Autor Tópico: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil  (Lida 6829 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Micrômegas

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 363
  • Sexo: Masculino
Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Online: 20 de Setembro de 2010, 15:01:43 »
No mesmo dia houve uma matéria no Fantástido sobre Chico Xavier. 

Achei interessante o resultado da enquete sobre quem acredita em Reencarnação. 81% disseram acreditar e os outros 19% não acreditam. Esses 19% creio que foram de católicos, evangélicos e protestantes, ficando uma parcela muito pequena para o ceticismo e o ateísmo (é o que eu deduzi).


Os tempos estão difíceis para o ateismo. Novelas dando primeiro lugar em audiênica; Filmes estourando o récorde de bilhereiras e sujeito a concorrer o Oscar. Livros na lista do mais vendidos; vários programas espíritas na tv brasileira; várias citações em quase todos os programas, inclusive o Pânico; O meio acadêmico está bem mais flexicivel aceitando palestras e cursos espíritas dentro de suas faculdades. Além disso, uma simples busca na net por determinado assuntos com cunho religioso, filosofico, teologico etc notem que os primeiros resultados caem em sites espíritas ou algum artigo espírita.


É por isso que tenho notado que os espíritas que gostam de defender a Doutrina Espírita tem sumido de foruns de discussões que atacam o Espíritismo; eles estão vendo que não precisam ficar discutindo ou perdendo tempo porque o espiritismo cresce com os ataques e é impossível ser parado.  :ok:


<a href="http://www.youtube.com/v/vBs_CfOb8lE" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/vBs_CfOb8lE</a>

<a href="http://www.youtube.com/v/1PdqnJa79h0" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/1PdqnJa79h0</a>

<a href="http://www.youtube.com/v/HtMtd82Yo7I" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/HtMtd82Yo7I</a>




abraços
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

Offline Mr. Mustard

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.918
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #1 Online: 20 de Setembro de 2010, 15:05:52 »
Os tempos estão difíceis para o ateismo. Novelas dando primeiro lugar em audiênica; Filmes estourando o récorde de bilhereiras e sujeito a concorrer o Oscar. Livros na lista do mais vendidos; vários programas espíritas na tv brasileira; várias citações em quase todos os programas, inclusive o Pânico; O meio acadêmico está bem mais flexicivel aceitando palestras e cursos espíritas dentro de suas faculdades. Além disso, uma simples busca na net por determinado assuntos com cunho religioso, filosofico, teologico etc notem que os primeiros resultados caem em sites espíritas ou algum artigo espírita.

É por isso que tenho notado que os espíritas que gostam de defender a Doutrina Espírita tem sumido de foruns de discussões que atacam o Espíritismo; eles estão vendo que não precisam ficar discutindo ou perdendo tempo porque o espiritismo cresce com os ataques e é impossível ser parado.  :ok:

E?

Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #2 Online: 20 de Setembro de 2010, 15:08:27 »
Hmm... Deixa eu desenhar:







Entendeu agora?
You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.997
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #3 Online: 20 de Setembro de 2010, 15:11:39 »
Sem contar que o número de espíritas, perto das grandes religiões, é quase nada. É como comemorar que seu time conseguiu acesso à série D do Brasileiro...
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #4 Online: 20 de Setembro de 2010, 15:18:59 »

Citar
É por isso que tenho notado que os espíritas que gostam de defender a Doutrina Espírita tem sumido de foruns de discussões que atacam o Espíritismo;
Bom,
partindo da amostragem deste forum, é fácil concluir que os espíritas não ficam muito tempo pois não conseguem sustentar sua crença com argumentos.

E realmente, os tempos parecem realmente ruins para o pensamento racional, mas essa religião está muito relacionada a falta de cultura e educação de um povo, haja visto que é uma crença que prospera somente em países com educação deficiente (Brasil, Africa, etc). Mas a Europa conseguiu se livrar desta crença moralmente atrazada, quem sabe não tomemos o mesmo caminho, mesmo que demore...
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.997
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #5 Online: 20 de Setembro de 2010, 15:30:24 »
Eu acho incrível como crentes não conseguem enxergar a contradição óbvia de acreditar que, dentre as milhares de religiões existentes e contraditórias entre si, ele teve a sorte de escolher a única correta.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Micrômegas

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 363
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #6 Online: 20 de Setembro de 2010, 17:22:04 »
Hmm... Deixa eu desenhar:







Entendeu agora?
Que fato, o materialismo?

Ja ouviu falar da falácia contra-falácias Judas Scariotium (sic) ? Não deve ter ouvido pois acabei de inventar  :D.

  • Falácia contra-falácia Judas Scariotium ( Falácia Traidora - Falácia dentro da própria falácia )

    Teoricamente a falácia Judas Scariotium é um tiro certo no alvo errado, ou seja, no próprio pé; pois ela mostra uma sentença hipoteticamente verdadeira onde o resultado é aparentemente verdadeiro para quem lança e igualmente verdadeiro para quem é lançada. Entretanto o resultado pode ser enganador e traidor pois ela so faz sentido contra seus próprios colegas, nunca contra quem pensa diferente. Se lançada contra pessoas que não concordam com as mesmas idéias mostrará que você usa o termo falácia para mostrar que está caindo em uma falácia; ou seja, foi traído por seu próprio argumento e o pior, mostra que foi você que usou uma falácia para contra-argumentar um argumento, e não o "adversário"; como o exemplo da imagem acima da falácia argumentum ad populum que pode ser interpretada da mesma forma para ambos os partidos, tanto pode fazer sentido para um, como para o outro, porque cada um defende sua teoria crente que está certo, e nunca crente que está errado, portanto não faz sentido essa falácia.

    Por Ex: Falácia do ônus da prova (usada frequêntemente)

    Ex.; "Se você disser que tal coisa existe, o ônus da prova é seu e cabe a você provar".

    Essa falácia também é uma falácia Judas Scariotium (falácia dentro da própria falácia) e é usada disfarçadamente para dizer que "não quero me meter nesse assunto pois não faço a mínima idéia do que ele está falando ou não quero acreditar pois não quero deixar meus princípios de lado; então vou dizer que o ônus da prova é dele, mesmo que também cabe a mim provar."


    Por que esta  falácia é uma falácia?

    O ônus da prova cabe aquele que quer descobrir a verdade (Platão é meu amigo, mas sou mais amigo da verdade; assim dizia Aristóteles ao refutar seu amigo Platão) e que não se importa com regras ou conceitos pré-estabelecidos pela sociedade. Exemplo: Kepler provou "ciêntificamente" que a terra gira em torno do Sol; entretanto 400 a.c ja sabia que a terra não era o centro do Universo; não foi pelo fato de que coube aos gregos o ônus da prova que a terra deixou de ser um mero grão de poeira cósmica. Por isso deve ficar atento pois na maioria das vezes toda falácia é uma falácia, Judas Scariotium :D

     






    Não ir pro trampo numa segunda-feira da nisso :D


« Última modificação: 21 de Setembro de 2010, 09:27:54 por Micrômegas »
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.873
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #7 Online: 20 de Setembro de 2010, 17:34:07 »
No mesmo dia houve uma matéria no Fantástido sobre Chico Xavier.

Isto chamasse "segmentação de mercado".


Achei interessante o resultado da enquete sobre quem acredita em Reencarnação. 81% disseram acreditar e os outros 19% não acreditam. Esses 19% creio que foram de católicos, evangélicos e protestantes, ficando uma parcela muito pequena para o ceticismo e o ateísmo (é o que eu deduzi).

Acreditar. Eis o que separa o crente do cético, em particular do cético cientista.

O mito da reencarnação é anterior ao espiritismo kardecista que somado à falta de conhecimento da doutrina cristã por parte da maioria dos católicos e o sincretismo de crenças, explica satisfatoriamente este (alegado) percentual.

Os ateus e os céticos são minoria não de hoje mas desde que a primeira corrente filosófica cética foi implantada na Grécia no século 3 AC, com Pirro de Élis.


Os tempos estão difíceis para o ateismo.

Sempre foram, assim como sempre foi elevado o índice de crendice e de ignorância científica!


Novelas dando primeiro lugar em audiênica; Filmes estourando o récorde de bilhereiras e sujeito a concorrer o Oscar. Livros na lista do mais vendidos; vários programas espíritas na tv brasileira; várias citações em quase todos os programas, inclusive o Pânico; O meio acadêmico está bem mais flexicivel aceitando palestras e cursos espíritas dentro de suas faculdades. Além disso, uma simples busca na net por determinado assuntos com cunho religioso, filosofico, teologico etc notem que os primeiros resultados caem em sites espíritas ou algum artigo espírita.

Primeiro. Argumentum ad populum.

Segundo. Novelas? Faustão? Filme sobre Chico Xavier? Livros e programas espíritas? O que isto indica, além de crendice?

Terceiro. O número de espíritas kardecistas e congêneres é muito menor que o número de católicos, por exemplo.

Quarto. O "meio acadêmico está mais flexível"? De qual "meio acadêmico" voce está falando? Da Faculdade Espírita do Paraná ou da USP? E do que se trata esta "maior flexibilidade com cursos e palestras"? Análise de cunho histórico ou análise de cunho científico (que eu duvido em universidades de ponta!)?


É por isso que tenho notado que os espíritas que gostam de defender a Doutrina Espírita tem sumido de foruns de discussões que atacam o Espíritismo; eles estão vendo que não precisam ficar discutindo ou perdendo tempo porque o espiritismo cresce com os ataques e é impossível ser parado.  :ok:

O que significa "parar" o espiritismo? Ameaçar fisicamente os seus adeptos? Eu acho que não é isto, "né" Micrômegas?


abraços

Retribuo.
Foto USGS

Offline André Luiz

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.411
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #8 Online: 20 de Setembro de 2010, 17:48:33 »
Muito barulho por nada

A crença em "isprito" existe a muito tempo e nao vai ser agora que ira sumir

Offline Micrômegas

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 363
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #9 Online: 20 de Setembro de 2010, 17:59:52 »
No mesmo dia houve uma matéria no Fantástido sobre Chico Xavier.

Isto chamasse "segmentação de mercado".


Achei interessante o resultado da enquete sobre quem acredita em Reencarnação. 81% disseram acreditar e os outros 19% não acreditam. Esses 19% creio que foram de católicos, evangélicos e protestantes, ficando uma parcela muito pequena para o ceticismo e o ateísmo (é o que eu deduzi).

Acreditar. Eis o que separa o crente do cético, em particular do cético cientista.

O mito da reencarnação é anterior ao espiritismo kardecista que somado à falta de conhecimento da doutrina cristã por parte da maioria dos católicos e o sincretismo de crenças, explica satisfatoriamente este (alegado) percentual.

Os ateus e os céticos são minoria não de hoje mas desde que a primeira corrente filosófica cética foi implantada na Grécia no século 3 AC, com Pirro de Élis.


Os tempos estão difíceis para o ateismo.

Sempre foram, assim como sempre foi elevado o índice de crendice e de ignorância científica!


Novelas dando primeiro lugar em audiênica; Filmes estourando o récorde de bilhereiras e sujeito a concorrer o Oscar. Livros na lista do mais vendidos; vários programas espíritas na tv brasileira; várias citações em quase todos os programas, inclusive o Pânico; O meio acadêmico está bem mais flexicivel aceitando palestras e cursos espíritas dentro de suas faculdades. Além disso, uma simples busca na net por determinado assuntos com cunho religioso, filosofico, teologico etc notem que os primeiros resultados caem em sites espíritas ou algum artigo espírita.

Primeiro. Argumentum ad populum.

Segundo. Novelas? Faustão? Filme sobre Chico Xavier? Livros e programas espíritas? O que isto indica, além de crendice?

Terceiro. O número de espíritas kardecistas e congêneres é muito menor que o número de católicos, por exemplo.

Quarto. O "meio acadêmico está mais flexível"? De qual "meio acadêmico" voce está falando? Da Faculdade Espírita do Paraná ou da USP? E do que se trata esta "maior flexibilidade com cursos e palestras"? Análise de cunho histórico ou análise de cunho científico (que eu duvido em universidades de ponta!)?


É por isso que tenho notado que os espíritas que gostam de defender a Doutrina Espírita tem sumido de foruns de discussões que atacam o Espíritismo; eles estão vendo que não precisam ficar discutindo ou perdendo tempo porque o espiritismo cresce com os ataques e é impossível ser parado.  :ok:

O que significa "parar" o espiritismo? Ameaçar fisicamente os seus adeptos? Eu acho que não é isto, "né" Micrômegas?


abraços

Retribuo.
Vocês ainda não entenderam uma coisa. Vocês não estão defendendo a ciência, nunca estiveram, e nunca irão defender, porque a ciência não precisa de defensores sendo ela uma exploradora da verdade. Vocês estão defendendo o materialismo, e usando a ciência como muleta, so isso, nada além disso; o resto é um ad hoc paralelo com as descobertas. Uma crença que crer que não existe nada além da matéria: é nisso que vocês creem, porque a ciência não é fruto de opniões.

Se a ciência provar que existe algo fora da matéria vocês tem que engolir, portanto, não tem como vocês defende-la pois ela não precisa da opnião de vocês; precisa de cientistas que buscam a verdade seja qual for;  muito pelo contrário do materialismo que busca uma verdade pessoal. É tão verdade que se caso provar que existe algo além da matéria a culpa do entravamento e atraso da ciência é toda de vocês.

Não pensaram nisso, "né" Geotecton.






não tenho paciência de quotar todas as frases como você, o forum não ajuda; por isso é um argumento para todo o post.

« Última modificação: 20 de Setembro de 2010, 23:34:16 por Micrômegas »
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

Offline Mr. Mustard

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.918
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #10 Online: 20 de Setembro de 2010, 18:19:09 »
Vocês ainda não entenderam uma coisa. Vocês não estão defendendo a ciência, nunca esteve, e nunca irão defender, porque a ciência não precisa de defensores sendo ela uma exploradora da verdade. Vocês estão defendendo o materialismo, e usando a ciência como muleta, so isso, nada além disso: uma crença que crer que não existe nada além da matéria: é nisso que vocês creem, porque a ciência não é fruto de opniões.

Se a ciência provar que existe algo fora da matéria vocês tem que engolir, portanto, não tem como vocês defender a ciência pois ela não precisa da opnião de vocês; precisa de ciêntistas que buscam a verdade independente de qual for; Muito pelo contrário do materialismo: se caso provar que existe algo além da matéria a culpa do entravamento e atraso da ciência é toda de vocês.

Não pensaram nisso, "ne" Geotecton.

não tenho paciência de quotar todas as frases como você, o forum não ajuda; por isso é um argumento para todo o post.

Maaaannhhhhêêêê, o Micrômegas me chamou de materialista!!! :hehe:

Caro forista,

É uma brincadeira, não leve a mal.
Mas acho que você não está nada bem hoje, não é?

Offline Mister B

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 299
  • Sexo: Masculino
  • Walt Whitman, Brahms, Darwin, Marx. Pode escolher!
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #11 Online: 20 de Setembro de 2010, 18:22:56 »
Não, Micromegas. Não temos que engolir nada. Não batemos o pé ou pirraça. Não eu, ao menos. Somos contra apenas gente, como você, que vem a um fórum de céticos querendo que aceitemos suas crenças e ainda tenta baseá-las em ciência. E o pior, com um argumento simplório como esse, de "aumento de interesse", como se isso dissesse alguma coisa.

Agora vem dizer que usamos a ciência como muleta... Por favor. Acho que nenhum dos céticos aqui venera a ciência ou faz orações pra ela ou acha que tudo é explicado e o que não é explicado é ação do "sobrenatural". Se algo que antes era considerado "sobrenatural" for provado pela ciência, sabe o que acontece? Ela se torna natural, pois passa a pertencer à nossa compreensão.

O que não fazemos é aceitar coisas sem explicações que podem ser provadas. E nem digo só cientificamente, mas empiricamente. Espíritos, o que é o seu caso, vai de encontro ao que o AngeloItacare prega em outro tópico. Qual de vocês está certo? E se vocês dois estiverem errados e o certo for o Deus Bumba, o do vômito cósmico? Um cético não é aquele que não acredita porque não quer acreditar. Ele não acredita porque não vê motivos para tal. Alguém que não acredita em nada é niilista.

E tem mais:  se um cético acredita cegamente na ciência porque ele acha que ela é a única verdade, aí sim ele está sendo radical. Mas como exposto pelo Contini, a ciência é a melhor forma que temos de obter conhecimento. E ela não te obriga a acreditar nela, nem promete castigos. Ela apenas estuda o universo e fornece as ferramentas para conhecermos ainda mais.
« Última modificação: 20 de Setembro de 2010, 19:12:57 por Mister B »
"O cristianismo nos afirma que há um homem invisível, que vive no céu e vigia tudo o que fazemos, o tempo todo. O homem invisível tem uma lista de 10 coisas que ele não quer que a gente faça. Se você fizer qualquer uma dessas coisas, o homem invisível tem um lugar especial, cheio de fogo, fumaça, sofrimento, tortura e angústia onde ele vai lhe mandar viver, queimando, sofrendo, sufocando, gritando e chorando para todo o sempre. Mas ele ama você!
George Carlin

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #12 Online: 20 de Setembro de 2010, 19:10:39 »
Citar
Vocês ainda não entenderam uma coisa. Vocês não estão defendendo a ciência, nunca esteve, e nunca irão defender, porque a ciência não precisa de defensores sendo ela uma exploradora da verdade. Vocês estão defendendo o materialismo, e usando a ciência como muleta, so isso, nada além disso: uma crença que crer que não existe nada além da matéria: é nisso que vocês creem, porque a ciência não é fruto de opniões.
ERRADO.
Estamos "defendendo" como voce diz, o pensamento racional e o metodo científico.
Essa estorinha de materialismo foi invenção de religiosos para tentar desqualificar quem defenda a ciencia quando essa não corrobora as crenças espiritas.

Micromegas, está claro que voce não entende nadade ciencias, pelo seu desejo que a mesma prove sua religião. Isso não vai acontecer. Não adianta inventar uma nova ciencia, só porque a real não colabora com sua religião.
Veja esse link, sobre o método científico. Está em linguagem simples e clara:
http://www.projetoockham.org/ferramentas_metodo_1.html

Leia antes, e entenda o que é ciencia de verdade, para não cair de novo nesses enganos. A ciencia é uma ferramenta, que não é perfeita mas comprovadamente é a melhor que temos, e ela não está aí para provar uma religião só porque ela é do seu agrado.
« Última modificação: 20 de Setembro de 2010, 19:13:02 por Contini »
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.873
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #13 Online: 20 de Setembro de 2010, 19:14:01 »
Vocês ainda não entenderam uma coisa. Vocês não estão defendendo a ciência, nunca esteve, e nunca irão defender, porque a ciência não precisa de defensores sendo ela uma exploradora da verdade.

Eu não estou "defendendo a ciência" e sim afirmando que ela não corrobora, até o momento, a posição espírita de que o Espiritismo é científico.

Sem entrar no mérito filosófico, eu modestamente acho que a ciência não busca a "verdade" e sim procura descrever, analisar e interpretar a realidade objetiva, ou seja, aquilo que se apresenta para nós pela razão e os sentidos.


Vocês estão defendendo o materialismo, e usando a ciência como muleta, so isso, nada além disso: uma crença que crer que não existe nada além da matéria: é nisso que vocês creem, porque a ciência não é fruto de opniões.

A filosofia materialista não "crê" que não existe nada além da matéria (e energia) e sim duvida de que exista algo além de, até que se apresente as evidências racionais disto.

Admite-se que há três grupos distintos de conhecimento: a filosofia (que busca a "verdade" racional), a religião (que busca a "verdade" revelada) e a ciência (que busca a "verdade" empírico-racional). Os céticos partem da premissa que se uma informação de "algo" não pode ser obtida pela razão e pelos sentidos, então não há motivo para considerar que este "algo" exista, além da esfera da crença.

A ciência não é fruto de opiniões? Tudo bem, mas há necessidade de um parêntesis nisto. A ciência também evolui, principalmente sua epistemologia.


Se a ciência provar que existe algo fora da matéria vocês tem que engolir, portanto, não tem como vocês defender a ciência pois ela não precisa da opnião de vocês; precisa de ciêntistas que buscam a verdade independente de qual for; Muito pelo contrário do materialismo.

Eu não terei que "engolir" nada. Uma vez comprovada a sua proposição, eu passaria a incluir aquela informação em meu cabedal científico.

Sua indignação contra o materialismo está obnubilando a sua qualidade na avaliação sobre o 'fazer-ciência' dos ateus, pois gostaria de lembrá-lo que a imensa maioria dos principais cientistas, hoje, é atéia. E entre os ateus, a maioria em momento algum, vociferou gratuitamente contra os deuses ou o sobrenatural, mas apenas quando são chamados para debater.


É tão verdade que se caso provar que existe algo além da matéria a culpa do entravamento e atraso da ciência é toda de vocês.

Não Micrômegas, a partir do momento que qualquer coisa do espiritismo ou do teísmo em geral for provado, ele passará ao corpus de conhecimento da ciência.

E aí eu pergunto: Porque é que todos os casos apresentados pelos espíritas não passaram pelo crivo da Ciência? Sem respostas ad hoc, por favor!  


Não pensaram nisso, "ne" Geotecton.

Pensamos sim, Micrômegas, pensamos sim!

Tanto é verdade que há um certo consenso (apaziguamento?), de que o "conhecimento espiritual" não pode ser demonstrado cientificamente, onde a premissa materialista considera que o sobrenatural não existe, ao passo que a premissa teísta afirma que são duas categorias de substâncias diferentes, e que o sobrenatural não pode ser identificado pela razão sensível, mas somente pela fé e pela razão pura.


não tenho paciência de quotar todas as frases como você, o forum não ajuda; por isso é um argumento para todo o post.

Não pedi para voce "quotar" todas as frases. Eu o faço por respeito a voce e para manter a clareza do diálogo.
« Última modificação: 21 de Setembro de 2010, 08:32:54 por Geotecton »
Foto USGS

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #14 Online: 20 de Setembro de 2010, 19:15:33 »
E eu dei uma explicação perfeitamente plausível sobre a sua suposição equivocada sobre o comportamento dos religiosos espíritas neste forum.
Inclusive é só reler os debates que fica clara a total falta de argumentos e as falácias que a maioria dos crentes espíritas vem apregoar aqui, e como eles "somem" quando começam a ser questionados...
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.932
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #15 Online: 21 de Setembro de 2010, 07:18:25 »
Nós já tivemos tempos bons no Brasil? :|
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #16 Online: 21 de Setembro de 2010, 13:32:37 »
Nós já tivemos tempos bons no Brasil? :|
:histeria: :histeria: O Diego já refutou o "argumento...
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline West

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.888
  • Sexo: Masculino
  • "Como um grão de poeira suspenso num raio de sol"
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #17 Online: 21 de Setembro de 2010, 14:38:14 »
Assisti essa entrevista e achei que os entrevistados se sentiram bastante constrangidos com as perguntas, talvez por vergonha de confessar que acreditavam em toda essa papagaiada ou por medo de dizer que não acriditam e serem discriminados em rede nacional . Isso ficou banstante evidente.
"Houve um tempo em que os anjos perambulavam na terra.
Agora não se acham nem no céu."
__________
Provérbio Iídiche.

"Acerca dos deuses não tenho como saber nem se eles existem nem se eles não
existem, nem qual sua aparência. Muitas coisas impedem meu conhecimento.
Entres elas, o fato de que eles nunca aparecem."
__________
Protágoras.Ensaio sobre os deuses. Séc. V a.C.

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #18 Online: 21 de Setembro de 2010, 14:43:10 »
Falando em educação científica, o desconhecimento de como funciona a ciencia não é privilégio nosso, veja nos EUA:
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/802161-universitarios-acreditam-que-et-fez-piramides-analfabetismo-cientifico-nos-eua-preocupa.shtml
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline O Grande Capanga

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.700
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #19 Online: 21 de Setembro de 2010, 15:59:34 »
Falando em educação científica, o desconhecimento de como funciona a ciencia não é privilégio nosso, veja nos EUA:
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/802161-universitarios-acreditam-que-et-fez-piramides-analfabetismo-cientifico-nos-eua-preocupa.shtml

E quem acredita que exista um barbudo que fez o mundo?

E olha que não estou falando dos criacionistas de terra jovem, que acreditam que o mundo tem uns 6000 anos.

Offline Spitfire

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.530
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #20 Online: 21 de Setembro de 2010, 21:14:54 »
Acho que não somos nós, ateus, que estão em apuros... talvez na época das inquisições fosse uma má época, hoje não... vide o malabarismo pseudo-intelectual que algumas correntes estão precisando fazer para manter seu quinhão. Pastores patrocinando lutas-livres abençoadas e espíritas largando o "magnetismo" e apelando para o "novo" argumento Quântico.

A vida nunca esteve tão difícil para os geradores de BULLSHIT.    ;P

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.867
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #21 Online: 21 de Setembro de 2010, 21:49:37 »
Citar
E quem acredita que exista um barbudo que fez o mundo?

Os petistas... :hihi:
"Deus prefere os ateus"

Offline O Grande Capanga

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.700
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #22 Online: 21 de Setembro de 2010, 21:59:58 »
Citar
E quem acredita que exista um barbudo que fez o mundo?

Os petistas... :hihi:

:histeria: :histeria: :histeria:

Offline calvino

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.387
  • Sexo: Masculino
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #23 Online: 22 de Setembro de 2010, 09:44:02 »
"Se a moralidade representa o modo como gostaríamos que o mundo funcionasse, a economia representa o modo como ele realmente funciona" Freakonomics.

Offline Rios

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 223
Re: Tempos ruins para o ceticismo/ateismo no Brasil
« Resposta #24 Online: 22 de Setembro de 2010, 17:39:07 »

Se a ciência provar que existe algo fora da matéria vocês tem que engolir, portanto, não tem como vocês defende-la pois ela não precisa da opnião de vocês; precisa de cientistas que buscam a verdade seja qual for;  muito pelo contrário do materialismo que busca uma verdade pessoal. É tão verdade que se caso provar que existe algo além da matéria a culpa do entravamento e atraso da ciência é toda de vocês.


Ok, então nós céticos estamos entravando a ciência, que ja deveria ter aceito a existênica de espíritos a muito tempo, baseado nas seguintes evidências:

a) ________________________________________________
b) ________________________________________________
c) ________________________________________________

Complete as lacunas.



 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!