Autor Tópico: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo  (Lida 23269 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #50 Online: 26 de Julho de 2009, 19:23:11 »
Outro video interessante. Uma palestra sobre a xaropada dos fenômenos que aconteciam nos tempos de Kardec.

http://video.google.com/videosearch?q=history+spiritualism&emb=0&aq=f#
« Última modificação: 26 de Julho de 2009, 20:55:19 por Gigaview »

Offline Sklogw

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 589
  • Sexo: Masculino
  • Campanha Anti-Bullshit Científico
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #51 Online: 27 de Julho de 2009, 20:07:39 »
Tanto Crookes, Lombroso como Eusápia Paladino são figuras lamentáveis. Tirando Crookes, que fez trabalhos importantes com o tubo de raios catódicos (foi o precursor dos raios-X e da descoberta dos elétrons) é tudo uma turma que foi pra lata de lixo da história. Lombroso era um pseudo-cientista, patrono da análise fisionômica na criminologia, que nada de aproveitável se tirou (a não ser um grande constrangimento). Eusápia Paladino era uma médium picareta ao extremo. Médiuns mulheres do final do século XIX sempre se aproveitaram da impossibilidade de se submeterem a revistas, digamos, íntimas ou pelo menos mais detalhadas (lembrem da quantidade de anáguas e saias que as damas usavam nessa época). Ou vocês acham que algum pesquisador teria coragem de revistá-la para achar o "ectoplasma" escondido no meio daquele monte de anáguas?
"The most ordinary things are to philosophy a source of insoluble puzzles." [Ludwig Boltzmann]

"I venture to think that the people who talk most about it are the people who do least about it. Scientific method is what working scientists do, not what other people or even they themselves may say about it." [Percy W. Bridgman, "Reflections of a Physicist"]

"Ich habe einen Drachen in meiner Garage" [A. Einstein, psicografado por sklogw]

Offline _tiago

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.343
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #52 Online: 28 de Julho de 2009, 22:37:09 »
Giga,

Não vi tudo, mas essa de advinhar os números foi de doer o estômago...
Acho mais fácil acreditar em espíritos!! Rs.
Num sei... Eu tenho que ver isso acontecendo... Tem um conhecido meu mágico, vou ver se marco um encontro ou uma "sessão"... Te aviso!

PS: eu tô falando o history of magic.
« Última modificação: 28 de Julho de 2009, 22:47:20 por Mabumbo.P »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #53 Online: 28 de Julho de 2009, 23:54:41 »
Giga,

Não vi tudo, mas essa de advinhar os números foi de doer o estômago...
Acho mais fácil acreditar em espíritos!! Rs.
Num sei... Eu tenho que ver isso acontecendo... Tem um conhecido meu mágico, vou ver se marco um encontro ou uma "sessão"... Te aviso!

PS: eu tô falando o history of magic.

Você tem razão. Esse é o problema da mágica pela TV - eles não mostram tudo, apenas o milagre. Se você quiser ver como isso realmente é feito, assista ao show do Derren Brown: Something Wicked This Way Comes.

Parte 1:
Parte 2:
feature=related
Parte 3:
feature=related
Parte 4:
feature=related
Parte 5:
feature=related
Parte 6:
feature=related

Resumo da ópera: O Derren Brown realiza uma série de "adivinhações" e nos 5 minutos finais do show apresenta um vídeo com imagens feitas durante a apresentação mostrando como influenciou a platéia para escolher as adivinhações que ele iria fazer durante o show. Mostra claramente que ele escolheu o que ele iria "adivinhar". É preciso assistir tudo para entender os 5 minutos finais.

O interessante é que isso sempre aconteceu em todas as sessões durante semanas consecutivas em que o show esteve em cartaz. O último show foi filmado e transmitido pelo Channel Four da TV inglesa. Não esqueça que o Derren Brown é considerado o maior mágico mentalista da atualidade, é cético, ateu e totalmente descrente dos fenômenos paranormais.

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.778
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #54 Online: 29 de Julho de 2009, 00:17:58 »
Ok, Giga. Acabei de assistir ao outro vídeo. Não sei se eu estou com sono, não sei se é o inglês (eu perco muita coisa), mas aonde é que estava a cordinha que levantava a mesa, ou a pessoa que soprava os números, ou como a moça vestiu a jaqueta, etc., porque eu acho que eu passei batido nas explicações. Faz um resumão aí, vai, explicando cada um dos truques. Aí depois eu volto no vídeo e presto mais atenção no truque.
« Última modificação: 29 de Julho de 2009, 00:20:06 por Leafar »
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #55 Online: 29 de Julho de 2009, 00:20:50 »
cara, cê ta brincando... 
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #56 Online: 29 de Julho de 2009, 02:30:24 »
Ok, Giga. Acabei de assistir ao outro vídeo. Não sei se eu estou com sono, não sei se é o inglês (eu perco muita coisa), mas aonde é que estava a cordinha que levantava a mesa, ou a pessoa que soprava os números, ou como a moça vestiu a jaqueta, etc., porque eu acho que eu passei batido nas explicações. Faz um resumão aí, vai, explicando cada um dos truques. Aí depois eu volto no vídeo e presto mais atenção no truque.

Os melhores mágicos, aqueles capazes de realizar efeitos inexplicáveis, não revelam seus segredos porque contam com a ajuda de espíritos. Essa era a opinião de Arthur Conan Doyle, um grande seguidor de Allan Kardec e acredito que também seja a sua opinião. Portanto, se você não viu a cordinha que levantava a mesa é porque, de fato, não tinha cordinha alguma, ou se ninguém soprava os números era porque se tratava de uma comunicação telepática e a jaqueta era um exemplo claro de materialização e desmaterialização mediúnica da matéria.

Os grandes mágicos são médiuns verdadeiros porque sempre provocam fenômenos perfeitos e surpreendentes que só podem ser atribuídos a espíritos ou forças sobrenaturais. Não tem truque. Por outro lado, os médiuns espíritas são todos picaretas porque sempre foram e ainda são surpreendidos em algum tipo de fraude ou truque.

Leafar, pare de ler o Livro dos Médiuns e comece a ler os livros dos mágicos, você vai descobrir nas entrelinhas todos os segredos do universo.

 :)





« Última modificação: 29 de Julho de 2009, 02:37:09 por Gigaview »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #57 Online: 29 de Julho de 2009, 02:56:23 »
Seguem truques normalmente utilizados por médiuns em sessões espíritas, principalmente no tempo de Kardec. O primeiro é quase um manual do médium. No final do segundo, fala um pouco das fraudes de materialização.

http://www.mediafire.com/?mhmion0yh23
http://www.mediafire.com/?xntzydnnyn0
« Última modificação: 29 de Julho de 2009, 03:05:13 por Gigaview »

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.778
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #58 Online: 29 de Julho de 2009, 07:54:54 »
Ok, Giga. Acabei de assistir ao outro vídeo. Não sei se eu estou com sono, não sei se é o inglês (eu perco muita coisa), mas aonde é que estava a cordinha que levantava a mesa, ou a pessoa que soprava os números, ou como a moça vestiu a jaqueta, etc., porque eu acho que eu passei batido nas explicações. Faz um resumão aí, vai, explicando cada um dos truques. Aí depois eu volto no vídeo e presto mais atenção no truque.

Os melhores mágicos, aqueles capazes de realizar efeitos inexplicáveis, não revelam seus segredos porque contam com a ajuda de espíritos. Essa era a opinião de Arthur Conan Doyle, um grande seguidor de Allan Kardec e acredito que também seja a sua opinião. Portanto, se você não viu a cordinha que levantava a mesa é porque, de fato, não tinha cordinha alguma, ou se ninguém soprava os números era porque se tratava de uma comunicação telepática e a jaqueta era um exemplo claro de materialização e desmaterialização mediúnica da matéria.

Os grandes mágicos são médiuns verdadeiros porque sempre provocam fenômenos perfeitos e surpreendentes que só podem ser atribuídos a espíritos ou forças sobrenaturais. Não tem truque. Por outro lado, os médiuns espíritas são todos picaretas porque sempre foram e ainda são surpreendidos em algum tipo de fraude ou truque.

Leafar, pare de ler o Livro dos Médiuns e comece a ler os livros dos mágicos, você vai descobrir nas entrelinhas todos os segredos do universo.

 :)
Certamente que eu não vi a cordinha que levantava a mesa, ou o pé bobo que a sustentava, ou a cola na mão dos assistentes, etc... Estou declarando aqui de público a minha ignorância e por isso eu estou perguntando. Há outros truques lá naquele vídeo que eu também não entendi. Eu quero entender o truque e não estou em princípio atribuindo nenhuma influência espiritual. Eu quero entender o seu ponto de vista da sua própria visão materialista.

Você sabe como é feito ou não sabe? Explica num português bem simples para nós, até porque acho que não sou o único interessado na explicação.

Um abraço.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #59 Online: 29 de Julho de 2009, 09:26:49 »
Certamente que Kardec também não viu a cordinha que levantava a mesa, ou o pé bobo que a sustentava, ou a cola na mão dos assistentes, etc... Kardec não declarou de público sua ignorância e por isso ele devia ter perguntado. Há outros truques que ele também não entendeu. Ele deveria ter querido entender o truque mas o atribuiu em princípio a alguma influência espiritual. Kardec deveria ter entendido o ponto de vista da visão materialista dos mágicos.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #60 Online: 29 de Julho de 2009, 10:03:26 »
Citar
Você sabe como é feito ou não sabe? Explica num português bem simples para nós, até porque acho que não sou o único interessado na explicação.




Simples. Ação do ectoplasma.
Seja feliz na sua ilusão.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #61 Online: 29 de Julho de 2009, 10:29:38 »
Para os céticos interessados, veja logo acima o material que ensina passo a passo como provocar fenômenos espirituais impressionantes. Deixo claro que não sou nem pretendo ser mágico. O meu interesse em mágica é restrito ao mentalismo e serve apenas para me ajudar a minimizar as minhas chances de ser enganado diante de alguns acontecimentos inexplicáveis e normalmente atribuído às forças espirituais e de mudar meus pontos de vista em função daquilo que poderia considerar verdadeiro mas que não passa de uma ilusão.

A pior situação é construir crenças e pontos de vista acreditando na experiência de pessoas que foram iludidas.

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.778
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #62 Online: 29 de Julho de 2009, 12:52:52 »
Citar
Você sabe como é feito ou não sabe? Explica num português bem simples para nós, até porque acho que não sou o único interessado na explicação.



Simples. Ação do ectoplasma.
Seja feliz na sua ilusão.
Não estou entendendo a tua bronca, Giga. Me dá a tua explicação para a mágica. Eu não estou em princípio dizendo que ela será falsa ou que a minha explicação será a verdadeira. Para eu aceitar ou contestar eu preciso entender o teu ponto de vista. Você sabe ou não sabe como foi feito o truque da mesa (para nos limitarmos a apenas um truque por enquanto)? Para os demais, que talvez não estejam entendendo sobre o que estamos discutindo, está mais ou menos a partir dos dois minutos do video abaixo indicado pelo Giga alguns posts atrás:


Um abraço.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #63 Online: 29 de Julho de 2009, 16:32:08 »
Citar
Você sabe como é feito ou não sabe? Explica num português bem simples para nós, até porque acho que não sou o único interessado na explicação.



Simples. Ação do ectoplasma.
Seja feliz na sua ilusão.
Não estou entendendo a tua bronca, Giga. Me dá a tua explicação para a mágica. Eu não estou em princípio dizendo que ela será falsa ou que a minha explicação será a verdadeira. Para eu aceitar ou contestar eu preciso entender o teu ponto de vista. Você sabe ou não sabe como foi feito o truque da mesa (para nos limitarmos a apenas um truque por enquanto)? Para os demais, que talvez não estejam entendendo sobre o que estamos discutindo, está mais ou menos a partir dos dois minutos do video abaixo indicado pelo Giga alguns posts atrás:


Um abraço.

OK. Vamos começar com Faraday para você se convencer primeiro de que não se trata de um "fenômeno espiritual", mas humano, provocado pelas pessoas ao redor da mesa através do movimento ideomotor.

Citar
A SCIENTIST "TURNS THE TABLES"

Michael Faraday was one of the most brilliant of the 19th Century scientists. As a chemist and physicist, he helped change electricity from a curiosity into an actual energy source -- and he also dampened the Victorian passion for table tipping. Faraday took an interest in the fad after some other scientists proposed that the reason the it worked was because of a mysterious magnetic or electrical force. Faraday disagreed and instead theorized that the force at work in table tilting was an involuntary and unconscious muscle contraction experienced by séance sitters. This, he believed, was what caused the tables to rock and tilt.

To demonstrate, he fashioned a table with two tops that were divided by a layer of ball bearings and sturdy rubber bands. When sitters worked with his device, the upper table top moved first, showing that the fingers were moving the table and not the other way around. Once sitters realized the nature of the experiment, movement of the table ceased. Apparently, once the conscious mind realized the force behind the movement, the mystery was gone.

For Faraday and others, the proof was indisputable and the experiments caused a decline in the popularity of the past time. Many believers scoffed at Faraday's findings though, claiming that tables not only tipped but also lifted into the air and galloped about -- behavior completely separate from active fingers and wishful thinking! Needless to say, the mystery remained for most and scientists and Spiritualists once again disagreed on the methods, and perhaps the madness, of the movement.  http://www.prairieghosts.com/table.html

Uma notícia de 1885 relatando o assunto. O que reforça que na época já se tinha plena certeza e que era público e notório que o fenômeno não tinha nada de sobrenatural:
http://query.nytimes.com/mem/archive-free/pdf?_r=1&res=940CE0DD113CE731A25750C0A9639C94649FD7CF

Eusapia Paladino, considerada pelos espíritas como uma das maiores médiuns de todos tempos e a maior farsante pelos céticos fazia diferente (http://query.nytimes.com/gst/abstract.html?res=9906E7DB1530E233A25751C1A9639C946196D6CF) e quando foi surpreendida em fraude ficou bastante clara a sua técnica.





A técnica varia conforme a circunstância, facilitada pelas condições do ambiente. No caso das sessões espíritas, a presença de crentes e o escuro quase total (ou à luz de velas) deixa o médium (e seus comparsas) à vontade e no controle total da situação. Quando se estabelecem condições mais rígidas de controle o "fenômeno" não acontece ou demora horas e horas para acontecer até encontrar condições de cansaço dos vigilantes. A explicação é sempre a mesma: a decisão é sempre dos espíritos.

No manual que postei acima, está explicada uma das maneiras de realizar:



Existem dezenas de modos diferentes, inclusive sem as mãos, como no vídeo citado. Não sei como se faz mas envolve tecnologia e movimento ideomotor. Sei que um mágico vendeu em 1995  o segredo um truque desses, inédito, num clube de mágicos de NY por quase U$ 1.000. No vídeo no início do tópico, o Derren Brown também faz o truque sem as mãos sobre a mesa ( na verdade ele segura uma das pontas da toalha que cobre a mesa, solta e segura a outra ponta) com uma mesa pequena. Note que a tecnologia utilizada é bastante simples e inteiramente acessível na época da moda espírita (final do séc XIX).

Nas sessões espíritas domésticas acontece mais ou menos como no vídeo abaixo, apenas movimento ideomotor.

http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&VideoID=45804309

O interessante é que no início era uma manifestação dos espíritos, mas com a decadência do espiritismo, a explicação paranormal tem relação com o uso de potencialidades desconhecidas do cérebro. Quem sabe daqui uns anos, será algum tipo de interferência telepática extraterrestre ou quântica de universos pararelos.

« Última modificação: 29 de Julho de 2009, 17:26:27 por Gigaview »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #64 Online: 29 de Julho de 2009, 16:36:26 »
Houdini fazendo uma demonstração de fraude no congresso americano. A técnica de liberar o pé é a mesma usada por Eusapia Paladino. Note que as pessoas ao redor da mesa prendiam o pé do médium pisando-o.

« Última modificação: 29 de Julho de 2009, 16:38:27 por Gigaview »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #65 Online: 29 de Julho de 2009, 16:50:07 »
Essa é a versão espírita do "fenômeno". O bigodão é Sir Arthur Conan Doyle (autor de Sherlock Homes, espírita convicto, crente de que as fadas existem e amigo pessoa de Houdini (!) a quem ele atribuia poderes mediúnicos).

Notem a mãozona do espiritão de ectoplasma materializada por baixo da mesa. É ou não é xarope????? O pior é que tem gente que leva isso a sério....


Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.778
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #66 Online: 29 de Julho de 2009, 22:10:42 »
Existem dezenas de modos diferentes, inclusive sem as mãos, como no vídeo citado. Não sei como se faz mas envolve tecnologia e movimento ideomotor...
Ok. Alguém mais então tem alguma explicação? Eu quero aprender pra fazer em casa... 8-)

Segue um outro vídeo:


Como podem ver, é um truque bem parecido com esse proposto pelo Giga e supostamente praticado pelos espíritas:

http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&VideoID=45804309

 :histeria:

Um abraço.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #67 Online: 29 de Julho de 2009, 22:41:35 »
Existem dezenas de modos diferentes, inclusive sem as mãos, como no vídeo citado. Não sei como se faz mas envolve tecnologia e movimento ideomotor...
Ok. Alguém mais então tem alguma explicação? Eu quero aprender pra fazer em casa... 8-)

Segue um outro vídeo:


Como podem ver, é um truque bem parecido com esse proposto pelo Giga e supostamente praticado pelos espíritas:

http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&VideoID=45804309

 :histeria:

Um abraço.

Não entendí a graça. O primeiro é um truque de mágica, o segundo é uma demonstração clara do efeito ideomotor e existem dezenas de vídeos no YouTube mostrando exatamente o mesmo comportamento da mesa. Já mostrei que Faraday demonstrou que não é a mesa que se move por sí, mas os dedos dos participantes que empurram. A fraude da Eusapia está aí documentada em 1910 mostrando inclusive, com foto, o segrêdo para levitar a mesa que enganou os mais espertos espíritas de sua época e continuaria enganando, como D. D. Home fez, se não fosse desmascarada por céticos incrédulos.

Tá rindo do que então?

Já disse que não sou mágico, mas precisa saber como é feito o truque para acreditar que é mágica? Ou você está insinuando que não é mágica e que os espiritos provocam o movimento...

Leafar, não é prá rir...é prá chorar...


« Última modificação: 29 de Julho de 2009, 22:53:17 por Gigaview »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #68 Online: 29 de Julho de 2009, 22:47:25 »
Leafar,

Quem deve provar é você...esqueceu? Estou apenas mostrando que a mágica é uma explicação plausível considerando o gigantesco volume de fraudes.

E então? Vai mostrar alguma evidência ou vai ficar rindo...

Rindo do que mesmo???  :o

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.778
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #69 Online: 29 de Julho de 2009, 22:52:17 »
Eu nunca disse que são necessários espíritos para provocar esses efeitos.

E eu só ri porque o vídeo que você postou não explica a mesa levitando. É um vídeo totalmente fora de contexto. O mesmo com relação ao texto que você postou. Não explica nada!
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #70 Online: 29 de Julho de 2009, 23:05:40 »
Eu nunca disse que são necessários espíritos para provocar esses efeitos.

E eu só ri porque o vídeo que você postou não explica a mesa levitando. É um vídeo totalmente fora de contexto. O mesmo com relação ao texto que você postou. Não explica nada!

Fora de contexto? Ele explica que mesas precisam de truques de mágica para levitar...entendeu agora?

A sua imaginação colorida pelas bobagens espíritas deve construir um quadro totalmente fora da realidade. Na sua fantasia espírita você deve imaginar as mesas na época de Kardec voando de forma inteligente para responder perguntas idiotas. Não era bem assim. O comportamento era igualzinho ao desse filme que você achou engraçado. Apenas os grandes médiuns que eram mestres na fraude faziam a levitação de objetos, mesmo assim para uma platéia espírita convencida de que eram manifestações espirituais. Desmarcarar médiuns também não era um trabalho fácil, pois ao menor sinal de desconfiança os "espiritos" desapareciam.

Leafar, vai estudar vai...


Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #71 Online: 29 de Julho de 2009, 23:26:29 »
Giga, sabe qual evidência vai fazer o Leafar mudar de idéia?

Quando um espírito falar para ele que espíritos não existem...
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.556
  • Love it or Hate it
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #72 Online: 29 de Julho de 2009, 23:32:54 »
Giga, sabe qual evidência vai fazer o Leafar mudar de idéia?

Quando um espírito falar para ele que espíritos não existem...

 :histeria: :histeria: :histeria:

Mesmo assim ele pode achar que é um espírito brincalhão....

Não tem jeito não. Acredito que o espiritismo produz mazelas físicas no cérebro, tenho até um nome: lobotomia espiritóide.

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #73 Online: 30 de Julho de 2009, 08:31:39 »
Eu nunca disse que são necessários espíritos para provocar esses efeitos.

E eu só ri porque o vídeo que você postou não explica a mesa levitando. É um vídeo totalmente fora de contexto. O mesmo com relação ao texto que você postou. Não explica nada!
Fora de contexto apenas na sua opinião que já está claro que é parcial.

Achismo não vale nada, já lhe dissemos isso.

Se voce ACHA que está fora de contexto apresente uma contra-aregumentação.

Agora me dei conta, as dezenas de "refutações" que ele disse ter postado e nunca vistas aqui são esse tipo de bullshit!! Achismos baseados em coisa alguma!
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.778
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Táticas Espíritas: uso da sugestão e do medo
« Resposta #74 Online: 30 de Julho de 2009, 19:09:23 »
Pois é... Esse silêncio me sugere que talvez eu possa usar os vídeos como evidências a meu favor nos debates... Quem sabe eu não os poste lá no tópico do desafio.  8-)
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!