Autor Tópico: sistema penitenciário  (Lida 19556 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Aronax

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.254
  • Sexo: Masculino
sistema penitenciário
« Online: 02 de Novembro de 2012, 16:22:01 »
Companheiros do fórum....recebi por email este texto abaixo. Sem levar em conta a legitimidade do mesmo, achei interessante....posto aqui no papo furado, perguntando:
1) Será real?
2) O que pesam deste assunto?

Citar
A filosofia que dirige o sistema carcerário japonês é diferente da que rege todos os outros presídios ocidentais, que tentam reeducar o preso para que ele se reintegre a Sociedade. O objetivo, no Japão, é levar o condenado ao arrependimento. Como errou, não é mais uma pessoa honrada e precisa pagar por isso.
“Além de dar o devido castigo em nome das vítimas, o período de permanência na prisão serve como um momento de reflexão no qual induzimos o preso ao arrependimento”,
explica Yutaka Nagashima,diretor do Instituto de Pesquisa da Criminalidade do Ministério da Justiça.

Os métodos para isso são duros para olhos ocidentais, mas em nada lembram os presídios brasileiros, famosos pela superlotação, formação de quadrilhas, violência interna e até abusos sexuais.

 organização e limpeza imperam.

 detentos têm espaço de sobra.

 Ficam no máximo seis por cela.

 Estrangeiros têm um quarto individual.

 Ninguém fica sem trabalhar e não tem tempo livre para arquitetar fugas.

 O dia do preso japonês começa às 6h50min.

O preso volta à cela e fica ali até 17h25min, quando sai para o jantar.

 Às 8h tem que retornar ao quarto, de onde só sairá no dia seguinte.

 Banhos não fazem parte da programação diária.

 No verão eles acontecem duas vezes por semana.

 No inverno apenas um a cada sete dias.

 “Não pode ser diferente porque faltam funcionários. Mas damos toalhas molhadas para eles limparem o corpo”
justifica-se Yoshihito Sato, especialista em segurança do Departamento de Correção do Ministério da Justiça.

Apesar das reclamações, quem vêm do exterior, recebem um tratamento melhor que os japoneses:
 Além do quarto individual, ganham cama e um aparelho de televisão onde passam aulas de japonês.
  A comida é diferenciada. Não é servido nada que desagrade religiosamente qualquer crença de um povo. Para os arianos, por exemplo, não é oferecida carne bovina.

 O Japão não aceita acordos de extradição.
  Afinal, como causou sofrimento à população, o criminoso tem que pagar por isso no Japão mesmo.

Logo ao chegar à penitenciária, os presos recebem uma rígida lista do que poderão ou não fazer:

 Olhar nos olhos de um policial, por exemplo, é absolutamente proibido.
 
 Cigarro não é permitido em hipótese alguma.

 Na hora da refeição o detento deve ficar de olhos fechados até que receba um sinal para abri-los.

 Qualquer transgressão a uma das determinações e o detento termina numa cela isolada. Apesar de oferecer tudo o que teria num quarto normal (privada, pia e cobertor), ela tem pouca iluminação. Se houver reincidência na falha, será punido com algemas de couro, que imobilizam os braços nas costas.

  Sem a ajuda das mãos, o preso tem que comer como se fosse um cachorro. Também tem dificuldades para fazer as necessidades fisiológicas.

Assim, conhecido o caso japonês, é interessante ver que nenhuma ou quase nenhuma “Ong” de direitos humanos interfere no sistema, dita políticas ou o governo permite que Senador (como fez, numa ocasião, o senador Eduardo Suplicy) durma entre os presos, sob a justificativa de impedir represálias do Estado após rebeliões.





« Última modificação: 02 de Novembro de 2012, 19:42:14 por Aronax »
Uma verdade ou um ser pode ser vista de vários pontos, porém a verdade e o ser estão acima de pontos de vista.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.839
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:sistema penitenciário
« Resposta #1 Online: 02 de Novembro de 2012, 19:07:21 »
Citar
O objetivo, no Japão, é levar o condenado ao arrependimento. Como errou[...]

Nesse ponto, as ONGs brasileiras gritam: "Como assim? Se arrepender de que? Eles não são culpados pelo que fizeram e são meras vítimas do sistema que..."

E amparados na cultura de vitimização do criminoso, seguimos...

Muito interessante o tratamento japonês. Mas ele parte do embasamento que o japonês tem de que o universo não gira ao redor do umbigo dele e que o bem estar da sociedade é mais importando do que o dele como indivíduo isolado.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re:sistema penitenciário
« Resposta #2 Online: 02 de Novembro de 2012, 23:25:44 »
Citar
Ex-detento revela em mangá bastidores do sistema carcerário japonês

Autobiografia em mangá mostra o rígido sistema carcerário japonês
Para os brasileiros, a primeira imagem que vem à cabeça quando se pensa em um presídio é a de dezenas de descamisados enfurnados em uma jaula de poucos metros quadrados. Nada mais diferente do cenário que encontramos em "Na Prisão", um mangá que mostra o ambiente extremamente ordenado dos presídios japoneses.

Trata-se de um relato autobiográfico de Kazuichi Hanawa, criador de mangás que foi preso por porte ilegal de armas em 1994. E o que era uma mera excentricidade (Hanawa tomou gosto por armamentos de forma um tanto infantil, lendo mangás de guerra) terminou por lhe custar três anos na prisão.

A opressão no presídio japonês se dá justamente pelo excesso de regras, que vão desde a forma de andar aos minutos contados do banho e a maneira de dobrar as roupas. Tudo capturado com maestria pelo traço de Hanawa a partir de suas memórias, uma vez que era proibido desenhar na prisão.

Há regulamentos de como se vestir no verão ou no inverno, formas de dobrar o uniforme, modos de sentar, banhos cronometrados nos minutos --dois para se lavar, um para se enxaguar-- e um complexo sistema de cardápios que divide a comida pelos dias da semana. Há até mesmo formas diferentes de andar baseado em cada situação, assim como linhas no chão para que todos sigam em fila indiana.

Outro fato interessante é a psicologia dos detentos, com uma muito comum sensação de culpa de estar sendo "um fardo à sociedade". Isso aparece de forma particularmente quando o autor retrata o ridiculamente delicioso e farto cardápio semanal, contendo todo o tipo de guloseimas. Há também a alegria de quando a rotina é modificada de qualquer forma. Um dia, quando o banho é transferido da manhã para a tarde por um único dia, o mero posicionamento diferente do Sol torna o evento uma experiência completamente diferente e marcante. A edição da Conrad também traz um glossário que descreve os diferentes tipos de comida mencionados em "Na Prisão".

Uma obra que revela a dificuldade em se manter a identidade em um ambiente no qual cada aspecto mínimo da sua existência é medido e controlado.

http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/690673-ex-detento-revela-em-manga-bastidores-do-sistema-carcerario-japones.shtml
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:sistema penitenciário
« Resposta #3 Online: 03 de Novembro de 2012, 00:42:54 »
Eu conheci um brasileiro que já tinha sido preso no Brasil e depois foi preso no Japão, e ele me disse que a prisão brasileira era uma colônia de férias comparada a prisão japonesa.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.779
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:sistema penitenciário
« Resposta #4 Online: 03 de Novembro de 2012, 17:53:11 »
Espera ele passar um tempinho no central aqui de POA.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.742
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #5 Online: 03 de Novembro de 2012, 22:42:34 »
Citar
Ex-detento revela em mangá bastidores do sistema carcerário japonês

Autobiografia em mangá mostra o rígido sistema carcerário japonês
Para os brasileiros, a primeira imagem que vem à cabeça quando se pensa em um presídio é a de dezenas de descamisados enfurnados em uma jaula de poucos metros quadrados. Nada mais diferente do cenário que encontramos em "Na Prisão", um mangá que mostra o ambiente extremamente ordenado dos presídios japoneses.

Trata-se de um relato autobiográfico de Kazuichi Hanawa, criador de mangás que foi preso por porte ilegal de armas em 1994. E o que era uma mera excentricidade (Hanawa tomou gosto por armamentos de forma um tanto infantil, lendo mangás de guerra) terminou por lhe custar três anos na prisão.

A opressão no presídio japonês se dá justamente pelo excesso de regras, que vão desde a forma de andar aos minutos contados do banho e a maneira de dobrar as roupas. Tudo capturado com maestria pelo traço de Hanawa a partir de suas memórias, uma vez que era proibido desenhar na prisão.

Há regulamentos de como se vestir no verão ou no inverno, formas de dobrar o uniforme, modos de sentar, banhos cronometrados nos minutos --dois para se lavar, um para se enxaguar-- e um complexo sistema de cardápios que divide a comida pelos dias da semana. Há até mesmo formas diferentes de andar baseado em cada situação, assim como linhas no chão para que todos sigam em fila indiana.

Outro fato interessante é a psicologia dos detentos, com uma muito comum sensação de culpa de estar sendo "um fardo à sociedade". Isso aparece de forma particularmente quando o autor retrata o ridiculamente delicioso e farto cardápio semanal, contendo todo o tipo de guloseimas. Há também a alegria de quando a rotina é modificada de qualquer forma. Um dia, quando o banho é transferido da manhã para a tarde por um único dia, o mero posicionamento diferente do Sol torna o evento uma experiência completamente diferente e marcante. A edição da Conrad também traz um glossário que descreve os diferentes tipos de comida mencionados em "Na Prisão".

Uma obra que revela a dificuldade em se manter a identidade em um ambiente no qual cada aspecto mínimo da sua existência é medido e controlado.

http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/690673-ex-detento-revela-em-manga-bastidores-do-sistema-carcerario-japones.shtml


Tem um filme também, que retrata a mesma história. É belíssimo. É uma pena que eu não saiba mais o título, gostaria de rever.

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re:sistema penitenciário
« Resposta #6 Online: 04 de Novembro de 2012, 10:00:13 »
Eu conheci um brasileiro que já tinha sido preso no Brasil e depois foi preso no Japão, e ele me disse que a prisão brasileira era uma colônia de férias comparada a prisão japonesa.

Se for preso de colarinho branco ou preso comum com muitos recursos, com certeza. Ambos se beneficiam, ou do sistema capenga ou da corrupção.

Espera ele passar um tempinho no central aqui de POA.

Tem o mini-presídio aqui da minha cidade, não sei os números corretos, mas deve ser algo como: cabe cinquenta, tem quinhentos! Não consigo me enxergar passando férias num lugar desses.
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline biscoito1r

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.736
  • 笑顔
Re:sistema penitenciário
« Resposta #7 Online: 04 de Novembro de 2012, 21:20:11 »
Lembro que assisti uns dois episódios da série "Férias na Prisão"( Locked up abroad - US, Banged up abroad - UK ) onde o sujeito fica preso no Japão, eles dizem que a prisão japonesa é a mais estrita do mundo, por exemplo, quando o sujeito vai para a sua cela, ele precisa fica sentando em posição japonesa até a hora de dormir, não pode encostar na parede ou deitar e fica passando toda hora um guarda dizendo DAME DAME DAME. Até os banhos são tomados de certa forma especifica.
Be ashamed to die until you have won some victory for humanity

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:sistema penitenciário
« Resposta #8 Online: 04 de Novembro de 2012, 21:52:37 »
Prisão brasileira é cheia, mas o cara passa o dia jogando bola, assistindo teve, jogando baralho, fazendo sequestro falso pelo telefone, controlando o tráfico, com visita íntima e comida boa...
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.931
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #9 Online: 04 de Novembro de 2012, 22:08:37 »
Prisão brasileira é cheia, mas o cara passa o dia jogando bola, assistindo teve, jogando baralho, fazendo sequestro falso pelo telefone, controlando o tráfico, com visita íntima e comida boa...

Não, não, obrigado, prefiro ser preso no Canadá ou na Noruega...

Offline Felipp Jarbas

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.859
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #10 Online: 08 de Novembro de 2012, 18:04:56 »
Umas dúvidas:Por que não separam detentos pela gravidade e violência de seus crimes.Presos por crimes não violentos não seriam mais "recuperáveis" do que assaltantes e traficantes ? Essa segregação é proibida por lei ? Já foi tentada alguma vez ?
Se você acha que sua crença é baseada na razão, você a defenderá com argumentos e não pela força e renunciará a ela se seus argumentos se mostrarem inválidos. (Bertrand Russell)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Humanismo_secular
http://pt.wikipedia.org/wiki/Liberalismo_social

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.839
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:sistema penitenciário
« Resposta #11 Online: 08 de Novembro de 2012, 18:22:11 »
Umas dúvidas:Por que não separam detentos pela gravidade e violência de seus crimes.Presos por crimes não violentos não seriam mais "recuperáveis" do que assaltantes e traficantes ? Essa segregação é proibida por lei ? Já foi tentada alguma vez ?
A lei manda separar, maaaas... a lei manda um monte de coisas...
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline biscoito1r

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.736
  • 笑顔
Re:sistema penitenciário
« Resposta #12 Online: 08 de Novembro de 2012, 18:41:57 »
Umas dúvidas:Por que não separam detentos pela gravidade e violência de seus crimes.Presos por crimes não violentos não seriam mais "recuperáveis" do que assaltantes e traficantes ? Essa segregação é proibida por lei ? Já foi tentada alguma vez ?
A lei manda separar, maaaas... a lei manda um monte de coisas...
Tem lei que pega e lei que não pega, a um tempo atrás um deputado tentou fazer uma lei obrigando a todas as leis que não pegaram, pegarem. Infelizmente essa lei acabou não pegando.
Be ashamed to die until you have won some victory for humanity

Offline Laura

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 958
Re:sistema penitenciário
« Resposta #13 Online: 08 de Novembro de 2012, 18:50:37 »
Umas dúvidas:Por que não separam detentos pela gravidade e violência de seus crimes.Presos por crimes não violentos não seriam mais "recuperáveis" do que assaltantes e traficantes ? Essa segregação é proibida por lei ? Já foi tentada alguma vez ?
A lei manda separar, maaaas... a lei manda um monte de coisas...

Na maioria das unidades deve faltar espaço para separar dessa forma.

Acredito que os presídios não são exatamente colônias de férias, mas são verdadeiras escolas de bandidagem. Se juntar ladrões de galinhas com traficantes, assaltantes de banco e afins, imagine o resultado... :/

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.839
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:sistema penitenciário
« Resposta #14 Online: 08 de Novembro de 2012, 18:56:43 »
Umas dúvidas:Por que não separam detentos pela gravidade e violência de seus crimes.Presos por crimes não violentos não seriam mais "recuperáveis" do que assaltantes e traficantes ? Essa segregação é proibida por lei ? Já foi tentada alguma vez ?
A lei manda separar, maaaas... a lei manda um monte de coisas...

Na maioria das unidades deve faltar espaço para separar dessa forma.

Acredito que os presídios não são exatamente colônias de férias, mas são verdadeiras escolas de bandidagem. Se juntar ladrões de galinhas com traficantes, assaltantes de banco e afins, imagine o resultado... :/


Olha, é e não é. A coisa não funciona assim como um clubinho onde você entra ladrão de galinhas e fica preso com um traficante e sai de lá traficante. Presos pé de chinelo dificilmente têm oportunidade para ascender até conseguir um bom contato e passar a integrar uma quadrilha. Existe um sistema de castas e os presos que têm mais "moral" não aceitam qualquer um. Não é fácil fazer amizade, especialmente se o cara tiver uma pena mais leve.

O que acontece com mais frequência é que o cara que foi preso por um furto não vai ser recuperado. Vai cumprir parte da pena, sair e reincidir porque não há motivos para não o fazer. Numa dessas ele fica mais conhecido, faz uma amizade com um cara intermediário e daí vai subindo degrau por degrau, até possuir contatos interessantes. Faz favores como levar recados pra família e por aí vai ganhando uns conhecidos.

Mas isso não acontece com essa frequência e nem com todos. Alguns são bunda de peru a vida inteira. Nasceram 155 e vão morrer 155 mesmo depois de 50 condenações.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Canopus

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 762
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #15 Online: 08 de Novembro de 2012, 19:09:45 »
Acredito que os presídios não são exatamente colônias de férias, mas são verdadeiras escolas de bandidagem. Se juntar ladrões de galinhas com traficantes, assaltantes de banco e afins, imagine o resultado... :/

'Taí um caso que foge ao lugar-comum e que se nivela por cima. Aquele que não conhece as malandragens, passa a conhecer. Escola do crime em regime de internato.
A capacidade de transgredir é o que nos torna sujeitos da transformação.
_____________________________
Não é demonstração de saúde ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente.
J.krisnamurti

Offline Mussain!

  • Contas Excluídas
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.228
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #16 Online: 13 de Novembro de 2012, 15:53:28 »
Como deveria ser na minha opinião:

Sem desculpas, no que diz respeito ao ato consumado. Tava doidinho? Não, só quis aparecer? Seja lá o que for, se seu ato provocar medidas drásticas, será penalizado com medidas drásticas.

Ou seja, matou um pai de família que sustentava 3 filhos, vais ficar responsável pelo sustento destes. O governo vai arranjar trabalho para vc? Não. Arranje rápido um ou irá para penitenciária que presta serviços das mais variadas necessidades sociais. Sou obrigado? Não, temos a pena final, morte, ponto Ah, a vítima tinha mais grana que eu? Paga-se por proporcionalidade. A família escolhe se ainda vai querer o percentual estabelecido ou doar este para instituições, seja governamentais ou não, que façam trabalhos em prol da sociedade.

O mesmo raciocínio para as demais situações, ou seja, "bagunçou", conserte ou faça pelo menos quase...

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.931
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #17 Online: 14 de Novembro de 2012, 05:22:49 »
Citar
Prisões no Brasil são medievais, afirma ministro da Justiça

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (PT), classificou nesta terça-feira (13) como “medievais” as condições das prisões brasileiras. "Se fosse para cumprir muitos anos na prisão, em alguns dos nossos presídios, eu preferiria morrer". Ele diz ainda que “os presídios brasileiros precisam ser melhorados. Entre passar anos num presídio brasileiro e perder a vida, eu talvez preferisse perder a vida. Os seres humanos quando não são tratados como humanos eles se sentem injustamente violentados", afirmou ao responder se apoiava a adoção da pena de morte e da prisão perpétua no Brasil, em entrevista coletiva após evento sobre segurança, organizado pelo Lide (Grupo de Líderes Empresariais), em São Paulo.

Cardozo diz ser contrário a ambas penas, explicando que é necessário melhorar o atual sistema prisional, ao invés de adotar essas medidas. "Não é uma postura de governante, é uma postura de cidadão que acha que a pena de morte não é solução para nada”.

O ministro também afirmou que o crescimento do crime organizado é possível apenas em associação com algum nível de corrupção no Estado. “Não existe crime organizado que cresça sem desmando, sem corrupção. A violência gerada por organizações criminosas dificilmente se enraíza sem um certo grau de corrupção no Estado. Isso não é no Brasil, é no mundo."

“Não há crime organizado que funcione sem a corrupção. E falo corrupção no sentido amplo, não só do agente público, mas também do mundo privado que às vezes gosta de dar um jeitinho. Quando você paga uma propina para um guarda não te multar você está movendo engrenagem muito maior do que você pensa, você está viciando costumes, e pode estar criando braços da criminalidade que vai te matar mais tarde”, disse.


http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/11/13/prisoes-no-brasil-sao-medievais-afirma-ministro-da-justica.htm




Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
O Japão e o crime
« Resposta #18 Online: 24 de Novembro de 2012, 12:23:39 »
Citar
O Japão e o crime

Os índices de criminalidade no Japão são dos mais baixos entre os países desenvolvidos. Segundo relatório divulgado pelo Ministério da Justiça local, o total de crimes cometidos no país apresenta queda pelo nono ano consecutivo.

Em termos de qualidade de vida, isso faz diferença. Na noite em que começaram a queimar ônibus em Florianópolis, eu saí para jantar com amigos em Tóquio.

Enquanto, no Brasil, pessoas se trancavam em casa com medo da violência, eu caminhava sozinho, na madrugada, por um dos maiores parques da cidade. Cruzei com atletas noturnos e casais namorando nos bancos. Todos tranquilos.[...]

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/79816-o-japao-e-o-crime.shtml
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:sistema penitenciário
« Resposta #19 Online: 24 de Novembro de 2012, 12:42:04 »
Aí que saudade de casa.....
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #20 Online: 24 de Novembro de 2012, 15:21:03 »
Aí que saudade de casa.....

Por que saiu de lá?

Tá parecendo alguns nordestinos que foram pra São Paulo e ficam dizendo que estão com saudades de sua terra, em um tom como se o Nordeste fosse o paraíso e São Paulo o inferno, deixando no ar a pergunta sobre o porquê de terem então saído de lá.   :biglol:
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:sistema penitenciário
« Resposta #21 Online: 24 de Novembro de 2012, 15:24:39 »
Aí que saudade de casa.....

Por que saiu de lá?

Tá parecendo alguns nordestinos que foram pra São Paulo e ficam dizendo que estão com saudades de sua terra, em um tom como se o Nordeste fosse o paraíso e São Paulo o inferno, deixando no ar a pergunta sobre o porquê de terem então saído de lá.   :biglol:

Trabalho, o chefe me mandou para uma temporada na América Latina pra reestruturar as cadeias de comando. Ta mais difícil do que eu imaginava. Era pra ser 1 anos, ja se foi 1 e meio e esta longe de acabar. Se o Brasil tivesse o nivel educacional da Argentina ou fosse mais seguro para atrair altos executivos estrangeiros seria tão mais fácil...
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #22 Online: 24 de Novembro de 2012, 15:35:32 »
Aí que saudade de casa.....

Por que saiu de lá?

Tá parecendo alguns nordestinos que foram pra São Paulo e ficam dizendo que estão com saudades de sua terra, em um tom como se o Nordeste fosse o paraíso e São Paulo o inferno, deixando no ar a pergunta sobre o porquê de terem então saído de lá.   :biglol:

Trabalho, o chefe me mandou para uma temporada na América Latina pra reestruturar as cadeias de comando. Ta mais difícil do que eu imaginava. Era pra ser 1 anos, ja se foi 1 e meio e esta longe de acabar. Se o Brasil tivesse o nivel educacional da Argentina ou fosse mais seguro para atrair altos executivos estrangeiros seria tão mais fácil...

 Que roubada! :(
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Skorpios

  • Conselheiro Honorário
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.033
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re:O Japão e o crime
« Resposta #23 Online: 25 de Novembro de 2012, 06:31:25 »
Citar
O Japão e o crime

Os índices de criminalidade no Japão são dos mais baixos entre os países desenvolvidos. Segundo relatório divulgado pelo Ministério da Justiça local, o total de crimes cometidos no país apresenta queda pelo nono ano consecutivo.

Em termos de qualidade de vida, isso faz diferença. Na noite em que começaram a queimar ônibus em Florianópolis, eu saí para jantar com amigos em Tóquio.

Enquanto, no Brasil, pessoas se trancavam em casa com medo da violência, eu caminhava sozinho, na madrugada, por um dos maiores parques da cidade. Cruzei com atletas noturnos e casais namorando nos bancos. Todos tranquilos.[...]

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/79816-o-japao-e-o-crime.shtml

Não me incomodaria nem um pouco em viver num lugar assim.
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline Aronax

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.254
  • Sexo: Masculino
Re:sistema penitenciário
« Resposta #24 Online: 25 de Novembro de 2012, 12:26:00 »
Nem eu me incomodaria.....outro pais com uma visão e realidade bem diferente da nossa é Cingapura.....infelizmente não estou localizando material sobre isto....se alguém achar , por favor poste aqui.
Uma verdade ou um ser pode ser vista de vários pontos, porém a verdade e o ser estão acima de pontos de vista.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!