 22:29:45
Se machistas são análogos a femistas, então os análogos a feministas seriam machinistas?

Daí a maior presença de homens enquanto condutores de trens.






:P
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 24 de Março de 2015, 22:40:19
Não é necessário números, essa é a definição do dicionário;

feminismo
fe.mi.nis.mo
sm (lat femina+ismo) 1 Sociol Movimento iniciado na Europa com o intuito de conquistar a equiparação dos direitos políticos e sociais de ambos os sexos. 2 Feminilidade. 3 Med Presença de caracteres femininos nos homens.


Mulheres anti homem que seria o antônimo de machistas, seriam femistas.

Ah, quem se diz feminista mas não casa com a definição da wikipédia ou do dicionário, são as não escocesas de verdade que você mencionava. E deve ser muita gente... Esse negócio de equiparação de direitos a gente sabe que é complicado, até evidenciado do contrário em práticas de movimentos auto entitulados como feministas.


Bicho, que situação em que esse debate foi parar, hein?!

A do dicionário engloba a definição da wiki.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 14:06:06
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

As feministas, no geral, solicitam oq?

Ou não da pra falar sobre "as feministas"?

Não da pra falar como um grupo coeso, assim como os ateus, existem milhares de pautas, milhares de visões de mundo, milhões de pessoas que se enquadram nessa categoria e que não pertencem a nenhum grupo. O que os ateus reivindicam? Se eu citar a ATEA ela fala em nome dos ateus? É justo dizer " Ateus pedem a morte do Papa" se algum grupo de ateus pedir a morte do Papa?

Você tem certeza que eu entendo bem seus pontos e não seria imbecil de discordar.

Mas sobre os ateus, a gente pode dizer alguns pontos que tem probabilidade de serem comuns. Por exemplo, evitando as crises semanticóides, que os ateus no mínimo no geral não creem na existência de Deus.

O que nesse sentido pode ser dito sobre "as feministas"?

Minha pergunta é genuína, não estou brincando. Quando dizemos "as feministas" estamos falando sobre quem? Qual é a cola?

Pessoas que defendem os direitos das mulheres.

Quais são esses direitos, quais são os problemas, quem são os responsáveis pelos problemas, ai é uma salada gigantesca com milhares de pessoas defendendo coisas completamente opostas e conflitantes e ambos os lados se dizendo feministas.

Discordo da definição e concordo com a salada gigantesca.

Talvez o grande problema seja vir com uma definição tão simples pra unir todos esses componentes dessa salada maluca.

Grande parte do problema dessa discussão é, como em outras, o pessoal nem compreender muito bem o objeto das argumentações ou terem lados opostos discutindo coisas distintas.
Sim, não haveria consenso. Mas acho que haveria consenso na primeira definição apresentada pelo Barata (apesar de ser imprecisa); "feministas lutam pelos direitos das mulheres", agora, se a luta (ou os "direitos" pelos quais dizem lutarem) é justa, igualitária e etc., ai já é outro assunto.

Se machistas são análogos a femistas, então os análogos a feministas seriam machinistas?
Masculinistas (eles existem (https://pt.wikipedia.org/wiki/Masculinismo))?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 25 de Março de 2015, 14:10:17
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

Muito bom, isso que você observou faz toda a diferença.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 14:27:38
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

Muito bom, isso que você observou faz toda a diferença.
Ótimo, então vamos fazer o primeiro teste:

Página feminista do facebook critica campanha da Risqué "Homens que amamos", com postagens (em tom de misandria) de como a campanha deveria ser:

(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/11081489_1550086028585116_9082989083137368796_n.png?oh=65d30f05da33a2a26258e3058c8912bd&oe=55A93B5E&__gda__=1436897257_368e2812f79a2a97a711681d0d80a92e)

Fonte: Original (https://www.facebook.com/1488128651447521/photos/a.1488135638113489.1073741827.1488128651447521/1550086028585116/?type=1&fref=nf) (Arquivado (https://archive.today/d2ndR)).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 14:29:23
[...]
Se machistas são análogos a femistas, então os análogos a feministas seriam machinistas?
Masculinistas (eles existem (https://pt.wikipedia.org/wiki/Masculinismo))?

Hey, não sei como isso pode acontecer, mas eu não fui o autor desse quote, foi o Buckaroo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 14:30:53
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

Muito bom, isso que você observou faz toda a diferença.
Ótimo, então vamos fazer o primeiro teste:

Página feminista do facebook critica campanha da Risqué "Homens que amamos", com postagens (em tom de misandria) de como a campanha deveria ser:

(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/11081489_1550086028585116_9082989083137368796_n.png?oh=65d30f05da33a2a26258e3058c8912bd&oe=55A93B5E&__gda__=1436897257_368e2812f79a2a97a711681d0d80a92e)

Fonte: Original (https://www.facebook.com/1488128651447521/photos/a.1488135638113489.1073741827.1488128651447521/1550086028585116/?type=1&fref=nf) (Arquivado (https://archive.today/d2ndR)).

Simples, de acordo com as definições recentes essas não seriam "feministas de verdade".

Ou seriam feministas dando uma pausa no movimento feminista pra fazerem atos por fora com outros objetivos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 14:44:21
[...]
Se machistas são análogos a femistas, então os análogos a feministas seriam machinistas?
Masculinistas (eles existem (https://pt.wikipedia.org/wiki/Masculinismo))?

Hey, não sei como isso pode acontecer, mas eu não fui o autor desse quote, foi o Buckaroo.
É por que eu citei uma resposta do Buck, e acho que excluí o nome dele e ficou o teu, erro meu!

Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

Muito bom, isso que você observou faz toda a diferença.
Ótimo, então vamos fazer o primeiro teste:

Página feminista do facebook critica campanha da Risqué "Homens que amamos", com postagens (em tom de misandria) de como a campanha deveria ser:

(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/11081489_1550086028585116_9082989083137368796_n.png?oh=65d30f05da33a2a26258e3058c8912bd&oe=55A93B5E&__gda__=1436897257_368e2812f79a2a97a711681d0d80a92e)

Fonte: Original (https://www.facebook.com/1488128651447521/photos/a.1488135638113489.1073741827.1488128651447521/1550086028585116/?type=1&fref=nf) (Arquivado (https://archive.today/d2ndR)).

Simples, de acordo com as definições recentes essas não seriam "feministas de verdade".

Ou seriam feministas dando uma pausa no movimento feminista pra fazerem atos por fora com outros objetivos.
Sera que fariam o mesmo com uma das feministas mais icônicas do movimento, Valerie Solanas (https://pt.wikipedia.org/wiki/Valerie_Solanas) e seu SCUM manifesto (https://pt.wikipedia.org/wiki/SCUM_Manifesto), que defendia, entre outras coisas, a inferioridade dos homens perante as mulheres (https://en.wikiquote.org/wiki/Valerie_Solanas)? hehe

A definição cabe quando se mantêm apenas a primeira parte que é consensual, feministas lutam pelas mulheres, se a sua luta é justa ou não, ai já são outros quinhentos!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 15:28:08
[...]
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

Muito bom, isso que você observou faz toda a diferença.
Ótimo, então vamos fazer o primeiro teste:

Página feminista do facebook critica campanha da Risqué "Homens que amamos", com postagens (em tom de misandria) de como a campanha deveria ser:

(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/11081489_1550086028585116_9082989083137368796_n.png?oh=65d30f05da33a2a26258e3058c8912bd&oe=55A93B5E&__gda__=1436897257_368e2812f79a2a97a711681d0d80a92e)

Fonte: Original (https://www.facebook.com/1488128651447521/photos/a.1488135638113489.1073741827.1488128651447521/1550086028585116/?type=1&fref=nf) (Arquivado (https://archive.today/d2ndR)).

Simples, de acordo com as definições recentes essas não seriam "feministas de verdade".

Ou seriam feministas dando uma pausa no movimento feminista pra fazerem atos por fora com outros objetivos.
Sera que fariam o mesmo com uma das feministas mais icônicas do movimento, Valerie Solanas (https://pt.wikipedia.org/wiki/Valerie_Solanas) e seu SCUM manifesto (https://pt.wikipedia.org/wiki/SCUM_Manifesto), que defendia, entre outras coisas, a inferioridade dos homens perante as mulheres (https://en.wikiquote.org/wiki/Valerie_Solanas)? hehe

A definição cabe quando se mantêm apenas a primeira parte que é consensual, feministas lutam pelas mulheres, se a sua luta é justa ou não, ai já são outros quinhentos!

Bom, você sabe que não é o que defendo. Tô só partindo do exemplo que feminista tem que lutar pela equiparação de direitos.

Se a definição é outra, aí a gente volta no primeiro problema que eu apontei e que torna inviável o debate.

Eu posso concordar com qualquer definição que os demais debatedores desejem, pra prosseguir com a 'contenda'. A definição seria somente interna, pra que todos possam falar da mesma coisa.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 15:40:12
Não entendi a de "Fê foi morrer na guerra".





"Feministas" são aqueles que se dizem "feministas", e vão definir isso nas linhas de "lutar pelos direitos das mulheres", o que não será incontroverso.


Para evitar questionamentos, ao falar negativamente sobre um grupo, em especial grupos que são tradicionalmente vistos como "bons" (como feministas), sugiro se usar "parte dos feministas", ou ser ainda mais específico, se possível. No caso, algo como "feministas na linha da 'segunda onda' do feminismo, reclamam de maquiagem blablabla..."
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 15:45:43
Quê? Faço nem ideia do que você falou (quis dizer), camarada.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 15:48:02
Isso que está photoshopado no vidro do esmalte, e seria misândrico. Não entendi nada, nem o que quem fez isso quis dizer, e como seria misândrico.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 15:52:04
Isso que está photoshopado no vidro do esmalte, e seria misândrico. Não entendi nada, nem o que quem fez isso quis dizer, e como seria misândrico.

Orra, eu passei tão automaticamente pela imagem que nem reparei nisso.

Também não entendi esse esquema.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 25 de Março de 2015, 16:01:46
Não seria um contra-ataque ao feminismo, mostrando tarefas muito mais ingratas que os homens fazem e que as mulheres raramente fazem?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 16:06:45
Não, me parece uma "piada interna", daquelas que é difícil entender se se é "de fora".

(https://archive.is/d2ndR/5792c394876478a99d8dbdf2deeb79fefdb3820b)

Ou talvez seja por ser homem mesmo. :|
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 16:10:49
Para elas o fabricante de esmalte poderia lançar a linha "homens que odiamos". Edição hiper-alergênica.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 19:04:48
[...]
Se eu disser, "feministas atacam o ideal de beleza vigente" (e citar exemplos que corroborem isso) eu não estarei dizendo que todas as feministas fazem aquilo, mas sim que feministas fazem, e exemplos daquelas que fazem foram dados (sendo estes uma resposta para a pergunta, "quais ou quem?"). Correto?

Se eu disser "homens defendem estupro de mulheres" e der exemplos disso, não estarei dizendo que sano todos os homens fazem isso, mas que homens fazem, e exemplos daqueles que fazem foram dados (sendo estes uma resposta @ara a pergunta "quais e quem"?). Correto?

Percebeu como o a afirmação "homens defendem estupro de mulheres" é inflamatória e da o tom de que todos os homens fazem isso? Se a frase fosse "grupo de homens na índia defendem estupro de mulheres" é bem mais explicativa, identifica um sub grupo sem dar uma carga negativa ao todo.
Eu acharia válido (caso os homens que tiverem feito isso fossem citados). Mas se você acha mais preciso fazer da forma que você exemplificou, eu não me importo de fazer assim também.

Muito bom, isso que você observou faz toda a diferença.
Ótimo, então vamos fazer o primeiro teste:

Página feminista do facebook critica campanha da Risqué "Homens que amamos", com postagens (em tom de misandria) de como a campanha deveria ser:

(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/11081489_1550086028585116_9082989083137368796_n.png?oh=65d30f05da33a2a26258e3058c8912bd&oe=55A93B5E&__gda__=1436897257_368e2812f79a2a97a711681d0d80a92e)

Fonte: Original (https://www.facebook.com/1488128651447521/photos/a.1488135638113489.1073741827.1488128651447521/1550086028585116/?type=1&fref=nf) (Arquivado (https://archive.today/d2ndR)).

Simples, de acordo com as definições recentes essas não seriam "feministas de verdade".

Ou seriam feministas dando uma pausa no movimento feminista pra fazerem atos por fora com outros objetivos.
Sera que fariam o mesmo com uma das feministas mais icônicas do movimento, Valerie Solanas (https://pt.wikipedia.org/wiki/Valerie_Solanas) e seu SCUM manifesto (https://pt.wikipedia.org/wiki/SCUM_Manifesto), que defendia, entre outras coisas, a inferioridade dos homens perante as mulheres (https://en.wikiquote.org/wiki/Valerie_Solanas)? hehe

A definição cabe quando se mantêm apenas a primeira parte que é consensual, feministas lutam pelas mulheres, se a sua luta é justa ou não, ai já são outros quinhentos!

Bom, você sabe que não é o que defendo. Tô só partindo do exemplo que feminista tem que lutar pela equiparação de direitos.

Se a definição é outra, aí a gente volta no primeiro problema que eu apontei e que torna inviável o debate.
Pois é, feministas lutarem pela equiparação dos direitos entre os gêneros não é uma definição aceita em consensual. Por isso eu reduzi a definição a uma que pudesse ser aceita de forma consensual: Feministas lutam pelos direitos das mulheres.

Eu posso concordar com qualquer definição que os demais debatedores desejem, pra prosseguir com a 'contenda'. A definição seria somente interna, pra que todos possam falar da mesma coisa.
Claro, mas para entrar em um consenso a definição mais apropriada foi a que eu apresentei, pois seria aceita tanto por feministas (de qualquer movimento) como por anti-feministas, masculinistas e etc.

Mas voltando ao caso das feministas dadas como exemplo na postagem acima, incluindo Valerie Solanas, não acredito que feministas (pelo menos a maior parte delas) diriam que estes não fossem exemplos de feministas de verdade, acho mais fáceis apresentarem uma desculpa como tentativa de justificar ou validar os atos das mulheres tidas como feministas nestes exemplos.

Isso que está photoshopado no vidro do esmalte, e seria misândrico. Não entendi nada, nem o que quem fez isso quis dizer, e como seria misândrico.
Sério que vocês não entenderam onde esta a misandria, desejar a morte de um homem não é sinal de misandria?

"Fê foi morrer na guerra" significa nada mais nada menos o que elas esperam que este homem merecesse, morrer em uma guerra (ao invés de mandar-lhe uma mensagem dizendo que a ama). Guerra por que anti-feministas frequentemente citam soldados do gênero masculino que deram sua vida em uma guerra para proteger a sua nação, incluindo mulheres e crianças, como um exemplo de atitude de nobreza característica do gênero masculino na história de todas as civilizações, e algumas feministas fazem pouco caso desta atitude criando piadas como essas (como se os homens que foram morrer em guerras para salvar as vidas de suas mulheres não estivessem fazendo nada além da sua obrigação).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 20:41:07
Não sei se é isso mesmo, está estranho. E o "preparando tributo porque o Fê mandou mensagem"?

Se "Fê" é um homem específico e está sendo sacaneado, talvez, só talvez, a sacanagem seja não no sentido de "deveria ir morrer na guerra como esses soldados homens que felizmente morreram em guerras e não fazem falta", mas de exagerar o "heroísmo/masculinidade" desse "Fê", de forma sarcástica, por algum motivo que talvez faça sentido se tivéssemos conhecimento desse meme interno.


E sim, o teor das mensagens pode mesmo ser misândrico, seja lá o que os memes internos realmente signifique.

Se for arrancar um fio de cabelo para cada conversinha misândrica ou misógina que deve ter por todos os cantos da internet, eu fico careca e não ganho nem uma camisa daquelas que diz que "e só ganhei essa camisa fuleira".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 25 de Março de 2015, 20:46:54
Esse Fê me causa desconforto. Minha mulher me chama assim.  :P

Me sinto um misógino bandido.  :chorao:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 20:51:22
Elas devem é estar recebendo para divulgar o esmalte "viralmente" sob esse pretexto. Muito esperto.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 21:04:12
Não sei se é isso mesmo, está estranho. E o "preparando tributo porque o Fê mandou mensagem"?
Isso por que na campanha verdadeira da marca um dos tributos aos homens era a frase "Fê mandou mensagem":
(http://i60.tinypic.com/25u47lk.png)
Fonte: Original (https://www.risque.com.br/homens.php) (Arquivado (https://archive.today/Zdp4H))

Se "Fê" é um homem específico e está sendo sacaneado, talvez, só talvez, a sacanagem seja não no sentido de "deveria ir morrer na guerra como esses soldados homens que felizmente morreram em guerras e não fazem falta", mas de exagerar o "heroísmo/masculinidade" desse "Fê", de forma sarcástica, por algum motivo que talvez faça sentido se tivéssemos conhecimento desse meme interno.
Fê não é um cara específico, "Fê" apenas simboliza homens mandando mensagens de amor para suas amadas, e as feministas da página em questão desmereceram este ato ao insinuar que se "Fê" morresse em uma guerra isso alegraria mais o dia delas do que o mesmo "Fê" lhe mandando mensagens de amor via celular.

E sim, o teor das mensagens pode mesmo ser misândrico, seja lá o que os memes internos realmente signifique.

Se for arrancar um fio de cabelo para cada conversinha misândrica ou misógina que deve ter por todos os cantos da internet, eu fico careca e não ganho nem uma camisa daquelas que diz que "e só ganhei essa camisa fuleira".
É verdade, no entanto é bom lembrar que estas mesmas feministas que acusam de misoginia atos comuns como campanhas publicitárias inocentes, escrevem artigos ou postam memes misândricos na internet (hipocrisia?).

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 21:05:43
Ahhh.... não sabia da imagem original do esmalte. Agora fez sentido.  :ok:



Mas só pela substituição da mensagem não me pareceu que quem fez deseje que os homens tem que ir pra guerra morrer. Acho que só ridicularizou o "queridismo" dos homens nesse anúncio.

Talvez ainda me falte contexto.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 21:07:10
Ahhh.... não sabia da imagem original do esmalte. Agora fez sentido.  :ok:
:ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 25 de Março de 2015, 21:11:39
Não acho a campanha do esmalte misógina, não acho que essa intenção tenha passado pela cabeça dos publicitários. Mas é uma campanha beeeem mal planejada.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 21:13:57
É, acho que qualquer coisa mais ou menos análoga vinda do "outro lado" seria infinitamente mais escandalosa. Quando são algumas feministas que fazem, pode ser preciso bem mais para não ser algo apenas trivial.

Talvez em parte isso se deva às diferenças práticas de violência, e então o tom odioso-cômico de coisas contra homens parece mais inofensivo.


Fui lembrar analogia de algo que considerava análogo, de que vi protestos feministas em mais de um site, e me dei conta de que mesmo esse exemplo calhava de não ser tão trivial ao se basear em um fato/caso concreto, em vez de violência mais "abstrata", "na guerra". Eram feministas acusando de misoginia uma piada em que se dizia para aquele jogador de futebol que matou a mulher e enterrou em alguma fazenda convidar, acho que a Dilma, para a a mesma situação onde teria matado a mulher.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Março de 2015, 21:16:50
Ahhh.... não sabia da imagem original do esmalte. Agora fez sentido.  :ok:



Mas só pela substituição da mensagem não me pareceu que quem fez deseje que os homens tem que ir pra guerra morrer. Acho que só ridicularizou o "queridismo" dos homens nesse anúncio.

Talvez ainda me falte contexto.

Ainda me ocorreu qualquer coisa como sugestão de travestismo. "Guerra" como atividades noturnas, e "Fê", ser meio unissex. Mas ainda tem a outra mensagem, "preparando tributo". Acho que deve ter algum "Fê" que é meio que um Olavo de Carvalho meio pessoal delas, e a frase da campanha coincidiu. :|
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 25 de Março de 2015, 21:29:07
Ahhh.... não sabia da imagem original do esmalte. Agora fez sentido.  :ok:



Mas só pela substituição da mensagem não me pareceu que quem fez deseje que os homens tem que ir pra guerra morrer. Acho que só ridicularizou o "queridismo" dos homens nesse anúncio.

Talvez ainda me falte contexto.

Ainda me ocorreu qualquer coisa como sugestão de travestismo. "Guerra" como atividades noturnas, e "Fê", ser meio unissex. Mas ainda tem a outra mensagem, "preparando tributo". Acho que deve ter algum "Fê" que é meio que um Olavo de Carvalho meio pessoal delas, e a frase da campanha coincidiu. :|
Tributo por que foi assim que as homenagens as atitudes masculinas feitas pela marca foram noticiadas na mídia (exemplos (https://www.google.com.br/search?q=%22Um+tributo+aos+pequenos+gestos+di%C3%A1rios+dos+homens%E2%80%9D+%22risqu%C3%A9%22&espv=2&biw=1242&bih=585&source=lnt&tbs=cdr%3A1%2Ccd_min%3A20%2F03%2F2015%2Ccd_max%3A25%2F03%2F2015&tbm=)).

De fato existe todo um contexto, como eu disse, algumas destas páginas feministas se acostumaram a fazerem piadas do fato de muito mais homens do que mulheres morrerem em guerras, e principalmente do fato dos homens darem a sua própria vida para salvar a de suas esposas, mães e demais mulheres que amam, nestas guerras. Isto é feito principalmente por anti-feministas usarem este argumento, 1º, como um exemplo de atitude nobre dos homens, e 2º, por que na maioria dos países o alistamento militar é obrigatório apenas para os homens.

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 25 de Março de 2015, 21:46:46
Meu veredicto sobre o mymimi com esmaltes: Há uma dimensão feminina de autossuficiência liberalizante da mulher em relação à uma histórica dominação masculina bastante evidente na relação hodierna que a mulheres tem experimentado com seus machos com essa questão da linguagem de integração da mulher com o homem sugerindo cumplicidade e não submissão que certamente desconcerta e no mínimo obnubila a razão de algumas  feministas mais passionais. 
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 25 de Março de 2015, 22:59:37
Dei uma sapeada no blog que originou a postagem contra a campanha do esmalte, e vi a versão que o pessoal de lá fez sobre como realmente deveria ser:

(http://zerohora.clicrbs.com.br/rbs/image/17299820.jpg)


Muito chata essa turma.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 01:32:51
Cara, as proporções que essa coisa do esmalte -- esmaltegate? -- tomou... me deixam completamente atônito.

Problema da torre de marfim do primeiro mundo isso.

Não dá para imaginar uma coisa "inversa", trocando os gêneros, em algum cosmético/produto de higiene masculino.

Que tem homem machista como nas frases-paródia exemplificadas, ok. Mas o que isso tem sequer a ver com a coisa toda? Não dá para entender.

É como se, sei lá. Fazem um filme, uma comedinha romântica. E então no outro dia tem uma multidão de mulheres na rua dizendo que o homem da comédia na verdade deveria ser estuprador, bater na namorada, trair, engravidar e não pagar pensão, etc. Coisas que existem, todos lamentam que ocorra, etc. Mas... putz. Por que isso tem que ser trazido? Não faz sentido. É simplesmente inacreditável a situação.


Enquanto isso, no terceiro mundo... crianças com fome, maus tratos, estupro, alcoolismo, roubo, seqüestros, etc... mas o problema "trendando" no twitter é frase "Lúcio disse que te ama" no vidro de esmalte -- amostra gritante do ódio visceral que a sociedade têm às mulheres!!!!11111111!!!!1

Se isso não é doentio, eu não sei o que é.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 01:38:10
Minhas colocações provelmente são só exemplo de mansplaining privilegiado opressor.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 01:45:19
Well, não sei o porque delas reclamando, minha opinião é de que as frases não são machistas porque são contra as mulheres, ou coisa do tipo, acho que a questão levantada pelas consumidoras é a de que, para agradar as mulheres, a marca engrandece ações corriqueiras que deveriam ser naturais para os homens, como fazer o jantar.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 02:25:58
Sim, as coisas são bastante triviais. Suponho que no entanto venham de alguma pesquisa entre consumidores de "pequenas coisas" que de vez em quando os homens dizem, com que as mulheres tenham chances mais ou menos razoáveis de se identificar, e de se sentir bem com isso.


(http://2.bp.blogspot.com/--y4YB2zFTh4/VP-LbKCQ0vI/AAAAAAAAfS4/TN_S_dihSiU/s1600/homens-que-amamos-risqu%C3%A9.jpg)



Se colocassem coisas mais épicas de uma dedicação abnegada à mulher, também provavelmente desceriam o pau em cima ou qualquer que seja o termo sem possíveis conotações fálicas apropriado, dizendo que é irreal, que os homens de verdade não chegam nem perto.


Acho que no próximo dia dos namorados a publicidade da TV vai desengatar uma guerra civil, pelo jeito.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 26 de Março de 2015, 13:20:11
Lavadoras automáticas de roupas, lavalouças, aspiradores de pó, cafeteiras, máquinas de costura, microondas, batedeiras, liquidificadores, fogões a gás: essas e outras máquinas são as verdadeiras responsáveis por essa mulherada ociosa ficar de marra. Já diz o ditado, Mente vazia é a oficina do Arcanjo Lúcifer Diabo!"
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 26 de Março de 2015, 19:17:00
O Pragmatismo Político (portal de noticiais de extrema esquerda) também já deu o seu chilique com campanhas publicitárias e propagandas:

Os 10 comerciais mais preconceituosos dos últimos meses
A série de desastres produzidos pela publicidade brasileira inclui, entre outras coisas, objetificação da figura feminina, culpabilização da vítima e culto ao padrão branco de beleza. Confira as 10 propagandas mais machistas e racistas do último ano (http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/03/os-10-comerciais-mais-preconceituosos.html)

Este tipo de mimimi está se tornando cada vez mais frequente (detalhe, preconceito para eles só quando as "vítimas" são minorias sócio-políticas, isto é, mulheres e negras).  :no:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 26 de Março de 2015, 19:31:03
Buckaroo, interessante essa perspectiva da torre de marfim.

Não que eu ache que pq existem problemas graves as pessoas não possam contestar coisas mais banais, mas é interessante como quando colocado assim o cenário todo se reajusta.

Chatisse e identificação dentro de um grupo pra mim são chave pra essa turma.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 19:41:08
Cara, tem muito mimimi nessa lista, mas tem umas propagandas terríveis ai.

(http://s15.postimg.org/iywffq1jf/ministerio_da_justica_campanha.jpg)

(http://s16.postimg.org/cnd5wt3h1/TRESemme_Selagem_Capilar.png)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 26 de Março de 2015, 19:45:18
Cara, tem muito mimimi nessa lista, mas tem umas propagandas terríveis ai.

(http://s15.postimg.org/iywffq1jf/ministerio_da_justica_campanha.jpg)

(http://s16.postimg.org/cnd5wt3h1/TRESemme_Selagem_Capilar.png)
A primeira acho discutível (no máximo como uma campanha infeliz), a segunda não, a marca está vendendo um produto para cabelos alisados, é claro que devem exaltar isso para que o público alvo se interesse, será que se fosse um produto para cabelos que foram encaracolados de forma artificial teríamos esta mesma revolta (hó, quanta opressaum contra as mulheres de cabelos lisos)?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 19:54:26
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 19:58:50
Essa de "bebeu, perdeu" me parece bem melhor do que outras, que, diferentemente, talvez estimulem o comportamento menos cuidadoso com a bebida, alidado à ingênuidade cabal da lógica "não me diga para ter cuidado para não ser vítima de criminosos, diga às pessoas que não cometam crimes".

A do cabelo eu acho que só "peca" em esse "melhor de mim" não ser gritantemente explícito como atributo de aparência, dando ensejo então para que se interprete que o cabelo é a melhor característica dela "como pessoa". Mas não acho que essa interpretação é perto de ser obrigatória. Se o problema é ser liso, bem, não me surpreenderia que a mesma companhia tenha algum produto para cabelos crespos ou cacheados, e que também tenham essas citações fictícias de auto-enaltecimento que as pessoas fazem. Pode ser que não, mas não vejo exatamente ainda como algo que valha muito a pena chamar de "opressor" (como não diria que é o caso com propagandas de bronzeador, por exemplo, ainda que também tenha o lado negativo a ser mencionado, talvez até mais importante, do câncer). Não gosto dessa tendência a uma certa homogeneização estética que acaba existindo nessas coisas de moda, mas "é natural", e as coisas vão tendo ciclos e até ampliando um pouco o leque, de vez em quando. Mas não dá para reclamar que as pessoas vendam/anunciem o que outras querem comprar.


Não digo que não tenha um bocado de coisa ruim por aí. Exemplos que me ocorrem agora, umas propagandas de grifes com cenas que parecem uns "estupros fashion", e uma já meio antiga, de mulheres que estão longe de terem um problema de peso, se lamentando que se tivessem "uns quilinhos a menos", iriam para a praia ou algo assim -- propaganda de algum "medicamento"/tratamento de emagrecimento.

Mas em 90% do tempo essas coisas são simplesmente tempestade em copo d'água, interpretações deliberadamente "pessimistas" da coisa. Acho que os ativistas/blogueiros que escrevem isso esperam eventualmente receber um convite para serem consultores sobre "questões de igualdade genero" (ou raça) nessas produções... aí as marcas/etc evitam passar os "vexames" que eles mesmos ajudam a produzir.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 20:16:35
Buckaroo, interessante essa perspectiva da torre de marfim.

Não que eu ache que pq existem problemas graves as pessoas não possam contestar coisas mais banais, mas é interessante como quando colocado assim o cenário todo se reajusta.

Chatisse e identificação dentro de um grupo pra mim são chave pra essa turma.

Também não vejo nada demais em se reclamar do que quer que seja, por mais superficial... mas essas coisas tomam proporções tão exageradas, e tem uma entonação hiper-dramática, que acaba sendo surreal. E a reação também pode ser igualmente histérica, como acho comumente a de MRAs e simpatizantes... aliás, praticamente qualquer reação já é algo de valor questionável... só é difícil não ficar impressionado e comentar de vez em quando.

Vivemos provavelmente na época em que os valores humanistas/humanitários de igualdade, respeito, mais têm adesão. Mas acho que se for de alguma forma usar esse tipo de protesto como "termômetro" sem analisar o conteúdo, se teria a impressão que rumamos à toda velocidade para um abismo de opressão sexual e racismo. Esses movimentos acabam se tornando caricaturas do que já foram, "infelizmente". Entre aspas porque em parte isso se dá justamente pela universalização desses valores, o que é positivo, sobrando então "frescuras" para ocupar a atenção, ou como "nicho" de ativismo barato. Não que não haja mais assunto sério, de qualquer forma.


Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 26 de Março de 2015, 20:24:58
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 21:04:42
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 26 de Março de 2015, 21:07:01
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.
Eu não vi, e só acho que você viu por estar muito ligado as ideologias de movimentos de minorias, como o movimento feminista e movimento negro (não que isso seja errado, mas quando chega a estes estremos, acho que começa a ficar chato).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 21:12:31
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.
Eu não vi, e só acho que você viu por estar muito ligado as ideologias de movimentos de minorias, como o movimento feminista e movimento negro (não que isso seja errado, mas quando chega a estes estremos, acho que começa a ficar chato).

Talvez, seja porque você não seja uma das meninas negras que escutam desde criança que tem cabelo ruim, que o cabelo delas é feio, que elas tem que alisar o cabelo. E ai uma propaganda chega e diz que a melhor parte da mulher negro é o cabelo liso..... E elas são chatas por reclamar.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 26 de Março de 2015, 21:13:07
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.

Olha, à primeira vista a propaganda pode parecer racista, mas pra mim a mensagem é que para as mulheres negras que gostam de alisar os cabelos (afinal, elas existem) o ideal seria utilizar o produto anunciado para deixá-los mais fortes. Talvez porque o tratamento para alisar pode, sei lá, enfraquecer o cabelo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 21:15:00
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.

Olha, à primeira vista a propaganda pode parecer racista, mas pra mim a mensagem é que para as mulheres negras que gostam de alisar os cabelos (afinal, elas existem) o ideal seria utilizar o produto anunciado para deixá-los mais fortes. Talvez porque o tratamento para alisar pode, sei lá, enfraquecer o cabelo.

Não existe nenhum problema em fazer propaganda de alisamento para negras, o problema esta em anunciar que o cabelo liso é o que ressalta a melhor da mulher negra.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 21:19:08
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.

O cabelo liso RESSALTA o melhor dela.

Num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim", será que essa uma opinião pessoal como essa é incomum, das pessoas sobre sua própria aparência? Será que isso é realmente dramático, ou só algo análogo a quando estava mais em moda fazer permanentes?

Como poderia ser um texto politicamente correto análogo para a venda do mesmo produto? "Todos os estilos e texturas de cabelo são igualmente belos, mas, particularmente, para mim, prefiro o cabelo liso, que ressalta o melhor de minha aparência -- ainda que aparência não seja tudo -- e por isso uso xampu/condicionador X"...

Deve dar para fazer algo mais sucinto e ainda PC talvez... mas... acho que por mais que se esforce, ainda será possível fazer uma interpretação dramática e vitimista da coisa, nem que seja do produto em si estar a venda.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 21:21:24
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.

O cabelo liso RESSALTA o melhor dela.

Num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim", será que essa uma opinião pessoal como essa é incomum, das pessoas sobre sua própria aparência? Será que isso é realmente dramático, ou só algo análogo a quando estava mais em moda fazer permanentes?

Como poderia ser um texto politicamente correto análogo para a venda do mesmo produto? "Todos os estilos e texturas de cabelo são igualmente belos, mas, particularmente, para mim, prefiro o cabelo liso, que ressalta o melhor de minha aparência -- ainda que aparência não seja tudo -- e por isso uso xampu/condicionador X"...

Deve dar para fazer algo mais sucinto e ainda PC talvez... mas... acho que por mais que se esforce, ainda será possível fazer uma interpretação dramática e vitimista da coisa, nem que seja do produto em si estar a venda.


"Pra você que prefere cabelos lisos, use produto x, ele fortalece seus cabelos."
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 21:28:37

"Pra você que prefere cabelos lisos, use produto x, ele fortalece seus cabelos."

De modo geral os textos preferem ser algo mais enaltecedores, em vez de meras instruções "neutras".

Ex:
(http://www.unilever.com.br/Images/Seda_dg100-1998_tcm95-100912.jpg)


AZAR de quem tem cabelo liso?



Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 21:35:05

"Pra você que prefere cabelos lisos, use produto x, ele fortalece seus cabelos."

De modo geral os textos preferem ser algo mais enaltecedores, em vez de meras instruções "neutras".

Ex:
(http://www.unilever.com.br/Images/Seda_dg100-1998_tcm95-100912.jpg)


AZAR de quem tem cabelo liso?





Será que eu ja falei da parte onde dizem que negros tem cabelos ruins e que esse tipo de associação negativa nunca foi feita com cabelos lisos?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 26 de Março de 2015, 21:40:43

"Pra você que prefere cabelos lisos, use produto x, ele fortalece seus cabelos."

De modo geral os textos preferem ser algo mais enaltecedores, em vez de meras instruções "neutras".

Ex:
(http://www.unilever.com.br/Images/Seda_dg100-1998_tcm95-100912.jpg)


AZAR de quem tem cabelo liso?





Será que eu ja falei da parte onde dizem que negros tem cabelos ruins e que esse tipo de associação negativa nunca foi feita com cabelos lisos?
Então quer dizer que por que alguns disseminam a crença de que cabelo crespo é cabelo ruim, propagandas enaltecendo cabelos lisos em mulheres negras devem serem evitadas?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 21:45:38
Se fosse branca provavelmente seria "pior" ainda -- não que isso demonstre racismo contra brancos, ou que não haja racismo contra negros e mulatos (no assunto é preciso se cercar de todas ressalvas se não for só balançar a cabeça fazendo que "sim" para o que estiver sendo dito de politicamente correto).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 21:52:00

"Pra você que prefere cabelos lisos, use produto x, ele fortalece seus cabelos."

De modo geral os textos preferem ser algo mais enaltecedores, em vez de meras instruções "neutras".

Ex:
(http://www.unilever.com.br/Images/Seda_dg100-1998_tcm95-100912.jpg)


AZAR de quem tem cabelo liso?





Será que eu ja falei da parte onde dizem que negros tem cabelos ruins e que esse tipo de associação negativa nunca foi feita com cabelos lisos?
Então quer dizer que por que alguns disseminam a crença de que cabelo crespo é cabelo ruim, propagandas enaltecendo cabelos lisos em mulheres negras devem serem evitadas?

Propagandas que insinuam que o cabelo liso enaltece o melhor em mulheres negras sim.

Um produto estilo Micheal Jackson que embranqece a pele: " A pele branca ressalta o melhor em mim", e a foto de um negro clareado do lado. 
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 22:04:50
E bronzeador? É racista também?


Essa comparação de um "embranquecedor" com alisamento de cabelos como "ofensa racial" é bem forçada, e acho que é justamente o tipo de coisa que só serve para deixar as pessoas mais complexadas a toa. Já não basta o racismo de verdade, precisam enxergar também onde não tem.


Vamos ser não-racistas com as brancas de cabelos crespos também e igualmente dizer que estão sendo racialmente oprimidas ao alisarem, e as de cabelo liso, ao fazerem penteados com cacheados. Praticamente um ritual de passagem em festinhas de debutantes e formaturas de colegiais, a negação da própria condição racial capilar, e a mensagem de que elas só servem para a sociedade como objetos, e se se ajustarem aos ideais de beleza impostos.


Só depois que nada mais disso acontecer que haverá a verdadeira justiça, o fim da opressão.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 26 de Março de 2015, 22:26:22
Porque as pessoas entendem o que querem e não o que esta escrito?

O problema não é alisar ou cachear o cabelo, o problema não é embranquecer ou bronzear a pele, cada um faz o que quiser com o próprio corpo.

O problema esta na frase "O cabelo liso ressalta o melhor em mim" e uma foto de uma negra. Quão difícil é entender isso? A pessoa passa a vida ouvindo que seu cabelo é ruim e ainda escuta que para o melhor dela ser ressaltado ela tem que ter o cabelo liso.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 26 de Março de 2015, 22:58:40
Costumava pensar que as pessoas fossem um pouco mais "fortes" (se é que nesse nível a palavra aqui não é um exagero) e não fossem ter como um tremendo "golpe" ler/ouvir que alguém (mesmo tendo a mesma cor de pele, ou cabelo crespo, no caso) acha que o cabelo liso/alisado "ressalta o melhor dela" e que por isso gosta deles fortes. Como disse antes, me surpreenderia se isso fosse muito incomum (como alisamento de cabelo não é, e que eu saiba, isso não é comumente acompanhado de trauma psicológico), que não fosse algo que as pessoas pensam e falam por aí, sem que isso seja visto como uma espécie de bullying velado ou explícito, ou sintoma de ódio a si próprio. Daí haver algo assim na publicidade não seria digno de qualquer polêmica. Evidente engano.

Seria interessante uma pesquisa sobre esse tipo de coisa. Algo como mostrar anúncios variados e, sem explicar por que elas são agredidas por alguns deles, tentar inferir se elas foram realmente afetadas, como "deveriam" ser. Meu palpite é que comumente as pessoas antes de "serem informadas" de que estão sendo atacadas nesses casos, não são comumente afetadas. Arrisco supor inclusive que uma mulher negra/mulata, especialmente que já alisasse o cabelo, pudesse até mesmo ser afetada positivamente, por aquilo que é "na verdade", um ataque contra sua auto-estima.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 26 de Março de 2015, 23:00:42
Dude, desde quando na história cabelos lisos foram chamados de "cabelos ruins" ? Sério que você quer comparar as duas coisas? Juro que agora deu um desânimo.....
Também não está claro que cabelos crespos foram chamados de ruim na propaganda acima, está?

A propaganda diz simplesmente que "Meu cabelo liso ressalta o melhor de mim. Por isso, gosto dele forte."

E com base apenas nisto o autor da notícia no "Pragmatismo Político" concluiu que a propaganda é racista por supostamente estar a reforçar um estereótipo de beleza "branco".

O cabelo LISO é a melhor parte de uma negra segundo a propaganda..... Isso num país onde cabelo crespo é chamado de "cabelo ruim". Cara tem que ter muita boa vontade pra não ver a merda nessa propaganda.
Eu não vi, e só acho que você viu por estar muito ligado as ideologias de movimentos de minorias, como o movimento feminista e movimento negro (não que isso seja errado, mas quando chega a estes estremos, acho que começa a ficar chato).
Nem eu. Quer dizer que a negra não pode ter personalidade e precisa ficar o tempo todo de coitada oprimida engajada como soldada não voluntária do exército dos negros(na verdade, as vezes agendas obscuras do politicamente correto) reivindicadores profissionais? Como podem querer que isso não pareça pueril?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 00:14:16
Costumava pensar que as pessoas fossem um pouco mais "fortes" (se é que nesse nível a palavra aqui não é um exagero) e não fossem ter como um tremendo "golpe" ler/ouvir que alguém (mesmo tendo a mesma cor de pele, ou cabelo crespo, no caso) acha que o cabelo liso/alisado "ressalta o melhor dela" e que por isso gosta deles fortes. Como disse antes, me surpreenderia se isso fosse muito incomum (como alisamento de cabelo não é, e que eu saiba, isso não é comumente acompanhado de trauma psicológico), que não fosse algo que as pessoas pensam e falam por aí, sem que isso seja visto como uma espécie de bullying velado ou explícito, ou sintoma de ódio a si próprio. Daí haver algo assim na publicidade não seria digno de qualquer polêmica. Evidente engano.

Seria interessante uma pesquisa sobre esse tipo de coisa. Algo como mostrar anúncios variados e, sem explicar por que elas são agredidas por alguns deles, tentar inferir se elas foram realmente afetadas, como "deveriam" ser. Meu palpite é que comumente as pessoas antes de "serem informadas" de que estão sendo atacadas nesses casos, não são comumente afetadas. Arrisco supor inclusive que uma mulher negra/mulata, especialmente que já alisasse o cabelo, pudesse até mesmo ser afetada positivamente, por aquilo que é "na verdade", um ataque contra sua auto-estima.
E eu arrisco dizer que muitas delas só começam a ter problemas reais com sua auto-estima após serem submetidas ao condicionamento de grupos militantes como estes, dizendo a elas que tem que se sentirem mal por uma marca de cosméticos ter feito uma propaganda com uma pessoa com a sua mesma cor de pele enaltecendo cabelos lisos que antes eram crespos (igualzinho a ela).

Antes desta onda de politicamente correto, ninguém se sentia ofendido com coisas pequenas como estas, hoje em dia as pessoas estão sendo ensinadas a se sentirem ofendidas com tudo, e aqueles que se dizem protetores dos oprimidos (e que são os responsáveis por condicionar este tipo de crença na população), fazem mais mal aqueles que dizem defender, do que aqueles que acusam de os infringirem sofrimento.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 00:32:58
Claro, a culpa da baixa auto-estima é dos militantes e não do racismo, de décadas sem representação na mídia ou na publicidade, das piadas de negros, do "cabelo ruim", etc. Malditos, antes dos ativistas os negros eram respeitados e tinham boa auto estima.


Skeptikos, você pensa antes de escrever as coisas?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 01:01:32
Racismo antes:

(http://d39ya49a1fwv14.cloudfront.net/wp-content/uploads/2014/02/black-people-lynched.jpg)



Racismo persistindo até hoje:

(http://s16.postimg.org/cnd5wt3h1/TRESemme_Selagem_Capilar.png)


Quando o horror irá acabar?

:(



(E antes que alguém insinue qualquer coisa idiota, sim, existe racismo ainda, racismo de verdade. Coisa muito séria.)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 01:04:32
Claro, a culpa da baixa auto-estima é dos militantes e não do racismo, de décadas sem representação na mídia ou na publicidade, das piadas de negros, do "cabelo ruim", etc. Malditos, antes dos ativistas os negros eram respeitados e tinham boa auto estima.


Skeptikos, você pensa antes de escrever as coisas?
Claro que sim, além do mais eu não disse nada do que você insinuou acima, não nego que exista racismo e sexismo, e que negros e mulheres forem com ambos. No entanto, esta militância chata em cima de coisas pequenas, buscando racismo e sexismo em lugares onde eles não existem, mais atrapalha do que ajuda, e pode sim, na minha opinião, trazer sofrimento para pessoas que até então não sofriam com aquilo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Sergiomgbr em 27 de Março de 2015, 01:14:38
Não é por quê existem reivindicações razoáveis anti racismo que no rastro dessas ocorram exageros descabidos, que prestam mais desserviços do que contribuições positivas à causa, assim como também já tem sido ventilado que esteja ocorrendo com a agenda feminista.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 08:06:09
Buckaroo, interessante essa perspectiva da torre de marfim.

Não que eu ache que pq existem problemas graves as pessoas não possam contestar coisas mais banais, mas é interessante como quando colocado assim o cenário todo se reajusta.

Chatisse e identificação dentro de um grupo pra mim são chave pra essa turma.

Também não vejo nada demais em se reclamar do que quer que seja, por mais superficial... mas essas coisas tomam proporções tão exageradas, e tem uma entonação hiper-dramática, que acaba sendo surreal. E a reação também pode ser igualmente histérica, como acho comumente a de MRAs e simpatizantes... aliás, praticamente qualquer reação já é algo de valor questionável... só é difícil não ficar impressionado e comentar de vez em quando.

Vivemos provavelmente na época em que os valores humanistas/humanitários de igualdade, respeito, mais têm adesão. Mas acho que se for de alguma forma usar esse tipo de protesto como "termômetro" sem analisar o conteúdo, se teria a impressão que rumamos à toda velocidade para um abismo de opressão sexual e racismo. Esses movimentos acabam se tornando caricaturas do que já foram, "infelizmente". Entre aspas porque em parte isso se dá justamente pela universalização desses valores, o que é positivo, sobrando então "frescuras" para ocupar a atenção, ou como "nicho" de ativismo barato. Não que não haja mais assunto sério, de qualquer forma.

Eu não consigo ver possibilidade de concordar mais ainda do que eu já concordo com o que escrito supra.

Penso que em muitas dessas reclamações “menores” primeiro mundistas a questão nem seja reclamar do que dói, mas sim dizer o mesmo que o grupo diz para que se mantenha alinhado com o discurso vigente. Da mesma forma que alguém vota num partido político só pra não ser incoerente com os que estão o cercando, já que, desde emitir opinião mais aberta ou que considere outros pontos pode acabar pegando mal e garantindo rótulos nocivos ou só indesejados a quem propõe uma ideia qualquer.

Dessa forma, o discurso em linha tende a se exagerar/caricaturizar na medida em que um indivíduo sinta necessidade de ser (mais) percebido pelo grupo como membro padrão. Muitas vezes acredito até que o grito desses grupos começa e acaba dentro deles mesmos e a bateção de panela fique apenas dentro de casa sem a menor intenção real de sair dalí, o susto acontece quando a coisa escapa. Obviamente não estou tratando aqui dos vários movimentos e várias reclamações razoáveis, graves, justas e etc.

É impressionante a quantidade de contradições e jogadas anti-movimento que esses movimentos mais caricatos produzem, ficando quando impossível mesmo de se sustentarem fora dos próprios círculos.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 09:35:28
E sinceramente não entendi qual é da propaganda "Bebeu Perdeu, seus amigos vão te zoar".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 10:28:03
E sinceramente não entendi qual é da propaganda "Bebeu Perdeu, seus amigos vão te zoar".
Que beber de mais pode te deixar vulnerável e leva-lo a situações embaraçosas, e que você pode até não se lembrar de suas mancadas enquanto estava bêbado, mas seus amigos farão isso por você (te zoando). A intenção da campanha é desencorajar que os jovens bebessem de mais durante o carnaval, mas algumas páginas feministas da internet interpretaram que a campanha fazia uma alusão a casos de estupro, pondo a culpa na vítima ao invés de no verdadeiro culpado (isto é,o estuprador). Não preciso nem dizer que isto é de uma distorção sem tamanho né?

Que a campanha pode não ter sido feliz na escolha que fez, tentando conscientizar os bebuns através da sua ridicularização, tudo bem, mas dizer que a campanha culpa vítimas de estupro, isso é de mais, não concordam?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 10:54:41
E sinceramente não entendi qual é da propaganda "Bebeu Perdeu, seus amigos vão te zoar".
Que beber de mais pode te deixar vulnerável e leva-lo a situações embaraçosas, e que você pode até não se lembrar de suas mancadas enquanto estava bêbado, mas seus amigos farão isso por você (te zoando). A intenção da campanha é desencorajar que os jovens bebessem de mais durante o carnaval, mas algumas páginas feministas da internet interpretaram que a campanha fazia uma alusão a casos de estupro, pondo a culpa na vítima ao invés de no verdadeiro culpado (isto é,o estuprador). Não preciso nem dizer que isto é de uma distorção sem tamanho né?

Verdade. Muito grande a distorção, não entendi em nenhum momento que sequer poderia existir ali uma alusão ao estupro.


É fato que a bebida em exagero pode levar a atitudes perigosas com consequências nefastas, e nesse ponto a propaganda orienta “Curta a vida sem beber”. Talvez o lado que dê propensão ao chororô seja o de “brincar com coisa séria”, como se o Thor Batista atropelasse alguém pq está dirigindo bêbado e daí os amigos dele não levassem a sério e ficassem zoando, minimizando o peso da coisa. Ou se alguém por estar embriagado agarrasse o cabelo de outra pessoa, e os amigos ficassem fazendo piadinha ao invés de reprovar.

Os defensores do politicamente correto nos acusam de ver somente o que queremos, mas nesses casos é absolutamente isso que acontece por parte deles.

A propaganda ainda usa o que pros jovens pode ser mais reprovável do que a própria ameaça de pena criminal que é a vergonha frente aos amigos, para coibir o uso de bebida em excesso (e daí talvez agredir alguém ou até se colocar em perigo, como dormir no volante). O que talvez realmente seja útil pra diminuir o uso de bebida em excesso, na base do meu achômetro.


Que a campanha pode não ter sido feliz na escolha que fez, tentando conscientizar os bebuns através da sua ridicularização, tudo bem, mas dizer que a campanha culpa vítimas de estupro, isso é de mais, não concordam?

Não concordo em partes, pelos motivos expostos supra.

A campanha querer ridicularizar bebuns não a torna infeliz, a não ser que venhamos agora com uma espécie de "bebadofobia", ou Inebriariofobia pra ficar coerente com o latinismo.

E concordo que dizer que essa campanha culpa vítimas de estupro é demais. É um exercício mental filosófico muito grande.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 11:41:44
Aquela "propaganda" anti-drogas em que drogados cheiravam alguma coisa e ao fazer isso soavam como asnos é hoje largamente considerada "anti-ética"? Foi desde o início?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 13:53:19
Aquela "propaganda" anti-drogas em que drogados cheiravam alguma coisa e ao fazer isso soavam como asnos é hoje largamente considerada "anti-ética"? Foi desde o início?
Não conheço esta "propaganda", mas acho que o chilique em relação a campanha contra a bebedeira acima nem é tanto pelo fato de ridicularizarem a pessoa que comete o ato de irresponsabilidade (e como eu disse, neste ponto eu até acho discutível), e sim pelo fato de terem escolhido uma mulher e não um homem para ilustrar a campanha, e terem associado isso com a culpabilização da vítima em casos de estupro, isso é absurdo (e completamente infundado), e também provavelmente não teria acontecido caso o modelo escolhido fosse um homem ao invés de uma mulher (isso também é ao meu ver absurdo (e também sexista), já que o chilique só vem quando a pessoa ridicularizada e/ou admoestada é uma mulher).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 14:35:04
https://www.youtube.com/v/coPlwS5jjqE




Aquela "propaganda" anti-drogas em que drogados cheiravam alguma coisa e ao fazer isso soavam como asnos é hoje largamente considerada "anti-ética"? Foi desde o início?
Não conheço esta "propaganda", mas acho que o chilique em relação a campanha contra a bebedeira acima nem é tanto pelo fato de ridicularizarem a pessoa que comete o ato de irresponsabilidade (e como eu disse, neste ponto eu até acho discutível), e sim pelo fato de terem escolhido uma mulher e não um homem para ilustrar a campanha, e terem associado isso com a culpabilização da vítima em casos de estupro, isso é absurdo (e completamente infundado), e também provavelmente não teria acontecido caso o modelo escolhido fosse um homem ao invés de uma mulher (isso também é ao meu ver absurdo (e também sexista), já que o chilique só vem quando a pessoa ridicularizada e/ou admoestada é uma mulher).

Sim, essa possibilidade de algo grave como estupro se enquadrar nisso que se quer prever ao promover o cuidado/abstenção deve ser o motor principal do "errado".

A mensagem hiper-cautelosa deveria ser algo nas linhas de "ao beber demais, você pode ser irresponsável, por isso, evite fazê-lo, preferindo abter-se completamente disso -- não que a opção de beber não seja também digna de respeito. Acima de tudo, evite beber, ou beba com moderação, se assim quiser, motivado(a) por preocupação com a sua saúde e daqueles ao seu redor, e mas jamais com possíveis embaraços que possam vir a ocorrer em caso de embriaguez. Pois nesses casos, as pessoas que chamarem atenção a isso estão tão ou mais erradas do que a pessoa que erra ao se embriagar -- ninguém merece ser humilhado por ter cometido erros. Somos todos humanos, falíveis."

Foto de pessoas de diversos tipos felizes em alguma situação qualquer, sem estarem bebendo.


Com esse tipo de coisa seria até compatível a perspectiva de que a proibição do fumo em alguns ambientes é bullying contra aqueles que sofrem de um vício, e as pessoas devem parar de fumar, mas não devem ser humilhadas dessa forma.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:07:03
No Brasil e nos EUA são recorrentes casos onde mulheres bêbadas foram estupradas, filmadas e os filmes colocados na internet. Alguns desses casos terminaram em suicídio, muitos em pessoas mudando de cidade.

Obviamente  que quem não corre esse risco não faz a associação. Quando eu estou na rua sozinho a noite e encontro um homem, eu temo um assalto, essa é a associação que me vem a mente, mulheres temem estupro.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 15:16:33
Não há especificação da garota ter sido vítima de estupro, o tom humorado sugere a ocorrência de algo ameno, mas ainda digno de algum embaraço, já pode ser útil como incentivo a um comportamento mais precavido. Mesmo assim, ainda deve ser positivo que em algum grau isso conduza à pensar possibilidade de se ser mesmo vítima de agressão/estupro, ou qualquer coisa grave, embora não deva haver sugestão de ameaça de humilhação da vítima, nas linhas de "você vai ser estuprada e vão rir de você por isso".

https://www.youtube.com/v/exBPBmTgUN8

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:26:15
Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 15:29:56
De uma hora pra outra eu percebo que o tradicional "beba com moderação" vira, no meio de um movimento, uma espécie de culpabilização de vítimas de estupro e glorificação do macho estuprador.

Não há margem pra dúvida, a direção que essa história está tomando é muito estranha.

Hoje é sexta-feira e o tema do buteco já tá garantido: bebadofobia.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 15:32:47
Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.



A maior parte das mulheres automaticamente imagina as garotas atrás, rindo, "ahaha! A Fulaninha foi estuprada ontem!!! Hahahah!"

?


(http://s15.postimg.org/iywffq1jf/ministerio_da_justica_campanha.jpg)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 15:35:26
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:39:35
De uma hora pra outra eu percebo que o tradicional "beba com moderação" vira, no meio de um movimento, uma espécie de culpabilização de vítimas de estupro e glorificação do macho estuprador.

Não há margem pra dúvida, a direção que essa história está tomando é muito estranha.

Hoje é sexta-feira e o tema do buteco já tá garantido: bebadofobia.

Beba com moderação é uma frase neutra, a foto de um carro batido, lindo. A foto de um fígado estragado, maravilhoso, a foto de crianças sofrendo com pais alcoólatras, perfeito. #BebeuPerdeu com uma mulher na foto com cara desolada enquanto outras pessoas tiram sarro dela, sabendo que estupro seguido de bullying da vítima são casos que ocorrem na vida real com relativa frequência é falta de bom senso.

Uma das melhores campanhas contra alcoolismo:

https://www.youtube.com/v/XwdUXS94yNk
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:44:14
Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.



A maior parte das mulheres automaticamente imagina as garotas atrás, rindo, "ahaha! A Fulaninha foi estuprada ontem!!! Hahahah!"

?


Dentro desse contexto, sim. Na era Whatsapp ficou comum casos de mulheres bêbadas que foram estupradas e seus vídeos foram distribuídos pela internet. Depois ouviam que eram putas, que beberam porque quiseram, que quem bebe procura. Houve casos de suicídio, casos de pessoas que mudaram de cidades, perderam o emprego, etc. A foto diz que a culpa é delas, #BebeuPerdeu. Se alguma merda acontecer quando você estiver bêbada, a culpa é sua. Como se o risco para mulheres fosse apenas ter um pênis desenhado na  testa.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:45:18
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.

Seria bom se a vida fosse objetiva e pudesse ser definida em "sim e não".

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 15:46:11
Por que foto de crianças sofrendo com os pais alcoólatras é melhor do que a foto de uma jovem/adulta com cara de tacho e outras rindo atrás dela? Por que a imagem da violência explícita contra uma criança é melhor do que a imagem que apenas tem a mera possibilidade de sugestão de outra? :hein:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 15:47:58
De uma hora pra outra eu percebo que o tradicional "beba com moderação" vira, no meio de um movimento, uma espécie de culpabilização de vítimas de estupro e glorificação do macho estuprador.

Não há margem pra dúvida, a direção que essa história está tomando é muito estranha.

Hoje é sexta-feira e o tema do buteco já tá garantido: bebadofobia.

Beba com moderação é uma frase neutra, a foto de um carro batido, lindo. A foto de um fígado estragado, maravilhoso, a foto de crianças sofrendo com pais alcoólatras, perfeito. #BebeuPerdeu com uma mulher na foto com cara desolada enquanto outras pessoas tiram sarro dela, sabendo que estupro seguido de bullying da vítima são casos que ocorrem na vida real com relativa frequência é falta de bom senso.

Uma das melhores campanhas contra alcoolismo:

https://www.youtube.com/v/XwdUXS94yNk

Eu entendo que algum ofendido que bebe poderia dizer que você está "está querendo dizer" que ele bate em crianças.

E como assim frase neutra? Os ofendidos de última hora poderiam dizer que essa recomendação de beber com moderação se dá pq se beberem demais serão estuprados e virarão alvo de piada.

Voltando à propaganda, só pra eu entender mesmo oq pega, de verdade:

1) A menina da foto foi estuprada?
2) A propaganda culpa as vítimas de estupro?
3) A propaganda diz que as pessoas devem rir de quem é estuprado?

Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.

Barata, me desculpe, mas eu não vejo razoabilidade nessa situação e não é pq estou vendo obrigatoriamente com meus olhos de quem nunca foi estuprado. Se isso fosse verdade, e você enxerga o estupro ali, ora... como foi passar por isso? Se não quiser contar, tudo bem.



Percebo que é possível chorar sobre qualquer coisa estar relacionada a qualquer coisa. O lance é ligar ou não pra esse chororô.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 15:48:48
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.

Seria bom se a vida fosse objetiva e pudesse ser definida em "sim e não".

Meu camarada, estou perguntando numa boa mesmo, sem forçar a barra. :ok:

Com essa sua resposta fica nítido que você entende meu ponto, mas de alguma forma não quer concordar comigo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:53:53
Por que foto de crianças sofrendo com os pais alcoólatras é melhor do que a foto de uma jovem/adulta com cara de tacho e outras rindo atrás dela? Por que a imagem da violência explícita contra uma criança é melhor do que a imagem que apenas tem a mera possibilidade de sugestão de outra? :hein:


Porque o vídeo não põe a culpa de quem bebeu por um crime que ela pode vir a sofrer.

Moça, você bebeu, foi estuprada, seu vídeo esta na internet e pessoas tiram sarro de você. Otária, #BebeuPerdeu. Isso é uma coisa que acontece com relativa frequência na vida real, pessoas são estupradas, filmadas e sofrem bullying porque as pessoas acham que parte da culpa é delas por ter bebido.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 15:54:45
Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.



A maior parte das mulheres automaticamente imagina as garotas atrás, rindo, "ahaha! A Fulaninha foi estuprada ontem!!! Hahahah!"

?


Dentro desse contexto, sim. Na era Whatsapp ficou comum casos de mulheres bêbadas que foram estupradas e seus vídeos foram distribuídos pela internet. Depois ouviam que eram putas, que beberam porque quiseram, que quem bebe procura. Houve casos de suicídio, casos de pessoas que mudaram de cidades, perderam o emprego, etc. A foto diz que a culpa é delas, #BebeuPerdeu. Se alguma merda acontecer quando você estiver bêbada, a culpa é sua. Como se o risco para mulheres fosse apenas ter um pênis desenhado na  testa.

Se você está bêbado e causa uma merda por estar bêbado, a culpa é sua. Exemplos: dirige e atropela alguém, perde a cabeça e bate em alguém, xinga a polícia, mija na rua, puxa cabelo das meninas e etc.

Se você está bêbado e sofre uma merda sem ter participado da motivação, a culpa não é sua. Exemplos: está dormindo e é estuprado, está dormindo e alguém te da uma facada na costela, um cachorro morde sua canela, o telhado cai na sua cabeça e etc.

Não vi onde a propaganda inverteu essas coisas. O que está lá, na propaganda, é sobre alguém beber demais e por isso fazer algo, não sobre alguém beber e sofrer alguma consequência totalmente externa.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 15:58:05


Eu entendo que algum ofendido que bebe poderia dizer que você está "está querendo dizer" que ele bate em crianças.

E como assim frase neutra? Os ofendidos de última hora poderiam dizer que essa recomendação de beber com moderação se dá pq se beberem demais serão estuprados e virarão alvo de piada.

Voltando à propaganda, só pra eu entender mesmo oq pega, de verdade:

1) A menina da foto foi estuprada?
2) A propaganda culpa as vítimas de estupro?
3) A propaganda diz que as pessoas devem rir de quem é estuprado?

Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.

Barata, me desculpe, mas eu não vejo razoabilidade nessa situação e não é pq estou vendo obrigatoriamente com meus olhos de quem nunca foi estuprado. Se isso fosse verdade, e você enxerga o estupro ali, ora... como foi passar por isso? Se não quiser contar, tudo bem.



Percebo que é possível chorar sobre qualquer coisa estar relacionada a qualquer coisa. O lance é ligar ou não pra esse chororô.

A frase é neutra porque não culpabiliza ninguém por nada, ainda mais por sofrer um crime. É a diferença entre dizer: Não ande por ruas escuras a noite e #UsouRoupaCurtaPerdeu.


E como eu explique, homens andando na rua a noite sozinhos e cruzando com outros homens, temem assaltos, mulheres temem assaltos e estupros, mesmo que elas não tenham sofrido estupro, é um medo constante que mulheres tem. Nós não fazemos essa associação automaticamente, porque não faz parte dos riscos que corremos todos os dias.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 16:00:18
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.

Seria bom se a vida fosse objetiva e pudesse ser definida em "sim e não".

Meu camarada, estou perguntando numa boa mesmo, sem forçar a barra. :ok:

Com essa sua resposta fica nítido que você entende meu ponto, mas de alguma forma não quer concordar comigo.

Uma outra dúvida que me vem a cabeça, e que também gostaria utopicamente de receber uma resposta objetiva: Toda relação sexual com mulher bêbada é estupro?

Por favor, sem distorcer minha pergunta. Todos nós ja no mínimo lemos sobre casos claros desses estupros e não negamos a existência deles.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 16:01:21
Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.



A maior parte das mulheres automaticamente imagina as garotas atrás, rindo, "ahaha! A Fulaninha foi estuprada ontem!!! Hahahah!"

?


Dentro desse contexto, sim. Na era Whatsapp ficou comum casos de mulheres bêbadas que foram estupradas e seus vídeos foram distribuídos pela internet. Depois ouviam que eram putas, que beberam porque quiseram, que quem bebe procura. Houve casos de suicídio, casos de pessoas que mudaram de cidades, perderam o emprego, etc. A foto diz que a culpa é delas, #BebeuPerdeu. Se alguma merda acontecer quando você estiver bêbada, a culpa é sua. Como se o risco para mulheres fosse apenas ter um pênis desenhado na  testa.

Se você está bêbado e causa uma merda por estar bêbado, a culpa é sua. Exemplos: dirige e atropela alguém, perde a cabeça e bate em alguém, xinga a polícia, mija na rua, puxa cabelo das meninas e etc.

Se você está bêbado e sofre uma merda sem ter participado da motivação, a culpa não é sua. Exemplos: está dormindo e é estuprado, está dormindo e alguém te da uma facada na costela, um cachorro morde sua canela, o telhado cai na sua cabeça e etc.

Não vi onde a propaganda inverteu essas coisas. O que está lá, na propaganda, é sobre alguém beber demais e por isso fazer algo, não sobre alguém beber e sofrer alguma consequência totalmente externa.

Se a intenção era a primeira, coloque a foto de um carro amassado, de alguém sendo preso, ou qualquer coisa do tipo, não de uma menina sofrendo bullying com uma cara de desolada. Ser um bom publicitário é pensar em todas as interpretações que a sua campanha pode ter e usar a que tem menos ambiguidade.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 16:03:36
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.

Seria bom se a vida fosse objetiva e pudesse ser definida em "sim e não".

Meu camarada, estou perguntando numa boa mesmo, sem forçar a barra. :ok:

Com essa sua resposta fica nítido que você entende meu ponto, mas de alguma forma não quer concordar comigo.

Uma outra dúvida que me vem a cabeça, e que também gostaria utopicamente de receber uma resposta objetiva: Toda relação sexual com mulher bêbada é estupro?

Por favor, sem distorcer minha pergunta. Todos nós ja no mínimo lemos sobre casos claros desses estupros e não negamos a existência deles.

Pra primeira questão, não, alertar pessoas dos riscos que possam vir a ocorrer nem sempre é culpabilização da vítima.

Pra segunda questão, nem sempre sexo com pessoas bêbadas é estupro.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 16:05:10
Eu entendo que algum ofendido que bebe poderia dizer que você está "está querendo dizer" que ele bate em crianças.

E como assim frase neutra? Os ofendidos de última hora poderiam dizer que essa recomendação de beber com moderação se dá pq se beberem demais serão estuprados e virarão alvo de piada.

Voltando à propaganda, só pra eu entender mesmo oq pega, de verdade:

1) A menina da foto foi estuprada?
2) A propaganda culpa as vítimas de estupro?
3) A propaganda diz que as pessoas devem rir de quem é estuprado?

Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.

Barata, me desculpe, mas eu não vejo razoabilidade nessa situação e não é pq estou vendo obrigatoriamente com meus olhos de quem nunca foi estuprado. Se isso fosse verdade, e você enxerga o estupro ali, ora... como foi passar por isso? Se não quiser contar, tudo bem.



Percebo que é possível chorar sobre qualquer coisa estar relacionada a qualquer coisa. O lance é ligar ou não pra esse chororô.

A frase é neutra porque não culpabiliza ninguém por nada, ainda mais por sofrer um crime. É a diferença entre dizer: Não ande por ruas escuras a noite e #UsouRoupaCurtaPerdeu.


E como eu explique, homens andando na rua a noite sozinhos e cruzando com outros homens, temem assaltos, mulheres temem assaltos e estupros, mesmo que elas não tenham sofrido estupro, é um medo constante que mulheres tem. Nós não fazemos essa associação automaticamente, porque não faz parte dos riscos que corremos todos os dias.

Cara eu tô fazendo essas perguntas com sinceridade, e acho até que com honestidade, pra que a gente prossiga.

E isso de dizer não ande por ruas escuras ser diferente da hashtag... well... o chororô é infinito, com poder de choradeira maior do que 9000.

Leia especialmente os comentários: http://www.cartacapital.com.br/blogs/feminismo-pra-que/ande-na-linha-ou-aguente-as-consequencias-um-recado-da-cultura-do-estupro-3460.html

"“Mas ela pediu pra ser estuprada, olha a roupa que ela estava vestindo” ou “quem mandou andar sozinha naquela rua tão escura?” infelizmente nós vivemos em uma sociedade que trata a mulher que foi abusada como suspeita ou culpada do que aconteceu." de http://juntos.org.br/2012/05/xuxa-a-culpabilizacao-da-vitima-e-a-marcha-das-vadias/

Pelo visto nem você conseguiria fugir da vigilância, camarada Barata.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 16:06:58
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.
Pense como não seria cômico dizer que aquele que lhe aconselha a não deixar seu carro sozinho na rua com a chave na ignição e as portas abertas estaria culpabilizando a vítima caso um bandido viesse a roubar o seu carro. Agora me surpreende que para alguns o mesmo não valha para casos de agressão, como você mesmo sugeriu (fora o fato de que a campanha publicitária supra não deixa margens para concluirmos que a zoeira dos amigos seja por causa de uma agressão sofrida pela garota, e ao que tudo parece esta conclusão é apenas distorção infundada mesmo).

No Brasil e nos EUA são recorrentes casos onde mulheres bêbadas foram estupradas, filmadas e os filmes colocados na internet. Alguns desses casos terminaram em suicídio, muitos em pessoas mudando de cidade.

Obviamente  que quem não corre esse risco não faz a associação. Quando eu estou na rua sozinho a noite e encontro um homem, eu temo um assalto, essa é a associação que me vem a mente, mulheres temem estupro.
Acho muito provável mulheres terem bebido e depois enquanto eram filmadas terem feito sexo consensual em estado de embriagues, terem ficado zangadas pelo fato de sua imagem ter sido manchada pelo vazamento do vídeo e como vingança disseram que foram estuprada pelo cara com que transaram. Ou ainda, nos casos onde não houve filmagem, mas houve arrependimento da transa, terem feito a denuncia também por motivos de vingança (as possibilidades são inúmeras).

Agora, não me lembro de nenhum caso em que uma mulher bêbada tenha sido realmente estuprada e o autor do crime tenha filmado toda a cena e posteriormente postado na internet (só um burro faria isso, produzir e disponibilizar provas contra si mesmo a respeito de um crime grave que teria cometido).

E antes que você diga que mulheres terem motivos para mentirem a respeito de um estupro seria absurdo, vou disponibilizar um link de um artigo com 13 casos reais (com motivos distintos) do por que mulheres mentiriam sobre terem sido estupradas:

13 mulheres que mentiram sobre estupro e por que (http://br.avoiceformen.com/recomendados/13-mulheres-que-mentiram-sobre-estupro-e-por-que/)

Me parece que ter sua imagem manchada por um vídeo seu fazendo sexo consensual em estado de embriagues com um rapaz qualquer seria outra provável motivação para se inventar um caso de estupro (o mesmo para sexo consensual em estado de embriagues seguido de arrependimento -mesmo na ausência de um vídeo que comprovasse seu ato-).
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 16:12:13
Não é necessário especificação, estupro é um dos grandes riscos para mulheres alcoolizadas. É uma associação que elas fazem automaticamente. Como disse antes, quem não corre o risco dificilmente faz essa associação.



A maior parte das mulheres automaticamente imagina as garotas atrás, rindo, "ahaha! A Fulaninha foi estuprada ontem!!! Hahahah!"

?


Dentro desse contexto, sim. Na era Whatsapp ficou comum casos de mulheres bêbadas que foram estupradas e seus vídeos foram distribuídos pela internet. Depois ouviam que eram putas, que beberam porque quiseram, que quem bebe procura. Houve casos de suicídio, casos de pessoas que mudaram de cidades, perderam o emprego, etc. A foto diz que a culpa é delas, #BebeuPerdeu. Se alguma merda acontecer quando você estiver bêbada, a culpa é sua. Como se o risco para mulheres fosse apenas ter um pênis desenhado na  testa.

Se você está bêbado e causa uma merda por estar bêbado, a culpa é sua. Exemplos: dirige e atropela alguém, perde a cabeça e bate em alguém, xinga a polícia, mija na rua, puxa cabelo das meninas e etc.

Se você está bêbado e sofre uma merda sem ter participado da motivação, a culpa não é sua. Exemplos: está dormindo e é estuprado, está dormindo e alguém te da uma facada na costela, um cachorro morde sua canela, o telhado cai na sua cabeça e etc.

Não vi onde a propaganda inverteu essas coisas. O que está lá, na propaganda, é sobre alguém beber demais e por isso fazer algo, não sobre alguém beber e sofrer alguma consequência totalmente externa.

Se a intenção era a primeira, coloque a foto de um carro amassado, de alguém sendo preso, ou qualquer coisa do tipo, não de uma menina sofrendo bullying com uma cara de desolada.

Aqui permanecemos no impasse.


Ser um bom publicitário é pensar em todas as interpretações que a sua campanha pode ter e usar a que tem menos ambiguidade.

Concordo.
Só diria um pouco diferente: Ser um bom publicitário é pensar em todas as interpretações que a sua campanha pode ter e usar a que mais de adequa ao objetivo da campanha.

Em alguns casos ambiguidade pode ser desejada.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 16:15:25
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.
Pense como não seria cômico dizer que aquele que lhe aconselha a não deixar seu carro sozinho na rua com a chave na ignição e as portas abertas estaria culpabilizando a vítima caso um bandido viesse a roubar o seu carro. Agora me surpreende que para alguns o mesmo não valha para casos de agressão, como você mesmo sugeriu (fora o fato de que a campanha publicitária supra não deixa margens para concluirmos que a zoeira dos amigos seja por causa de uma agressão sofrida pela garota, e ao que tudo parece esta conclusão é apenas distorção infundada mesmo).

É isso mesmo.

E na propaganda está escrito: "Bebeu demais e esqueceu o que fez?"
Isso pressupõe que a garota tenha feito algo. Não tem como alguém "fazer" se sofrer um estupro. Tem?




Ok, já imagino a resposta.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 16:16:01
 O pós fato é culpabilização da vítima. "quem mandou andar por ruas escuras?",  "Se tivesse ficado em casa nada disso teria acontecido", "#BebeuPerdeu".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Johnny Cash em 27 de Março de 2015, 16:17:09
Partindo do axioma: agressões não podem e não devem ser feitas.

Eu pergunto: qualquer tipo de sugestão de atitude pra alguém ter menos risco de sofrer uma agressão é transferir a culpa pra vítima? E isso é sempre ruim?

Seria bom respostas objetivas, partindo de sim ou não.

Seria bom se a vida fosse objetiva e pudesse ser definida em "sim e não".

Meu camarada, estou perguntando numa boa mesmo, sem forçar a barra. :ok:

Com essa sua resposta fica nítido que você entende meu ponto, mas de alguma forma não quer concordar comigo.

Uma outra dúvida que me vem a cabeça, e que também gostaria utopicamente de receber uma resposta objetiva: Toda relação sexual com mulher bêbada é estupro?

Por favor, sem distorcer minha pergunta. Todos nós ja no mínimo lemos sobre casos claros desses estupros e não negamos a existência deles.

Pra primeira questão, não, alertar pessoas dos riscos que possam vir a ocorrer nem sempre é culpabilização da vítima.

Pra segunda questão, nem sempre sexo com pessoas bêbadas é estupro.

 :ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 16:21:10
O "bebeu, perdeu" então provavelmente deixaria de ser problemático se a mesma peça tivesse um homem arrependido (não estou reclamando de sexismo, só estabelecendo fato), e/ou se o acontecido com a mulher fosse explicitamente não um estupro?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 16:23:22
O "bebeu, perdeu" então provavelmente deixaria de ser problemático se a mesma peça tivesse um homem arrependido (não estou reclamando de sexismo, só estabelecendo fato), e/ou se o acontecido com a mulher fosse explicitamente não um estupro?

Exatamente.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 17:03:52
Acho muito provável mulheres terem bebido e depois enquanto eram filmadas terem feito sexo consensual em estado de embriagues, terem ficado zangadas pelo fato de sua imagem ter sido manchada pelo vazamento do vídeo e como vingança disseram que foram estuprada pelo cara com que transaram. Ou ainda, nos casos onde não houve filmagem, mas houve arrependimento da transa, terem feito a denuncia também por motivos de vingança (as possibilidades são inúmeras).

Acho bem pouco provável nos casos que terminam em suicídio. Ao menos um deles diz-se que o vídeo era praticamente sim a documentação do crime, a menina desmaiada e os caras a estuprando.

Ficar falando essas coisas como você fala, sério, soa como algo parecido se alguém comentar sobre estupros de homens em presídios. "Acho muito provável que esses homens quisessem mesmo antes, depois ficaram zangados com sua imagem heterossexual manchada, e falam que foram estuprados".

Sim, pode acontecer, tem gays no armário e etc. Mas será que estupro é algo lá tão extraordinário assim, a ponto disso ser "muito provável"?

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 17:28:55

Acho muito provável mulheres terem bebido e depois enquanto eram filmadas terem feito sexo consensual em estado de embriagues, terem ficado zangadas pelo fato de sua imagem ter sido manchada pelo vazamento do vídeo e como vingança disseram que foram estuprada pelo cara com que transaram. Ou ainda, nos casos onde não houve filmagem, mas houve arrependimento da transa, terem feito a denuncia também por motivos de vingança (as possibilidades são inúmeras).

Agora, não me lembro de nenhum caso em que uma mulher bêbada tenha sido realmente estuprada e o autor do crime tenha filmado toda a cena e posteriormente postado na internet (só um burro faria isso, produzir e disponibilizar provas contra si mesmo a respeito de um crime grave que teria cometido).

E antes que você diga que mulheres terem motivos para mentirem a respeito de um estupro seria absurdo, vou disponibilizar um link de um artigo com 13 casos reais (com motivos distintos) do por que mulheres mentiriam sobre terem sido estupradas:

13 mulheres que mentiram sobre estupro e por que (http://br.avoiceformen.com/recomendados/13-mulheres-que-mentiram-sobre-estupro-e-por-que/)

Me parece que ter sua imagem manchada por um vídeo seu fazendo sexo consensual em estado de embriagues com um rapaz qualquer seria outra provável motivação para se inventar um caso de estupro (o mesmo para sexo consensual em estado de embriagues seguido de arrependimento -mesmo na ausência de um vídeo que comprovasse seu ato-).

Burros existem, olha que surpresa.

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2930569/Vanderbilt-football-players-Cory-Batey-Brandon-Vandenburg-emotionless-mugshots-following-rape-convictions-lawyer-announces-plan-appeal.html
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 17:37:30
Acho muito provável mulheres terem bebido e depois enquanto eram filmadas terem feito sexo consensual em estado de embriagues, terem ficado zangadas pelo fato de sua imagem ter sido manchada pelo vazamento do vídeo e como vingança disseram que foram estuprada pelo cara com que transaram. Ou ainda, nos casos onde não houve filmagem, mas houve arrependimento da transa, terem feito a denuncia também por motivos de vingança (as possibilidades são inúmeras).

Acho bem pouco provável nos casos que terminam em suicídio. Ao menos um deles diz-se que o vídeo era praticamente sim a documentação do crime, a menina desmaiada e os caras a estuprando.

Ficar falando essas coisas como você fala, sério, soa como algo parecido se alguém comentar sobre estupros de homens em presídios. "Acho muito provável que esses homens quisessem mesmo antes, depois ficaram zangados com sua imagem heterossexual manchada, e falam que foram estuprados".

Sim, pode acontecer, tem gays no armário e etc. Mas será que estupro é algo lá tão extraordinário assim, a ponto disso ser "muito provável"?
Eu conheço casos de mulheres que se suicidaram por que um vídeo seus fazendo sexo consensual com um rapaz vazou (não houve estupro, para ficar bem claro), e conheço casos de mulheres que acusaram falsamente um homem de a ter estuprado por vingança ou simplesmente por que se arrependeu de ter transado com ele.

No entanto eu ainda sim disse que é provável mulheres bêbadas que foram filmadas em transas consensuais possam inventar uma acusação de estupro como ultima tentativa de salvar a sua imagem, e ainda de quebra, sujar a do rapaz que vazou o vídeo (o cara merece ser punido por aquilo que cometeu, vazar um vídeo intimo expondo a mulher, não por um estupro que ele não cometeu).

Além do mais eu não disse que não exista casos onde os imbecis tenham violentando uma mulher e ainda por cima gravado toda a cena, eu disse que não conhecia este tipo de caso. Mas certamente que um caso assim seria claramente distinguível de um caso de falsa acusação, o que não pode é considerar toda acusação como fato consumado, como alguns costumam fazer, pois para eles, mulheres inventarem uma acusação de estupro seria inconcebível, e como já mostrado, não é bem assim, motivos e razões para mulheres fazerem isso é o que não faltam.

Deve-se levar em consideração que, a acusação pode ser verídica como também pode ser falsa, é isso que estou dizendo.

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 17:42:07
Me surpreende quando a simples dúvida coerente em relação a uma acusação de estupro feita por uma mulher causar tanta revolta, inclusive em um fórum "cético". Não importa se ela se suicidou, existem exemplos de mulheres que se suicidaram após terem sua acusação provada falsa, o suicídio não deve ser fator decisivo para se considerar um homem acusado culpado (hó, a mulher se suicídio, então ele deve ser culpado mesmo!):

"EU SEI QUE É EGOÍSMO"! MULHER SE SUICIDA DIAS ANTES DE IR A JULGAMENTO POR FALSA ALEGAÇÃO DE ESTUPRO (http://noticias.r7.com/hora-7/fotos/eu-sei-que-e-egoismo-mulher-se-suicida-dias-antes-de-ir-a-julgamento-por-falsa-alegacao-de-estupro-18032015).

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 17:43:22
Eu pensei que mulheres que mentiam nunca eram julgadas... Interessante....
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 17:49:36
Eu pensei que mulheres que mentiam nunca eram julgadas... Interessante....
Não era isso que eu dizia, eu dizia que o processo é privado, é a vítima da falsa acusação que tem que mover e arcar com todo o processo, diferente de quando eles foram acusados de estupro, ai o próprio Estado iniciou o processo contra eles.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 17:54:12
http://www.youtube.com/v/iTX8UMGuz_k

Acha que este homem acima terá alguma justiça se ele próprio não abrir e custear um processo por danos morais contra o Estado e seus falsos acusadores?

No entanto, com base em uma acusação sem evidências para sustenta-la, o Estado fez de tudo para joga-lo na cadeia em prisão preventiva por mais de 2 anos até que seu caso fosse julgado e sua inocência finalmente comprovada, mas a custo de que? De muito sofrimento!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 18:01:30
Me surpreende quando a simples dúvida coerente em relação a uma acusação de estupro feita por uma mulher causar tanta revolta, inclusive em um fórum "cético". Não importa se ela se suicidou, existem exemplos de mulheres que se suicidaram após terem sua acusação provada falsa, o suicídio não deve ser fator decisivo para se considerar um homem acusado culpado (hó, a mulher se suicídio, então ele deve ser culpado mesmo!):

"EU SEI QUE É EGOÍSMO"! MULHER SE SUICIDA DIAS ANTES DE IR A JULGAMENTO POR FALSA ALEGAÇÃO DE ESTUPRO (http://noticias.r7.com/hora-7/fotos/eu-sei-que-e-egoismo-mulher-se-suicida-dias-antes-de-ir-a-julgamento-por-falsa-alegacao-de-estupro-18032015).

Abraços!

Não está claro no texto da notícia se foi comprovadamente falsa a acusação, ou se apenas há essa acusação conra ela, o que pode ser também parte da motivação do suicídio, além de um estupro real.

Não estou negando a possibilidade de algo assim acontecer, mas ainda acho o contrário o mais provável. De modo geral falsa acusação de estupro não deve ser tremendamente mais comum do que falsa acusação de roubo por arrependimento ao dar um presente.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 18:03:20
Me surpreende quando a simples dúvida coerente em relação a uma acusação de estupro feita por uma mulher causar tanta revolta, inclusive em um fórum "cético". Não importa se ela se suicidou, existem exemplos de mulheres que se suicidaram após terem sua acusação provada falsa, o suicídio não deve ser fator decisivo para se considerar um homem acusado culpado (hó, a mulher se suicídio, então ele deve ser culpado mesmo!):

"EU SEI QUE É EGOÍSMO"! MULHER SE SUICIDA DIAS ANTES DE IR A JULGAMENTO POR FALSA ALEGAÇÃO DE ESTUPRO (http://noticias.r7.com/hora-7/fotos/eu-sei-que-e-egoismo-mulher-se-suicida-dias-antes-de-ir-a-julgamento-por-falsa-alegacao-de-estupro-18032015).

Abraços!

Não está claro no texto da notícia se foi comprovadamente falsa a acusação, ou se apenas há essa acusação conra ela, o que pode ser também parte da motivação do suicídio, além de um estupro real.

Não estou negando a possibilidade de algo assim acontecer, mas ainda acho o contrário o mais provável. De modo geral falsa acusação de estupro não deve ser tremendamente mais comum do que falsa acusação de roubo por arrependimento ao dar um presente.
Ok, deveria ter escrito ao invés de muito povoável, apenas provável ou concebível.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 18:07:57
Acho que dá para dizer que "em vários casos é possível que". Mas ainda é uma coisa meio estranha a se levantar, especialmente nesse contexto aqui.

Digamos que fosse uma peça que sugerisse poder ter havido violência contra um garoto, criança, e se considerasse por qualquer motivo inapropriada essa interpretação (sei lá por que). E então se defedesse a peça dizendo que "pode ser que em alguns casos as crianças apenas se acidentem e falsamente acusem aos pais ou colegas de escola de violência".

Pode até ser... mas e daí?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 18:11:41
O que? Pessoas presas injustamente no Brasil? Culpa das feministas.

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,AA1322439-5598,00-INOCENTE+PASSA+ANOS+NA+CADEIA+E+PODE+RECEBER+INDENIZACAO.html
Eu pensei que mulheres que mentiam nunca eram julgadas... Interessante....
Não era isso que eu dizia, eu dizia que o processo é privado, é a vítima da falsa acusação que tem que mover e arcar com todo o processo, diferente de quando eles foram acusados de estupro, ai o próprio Estado iniciou o processo contra eles.

Como em qualquer caso igual, seja qual for o crime. Teve um caso de um homem que ficou preso por 19 anos, sendo inocente. O processo de indenização também não foi grátis.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 18:24:34
Acho que dá para dizer que "em vários casos é possível que". Mas ainda é uma coisa meio estranha a se levantar, especialmente nesse contexto aqui.

Digamos que fosse uma peça que sugerisse poder ter havido violência contra um garoto, criança, e se considerasse por qualquer motivo inapropriada essa interpretação (sei lá por que). E então se defedesse a peça dizendo que "pode ser que em alguns casos as crianças apenas se acidentem e falsamente acusem aos pais ou colegas de escola de violência".

Pode até ser... mas e daí?
Pow, existem vários motivos ou explicações para uma criança mentir sobre isso (ou achar estar dizendo a verdade, enquanto não está), alienação parental (http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=9220) e falsas memórias (http://www.contioutra.com/falsas-memorias-como-convencer-alguem-de-um-crime/) (que por sinal estão correlacionadas) são os primeiros exemplos que me ocorreram quando você atentou para este fato.

Logo, mesmo sendo uma criança a realizar uma denuncia (principalmente por ser uma criança, pois esta pode ser facilmente manipulável), a possibilidade de que acusação é falsa deve ser mantida e investigada.

Abraços!

O que? Pessoas presas injustamente no Brasil? Culpa das feministas.

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,AA1322439-5598,00-INOCENTE+PASSA+ANOS+NA+CADEIA+E+PODE+RECEBER+INDENIZACAO.html
Não chegamos a isso. Apesar de existirem a suspeita de que exista grupos de feministas disseminando falsas acusações de estupro para chamar a atenção para a causa feminista de combate a "cultura do estupro":

Estudante feminista da USP comete falsa acusação de estupro contra policial (http://www.criticapolitica.org/2015/03/estudante-feminista-da-usp-comete-falsa.html)

A estudante teria relatado aos policiais que  fez a falsa denuncia "porque faz parte de um "grupo" que tem por objetivo espalhar informações falsas para "chamar a atençaõ" de veiculos da imprensa."

Eu pensei que mulheres que mentiam nunca eram julgadas... Interessante....
Não era isso que eu dizia, eu dizia que o processo é privado, é a vítima da falsa acusação que tem que mover e arcar com todo o processo, diferente de quando eles foram acusados de estupro, ai o próprio Estado iniciou o processo contra eles.

Como em qualquer caso igual, seja qual for o crime. Teve um caso de um homem que ficou preso por 19 anos, sendo inocente. O processo de indenização também não foi grátis.


Bom, no caso do brasileiro que fez uma falsa denuncia de terrorismo nos EUA, foi processado e condenado pelo Estado:

EUA condenam brasileiro que fez falsa denúncia de bomba em avião (http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2014/05/16/eua-condenam-brasileiro-que-denunciou-bomba-falsa.htm)

Já uma mulher que faz uma falsa acusação de estupro, trazendo prejuízos para o Estado e para terceiros (a vítima da falsa acusação e pessoas próximas a ela), o Estado não processa, é a vítima que tem que mover um processo.

É sobre isso que atento.

Abraços!
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Barata Tenno em 27 de Março de 2015, 18:35:19
No Brasil, falsa comunicação de crime tem a mesma pena e o mesmo tipo de processo, seja o crime estupro, assassinato, roubo, assalto.
Nos EUA é quase a mesma coisa, a exceção é o terrorismo, ja que se parte do princípio de que a falsa denuncia de terrorismo ja é um ato terrorista.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 18:45:12
 :ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 27 de Março de 2015, 19:08:56
Acho que dá para dizer que "em vários casos é possível que". Mas ainda é uma coisa meio estranha a se levantar, especialmente nesse contexto aqui.

Digamos que fosse uma peça que sugerisse poder ter havido violência contra um garoto, criança, e se considerasse por qualquer motivo inapropriada essa interpretação (sei lá por que). E então se defedesse a peça dizendo que "pode ser que em alguns casos as crianças apenas se acidentem e falsamente acusem aos pais ou colegas de escola de violência".

Pode até ser... mas e daí?
Pow, existem vários motivos ou explicações para uma criança mentir sobre isso (ou achar estar dizendo a verdade, enquanto não está), alienação parental (http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=9220) e falsas memórias (http://www.contioutra.com/falsas-memorias-como-convencer-alguem-de-um-crime/) (que por sinal estão correlacionadas) são os primeiros exemplos que me ocorreram quando você atentou para este fato.

Logo, mesmo sendo uma criança a realizar uma denuncia (principalmente por ser uma criança, pois esta pode ser facilmente manipulável), a possibilidade de que acusação é falsa deve ser mantida e investigada.

Abraços!

Sim, claro! Mas não sugeri o contrário. Apenas indago a relevância desse tipo de possibilidade no caso em questão, que, relembrando não se trata de um crime cometido por qualquer pessoa, mas uma peça publicitária com uma intenção qualquer, e dar ou não essa intenção e as possíveis outras interpretações.

Começando por "OK, há casos de falsas acusações de estupro", e voltando ao caso anterior, um cartaz/banner que se postule que possa ser comum a interpretação, tida como indesejável, de se tratar de uma vítima de estupro sofrendo bullying de outras meninas. Haver esses casos falsos simplesmente não tem relevância alguma. Isso que você traz é quase que o inverso do "mundo bizarro" do próprio problema levantado, que já é até um pouco (mas bem menos) questionável.

Só seria pior se postulasse, "ah, mas não ocorre às pessoas que um homem vítima de estupro por mulheres pode ser a verdadeira vítima na foto -- seria dele as fotos de quem as garotas riem vendo o celular, e a expressão fria e sem sentimentos é a da principal perpetradora". E então cita o caso como daquela estupradora na Rússia que manteve um cara em cativeiro por uns tempos até. Sei lá, até isso ao menos teria mais ligação com o que se discute, no sentido de "interpretações indesejadas" da coisa.


O fato de haver acusações falsas só teria alguma relevância caso se suponha que isso fosse mais comum que estupros de verdade, e logo a possibilidade interpretações acidentais de bullying por estupro seria improvável, não merecendo ser levada em consideração.




Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Skeptikós em 27 de Março de 2015, 19:32:09
Acho que dá para dizer que "em vários casos é possível que". Mas ainda é uma coisa meio estranha a se levantar, especialmente nesse contexto aqui.

Digamos que fosse uma peça que sugerisse poder ter havido violência contra um garoto, criança, e se considerasse por qualquer motivo inapropriada essa interpretação (sei lá por que). E então se defedesse a peça dizendo que "pode ser que em alguns casos as crianças apenas se acidentem e falsamente acusem aos pais ou colegas de escola de violência".

Pode até ser... mas e daí?
Pow, existem vários motivos ou explicações para uma criança mentir sobre isso (ou achar estar dizendo a verdade, enquanto não está), alienação parental (http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=9220) e falsas memórias (http://www.contioutra.com/falsas-memorias-como-convencer-alguem-de-um-crime/) (que por sinal estão correlacionadas) são os primeiros exemplos que me ocorreram quando você atentou para este fato.

Logo, mesmo sendo uma criança a realizar uma denuncia (principalmente por ser uma criança, pois esta pode ser facilmente manipulável), a possibilidade de que acusação é falsa deve ser mantida e investigada.

Abraços!

Sim, claro! Mas não sugeri o contrário. Apenas indago a relevância desse tipo de possibilidade no caso em questão, que, relembrando não se trata de um crime cometido por qualquer pessoa, mas uma peça publicitária com uma intenção qualquer, e dar ou não essa intenção e as possíveis outras interpretações.

Começando por "OK, há casos de falsas acusações de estupro", e voltando ao caso anterior, um cartaz/banner que se postule que possa ser comum a interpretação, tida como indesejável, de se tratar de uma vítima de estupro sofrendo bullying de outras meninas. Haver esses casos falsos simplesmente não tem relevância alguma. Isso que você traz é quase que o inverso do "mundo bizarro" do próprio problema levantado, que já é até um pouco (mas bem menos) questionável.
Sim, reconheço, só trouxe estes casos a tona por causa desta postagem do Barata:

No Brasil e nos EUA são recorrentes casos onde mulheres bêbadas foram estupradas, filmadas e os filmes colocados na internet. Alguns desses casos terminaram em suicídio, muitos em pessoas mudando de cidade.

Obviamente  que quem não corre esse risco não faz a associação. Quando eu estou na rua sozinho a noite e encontro um homem, eu temo um assalto, essa é a associação que me vem a mente, mulheres temem estupro.
Minha intenção era responder a ele, dizendo que não só por que uma mulher estava bêbada e manteve relações sexuais com um homem, que filmou a cena e vazou o vídeo na internet, sendo posteriormente denunciado por estupro por esta mulher, que o caso seja real, mesmo quando a acusadora tenha se suicidado no final, tudo isso pode ter acontecido por simples vergonha, ela se suicidou pela vergonha de ter sua imagem manchada (sendo por tanto possível que acusação fosse falsa, uma tentativa de salvar a sua imagem na mesma medida que se vinga de deste homem).

Só seria pior se postulasse, "ah, mas não ocorre às pessoas que um homem vítima de estupro por mulheres pode ser a verdadeira vítima na foto -- seria dele as fotos de quem as garotas riem vendo o celular, e a expressão fria e sem sentimentos é a da principal perpetradora". E então cita o caso como daquela estupradora na Rússia que manteve um cara em cativeiro por uns tempos até. Sei lá, até isso ao menos teria mais ligação com o que se discute, no sentido de "interpretações indesejadas" da coisa.
Ok, reconheço que sai do assunto, que não era relevante trazer isso atona.

O fato de haver acusações falsas só teria alguma relevância caso se suponha que isso fosse mais comum que estupros de verdade, e logo a possibilidade interpretações acidentais de bullying por estupro seria improvável, não merecendo ser levada em consideração.
:ok:
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 25 de Dezembro de 2015, 03:17:56
O Thunderfoot comentou em um vídeo ("for sanitys sake")  que anos atrás, quando ele teve ameaças de morte que considerou mais críveis (pelo "dia desenhar Maomé), o que ele fez foi denunciar ao FBI, que o aconselhou não responder às ameaças. Anita Sarkeesian, apesar de dizer que as autoridades foram avisadas das ameaças que sofreu, foi anunciar sobre elas no site "Polygon" (de que eu nunca tinha ouvido falar -- é sobre jogos eletrônicos).

Ele menciona que ainda não houve casos de gente morta ou físicamente atacada por criticar vídeo-games, enquanto que isso de religião já é algo mais sério, especulando que as ameaças dela podem ser mais estratégia de promoção, por coincidir com lançamentos de alguns vídeos.



Eu não descarto essa "utilidade" promocional, e nem acho que as ameaças têm o mesmo grau de seriedade, mas por outro lado, não acho que dê para se considerar completamente desprezíveis as dirigidas a ela. As pessoas (especialmente os homens, nesse quesito) são bastante imbecis, matando uns aos outros por briga de torcida. Seria de qualquer forma talvez mais arriscado criticar a algum time de futebol, mas ainda assim, acho que talvez possa haver um pouco do mesmo "espírito" associado a essas torcidas, embora os gamers provavelmente sejam fisicamente mais inofensivos. Ao menos considerando apenas agressão corpo-a-corpo, com artefatos explosivos e outros tipos talvez a coisa seja diferente.








https://www.youtube.com/v/prmprJyPyv0

... a coisa está tomando proporções preocupantes mesmo. :|





https://www.youtube.com/v/9MxqSwzFy5w

https://www.youtube.com/v/YMw39meKmzY

https://www.youtube.com/v/5RVlCvBd21w

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 08 de Julho de 2016, 03:53:55
https://www.youtube.com/v/TbpCKC5dCPo
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 08 de Julho de 2016, 20:50:47
https://www.youtube.com/v/TbpCKC5dCPo

Parece que o thunderfoot quer minimizar o fato da Lara ser meramente um objeto sexual exagerado nos games.

E isso é sexista sim.

Existem maneiras melhores de apresentar Lara, como por exemplo usar uma roupa que condiz com o que ela faz, com proteção contra cortes e contra o frio.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 08 de Julho de 2016, 21:14:55
"Melhores maneiras" depende do objetivo do personagem.

Se fosse para um jogo mais na linha de comédia-erótica-soft-bobageira-PG-13, teria que ter mais jiggling physics e as roupas dela irem rasgando de tempos em tempos.

Para um jogo mais realista de saqueadores de tumbas, ela deveria ficar com roupas mais ou menos confortáveis para o clima, e comandar uma equipe de operários saquadores assistentes num adventure de point-and-click.

Para um jogo de ação com garotos de 12-16 anos como público-alvo, parece que as escolhas de criação foram bastante apropriadas, deve ter sido uma das séries de jogos mais vendidos ao longo dos anos.

Em jogos mais recentes, parece que o público-alvo e a abordagem vem se mudando para algo mais próximo do adulto-e-realista, com menor enfoque em apelo sexual, e algo "feminista" / público geral.



 
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 08 de Julho de 2016, 21:37:11
"Melhores maneiras" depende do objetivo do personagem.

Se o objetivo é atrair jogadores masculinos jovens, objetificar ou sensualizar dá certo, mas não deixa de ser sexista.

Se fosse para um jogo mais na linha de comédia-erótica-soft-bobageira-PG-13, teria que ter mais jiggling physics e as roupas dela irem rasgando de tempos em tempos.

Não duvido que eles fizessem isso na época caso a tecnologia permitisse. Quando a tecnologia passou a permitir isso, começaram a justamente reduzir os exageros da Lara, pois até os produtores reconheceram os excessos.

Para um jogo mais realista de saqueadores de tumbas, ela deveria ficar com roupas mais ou menos confortáveis para o clima, e comandar uma equipe de operários saquadores assistentes num adventure de point-and-click.
A primeira fase do primeiro game é na neve. Shortinho já está errado.

Para um jogo de ação com garotos de 12-16 anos como público-alvo, parece que as escolhas de criação foram bastante apropriadas, deve ter sido uma das séries de jogos mais vendidos ao longo dos anos.

Foram, mas isso não quer dizer que não seja forçado demais.

Em jogos mais recentes, parece que o público-alvo e a abordagem vem se mudando para algo mais próximo do adulto-e-realista, com menor enfoque em apelo sexual, e algo "feminista" / público geral.

De fato.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 08 de Julho de 2016, 21:38:38
"Apelo sexual" é sexista? Mulheres usarem saias e decotes é sexista?
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 08 de Julho de 2016, 21:44:41
"Apelo sexual" é sexista? Mulheres usarem saias e decotes é sexista?

Eu acho que nem sei o que é sexista. Usei o termo como "machista", no sentido da roupa que Lara veste foi feita por homens para homens de maneira não realista, sexualizando Lara em excesso.

Até acabei usando o termo "forçado demais" num outro ponto do texto porque é o que mais refletia o que eu penso.

Agora, se as mulheres usam roupas com apelo sexual e isso é sexista, aí não sei. Mas isso não foi o caso da Lara.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 08 de Julho de 2016, 21:52:28
Acho que se tivesse sido feito um teste para avaliar o sucesso de diferentes versões da personagem com o público-alvo, e essa fosse a mais popular, não tem problema algum, mesmo se fosse a de mair apelo sexual / menos assexuada. Desconheço haver, e acho improvável, ao menos nesse nível, quaisquer conseqüências danosas para o desenvolvimento psicológico ou transmissão de valores.

Se tiver algo mais S&M/bondage envolvido que eu não esteja sabendo, então passo a ver como suspeito e cautelosamente indesejável. Mas só uma "gososona-cartum-3D" de shortinho é algo até bastante ameno, ainda mais se considerar a escalada de coisas pornografóides que vieram aparecendo ao longo dos anos.

Mesmo as "Chun-Lis" dos jogos de luta da época seriam argumentavelmente mais "problemáticas", até estaria mais disposto a concordar com que seria benvinda uma reformulação visual, ainda que mesmo assim não sejam algo que se diga, "minha nossa, como esses vídeo-games estão criando os meninos para odiarem, violentarem, e objetificarem as mulheres".
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 08 de Julho de 2016, 22:25:55
Acho que se tivesse sido feito um teste para avaliar o sucesso de diferentes versões da personagem com o público-alvo, e essa fosse a mais popular, não tem problema algum, mesmo se fosse a de mair apelo sexual / menos assexuada. Desconheço haver, e acho improvável, ao menos nesse nível, quaisquer conseqüências danosas para o desenvolvimento psicológico ou transmissão de valores.

Eu também acho que não causam danos, mas é, vamos dizer, """""""imoral""""""", ou simplesmente inadequado, bobo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 08 de Julho de 2016, 23:18:52
Não vejo como algo fundamentalmente diferente de "jovens bruxas", "Buffy, a caça-vampiros", "SOS Malibu" ou "as panteras", "Jeannie é um gênio", "She-Ha", na falta de exemplos menos datados em mente. Pode não ser uma obra de arte brilhante que eleva o espírito humano, mas também não é nada demais, só segmentação demográfica de cultura pop geneŕica.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 11 de Julho de 2016, 01:02:11
https://www.youtube.com/v/doOzjH5gjK0

Citação de: misoginista internalizada
redcoresuperstar 1 month ago
Dude, I am a woman and I would say a feminist (not campus third-wave one, of course, I am not insane). I am not a gamer, I have played only 3 games in my life: Tomb Raider, Blood Rayne, and Blood Rayne 2. I have played those games BECAUSE of the awesome, bad ass (pun not intended), hot protagonists and I believe till this day they are empowering. Definitely more empowering than the whiney bitches who constantly look to be victimized and offended.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 12 de Julho de 2016, 20:58:59
https://www.youtube.com/v/doOzjH5gjK0

Eu acho os argumentos do Amazing Atheist bem ruins no geral. Ele citou Mario 64 como um exemplo de que ver o personagem pelas costas é algo padrão, e não uma escolha só para mostrar a bunda da Lara.

Mas o Mario 64 tem uma câmera bem dinâmica e geralmente exibe o Mario de cima pra baixo, num ângulo meio isométrico.

Não é difícil reconhecer que a Lara é excessivamente sexualizada. Ele poderia argumentar que ser sexualizada não é algo ruim, mas ele quer negar até a existência da sexualização.

Fica ridículo.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 12 de Julho de 2016, 22:39:33
Também não gosto muito em geral, mas parece que dão de sobra para o que ele está contra-argumentando no caso.

Agora eu não me lembro ponto a ponto de cada colocação e não vou rever o vídeo, mas não tive essa impressão de que ele tenha tentado "negar o apelo sexual", mas sim de negar que isso seja o foco principal do jogo e algo dramático/danoso como ela coloca. Os moleques não compram/alugam como um "pornô improvisado/aproximado" a partir do qual são treinados para odiar/desrespeitar mulheres, mas como jogo mesmo, ainda que exista o apelo sexual como isca, chamativo.

Não dá para falar de um nível de sexualização/assexualização "excessivo" ou ideal como se fosse uma "constante do universo". O fator preponderante aqui é liberdade de expressão/opção dos criadores (estando então provavelmente no ponto exato desejado do espectro sexualização/assexualização), e conformidade com a rotulação de classificação etária, que imagino, deve ser livre, ou, no que for pesar para maior idade, mais provavelmente se deve a violência e não a roupas curtas ou às proporções físicas, ao menos não em países não-muçulmanos desde os anos 50. (Chequei num site de classificação etária americano/canadense/mexicano; os jogos antigos são para adolescentes, justificado por violência "e sangue" https://www.esrb.org/ratings/search.aspx )

Se a "sexualização excessiva" da personagem é um problema, problema maior é a sexualização excessiva das mulheres nas ruas, que talvez devam ser forçadas a usar trajes menos provocantes ou até que reduzam mais "ativamente" seus atrativos sexuais, como cintas/sutiãs esportivos, roupas folgadas, etc.

(http://s2.quickmeme.com/img/e2/e2b7019fdc873506cbf75a3ea08ff622e7f09ec4d6f6032a28a2fdc042213191.jpg)

(http://d3qvyul2tp4j8.cloudfront.net/i/V9X52jJRab.jpg)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 12 de Julho de 2016, 23:28:47
Agora eu não me lembro ponto a ponto de cada colocação e não vou rever o vídeo, mas não tive essa impressão de que ele tenha tentado "negar o apelo sexual", mas sim de negar que isso seja o foco principal do jogo e algo dramático/danoso como ela coloca.

Eu nem vi o vídeo inteiro. É cansativo demais porque ele não resume o que quer dizer. Eu só vi a primeira metade onde ele tenta justificar de todas as formas que a Lara não foi feita para ser sexualizada e mostrar a bunda é só uma coincidência, pois a ideia seria mostrá-la de costas, como fazem com o Mario (o que é falso).

Veja bem, eu não acho que sexualizar uma personagem seja ruim (eu acho bem legal, aliás), mas não se pode negar que a sexualização existe ou que seja proposital.

A Anita reconhece que existe e todo mundo acha que ela é louca e ainda tentam negar isso, que é absurdo e etc. Mas no fundo a Anita critica o fato de colocarem a sexualização das personagens na frente da personalidade na maioria dos games, e isso é fato.

Tanto é que a Lara atual é bem mais humana e carismática que a antiga versão bunduda e peituda.




(http://s2.quickmeme.com/img/e2/e2b7019fdc873506cbf75a3ea08ff622e7f09ec4d6f6032a28a2fdc042213191.jpg)

 :olheira: :olheira: :olheira:

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 12 de Julho de 2016, 23:47:03
(http://d3qvyul2tp4j8.cloudfront.net/i/V9X52jJRab.jpg)

Pense que num game as mulheres são modeladas. Não é uma questão de colocar roupas comportadas, mas de construir as mulheres para serem excessivamente sexualizadas, com muita roupa ou não. Isso não vai corromper a juventude, mas seria melhor as mulheres nos games serem mais interessantes de outras maneiras também.

Dificilmente a gente se preocupa com isso quando temos menos de 20 anos, mas hoje eu  acho infantil ver personagens estereotipadas ou sexualizadas demais.

Eu por exemplo gosto de jogos de luta e estou acompanhando as notícias sobre o novo King of Fighters. Algumas lutadoras novas só estão lá para preencher certas cotas de fetiches dos japoneses, como esta daqui:

(http://media1.eventhubs.com/images/2016/06/23_koftrailer01.jpg)

Ela não tem o menor perfil de uma lutadora. Parece que pegaram uma apresentadora infantil e colocaram no game. Acho um puta desperdício isso. E ela nem é sexualizada, mas cai no ridículo pelos excessos e pela bizarrice.

Já no Street Fighter a minha personagem feminina favorita é a Makoto, que muitos desavisados acham até que ela é um menino no game:

(http://static4.comicvine.com/uploads/original/6/61821/1240973-super_street_fighter_4_makoto_wallpaper.jpg)

E o motivo de eu gostar dela é justamente por ela ser realista e "casca grossa", uma exímia lutadora de karatê que convence e tem golpes legais.

Mas tive que esperar décadas para aparecer uma assim no meio das lutadoras top models desse tipo de game.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 13 de Julho de 2016, 01:03:25
Pense que num game as mulheres são modeladas. Não é uma questão de colocar roupas comportadas, mas de construir as mulheres para serem excessivamente sexualizadas, com muita roupa ou não. Isso não vai corromper a juventude, mas seria melhor as mulheres nos games serem mais interessantes de outras maneiras também.

Dificilmente a gente se preocupa com isso quando temos menos de 20 anos, mas hoje eu  acho infantil ver personagens estereotipadas ou sexualizadas demais.

Mas É "infantil" (ou melhor, adolescente).

Por isso mesmo é assim, para vender para garotos adolescentes. Criações com outros públicos-alvos terão apelos diferentes, respectivos ao que se supõe que os atraia.



Citar
Eu por exemplo gosto de jogos de luta e estou acompanhando as notícias sobre o novo King of Fighters. Algumas lutadoras novas só estão lá para preencher certas cotas de fetiches dos japoneses, como esta daqui:

(http://media1.eventhubs.com/images/2016/06/23_koftrailer01.jpg)

Ela não tem o menor perfil de uma lutadora. Parece que pegaram uma apresentadora infantil e colocaram no game. Acho um puta desperdício isso. E ela nem é sexualizada, mas cai no ridículo pelos excessos e pela bizarrice.

Já no Street Fighter a minha personagem feminina favorita é a Makoto, que muitos desavisados acham até que ela é um menino no game:

(http://static4.comicvine.com/uploads/original/6/61821/1240973-super_street_fighter_4_makoto_wallpaper.jpg)

E o motivo de eu gostar dela é justamente por ela ser realista e "casca grossa", uma exímia lutadora de karatê que convence e tem golpes legais.

Mas tive que esperar décadas para aparecer uma assim no meio das lutadoras top models desse tipo de game.

Bem, do que eu me lembro do King of Fighters, mais da metade dos personagens masculinos também se pareciam mais com modelos emos do que algo no perfil de "lutadores":

(http://static.comicvine.com/uploads/original/11124/111244844/4842232-kof.jpg)

Uma ou duas apenas estão mais para o "sexualizado" (uma de roupas menores e uma de saia curta), o resto está bem dentro do nível médio masculino, e razoavelmente distribuído por quase todos os "tipos" no contínuo modelo-lutador. Só não tem diferença proporcional de tipo físico, alguma mulher mais excepcionalmente gorda ou musculosa (se a pessoa loira de "top" com abdome musculoso de fora não for mulher; se for, é uma aproximação razoável), nem em topless.


De qualquer forma... as empresas devem fazer suas criações mais ou menos de acordo com o que pensam que será a predileção da demanda. Não sei se desvios nesse sentido que você particularmente prefere chegariam a ser negativos, ou muito inferiores a algo no sentido contrário, para o "mesmo" investimento (mas já vi reclamações feministas de que os homens acham que já tem mulheres demais num jogo quando são ainda apenas algo como duas em dez; não sei se bate com a realidade da aceitação). Acho que quem preferiria as coisas de um jeito ou de outro tem todo direito de se manifestar/cobrar e tal (e talvez parte do público masculino se manifeste contrariamente de forma vocal -- ironicamente talvez mais agora com a reação a essa linha de críticas, do que se jogos diferentes vissem "do nada"), mas isso já acaba fugindo completamente da linha de crítica feita por Sarkeesian e sarkeesianetes, que é de sugerir influência comportamental-ideológica-sexual deletéria em jogos, geralmente jogos destinados a adultos, e não um mero "poderia haver jogos mais legais assim e assim", ainda que ela tente um pouco ir por aí também (não sem contradições, segundo os críticos).







Agora eu não me lembro ponto a ponto de cada colocação e não vou rever o vídeo, mas não tive essa impressão de que ele tenha tentado "negar o apelo sexual", mas sim de negar que isso seja o foco principal do jogo e algo dramático/danoso como ela coloca.

Eu nem vi o vídeo inteiro. É cansativo demais porque ele não resume o que quer dizer. Eu só vi a primeira metade onde ele tenta justificar de todas as formas que a Lara não foi feita para ser sexualizada e mostrar a bunda é só uma coincidência, pois a ideia seria mostrá-la de costas, como fazem com o Mario (o que é falso).

Eu não sei se é "tão" falso, nem se é "tão" presente a afirmação de que não tem nada de "sexualizado". Me lembro de em algum momento ele ter falado algo como que os moleques não compram para se masturbar, "a reação do jogador de vídeo game médio -- coisa que você não é -- é apenas, nossa essa Lara Croft tem um traseiro e tanto heinnossa mas que louco esses monstros agora, pula ali, naquele barranco, segura na corda, vai!".

Ao mesmo tempo tem também jogos com bundas masculinas em proeminência equivalente, que nem devem estar lá para tentar fisgar um pouco de um nicho "gaymer" ou feminino.

(https://i.ytimg.com/vi/6WbbZr1Mt8I/maxresdefault.jpg)

(http://i.somethingawful.com/u/garbageday/2015/Comedy_Goldmine/Adams_Venture/adamsventure3dballs.gif)

(http://telkomgaming.co.za/wp-content/uploads/2014/12/Tomb-Raider.jpg)

(http://static.giantbomb.com/uploads/original/0/669/1112530-t_uncharted2_gc2k9_fortune_gt_v2_hd_58.jpg)


Ou seja, bundas podem aparecer tanto apenas pelo aspecto "funcional", quanto de apelo sexual. Não é porque tem bunda à vista que isso é o centro do jogo (a não ser que seja, que poderá ser o caso em jogos para maiores).

Diga-se de passagem, parece que a idéia original era que fosse "Larry Croft" o tomb raider, mudado para se distanciar de Indiana Jones. Então é possível que essa visão de jogo já antecedesse ser uma mulher. Se bem que pode talvez até ter influenciado a mudança, de qualquer forma...  :biglol:



Citar
Veja bem, eu não acho que sexualizar uma personagem seja ruim (eu acho bem legal, aliás), mas não se pode negar que a sexualização existe ou que seja proposital.

Acho que ele não negou exatamente, e inclusive deve ter dito algo como que ele gostaria, como bissexual, que houvesse mais sexualização masculina, que admitiu ser bem inferior. Em um exemplo de uma capa de jogo que dava destaque à bunda de uma persoangem feminina, ele ironizou algo sobre não se ver equivalente "masculino", num mundo onde os jogos devem ter o público mais de 90% masculino. "Não vai levar essa merda aqui não, moleque", e o pai dá um tapa na nuca do moleque para ver se ele vai se corrigindo desse caminho.





Citar
A Anita reconhece que existe e todo mundo acha que ela é louca e ainda tentam negar isso, que é absurdo e etc. Mas no fundo a Anita critica o fato de colocarem a sexualização das personagens na frente da personalidade na maioria dos games, e isso é fato.

A crítica dela não se resume a isso, que é um detalhe insignificante dentro do seu discurso, detalhe com o qual deve haver concordância próxima de 100% numa versão amena ("jogos raramente tem um desenvolvimento de personagem comparável ao das melhores obras literárias e cinematográfias; os femininos sendo largamente apenas fonte de apelo sexual"). O discurso dela é de que esses jogos (mesmo sendo para adultos ou adolescentes) são muito nocivos, fazendo os jogadores objetificarem e desrespeitarem as mulheres, até mesmo quando o objetivo do jogo é salvá-las (elas são um "objeto" a ser salvo).




Citar
Tanto é que a Lara atual é bem mais humana e carismática que a antiga versão bunduda e peituda.

Mas agora é para maiores de 18 anos, não para adolescentes.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 13 de Julho de 2016, 02:44:25
Se a intenção era a primeira, coloque a foto de um carro amassado, de alguém sendo preso, ou qualquer coisa do tipo, não de uma menina sofrendo bullying com uma cara de desolada. Ser um bom publicitário é pensar em todas as interpretações que a sua campanha pode ter e usar a que tem menos ambiguidade.


Talvez tenham de fato feito pesquisa empírica de interpretação e não tenha ocorrido a interpretação de que a menina sofria bullying das "amigas" por ser vítima de estupro. Pode ser que tenham imaginado coisas mais amenas como ter pagado mico em caraoquê, etc, ou no máximo dado uns beijos num barango, sem nem sexo, nem violência. Porque parece algo mais dentro que as pessoas vão rir, especialmente de mulher, já que estupro real de mulheres muito raramente é visto como piada. Mesmo a expressão da "vítima" também não é tão dramática quanto se esperaria de alguém sofrendo bullying por ser vítima de estupro.

Talvez esse tipo de cenário imaginado seja mais condutivo a dissuadir as pessoas de beber do que cenários mais trágicos, que as pessoas talvez tendam mais a acreditar que nunca acontece com eles, exagero.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 13 de Julho de 2016, 11:47:42

Citar
A Anita reconhece que existe e todo mundo acha que ela é louca e ainda tentam negar isso, que é absurdo e etc. Mas no fundo a Anita critica o fato de colocarem a sexualização das personagens na frente da personalidade na maioria dos games, e isso é fato.

A crítica dela não se resume a isso, que é um detalhe insignificante dentro do seu discurso, detalhe com o qual deve haver concordância próxima de 100% numa versão amena ("jogos raramente tem um desenvolvimento de personagem comparável ao das melhores obras literárias e cinematográfias; os femininos sendo largamente apenas fonte de apelo sexual"). O discurso dela é de que esses jogos (mesmo sendo para adultos ou adolescentes) são muito nocivos, fazendo os jogadores objetificarem e desrespeitarem as mulheres, até mesmo quando o objetivo do jogo é salvá-las (elas são um "objeto" a ser salvo).

Eu não conheço o conteúdo dela o suficiente para saber se ela considera o conteúdo sexualizado de fato nocivo. Você saberia dizer se ela usa algum estudo para demonstrar isso?

E os críticos dela erram por se posicionarem no extremo oposto, achando que é tudo normal e natural. Acho que alguns pontos da Anita são corretos (há sexualização e objetificação e isso é reconhecido entre os desenvolvedores de games, que tentam amenizar isso), e há os exageros.

Os críticos dela criticam os exageros mas minimizam os pontos válidos, pois não admitem que uma feminista esteja certa em um ou outro ponto.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 13 de Julho de 2016, 15:45:02
Eu vi apenas alguns dos primeiros vídeos dela, da época que não eram de vídeo-games, mas de cinema e tv.

Diferentemente de vídeos como os do "potholer" ou do "concordance" (de valores de produção também muito mais baixos, porém muito mais sólidos em conteúdo), ela não coloca nenhuma bibliografia junto com o vídeo nem nada, embora talvez possa estar indiretamente citando alguma coisa. O problema é que em 99% do tempo deve ser literatura de revisionismo feminista, pois ela ela solta coisas como que "o mito de que o homem é físicamente mais forte que a mulher". Em outras citações diretas dela que vi, ela se coloca como "autoridade em representação feminina na cultura pop" e coisas assim, ela aparentemente enxerga o que faz, jogar video-game tentando ver a bunda do batman, como "pesquisa de base".

Também acho que a crítica contrária tende a exagerar para o outro lado, apesar de em geral, se aproximar muito mais da realidade, apenas por negar tais bizarrices e extremos, essa linha geral de que a indústria do entretenimento largamente programa as pessoas para odiar, desrespeitar, e inferiorizar as mulheres. Enquanto é possível fazer críticas nessa direção, é também fato que as coisas só vêm melhorando.

O psicólogo Jonathan Haidt mencionou que os SJWs tem também em seu discurso e metodologias coisas que seguem praticamente o contrário do que é recomendado em técnicas de terapia cognitiva comportamental, ou seja, reforçando problemas psicológicos/psiquiátricos das pessoas.

Ainda estou por ver uma versão balanceada com que tenha ficado plenamente satisfeito, por se basear apenas na melhor literatura científica disponível, sem contaminação ideológica, e se limitar fazer especulações sem declará-las como certezas, no que for ainda incógnito. Se os SJWs são a "esquerda", de qualquer forma, o "amazing" atheist e o "Thunderfoot" ainda estão muito longe de serem um equivalente a "fox news"/olavetismo. (Talvez em parte até porque ambos são na verdade também "esquerdistas", politicamente, lado que, excluindo os SJWs e eco-hippies tende a ter rejeição consideravelmente menor à ciência/fatos, por natureza "neurológica" até, não ser uma visão de mundo tão fundamentada em medo).


(Curioso, esse elemento do "medo", talvez seja o que "feche o anel" na "teoria da ferradura/anel", e a ausência dele na direita o que produza os direitistas mais moderados...)
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 13 de Julho de 2016, 23:45:23
Você falou dos personagens com visual emo da série King of Fighters, e o que eu estava pensando aqui é que a série parece ter cada vez mais apelado para esse estilo emo/anime/fetiche com o passar dos anos. No início os lutadores em sua maioria eram grandalhões ou esportistas que representavam artes marciais sérias, com forte inspiração em filmes de artes marciais da década de 80/90. Com o tempo os produtores parecem ter usado como fonte de inspiração os animes, inclusive daqueles com apelo feminino.

Street Fighter passou por situação semelhante, tendo como inspiração provavelmente o UFC em seus primórdios, para depois ceder aos animes. Eles colocaram até uma lutadora de luta-livre japonesa com trajes mínimos, loira e de olhos azuis como personagem, o que é bem forçado (e eu sempre pensei que era russa ou finlandesa).

A Anita deve achar que tudo é culpa do patriarcado.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 13 de Julho de 2016, 23:53:14
E do capitalismo, já que os desenvolvedores, se não buscam diretamente a opressão, praticam opressão sistêmica por esta ser lucrativa.

Dessa série de jogos, a minha vaga lembrança é de sempre ter sido meio emo/fashion. Apenas os "art of fighting" predecessores acho que desviavam um pouco mais, mas já tinham essa "semente".

(https://66.media.tumblr.com/581f61d4a17cdb1abac9a221bf3da689/tumblr_nqznddEg361r7sijxo1_500.jpg)

O único mais com jeito de lutador está lá atrás. Ah, tem outro escondido no meio também. O resto é tudo modelinho.

(http://www.playreplay.com.br/wp-content/uploads/descricao-kof94-playreplay-620x436.jpg)

Todo trio tem no mínimo consultoria com algum estilista chiquérrimo.




(http://i.imgur.com/jG6cog2.jpg)

Aqui tem bem menos mais estilosos. Fazem os estilistas até desmair vendo a falta de fashionalidade dos modelitos. "Que horror, parece um bando de gente pobre, sem nenhum senso de moda, nem um sensinho básico, meu déls!!!"
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 14 de Julho de 2016, 00:39:53
Para você ter uma ideia, estes foram os protagonistas da série ao longos dos anos, cronologicamente:

(http://www.fightersgeneration.com/characters2/kyo-cv1-2.jpg)
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/b/b3/K'_KOFXI.png)
(http://www.fightersgeneration.com/newspics/ashkofxii.jpg)

Os três são homens do sexo masculino héteros.

Mesmo o primeiro já sendo meio moderninho, ainda assim é possível notar uma progressão da baitolagem dos traços andróginos típicos de galãs japoneses.

Ou seja, parece que tudo com o tempo tende a cair nos excessos para maximizar as vendas, sem que haja algum questionamento ou foco.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 07 de Setembro de 2016, 17:33:38
https://www.youtube.com/v/O0A85bHDU5c

Não sei o quanto isso é novidade, vi agora num blog meio libertário-talvez-conservador comentando que no UOL reclamavam da sexualização de uma nova personagem brasileira no jogo Street Fighter.

Para mim parece uma melhora considerável da imagem do Brasileiro com relação ao Blanka e àquele outro monstro verde de outro jogo de luta da Capcom. Até que enfim um brasileiro que não é verde.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 07 de Setembro de 2016, 17:48:28
https://www.youtube.com/v/O0A85bHDU5c

Não sei o quanto isso é novidade, vi agora num blog meio libertário-talvez-conservador comentando que no UOL reclamavam da sexualização de uma nova personagem brasileira no jogo Street Fighter.

Para mim parece uma melhora considerável da imagem do Brasileiro com relação ao Blanka e àquele outro monstro verde de outro jogo de luta da Capcom. Até que enfim um brasileiro que não é verde.

Quanto a imagem do brasileiro, o Sean é brasileiro e apareceu no Street Fighter 3:

(https://www.unocero.com/wp-content/uploads/2014/05/sean-matsuda-street-fighter-iii-third-strike-online-edit-game-mobile-wallpaper-1080x1920-8182-2197499136.jpg)


Mas eu particularmente gostei bastante da Laura, por ser brasileira mesmo, com nome nacional (apesar do sobrenome ser Matsuda), lutar jiu-jitsu com o que parece ser golpes de capoeira e ter uma aparência latina.

Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Buckaroo Banzai em 07 de Setembro de 2016, 20:48:48
Brasileiro, logo veste-se de amarelo, cor da roupa da seleção de futebol (desculpe, "soccer"!), e é também futebolista. Típica presunção totalitária condescendente colonialista estadunidense.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lorentz em 07 de Setembro de 2016, 21:22:46
Brasileiro, logo veste-se de amarelo, cor da roupa da seleção de futebol (desculpe, "soccer"!), e é também futebolista. Típica presunção totalitária condescendente colonialista estadunidense.

Ele joga basquete. Veja a bola. E acho que ele é irmão ou parente próximo da Laura, pois ambos tem o mesmo sobrenome.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lakatos em 07 de Setembro de 2016, 21:25:23
É irmão da Laura.
Título: Re:Feminista é ameaçada após criticar papel de mulheres em games
Enviado por: Lakatos em 07 de Setembro de 2016, 21:29:44
E tem complexo de vira-lata

Citar
Sean Matsuda tem uma grande admiração pela cultura dos EUA e Ken Masters é seu ídolo desde a primeira vez que o viu lutando no campeonato de Street Fighters. Seu desejo é conhecer o lutador estadunidense e pedir para ser seu discípulo. Porém, tal desejo o coloca em rota de colisão com sua extrovertida irmã mais velha, Laura Matsuda: pois, a mesma tem como objetivo demonstrar que o estilo de sua família é o melhor do mundo. Desafiada por Sean, Laura leva a sério a ideia de confrontar seu Matsuda-Jiujitsu com as técnicas de todos os World Warriors que encontrar. Principalmente Ryu, Ken e Zangief. Fazendo com que todo o mundo venha a conhecer e respeitar o dojo da família Matsuda.

http://pt-br.streetfighter.wikia.com/wiki/Sean