Enquete

Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?

Ateu
43 (58.1%)
Agnóstico (e/ou ignóstico)
17 (23%)
Teísta (e/ou fideísta, panteísta, deísta etc.)
14 (18.9%)

Votos Totais: 73

Autor Tópico: [Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?  (Lida 21342 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #125 Online: 05 de Agosto de 2014, 14:40:17 »
"Deus" sendo tudo e tudo sendo "Deus," e sendo o homem auto-consciente(pleonasmo cabeludo), logo, o homem é "Deus", portanto, "Deus" é consciente.
Isso depende do que se entende por auto-consciência. "Esse termo tem significado e história diferente de consciência. Na realidade não significa "consciência de si", no sentido de cognição (intuição, percepção etc.) que o homem tenha de seus atos ou de suas manifestações, percepções, ideias etc., tampouco significando retorno à realidade "interior", de natureza privilegiada; é a consciência que tem de si um Princípio infinito, condição de toda realidade. Esse termo também nada tem a ver com conhecimento de si, que designa o conhecimento mediato que o homem tem de si como um ente finito entre outros."1 Logo, o homem ter consciência de si mesmo no sentido de cognição e/ou conhecimento  mediato de si ente finito entre outros, não faz dele, e nem por consequência do universo (como um todo infinito), autoconsciente(s).

A idéia de consciência envolve um pressuposto de compartilhamento de uma mesma informação sobre algo, ou seja, há um indivíduo ciente de algo o qual compartilha essa mesma ciência de algo com outrem produzindo uma consciência, da mesma forma que um autor quando divide a autoria de uma obra com outrem tem com esse outrem a co-autoria de uma obra. Já o termo autoconsciência envolve um contraditório de descrever uma unicidade, que seria esse tal Princípio Infinito como algo relativamente finito, com a idéia de auto, como se presumisse implicitamente uma unicidade diversa delegada a qualquer outra coisa ou alguém.

Outra coisa, Princípio Infinito é um conceito auto-excludente e estapafúrdio.

Offline bru.frnd

  • Nível 08
  • *
  • Mensagens: 89
  • Sexo: Feminino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #126 Online: 06 de Agosto de 2014, 15:40:45 »
Bom, o conceito de Deus de Spinoza é perfeitamente compatível com o modelo cientifico do mundo, tanto que Einstein, talvez o maior cientista da história, se dizia adepto do spinozismo, ou seja, quando, em 1921, perguntado pelo rabino H. Goldstein, de New York, se acreditava em Deus, o físico Albert Einstein respondeu: "Acredito no Deus de Espinosa, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pelo destino e pelas ações dos homens".2

Evidentemente a concepção do Deus spinoziano não se resume a simples equivalência de "Deus sive natura", "Deus, isto é, a Natureza".  "Um dos propósitos de sua filosofia é esclarecer a identidade existente entre nossa mente e o conjunto de todas as coisas da natureza. Para ele essa identidade somente vai acontecer quando conhecermos a nós mesmos e conhecermos também a natureza [Deus]. O conhecimento da natureza se dá quando entendemos a essência dos objetos ou da sua causa mais próxima. Verdadeiro será o conhecimento que estiver em harmonia e se adaptar à ideia do objeto."3 "Para ele, a compreensão do todo não é um simples exercício intelectual: é um exercício de liberdade."4



1 Cf. ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. Martins Fontes. São Paulo: 2007. p.95.

2 Cf. Saindo da Matrix - O Deus de Einstein

3 Cf. Só filosofia - Baruch Spinoza (1632 - 1677)

4 Cf. MARIOTTI, Humberto. O  CONHECIMENTO  DO  CONHECIMENTO - A filosofia de Baruch de Espinosa e o pensamento complexo.


Interessante!!

Offline Lion

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.994
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #127 Online: 09 de Agosto de 2014, 23:51:29 »
Ateu, mas nos finais de semana sou satanista.  :P

Lembrei de uma situação em que minha esposa recebeu uma conhecida aqui em casa. Enquanto estávamos tomando café a garota começou a falar sobre a igreja que ela frequentava. Não demorou muito e ela fez a pergunta:

- Vocês também são católicos?
Minha esposa respondeu: - Não!
- Evangélicos?
- Não!
- Batistas? (como se não fossem evangélicos)
- Não!
- Espíritas?
- Não!
- Muçulmanos? (olhando pra minha barba)
- Não!
- Judeus? Vocês são judeus!?
- Não!
-Ate... ateus???  :susto:
-Sim, ateus!

Após alguns instantes de silêncio constrangedor a minha esposa acrescentou com um ar sério:
- Somos ateus, mas nos finais de semana também praticamos o satanismo, especificamente aos sábados, como hoje é domingo pode ficar tranquila que não vai acontecer nada com você. 
A garota deu um sorriso amarelo, se levantou e disse: 
- Gente, obrigada pelo café, mas tenho que ir, to cheia de coisa pra fazer.

Minha esposa começou a rir e explicou pra ela que era brincadeira, pelo menos a parte do satanismo.  :lol:
É engraçado ver a reação de certas pessoas quando você se revela ateu.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.033
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #128 Online: 10 de Agosto de 2014, 12:05:02 »
Ateu, mas nos finais de semana sou satanista.  :P

Lembrei de uma situação em que minha esposa recebeu uma conhecida aqui em casa. Enquanto estávamos tomando café a garota começou a falar sobre a igreja que ela frequentava. Não demorou muito e ela fez a pergunta:

- Vocês também são católicos?
Minha esposa respondeu: - Não!
- Evangélicos?
- Não!
- Batistas? (como se não fossem evangélicos)
- Não!
- Espíritas?
- Não!
- Muçulmanos? (olhando pra minha barba)
- Não!
- Judeus? Vocês são judeus!?
- Não!
-Ate... ateus???  :susto:
-Sim, ateus!

Após alguns instantes de silêncio constrangedor a minha esposa acrescentou com um ar sério:
- Somos ateus, mas nos finais de semana também praticamos o satanismo, especificamente aos sábados, como hoje é domingo pode ficar tranquila que não vai acontecer nada com você. 
A garota deu um sorriso amarelo, se levantou e disse: 
- Gente, obrigada pelo café, mas tenho que ir, to cheia de coisa pra fazer.

Minha esposa começou a rir e explicou pra ela que era brincadeira, pelo menos a parte do satanismo.  :lol:
É engraçado ver a reação de certas pessoas quando você se revela ateu.

É por isso que apesar de todas as críticas dos ateus ao Dawkins, sou a favor de militar um pouco o ateísmo, mesmo que seja para as pessoas se acostumarem a ouvir o termo e entenda que existem pessoas por aí que não acreditam e que elas são normais. Por mais que ser ateu possa soar ruim para um cristão, se ele já ouviu o termo e já associou à pessoas bem sucedidas pelo mundo, fica mais fácil a gente se declarar assim.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Cientista

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.266
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #129 Online: 10 de Agosto de 2014, 14:07:22 »
Ateísmo não pode ser militado limitado; só pode o ser completamente, pois que é religião. O descrente sabe que com com crente não se discute (a sério, claro; para se divertir, é muito bom, mas com um mínimo, de preferência o máximo, de segurança) e dele nada se espera. Se, depois de todo esse tempo, ainda não é fácil "se declarar ateu", há indivíduos, que "não" são os "crentes", que precisam perceber que precisam aprender alguma coisa...

Offline Roger Mello

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #130 Online: 30 de Agosto de 2014, 01:44:44 »
"Deus, Matrix e dorgas

Deus existe, caso contrário não existiriam religiões, mas o fato é que ele
existe por motivos antropológicos/biológicos/químicos, evolução e
adaptação, é como as cores, elas existem por motivos adaptativos da
nossa mente, se formos analisar bem o que existe na verdade são
ondas que se propagam com diferentes frequências. Deus é uma ideia
limitada por uma mente limitada já que não temos a capacidade de entender
de fato o que ocorre por trás de tudo.

Acredito que no futuro.. se a humanidade não for extinta vamos ser capazes
de elaborar computadores muito complexos capazes de simular universo
inteiros desde a criação de estrelas, planetas.. até de formas de vidas
(quem sabe).

Talvez isto já tenho sido elaborado por uma mente maligna na qual demos
o nome de deus… E estamos dentro de uma realidade artificial… Neo irá
nos libertar, Neo, pra quem não sabe, é Satanás."

Fonte: por aí.

Offline Cientista

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.266
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #131 Online: 30 de Agosto de 2014, 19:14:31 »
"Dorgas"????...   Mas, que 'viagem' essa aí, hein, fio?!

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.422
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #132 Online: 01 de Setembro de 2014, 08:30:07 »
Também adoro o Pink Floyd.
.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.070
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #133 Online: 01 de Setembro de 2014, 09:11:24 »
Foto USGS

Offline Mr. Mustard

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.918
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #134 Online: 01 de Setembro de 2014, 13:14:59 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.422
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #135 Online: 01 de Setembro de 2014, 16:30:10 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Nem a Xuxa.

.

Offline Pagão

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.597
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #136 Online: 01 de Setembro de 2014, 20:12:26 »
Também não é principio do panteísmo a ideia de senciência.

Quando escrevi senciente, me referia mais a auto-consciência.

De qualquer forma, se Deus é consciente, e o universo é Deus para um panteísta, logo o universo é consciente. Estou certo?


Consciente através dos seres conscientes que gerou... O Universo gera consciência e não o contrário..., parece-me...
Nenhuma argumentação racional exerce efeitos racionais sobre um indivíduo que não deseje adotar uma atitude racional. - K.Popper

Offline Roger Mello

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #137 Online: 02 de Setembro de 2014, 08:06:49 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.070
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #138 Online: 02 de Setembro de 2014, 08:42:07 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]
Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.
Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.

Ele foi irônico.
Foto USGS

Offline Roger Mello

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #139 Online: 02 de Setembro de 2014, 08:44:49 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]
Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.
Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.
Ele foi irônico.

ah bom...

Offline Mr. Mustard

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.918
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #140 Online: 02 de Setembro de 2014, 09:28:52 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.

Apesar de ter sido uma ironia, ela foi motivada por sua fonte. :-)

Offline Roger Mello

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #141 Online: 02 de Setembro de 2014, 09:45:29 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.

Apesar de ter sido uma ironia, ela foi motivada por sua fonte. :-)

A "fonte" é a 1ª linha?

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.033
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #142 Online: 02 de Setembro de 2014, 09:57:36 »
Caro Roger, se Neo é Satanás, o arquiteto é Deus?

Deus nos aprisiona em suas regras (apesar do livre arbítrio) e Satanás nos liberta, é isso?

Eu concordo, se eles existissem, claro.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Mr. Mustard

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.918
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #143 Online: 02 de Setembro de 2014, 11:27:45 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.

Apesar de ter sido uma ironia, ela foi motivada por sua fonte. :-)

A "fonte" é a 1ª linha?

Não, não... Sua fonte foi "Por aí"...

Se essa foi sua fonte, então eu entendi que havia ironia nela,
Apenas isto.

Offline Roger Mello

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #144 Online: 02 de Setembro de 2014, 16:42:50 »
Deus existe, caso contrário não existiriam religiões [...]

Duendes existem, caso contrário, não existiria a Disneylândia.

Acho que você fez uma leitura rasa e apressada do texto.

Apesar de ter sido uma ironia, ela foi motivada por sua fonte. :-)

A "fonte" é a 1ª linha?

Não, não... Sua fonte foi "Por aí"...

Se essa foi sua fonte, então eu entendi que havia ironia nela,
Apenas isto.

O texto foi escrito por um pensador e escritor chamado Eder Prado.
Não é famoso e escrevia para o já extinto Máquina Urbana.
Pago pau para o que ele escreve, a forma como expõe seus pensamentos
sobre política, religião, mulheres e etc... tanto é que fiz um backup do blog
antes que fosse destruído.

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #145 Online: 05 de Setembro de 2014, 12:18:06 »
Se eu lhe pergunto; "Deus existe?"
E você me responde; "Não!"
Isso não é muito diferente caso eu perguntasse; "Você acredita na existência de Deus?"
E voce me respondesse; "Eu não acredito!"

Logo acho que negar/rejeitar categoricamente é apenas uma maneira mais direta de expor sua crença na inexistência, do que dizer que não acredita, já que em essência as afirmações significam a mesma coisa.

Talvez isso gere uma certa polêmica, já que o termo/conceito crença é geralmente um tabu dentro da comunidade ateísta, e não usa-lo para definir a posição racional ateísta ou qualquer outra posição de um ateu tido como um dogma da doutrina.


Se perguntarem: "Deus existe?", a minha resposta é "não sei".
Se perguntarem: "Acreditas que Deus existe?", a minha resposta é "não".

A primeira resposta é sobre o meu conhecimento, a segunda sobre a minha crença(neste caso, ausência de crença, descrença).

Para a primeira pergunta, sou agnóstico (posição de conhecimento).
Para a segunda, sou ateu (posição de crença).

Todos os seres humanos deveriam admitir que são agnósticos em relação ao tema de deus ou deuses, porque ninguém "sabe" se ele/eles existem. Depois deveriam dividir-se em teístas e ateus, crendo e não crendo em deus/deuses, respetivamente.

Claro que quem crê em deus diz que sabe que ele existe com 100% de certeza. Mas isso é ilusão. Ninguém pode saber nada com base na fé. Fé é a pior "desculpa" que o homem inventou quando não tem provas para demonstrar a veracidade e realidade das afirmações que faz.

Abraços!
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Skeptikós

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.808
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #146 Online: 05 de Setembro de 2014, 12:50:15 »
Se eu lhe pergunto; "Deus existe?"
E você me responde; "Não!"
Isso não é muito diferente caso eu perguntasse; "Você acredita na existência de Deus?"
E voce me respondesse; "Eu não acredito!"

Logo acho que negar/rejeitar categoricamente é apenas uma maneira mais direta de expor sua crença na inexistência, do que dizer que não acredita, já que em essência as afirmações significam a mesma coisa.

Talvez isso gere uma certa polêmica, já que o termo/conceito crença é geralmente um tabu dentro da comunidade ateísta, e não usa-lo para definir a posição racional ateísta ou qualquer outra posição de um ateu tido como um dogma da doutrina.


Se perguntarem: "Deus existe?", a minha resposta é "não sei".
Se perguntarem: "Acreditas que Deus existe?", a minha resposta é "não".

A primeira resposta é sobre o meu conhecimento, a segunda sobre a minha crença(neste caso, ausência de crença, descrença).

Para a primeira pergunta, sou agnóstico (posição de conhecimento).
Para a segunda, sou ateu (posição de crença).

Todos os seres humanos deveriam admitir que são agnósticos em relação ao tema de deus ou deuses, porque ninguém "sabe" se ele/eles existem. Depois deveriam dividir-se em teístas e ateus, crendo e não crendo em deus/deuses, respetivamente.

Claro que quem crê em deus diz que sabe que ele existe com 100% de certeza. Mas isso é ilusão. Ninguém pode saber nada com base na fé. Fé é a pior "desculpa" que o homem inventou quando não tem provas para demonstrar a veracidade e realidade das afirmações que faz.

Abraços!
O ateísmo não se trata de ausência de crença, mas sim de uma crença negativa, de rejeição ou negação. Um ateu simplesmente acredita no inverso do que um teísta acredita, enquanto um acredita na existência de deus(es), o outro acredita na inexistência de deus(es) ou na negação de sua(s) existência(s).

Já o agnóstico, é o único dos três que não manifesta crença sobre esta questão, visto que a crença envolve a aceitação/negação de uma proposição como verdadeira. Aquele que diz conhecer acredita nisso, e aquele que acredita na existência ou não de um ser, acha que sabe. Aquele que acredita supõe saber, aquele que sabe, acredita, não tem como fugir disso.

O que você pode admitir é que acredita, mas não tem como provar sua crença. Neste caso você ainda seria ateu, pois o agnosticismo não se trata somente de reconhecer não poder provar algo, mas sim de não manifestar opinião sobre este algo, nem no sentido de acreditar (aceitar como verdadeiro), nem desacreditar (no sentido de negar que seja verdadeiro).

Ou se é ateu, ou se é agnóstico, não se pode ser os dois ao mesmo tempo.

Um agnóstico responderia a pergunta se ele acredita ou não na existência de Deus, da mesma forma que responderia a pergunta se Deus existe ou não, ou seja, "Eu não sei".

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #147 Online: 05 de Setembro de 2014, 13:23:37 »
Se eu lhe pergunto; "Deus existe?"
E você me responde; "Não!"
Isso não é muito diferente caso eu perguntasse; "Você acredita na existência de Deus?"
E voce me respondesse; "Eu não acredito!"

Logo acho que negar/rejeitar categoricamente é apenas uma maneira mais direta de expor sua crença na inexistência, do que dizer que não acredita, já que em essência as afirmações significam a mesma coisa.

Talvez isso gere uma certa polêmica, já que o termo/conceito crença é geralmente um tabu dentro da comunidade ateísta, e não usa-lo para definir a posição racional ateísta ou qualquer outra posição de um ateu tido como um dogma da doutrina.


Se perguntarem: "Deus existe?", a minha resposta é "não sei".
Se perguntarem: "Acreditas que Deus existe?", a minha resposta é "não".

A primeira resposta é sobre o meu conhecimento, a segunda sobre a minha crença(neste caso, ausência de crença, descrença).

Para a primeira pergunta, sou agnóstico (posição de conhecimento).
Para a segunda, sou ateu (posição de crença).

Todos os seres humanos deveriam admitir que são agnósticos em relação ao tema de deus ou deuses, porque ninguém "sabe" se ele/eles existem. Depois deveriam dividir-se em teístas e ateus, crendo e não crendo em deus/deuses, respetivamente.

Claro que quem crê em deus diz que sabe que ele existe com 100% de certeza. Mas isso é ilusão. Ninguém pode saber nada com base na fé. Fé é a pior "desculpa" que o homem inventou quando não tem provas para demonstrar a veracidade e realidade das afirmações que faz.

Abraços!
O ateísmo não se trata de ausência de crença, mas sim de uma crença negativa, de rejeição ou negação. Um ateu simplesmente acredita no inverso do que um teísta acredita, enquanto um acredita na existência de deus(es), o outro acredita na inexistência de deus(es) ou na negação de sua(s) existência(s).

Já o agnóstico, é o único dos três que não manifesta crença sobre esta questão, visto que a crença envolve a aceitação/negação de uma proposição como verdadeira. Aquele que diz conhecer acredita nisso, e aquele que acredita na existência ou não de um ser, acha que sabe. Aquele que acredita supõe saber, aquele que sabe, acredita, não tem como fugir disso.

O que você pode admitir é que acredita, mas não tem como provar sua crença. Neste caso você ainda seria ateu, pois o agnosticismo não se trata somente de reconhecer não poder provar algo, mas sim de não manifestar opinião sobre este algo, nem no sentido de acreditar (aceitar como verdadeiro), nem desacreditar (no sentido de negar que seja verdadeiro).

Ou se é ateu, ou se é agnóstico, não se pode ser os dois ao mesmo tempo.

Um agnóstico responderia a pergunta se ele acredita ou não na existência de Deus, da mesma forma que responderia a pergunta se Deus existe ou não, ou seja, "Eu não sei".

Abraços!

Não se responde a uma pergunta de "acreditas em X?" com "Não sei". As pessoas ou acreditam ou não acreditam.

Um ateu é alguém que não acredita em deus. Dizer que um ateu é alguém que acredita que deus não existe é erróneo. É o mesmo que chamar a alguém não coleccionador de selos apenas porque essa pessoa não colecciona selos. Ninguém diz "sou um não coleccionador de selos". Apenas diz que não colecciona selos e não quero saber se há selos às cores, os preços, quem está estampado neles, etc. Simplesmente não faço colecção. :)


O agnosticismo me parece ser um termo frequentemente compreendido apenas de forma parcial, por isso vou expor aqui como entendo a posição daquele que se declara agnóstico, e creio que será mais fácil se começar apontando aquilo que o agnosticismo não é:  ele não é a posição de alguém que está indeciso, em cima do muro, ou mesmo de alguém cauteloso em afirmar algo sobre o qual não tem certeza. Não é uma espécie de “caminho do meio” entre o ateísmo e o teísmo. Da mesma forma, ele não pressupõe a existência de Deus ou entidade sobrenatural alguma para em seguida dizer que não temos como saber nada sobre essa entidade.O que o agnosticismo afirma é que não pode haver certeza acerca da natureza última das coisas no mundo, ou seja, ele é contrário a todo dogmatismo que tente descrever quaisquer aspectos da realidade como uma certeza indubitável e infalível. Se afirmo conhecer de forma inquestionável e infalível que a única explicação para o universo é Deus, estou sendo dogmático. Da mesma forma, se afirmo que o universo pode ser completamente explicado pela ciência, qualificando como falso ou desprezível tudo o que não se enquadrar em seu método rigoroso, além de demonstrar grande desconhecimento sobre a natureza do conhecimento científico, também estou sendo dogmático. Assim, não é a natureza da justificação que se dá a uma afirmação que a torna dogmática, mas sim o ato de fazer de qualquer conhecimento ou crença, por melhor justificado que esteja, uma certeza infalível e indubitável. A posição agnóstica recusa-se a qualificar qualquer crença ou conhecimento acerca do mundo de forma dogmática.
Assim, no sentido acima exposto, o agnosticismo pouco tem a ver com o teísmo ou com o ateísmo, embora não seja incompatível com nenhum deles, exceto quando se manifestam de forma dogmática. É possível ser agnóstico e mesmo assim possuir uma crença sem qualquer justificação objetiva (ter fé) de que Deus existe. O fato de não ser possível justificar uma proposição ou afirmação não me impede de tomá-la por verdadeira, até porque em nosso cotidiano fazemos isso com uma frequência muito maior do que gostaríamos de admitir. Portanto, os que partilham da crença em Deus poderiam ser chamados de agnósticos teístas sem qualquer incoerência. Da mesma forma, pode-se crer que Deus não exista, que não passe de uma criação humana, não tendo qualquer existência independente do próprio homem, o que se pode chamar de postura agnóstica e ateísta.

De fato, muitos dos que se julgam simplesmente teístas, são também agnósticos,  pois falam de sua crença em Deus não como uma afirmação dogmática mas sim como uma espécie de “aposta” de que ele exista ou uma aceitação de que tudo faz mais sentido se Deus existir, sendo esta portanto uma conclusão aceitável para eles, embora estejam cientes de que podem sim, estar errados. Adicionalmente, afirmam que não se pode justificar sua crença em Deus de forma alguma, nem filosófica, nem científica. Tais teístas são também agnósticos por saberem que suas crenças são passíveis de questionamentos e por afirmarem conscientemente que o único alicerce que possuem para sua crença em Deus é sua fé, que não serve como justificativa para ninguém além deles mesmos.



Wiki

Etimologia[editar | editar código-fonte]
Agnosticismo derivou-se da palavra grega agnostos, formada com o prefixo de privação (ou de negação) a- anteposto a gnostos (conhecimento). Gnostos provinha da raiz pré-histórica gno-,que se aplicava à ideia de saber e que está presente em numerosos vocábulos da língua portuguesa, tais como cognição, cognitivo, ignorar, ignoto, ignorância, entre outros.

Uso[editar | editar código-fonte]
Muitas pessoas usam, erroneamente, a palavra agnosticismo com o sentido de um meio-termo entre teísmo e ateísmo, ou ainda, que se trata de uma pessoa sem posicionamento sobre crenças. Isso é estritamente incorreto, teísmo e ateísmo separam aqueles que acreditam em divindades daqueles que não acreditam em divindades. O agnosticismo separa aqueles que acreditam que a razão não pode penetrar o reino do sobrenatural daqueles que defendem a capacidade da razão de afirmar ou negar a veracidade da crença teística.

Alguém que admita ser impossível ter o conhecimento objetivo sobre a questão — portanto agnóstico — pode com base nisso não ver motivos para crer em qualquer deus (ateísmo fraco), ou pode, apesar disso, ainda acreditar em algum deus por fé (fideísmo). Nesse caso pode ser ainda um teísta, caso acredite em conceitos sobrenaturais como propostos por alguma religião ou revelação, ou um deísta (deísmo), caso acredite na existência de algo consideravelmente mais vago.
« Última modificação: 05 de Setembro de 2014, 13:26:38 por zzz_pt »
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.033
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #148 Online: 05 de Setembro de 2014, 13:26:07 »
Se eu lhe pergunto; "Deus existe?"
E você me responde; "Não!"
Isso não é muito diferente caso eu perguntasse; "Você acredita na existência de Deus?"
E voce me respondesse; "Eu não acredito!"

Logo acho que negar/rejeitar categoricamente é apenas uma maneira mais direta de expor sua crença na inexistência, do que dizer que não acredita, já que em essência as afirmações significam a mesma coisa.

Talvez isso gere uma certa polêmica, já que o termo/conceito crença é geralmente um tabu dentro da comunidade ateísta, e não usa-lo para definir a posição racional ateísta ou qualquer outra posição de um ateu tido como um dogma da doutrina.


Se perguntarem: "Deus existe?", a minha resposta é "não sei".
Se perguntarem: "Acreditas que Deus existe?", a minha resposta é "não".

A primeira resposta é sobre o meu conhecimento, a segunda sobre a minha crença(neste caso, ausência de crença, descrença).

Para a primeira pergunta, sou agnóstico (posição de conhecimento).
Para a segunda, sou ateu (posição de crença).

Todos os seres humanos deveriam admitir que são agnósticos em relação ao tema de deus ou deuses, porque ninguém "sabe" se ele/eles existem. Depois deveriam dividir-se em teístas e ateus, crendo e não crendo em deus/deuses, respetivamente.

Claro que quem crê em deus diz que sabe que ele existe com 100% de certeza. Mas isso é ilusão. Ninguém pode saber nada com base na fé. Fé é a pior "desculpa" que o homem inventou quando não tem provas para demonstrar a veracidade e realidade das afirmações que faz.

Abraços!
O ateísmo não se trata de ausência de crença, mas sim de uma crença negativa, de rejeição ou negação. Um ateu simplesmente acredita no inverso do que um teísta acredita, enquanto um acredita na existência de deus(es), o outro acredita na inexistência de deus(es) ou na negação de sua(s) existência(s).

Já o agnóstico, é o único dos três que não manifesta crença sobre esta questão, visto que a crença envolve a aceitação/negação de uma proposição como verdadeira. Aquele que diz conhecer acredita nisso, e aquele que acredita na existência ou não de um ser, acha que sabe. Aquele que acredita supõe saber, aquele que sabe, acredita, não tem como fugir disso.

O que você pode admitir é que acredita, mas não tem como provar sua crença. Neste caso você ainda seria ateu, pois o agnosticismo não se trata somente de reconhecer não poder provar algo, mas sim de não manifestar opinião sobre este algo, nem no sentido de acreditar (aceitar como verdadeiro), nem desacreditar (no sentido de negar que seja verdadeiro).

Ou se é ateu, ou se é agnóstico, não se pode ser os dois ao mesmo tempo.

Um agnóstico responderia a pergunta se ele acredita ou não na existência de Deus, da mesma forma que responderia a pergunta se Deus existe ou não, ou seja, "Eu não sei".

Abraços!

Se eu disser que a existência de um Deus hebraico é altamente improvável, seria o quê?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #149 Online: 05 de Setembro de 2014, 13:32:36 »
Se eu lhe pergunto; "Deus existe?"
E você me responde; "Não!"
Isso não é muito diferente caso eu perguntasse; "Você acredita na existência de Deus?"
E voce me respondesse; "Eu não acredito!"

Logo acho que negar/rejeitar categoricamente é apenas uma maneira mais direta de expor sua crença na inexistência, do que dizer que não acredita, já que em essência as afirmações significam a mesma coisa.

Talvez isso gere uma certa polêmica, já que o termo/conceito crença é geralmente um tabu dentro da comunidade ateísta, e não usa-lo para definir a posição racional ateísta ou qualquer outra posição de um ateu tido como um dogma da doutrina.


Se perguntarem: "Deus existe?", a minha resposta é "não sei".
Se perguntarem: "Acreditas que Deus existe?", a minha resposta é "não".

A primeira resposta é sobre o meu conhecimento, a segunda sobre a minha crença(neste caso, ausência de crença, descrença).

Para a primeira pergunta, sou agnóstico (posição de conhecimento).
Para a segunda, sou ateu (posição de crença).

Todos os seres humanos deveriam admitir que são agnósticos em relação ao tema de deus ou deuses, porque ninguém "sabe" se ele/eles existem. Depois deveriam dividir-se em teístas e ateus, crendo e não crendo em deus/deuses, respetivamente.

Claro que quem crê em deus diz que sabe que ele existe com 100% de certeza. Mas isso é ilusão. Ninguém pode saber nada com base na fé. Fé é a pior "desculpa" que o homem inventou quando não tem provas para demonstrar a veracidade e realidade das afirmações que faz.

Abraços!
O ateísmo não se trata de ausência de crença, mas sim de uma crença negativa, de rejeição ou negação. Um ateu simplesmente acredita no inverso do que um teísta acredita, enquanto um acredita na existência de deus(es), o outro acredita na inexistência de deus(es) ou na negação de sua(s) existência(s).

Já o agnóstico, é o único dos três que não manifesta crença sobre esta questão, visto que a crença envolve a aceitação/negação de uma proposição como verdadeira. Aquele que diz conhecer acredita nisso, e aquele que acredita na existência ou não de um ser, acha que sabe. Aquele que acredita supõe saber, aquele que sabe, acredita, não tem como fugir disso.

O que você pode admitir é que acredita, mas não tem como provar sua crença. Neste caso você ainda seria ateu, pois o agnosticismo não se trata somente de reconhecer não poder provar algo, mas sim de não manifestar opinião sobre este algo, nem no sentido de acreditar (aceitar como verdadeiro), nem desacreditar (no sentido de negar que seja verdadeiro).

Ou se é ateu, ou se é agnóstico, não se pode ser os dois ao mesmo tempo.

Um agnóstico responderia a pergunta se ele acredita ou não na existência de Deus, da mesma forma que responderia a pergunta se Deus existe ou não, ou seja, "Eu não sei".

Abraços!

Se eu disser que a existência de um Deus hebraico é altamente improvável, seria o quê?

Depende, podes achar improvável e acreditar. Serias agnóstico e teísta.
Se achares improvável e, por isso, não acreditares, serias agnóstico e ateu.

Se em vez de "probabilidade", tivesses a certeza (com provas científicas) de que YAHWE existe, serias gnóstico. Não serias nem teísta nem ateu porque já não precisarias de acreditar (ter fé).

Mas claro, hoje em dia há muitos crentes que ignoram factos para continuarem a acreditar em coisas que são fantasia. Poderias também ignorar o facto da existência de YAHWE e continuar a ser agnóstico e ateu ou agnóstico e teísta. Mas isto já exigia uma grande dose de irracionalidade. ^^
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!