Autor Tópico: Estatísticas Ateístas  (Lida 11038 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Estatísticas Ateístas
« Resposta #25 Online: 19 de Janeiro de 2009, 00:08:45 »
 :P
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Estatísticas Ateístas
« Resposta #26 Online: 19 de Janeiro de 2009, 00:28:21 »
É preparativo para o carnaval. Deu para perceber que ele é chegado na Mangueira :lol:

Offline Eremita

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.798
  • Sexo: Masculino
  • Ecce.
Re: Estatísticas Ateístas
« Resposta #27 Online: 19 de Janeiro de 2009, 02:09:04 »
É preparativo para o carnaval. Deu para perceber que ele é chegado na Mangueira :lol:
Manguueeeeeeeeeeeeeeira... estou aqui na plataforma da estação... huahauahuah
Monoteísmo é a hidra de Lerna. Con Kolivas estava certo sobre o desktop. Prozac não deixa tudo melhor. Aquiles devia ter escolhido os dois destinos, juntos. Coração sentimental + mente cética = aflição. Sou responsável pelo que digo, não pela sua interpretação sobre o que digo.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Estatísticas Ateístas
« Resposta #28 Online: 08 de Maio de 2009, 00:13:40 »
Mais outra coisa relevante quanto a assinatura do JLM:

Citar
7,3 % da população do Brasil não declaram sua religião,destes apenas 45% se dizem ateus, ou seja apenas aprox, 3,5% dos brasileiros são ateus!
fonte::censo 2000 IBGE
fonte:http://www.espacoacademico.com.br/094/94rodrigues.htm
fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Religi%C3%B5es_no_Brasil#N.C3.A3o-religiosos
11,4% dos presos são ateus.
Ateus tem maior potencialidade para serem criminosos!<>
fonte:censo 2000-IBGE.
fonte:www.fgv.br/cps/simulador/impacto_2006/ic175.pdf.

Os jovens "sem religião": ventos secularizantes, "espírito de época" e novos sincretismos. Notas preliminares


Regina Novaes[/b]

RESUMO

O NÚMERO de brasileiros "sem religião", sobretudo jovens de 15 a 24 anos, tem chamado a atenção dos estudiosos. O artigo aponta para a conjugação e a convivência entre: ideário secularizante (presente entre ateus e agnósticos); o "espírito do tempo" (presente entre aqueles que acreditam em Deus mas rejeitam instituições religiosas ou transitam entre pertencimentos institucionais) e, finalmente, as novas modalidades sincréticas (favorecidas pela perda de hegemonia do catolicismo e pela globalização do campo religioso).

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142004000300020&lng=en&nrm=iso&tlng=pt



Citar
... E foram 10% os jovens "sem religião", sendo que 9% declararam "acreditar em Deus mas não ter religião" enquanto apenas 1% identificaram-se como ateus e agnósticos.

... E, o que mais interessa neste artigo, os jovens que se autoclassificaram como "sem religião" afirmaram acreditar praticamente em todos os itens do elenco oferecido: "energia", astrologia, orixás, duendes e gnomos...

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #29 Online: 03 de Agosto de 2014, 23:46:13 »


Aqui US é outlier


Normalizado com desigualdade US não é mais outlier



boa discussão aqui
http://www.quora.com/Religion/Is-there-a-reason-why-it-seems-religion-is-less-of-a-hot-button-issue-in-the-UK-vs-the-US
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.697
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re: Estatísticas Ateístas
« Resposta #30 Online: 04 de Agosto de 2014, 10:55:52 »
Engraçado o quanto tem católicos nas regiões mais populosas (Califórnia e Nordeste) e mesmo assim eles são minoria no país...
Engraçado como a distribuição de cada igreja se concentra numa área, em vez de estarem todas misturadas por todo o país.
Reforça a tese de que religião não se escolhe, se herda. É uma contaminação cultural.

Pois é. Quando vi esse mapa, a primeira coisa que pensei foi: parece o mapa de evolução de epidemias.

Mas a disseminação de uma religião (ou uma ideologia ou algo do gênero) não difere mesmo da disseminação de uma epidemia, é preciso haver contato entre pessoas para haver troca de informações. Bom, hoje em dia com a Internet nem tanto, mas considerando-se que as religiões predominantes atualmente nos EUA levaram décadas para se firmarem não se poderia esperar outra coisa.

Concordo, pois o mesmo fenômeno parece acontecer também com o ateísmo:

Proportion of atheists and agnostics around the world:

Phrood/Wikipedia
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #31 Online: 04 de Agosto de 2014, 15:45:02 »
A china deveria estar entre 40-50% mínimo
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #32 Online: 04 de Agosto de 2014, 16:11:22 »
A china deveria estar entre 40-50% mínimo

Chineses são ateístas no sentido de não acreditarem num deus pessoal, mas são muito supersticiosos e a proporção de budistas é bem alta.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #33 Online: 04 de Agosto de 2014, 18:43:52 »
verdade, exatamente essa a descrição que vi em um debate, um dos povos mais supersticiosos. Coitado dos tubarões e outros animais que são caçados para virar pó de ereção e outras quimeras.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #34 Online: 04 de Agosto de 2014, 18:58:49 »
Poutzzzzzzzzzzzzzz! mais essa agora. Ou um cara é ateu, logo,não acredita em coisas sobrenaturais, supertições, unicórnios, deuses incluso, ou é um crente e não é ateu de modíssimo nenhum!!!!

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #35 Online: 03 de Setembro de 2014, 22:40:01 »
Os ateus são menos honestos em algumas situações, e também contribuem menos para a caridade.[citation needed]

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.697
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #36 Online: 04 de Setembro de 2014, 11:40:34 »
Poutzzzzzzzzzzzzzz! mais essa agora. Ou um cara é ateu, logo,não acredita em coisas sobrenaturais, supertições, unicórnios, deuses incluso, ou é um crente e não é ateu de modíssimo nenhum!!!!
Ateu em sentido estrito é simplesmente aquele que não crê na existência de divindades, atribuir também a negação da existência de quaisquer fenômenos sobrenaturais e/ou metafísicos seria uma extensão de sentido moderna. Ambas as formas estão certas, e como alguns se baseiam apenas no primeiro sentido de "ateísmo" aqui apresentado, é possível sim, segundo esta definição, um ateu negar a ideia de que divindades existam, e porém, acreditar em fenômenos sobrenaturais.

Além do mais, Crente é aquele que crer, crer vem de crença, crença é um estado mental onde uma preposição é intimamente aceita/negada como verdadeira. Logo, o ateu também é um crente, no sentido de acreditar na sua negação de que divindades e/ou fenômenos sobrenaturais-metafísicos não existem.

O que acontece é que o termo "crente" foi por eras exaustivamente associado a fé religiosa, no sentido de aceitar  como verdades os (acreditar nos) dogmas das religiões, como por exemplo, na existência de uma divindade.

A fé religiosa geralmente dispensa a razão e as evidências para se sustentar, baseando-se somente na vontade de crer, na confiança em uma autoridade (líderes religiosos), nas palavras sagradas (como a Bíblia) e nos testemunhos de outras pessoas de fé.

No entanto a fé religiosa é somente uma entre muitos outros tipos de crença. Até mesmo as "verdades" científicas aceitas como tais são exemplos de crenças sendo postas em ação, pois basta que uma preposição seja intimamente aceita ou rejeitada como verdadeira para que exista crença. No entanto, no caso das "verdades" científicas e em alguns casos, "verdades" filosóficas, estas crenças são sustentadas por evidências e lógica, diferentemente da crença religiosa (a fé religiosa).

Segundo Platão, uma crença verdadeira (que condiz com a realidade) e justificada (por evidências e pela razão) conduz ao conhecimento.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #37 Online: 04 de Setembro de 2014, 17:15:12 »
Poutzzzzzzzzzzzzzz! mais essa agora. Ou um cara é ateu, logo,não acredita em coisas sobrenaturais, supertições, unicórnios, deuses incluso, ou é um crente e não é ateu de modíssimo nenhum!!!!
Ateu em sentido estrito é simplesmente aquele que não crê na existência de divindades, atribuir também a negação da existência de quaisquer fenômenos sobrenaturais e/ou metafísicos seria uma extensão de sentido moderna. Ambas as formas estão certas, e como alguns se baseiam apenas no primeiro sentido de "ateísmo" aqui apresentado, é possível sim, segundo esta definição, um ateu negar a ideia de que divindades existam, e porém, acreditar em fenômenos sobrenaturais.

Além do mais, Crente é aquele que crer, crer vem de crença, crença é um estado mental onde uma preposição é intimamente aceita/negada como verdadeira. Logo, o ateu também é um crente, no sentido de acreditar na sua negação de que divindades e/ou fenômenos sobrenaturais-metafísicos não existem.

O que acontece é que o termo "crente" foi por eras exaustivamente associado a fé religiosa, no sentido de aceitar  como verdades os (acreditar nos) dogmas das religiões, como por exemplo, na existência de uma divindade.

A fé religiosa geralmente dispensa a razão e as evidências para se sustentar, baseando-se somente na vontade de crer, na confiança em uma autoridade (líderes religiosos), nas palavras sagradas (como a Bíblia) e nos testemunhos de outras pessoas de fé.

No entanto a fé religiosa é somente uma entre muitos outros tipos de crença. Até mesmo as "verdades" científicas aceitas como tais são exemplos de crenças sendo postas em ação, pois basta que uma preposição seja intimamente aceita ou rejeitada como verdadeira para que exista crença. No entanto, no caso das "verdades" científicas e em alguns casos, "verdades" filosóficas, estas crenças são sustentadas por evidências e lógica, diferentemente da crença religiosa (a fé religiosa).

Segundo Platão, uma crença verdadeira (que condiz com a realidade) e justificada (por evidências e pela razão) conduz ao conhecimento.

Abraços!
O mimimi é sem fim. Crente disso por causa disso e daquilo metafísico idiosincrático burlesco filosófico e blablablas contextuais, mas ateus em contra partida a crentes(e ponto final!!!) mesmo, existem poucos.

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.697
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #38 Online: 06 de Setembro de 2014, 16:17:43 »
Poutzzzzzzzzzzzzzz! mais essa agora. Ou um cara é ateu, logo,não acredita em coisas sobrenaturais, supertições, unicórnios, deuses incluso, ou é um crente e não é ateu de modíssimo nenhum!!!!
Ateu em sentido estrito é simplesmente aquele que não crê na existência de divindades, atribuir também a negação da existência de quaisquer fenômenos sobrenaturais e/ou metafísicos seria uma extensão de sentido moderna. Ambas as formas estão certas, e como alguns se baseiam apenas no primeiro sentido de "ateísmo" aqui apresentado, é possível sim, segundo esta definição, um ateu negar a ideia de que divindades existam, e porém, acreditar em fenômenos sobrenaturais.

Além do mais, Crente é aquele que crer, crer vem de crença, crença é um estado mental onde uma preposição é intimamente aceita/negada como verdadeira. Logo, o ateu também é um crente, no sentido de acreditar na sua negação de que divindades e/ou fenômenos sobrenaturais-metafísicos não existem.

O que acontece é que o termo "crente" foi por eras exaustivamente associado a fé religiosa, no sentido de aceitar  como verdades os (acreditar nos) dogmas das religiões, como por exemplo, na existência de uma divindade.

A fé religiosa geralmente dispensa a razão e as evidências para se sustentar, baseando-se somente na vontade de crer, na confiança em uma autoridade (líderes religiosos), nas palavras sagradas (como a Bíblia) e nos testemunhos de outras pessoas de fé.

No entanto a fé religiosa é somente uma entre muitos outros tipos de crença. Até mesmo as "verdades" científicas aceitas como tais são exemplos de crenças sendo postas em ação, pois basta que uma preposição seja intimamente aceita ou rejeitada como verdadeira para que exista crença. No entanto, no caso das "verdades" científicas e em alguns casos, "verdades" filosóficas, estas crenças são sustentadas por evidências e lógica, diferentemente da crença religiosa (a fé religiosa).

Segundo Platão, uma crença verdadeira (que condiz com a realidade) e justificada (por evidências e pela razão) conduz ao conhecimento.

Abraços!
O mimimi é sem fim. Crente disso por causa disso e daquilo metafísico idiosincrático burlesco filosófico e blablablas contextuais, mas ateus em contra partida a crentes(e ponto final!!!) mesmo, existem poucos.
:hein:

Porra cara, você quase sempre não fala nada com nada, deste jeito fica difícil debater contigo, sempre que tu fica sem argumentos é assim que tu reage, com frases desconexas e sem sentido?

Assim não dá, PQP, tem que rir pra não chorar, sério mesmo. 

:histeria: :histeria: :histeria: :histeria:
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #39 Online: 06 de Setembro de 2014, 17:03:44 »
Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #40 Online: 06 de Setembro de 2014, 17:13:53 »
A china deveria estar entre 40-50% mínimo

Relacionado, ouvi falarem meio recentemente sobre uma contestação, de um argumento de que ateísmo se correlacionaria com "infelicidade", mas que isso se desfaz se tirarem os países que tiveram "ateísmo de estado" das contas.

Mas não me lembro se era algo "verificado" ou apenas especulado. Bem, acho que daria certo, mas ainda há o problema talvez desses países serem piores nesse aspecto até independentemente disso.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #41 Online: 06 de Setembro de 2014, 17:15:26 »
Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.
« Última modificação: 06 de Setembro de 2014, 17:18:06 por sergiomgbr »

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #42 Online: 06 de Setembro de 2014, 17:38:16 »
Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.

Ateu é uma posição apenas perante o tópico "deus". Há quem não acredite em deus e tenha outras suprestições.
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #43 Online: 06 de Setembro de 2014, 18:36:26 »
Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.

Ateu é uma posição apenas perante o tópico "deus". Há quem não acredite em deus e tenha outras suprestições.
Discordo. "Deus" é apenas a condição sublimada do misticismo. Uma assoprada superticiosa  nos dados assim como a crença no design inteligente ou o "deus"spinoziano são da mesma natureza.

Offline Cientista

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.266
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #44 Online: 06 de Setembro de 2014, 19:50:02 »
Poutzzzzzzzzzzzzzz! mais essa agora. Ou um cara é ateu, logo,não acredita em coisas sobrenaturais, supertições, unicórnios, deuses incluso, ou é um crente e não é ateu de modíssimo nenhum!!!!
Ateu em sentido estrito é simplesmente aquele que não crê na existência de divindades, atribuir também a negação da existência de quaisquer fenômenos sobrenaturais e/ou metafísicos seria uma extensão de sentido moderna. Ambas as formas estão certas, e como alguns se baseiam apenas no primeiro sentido de "ateísmo" aqui apresentado, é possível sim, segundo esta definição, um ateu negar a ideia de que divindades existam, e porém, acreditar em fenômenos sobrenaturais.

Além do mais, Crente é aquele que crer, crer vem de crença, crença é um estado mental onde uma preposição é intimamente aceita/negada como verdadeira. Logo, o ateu também é um crente, no sentido de acreditar na sua negação de que divindades e/ou fenômenos sobrenaturais-metafísicos não existem.

O que acontece é que o termo "crente" foi por eras exaustivamente associado a fé religiosa, no sentido de aceitar  como verdades os (acreditar nos) dogmas das religiões, como por exemplo, na existência de uma divindade.

A fé religiosa geralmente dispensa a razão e as evidências para se sustentar, baseando-se somente na vontade de crer, na confiança em uma autoridade (líderes religiosos), nas palavras sagradas (como a Bíblia) e nos testemunhos de outras pessoas de fé.

No entanto a fé religiosa é somente uma entre muitos outros tipos de crença. Até mesmo as "verdades" científicas aceitas como tais são exemplos de crenças sendo postas em ação, pois basta que uma preposição seja intimamente aceita ou rejeitada como verdadeira para que exista crença. No entanto, no caso das "verdades" científicas e em alguns casos, "verdades" filosóficas, estas crenças são sustentadas por evidências e lógica, diferentemente da crença religiosa (a fé religiosa).

Segundo Platão, uma crença verdadeira (que condiz com a realidade) e justificada (por evidências e pela razão) conduz ao conhecimento.

Abraços!
Eita verborragia braba (...por acaso, só para confirmar, o tal do Cientista não postou nesse tópico aqui antes não, né?; para dar pé àquela desculpa de que "é o -- malvadão desencaminhador do -- Cientista que me força/induz/alicia a postar essas verborragices todas..." hahahahhahahahahah...) só para, mais uma vez, "para variar", se contradizer todo! Quer dizer que, mais uma vez, "segundo Platão", o 'prata da casa'(ca--da revirante), existe, AGORA(!), alguma coisa que "condiga com a realidade"?! Que "realidade", sob qual "critério"? Aquela mesma pergunta tão difícil do jovem responder ao Cientista outrora, hahahahahhahahaha Esse jovem Skeptikós...   Gosto pra caramba desse garoto!


Poutzzzzzzzzzzzzzz! mais essa agora. Ou um cara é ateu, logo,não acredita em coisas sobrenaturais, supertições, unicórnios, deuses incluso, ou é um crente e não é ateu de modíssimo nenhum!!!!
Ateu em sentido estrito é simplesmente aquele que não crê na existência de divindades, atribuir também a negação da existência de quaisquer fenômenos sobrenaturais e/ou metafísicos seria uma extensão de sentido moderna. Ambas as formas estão certas, e como alguns se baseiam apenas no primeiro sentido de "ateísmo" aqui apresentado, é possível sim, segundo esta definição, um ateu negar a ideia de que divindades existam, e porém, acreditar em fenômenos sobrenaturais.

Além do mais, Crente é aquele que crer, crer vem de crença, crença é um estado mental onde uma preposição é intimamente aceita/negada como verdadeira. Logo, o ateu também é um crente, no sentido de acreditar na sua negação de que divindades e/ou fenômenos sobrenaturais-metafísicos não existem.

O que acontece é que o termo "crente" foi por eras exaustivamente associado a fé religiosa, no sentido de aceitar  como verdades os (acreditar nos) dogmas das religiões, como por exemplo, na existência de uma divindade.

A fé religiosa geralmente dispensa a razão e as evidências para se sustentar, baseando-se somente na vontade de crer, na confiança em uma autoridade (líderes religiosos), nas palavras sagradas (como a Bíblia) e nos testemunhos de outras pessoas de fé.

No entanto a fé religiosa é somente uma entre muitos outros tipos de crença. Até mesmo as "verdades" científicas aceitas como tais são exemplos de crenças sendo postas em ação, pois basta que uma preposição seja intimamente aceita ou rejeitada como verdadeira para que exista crença. No entanto, no caso das "verdades" científicas e em alguns casos, "verdades" filosóficas, estas crenças são sustentadas por evidências e lógica, diferentemente da crença religiosa (a fé religiosa).

Segundo Platão, uma crença verdadeira (que condiz com a realidade) e justificada (por evidências e pela razão) conduz ao conhecimento.

Abraços!
O mimimi é sem fim. Crente disso por causa disso e daquilo metafísico idiosincrático burlesco filosófico e blablablas contextuais, mas ateus em contra partida a crentes(e ponto final!!!) mesmo, existem poucos.
:hein:

Porra cara, você quase sempre não fala nada com nada, deste jeito fica difícil debater contigo, sempre que tu fica sem argumentos é assim que tu reage, com frases desconexas e sem sentido?

Assim não dá, PQP, tem que rir pra não chorar, sério mesmo. 

:histeria: :histeria: :histeria: :histeria:
Talvez, meu jovem, se dissesses, volta e meia, alguma 'coisinha com coisinha', para... ...assim... dar uma variadinha, tu ajudasses nosso camarada sergiomgbr a saber melhor o que seria "coisa com coisa" na tua concepção, se é que há..., para poder te explicar melhor o que seria "coisa com coisa" que corrigisse tua visão de "coisa sem coisa"...    hahahahahahahahah...


Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.
E eu duvido muito mais ainda elevado a menos um! 100% dos portugueses são ateus. Se 10 (não %, só 10 mesmo) deles forem realmente descrentes, Portugal está em destaque e de parabéns nos índices. A pior crença que existe é a do crente que se convenceu de que é descrente. E é uma religião que está em preocupante franca ascensão, haja vista tantos frenquentadores desse forum, a exemplo! Que o divino Proteus nos proteja!


Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.

Ateu é uma posição apenas perante o tópico "deus". Há quem não acredite em deus e tenha outras suprestições.
Discordo. "Deus" é apenas a condição sublimada do misticismo. Uma assoprada superticiosa  nos dados assim como a crença no design inteligente ou o "deus"spinoziano são da mesma natureza.
Exatamente! Ô coisa biita de se ler, meu Proteus! Uma retornadinha à "carga normal", meu caro? Por que não mais, mais frequentemente?...  Crença é crença, descrença é descrença, e assunto encerrado. O resto é enrolação desculposa para não se dizer crente sozinho -- "se sou crente, tu também é; pode ser um crente diferente de ieu, 'justificado', mas é crente". Tá... vou crer nisso, só por você...   hahahahahhahahahahahahah...

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.697
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #45 Online: 06 de Setembro de 2014, 20:57:29 »
Cientista, me mostre onde houve contradição, e me mostre com citações que eu tenha feito, pois enquanto você continuar com suas acusações sem fundamentos, em meio a sua verborragia característica, não mais me reportarei a você.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #46 Online: 07 de Setembro de 2014, 08:45:40 »
Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.

Ateu é uma posição apenas perante o tópico "deus". Há quem não acredite em deus e tenha outras suprestições.
Discordo. "Deus" é apenas a condição sublimada do misticismo. Uma assoprada superticiosa  nos dados assim como a crença no design inteligente ou o "deus"spinoziano são da mesma natureza.

Respeito a tua opinião, mas a palavra "ateu" diz respeito apenas a "deus/deuses/divindades". Há quem não acredite em deuses e acredite noutras coisas sobrenaturais.


Cientista, és português? Eu vivo por cá e pela minha experiência, pelo menos a grande maioria da população que está dos 35 anos para baixo não acredita em deuses. Como somos ainda uma população envelhecida, muita gente é católica. Mas dentro de 2 gerações, o panorama será muito diferente... assim espero.
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #47 Online: 07 de Setembro de 2014, 13:25:10 »
Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.

Ateu é uma posição apenas perante o tópico "deus". Há quem não acredite em deus e tenha outras suprestições.
Discordo. "Deus" é apenas a condição sublimada do misticismo. Uma assoprada superticiosa  nos dados assim como a crença no design inteligente ou o "deus"spinoziano são da mesma natureza.

Respeito a tua opinião, mas a palavra "ateu" diz respeito apenas a "deus/deuses/divindades". Há quem não acredite em deuses e acredite noutras coisas sobrenaturais.

Bom, fiquei curioso. Como você chamaria então, quem não acredita, além de em "deus/deuses/divindades", também noutras coisas sobrenaturais?

Qual seria a natureza das coisas sobrenaturais, se não divina?

Offline Cientista

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.266
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #48 Online: 07 de Setembro de 2014, 14:10:26 »
Cientista, me mostre onde houve contradição, e me mostre com citações que eu tenha feito, pois enquanto você continuar com suas acusações sem fundamentos, em meio a sua verborragia característica, não mais me reportarei a você.

Abraços!
Meu jooooooovem... Não és obrigado a reportar-se ao Cientista, ele não está nem mais te pedindo ou exigindo isso. Ele não espera mais que respondas a ele todas aquelas inumeríssimas questões que ele te formulou e das quais fugiste, inclusive algumas citações que te pediu de acusações que fizeste ao Cientista, para as (acusações contra ele) sustentar. Mas, não tem problema, já disseste antes que não "se reportaria" ao Cientista e, pelo visto, não cumpriste. Não acho isso condenável, não... Inclusive, se quiseres tal progresso, embora claro seja que é facílimo (ainda que dê algum trabalho) ir em quase qualquer de suas postagens e encontrar suas contradições, podemos encerrar isso aqui agora mesmo: Então, admites que exista 'conhecimento', aquela coisa que, "seguin..gundo (tá bão, hahahahaha...) Platão", é alcançada por uma "crença verdadeira" ("necessariamente inicial"?) e "justificada" por "evidências e pela razão"? Seria esse "conhecimento", finalmente ao menos, "saber que não é crença"? É isso? estás admitindo que exista saber que não seja crença? Podes fornecer um só, ao menos, que seja, exemplo? (Mas por VO-CÊ, meu jovem. Não quero saber o que Platão ou qualquer outro pó achava. Não faças como o exemplo do Padilha naquele video postado aí para trás, quando perguntado o que Cuba seria, tá OK? A pergunta é para VO-CÊ responder!)

Cuidado porque o escreveste lá atrás deve permanecer lá por tempo...

E... ansioso está o Cientista à espera das esquivas!  hahahahahahhahaha...






Cientista, és português? Eu vivo por cá e pela minha experiência, pelo menos a grande maioria da população que está dos 35 anos para baixo não acredita em deuses. Como somos ainda uma população envelhecida, muita gente é católica. Mas dentro de 2 gerações, o panorama será muito diferente... assim espero.
Não sou português, minha descendência já está na bisnetice, mas tenho alguns laços, mais que a bisnetice, com Portugal.

Devo esclarecer que o termo "ateu" é por mim entendido da forma como expus. É preciso tal esclarecimento porque o termo foi corrompido para "descrente em deus" e é como é quase mundialmente usado, eu sei. De qualquer forma, tudo o que me importa é a descrença pura e simples, aquela que ocorre quando não se crê mais no "eu", única real crença, geradora de todas as outras. O resto, para mim, é tudo crente meis, filho. Pouco me importa em que. hahahahahahahaha...

E aí? Quantos desses há em Portugal?






Acho que em Portugal há muito mais ateus do que 10%... mas pronto. :)
Duvido muito.

Pra mim, ser ateu é negar pura e simplesmente a crença em coisas inexplicáveis, dito isto, se um indivíduo é supersticioso do tipo que sopra dados para ter sorte, não é ateu.

Ateu é uma posição apenas perante o tópico "deus". Há quem não acredite em deus e tenha outras suprestições.
Discordo. "Deus" é apenas a condição sublimada do misticismo. Uma assoprada superticiosa  nos dados assim como a crença no design inteligente ou o "deus"spinoziano são da mesma natureza.

Respeito a tua opinião, mas a palavra "ateu" diz respeito apenas a "deus/deuses/divindades". Há quem não acredite em deuses e acredite noutras coisas sobrenaturais.

Bom, fiquei curioso. Como você chamaria então, quem não acredita, além de em "deus/deuses/divindades", também noutras coisas sobrenaturais?

Qual seria a natureza das coisas sobrenaturais, se não divina?
Quase isso, ou... até é exatamente, mas é preciso fazer uma 'minimização booleana' para sair da armadilha linguística. A distinção entre o que é divino (de deuses) e o que é mágico é de pura artificialidade e arbitrariedade linguística -- aquele tipo de coisa que tem rédeas soltas quando não se é linguisticamente rigoroso... Observe o detalhe de como a linguagem é traiçoeira e sedutoramente destruidora. Muitíssimas vezes, parece estar(e -se) enriquecendo de definições e, portanto, de "poderes" sobre (e de) a verbalização da realidade, quando, o que está ocorrendo é que está-se redundando, nada mais. Tudo o que é mágico é a mesma coisa (conquanto está só na ideação), e perceber e entender isso é tudo o que importa à mente descrente. Desse entendimento, pode-se sim, dizer que a natureza das coisas sobrenaturais, todas, é sim, divina, porque o que é divino é nada mais que humano(izado), aquilo de que eu já falara lá atrás no início, que o pensamento mágico é a projeção da mente (das características da mente) nas coisas externas à ela.

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.697
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Estatísticas Ateístas
« Resposta #49 Online: 07 de Setembro de 2014, 17:02:30 »
Eu nunca neguei a existência/possibilidade de se alcançar conhecimento, você provavelmente deve estar aludindo para a minha descrição do ceticismo, que toca no assunto da verdade, veja bem, o ceticismo pirrônico não nega a existência da verdade, só não admite que ela já tenha sido alcançada.

E como eu coloquei, tenha alcançado a verdade ou não, seja conhecimento ou não, aquilo que se aceita como verdadeiro, é por si só uma atitude de crença (acreditar). Qualquer conhecimento (se for possível alcança-lo), por este motivo, se alcançado e aceito como tal, será também crença. Por isso todo aquele que sabe ou acha que sabe, acredita nisso, e seu estado de "saber" é também uma crença.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!