Autor Tópico: Desarmar o povo... de novo?  (Lida 82760 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Týr

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.126
  • Sexo: Masculino
  • ?
    • »Costa Advocacia«
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #25 Online: 12 de Abril de 2011, 20:01:30 »
Como se fosse fácil comprar uma arma hoje em dia.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.279
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #26 Online: 12 de Abril de 2011, 20:04:58 »
Eu apoio o fim do comércio de armas no Brasil.

A população brasileira não.

A arma do assassino, ao que se saiba, era ilegal. A proibição de armas legais não iria impedí-lo de obtê-las.


Só se esqueceu do fato de que uma das armas (será que a outra também?) foi legal um dia, e que grande parte das armas ilegais tem origem na legalidade. Alguém tem estatística?

Grande parte vem do Paraguai sob as fuças do governo que nunca fez nada para impedir.

De onde vêm as granadas, fuzis e morteiros do PCC? Roubaram de alguém que tinha em casa legalmente?

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.279
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #27 Online: 12 de Abril de 2011, 20:08:47 »
Eu apoio que qualquer um tenha o direito a ter arma e a auto-defesa.
Claro que é preciso ter controle.

Também não defendo andar armado pelas ruas, mas arma em casa é direito do cidadão.

Mas estas coisas estão na cartilha gramsciana de tomada do poder. Desarme a população para não poder reagir quando o Grande Irmão chegar.

Concordo. Cresci numa casa em que tinha armas, e isso nunca levou ninguém a atirar em ninguém.

Os vagabundos que estão propondo um novo referendo são os mesmos que não abrem mão de andar com carros blindados e seguranças armados.

Se o Sarney e a turma do Lullalá são a favor de algo é porque não presta.

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #28 Online: 12 de Abril de 2011, 20:12:20 »
Sarney foi armado a reunião para escolha de Maluf a Presidência

Citação de: Sarney
“Nós tivemos uma reação contra a candidatura do Maluf. Alguns adeptos de Maluf se excederam e disseram que iam usar violência. Outros falaram que iam me tirar a tapa da presidência do partido, outros disseram que iam tirar meu bigode, cabelo por cabelo, então eu achei prudente que eu fosse armado”
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.279
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #29 Online: 12 de Abril de 2011, 20:13:59 »
Sarney foi armado a reunião para escolha de Maluf a Presidência

Citação de: Sarney
“Nós tivemos uma reação contra a candidatura do Maluf. Alguns adeptos de Maluf se excederam e disseram que iam usar violência. Outros falaram que iam me tirar a tapa da presidência do partido, outros disseram que iam tirar meu bigode, cabelo por cabelo, então eu achei prudente que eu fosse armado”


Será que os seguranças das propriedades dele andam desarmados ?

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.847
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #30 Online: 12 de Abril de 2011, 20:24:01 »
Existe um relatório do VIVA RIO (http://www.vivario.org.br/publique/media/TEXTO%20LAN%C3%87AMENTO%20LIVROS%20III.pdf) que possui algumas informações interessantes, porém, eles chegam a conclusões claramente tendenciosas com relação aos dados obtidos.

Teria sido uma ótima pesquisa se tivesse sido feita por uma entidade isenta.

Entevista do cara da ONG (pra entenderem porque disse que era tendencioso): http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-origem-das-armas-do-trafico
« Última modificação: 12 de Abril de 2011, 20:28:10 por Diegojaf »
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #31 Online: 12 de Abril de 2011, 20:43:36 »
"Desarmar o povo". Até parece que "o povo" está armado.

Deve ser algo de próximo de 1 em cada 100 pessoas tendo uma arma legal.

Offline Dragão Invisível

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 117
  • Sexo: Masculino
  • Vejam o Dragão Invisível na minha garagem!
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #32 Online: 12 de Abril de 2011, 20:54:15 »
Como se proibir a venda de armas aqui impedisse que os bandidos importassem do Paraguai (como fazem hoje) as armas que exportamos para lá.
O ateísmo não é uma filosofia, não é sequer uma visão de mundo, é simplesmente o reconhecimento do óbvio.

Offline guicn

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 407
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #33 Online: 12 de Abril de 2011, 21:26:18 »
Nos EUA, 240 milhões de civis com armas de fogo e 6 homicídios por 100 mil habitantes.
Brasil, com uma das mais restritivas legislações para porte de armas, 17 milhões de civis com armas e 25 homícidios por 100 mil.

Será mesmo as armas legais o problema?

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.046
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #34 Online: 13 de Abril de 2011, 08:34:55 »
Nos EUA, 240 milhões de civis com armas de fogo e 6 homicídios por 100 mil habitantes.
Brasil, com uma das mais restritivas legislações para porte de armas, 17 milhões de civis com armas e 25 homícidios por 100 mil.

Será mesmo as armas legais o problema?

Ajudaria dizer que os EUA tem umas das maiores taxas de homicídios entre os países ricos?

Mas não cometo a falácia de dizer que os problemas de segurança passam exclusivamente pela proibição do comércio. Aliás é essa a proposta que vai ser lançada, o fim do comércio. O desarmamento é apenas uma das questões que ajudariam a dificultar a compra de armas por bandidos. Ninguém compraria um 38 enferrujado por 100 reais em qualquer beco por aí. Seria muitíssimo mais caro e perigoso comprar uma arma de fogo ilegal.

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.660
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #35 Online: 13 de Abril de 2011, 08:56:15 »
É como disse o Alexandre Garcia no Bom Dia Brasil de hoje: "se for pra fazer um referendo sobre o desarmamento de novo pode-se acrescentar nessa votação, pra aproveitar a estrutura montada, a pergunta se os ficha suja devem ser considerados elegíveis" (ou qualquer coisa assim).

Mas disso ninguém fala.
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

Offline Pregador

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.903
  • Sexo: Masculino
  • "Veritas vos Liberabit".
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #36 Online: 13 de Abril de 2011, 09:44:15 »
O governo não consegue garantir a segurança de vocês e vocês apoiam quando eles ainda tiram a única chance de defesa que vocês possuem?

Boa sorte.

Para você que é policial eu entendo que deva andar armado sempre, mesmo fora de serviço, mas onde é que uma pessoa comum vai garantir sua segurança apenas com um revólver na cintura? Você melhor que ninguém sabe que a principal arma do bandido é o elemento surpresa, e diante disso reagir é uma tremenda burrice.
Minha posição no fórum quanto a isso já é bem conhecida. Não sou a favor do porte de armas liberado, mas sim de sua posse.

Na minha opinião, é nada mais do que direito do cidadão poder defender seu lar ou seu negócio contra invasores. Não digo que é obrigatório que o cara tenha uma arma em casa, mas se ele fizer a escolha de ter e assumir todas as responsabilidades legais para tal, que é o que o cidadão de bem faz, não vejo mal algum nisso.

Eu vejo da seguinte maneira, andar armado também não garante a segurança de ninguém, e quanto menos armas em circulação nas mãos de civis, menos chances as armas tem de cair nas mãos de bandidos. Pra mim é uma conta simples.

Você nunca foi ao Paraguai? Até alguém como eu, que nunca usou uma arma, que não conhece de arma, garanto que pro terceiro sujeito que eu perguntar nas ruas de Ciudad del Este vão me informar onde adquirir uma...

Depois, para passar a fronteira é mamão com açucar... Imagino que deve ser o mesmo em toda região de fronteira, que por sinal, é gigantesca.
"O crime é contagioso. Se o governo quebra a lei, o povo passa a menosprezar a lei". (Lois D. Brandeis).

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.046
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #37 Online: 13 de Abril de 2011, 10:32:18 »
O governo não consegue garantir a segurança de vocês e vocês apoiam quando eles ainda tiram a única chance de defesa que vocês possuem?

Boa sorte.

Para você que é policial eu entendo que deva andar armado sempre, mesmo fora de serviço, mas onde é que uma pessoa comum vai garantir sua segurança apenas com um revólver na cintura? Você melhor que ninguém sabe que a principal arma do bandido é o elemento surpresa, e diante disso reagir é uma tremenda burrice.
Minha posição no fórum quanto a isso já é bem conhecida. Não sou a favor do porte de armas liberado, mas sim de sua posse.

Na minha opinião, é nada mais do que direito do cidadão poder defender seu lar ou seu negócio contra invasores. Não digo que é obrigatório que o cara tenha uma arma em casa, mas se ele fizer a escolha de ter e assumir todas as responsabilidades legais para tal, que é o que o cidadão de bem faz, não vejo mal algum nisso.

Eu vejo da seguinte maneira, andar armado também não garante a segurança de ninguém, e quanto menos armas em circulação nas mãos de civis, menos chances as armas tem de cair nas mãos de bandidos. Pra mim é uma conta simples.

Você nunca foi ao Paraguai? Até alguém como eu, que nunca usou uma arma, que não conhece de arma, garanto que pro terceiro sujeito que eu perguntar nas ruas de Ciudad del Este vão me informar onde adquirir uma...

Depois, para passar a fronteira é mamão com açucar... Imagino que deve ser o mesmo em toda região de fronteira, que por sinal, é gigantesca.

Não é preciso ir para o Paraguai, em qualquer esquina do Brasil isso é comum. Controlar as fronteiras sem dúvida é um grande problema, mas nem por isso somos condescendente com o plantio de drogas no Brasil, por exemplo, que é comum em muitos países fronteiriços. Repito que desarmar a população não resolveria o problema da segurança por si só, mas seria um passo importante nesse rumo. Eu arrisco dizer que 99,99% das armas ilegais no Brasil são fabricadas no Brasil, que é um dos maiores fabricantes de armas de pequeno porte do mundo.

Offline _tiago

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.343
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #38 Online: 13 de Abril de 2011, 10:45:33 »
Meu povo!

1. É realmente valido como defesa pessoal ter arma em casa?
2. Onde acontecem a maioria dos crimes?
3. E andando pelas ruas, é realmente possível se defender quando um bandido vem? Existe essa possibilidade de reação?
4. Todo mundo armado por aí não poderia ocasionar outros tipos de crimes, como matar gente por causa do trânsito?
5. Por que o direito de posse é maior que o de não querer armas por aí?

Eu acho legal armas, mas tenho medo de ter...

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #39 Online: 13 de Abril de 2011, 10:48:35 »
O Sarney mostra sua calhordice ao abusar do oportunismo de uma tragédia para desrespeitar uma decisão que o povo brasileiro já tomou. Muito bonito dizer "o que permanece igual são as pedras" quando lhe convém. Muito bonita a democracia à la Sarney onde se discute um assunto à exaustão até que opinião dele seja aceita.

A única maneira do Massacre do Realengo ser um um fato a favor do desarmamento seria se o assassino tivesse obtido as armas pelos meios da atual legislação do armamento.

O massacre que ocorreu na Holanda serve para lembrar a nós que mesmo um Estado organizado não se pode prever comportamentos caóticos como os de um psicopata.



Sobre ter ou não uma arma. É claro que a maioria das pessoas não possui habilidade psicológica para lidar com uma arma, quiça poder usá-la em uma real situação de perigo. Mas isso não exclui o direito que o cidadão tem de poder se preparar para isso e oferecer maior segurança para si. A maioria das pessoas também não possui confiança natural de dirigir, mas com treinamento ela se condiciona e adquire um controle emocional necessário para tal.

O pessoal fala em armamento como se a proposta fosse todo mundo andar armado como num filme do Sergio Leone.

Rhyan

  • Visitante
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #40 Online: 13 de Abril de 2011, 13:53:45 »
Pois é, o plebicito/referendo só será válido quando der o resultado que os políticos querem.

O que tem tudo a ver com o caso do Rio, onde o assassino usou suas armas registradas legalmente em seu nome.

Quem é a favor do desarmamento deveria ser obrigado a colocar uma placa na sua casa dizendo: "Os moradores desta casa não têm armas de fogo."

Offline Bob Cuspe

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 503
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #41 Online: 13 de Abril de 2011, 22:35:38 »
Essa história de "desarmamento" é bobagem. Proibir o comercio legal de armas só tira mais ainda o controle do Estado sobre a situação. E claro, o monopólio da venda de armas é um prato cheio para traficantes...

O Estado é sem vergonha. Não cuida das suas fronteiras (vide topico da situação na fronteira com o Paraguái) e ainda põe a culpa dessa violência desenfreada em vendedores de armas legalizadas.

Meu povo!

1. É realmente valido como defesa pessoal ter arma em casa?
Não. arma é um instrumento de ataque.

Citar
 
2. Onde acontecem a maioria dos crimes?

Em regiões mais abandonadas pelo Estado.

Citar

3. E andando pelas ruas, é realmente possível se defender quando um bandido vem? Existe essa possibilidade de reação?

Quase não.

Citar

4. Todo mundo armado por aí não poderia ocasionar outros tipos de crimes, como matar gente por causa do trânsito?

com certeza...bom mas eu acho que culturalmente o povo brasileiro não tem essa mentalidade ainda. Nem por isso o Estado deve deixar de regulamentar a posse e o porte de armas.

Citar

5. Por que o direito de posse é maior que o de não querer armas por aí?

Não é qeustão de quem tem mais direito. Infelizmente as armas existem. Proibir o comercio de armas não impede que elas continuem sendo produzidas e que pessoas continuem querendo compra-las. As armas estarão por aí com lei do desarmamento ou não.

Citar
Eu acho legal armas, mas tenho medo de ter...

eu acho que arma é um instrumento "moderninho" para suprir uma necessidade primitiva do individuo se impor através de uma força maior. A humanidade tende a evoluir. Ou não.
CHEGA DE ESTADO PATERNALISTA!
QUERO A MINHA LIBERDADE!

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #42 Online: 13 de Abril de 2011, 22:58:10 »
Proibir as armas vai impedir que os bandidos consigam armas de fogo, assim como proibir as drogas as fez sumirem, é tão óbvio! Toda vez que o governo proíbe alguma coisa ela magicamente desaparece.

Que pena que o Wellington não era menor de idade, quem sabe assim o governo não proibiria os adolescentes?



Offline _tiago

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.343
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #45 Online: 14 de Abril de 2011, 00:10:04 »
Buck, buena,
Carros matam, mas sua finalidade é outra e existem em maior quantidade... Qualé a dessa sua comparação?

Sobre a medida em si, eu acho que ela será simplesmente improfícua, totalmente irrelevante e não considera o que parece ser patente na opinião por aí – que quem comete crime consegue arma no mercado paralelo e não numa loja depois de conseguir carimbo em todas as repartições possíveis. Não se vende armas aqui como nos EUA, ao que parece.
Sobre esse caso, acho que seria interessante um comparativo entre mortes por armas legais e ilegais pra daí sim justificar uma proibição.

Offline hymenoptera

  • Nível 05
  • *
  • Mensagens: 52
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #46 Online: 14 de Abril de 2011, 22:12:11 »
 Se tiver esse referendo eu vou votar a favor, nunca tiver vontade de possuir uma arma. Se pudesse daria um tiro na cabeça de quem inventou a primeira arma! :histeria:

Offline Gutislo, o godo

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 123
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #47 Online: 14 de Abril de 2011, 22:33:28 »
Acalmem-se senhores! Primeiramente, não é o PORTE o que está em jogo, ou seja, cada um colocar uma arma curta na cintura e sair na rua; este está proibido, segundo o Art. 6º da Lei 10.826/2003, a qual versa sobre isto; o que o bando de abutres oportunistas quer proibir de vez é se comprar para ter a POSSE, guardar em casa, na fazenda, no trabalho - o dono; aquele que desrespeitar, sair com ela sem se enquadrar nas exceções, vai preso, mesmo com a arma sendo legal: de dois a quatro anos de reclusão. Ou seja, não é para se decidir se todo mundo sairá armado na rua.  :nao3:

Adquirir uma arma legalmente dá trabalho, há muita burocracia: leiam a supracitada lei para ver se minto...  :) - é o Art. 4º.

Citação de: 1985
Você nunca foi ao Paraguai? Até alguém como eu, que nunca usou uma arma, que não conhece de arma, garanto que pro terceiro sujeito que eu perguntar nas ruas de Ciudad del Este vão me informar onde adquirir uma...

Exatamente! Inolvidável reportagem da Rede Globo, a qual foi ao ar há uns 10 anos; um repórter simplesmente entrou em uma loja e comprou um lindíssimo revólver calibre .44Magnum - cada disparo possui quase quatro vezes mais energia que um de .380 +P - pôs na cintura, atravessou a fronteira, e depois o entregou à Polícia Federal.  :susto:  Se eu o fizesse, acho que levaria tamanha beleza para casa, hahahaha!  ;P

Citação de: _Juca_
Não é preciso ir para o Paraguai, em qualquer esquina do Brasil isso é comum. Controlar as fronteiras sem dúvida é um grande problema, mas nem por isso somos condescendente com o plantio de drogas no Brasil, por exemplo, que é comum em muitos países fronteiriços. Repito que desarmar a população não resolveria o problema da segurança por si só, mas seria um passo importante nesse rumo. Eu arrisco dizer que 99,99% das armas ilegais no Brasil são fabricadas no Brasil, que é um dos maiores fabricantes de armas de pequeno porte do mundo.

Meu segundo post, na primeira página, fala sobre um intento louvável da OAB, fiscalizar as fronteiras, no entanto acredito ser utópico; todavia, melhorar pode, e muito.  :idea:

Não me parece provável que desarmar o povo ajude a melhorar, uma vez que, conforme já disseram à larga os colegas, os bandidos as adquirem por outros meios; o senhor disse acima que toda arma ilegal foi legal um dia; não necessáriamente no Brasil; as armas importadas são muito abundantes entre a bandidagem; os traficantes daqui de Belo Horizonte amam pistolas israelenses.  :bandido:  - e quando podem, também submetralhadoras, como a do bonequinho.

Com relação às armas ilegais aqui encontradas, boa parte sim é do Brasil, por dois motivos: antigamente não era feito um controle eficaz; há armas muito antigas não cadastradas no Sinarm; recentemente registrei um revólver Taurus .32 S&W na anistia, e o mesmo não era cadastrado;  :lol: Em segundo lugar, a Taurus exporta muitas armas, sendo que algumas voltam para cá via Paraguai e traficantes...  :no:  Mas não nos esqueçamos de uma gigantesca parte que são estrangeiras, especialmente fuzis Kalashnikov, Colt, HK...

Continua...
"Todas as verdades estão contra nós. Mas continuamos vivendo porque as aceitamos em si mesmas, porque nos recusamos a tirar as conseqüências. Onde existe alguém que tenha traduzido uma só conclusão do ensino da astronomia, da biologia e tenha decidido não levantar-se mais por revolta ou por humildade face às distâncias siderais ou aos fenômenos naturais? Houve alguma vez um orgulho vencido pela evidência de nossa irrealidade?... As ciências provam nosso nada. Mas quem tirou disso a última lição?" E. Cioran

Offline Gutislo, o godo

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 123
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #48 Online: 14 de Abril de 2011, 22:52:12 »
Citação de: Mabumbo
1. É realmente valido como defesa pessoal ter arma em casa?

Entre outras coisas, e não abro mão de forma alguma; acrescentemos que, especialmente para quem possui um rancho, sítio, fazenda, as armas de fogo, especialmente espingardas cartucheiras, são muito importantes para a defesa contra animais perigosos, incluído aí o ser humano.  :)

Citação de: Mabumbo
2. Onde acontecem a maioria dos crimes?

Hum... no Congresso?  :?:

Citação de: Mabumbo
3. E andando pelas ruas, é realmente possível se defender quando um bandido vem? Existe essa possibilidade de reação?

A melhor de todas as armas é a atenção; bandido gosta de atacar pessoas distraídas; caso se esteja atento e se for bem treinado, pode-se mandar chumbo nos desgraçados, de preferência na cabeça.  :hmph:

Citação de: Mabumbo
4. Todo mundo armado por aí não poderia ocasionar outros tipos de crimes, como matar gente por causa do trânsito?

Sim, mas conforme disse acima, não é o porte que está em jogo; ele não será permitido. As armas serão para ficar em casa.

Citação de: Mabumbo
5. Por que o direito de posse é maior que o de não querer armas por aí?

??????  :?:  :?:  :?:  :?:

Citação de: Mabumbo
Eu acho legal armas, mas tenho medo de ter...

 Vá a um stand e atire com uma pistola .45ACP: é provável que se apaixone.  :lol:  O medo, pode ser vencido; mas caso não queira ter armas, ou "a mulher num deixar não" ninguém lhe obrigará.  :lol:

Citação de: Dr. Strangelove
O Sarney mostra sua calhordice ao abusar do oportunismo de uma tragédia para desrespeitar uma decisão que o povo brasileiro já tomou. Muito bonito dizer "o que permanece igual são as pedras" quando lhe convém. Muito bonita a democracia à la Sarney onde se discute um assunto à exaustão até que opinião dele seja aceita.

Abutres malditos! Caso estes incompetentes voltem para tentar proibir de novo, um referendo, vão pagar bilhões de reais a artistas para fazer campanha, ao invés de utilizar o dinheiro para duplicar a BR 381, a qual mata pessoas todos os dias.

Continua...
"Todas as verdades estão contra nós. Mas continuamos vivendo porque as aceitamos em si mesmas, porque nos recusamos a tirar as conseqüências. Onde existe alguém que tenha traduzido uma só conclusão do ensino da astronomia, da biologia e tenha decidido não levantar-se mais por revolta ou por humildade face às distâncias siderais ou aos fenômenos naturais? Houve alguma vez um orgulho vencido pela evidência de nossa irrealidade?... As ciências provam nosso nada. Mas quem tirou disso a última lição?" E. Cioran

Offline Gutislo, o godo

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 123
  • Sexo: Masculino
Re: Desarmar o povo... de novo?
« Resposta #49 Online: 14 de Abril de 2011, 23:10:18 »
Citar
Pois é, o plebicito/referendo só será válido quando der o resultado que os políticos querem.

Exatamente!!  :!:  Enquanto isso, queimam o dinheiro do povo com idiotices; mas o Brasil está muito bom, pode desperdiçar milhões de reais...  :no:

Citar
O Estado é sem vergonha. Não cuida das suas fronteiras (vide topico da situação na fronteira com o Paraguái) e ainda põe a culpa dessa violência desenfreada em vendedores de armas legalizadas.

Conforme eu disse acima: bodes-expiatórios.  :|

Citação de: hymenoptera
Se tiver esse referendo eu vou votar a favor, nunca tiver vontade de possuir uma arma. Se pudesse daria um tiro na cabeça de quem inventou a primeira arma! :histeria:

É, não é?  :bravo:  Então o melhor é extinguir nossa espécie, pois tudo serve, sempre virou arma: o próprio corpo, um abacate, canetas, Bíblia, energia nuclear, carro...

Conforme slogan da National Rifle Association: "Armas não matam, pessoas matam."

Finalmente acabou.  :zzz:
"Todas as verdades estão contra nós. Mas continuamos vivendo porque as aceitamos em si mesmas, porque nos recusamos a tirar as conseqüências. Onde existe alguém que tenha traduzido uma só conclusão do ensino da astronomia, da biologia e tenha decidido não levantar-se mais por revolta ou por humildade face às distâncias siderais ou aos fenômenos naturais? Houve alguma vez um orgulho vencido pela evidência de nossa irrealidade?... As ciências provam nosso nada. Mas quem tirou disso a última lição?" E. Cioran

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!