Autor Tópico: Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república  (Lida 33873 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Online: 06 de Agosto de 2013, 19:09:57 »
Nos três poderes da nossa nação tem tanta coisa torta, tem tanto descalabro, uma enormidade de desonestidade, esperteza, ladroagem, desmantelo, cara-de-pau, oportunismo, nepotismo, corrupção, apadrinhamento, privilégio indevido, enfim, ilegalidades sem conta, que um tópico só para esse tipo de comportamento de grande parte das autoridades públicas seria bem oportuno. Por esse motivo, vamos despejar aqui o que formos encontrando por aí.

O que me moveu a criar esse tópico foi a última novidade do Senado Federal em extinguir um artigo raro nos dias de hoje, principalmente no meio político: a ética. A notícia segue mais abaixo. Antes, vou replicar aqui outras notícias igualmente tenebrosas ocorridas de umas semanas pra cá:

Com protestos e indignação nas ruas, o Tribunal de Justiça de São Paulo não teve o menor pudor em, na prática, dobrar o salário de seus desembargadores em 2013.

Parlamentares brasileiros têm o 6º salário mais desproporcional do mundo

Lobby da magistratura pressiona Senado para que juiz corrupto mantenha a aposentadoria ao ser afastado do cargo

Negócio da Petrobras trouxe prejuízo de 1 bilhão de dólares

O Brasil descobre as viagens de Cabral

Uma possível tentativa de solução para as mazelas do Brasil


E agora, com vocês, a mais nova invenção do Senado Federal!
Vamos acabar com a ética!


Citação de: O Globo
Lobão Filho retira palavra ‘ética’ do novo código de conduta do Senado
O GLOBO (Email · Facebook · Twitter)
Publicado: 6/08/13 - 12h58
Atualizado: 6/08/13 - 14h30

    ‘O que é ética para você pode não ser para mim’, diz o político
    Texto também rejeita declaração de bens obrigatória de parentes



O senador Lobão Filho (PMDB-MA) Ailton de Freitas / O Globo

RIO — A palavra “ética” foi retirada do possível novo Regimento Interno do Senado Federal, que aguarda apreciação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O código de conduta é jurado por parlamentares na posse de seu cargo. O relator da reforma, o senador Lobão Filho (PMDB-MA), alega que a ética seria relativa. Também foi rejeitada para a proposta a declaração de bens obrigatória por parte de parentes dos senadores, a qual evitaria a transferência de nome do proprietário com o intuito de esconder o patrimônio. Para Lobão, medida seria inconstitucional. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.

— Isso daria margem a interpretações perigosas. O que é ética para você pode não ser para mim. E aí incluir isso iria gerar problema de conflitos ali. A ética é uma coisa muito subjetiva, muito abstrata — justificou o político

Além disso, Lobão Filho não acatou a proposta de emenda a qual determinaria que fossem relatados à Corregedoria do Senado os atos incompatíveis com o decoro parlamentar praticados fora das dependências da Casa Legislativa. Como já previa o texto anterior, foi mantido o entendimento de que a quebra de decoro só deve ser denunciada se ocorrer dentro do prédio do Senado.

A resolução em questão, de nº 93, teve origem em 1970, durante o regime militar. Desde então, o código de conduta interno da Casa nunca havia passado por mudança, apesar de, em 2009, o então senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) ter apresentado a primeira tentativa de alterar as regras do Senado. Contudo, o mandato do tucano terminou antes de o projeto ser votado. Ele concordara com a sugestão do então senador José Nery (PSOL-PA), de incluir, no juramento da posse dos senadores, o compromisso com a ética. Nessa proposta, também havia a afirmação para desempenhar o posto público de forma “honesta”, outro palavra que ficou de fora, mas que Lobão espera poder acrescentar novamente.

O documento que pode mudar o Regimento Interno do Senado já está pronto para ser votado pela CCJ, cujo presidente é o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), do mesmo partido que Lobão Filho. Se o atual conteúdo for aprovado nessa próxima etapa, ele ainda pode seguir para uma comissão temporária especial ou ir direto para o plenário.

http://oglobo.globo.com/pais/lobao-filho-retira-palavra-etica-do-novo-codigo-de-conduta-do-senado-9372131





Enfim, acho que temos um sério problema com relação às pessoas que administram o Brasil, seja em que esfera de poder estejam.  :'(
« Última modificação: 07 de Agosto de 2013, 06:37:14 por Gabarito »

Offline caerus

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 392
Re:Banditismo nos três poderes da república
« Resposta #1 Online: 06 de Agosto de 2013, 19:18:23 »
Bela ação, e belo espantalho de sua parte.

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #2 Online: 06 de Agosto de 2013, 19:22:10 »
Bela ação, e belo espantalho de sua parte.

Obrigado.


Eu vi depois que a matéria do Estadão está mais completa, onde o ilustre senador defende também a não obrigatoriedade de declaração de bens dos membros da família.
Eis abaixo, a reportagem do Estadão:

Citação de: Estadão
Palavra ‘ética’ é retirada de novo código de conduta dos senadores
Compromisso seria assumido no ato de juramento da posse, mas foi rejeitado pelo relator Lobão Filho
05 de agosto de 2013 | 23h 35

Andreza Matais - O Estado de S. Paulo

BRASÍLIA - Com hábitos e costumes criticados pelas manifestações populares recentes, o Senado discretamente decidiu retirar da proposta do novo regimento interno da Casa a sugestão para que os senadores sejam obrigados a se comprometer a agir com ética "na atividade política" e como cidadãos. O compromisso seria assumido em juramento no ato da posse, mas foi rejeitada pelo relator das mudanças no regimento, senador Lobão Filho (PMDB-MA).

O senador também excluiu do documento a obrigação para que os parlamentares apresentem, quando empossados, declaração de bens de seus parentes até o segundo grau. A medida evitava os chamados "parentes laranjas" de parlamentares que transferem a nome de familiares parte de seu patrimônio. "Não há como o senador obrigar seus parentes a revelarem os bens que possuem, pois ofenderia o direito à privacidade desses", justificou Lobão Filho.

O Regimento Interno do Senado é de 1970, auge da ditadura militar. Desde então, nunca foi reformado. O texto disciplina desde a atuação dos senadores aos pronunciamentos e tramitação de matérias.

Em 2009, o então senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) relatou a primeira tentativa de alterar as regras da Casa. O relatório do tucano acatou a sugestão do então senador José Nery (PSOL-PA) para incluir no texto do juramento da posse o compromisso dos senadores com a ética. O texto atual diz apenas: "Prometo (...) desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador".

Na proposta de Jereissati, o juramento incluía o compromisso de desempenhar o mandato de forma "honesta" e "sempre na defesa intransigente da ética na atividade política e como cidadão". O tucano, contudo, deixou o Senado sem que o relatório fosse votado.

Como novo relator, Lobão Filho suprimiu a versão que incluía o compromisso com a ética do juramento. No parecer, apresentado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado em maio, o senador disse que a sugestão de mudança no juramento merecia ser acatada "parcialmente" para incluir "a expressão honesta", mas não justificou a razão de rejeitar o trecho.

Decoro. Lobão também não acatou emenda que obrigaria a comunicação à Corregedoria de atos incompatíveis com o decoro ou com a compostura pessoal praticados fora das dependências da Casa Legislativa. O atual texto do regimento prevê que a denúncia seja encaminhada quando a quebra de decoro ocorrer dentro do prédio do Senado, o que foi mantido.

Entre as emendas acatadas pelo senador, está a que impede o pagamento de salário aos congressistas que "não compareceram à sessão em virtude de prisão processual criminal".

O texto está pronto para votação na CCJ. O presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PB), é do mesmo partido de Lobão Filho - indicado pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), quando líder. Se aprovado na CCJ, o texto segue para uma comissão temporária especial, mas há possibilidade de ir direto para o plenário.


http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,palavra-etica-e-retirada-de-novo-codigo-de-conduta-dos-senadores,1060901,0.htm
« Última modificação: 07 de Agosto de 2013, 06:38:30 por Gabarito »

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #3 Online: 07 de Agosto de 2013, 22:31:48 »
Mais um projeto equivocado e, para variar um pouquinho, caríssimo!


Citar
Um trem alucinado
14 de julho de 2011 | 0h 00

O projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV) entre São Paulo e Rio de Janeiro, o trem-bala, poderia ser usado em cursos de administração pública como exemplo do que não se deve fazer. Foram cometidos vários erros básicos nos estudos preliminares - parecem deliberados, de tão óbvios.

Em primeiro lugar, foi superestimada a demanda de passageiros - e, portanto, a receita futura da operação da linha - em pelo menos 30%.

O TAV tampouco custaria R$ 33 bilhões, como dizem, e sim mais de R$ 60 bilhões. Isso porque não incluíram reservas de contingência, não levaram em conta os subsídios fiscais e subestimaram os custos das obras, como os 100 km de túneis, cujo custo foi equiparado aos urbanos. Esqueceram que os túneis para os TAVs são bem mais complexos, dada a velocidade de 340 km por hora dos trens; além disso, longe das cidades, não contam com a infraestrutura necessária, como a rede elétrica, por exemplo.

Foram ignoradas também as intervenções necessárias para o acesso às estações do trem, caríssimas e não incluídas naqueles R$ 60 bilhões. Imagine-se o preço das obras viárias para o acesso dos passageiros que fossem das zonas sul, leste e oeste de São Paulo até o Campo de Marte!

O último leilão do TAV fracassou não porque os empresários privados não gostem de receber subsídios ou o governo do PT seja refratário a concedê-los. Ao contrário! Até os Correios e os fundos de pensão de estatais podem ser jogados na aventura. Acontece que o projeto é tão ruim que o ponto de convergência se tornou móvel: afasta-se a cada vez que parece estar próximo.

Apesar de tudo, o governo vai insistir, anunciando agora duas licitações: uma para quem vai pôr o material rodante, operar a linha e fazer o projeto executivo da segunda licitação, na qual, por sua vez, se escolheria o construtor da infraestrutura. Este seria remunerado pelo aluguel da obra concluída, cujo inquilino seria a empresa operadora, bem como pelo rendimento da outorga que essa empresa pagou para vencer a primeira licitação. Entenderam? Não se preocupem. Trata-se de uma abstrusa mistificação para, de duas, uma: encobrir o pagamento de toda a aventura pelos contribuintes ou fazer espuma para que o governo tire o time sem dizer que desistiu.

A alucinação que cerca o projeto do TAV fica mais evidente quando se pensa a questão da prioridade. Imaginemos que pudessem ser mobilizados recursos da ordem de R$ 60 bilhões para investimentos ferroviários no Brasil.

Que coisas poderiam ser feitas com esse dinheiro? Na área de transportes de passageiros, R$ 25 bilhões de novos investimentos em metrô e trens urbanos, beneficiando mais de 3 milhões de pessoas por dia útil em todo o País: Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Rio, Goiânia, Brasília, Salvador, Recife, Fortaleza... Sabem quantas o trem-bala transportaria por dia? Cerca de 125 mil, numa hipótese, digamos, eufórica.

Na área de transportes ferroviários de carga, os novos investimentos atingiriam R$ 35 bilhões, atendendo à demanda interna e ao comércio exterior, conectando os maiores portos do País aos fluxos de produção, aumentando o emprego e diminuindo o custo Brasil. Entre outras linhas novas, que já contam com projetos, poderiam ser construídas a Conexão Transnordestina (Aguiarnópolis-Eliseu Martins); a Ferrovia Oeste-Leste (Figueirópolis-Ilhéus); a Centro-Oeste (Vilhena-Uruaçu); o trecho da Norte-Sul de Açailândia a Barcarena, Porto Murtinho a Estrela d"Oeste; o Ferroanel de São Paulo; o corredor bioceânico ligando Maracaju a Cascavel; Chapecó-Itajaí, etc. Tudo para transporte de soja, farelo de soja, milho, minério de ferro, gesso, fertilizantes, combustíveis, álcool, etc. É bom esclarecer: o trem-bala não transporta carga.

Além de ter sido vendido na campanha eleitoral como algo "avançado", o TAV foi apresentado como se o dinheiro e os riscos fossem de responsabilidade privada. Alguém acredita nisso hoje?

Inicialmente, segundo o governo, os recursos privados diretos não cobririam mais de 20% da execução do projeto. E isso naquela hipótese ilusória de R$ 33 bilhões de custo. Outros 10% sairiam do Tesouro Nacional e 70%, do BNDES, que emprestaria ao setor privado, na forma do conhecido subsídio: o Tesouro pega dinheiro a mais de 12% anuais, empresta ao BNDES a 6% e a diferença é paga pelos contribuintes. Com estouro de prazos e custos, sem demanda suficiente de passageiros, quem vocês acham que ficaria com o mico da dívida e dos subsídios à tarifa? Nosso povo, evidentemente, por meio do Tesouro, que perdoaria o BNDES e bancaria o custeio do trem.

Há outras duas justificativas para a alucinação ferroviária: os ganhos tecnológicos e ambientais! A história da tecnologia é tão absurda que lembra os camponeses do escritor inglês Charles Lamb (num conto sobre as origens do churrasco), que aprenderam a pôr fogo na casa para assar o leitão. Gastar dezenas de bilhões num projeto ruim só para aprender a implantar e a fazer funcionar um trem-bala desatinado? Quanto vale isso? Por que não aprender mais tecnologia de metrô e trens de carga? Quanto ao ganho ambiental, onde é que já se viu? Como lembrou Alberto Goldman, a saturação de CO2 se dá nas regiões metropolitanas, que precisam de menos ônibus e caminhões e de mais trens, não no trajeto Rio-São Paulo.

O projeto do trem-bala é o pior da nossa História, dada a relação custo-benefício. Como é possível que tenha sido concebido e seja defendido pela principal autoridade responsável pela condução do País? Eis aí um tema fascinante para a sociologia e a psicologia do conhecimento.

P. S. - A região do projeto do trem-bala onde há potencial maior de passageiros é a de Campinas e Vale do Paraíba, que poderia perfeitamente receber uma moderna linha de trem expresso, com custo várias vezes menor e justificativa econômica bem maior, especialmente se for feita a necessária expansão do Aeroporto de Viracopos.


http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,um-trem-alucinado,744739,0.htm



E hoje, saiu na Folha que o projeto segue de pé, apesar de todos os protestos das ruas e que pode, apenas, ser adiado.

Citar
Consórcios querem adiar leilão do trem-bala
07/08/2013 - 03h00

VALDO CRUZ
DIMMI AMORA
DE BRASÍLIA

Os consórcios da Espanha e da Alemanha pediram ao Brasil o adiamento do leilão do trem-bala, marcado para o dia 13. A solicitação reforça a ala do governo que defende a postergação da licitação.

Segundo a Folha apurou, a presidente Dilma Rousseff já confidenciou a assessores que deve adiar a disputa, mas faltariam detalhes para tomar uma decisão final.

Além de questões técnicas, pesam na decisão presidencial os protestos de ruas que questionaram a prioridade do trem-bala diante da necessidade de investir em metrôs.

O tema foi discutido ontem à noite por Dilma e os ministros Guido Mantega (Fazenda) e César Borges (Transportes), além do presidente da EPL (Empresa de Planejamento e Logística), Bernardo Figueiredo.

Um grupo defende o adiamento sem data definida de retomada. Outro deseja um adiamento curto, para dar tempo aos consórcios de se organizar. Outros acreditam que essa definição deveria ficar para depois das eleições.

Um terceiro consórcio, da França, mantém sua disposição de participar da licitação na data agendada. Defensores do adiamento afirmam que seria ruim fazer um leilão com só um competidor.

A Folha apurou que o governo espanhol encaminhou ontem carta às autoridades brasileiras formalizando o pedido de adiamento do leilão.

A justificativa é que o consórcio quer participar da disputa, mas precisa de mais tempo para analisar e formalizar a proposta.

O consórcio alemão solicitou informalmente, há cerca de duas semanas, a transferência do leilão para outra data também para analisar e preparar uma proposta.

Anunciado em 2007, o projeto do TAV (trem de alta velocidade) brasileiro, ligando São Paulo ao Rio, já teve dois adiamentos, e a terceira tentativa de leilão não chegou a atrair interessados.


http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/08/1322772-consorcios-querem-adiar-leilao-do-trem-bala.shtml



Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #4 Online: 07 de Agosto de 2013, 23:38:25 »
existe algo mais incompetente que esse governo?
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #5 Online: 08 de Agosto de 2013, 12:15:44 »
Mais...


Citar
Ambulâncias totalmente equipadas estão paradas há sete meses
Edição do dia 08/08/2013


Os 41 veículos, que pertencem ao Governo do RJ, foram comprados pela Secretaria Estadual de Saúde por R$ 104 mil cada.

Um flagrante de desperdício de dinheiro público: 41 ambulâncias novinhas, que pertencem ao Governo do Rio de Janeiro, estão paradas há sete meses.

Os veículos totalmente equipados foram comprados pela Secretaria Estadual de Saúde por R$ 104 mil cada uma. A secretaria disse que elas fazem parte de um lote de 50 ambulâncias e que nove já foram distribuídas a hospitais. E as outras devem ser entregues até o fim do ano.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/08/ambulancias-totalmente-equipadas-estao-paradas-ha-sete-meses.html


Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.411
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #6 Online: 08 de Agosto de 2013, 13:01:53 »
Eu já percebi que a única saída é morar em outro lugar. Esse país não tem mais solução, teria que ocorrer uma guerra civil pra mudar as coisas que realmente importam.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #7 Online: 08 de Agosto de 2013, 19:22:59 »
antes um governo incompetente do que um capitalista malvado prestando serviços.

/esquerda off
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #8 Online: 08 de Agosto de 2013, 22:05:04 »
Mas que ética realmente é subjetiva e pessoal...

Sob muita discussão até pode-se tornar algo amplamente considerado ético como lei, que seria obrigatoriamente seguida. Só que nem com toda a discussão do mundo a ética por si só pode ser considerada o único critério para julgamento de qualquer ato político, de modo que se algo é ético não deve ser seguido, por uma série de fatores.

Se está dentro da lei, somente um argumento sólido pode mudar algo, não [somente] um apelo à ética.
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #9 Online: 12 de Agosto de 2013, 10:21:43 »
E seguem as notícias:

Citar
Pronto há quase um ano, aeroporto de Jaguaruna ainda não foi aberto
Edição do dia 12/08/2013
Em Florianópolis, outro caso de obra pública pronta que não atende à população: hospital que custou R$ 24 milhões e nunca recebeu pacientes.


O Bom Dia Brasil vai mostrar esta semana obras públicas que estão prontas, mas nunca atenderam a população.

Em alguns casos, as instalações nem foram inauguradas e já precisam reformas. Ou pior, vão ser botadas abaixo.

A obra, que custou mais de R$ 2 milhões aos cofres públicos, nunca abriu as portas. O Centro de Convenções de São Sebastião, no litoral paulista, está pronto há cinco anos, mas foi construído em uma área de preservação ambiental. O Ministério Público embargou o prédio e agora a prefeitura vai ter que demolir tudo.

No Amapá, a ponte que liga o Brasil à Guiana Francesa está pronta desde junho de 2011, mas só serve de cartão postal. Do lado francês está tudo pronto. Na parte brasileira faltam postos de fiscalização e o acesso à ponte também precisa ser concluído.

A obra custou quase R$ 62 milhões. Segundo o governo do Amapá, a previsão é que a ponte comece a funcionar em 2014.

No Sul de Santa Catarina, outro exemplo de descaso com o dinheiro público. O Aeroporto de Jaguaruna está pronto há quase um ano. Foi projetado para atender sete mil passageiros, mas a operação ainda não foi liberada. O Tribunal de Contas do estado fez restrições ao edital de contratação da empresa que vai administrar o Aeroporto.

Na Grande Florianópolis, R$ 24 milhões foram gastos na construção de um hospital. A estrutura está pronta há três anos, mas nunca recebeu pacientes. Os moradores fizeram um protesto.

"Ele faz muita falta, infelizmente ficou só na promessa, né?", diz uma moradora.

A vigilância sanitária do estado interditou a obra porque não recebeu o pré-projeto antes dos trabalhos começarem.

"Existem ambientes que estão com seus fluxos de circulação inadequados, revestimentos. Uma série de coisas entre problemas de grande complexidade e de pequena para resolver", declara Raquel Bittencourt, diretora de Vigilância Sanitária – SC.

O hospital novinho que nunca funcionou já teria que passar por reformas para atender a população. Hoje algumas passagens impedem o acesso de cadeirantes e, nos banheiros, o paciente teria que pular um degrau antes de entrar no box.

O município elaborou um novo projeto de adequação e que já foi aprovado pela vigilância sanitária. A reforma deve custar cerca de R$ 3 milhões. O valor chamou a atenção do Tribunal de Contas do Estado que decidiu analisar o caso de perto. O TCE encontrou irregularidades no edital de licitação. O processo foi suspenso e por enquanto o hospital continua de portas fechadas.

"Constatamos algumas cláusulas restritivas no edital que podem permitir aumento do custo para o erário e mais do que isso ferem frontalmente a possibilidade de livre competição entre as empresas, o resultado disso normalmente é preço maior”, explica Salomão Robas Junior, presidente TCE-SC.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/08/pronto-ha-quase-um-ano-aeroporto-de-jaguaruna-ainda-nao-foi-aberto.html



Outra:


Citar
Relatório do TCU aponta falhas na gestão de 24 hospitais universitários
Edição do dia 12/08/2013
Em Fortaleza, aparelho de ressonância magnética está sem funcionar há quase cinco meses; Em Uberaba, corredores funcionam como enfermaria.


A situação dos hospitais universitários federais é de abandono. Um relatório do Tribunal de Contas da União apontou falhas na gestão de 24 unidades pelo Brasil.

Em 74% das instituições, falta controle dos contratos e das licitações. Em 70%, faltam funcionários.

No Hospital do Fundão, no Rio de Janeiro, os funcionários anunciam que falta tudo, desde remédios até gente qualificada para fazer a compra de material.

É uma triste constatação no hospital que referência no tratamento de doenças de alta complexidade.

A manutenção do Hospital do Fundão também vem sendo afetada pela crise atual. Equipamentos, como elevadores e sistemas de ar-condicionado estão funcionando precariamente.

Entidades do setor afirmam que a crise é uma de o Governo Federal pressionar as instituições de ensino a aderirem a um novo sistema de gestão com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. Por isso, não há concurso público, e nem repasse de recursos.

Em Fortaleza, o aparelho que faz ressonância magnética no hospital da Universidade Federal do Ceará está sem funcionar há quase cinco meses.

Segundo a direção do Hospital Universitário Walter Cantídio, o que falta agora é a conclusão das obras da sala de comandos do aparelho. Antes, o que atrasava a entrega do equipamento eram problemas burocráticos com o fornecedor a respeito da instalação.

O hospital esperava regularizar a situação até o fim de março, mas o custo com a instalação é quase igual ao valor do aparelho: R$ 1,5 milhão.

Agora, a nova previsão de entrega é para a segunda quinzena de setembro. Até lá, os pacientes que precisarem do exame, só têm à disposição um aparelho na rede pública de Fortaleza, ou então precisam recorrer aos hospitais e clínicas particulares.

Em Campo Grande, é emergência do hospital universitário está parada.

O pronto socorro do Hospital Universitário de Campo Grande não recebe pacientes há duas semanas. A Vigilância Sanitária Estadual interditou o local depois de uma inspeção, onde identificou 48 irregularidades. Entre elas, uma tubulação de esgoto com cano aparente.

Pacientes com suspeita de meningite e gripe H1N1 estavam fora do isolamento. O pronto socorro tem 15 leitos, mas estava superlotado atendendo mais de 80 pacientes por dia.

Agora, o Hospital Universitário só está recebendo pacientes que precisam de cuidados na unidade de terapia intensiva e na enfermaria.

A direção do hospital esteve no Ministério da Saúde, em Brasília, em busca de recursos para a reforma do pronto socorro, mas a resposta a esse pedido só vai sair nesta segunda-feira (12) à tarde.

Com a interdição do local, o movimento nas outras unidades de pronto em Campo Grande aumentou em 30%.

Em Uberaba, Minas Gerais, o hospital universitário deveria atender 27 cidades, mas os pacientes acabam transferidos.

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, que fica em Uberaba, é o único credenciado da região ao SUS para atendimento de alta complexidade. São cerca de 800 mil pessoas que dependem dele.

O problema é que muitas vezes durante o dia o pronto socorro fica fechado para novos atendimentos porque falta espaço. Neste momento, por exemplo, são 41 pessoas, onde só deveria ter 22.

Os corredores já se transformaram em enfermaria e tem gente internada até na sala de emergência.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a expectativa é de que a situação melhore com a inauguração do novo centro de trauma, com 125 leitos, prevista para 2015.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/08/relatorio-do-tcu-aponta-falhas-na-gestao-de-24-hospitais-universitarios.html


E segue o barco.

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #10 Online: 13 de Agosto de 2013, 10:14:41 »
Citar
Escolas inacabadas não atendem aos alunos e já precisam de reformas
Edição do dia 13/08/2013
Em vários estados onde deveriam estar funcionando colégios públicos e creches, estão apenas obras paradas, um desperdício de dinheiro público.


Esta semana, o Bom Dia Brasil mostra casos de obras públicas que se arrastam e não atendem a população. Em Goiás e Mato Grosso, encontramos escolas onde as reformas não ficam prontas. E os maiores prejudicados são os alunos.

A ideia é excelente. Colégio de ponta, estrutura moderna, aulas e atividades o dia todo. O problema é que a obra, de mais de R$ 2 milhões, se arrasta desde 2010. E o que já foi feito começa a se estragar. Infiltrações e rachaduras na parede, ferrugem nas janelas. Quem deveria estar aprendendo no local caminha meia hora todo dia para estudar no colégio mais próximo.
"É ruim chegar todo sujo. Os pés sujos, roupa suja", declara um aluno.
O sentimento de alunos e pais é bem parecido. “Dá revolta. Você entra lá e vê tanto dinheiro que jogou fora”, declara Maria de Jesus, dona de casa.
Nós saímos de Aparecida e percorremos 45 quilômetros até chegar em outro endereço. Atrás de um telhado é a cobertura do ginásio de esportes e, no mesmo terreno, um concreto armado já erguido. Deveria ser a escola do bairro. A promessa é que a obra seria entregue em 2012, mas até agora não se vê ninguém trabalhando. Parece que a obra foi abandonada.
"Desde que eu moro aqui está parado. Já tem um ano”, conta um morador.
É no Conselho Tutelar que chegam as queixas. “Ali, estão violando o direito da criança e o adolescente. A lei fala que eles têm direito de estudar próximo à sua casa”, defende  José Nilton Ribeiro, do Conselho Tutelar.

Em Cuiabá, outro exemplo da demora. Desde dezembro, os operários suspenderam o trabalho em uma escola. Parte do forro está caindo. Em uma creche mais desperdício de dinheiro público. Os chuveiros nunca funcionaram porque não há água. Os vasos sanitários ainda estão cobertos com sacos plásticos. E não é só: depois que as pias foram instaladas, a direção da creche percebeu que ficaram altas demais para crianças. Por isso os novos banheiros estão interditados.
“É necessário que o gestor dê uma solução para essas obras, porque o artigo 45 da lei de responsabilidade fiscal veda o início de projetos novos com obras paradas”, explica Narda Consuelo Neiva da Silva, secretária do TCE-MT.
O Secretário de Educação de Cuiabá disse que notificou as empreiteiras responsáveis pelas reformas. A agência de obras de Goiás declarou que a escola mostrada no início da reportagem vai ser entregue em outubro. Com relação ao outro colégio, uma nova licitação será feita em 15 dias.
E em São Paulo - onde mais de 100 mil crianças não têm vaga em creches - uma novinha está pronta, mas nunca recebeu uma criança sequer. Veja no vídeo a situação.


http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/08/escolas-inacabadas-nao-atendem-aos-alunos-e-ja-precisam-de-reformas.html


Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #11 Online: 16 de Agosto de 2013, 19:36:07 »
Essa é braba!

Primeiro, o comentário de Marcelo Madureira. Na sequência, a notícia completa:



Citar
BOQUINHA
Publicado por: em: 16 agosto 2013 Categoria: Sem categoria | Comentário : 0

TRIVIAL VARIADO

O governador do Ceará, Cid Gomes,  acaba de contratar um serviço de bufê para atender o  gabinete e  a residência oficial do governador. Pelo serviço o contribuinte vai pagar a bagatela de R$ 3,4 milhões por 4 anos. Ou seja , são 850 mil reais por  ano que equivalem a 70,8 mil reais por mês , ou ainda , dois mil e trezentos e trinta reais e uns quebrados por dia. É claro que o povo cearense ,  desde já , não esta convidado para compartilhar a mesa do governador  a mesa do governador. No contrato esta previsto um cardápio com 495 pratos que é para o Cid poder variar o paladar . Pode ser um caviar , escargot , bacalhau, camarão presunto de Parma , enfim , tudo aquilo que se pode encontrar no dia a dia de qualquer mesa cearense.  Filiado ao PSB , Partido Socialista Brasileiro , Cid Gomes acha que o socialismo começa pela geladeira da sua casa. Aliás , Gomes é useiro e vezeiro em se apropriar de verbas públicas em benefício próprio , coisa que o povão chama de patrimonialismo. Ele já gastou 67 milhões de reais para alugar um jatinho e levar a sogra  para  (vejam bem , a sogra !) para passear pela Europa , França e Bahia.

Não vou entrar na questão que o Ceará é um dos estados mais pobres da federação nem tampouco quero lembrar que atravessa um período de seca que leva tristeza  e desolação para um povo que nos deu tantas alegrias através do Chico Anysio , Renato Aragão entre muitos outros. Cearenses são muito bem humorados e acredito que o governador Cid Gomes  só esta fazendo uma piada.


O que o Cid Gomes mostra , sem moderação , é a sua falta de educação , a falta de classe. Como é brega , jeca , boko moko ( lembram desta ?) ficar ostentando , tirando onda , principalmente com o dinheiro público ( na verdade isso é crime ) e pior ainda , quando todos em volta precisam de eficiência , retidão e compostura do poder público.

Tenho dito.

http://www.casseta.com.br/madureira/2013/08/16/boquinha/



Citação de: O Globo

Cid Gomes contrata buffet de R$ 3,4 milhões no Ceará
    Serviço no gabinete e na residência oficial inclui bombinhas de escargot e de salmão com caviar, camarões ao sol nascente, crepe de lagosta e sushi tropical, entre outras iguarias

Maria Lima (Email · Facebook · Twitter)
Publicado: 15/08/13 - 23h00


Nota. Cid diz que contrato terá validade de quatro anos Gustavo Miranda/26-2-2013

BRASILIA - Em mais um discurso para cobrar providências dos órgãos de fiscalização em relação ao que chama de escalada de denúncias de mau uso de recursos públicos pelo governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), o deputado estadual Heitor Ferrer (PDT-CE) voltou à tribuna esta semana para pedir explicações sobre o que batizou de “farra do caviar”: um contrato publicado no Diário Oficial do estado detalhando a contratação de um buffet, no valor de R$ 3,4 milhões, para abastecer a cozinha da residência oficial e o gabinete do governador com iguarias que incluem centenas de quilos do que há de mais fino na culinária internacional.

O edital publicado dia 1º de agosto diz que o contrato — que prevê também decoração e fornecimento de taças de cristal, arranjos com orquídeas, 700 garçons, 500 garçonetes e 15 chefs de cozinha — tem validade de um ano. Mas o governador, em nota, disse que “a nova licitação com o buffet Anira Serviços de Alimentação Ltda, com vigência iniciada no dia 1º de agosto, não corresponde ao período de um ano. O prazo deve ser aditivado — até o período de quatro anos —, da mesma maneira como aconteceu no contrato anterior, de 2010 a julho de 2013”. A nota diz ainda que “os valores são pagos conforme a demanda e não existe um valor fixo/mínimo mensal a ser pago e o cardápio é feito de acordo com o evento ou autoridade a ser recepcionada”.

De 2010 a julho de 2013, o mesmo buffet recebeu do governo do Ceará R$ 3,5 milhões para garantir a boa mesa a Cid Gomes, sua família e convidados.

Heitor Ferrer, único deputado estadual que faz oposição a Cid Gomes, lista todas as suspeitas que já rondaram o governador no uso do dinheiro público: de gastar R$ 81 milhões com contratação de bandas e megashows de estrelas como Plácido Domingos e Ivete Sangalo; de pagar R$ 67 milhões com frete de aeronaves para levar a sogra e a família para passear em capitais da Europa, do Caribe e dos Estados Unidos; e de pegar carona em jatinhos e iates de empresários.

O cardápio previsto no edital para a contratação dos serviços prevê até 495 pratos diferentes, e se apresenta com uma variação de receitas preparadas com caviar, escargots, bacalhau, salmão, presunto de Parma, funghi, vieiras, frutos do mar, pães exóticos, croissants, toucinho do céu ou trufas. Ingredientes indispensáveis nas cozinhas dos grandes chefs.

O deputado Heitor Ferrer diz que a tabela de comidas tem nomes que o cearense sequer imagina do que se trata, como arroz de champagne, risoto de ostras, bolinhos de bacalhau com semente de papoula servidos com molho de vinho tinto, bombinhas de escargot, bombinhas de salmão com caviar, escargot na manteiga de alho para ser servido em pequenas tarteletes, camarões ao sol nascente KG, canapés de caviar, canapés de presunto de Parma, chips de banana com geleia de amoras, creme de escargot, crepe de lagosta, sushi tropical, paellas variadas e frigideiras de arroz selvagem.

— Enquanto o sertão sofre com uma seca inclemente, o palácio do governo se banqueteia. Serão gastos R$ 287 mil por mês e R$ 9.566 por dia, o que daria para perfurar um poço profundo diariamente para os conterrâneos que sofrem sede e fome no sertão. O povo está morrendo, e o governador está servindo bombinhas de salmão com caviar, entre outras comidas que nem sei pronunciar o nome — discursou Ferrer, na Assembleia do Ceará.

Em Brasília, o deputado federal Eudes Xavier (PT-CE) também protestou contra a “farra do caviar”. Na tribuna da Câmara, ele voltou a comparar a comilança com a penúria da população carente no sertão cearense em função da longa estiagem. O petista considerou desrespeitoso o governo estadual gastar tanto dinheiro com a compra de lagosta e caviar, enquanto os sertanejos passam fome e sede.

— Essas famílias só querem um poço para matar a sede — protestou Eudes Xavier.

Nesta quinta, Heitor Ferrer voltou à tribuna para ler uma declaração do governador Cid Gomes, em resposta à sua cobrança de explicações sobre os gastos com o buffet: “Acho isso miúdo! É coisa de gente miúda, que vai ser eternamente deputado”, disse Cid Gomes.

— Cid sempre responde às minhas denúncias de forma jocosa, tripudiando. Eu posso ser miúdo no tamanho, mas sempre vou brigar contra esses absurdos. O escândalo do crédito consignado, que beneficiou parentes dele, este sim, o Ministério Público está investigando, e ele vai ter que responder — disse Ferrer.

Além da comida, os R$ 3,4 milhões do contrato preveem decoração, fornecimento de talheres finos, taças de cristal, prataria, toalhas, transporte, armazenagem da comida e músicos. Outro item do cardápio que chama a atenção é o fornecimento de mil garrafas de 473 mililitros de energético.

http://oglobo.globo.com/pais/cid-gomes-contrata-buffet-de-34-milhoes-no-ceara-9572304



E assim vamos nós...

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.411
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #12 Online: 16 de Agosto de 2013, 21:41:19 »
Revoltante.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #13 Online: 16 de Agosto de 2013, 22:10:35 »
e o Cid é bilionário, mas mesmo assim ainda quer que o estado, que julga ser dele, pague suas contas
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #14 Online: 21 de Agosto de 2013, 08:11:31 »
Citar
Imagens mostram hospitais abandonados em Goiás
Edição do dia 20/08/2013


Hospital de Santo Antônio do Descoberto, na divisa de Goiás com o Distrito Federal, custou quase R$ 5 milhões, ficou pronto há 8 anos, mas nunca atendeu a nenhum dos 1,2 mil pacientes previstos por dia.

Na semana passada, o Jornal Nacional mostrou a situação caótica do Hospital de Base, em Brasília, onde um paciente que precisa de uma cirurgia de urgência precisa esperar durante dias numa fila. Nesta terça-feira (20), o repórter Marcos Losekann mostra um dos motivos dessa superlotação.

Um cachorro preguiçoso, uma cerca enferrujada e um guarda desarmado. É tudo o que protege o patrimônio da saúde pública. O Hospital de Santo Antônio do Descoberto, na divisa de Goiás com o Distrito Federal, custou quase R$ 5 milhões, ficou pronto há 8 anos, mas nunca atendeu a nenhum dos 1,2 mil pacientes previstos por dia. A população já cansou de esperar.

O único hospital da cidade de 200 mil habitantes está em reforma. Não interrompeu o atendimento, mas não tem condições de cuidar de doenças graves.  Segundo a prefeitura, a solução pros casos mais complicados é a ambulância que leva os pacientes para os já abarrotados hospitais de Brasília.

“É vergonhoso. E como prefeito eu sinto envergonhado”, afirmou Itamar Lemes do Prado, PDT, prefeito de Santo Antônio do Descoberto.

Situação ainda pior foi encontrada em Águas Lindas de Goiás. Lá só existe o esqueleto do que seria um dos maiores hospitais do Entorno do Distrito Federal. Mato e teias de aranha tomaram conta da área destinada ao centro cirúrgico.

A obra em Águas Lindas de Goiás custou mais de R$ 15,6 milhões aos cofres públicos e era para ter sido concluída em março de 2010. Mas parou muito antes disso. Nem um terço ficou pronto. Faltam vidros nas janelas, paredes, em algumas alas. E o piso é chão batido.

O hospital teria 152 leitos e poderia atender até 1,5 mil pessoas por dia. Para tirar esse patrimônio da UTI, do descaso e do abandono serão necessários, pelo menos, R$ 20 milhões. Mas até agora o hospital só recebeu promessas.

As informações foram passadas pelos engenheiros do governo de Goiás, que nesta terça-feira começaram a fazer um levantamento da situação.

Enquanto isso, quem precisa de médico disputa vaga no pequeno hospital da cidade. Ou em uma das cinco ambulâncias com destino a Brasília.

“Ambulância não é solução. A solução é fortalecer atenção primária, ter médicos qualificados”, disse Willem Madison Teixeira, secretário municipal de Saúde.

Resolver o problema na origem pode não só desafogar o sistema hospitalar da capital do Brasil, mas principalmente evitar situações degradantes como a que flagramos nesta terça. Dona Irene, de 70 anos, com a perna quebrada há 4 dias, viajou 8 horas do interior da Bahia para chegar a Brasília. Perambulou por vários hospitais durante toda a madrugada até conseguir uma vaga. Agora vai ficar na fila da cirurgia.

O Ministério da Saúde afirmou que está negociando a retomada das obras dos hospitais com o governo do estado de Goiás e as prefeituras. Mas ainda não tem prazos definidos.

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/08/imagens-mostram-hospitais-do-entorno-do-df-abandonados.html

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #15 Online: 22 de Agosto de 2013, 16:51:14 »
será que é do SUS
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.629
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #16 Online: 26 de Agosto de 2013, 21:04:51 »
Esse Cid Gomes está "causando"...
É a segunda vez que ele aparece aqui no tópico...



Citar
Sem licitação, Cid Gomes gasta R$ 78 milhões com helicópteros
Maria Lima (Email · Facebook · Twitter)
Publicado: 24/08/13 - 19h27
Atualizado: 24/08/13 - 19h34


Helicóptero usado pela Polícia Civil cearense, mas adquirido pela pasta de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, por meio de artifício que dispensou realização de licitação Foto: TMA/Germano Cavalcanti


BRASÍLIA - O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), está montando uma frota de helicópteros, integrada por quatro aeronaves equipadas com o que há de mais moderno — sem licitação. Enquanto a União discute, há anos, qual empresa estrangeira (alemã, sueca, francesa ou americana) oferece melhores condições para a compra de caças para a Aeronáutica, Cid Gomes não teve dúvidas: usou uma brecha no Programa de Modernização Tecnológica da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que dispensa licitação especificamente para compra de equipamentos — não exatamente helicópteros — para operar, junto ao banco alemão MLW Intermed, a compra milionária de quatro helicópteros biturbinados. Até agora, pelas três últimas aeronaves que começaram a chegar no dia 19, o governo do Ceará já desembolsou R$ 78 milhões.

No entanto, os “equipamentos” adquiridos via Promotec não servem às atividades da Secretaria de Ciência e Tecnologia. A primeira aquisição pelo programa aconteceu em 2010, com o Eurocopter EC-135P2+, prefixo PR-GCE, oficialmente comprado “para fins de operação junto à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior e Superintendência Estadual de Meio Ambiente”, segundo o extrato de inexigibilidade de licitação. Mas a aeronave nunca serviu à finalidade original. De padrão luxo, é usado pelo governador. Os três últimos foram comprados em setembro do ano passado e começaram a ser entregues semana passada.


http://oglobo.globo.com/pais/sem-licitacao-cid-gomes-gasta-78-milhoes-com-helicopteros-9693279

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.866
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #17 Online: 28 de Agosto de 2013, 08:46:27 »
será que é do SUS
Do sus, sim  mas do governo do Goiás ou da prefeitura do município?

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.683
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #18 Online: 28 de Agosto de 2013, 09:35:53 »
será que é do SUS
Do sus, sim  mas do governo do Goiás ou da prefeitura do município?

Faz diferença?  :hein:
"Deus prefere os ateus"

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.738
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #19 Online: 28 de Agosto de 2013, 23:56:41 »

Plenário da Câmara nega cassação de Donadon


 :armado:

É melhor rir, porque o stress aumenta a pressão.

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.738
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #20 Online: 28 de Agosto de 2013, 23:59:23 »
 O PLACAR DA VOTAÇÃO *

A favor da cassação    233

Contra a cassação      131

Abstenções                   41

Total de votantes        405

* O número mínimo de votos para a cassação é 257

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.770
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #21 Online: 29 de Agosto de 2013, 07:10:03 »
Essa foi a cereja no bolo...ou a azeitona na pizza...
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Skorpios

  • Tesoureiro
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.913
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #22 Online: 29 de Agosto de 2013, 07:18:39 »
Vocês realmente esperavam outra coisa?
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.299
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #23 Online: 29 de Agosto de 2013, 08:33:53 »
Vocês realmente esperavam outra coisa?

2
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.770
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #24 Online: 29 de Agosto de 2013, 11:59:04 »
Citar
Governistas lideram faltas para ajudar Donadon171

Fernando Rodrigues 29/08/2013 08:07

Comunicar erroImprimir
PT e outras siglas governistas tiveram maior número de ausentes na sessão que salvou deputado preso

O Partido dos Trabalhadores e outras siglas governistas foram os responsáveis pelo maior número de ausentes na sessão da Câmara que salvou o mandato do deputado federal Natan Donadon (ex-PMDB), de Rondônia.

Os 5 maiores partidos governistas na Câmara (PT, PMDB, PSD, PP e PR) têm juntos 289 deputados. Na sessão de ontem (28.ago.2013), só compareceram para votar 219. Ou seja, os 70 gazeteiros representaram uma taxa de ausência de 24,2%.

Os quatro maiores partidos de oposição (PSDB, DEM, PPS e PSOL) têm uma bancada conjunta de 91 deputados. Desses, 14 faltaram na sessão de cassação de Donadon, ou seja, 15,4%

http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2013/08/29/governistas-lideram-faltas-para-ajudar-donadon/

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!