Autor Tópico: Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república  (Lida 40926 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #100 Online: 29 de Outubro de 2013, 13:30:29 »
É o tipo de ineficiência que resulta do "enxugamento"/sucateamento da máquina pública. Querem serviços públicos suecos, mas só se for de graça. Aí não tem como.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #101 Online: 29 de Outubro de 2013, 22:21:41 »
se contar corrupção, absentismo remunerado mais esses desperdícios,  70% da verba do SUS deve ir para o lixo. E ainda me criticam quando digo que deveria ser, em sua maior parte, extinto.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne


Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #103 Online: 02 de Novembro de 2013, 22:19:23 »
Estradas... Infraestrutura... Atividades e gerenciamento estratégico de um país...

Estamos indo "muito bem" na fita:

Citar
Governo federal deixa de investir mais de R$ 40 bilhões em rodovias
Edição do dia 31/10/2013
A Confederação Nacional do Transporte divulgou um estudo sobre as estradas brasileiras. Mais de 60% das rodovias pesquisadas têm problemas.



A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou um estudo sobre as estradas brasileiras. O relatório afirma que, nos últimos 11 anos, o governo federal deixou de investir mais de R$ 40 bilhões na expansão e na melhoria da malha rodoviária. A reportagem é de Vladimir Neto.

As estradas do Pará estão entre as piores do país, segundo a pesquisa da CNT. Na BR-155, a pista, a sinalização, até o traçado, tudo é considerado péssimo. O estudo analisou quase 100 mil quilômetros de estradas pelo Brasil e revelou que mais de 60% das rodovias pesquisadas têm problemas como buracos, desgaste, sinalização precária, e foram consideradas ruins, péssimas ou regulares.

O estudo também mostra que em quase 90% das rodovias pesquisadas, a pista ainda é simples, de mão dupla, o que aumenta o risco de acidentes. Em 40% delas, não há nem acostamento.

Nos últimos 11 anos, o governo deixou de aplicar mais de R$ 40 bilhões previstos no orçamento na expansão e melhoria das estradas. Dinheiro suficiente para reconstruir 29,5 mil quilômetros de rodovias, de acordo com os cálculos da CNT.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) reconhece que as obras demoram a sair do papel.

“Você vai elaborar um projeto de engenharia que leva tempo. Não é do dia pra noite. Juntamente com isso tem todo o componente ambiental e um processo de licenciamento ambiental”, explica o diretor do Dnit, Jorge Fraxe.


Ora, mas que desculpinha mais ordinária... A culpa é do tempo ("Leva tempo") ou do licenciamento ambiental. Então vamos esperar melhores rodovias para daqui a uns 20 anos. Enquanto isso, países sérios constroem rodovias robustas, com vida útil superior a 50 anos, em meses!
Essa gente nunca ouviu falar da Autobahn alemã, mas em muitos outros países isso é corriqueiro. Porque falar de Autobahn aqui é covardia das grossas.

continuando...

Citar
Segundo o levantamento, o sistema rodoviário está sobrecarregado. Nos últimos dez anos, a frota brasileira dobrou. Além disso, de acordo com estimativas do setor, hoje 66% de toda a movimentação de cargas do Brasil passam pelas estradas.

Em vários pontos, os caminhoneiros já sofrem com as filas, como no acesso ao Porto de Santos.

“Buraco, é trânsito. Na rodovia, dia e noite é parado", aponta um motorista.

“Muito prejuízo que a gente fica horas arriscado a ser assaltado”, diz um caminhoneiro.

Diante dos números, a CNT já fala em colapso das principais vias de escoamento da produção agrícola e industrial nos próximos anos.

“Isso vai criar um apagão logístico. Vai ter uma hora que não vai acontecer não são só as filas até o Porto de Santos, não. Quilômetros e quilômetros de caminhões parados. Nós vamos ter é quilômetros e quilômetros de caminhões parados em todo o sistema rodoviário brasileiro, porque não consegue escoar a produção”, avalia Clésio Andrade, presidente da CNT.

O Ministério dos Transportes não quis se pronunciar. Em nota, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, declarou que o programa de concessões de rodovias do governo federal vai acelerar as obras de duplicação e construção de estradas. Ainda segundo a ministra, o PAC concluiu obras em mais de 2,5 mil quilômetros de rodovias em todo o país.

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/10/governo-federal-deixa-de-investir-mais-de-r-40-bilhoes-em-rodovias.html


Sem perspectivas de melhoras. Desculpem os transtornos. Eles dizem que trabalham para melhorar o país.
Desculpem os transtornos.
 :no:

Há também um vídeo na fonte da matéria.
« Última modificação: 02 de Novembro de 2013, 22:26:28 por Gabarito »

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.868
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #104 Online: 14 de Novembro de 2013, 17:52:56 »
Nem tudo que acontece é ruim. Notícia de hoje no estado:

Citar
14/11/2013 16h24 - Atualizado em 14/11/2013 16h24

Fotos de governantes estão proibidas em prédios públicos do RN em 2015

Proposta foi promulgada na Assembleia Legislativa nesta quinta (14).
Matéria que também proíbe criação de slogans começa a valer em 2015.
Do G1 RN


O governo do Rio Grande do Norte e as prefeituras dos 167 municípios potiguares estão proibidas de criar slogans e marcas publicitárias, assim como fixar imagens de líderes dos poderes executivos e gestores de órgãos em repartições públicas. É o que define a Proposta de Emenda Constitucional promulgada nesta quinta-feira (14) na Assembleia Legislativa do RN. A regra passa a valer a partir de 2015 de acordo com o texto aprovado.
saiba mais
Emenda proíbe fotos de governantes em repartições públicas do RN
Aprovado em comissão projeto que extingue casa para governador do RN
Tramita na Assembleia pedido de impeachment da governadora do RN
O governo só poderá utilizar nas peças de propaganda do governo o brasão de armas do Estado e como slogan, a frase: "Governo do Estado do Rio Grande do Norte". O mesmo vale para as prefeituras, que devem regulamentar a emenda em âmbito municipal caso queiram mudar os símbolos a serem usados. Quanto às imagens dos governantes, as fotos só podem ser utilizadas nas galerias de ex-gestores.

"O que não pode mais é marca e slogan que incentive o culto à personalidade. Isso desvirtua a sensação do cidadão do que ele pode exigir da marca pública. A impessoalidade mostra que o governante não é dono do governo". afirma o deputado estadual Kelps Lima, autor da emenda. Para o deputado, o modelo político-administrativo do estado é atrasado.

Emendas promulgadas

Outras duas emendas à Constituição Estadual também foram promulgadas. Uma delas fixa o teto remuneratório para todos os agentes públicos no âmbito de qualquer dos poderes do Estado, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública.

O valor máximo do salário pago aos servidores públicos estaduais será o recebido pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado, que atualmente é R$ 25.323,50. Isso quer dizer que nenhum servidor potiguar poderá dispor de contracheque cuja soma ultrapasse o valor disposto em lei.

A segunda emenda diz respeito à inclusão do princípio de eficiência para a administração pública. A proposta altera a Constituição Estadual nos moldes da Constituição Federal. A constituição do RN passa a ter em sua redação o princípio da eficiência, que será acrescentado aos já expressos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade.

Como são projetos que mudam o texto da Constituição Estadual, as propostas não precisam passar pela sanção do Executivo Estadual, só sendo necessária a votação e promulgação na Assembleia Legislativa para que as emendas sejam ratificadas como regra jurídica.
http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/11/fotos-de-governantes-estao-proibidas-em-predios-publicos-do-rn-em-2015.html

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.862
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #105 Online: 14 de Novembro de 2013, 18:32:58 »
É uma boa notícia. Aliás, isto vem sendo feito a algum tempo pelos governos do PSDB em Curitiba e no Paraná.
Foto USGS

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.868
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #106 Online: 14 de Novembro de 2013, 18:51:36 »
Essa foi uma iniciativa de um deputado do partido da Solidariedade daqui, não parece que houve participação do executivo.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #107 Online: 14 de Novembro de 2013, 19:12:16 »
Nem tudo que acontece é ruim. Notícia de hoje no estado:

Citar
14/11/2013 16h24 - Atualizado em 14/11/2013 16h24

Fotos de governantes estão proibidas em prédios públicos do RN em 2015

http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/11/fotos-de-governantes-estao-proibidas-em-predios-publicos-do-rn-em-2015.html

Boa notícia.


Mas, infelizmente, as más continuam chegando:

Citar
Deputados antecipam viagem e passam feriadão em NY
Estadão ConteúdoPor Andreza Matais e Fábio Fabrini | Estadão Conteúdo – 20 horas atrás

Henrique Eduardo Alves (Foto: Estadão Conteúdo)

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e mais seis deputados federais embarcam para Nova York nesta quarta-feira, 13, antevéspera de feriadão, para cumprir agenda concentrada apenas na próxima segunda-feira, 18. A missão oficial antecipada terá diárias pagas pelo contribuinte e tempo de sobra para outras atividades na capital da Broadway, do Museu Metropolitan e do Rockefeller Center.

Os congressistas estavam com embarque marcado para as 18 horas de Brasília para São Paulo, em jato da Força Aérea Brasileira (FAB). Da capital paulista, seguem em voos comerciais para Nova York, com chegada prevista para a manhã desta quinta-feira, 12.

O primeiro compromisso da frente parlamentar no feriadão é gastronômico, no fim do dia seguinte: um jantar oferecido pelo embaixador Antonio Patriota, representante da Missão do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU). Depois disso, só há trabalho previsto para dois dias depois, segundo a agenda confirmada ao Grupo Estado nesta quarta-feira pela Presidência da Câmara.

Para participar de três compromissos na segunda, dia 18, o presidente da Câmara receberá cinco diárias de US$ 550 cada (R$ 1.227), a título de cobrir despesas com hospedagem, alimentação e transporte. Os deputados Fábio Faria (PSD-RN), Márcio Bittar (PSDB-AC), Eduardo da Fonte (PP-PE), André Figueiredo (PDT-CE), Danilo Fortes (PMDB-CE) e Esperidião Amin (PP-SC) têm direito a valores um pouco mais baixos (US$ 428 por dia).

Dois assessores viajaram antecipadamente e já estão em Nova York para assessorar os congressistas em seus compromissos. Segundo fontes da Câmara, as mulheres dos deputados também estão de malas prontas, mas não contam com verba da Casa para viajar.

As passagens para os Estados Unidos são pagas à parte pelo Legislativo, que não divulgou os valores pagos. Nesta quarta-feira, horas antes a partida, a TAM vendia bilhetes de ida e volta para Nova York, nos mesmos dias, por R$ 19 mil em classe executiva.

No sábado, 16, e no domingo, 17, a agenda será livre. Na segunda, segundo a Câmara, os deputados têm encontros com John Ashe, presidente da 68ª Assembleia Geral da ONU, e com o presidente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, embaixador Liu Jieyi. Em seguida, concedem entrevista à Rádio ONU, retornando ao Brasil no mesmo dia.

De acordo com a Presidência da Câmara, a agenda dos deputados ainda pode mudar. Até esta quarta-feira, no entanto, havia apenas a previsão de mais compromissos, todos também na segunda-feira.

Nestas quinta, 14, e sexta-feira, 15, a ONU em Nova York sedia evento na União Interparlamentar, organização que reúne representantes dos parlamentos de todo o mundo. Mas nem a Câmara nem a entidade confirmaram a presença dos deputados brasileiros nas discussões desses dias.

A Assembleia Geral da ONU, aberta em setembro pela presidente Dilma Rousseff, tem eventos até o ano que vem. Congressistas brasileiros têm bastante interesse na viagem para Nova York, com a justificativa de participar o evento. Só na Câmara, há previsão de que 22 embarquem para lá até dezembro, às custas do contribuinte.

http://br.noticias.yahoo.com/longe-stf-dirceu-descansa-fam%C3%ADlia-itacar%C3%A9-102800255.html


Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.987
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #108 Online: 14 de Novembro de 2013, 22:04:35 »
Cara, se eles pagaram quase 20 mil reais cada um em passagem executiva para NY, é um desaforo com a população.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #109 Online: 18 de Novembro de 2013, 19:04:22 »
A encrenca agora é com a cachoeira de gasolina que derrama dinheiro no bolso de muito esperto.
Vejam só:

Citar
Deputados gastam quase R$ 8 milhões em postos de gasolina
Valor corresponde a reembolso feito pela Câmara no primeiro semestre; parlamentares justificam consumo total com apenas uma nota fiscal
18 de novembro de 2013 | 2h 09

BERNARDO CARAM / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo

Com apenas uma nota fiscal emitida ao mês, deputados federais conseguem usar toda a cota de combustíveis a que têm direito. No Senado, os valores chegam a ultrapassar os R$ 20 mil. Entre os documentos apresentados, estão notas de postos de combustível de parentes dos parlamentares e estabelecimentos que foram doadores em suas campanhas.

Levantamento feito pelo Estado mostra que, no primeiro semestre, dez deputados gastaram até o último centavo a que têm direito. Eles apresentaram apenas uma nota por mês com o valor total da cota, sempre em seus Estados de origem, nos mesmos estabelecimentos ou pertencentes ao mesmo dono.

De janeiro a junho, a Câmara dos Deputados gastou R$ 7,8 milhões para reembolsar os gastos de parlamentares com combustíveis e lubrificantes. Cada um tem direito a consumir R$ 4,5 mil mensais para abastecer veículos usados no exercício do cargo.

Ângelo Agnolin (PDT-TO), por exemplo, traz na descrição da nota apresentada em março o consumo de 1.521 litros de gasolina, o que seria suficiente para fazer um carro médio rodar pelo menos 15 mil quilômetros. Ainda na mesma nota, o deputado paga três preços diferentes de gasolina comum (R$ 2,79, R$ 2,95 e R$ 3,12).

Fidelização. O deputado Davi Alcolumbre (DEM-AP) gasta toda sua cota no posto Salomão Alcolumbre & Cia. LTDA, em Macapá. O mesmo sobrenome não é coincidência. Salomão, ex-suplente de José Sarney e falecido em 2011, era tio do parlamentar. O posto continua sob o comando da família.

As normas de uso da verba indenizatória proíbem a utilização da cota para ressarcimento de despesas relativas a bens fornecidos ou serviços prestados por empresa da qual o proprietário ou detentor de qualquer participação seja o deputado ou parente de até terceiro grau. De acordo com o chefe de gabinete do parlamentar, a família Alcolumbre é dona de cerca de 70% dos postos de combustível do Amapá, "sendo inviável não abastecer na empresa de parentes".

Em todas as notas de Davi Alcolumbre às quais o Estado teve acesso, os valores discriminados dos produtos sofreram pequenos arredondamentos para que o valor final fosse exatamente o máximo que a Câmara permite para reembolso. Na nota fiscal de março, por exemplo, apesar de a soma dos produtos consumidos totalizar R$ 4.501,70, consta no valor final o montante de R$ 4.500,00. Se o documento tivesse o valor correto, Alcolumbre teria de completar R$ 1,70 do próprio bolso, ideia que parece não ter agradado o parlamentar.

Minimalista. A técnica utilizada pelo deputado Vinicius Gurgel (PR-AP) é ser tão apurado quanto um conta-gotas na hora de abastecer. Os volumes de combustível chegam a ser medidos com até três dígitos depois da vírgula para que a nota fiscal alcance exatos R$ 4,5 mil. Em janeiro, foram 806,451 litros de gasolina e 991,189 litros de diesel.

Nas notas apresentadas pelo deputado Manoel Salviano (PSD-CE), o "desconto" é mais claro. Consta no documento de janeiro, por exemplo, "valor dos produtos: 4.510,45" e, logo abaixo, o "valor total da nota: 4.500,00". O dono do posto em que Salviano abastece todos os meses consta nos registros do Tribunal Superior Eleitoral como financiador da campanha do parlamentar.

Em 2010, Marciano Teles Duarte doou R$ 10 mil ao candidato. O mesmo registro aparece nas contas do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do deputado Biffi (PT-MS). O posto em que Alves gastou quase R$ 17 mil apenas no primeiro semestre também doou R$ 10 mil para a sua campanha eleitoral. Biffi, por sua vez, gastou R$ 21,5 mil de janeiro a junho no mesmo estabelecimento que doou R$ 1.330 para sua campanha em 2010.

Total flex. No Senado, só há restrição para o uso de combustível nos carros oficiais. A cota, nesse caso, é de 300 litros de gasolina por mês ou 420 litros de álcool. Já o reembolso de combustível usado em outros veículos, desde que seja justificado pelo exercício da atividade parlamentar, pode chegar mensalmente a valores entre R$ 21 mil e R$ 44 mil, que são os limites máximos da verba indenizatória, dependendo do Estado de origem do parlamentar.

O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB/RR) apresentou em junho uma nota fiscal no valor de R$ 22,5 mil com a justificativa de que eram "despesas com combustíveis para atender demanda do escritório político em Boa Vista". No posto onde a nota foi emitida, o litro da gasolina custa R$ 3,03. Com o valor da nota, é possível comprar quase 7.500 litros do combustível, o suficiente para abastecer 185 carros médios.

Neste ano, Mozarildo apresentou outras seis notas emitidas pelo mesmo posto, que variam de R$ 2 mil a R$ 3,5 mil. Somados, todos os documentos pagos pelo Senado alcançam um montante de R$ 39 mil apenas com combustível. A equipe de gabinete do senador não detalhou o consumo, mas informou que todos os gastos são previstos nas regras do Senado.

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,deputados-gastam-quase-r-8-mi-em--postos-de-gasolina-,1097872,0.htm


Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #110 Online: 18 de Novembro de 2013, 20:45:52 »
Calabresa, portuguesa ou frango com catupiry?
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.862
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #111 Online: 18 de Novembro de 2013, 22:50:07 »
Calabresa, portuguesa ou frango com catupiry?

Não tem.

Serve a de 'quatro queijos'?
Foto USGS

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #112 Online: 20 de Novembro de 2013, 11:32:34 »
Essa aqui não é nem falta de ética, mas incompetência.

Citar
Postos de policiamento do Distrito Federal estão sem atendimento
Edição do dia 20/11/2013
O Bom Dia Brasil encontrou apenas uma agente em um dos mais de 130 postos, e até boneco fazendo o papel de policial.



O Bom Dia Brasil já mostrou o abandono de postos policiais no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira (20), o jornal mostra que a situação em Brasília não é muito diferente. Nossa equipe encontrou até um boneco fazendo o papel de policial.

O Bom Dia Brasil percorreu várias cidades do Distrito Federal e encontrou apenas uma agente em um dos mais de 130 postos instalados. Quem sofre com esta ausência é a população.

O posto está lá, tem sinalização, mas não tem policial militar. “Só de enfeite, só para  acabar o estacionamento. Dois postos, o de lá e o de cá. Nunca tem policial”, diz a comerciante Cláudia Costa.

Um estava enfeitado mesmo, com um boneco no lugar do policial, sentado em frente ao computador.  A foto foi postada numa rede social por um morador indignado.  E vários estão sem atendimento em Brasília.  Cadeado na porta é comum.  Em outro, encontramos um aviso de que os policiais faziam ronda na rua, mas o número para encontrá-los estava incompleto.

Outro posto tinha viatura na porta, mas nada de policial. Rodamos por várias cidades do Distrito Federal e só encontramos  uma agente em um posto.  Mesmo assim, ela estava sozinha.

Um posto de Ceilândia, cidade mais violenta do Distrito Federal, é mais um que está fechado, apesar da luz acesa. A Polícia Militar não quis gravar entrevista, mas informou que, dos 131 que foram montados, apenas dois não estariam em pleno funcionando. 

O gasto foi grande. Os postos menores custaram, cada um, R$ 118.387,50. E os duplos, R$ 187.655,50, preço de uma casa na periferia de Brasília. Foram instalados em 2009, e eram para funcionar 24 horas, mas o que o comerciante viu em ação foram os assaltantes.  “Minha porta mesmo já foi arrombada duas vezes, na frente do posto”, conta Jorge Luiz, comerciante.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, partiu dos moradores o pedido de deixar mais policiais nas ruas e não nos postos e o posto hoje é considerado por muitos uma base móvel, de apoio.


Citar
Alexandre Garcia: 'Posto policial sem uso significa desperdício de dinheiro'
Brasil tem cerca de 140 homicídios por dia e a lei dá impressão de impunidade.


Na capital do Brasil, postos policiais foram construídos para serem vistos e transmitirem a sensação de presença policial, segurança, quando se sabe que a presença policial ostensiva tem que ser móvel, para ocupar uma área de forma a dissuadir o criminoso. Posto policial sem uso e com a luz acesa significa desperdício do dinheiro do povo que é prejudicado duplamente, porque não tem segurança.

Um país com cerca de 140 homicídios por dia, todos os dias, é um país sem segurança pública, inseguro, em que o estado não cumpre o seu dever constitucional, embora alegue números no orçamento da segurança. Pelos números, também se constata que as pessoas e empresas investem cada vez mais em proteção: grades, câmeras, vigias, rondas particulares. E os números do crime mostram que não e as explicações sociológicas sucumbem aos números porque, afinal, na medida em que o governo anuncia avanços sociais, avança também o crime.

A lei dá impressão de impunidade; aliviou de quatro para oito anos o enquadramento em regime semi-aberto e impõe ao juiz nove alternativas para o criminoso ficar livre, e não preso. Juízes calculam em 300 mil o número de condenados que estão nas ruas, por falta de cumprimento da ordem de prisão. E pensar que na Suécia, estão fechando presídios por falta de criminosos.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/11/postos-de-policiamento-do-distrito-federal-estao-sem-atendimento.html


Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.919
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #113 Online: 20 de Novembro de 2013, 11:38:22 »
Aqui em MG eles compraram 500 viaturas e abriram 2 batalhões, sem fazer nenhum concurso desde 2010, sendo que 25% do efetivo saiu entre 2010 e 2013. Acho que eles devem estar com uma plantação de policiais-alunos em algum lugar e controles remotos pras viaturas, porque só assim mesmo.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #114 Online: 20 de Novembro de 2013, 11:59:16 »
Você precisava ter visto as promessas da então candidata Dilma em 2010 no que se refere a segurança pública...
O país receberia recursos e atenção das autoridades, expansão das UPPs para outras unidades da federação, investimento em pessoal, equipamentos, ... mundos e fundos...

Candidato é outro patamar... Não dá pra competir com a realidade.

E a segurança pública foi para o beleléu. Salve-se quem puder (e quem puder pagar segurança privada, blindar carros, essas coisas).

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #115 Online: 20 de Novembro de 2013, 20:23:25 »
Novamente não é falta de ética, mas decorrente dela.

Citar
A tragédia da educação
Por Lúcio Flávio Pinto | Cartas da Amazônia – ter, 19 de nov de 2013


AFP
Neste ano, pela primeira vez,  o Brasil ficou de fora da relação das 200 maiores universidades do mundo com a exclusão da Universidade de São Paulo, que era a única representante nacional nesse clube seleto. Os Estados Unidos continuam disparados na frente, ocupando 77 posições, mais de um terço do total (proporção de equivalência com os prêmios Nobel conquistados pelos americanos, não por acaso).

Mas há perspectivas de mudança. A Coréia do Sul já é considerado país de primeiro mundo em função da crescente qualidade das suas universidades, que se reflete na pujança da sua indústria de tecnologia de ponta. A China também se prepara para ocupar um lugar equivalente à sua grandeza física e humana: 350 mil jovens chineses estão matriculados em algumas das principais universidades do mundo. São pagos pelo governo do seu país, com o compromisso, que serão cobrados, de retornarem ao lar e colocarem em prática o que aprenderam.

O Brasil caminha no sentido inverso: optou por um populismo acadêmico que pune os melhores a pretexto de corrigir graves e pungentes desigualdades, as do ensino refletindo as perversões sociais e econômicas que fazem do nosso país um dos mais injustos do planeta. O desafio existe e precisa ser enfrentado e resolvido. O que incomoda é a solução proposta.

É claro que os mais pobres e menos preparados precisam de ajuda. Mas ela deve vir nos estágios anteriores ao ingresso na universidade. Todas as formas de subsídio, inclusive as não materiais, devem ser utilizadas para desfazer ou pelo menos minimizar as condições desiguais da disputa por uma vaga no ensino superior, que desfavorecem os pobres, os negros e outros grupamentos discriminados socialmente.

Mas na hora do ingresso no último estágio do ensino o que deve contar é o mérito individual, as qualidades de cada pessoa, as inatas e as adquiridas, as evidentes e as que ainda não floresceram, mas só esperam uma oportunidade para se revelarem.

Adotadas para oferecer um desvio nessa competição, muitas vezes selvagem e irracional, as cotas estão minando a dinâmica da boa formação universitária. Um minúsculo exemplo local serve de prova.

Duas turmas de direito se formaram à tarde e à noite na Universidade Federal do Pará, a segunda em quantidade de alunos do país. Uma, com 80 alunos que não entraram através do sistema de cotas. Nela, o índice de evasão é desprezível e o aproveitamento, bom. A outra surgiu com metade desse número. Todos os 40 alunos eram cotistas. Quase um terço deles já abandonou o curso. O aproveitamento é sofrível. A discriminação se tornou maior e mais cruel. O efeito, um desastre.

Daí o péssimo desempenho da UFPA e a posição cada vez mais baixa em relação às demais instituições de ensino superior, mesmo as exclusivamente do Estado. E o índice de reprovação de 98% no exame de ordem na seccional da OAB.

Com as escolas públicas do ensino fundamental e médio destroçadas e os seus alunos desorientados e desviados das salas de aula, é de se esperar por resultados mais desastrosos. O Brasil dos invejáveis índices econômicos continuará em sentido descendente nos desempenhos sociais, educativos e culturais. Afluente e rico, se for o caso. Civilizado?

http://br.noticias.yahoo.com/blogs/cartas-amazonia/trag%C3%A9dia-da-educa%C3%A7%C3%A3o-195252275.html

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #116 Online: 21 de Novembro de 2013, 08:55:31 »
Voltando ao tema segurança pública, duas matérias que ilustram uma triste realidade cotidiana:


Citar
Arrastões assustam banhistas em feriado com praias lotadas no Rio
Edição do dia 21/11/2013

Foi preciso uma van da Polícia Militar para levar os detidos até a delegacia.
Menores de idade, alguns de 10 anos, também foram apreendidos.


Os arrastões estão de volta às praias cariocas. As praias ficaram lotadas no feriado de sol forte e teve muito corre-corre na areia. Banhistas se assustaram com os assaltos em série, mesmo com o policiamento reforçado. Veja na reportagem da Marina Araújo e do Luís Júnior.

O policial sai pelas ruas atrás do menor de idade suspeito de participar de um arrastão. É um corre-corre a cada momento em um ponto da praia do Leblon, Zona Sul do Rio.

“Está uma correria danada do pessoal, o arrastão está acontecendo”, afirma o técnico em mecânica Everaldo Oliveira.

No primeiro arrastão que flagramos, dois adolescentes são apreendidos. “Fui assaltado, levaram aqui no arrastão. Quem foi não dá para ver, é uma massa, junta uma massa, de cinco, seis, segurando o meu braço”, conta o estudante Matheus de Andrade.

“Eles arrebentaram o meu cordão, mas na hora eu percebi, segurei, e eles não conseguiram levar nada”, lembra a estudante Ana Souza.

É uma tensão constante na areia da praia. Os bandidos jogaram pedras. Foi preciso uma van da Polícia Militar para levar os detidos até a delegacia.

No Arpoador, pequenos grupos de jovens fizeram pelo menos dez arrastões neste feriado. Apesar do reforço do policiamento, banhistas, turistas e vendedores ainda têm a sensação de insegurança.

Um barraqueiro que trabalha há 30 anos ficou revoltado. “Vi diversos roubos, toda hora, pessoas sendo machucadas com sangue na cabeça”, conta Gegeel Cruz.

No feriado prolongado da semana passada também houve tumulto na praia do Arpoador. A equipe flagrou mais um dos arrastões. Menores de idade também foram apreendidos.

Desde então, a segurança na orla aumentou: 260 policiais militares e 140 guardas municipais percorreram as praias da Zona Sul do Rio. “Não tem como dar conta, eles se espalham para um lugar, corre para um lado, corre para outro, não tem como”, afirma Gegeel.

“Muito tumulto, uma correria dos meninos, mas polícia logo chegou, a Guarda Municipal, mas muita gente correndo de um lado para o outro, a gente entrou até na lanchonete”, conta a professora Alessandra Santana.

A polícia prendeu dois homens por furto qualificado e seis menores foram pegos roubando na areia. Dois deles são crianças de dez anos, levadas para o Conselho Tutelar.

O governo do estado prometeu instalar uma delegacia móvel na orla da Zona Sul. E a PM vai avaliar um possível reforço policiamento.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/11/arrastoes-assustam-banhistas-em-feriado-com-praias-lotadas-no-rio.html



Já esse caso de pequenos empresários é o que mais comove. Como eles mesmo dizem, estão somente trabalhando para os ladrões...
Coitados. É a face mais triste da história, dos que não têm recursos para se proteger e dependem do serviço público, esse completamente precário, ineficiente, incompetente, insensível, etc e etc...

Citar
Após assaltos, dono de mercado atende clientes atrás de grades
Edição do dia 21/11/2013

Comércio assaltado fica a duas quadras de batalhão da PM em Uberlândia.
Em Bauru e na capital paulista, padarias já foram assaltadas 50 vezes.



O Bom Dia Brasil mostra crimes que se repetem dezenas de vezes e nada acontece com os bandidos. Pelo Brasil, donos de pequenos negócios foram e ainda são assaltados dezenas de vezes do mesmo jeito.

Em mais de um caso, comerciantes já registram 50 roubos ao mesmo estabelecimento.

As câmeras de segurança flagraram o ladrão dentro de uma loja em Rio Verde, a 220 quilômetros de Goiânia. Quando percebe um carro de polícia na rua, ele se esconde.
Esse foi o 16º assalto registrado na loja nos últimos dois anos.

“Semana passada aconteceu e essa semana de novo, eu acredito que mais policiamento na rua pode ser que ajude”, diz o supervisor da loja, Wagner Santana.

Mas existem casos muito, muito piores.

Em Bauru, no centro-oeste paulista, uma padaria já foi assaltada 50 vezes. Os roubos são em todos os horários, de todos os jeitos. Os bandidos nem escondem o rosto. Entram armados, levam o dinheiro, e até a gaveta do caixa.

E em São Paulo mais 50 roubos em outra padaria. O dono afirma que os assaltos aconteceram nos últimos 10 anos. E coleciona uma série de flagrantes aterrorizantes das câmeras de segurança.

O último foi no sábado (17) à tarde. Os dois ladrões chegam armados e surpreendem os clientes. Um pega a carteira do homem que está no balcão. O outro, com a arma na mão, vai para os fundos assaltar outros clientes. Só esse ano já foram seis assaltos.

“Eu por mim ia fechar, porque já não estou aguentando. Eu não acho justo. É justo eu trabalhar para os ladrões?”, diz o comerciante Jacinto José da Silva.

Para o advogado e professor de Direito da PUC-SP Maurício Pessoa, o Estado pode ser responsabilizado judicialmente em casos como esses. “Aquele prejuízo que ele suportou foi em razão da omissão do Estado na prestação da segurança pública. Então, provada essa relação, o Estado tem o dever de indenizar”, afirma o especialista.

Já para alguns especialistas em segurança, esses roubos repetidos têm base na sensação de impunidade dos bandidos, e precisam ser combatidos com investigação policial, e prisão dos ladrões.

“Só se combate o crime profissional através da investigação, prisão e condenação dos criminosos”, afirma o especialista em segurança Guaracy Mingardi.

Em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, nem a proximidade com a polícia, impediu os roubos.
Um mercado fica a duas quadras do batalhão da Polícia Militar, mesmo assim já foi assaltado quatro vezes nos últimos dois meses.

A saída do dono foi extrema: instalou grades e, de trás delas, atende os clientes.

“Nós estamos inseguros. Nós estamos praticamente emendados com a polícia e está tendo assalto. Eu que fico preso e o bandido solto”, afirma o comerciante Nero Gomes Lamounier.

Sobre o caso da padaria assaltada mais de 50 vezes, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo disse que a Corregedoria das polícias abriu procedimento para apurar a atuação do 21º Distrito Policial na investigação dos casos.

As polícias militares de Rio Verde, de Bauru e de Marília dizem que fazem ronda ostensiva nas áreas onde os roubos foram praticados.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/11/apos-assaltos-dono-de-mercado-atende-clientes-atras-de-grades.html

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #117 Online: 29 de Novembro de 2013, 11:53:45 »
Se não tomar cuidado eles vão aparelhar tudo. Não vai sobrar nenhum lugar que não esteja totalmente "dominado".
Ainda bem que o TCU viu essa esperteza. E as que não vê?


Citar
'QI'
TCU suspende concurso suspeito do Ministério do Planejamento

TCU suspende prova no Planejamento suspeito de favorecer apadrinhados
Publicado: 29 de novembro de 2013 às 11:10 - Atualizado às 11:05
Por: Redação



TCUO Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu concurso do Ministério do Planejamento para admitir novos servidores por suspeita de que as regras favoreçam a contratação de indicados políticos, com cargos de chefia no serviço público. Para os ministros da corte, o edital dá excessivo peso à experiência profissional em “atividades gerenciais”, o que abriria as portas da pasta para a entrada de comissionados que ocupam altos postos na administração pública.

A seleção foi aberta em junho e prevê a nomeação de 150 especialistas em políticas públicas e gestão governamental, com salário de R$ 13,6 mil. Nada menos que 9,6 mil pessoas se inscreveram e fizeram as provas objetiva e discursiva da primeira fase, cujo resultado ainda não foi divulgado. Os problemas identificados pelo tribunal estão na segunda etapa, de comprovação de títulos e da prática profissional.

“É um concurso que parece que tem endereço certo”, critica o ministro do TCU José Jorge, para quem as regras se assemelham a uma “coisa para contratar petista”.

Na segunda fase, quem for selecionado pode obter até 200 pontos. O candidato soma até 50 se tiver título de doutorado; até 40 com mestrado; e até 30 com especialização. Para aquele que ateste experiência profissional em atividade gerencial, a pontuação pode alcançar 150 (15 por ano de exercício). Em outras palavras, quem ocupou posição de gerência nos 10 anos da gestão do PT no governo federal, pode pontuar o máximo.

O governo defende o modelo como um “aperfeiçoamento dos métodos de recrutamento” e não descarta adotá-lo em mais seleções futuramente. “Isso pode ser aplicado em outros concursos, dependendo da necessidade”, adianta a secretária de Gestão Pública do Planejamento, Ana Lúcia Amorim Brito.

Para o TCU, além de um exagero no peso dado à prática profissional, não há clareza quanto aos parâmetros para aferir a chamada “experiência gerencial”. O edital permite que se pontue tanto as atividades na iniciativa privada quanto no setor público, mas a avaliação e o julgamento de cada caso ficará a cargo de uma banca examinadora formada pela Escola de Administração Fazendária (Esaf), do Ministério da Fazenda, responsável pela seleção.

Liminar

Na prática, a suspensão do TCU se soma a um entrave judicial. Liminar do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região também mandou, pelo mesmo motivo, parar o certame em outubro, a pedido da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp).

No plenário do TCU, as regras do edital foram duramente criticadas na noite de quarta-feira. “Parece uma espécie de Ferrari na contramão, porque o que eles (o Planejamento) estão querendo fazer é tudo o que se tenta acabar desde a Constituinte”, afirmou o ministro José Jorge. “O povo dos cargos comissionados fazia concurso para eles mesmos passarem. Esse parece uma tentativa de fazer isso”, acrescentou.

O relator do processo, Raimundo Carreiro, disse que um dos problemas é a falta de definição do tipo de experiência aceita no serviço público, cujos cargos mais altos são divididos entre direção e assessoramento. “Nem há distinção.”

A secretária Ana Lúcia Amorim argumentou que o concurso visa à contratação dos melhores profissionais, com experiência de mercado, pois essa é a necessidade da pasta. “Estamos tentando aperfeiçoar o recrutamento”, afirmou. AE

http://www.diariodopoder.com.br/noticias/tcu-suspende-concurso-de-ministerio-do-planejamento/


Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #118 Online: 29 de Novembro de 2013, 19:28:07 »
Até um negócio chamado Black Friday por aqui se transforma em "Black Faude"
Enquanto nos EUA essa sexta-feira é um dia de negócios, nos céus tupininquins é dia de enganar trouxa.

Extra! Promoção! Tudo pela metade do dobro!



Citar
Forbes ironiza Black Friday brasileira e diz que ele é "o dia da fraude"
InfoMoneyInfoMoney – 9 horas atrás

SÃO PAULO - “Se nos Estados Unidos a Black Friday é a largada da temporada de compras de Natal, no Brasil, é uma data para varejistas enganarem consumidores ávidos”. Foi assim que o site da revista norte-americana Forbes destacou a ação brasileira, que deu início na madrugada desta sexta-feira (29).

Leia também:
Extra.com lidera ranking dos sites mais reclamados no Black Friday
Internautas fazem denúncias e afirmam: ‘Black Fraude’ está de volta

A publicação critica o evento no Brasil, destacando as fraudes e os problemas ocorridos nas edições anteriores, como falta de produtos, demora na entrega e, principalmente, descontos “falsos.”

“Se os brasileiros fizessem uma Black Friday direito, eles teriam pessoas acampadas em frente ao Pátio Higienópolis quinta-feira à noite”, alfinetou o site. “Enquanto o Black Friday nos Estados Unidos é um dia de negócios, no Brasil ela é conhecido como o dia da fraude.”

No texto, a Forbes ressaltou ainda a preparação do governo e de entidades de proteção ao consumidor para que o evento de hoje não repita problemas passados. “O departamento de defesa do consumidor de São Paulo [Procon-SP] divulgou uma lista na última terça-feira com as 325 empresas que devem ser evitadas no evento.”

Outra medida destacada pela publicação foi o código de ética elaborado pela camara-e (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico), que tem o objetivo de proteger consumidores e varejistas durante o evento por meio de normas de conduta e boas práticas para promoções de e-commerce. Se empresas violarem o código, elas serão proibidas de participar do evento em 2014.

http://br.financas.yahoo.com/noticias/forbes-ironiza-black-friday-brasileiro-diz-%C3%A9-dia-105152030--finance.html




Alguns comentários:

Citar
    Mario  •  9 horas atrás Denunciar abusos

        PAÍS HONESTO É OUTRA COISA !!! Ficamos o tempo todo "metendo o pau" nos políticos ladrões e acabamos esquecendo dos COMERCIANTES ladrões, dos LOJISTAS ladrões, dos SUPERMERCADOS ladrões, dos BANCOS ladrões, dos CARTÕES DE CRÉDITO ladões, enfim, o NOSSO POVO é muito ladrão. Somos roubados O TEMPO TODO por todos os lados, por todos os cantos, por tudo que é jeito. BRASIL, O PAÍS DA HIPOCRISIA !!!

    27 Respostas
        ERICO  •  9 horas atrás Denunciar abusos

            É um agarrado no rabo do outro meu amigo, é uma cadeia "fraudimentar", o governo esta no topo da cadeia "fraudimentar", ele rouba o povo e os lojistas, os lojistas roubam o povo, e assim vai sendo alimentada rede de enganação que parece ser eterna, cada vez mais fico descrente neste nosso pais!!

[...]

 Bat Fino  •  7 horas atrás Denunciar abusos

    ... há pouco tempo, um repórter da Folha lançou uma matéria, tentando quantificar corrupções do cotidiano. Os cidadãos roubam a carga da caneta de casas lotéricas. O motorista do 'fiscal' rouba combustível, adulteram o leite, a gasolina e os anticoncepcionais. A maior parte dos golpes contra instituições (SUS, INSS, etc..) são praticados pelo cidadão comum. As gôndolas e balanças são viciadas e ninguém pede a nota. Nem o banheiro público escapa, somem o sabonete (usado) e o papel. O médico frauda o ponto e não vai. Etc.. Aí, depois, um desses golpistas se lança candidato, - e é eleito. Ora! Nada mais JUSTO ...

[...]

« Última modificação: 29 de Novembro de 2013, 19:40:49 por Gabarito »

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #119 Online: 03 de Dezembro de 2013, 15:36:28 »
Descendo ainda mais essa ladeira. :no:

Citar
Só piora
Brasil está mais corrupto em 2013 que no ano passado
Ranking eleva nível de corrupção no País
Publicado: 3 de dezembro de 2013 às 12:12 - Atualizado às 12:14
Por: Naira Trindade

A queda de três posições no ranking dos países considerados mais limpos ou livres da corrupção aponta que a corrupção aumentou no Brasil. A tabela divulgada nesta terça-feira pela ONG Transparência Internacional, com sede em Berlim, na Alemanha, coloca o Brasil em 72º lugar, mas no ano passado o País ocupava a 69ª posição na tabela que inclui 177 países. O problema é que quando mais perto de 100, mais limpo é o país. E os que estão mais próximo do zero são mais corruptos.

O Brasil obteve 42 pontos, o mesmo que Bósnia-Hezergóvina, São Tomé e Príncipe, Sérvia e África do Sul, países que, no ranking, ficam atrás de outros como Botsuana (30ª posição), Costa Rica (49ª), Ruanda (49ª) ou Turquia (53ª). “O país não está nem no topo e nem no fim da tabela, está lá pelo meio, mas mesmo assim tirou menos de 50, ou seja, foi reprovado”, diz Alejandro Salas, diretor de Américas da Transparência Internacional, para quem o Brasil não está fazendo o seu dever de casa para combater o problema da corrupção.

Citar
Os países menos corruptos:

1º lugar: Dinamarca e Nova Zelândia

3º lugar: Finlândia e Suécia

5 º lugar: Noruega e Cingapura


Citar
Os países mais corruptos:

172º lugar: Líbia

173 º lugar: Sudão do Sul

174 º lugar: Sudão

175 º lugar: Afeganistão, Coréia do Norte e Somália


Citar
Os países latinos:

19º lugar: Uruguai

22º lugar: Chile

49º lugar: Costa Rica

63º lugar: Cuba

72º lugar: BRASIL

83º lugar: Peru

94º lugar: Colômbia

102º lugar: Equador

106º lugar: Argentina, Bolívia e México

150º lugar: Paraguai

160º lugar: Venezuela

163º lugar: Haiti


http://www.diariodopoder.com.br/noticias/brasil-esta-mais-corrupto-em-2013-que-em-2012/


Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.987
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #120 Online: 03 de Dezembro de 2013, 17:44:49 »
Uruguai...Pepe  :coracao:
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline West

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.888
  • Sexo: Masculino
  • "Como um grão de poeira suspenso num raio de sol"
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #121 Online: 03 de Dezembro de 2013, 21:54:41 »
Nem tudo que acontece é ruim. Notícia de hoje no estado:

Citar
14/11/2013 16h24 - Atualizado em 14/11/2013 16h24

Fotos de governantes estão proibidas em prédios públicos do RN em 2015

Proposta foi promulgada na Assembleia Legislativa nesta quinta (14).
Matéria que também proíbe criação de slogans começa a valer em 2015.
Do G1 RN


O governo do Rio Grande do Norte e as prefeituras dos 167 municípios potiguares estão proibidas de criar slogans e marcas publicitárias, assim como fixar imagens de líderes dos poderes executivos e gestores de órgãos em repartições públicas. É o que define a Proposta de Emenda Constitucional promulgada nesta quinta-feira (14) na Assembleia Legislativa do RN. A regra passa a valer a partir de 2015 de acordo com o texto aprovado.
saiba mais
Emenda proíbe fotos de governantes em repartições públicas do RN
Aprovado em comissão projeto que extingue casa para governador do RN
Tramita na Assembleia pedido de impeachment da governadora do RN
O governo só poderá utilizar nas peças de propaganda do governo o brasão de armas do Estado e como slogan, a frase: "Governo do Estado do Rio Grande do Norte". O mesmo vale para as prefeituras, que devem regulamentar a emenda em âmbito municipal caso queiram mudar os símbolos a serem usados. Quanto às imagens dos governantes, as fotos só podem ser utilizadas nas galerias de ex-gestores.

"O que não pode mais é marca e slogan que incentive o culto à personalidade. Isso desvirtua a sensação do cidadão do que ele pode exigir da marca pública. A impessoalidade mostra que o governante não é dono do governo". afirma o deputado estadual Kelps Lima, autor da emenda. Para o deputado, o modelo político-administrativo do estado é atrasado.

Emendas promulgadas

Outras duas emendas à Constituição Estadual também foram promulgadas. Uma delas fixa o teto remuneratório para todos os agentes públicos no âmbito de qualquer dos poderes do Estado, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública.

O valor máximo do salário pago aos servidores públicos estaduais será o recebido pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado, que atualmente é R$ 25.323,50. Isso quer dizer que nenhum servidor potiguar poderá dispor de contracheque cuja soma ultrapasse o valor disposto em lei.

A segunda emenda diz respeito à inclusão do princípio de eficiência para a administração pública. A proposta altera a Constituição Estadual nos moldes da Constituição Federal. A constituição do RN passa a ter em sua redação o princípio da eficiência, que será acrescentado aos já expressos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade.

Como são projetos que mudam o texto da Constituição Estadual, as propostas não precisam passar pela sanção do Executivo Estadual, só sendo necessária a votação e promulgação na Assembleia Legislativa para que as emendas sejam ratificadas como regra jurídica.
http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/11/fotos-de-governantes-estao-proibidas-em-predios-publicos-do-rn-em-2015.html

Sempre achei uma puta sacanagem dos políticos o que eles fazem à título de publicidade (no sentido de tornar público, prestar contas, dos atos de estado). Na verdade o que eles fazem não passa de autopromoção ou marketing político as custas do erário público. A famigerada propaganda oficial não passa disso, PROPAGANDA ELEITOREIRA. Duvido muito que os políticos soltarão esse osso a nível federal e é até surpreendente que isso tenha acontecido a nível estadual. Eu ainda duvido, só acredito vendo.
"Houve um tempo em que os anjos perambulavam na terra.
Agora não se acham nem no céu."
__________
Provérbio Iídiche.

"Acerca dos deuses não tenho como saber nem se eles existem nem se eles não
existem, nem qual sua aparência. Muitas coisas impedem meu conhecimento.
Entres elas, o fato de que eles nunca aparecem."
__________
Protágoras.Ensaio sobre os deuses. Séc. V a.C.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.218
  • Sexo: Masculino
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #122 Online: 11 de Dezembro de 2013, 15:10:24 »
Citar
Espera por cirurgia em hospitais federais no Rio pode durar até 7 anos
Edição do dia 11/12/2013
Esse é o tempo que paciente aguarda por troca de sonda que era 'urgente'.
Fila para operação nas seis unidades no estado do Rio tem 12.548 pessoas.

A espera de milhares de pacientes para uma cirurgia nos hospitais federais do Rio pode levar até sete anos. A Defensoria Pública da União prepara uma ação na Justiça para obrigar o Ministério da Saúde a contratar médicos.

Esse é tamanho da fila para uma cirurgia nos seis hospitais federais do Rio: 12.548 pessoas.

O levantamento foi feito pela Defensoria Pública da União. Só no Hospital dos Servidores do Estado, são mais de 4.500 pacientes.

Seu Fernando precisa operar o joelho e colocar uma prótese no quadril. A angústia já dura três anos. E pelo e-mail do hospital, pode levar muito mais tempo.

“Eles falaram que o prazo médio para esse tipo de cirurgia é 7 anos. Eu como paciente eu me sinto humilhado”, afirma José Fernando Vieira.
 
No Hospital do Andaraí são mais de 1 mil pessoas na fila. O Sindicato dos Médicos do Rio fez uma vistoria na semana passada e encontrou a emergência em péssimas condições. Com pacientes atendidos no corredor. Segundo o sindicato, o hospital tem recusado pacientes em estado grave e suspendeu cirurgias.

A equipe de reportagem também esteve em São Gonçalo para conhecer a Dona Ledir. Ela trabalha em um escola municipal do município fluminense, tem 64 anos e um problema seríssimo no joelho. Ela espera desde 2009 para fazer uma cirurgia no Hospital de Ipanema.

Com o esforço pra se manter de pé, o joelho que estava bom também passou a doer.  E limpar a escola fica cada dia mais difícil...

“Eles me deram um telefone, que eu ficasse ligando. Aí eu liguei. Aí um dia, a menina disse: ‘não, liga mais tarde’, ‘liga mais outro dia’, ‘liga daqui a uma semana’, ‘liga daqui a duas semanas’. Aí eu peguei e não liguei mais, porque eles não me atendiam”, conta Ledir da Silva.

Dona Ledir espera na fila com mais 2.500 pessoas. Quase o mesmo número do Hospital da Lagoa, também na Zona Sul.

Segundo a Defensoria, faltam médicos nos seis hospitais da rede federal na cidade. O déficit passa de 1.200 profissionais.

E a pior situação é a do Hospital Federal de Bonsucesso. É onde Márcio Teixeira espera para trocar uma sonda na bexiga. O procedimento era urgente. Mas sete anos já se passaram. E nada de cirurgia.

“Ah, me dá revolta de vez em quando com a espera. É só marca, marca, marca. Ninguém resolve nada. No dia que eu falecer, aí liga para um dos meus parentes, minha esposa, minha esposa: ‘Ah, vai marcar cirurgia para ele?’. ‘Ah, ele já se foi. Ele faleceu’. Aí já é tarde”, lamenta o paciente.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/12/espera-por-cirurgia-em-hospitais-federais-no-rio-pode-durar-ate-7-anos.html

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #123 Online: 11 de Dezembro de 2013, 17:25:10 »
não é ruim,  é apenas descentralizado
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Notícias sobre falta de ética nos três poderes da república
« Resposta #124 Online: 11 de Dezembro de 2013, 17:29:51 »
Citar
Já esse caso de pequenos empresários é o que mais comove. Como eles mesmo dizem, estão somente trabalhando para os ladrões...
Coitados. É a face mais triste da história, dos que não têm recursos para se proteger e dependem do serviço público, esse completamente precário, ineficiente, incompetente, insensível, etc e etc...
ué todos nós estamos trabalhando para ladrões, apenas os métodos de alguns deles são legais. Pagar impostos é financiar uma organização criminosa.. eu financio.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!