Autor Tópico: Bitcoin, a moeda do futuro  (Lida 12655 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline D|V

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 650
  • Sexo: Masculino
  • Livre pensador
Bitcoin, a moeda do futuro
« Online: 20 de Maio de 2013, 17:13:47 »
Oi turminha, alguém aí tá por dentro desse lance de bitcoin?
Pesquisei aqui no fórum e não vi uma referência sequer ao bitcoin.

Pelo que to lendo aqui, foi criada em 2009, mas acho que só agora que tá começando a aparecer por aí. Para os que não sabem o que é (como eu), é basicamente uma moeda digital, que pode ser usada pra compra, pra transferências, e não passa por nenhum intermediário, é direto de pessoa pra pessoa. Não sei quanto tá valendo hoje em dia, mas algum tempo atrás atingiu o valor de mais de $ 200,00 uma bitcoin.

To assistindo uns vídeos aqui pra tentar entender o que é. Se alguém com mais conhecimento quiser colaborar, agradeceríamos!

<a href="http://www.youtube.com/v/znwZ6M0jW-o" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/znwZ6M0jW-o</a>

Na página do vídeo tem vários links que explicam o funcionamento, o que é etc.

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #1 Online: 20 de Maio de 2013, 20:33:36 »
Andei lendo a respeito esses dias. Acho que ainda é cedo para dizer no que vai dar, mas com certeza vale a pena dar uma estudada mais apurada sobre o assunto.


Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.181
  • Who left the bag of idiots open?
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #3 Online: 21 de Maio de 2013, 02:02:14 »
Isso parece coisa da New World Order e seus planos de estabelecer uma moeda única em todo o planeta de um governo único, e nesse caso faz sentido escolher uma moeda não vinculada a um país específico.

Fora isso, qual é a diferença entre comprar bitcoin ou yen, ou rand, ou Renminbi ou qualquer outra moeda conhecida? Ainda continua sendo mais seguro e barato comprar/vender no mercado de moedas e é por isso que nem precisa proibir. Mas investir em bitcoin é cool e ficaria bem um botão com "Eu invisto em bitcoin" numa jaqueta descolada.
« Última modificação: 21 de Maio de 2013, 02:05:01 por Gigaview »
“The knives of jealousy are honed on details.”
― Ruth Rendell

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #4 Online: 21 de Maio de 2013, 08:59:43 »
Fora isso, qual é a diferença entre comprar bitcoin ou yen, ou rand, ou Renminbi ou qualquer outra moeda conhecida?
Não existe qualquer risco político (nenhum governo é responsável por ela), é basicamente livre de regulações (o mercado se regula com maior rapidez), não tem nacionalidade (pessoas de todo o mundo podem comprar, vender, produzir, hospedar), é livre de flutuações e inconstâncias regionais (como ocorre no Euro) e garante a anonimicidade do comprador (de certo modo o detentor pode ser indentificado, mas o gasto para descobrí-lo é altíssimo), tudo isso com as mesmas características do dinheiro. Tambem é sucetível a bolhas e especulação.
« Última modificação: 21 de Maio de 2013, 09:08:15 por Price »
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline D|V

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 650
  • Sexo: Masculino
  • Livre pensador
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #5 Online: 21 de Maio de 2013, 17:28:35 »
Fora isso, qual é a diferença entre comprar bitcoin ou yen, ou rand, ou Renminbi ou qualquer outra moeda conhecida?
Não existe qualquer risco político (nenhum governo é responsável por ela), é basicamente livre de regulações (o mercado se regula com maior rapidez), não tem nacionalidade (pessoas de todo o mundo podem comprar, vender, produzir, hospedar), é livre de flutuações e inconstâncias regionais (como ocorre no Euro) e garante a anonimicidade do comprador (de certo modo o detentor pode ser indentificado, mas o gasto para descobrí-lo é altíssimo), tudo isso com as mesmas características do dinheiro. Tambem é sucetível a bolhas e especulação.

E, como explica o cara do vídeo, não é gerida por nenhuma entidade central, como o Banco Central gere o Real, e não é necessário nenhum intermediário entre a troca de bitcoins, ela vai direto de um usuário para o outro, o que torna os bancos inúteis.
Não entendo muito de economia pra analisar todo esse esquema com uma profundidade maior, embora eu ache o assunto interessantíssimo, to tentando adquirir esses conhecimentos agora, mas enfim, pelo que se fala, parece algo promissor.

--------------------------- Edit --

Tem toda uma filosofia chamada Anarcocapitalismo, que eu desconhecia. Esse Daniel Fraga, que faz esses vídeos, tem essas idéias liberais e capitalistas. Algumas coisas eu acho interessante, to pesquisando mais sobre esse assunto pra ver qual é o lance.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.997
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #6 Online: 21 de Maio de 2013, 17:35:28 »
O que eu compro com um bitcoin que eu não compraria com U$200,00?
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline D|V

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 650
  • Sexo: Masculino
  • Livre pensador
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #7 Online: 21 de Maio de 2013, 17:50:19 »
O que eu compro com um bitcoin que eu não compraria com U$200,00?

Não é assim que deve ser encarado. As vantagens da BTC, pelo que tenho visto sendo explicado, é o fato de não ser regida por nenhum órgão central, ter um número limitado, o que iria impedir a inflação, ser de manejo mais fácil (o cara do vídeo dá o exemplo de você pagar as contas com o celular, por exemplo), não ter impostos em cima, não passar por intermediários, e essas coisas. Os benefícios tão mais voltados ao libertarismo do que o valor da moeda propriamente dito.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #8 Online: 21 de Maio de 2013, 18:17:58 »
Agora a pergunta mais importante: qual é o lastro do bitcoin?


As moedas que já existiram ou são elas próprias mercadorias, ou têm lastro em mercadorias ou são  fiduciárias ("lastreadas" em poder político, que impõe o curso forçado e poder liberatório para as moedas oficiais).

O bitcoin não tem nada disso, ao que eu saiba.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.997
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #9 Online: 21 de Maio de 2013, 18:37:01 »
O que eu compro com um bitcoin que eu não compraria com U$200,00?

Não é assim que deve ser encarado. As vantagens da BTC, pelo que tenho visto sendo explicado, é o fato de não ser regida por nenhum órgão central, ter um número limitado, o que iria impedir a inflação, ser de manejo mais fácil (o cara do vídeo dá o exemplo de você pagar as contas com o celular, por exemplo), não ter impostos em cima, não passar por intermediários, e essas coisas. Os benefícios tão mais voltados ao libertarismo do que o valor da moeda propriamente dito.

Entendi :ok:

Bom, então nem me interessa. :P
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline D|V

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 650
  • Sexo: Masculino
  • Livre pensador
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #10 Online: 21 de Maio de 2013, 18:40:20 »
Agora a pergunta mais importante: qual é o lastro do bitcoin?


As moedas que já existiram ou são elas próprias mercadorias, ou têm lastro em mercadorias ou são  fiduciárias ("lastreadas" em poder político, que impõe o curso forçado e poder liberatório para as moedas oficiais).

O bitcoin não tem nada disso, ao que eu saiba.

Poder computacional, cada unidade de BTC demanda uma certa quantidade de computação pra ser "mineirada". Em dois mil, cento e alguma coisa, vai ser atingida a quantia final de moedas possíveis, 21 milhões, se não me engano. Como cada moeda tem até 8 casas decimais, seria uma quantidade superior a quadrilhões de unidades de moeda disponíveis.
Pelo que eu entendi, esse é o número máximo atingido, não vai ser mais obtida nenhuma moeda a partir desse número. Isso regularia a economia e impediria a inflação (se eu entendi bem do vídeo).

Uma vez me explicaram que o dinheiro nada mais é do que uma 'confissão de dívida'. Se eu te dou uma quantidade de dinheiro pra comprar alguma coisa, significa que estou te passando uma confissão de que estou em dívida com você. Você pode pegar essa dívida e ir repassando adiante. No final, como é o Estado o gerente da economia, ele é o grande 'endividado' da situação, ou seja, está em dívida com todos os cidadãos. Acho que é possível aplicar esse mesmo conceito ao BTC.

É mais ou menos isso que você perguntou?

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #11 Online: 21 de Maio de 2013, 19:49:18 »
Agora a pergunta mais importante: qual é o lastro do bitcoin?


As moedas que já existiram ou são elas próprias mercadorias, ou têm lastro em mercadorias ou são  fiduciárias ("lastreadas" em poder político, que impõe o curso forçado e poder liberatório para as moedas oficiais).

O bitcoin não tem nada disso, ao que eu saiba.

Poder computacional, cada unidade de BTC demanda uma certa quantidade de computação pra ser "mineirada". Em dois mil, cento e alguma coisa, vai ser atingida a quantia final de moedas possíveis, 21 milhões, se não me engano. Como cada moeda tem até 8 casas decimais, seria uma quantidade superior a quadrilhões de unidades de moeda disponíveis.
Pelo que eu entendi, esse é o número máximo atingido, não vai ser mais obtida nenhuma moeda a partir desse número. Isso regularia a economia e impediria a inflação (se eu entendi bem do vídeo).

Uma vez me explicaram que o dinheiro nada mais é do que uma 'confissão de dívida'. Se eu te dou uma quantidade de dinheiro pra comprar alguma coisa, significa que estou te passando uma confissão de que estou em dívida com você. Você pode pegar essa dívida e ir repassando adiante. No final, como é o Estado o gerente da economia, ele é o grande 'endividado' da situação, ou seja, está em dívida com todos os cidadãos. Acho que é possível aplicar esse mesmo conceito ao BTC.

É mais ou menos isso que você perguntou?

A estrutura que você citou serviria apenas para garantir a legitimidade da moeda e para impedir a sua expansão (ou retração) indiscriminada por parte de algum agente. Isso é uma blindagem contra inflação.

Entretanto, o bitcoin em si mesmo não tem NADA que lhe dê base, que dê motivos para as pessoas aceitá-lo em troca de bens reais sem hesitar.

A moeda fiduciária (atual) tem o poder econômico e (mais importante) o poder político do estado por trás. Se lhe devo 100 mil reais, você obrigatoriamente terá que aceitar meus reais como pagamento da dívida (poder liberatório).

As moedas antigas eram elas próprias bens reais já demandados por quase todos (Ex: metais preciosos) ou tinham lastro em algum bem.

O bitcoin, por outro lado, não tem absolutamente NADA que force ou motive as pessoas a aceitá-lo sem hesitação.




Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #12 Online: 21 de Maio de 2013, 19:49:33 »
Parece um esquemão de faturar uma grana lascada em cima de uma coisa totalmente fictícia, mas sem os problemas legais de estar se fazendo dinheiro falso ou alguma outra coisa do tipo. Ou sem ser tapeação tão óbvia quanto vender terrenos em Marte. Bem bolado.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #13 Online: 21 de Maio de 2013, 19:58:17 »
Dei uma lida sobre o bitcoin. Ao meu ver (com base em opiniões de alguns economistas), o bitcoin servirá mais como uma reserva de valor (se tudo correr bem) do que como uma moeda para transações. A tendência à sua escassez (e consequentemente à deflação) é um fortíssimo estímulo para o seu entesouramento. Moedas entesouradas não servem em nada ao comércio, ou seja, não ajudam a economia a se movimentar.

O bitcoin se parece mais com uma coleção de selos raros do que com uma moeda.

E como o bitcoin não tem nenhuma forma de lastro, é possível que esse processo gradual e crescente de entesouramento se torne uma bolha que irá estourar em algum futuro indeterminado.

Parece ser também uma ótima idéia o investimento em bitcoins hoje.



Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #14 Online: 21 de Maio de 2013, 20:00:02 »
Parece um esquemão de faturar uma grana lascada em cima de uma coisa totalmente fictícia, mas sem os problemas legais de estar se fazendo dinheiro falso ou alguma outra coisa do tipo. Ou sem ser tapeação tão óbvia quanto vender terrenos em Marte. Bem bolado.

Cara, você adivinha pensamentos? Exatamente o que eu estava lendo agora:

http://en.wikipedia.org/wiki/Ponzi_scheme


Os bitcoins poderão se tornar uma bolha, que beneficiará os primeiros investidores e ferrará com muitos.



Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.223
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #15 Online: 21 de Maio de 2013, 20:15:14 »
Eu estava vendo rapidamente o vídeo postado e fiquei com uma dúvida a respeito da contabilidade da empresa que aceitar receber BTC como pagamento de seus produtos à venda. Como vai ser lançada a SAÍDA do bem nessa contabilidade que registrou a ENTRADA em reais? Como ficaria o recolhimento de impostos? Como seria emitida a respectiva nota fiscal? Caso haja transportadora envolvida, e o manifesto de carga?

O caminhão vai parar no Fisco e o auditor vai questionar o recolhimento do ICMS, etc... E agora?
A encomenda vai ser aberta pela Receita lá nos correios e o fiscal vai procurar a NF. Danou-se, está lançada em BTC...
E o contador? Vai rebolar na marreta para fechar as ENTRADAS e SAÍDAS, para ter seus balanços e balancetes.

Tem muita coisa que não encaixa nessa história...

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #16 Online: 21 de Maio de 2013, 20:17:31 »
Acho "Ponzi scheme" um nome engraçado, não sei porque.

Citar
[...] An even more fundamental problem with bitcoins, and indeed any private currency, is that there is no way to limit its supply. True, bitcoins cannot be manufactured beyond the limits set by Nakamoto. But there is no way to prevent future Nakamotos from creating bitcoin substitutes—say, bytecoin, or botcoin. If merchants are willing to accept bitcoins, they will be willing to accept the substitutes, especially as bitcoins become scarce and consumers scramble for substitutes. Nakamoto must have realized this because there are not enough bitcoins to substitute for the currencies around the world. The currency can only succeed if it is expanded or supplemented. But if there are no constraints on substitute digital currencies—and there aren’t—then the value of bitcoins will plummet as the subs begin to circulate. And once it becomes clear that there is no limit, people will realize that their holdings could become worthless at any moment, and demand for bitcoins and the other currencies will collapse, ending the experiment.

Unless a bitcoin has value as a currency, it has no value at all, and its price in dollars will fall to zero. A regular Ponzi scheme collapses when people realize that earlier investors are being paid out of the investments of later investors rather than from the returns on an underlying asset. Bitcoin will collapse when people realize that it can’t survive as a currency because of its built-in deflationary features, or because of the emergence of bytecoins, or both. A real Ponzi scheme takes fraud; bitcoin, by contrast, seems more like a collective delusion.

Given this, why all the enthusiasm for bitcoin? Partly, the technological ingenuity of the scheme, of course. And people have misinterpreted the run-up in price as a sign of success rather than failure. But more fundamentally, bitcoin unites futuristic left-wing Internet anarchism—the fantasy that the Web can provide the conditions for a governmentless society—with the cave-dwelling right-wing libertarianism of goldbugs who think a stable money supply can be established without government involvement. It is proof for both that government is not needed for much, or at all.

Yet history shows that private currencies always end in tears; if central banks sometimes abuse the trust we place in them, the alternatives are worse. The strangest feature of the bitcoin saga is that people who are so suspicious of government put their trust in Satoshi Nakamoto, who could be anyone, or anyones—eccentric academic researchers, mischievous Fed economists, DARPA, U.N. globalizers in black helicopters, a criminal syndicate, a bored 11-year-old Ukrainian genius. If Nakamoto is as amoral as he is ingenious, then he pocketed the early bitcoins and laughed himself to the bank.

http://www.slate.com/articles/news_and_politics/view_from_chicago/2013/04/bitcoin_is_a_ponzi_scheme_the_internet_currency_will_collapse.html

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #17 Online: 21 de Maio de 2013, 20:21:43 »
O que eu compro com um bitcoin que eu não compraria com U$200,00?
Coisas ilegais.

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #18 Online: 21 de Maio de 2013, 22:44:26 »
Agora a pergunta mais importante: qual é o lastro do bitcoin?


As moedas que já existiram ou são elas próprias mercadorias, ou têm lastro em mercadorias ou são  fiduciárias ("lastreadas" em poder político, que impõe o curso forçado e poder liberatório para as moedas oficiais).

O bitcoin não tem nada disso, ao que eu saiba.


O lastro é a confiança, assim como é hoje em dia.
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #19 Online: 21 de Maio de 2013, 22:46:19 »
Parece um esquemão de faturar uma grana lascada em cima de uma coisa totalmente fictícia, mas sem os problemas legais de estar se fazendo dinheiro falso ou alguma outra coisa do tipo. Ou sem ser tapeação tão óbvia quanto vender terrenos em Marte. Bem bolado.

Cara, você adivinha pensamentos? Exatamente o que eu estava lendo agora:

http://en.wikipedia.org/wiki/Ponzi_scheme


Os bitcoins poderão se tornar uma bolha, que beneficiará os primeiros investidores e ferrará com muitos.

O que não difere em nada das outras moedas...
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #20 Online: 22 de Maio de 2013, 00:36:42 »
Agora a pergunta mais importante: qual é o lastro do bitcoin?


As moedas que já existiram ou são elas próprias mercadorias, ou têm lastro em mercadorias ou são  fiduciárias ("lastreadas" em poder político, que impõe o curso forçado e poder liberatório para as moedas oficiais).

O bitcoin não tem nada disso, ao que eu saiba.


O lastro é a confiança, assim como é hoje em dia.

Confiança em quem ou no quê?

Bitcoins não têm curso forçado e nem poder liberatório.

As moedas normais ao menos têm alguma coisa onde se pode ou não depositar confiança.


 
Parece um esquemão de faturar uma grana lascada em cima de uma coisa totalmente fictícia, mas sem os problemas legais de estar se fazendo dinheiro falso ou alguma outra coisa do tipo. Ou sem ser tapeação tão óbvia quanto vender terrenos em Marte. Bem bolado.

Cara, você adivinha pensamentos? Exatamente o que eu estava lendo agora:

http://en.wikipedia.org/wiki/Ponzi_scheme


Os bitcoins poderão se tornar uma bolha, que beneficiará os primeiros investidores e ferrará com muitos.

O que não difere em nada das outras moedas...


Bitcoin não têm nenhum lastro (econômico ou político) no mundo real.

Além disso, a demanda de bitcoins para fins meramente especulativos muito provavelmente representará uma fração altíssima de sua demanda total, o que não ocorre com as moedas normais.

 

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #21 Online: 22 de Maio de 2013, 00:43:01 »
Parece um esquemão de faturar uma grana lascada em cima de uma coisa totalmente fictícia, mas sem os problemas legais de estar se fazendo dinheiro falso ou alguma outra coisa do tipo. Ou sem ser tapeação tão óbvia quanto vender terrenos em Marte. Bem bolado.

Cara, você adivinha pensamentos? Exatamente o que eu estava lendo agora:

http://en.wikipedia.org/wiki/Ponzi_scheme


Os bitcoins poderão se tornar uma bolha, que beneficiará os primeiros investidores e ferrará com muitos.

O que não difere em nada das outras moedas...

Quantas vezes já ocorreu de alguma moeda de repente não valer mais nada e um país todo se ver sem moeda, tendo que fazer trocas em moeda estrangeira ou diretamente?

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #22 Online: 22 de Maio de 2013, 13:24:44 »
Parece um esquemão de faturar uma grana lascada em cima de uma coisa totalmente fictícia, mas sem os problemas legais de estar se fazendo dinheiro falso ou alguma outra coisa do tipo. Ou sem ser tapeação tão óbvia quanto vender terrenos em Marte. Bem bolado.

Cara, você adivinha pensamentos? Exatamente o que eu estava lendo agora:

http://en.wikipedia.org/wiki/Ponzi_scheme


Os bitcoins poderão se tornar uma bolha, que beneficiará os primeiros investidores e ferrará com muitos.

O que não difere em nada das outras moedas...

Quantas vezes já ocorreu de alguma moeda de repente não valer mais nada e um país todo se ver sem moeda, tendo que fazer trocas em moeda estrangeira ou diretamente?

Posso conferir, o que tem a ver com o tópico?
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #23 Online: 22 de Maio de 2013, 13:39:55 »

Confiança em quem ou no quê?

Bitcoins não têm curso forçado e nem poder liberatório.

As moedas normais ao menos têm alguma coisa onde se pode ou não depositar confiança.

Bitcoin não têm nenhum lastro (econômico ou político) no mundo real.
Quem utiliza bitcoins não paga dívidas nem neles firma contratos, a inflação é prevista e limitada, não existem intermediários nas transações, não existem extornos e a produção de moeda é progressivamente mais difícil mesmo com a possibilidade de qualquer um produzí-la. Já existem corretores que fazem o câmbio do bitcoin, que se um dia forem reconhecidos internacionalmente, colocarão o bitcoin ao mesmo nível de qualquer outra moeda no exchange.

Além disso, a demanda de bitcoins para fins meramente especulativos muito provavelmente representará uma fração altíssima de sua demanda total, o que não ocorre com as moedas normais.
Veremos.
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline Rleozera

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 16
  • Sexo: Masculino
Re:Bitcoin, a moeda do futuro
« Resposta #24 Online: 22 de Maio de 2013, 16:26:00 »
Parece meio teoria da conspiração, mas o que eu ouvi dizer é que se usa bitcoin na "deep web". La mesmo, onde tu pode contratar assassinos de aluguel e não sei o que. Parece que o pagamento pra esse "serviço" são as tais bitcoins.

Com relação ao mercado, não sei de nada.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!