Enquete

Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?

Ateu
43 (57.3%)
Agnóstico (e/ou ignóstico)
18 (24%)
Teísta (e/ou fideísta, panteísta, deísta etc.)
14 (18.7%)

Votos Totais: 74

Autor Tópico: [Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?  (Lida 24845 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #150 Online: 05 de Setembro de 2014, 13:43:47 »
Me desculpem todos que tentam fazer todo esse tipo de enquadramento de ateísmo, mas pra mim a situação é: se você não tem e não exerce uma fé, já é ateu, porque acreditar em um Deus aristotélico ou spinosiano não o torna um crente e não te iguala a um evangélico ou islâmico.

O problema de dizer que acredita ou que imagina ser possível a existência de uma entidade divina ainda é muito diferente de frequentar uma igreja ou acreditar na bíblia. E nem sempre no dia-a-dia as pessoas conseguem distinguir um simples teísta e um crente.

Então por questões de praticidade eu aplico o conceito de ateísmo em cima da crença moderna em deus.

Richard Dawkins afirmou uma vez que numa escala de descrença em deus de 1 à 7, ele se enquadraria em 6, pois  há alguma possibilidade de estar errado. Mas isso não o torna um agnóstico, e sim ateu.

A questão da crença é sempre um gradiente, então ficar colocando delimitações em onde começa o ateísmo ou termina o agnosticismo é meio complicado.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #151 Online: 05 de Setembro de 2014, 14:09:10 »
Não se responde a uma pergunta de "acreditas em X?" com "Não sei". As pessoas ou acreditam ou não acreditam.
Esta é uma falsa dicotomia, uma pessoa que nunca ouviu falar de X, não tem qualquer noção do que seja X, não tem por consequência qualquer opinião e crença sobre X. Ele é um indivíduo sem crença sobre X.

Crença é um estado mental de convicção, onde uma preposição é intimamente aceita como verdadeira ou falsa, a dúvida é ausência de convicção, e/ou qualquer sensação intima a considerar uma proposição como verdadeira ou falsa, é por isso também, a ausência de crença. O cético pirrônico é movido pela dúvida constante, sendo ele, um outro exemplo de indivíduo sem crença.

Citação de: zzz_pt
Um ateu é alguém que não acredita em deus. Dizer que um ateu é alguém que acredita que deus não existe é erróneo.
As duas sentenças dizem exatamente a mesma coisa.

Citação de: zzz_pt
É o mesmo que chamar a alguém não coleccionador de selos apenas porque essa pessoa não colecciona selos.
Um não colecionador de selos e uma pessoa que não coleciona selos é exatamente a mesma coisa dita de formas diferentes.

Citação de: zzz_pt
Ninguém diz "sou um não coleccionador de selos". Apenas diz que não colecciona selos e não quero saber se há selos às cores, os preços, quem está estampado neles, etc. Simplesmente não faço colecção. :)
Não importa se ninguém fala assim sobre selos, o que importa é que um não colecionador de selos é o mesmo que alguém que não coleciona selos.

Citação de: zzz_pt [i
O agnosticismo me parece ser um termo frequentemente compreendido apenas de forma parcial, por isso vou expor aqui como entendo a posição daquele que se declara agnóstico, e creio que será mais fácil se começar apontando aquilo que o agnosticismo não é:  ele não é a posição de alguém que está indeciso, em cima do muro, ou mesmo de alguém cauteloso em afirmar algo sobre o qual não tem certeza.
eu não disse que se trata de alguém que esteja indeciso, pois isso induz a ideia de que esta pessoa esta inclinada a se decidir, não é o caso do agnóstico.

Citação de: zzz_pt
Não é uma espécie de “caminho do meio” entre o ateísmo e o teísmo.
depende do que se quer dizer com caminho do meio.

Citação de: zzz_pt
Da mesma forma, ele não pressupõe a existência de Deus ou entidade sobrenatural alguma para em seguida dizer que não temos como saber nada sobre essa entidade.
Se ele pressupõe a existência de uma entidade divina, ele é um teísta.

Citação de: zzz_pt
O que o agnosticismo afirma é que não pode haver certeza acerca da natureza última das coisas no mundo, ou seja, ele é contrário a todo dogmatismo que tente descrever quaisquer aspectos da realidade como uma certeza indubitável e infalível. Se afirmo conhecer de forma inquestionável e infalível que a única explicação para o universo é Deus, estou sendo dogmático. Da mesma forma, se afirmo que o universo pode ser completamente explicado pela ciência, qualificando como falso ou desprezível tudo o que não se enquadrar em seu método rigoroso, além de demonstrar grande desconhecimento sobre a natureza do conhecimento científico, também estou sendo dogmático. Assim, não é a natureza da justificação que se dá a uma afirmação que a torna dogmática, mas sim o ato de fazer de qualquer conhecimento ou crença, por melhor justificado que esteja, uma certeza infalível e indubitável. A posição agnóstica recusa-se a qualificar qualquer crença ou conhecimento acerca do mundo de forma dogmática.
Não, o agnosticismo se limita aos assuntos religiosos e metafísicos, neste ponto, ele não admite qualquer solução para aquilo que não possa ser provado segundo métodos positivistas de investigação cientifica, como por exemplo, a existência de Deus.

No entanto, um agnóstico pode admitir soluções para outros assuntos, como por exemplo, a crença de que a terra seja de fato um planeta que orbita o sol, e não o contrário.

Thomas Huxley, o cientista e pensador que criou o termo agnosticismo, deixou claro que este termo fora criado para se referir as questões propostas pela religião e pela filosofia metafísica, como a questão da existência de Deus. Thomas Huxley era um positivista, e considerava questões como essas ininvestigáveis, mais ao contrário dos ateus, que consideravam a inexistência de Deus um fato, e dos teístas que consideravam sua existência um fato, ele preferiu se abster do debate não admitindo nenhuma solução, pois nenhuma delas poderia ser provada mediante a metodologia cientifica positivista de investigação.

Assim, o agnóstico é aquele que, além de reconhecer a incapacidade de se provar algo, é também aquele que não manifesta opiniões sobre a questão (ausência de crenças).

Citação de: zzz_pt
Assim, no sentido acima exposto, o agnosticismo pouco tem a ver com o teísmo ou com o ateísmo,
De fato.

Citação de: zzz_pt
embora não seja incompatível com nenhum deles,
Na verdade o é, se tant o teísta e o ateísta manifestam opiniões sobre a existência de deus(es), aceitando-a ou negando-a, o agnóstico não manifesta opinião alguma. Ou seja, se uma opinião é manifestada, no sentido de negar (não acreditar) ou aceitar (acreditar) (n)a existência de deus(es), mesmo que admita-se não poder prova-la, deixou-se de ser agnóstico, e passou a ser teísta ou ateísta, conforme a sua crença(opinião).

Citação de: zzz_pt
O fato de não ser possível justificar uma proposição ou afirmação não me impede de tomá-la por verdadeira,
Mas o impede de ser agnóstico, caso esta afirmação seja a de que deus(es) existem ou não. Pelos motivos já explicados acima.

Citação de: zzz_pt
até porque em nosso cotidiano fazemos isso com uma frequência muito maior do que gostaríamos de admitir. Portanto, os que partilham da crença em Deus poderiam ser chamados de agnósticos teístas sem qualquer incoerência. Da mesma forma, pode-se crer que Deus não exista, que não passe de uma criação humana, não tendo qualquer existência independente do próprio homem, o que se pode chamar de postura agnóstica e ateísta.
Não se a definição de agnosticismo for a por mim aqui exposta.

Citação de: zzz_pt
Muitas pessoas usam, erroneamente, a palavra agnosticismo com o sentido de um meio-termo entre teísmo e ateísmo, ou ainda, que se trata de uma pessoa sem posicionamento sobre crenças. Isso é estritamente incorreto,
Não possui crenças no sentido de negar ou aceitar a existência de deus(es), mas pode muito bem possuir crenças sobre outras questões, como exemplificado por mim acima.

Citação de: zzz_pt
teísmo e ateísmo separam aqueles que acreditam em divindades daqueles que não acreditam em divindades. O agnosticismo separa aqueles que acreditam que a razão não pode penetrar o reino do sobrenatural daqueles que defendem a capacidade da razão de afirmar ou negar a veracidade da crença teística.
Sim, o agnóstico acredita que o conhecimento de questões improváveis não pode ser alcançado, e é por isso mesmo que ele não manifesta crença no sentido de aceitar e/ou negar como verdadeiro qualquer afirmação categórica sobre a existência de deus(es).

Citação de: zzz_pt
Alguém que admita ser impossível ter o conhecimento objetivo sobre a questão — portanto agnóstico — pode com base nisso não ver motivos para crer em qualquer deus (ateísmo fraco), ou pode, apesar disso, ainda acreditar em algum deus por fé (fideísmo). Nesse caso pode ser ainda um teísta, caso acredite em conceitos sobrenaturais como propostos por alguma religião ou revelação, ou um deísta (deísmo), caso acredite na existência de algo consideravelmente mais vago.
Ótimo, então o cara pode ser deísta, fideísta ou ateísta fraco, mas não o pode ser alguma dessas posições mais agnóstico, pois como fixado por mim, o agnosticismo não se trata somente de reconhecer que uma questão (metafisica-religiosa) é improvável, mas também de não manifestar opinião sobre ela.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #152 Online: 05 de Setembro de 2014, 14:18:26 »
Me desculpem todos que tentam fazer todo esse tipo de enquadramento de ateísmo, mas pra mim a situação é: se você não tem e não exerce uma fé, já é ateu, porque acreditar em um Deus aristotélico ou spinosiano não o torna um crente e não te iguala a um evangélico ou islâmico.
Se você acredita num deus aristotélico ou spinoziano é óbvio que sua crença não é a mesma de um protestante ou islâmico, mas ainda assim você é teísta, pois é isso que a palavra teísta significa, aquele que acredita em ao menos um deus.

Citação de: Lorentz
O problema de dizer que acredita ou que imagina ser possível a existência de uma entidade divina ainda é muito diferente de frequentar uma igreja ou acreditar na bíblia. E nem sempre no dia-a-dia as pessoas conseguem distinguir um simples teísta e um crente.
Crente em sentido geral, é todo aquele que acredita, e não somente o religioso que segue uma religião institucionalizada. Crente é o ateu que acredita que deus(es) não existem, crente é o cientista que acredita na teoria da gravidade e etc. O que acontece é que o termo "crente" foi associado por eras ao indivíduo religioso com suas crenças religiosas. No entanto, em sentido geral, como já falado, crente é todo aquele que acredita em alguma coisa, independente daquilo que justifica a sua crença

Citação de: Lorentz
Então por questões de praticidade eu aplico o conceito de ateísmo em cima da crença moderna em deus.

Richard Dawkins afirmou uma vez que numa escala de descrença em deus de 1 à 7, ele se enquadraria em 6, pois  há alguma possibilidade de estar errado. Mas isso não o torna um agnóstico, e sim ateu.
Exatamente, ou se é ateu, ou se é agnóstico.

Citação de: Lorentz
A questão da crença é sempre um gradiente, então ficar colocando delimitações em onde começa o ateísmo ou termina o agnosticismo é meio complicado.
É simples, você acredita, então é teísta (caso aceite a existência de deus(se)) ou ateísta (caso negue esta existência), e se você não manifesta nenhuma opinião sobre a questão, como eu, nã o possui crenças, e por isso é um agnóstico.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #153 Online: 05 de Setembro de 2014, 14:24:10 »
e se você não manifesta nenhuma opinião sobre a questão, como eu, nã o possui crenças, e por isso é um agnóstico.


Fica parecendo que se trata de uma posição preguiçosa, ou de superioridade. Tipo, "você nega sem ter provas, eu sou coerente e não posso negar".

Mas numa escala Dawkiniana de 1 a 7 (1 acredita, 7 não acredita), qual é a probabilidade da existência de um Deus onipotente na sua opinião?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #154 Online: 05 de Setembro de 2014, 14:59:22 »
e se você não manifesta nenhuma opinião sobre a questão, como eu, nã o possui crenças, e por isso é um agnóstico.


Fica parecendo que se trata de uma posição preguiçosa, ou de superioridade. Tipo, "você nega sem ter provas, eu sou coerente e não posso negar".
É você quem esta dizendo, na minha opinião o agnóstico não é superior nem preguiçoso em relação a teístas e ateístas, simplesmente por ter uma atitude diferente sobre a mesma questão.

Citação de: Lorentz
Mas numa escala Dawkiniana de 1 a 7 (1 acredita, 7 não acredita), qual é a probabilidade da existência de um Deus onipotente na sua opinião?
Não sei como calcular a probabilidade da existência de algo assim (principalmente pelo fato do conceito de deus ser multi-definido das mais variadas formas possíveis), acho que não dispomos de informações suficientes que tornasse este calculo possível. Não sei como funciona a escala Dawkiniana, mas eu simplesmente não faço previsões/suposições do quanto é possível as posições ateístas e teístas estarem certas. Eu simplesmente não manifesto opinião alguma sobre o assunto, nem mesmo de probabilidade/possibilidade. Pode-se dizer que sobre a resolução da questão da existência de Deus, eu não me meto.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.207
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #155 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:08:24 »
O que é Agnosticismo:

Agnosticismo é uma doutrina filosófica que declara o absoluto inacessível ao espírito humano ou que considera vã qualquer metafísica e qualquer ideologia religiosa, uma vez que alguns desses preceitos ou ideologias não podem ser comprovados empiricamente.

Agnosticismo é um termo com origem no grego, sendo a junção do prefixo indicativo da negação "a" e o termo gnostikós, que é relativo ao conhecimento.

De acordo com essa doutrina, as coisas, a realidade e, antes de mais, o absoluto são incognoscíveis. O positivismo moderado (A. Comte e, em particular, H. Spencer) é o seu representante mais característico. Também se considera como agnosticismo a teoria kantiana da incognoscibilidade da "coisa em si" e da impossibilidade de demonstrar a existência de Deus.

Um indivíduo agnóstico ignora ou aparenta ignorar tudo o que não está sob o domínio dos sentidos. Ele não acredita mas também não nega a existência de um Deus ou divindade, afirmando que o conhecimento humano não é capaz de obter dados racionais que provem a existência de entidades sobrenaturais. O agnosticismo declara impossível e inacessível ao entendimento humano toda a noção do absoluto (por exemplo, a origem da vida), reduzindo a ciência ao conhecimento do fenomenal e relativo.
Agnosticismo teísta e ateísta

Um agnóstico teísta é caracterizado pela junção de duas doutrinas: o agnosticismo e o teísmo. Esse indivíduo acredita que existe um Deus (ou deuses), apesar de afirmar que não possui conhecimento que possa provar a sua existência. Acredita porque se baseia em um conceito anunciado por um determinada religião.

Assim como o agnóstico teísta, o agnóstico ateísta (EU!) afirma não possuir conhecimento nem conseguir provar a existência de deuses através da razão. No entanto, o ateísta não acredita que Deus ou outras entidades sobrenaturais existam.

http://www.significados.com.br/agnosticismo/
GNOSE

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #156 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:11:33 »
Não sei como calcular a probabilidade da existência de algo assim (principalmente pelo fato do conceito de deus ser multi-definido das mais variadas formas possíveis), acho que não dispomos de informações suficientes que tornasse este calculo possível. Não sei como funciona a escala Dawkiniana, mas eu simplesmente não faço previsões/suposições do quanto é possível as posições ateístas e teístas estarem certas. Eu simplesmente não manifesto opinião alguma sobre o assunto, nem mesmo de probabilidade/possibilidade. Pode-se dizer que sobre a resolução da questão da existência de Deus, eu não me meto.

Abraços!

Skeptikos, diante da falta de qualquer evidência é possível sim chegar a conclusão de que a existência em um barbudão cósmico é altamente improvável.

Você também é agnóstico à unicórnios mágicos, por exemplo?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #157 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:12:49 »
Se Deus existe e ele é inacessível a nossa experiência, que diferença a existência dele faz? Pra mim continua sendo ateísmo.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.760
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #158 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:14:42 »
E nem sempre no dia-a-dia as pessoas conseguem distinguir um simples teísta e um crente.

Seria talvez mais apropriadamente um "deísta e um "crente"", já que o assunto é semantiquês mesmo. Porque todo teísta com "t" é "crente", só não é necessariamente "evangélico". Argumentavelmente o deísta também, mas... realmente não estou a fim de continuar.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #159 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:32:15 »
E nem sempre no dia-a-dia as pessoas conseguem distinguir um simples teísta e um crente.

Seria talvez mais apropriadamente um "deísta e um "crente"", já que o assunto é semantiquês mesmo. Porque todo teísta com "t" é "crente", só não é necessariamente "evangélico". Argumentavelmente o deísta também, mas... realmente não estou a fim de continuar.

Pode ser.

O problema com essa classificação onde o agnosticismo é usado como um posicionamento é que todo mundo vai ficar na zona de conforto do agnosticismo. E quando você ouve um agnóstico defender seu ponto, passa a sensação que tanto o teísta quanto o ateu são dois "crentes" ou fanáticos, por acreditar em algo ou defendê-lo sem evidência.

Mas pra mim o ateísmo é a posição neutra de negação (soa contraditório) devido à falta de evidência. Ou seja, basta surgir uma boa evidência de deus que eu me converto em teísta.

Mas a posição agnóstica faz parecer que o ateu não vai ceder, porque sua negação já é fixada numa certeza, a certeza da inexistência.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #160 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:42:56 »
e se você não manifesta nenhuma opinião sobre a questão, como eu, nã o possui crenças, e por isso é um agnóstico.


Fica parecendo que se trata de uma posição preguiçosa, ou de superioridade. Tipo, "você nega sem ter provas, eu sou coerente e não posso negar".

Mas numa escala Dawkiniana de 1 a 7 (1 acredita, 7 não acredita), qual é a probabilidade da existência de um Deus onipotente na sua opinião?

Se bem me lembro do que li no livro do Dawkins, ele atribuia ao grau 1 a certeza da existência e ao grau 7 a certeza da inexistência. Entre o 2 eo 6 estavam vários graus de convicção e não de probabilididade (como se calcula a probablilidade da existência de deus ou deuses, ou unicórnios? Não é possível sequer). Pascal, um dos pais da probabilidade achava, de forma ingénua que a probabilidade era 50/50... lol

Ninguém honesto pode afirmar a certeza quer da existência, quer da inexistência de deus/deuses. É por isso que o Dawkins diz que está no grau 6.


Skeptikós, eu compreendo o teu ponto de vista. Apenas não concordo. :) Etimologicamente, as palavras agnóstico e ateu dizem respeito a conhecimento e crença. E ambas podem ser usadas para responder a duas perguntas diferentes: "Sabes se X existe?" e "Acreditas que X existe?".

Abraço.
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #161 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:43:38 »
Não se responde a uma pergunta de "acreditas em X?" com "Não sei". As pessoas ou acreditam ou não acreditam.
Esta é uma falsa dicotomia, uma pessoa que nunca ouviu falar de X, não tem qualquer noção do que seja X, não tem por consequência qualquer opinião e crença sobre X. Ele é um indivíduo sem crença sobre X.
Não mesmo. Numa prova de múltipla escolha, ninguém opta por uma hipotética escolha "não sei", quando existe uma escolha correta entre 3 possíveis sendo uma opção a correta, a outra a errada, e a terceira "não sei".

« Última modificação: 05 de Setembro de 2014, 15:55:37 por sergiomgbr »

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.207
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #162 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:47:13 »
Não se responde a uma pergunta de "acreditas em X?" com "Não sei". As pessoas ou acreditam ou não acreditam.
Esta é uma falsa dicotomia, uma pessoa que nunca ouviu falar de X, não tem qualquer noção do que seja X, não tem por consequência qualquer opinião e crença sobre X. Ele é um indivíduo sem crença sobre X.
Não mesmo. Numa prova de múltipla escolha ninguém opta por uma hipotética escolha "não sei" quando existe uma escolha correta entre 3 possíveis, sendo uma opção a correta, a outra a errada, e a terceira "não sei".

"Nenhuma das anteriores"? ::)
GNOSE

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #163 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:51:11 »
Não se responde a uma pergunta de "acreditas em X?" com "Não sei". As pessoas ou acreditam ou não acreditam.
Esta é uma falsa dicotomia, uma pessoa que nunca ouviu falar de X, não tem qualquer noção do que seja X, não tem por consequência qualquer opinião e crença sobre X. Ele é um indivíduo sem crença sobre X.
Não mesmo. Numa prova de múltipla escolha ninguém opta por uma hipotética escolha "não sei" quando existe uma escolha correta entre 3 possíveis, sendo uma opção a correta, a outra a errada, e a terceira "não sei".

"Nenhuma das anteriores"? ::)
As respostas à pergunta "x" podem ser: a) nenhuma das anteriores, b) nenhuma das posteriores, c) não sei. ::)

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #164 Online: 05 de Setembro de 2014, 15:57:39 »
O que é Agnosticismo:

Agnosticismo é uma doutrina filosófica que declara o absoluto inacessível ao espírito humano ou que considera vã qualquer metafísica e qualquer ideologia religiosa, uma vez que alguns desses preceitos ou ideologias não podem ser comprovados empiricamente.

Agnosticismo é um termo com origem no grego, sendo a junção do prefixo indicativo da negação "a" e o termo gnostikós, que é relativo ao conhecimento.

De acordo com essa doutrina, as coisas, a realidade e, antes de mais, o absoluto são incognoscíveis. O positivismo moderado (A. Comte e, em particular, H. Spencer) é o seu representante mais característico. Também se considera como agnosticismo a teoria kantiana da incognoscibilidade da "coisa em si" e da impossibilidade de demonstrar a existência de Deus.

Um indivíduo agnóstico ignora ou aparenta ignorar tudo o que não está sob o domínio dos sentidos. Ele não acredita mas também não nega a existência de um Deus ou divindade, afirmando que o conhecimento humano não é capaz de obter dados racionais que provem a existência de entidades sobrenaturais. O agnosticismo declara impossível e inacessível ao entendimento humano toda a noção do absoluto (por exemplo, a origem da vida), reduzindo a ciência ao conhecimento do fenomenal e relativo.
Agnosticismo teísta e ateísta

Um agnóstico teísta é caracterizado pela junção de duas doutrinas: o agnosticismo e o teísmo. Esse indivíduo acredita que existe um Deus (ou deuses), apesar de afirmar que não possui conhecimento que possa provar a sua existência. Acredita porque se baseia em um conceito anunciado por um determinada religião.

Assim como o agnóstico teísta, o agnóstico ateísta (EU!) afirma não possuir conhecimento nem conseguir provar a existência de deuses através da razão. No entanto, o ateísta não acredita que Deus ou outras entidades sobrenaturais existam.

http://www.significados.com.br/agnosticismo/
O texto acima é auto-contraditório. Num primeiro momento ele afirma que agnósticos não acreditam (no sentido de aceitar) nem desacreditam (no sentido de negar) (n)a existência de Deus, e logo abaixo dizem que agnósticos podem acreditar, no sentido de aceitar ou negar a existência de Deus, e que este tipo de agnosticismo seria teísta e ateísta respectivamente. Ou seja, auto-contraditório.

Não sei como calcular a probabilidade da existência de algo assim (principalmente pelo fato do conceito de deus ser multi-definido das mais variadas formas possíveis), acho que não dispomos de informações suficientes que tornasse este calculo possível. Não sei como funciona a escala Dawkiniana, mas eu simplesmente não faço previsões/suposições do quanto é possível as posições ateístas e teístas estarem certas. Eu simplesmente não manifesto opinião alguma sobre o assunto, nem mesmo de probabilidade/possibilidade. Pode-se dizer que sobre a resolução da questão da existência de Deus, eu não me meto.

Abraços!

Skeptikos, diante da falta de qualquer evidência é possível sim chegar a conclusão de que a existência em um barbudão cósmico é altamente improvável.
Improvável, mas não impossível. No entanto, a ideia de um deus barbudão é uma entre inúmeras outras. A ideia de um Deus barbudão e seu cajado (antropomórfico) vivendo nos céus enquanto nos vigia, é uma concepção infantil de Deus, que nem de longe se assemelha por exemplo, a concepção spinoziana de Deus. O critério que se usa para julgar como improvável ou não a existência deste Deus concebido de forma infantil, não vale para julgar a complexa concepção spinoziana de Deus. Eu como agnóstico reconheço a minha incapacidade de provar/refutar todas (ou ao menos uma dessas) as concepções possíveis e existentes de deus(es).

Citação de: Lorentz
Você também é agnóstico à unicórnios mágicos, por exemplo?
Sim, prefiro até ser mais especifico e me declarar ignóstico logo de cara, ou seja, eu não sei nem mesmo o que você quer dizer com unicórnios mágicos, e se o que eles significam, não pode ser demonstrado, então o conceito se torna sem sentido cognoscível.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #165 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:05:01 »
Se Deus existe e ele é inacessível a nossa experiência, que diferença a existência dele faz? Pra mim continua sendo ateísmo.
Para os cristãos, a crença na sua existência lhe salvará, e a crença na sua inexistência lhe condenará. Acho que foi Pascal que disse que, se os cristãos estivessem certo, seria melhor apostar acreditar neles e estar errado, e nada sofrer, do que acreditar que estejam errado, e sofrer eternamente.

Mas William James, em seu célebre e clássico "A vontade de crer", defendeu que esta aposta proposta por Pascal só é válida para quem esta de fato inclinado a acreditar na existência de Deus, nisto a crença na existência é viva desde o início, mas que isso não vale para o ateu, que tem como certo a inexistência de Deus. Para o ateu, a crença na existência esta morta desde o início, logo a aposta de Pascal não resulta em nada para ele.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #166 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:06:24 »
Citação de: Lorentz
Você também é agnóstico à unicórnios mágicos, por exemplo?
Sim, prefiro até ser mais especifico e me declarar ignóstico logo de cara, ou seja, eu não sei nem mesmo o que você quer dizer com unicórnios mágicos, e se o que eles significam, não pode ser demonstrado, então o conceito se torna sem sentido cognoscível.

Abraços!

Quando falamos de Deus, você sabe muito bem do que se trata, mas não sabe o que é um unicórnio mágico...

Citação de: Skeptikós
Eu como agnóstico reconheço a minha incapacidade de provar/refutar todas (ou ao menos uma dessas) as concepções possíveis e existentes de deus(es).

Não só você, mas todo e qualquer ser humano. Por isso acho que se classificar como agnóstico é meio inútil.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #167 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:09:19 »
Skeptikós, eu compreendo o teu ponto de vista. Apenas não concordo. :)
:ok:

Citação de: zzz_pt
Etimologicamente, as palavras agnóstico e ateu dizem respeito a conhecimento e crença. E ambas podem ser usadas para responder a duas perguntas diferentes: "Sabes se X existe?" e "Acreditas que X existe?".
Na verdade, etimologicamente, "agnóstico" significa simplesmente ausência/privação/negação de conhecimento, e "ateu", ausência/privação/negação de deus(es).

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.760
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #168 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:12:07 »
E nem sempre no dia-a-dia as pessoas conseguem distinguir um simples teísta e um crente.

Seria talvez mais apropriadamente um "deísta e um "crente"", já que o assunto é semantiquês mesmo. Porque todo teísta com "t" é "crente", só não é necessariamente "evangélico". Argumentavelmente o deísta também, mas... realmente não estou a fim de continuar.

Pode ser.

O problema com essa classificação onde o agnosticismo é usado como um posicionamento é que todo mundo vai ficar na zona de conforto do agnosticismo. E quando você ouve um agnóstico defender seu ponto, passa a sensação que tanto o teísta quanto o ateu são dois "crentes" ou fanáticos, por acreditar em algo ou defendê-lo sem evidência.

Mas pra mim o ateísmo é a posição neutra de negação (soa contraditório) devido à falta de evidência. Ou seja, basta surgir uma boa evidência de deus que eu me converto em teísta.

Mas a posição agnóstica faz parecer que o ateu não vai ceder, porque sua negação já é fixada numa certeza, a certeza da inexistência.

Sim, isso é meio irritante. Há ainda também a argumentação de ser uma "crença" num sentido mais neutro, onde não são equiparáveis, que também poderá ser irritante a alguns ateus que comumente já enxergam o termo "crença" como algo meio "pejorativo", como se "crença" fosse ironicamente, por definição, algo em que se acredita apesar de não se ter boas razões para isso, sinônimo de "crença religiosa", ou de "superstição", e não crença como "ter algo como verdade/descrição mais provável da realidade".

Um ateu pode ser tão "crente" na inexistência de deuses quanto um cara qualquer sem um termo apropriado para isso é "crente" na inexistência do Saci Pererê, de fadas, etc. Rotulando-se isso tudo de "agnosticismo" por ausências de provas da inexistência do irrefutável, ou não. Toda essa discussão é também impregnada, de "ambos os lados", por um "caso especial" para divindades meio javeóides. Nunca vai se ver todo esse debate de nomenclatura e filosofia sobre os coitados dos Sacis. Racismo.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #169 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:15:00 »
Citação de: Lorentz
Você também é agnóstico à unicórnios mágicos, por exemplo?
Sim, prefiro até ser mais especifico e me declarar ignóstico logo de cara, ou seja, eu não sei nem mesmo o que você quer dizer com unicórnios mágicos, e se o que eles significam, não pode ser demonstrado, então o conceito se torna sem sentido cognoscível.

Abraços!

Quando falamos de Deus, você sabe muito bem do que se trata, mas não sabe o que é um unicórnio mágico...
Sinceramente, mesmo que você diga que se baseia na concepção judaico-cristã de deus, eu ainda não saberia exatamente do que se trata a sua concepção de deus, pois até mesmo entre filósofos teístas cristãos, a concepção de deus muda, onde o mesmo argumento/critério usado para julgar uma não o serve para julgar a outra.

Citação de: Lorentz
Citação de: Skeptikós
Eu como agnóstico reconheço a minha incapacidade de provar/refutar todas (ou ao menos uma dessas) as concepções possíveis e existentes de deus(es).

Não só você, mas todo e qualquer ser humano. Por isso acho que se classificar como agnóstico é meio inútil.
Não, por que alguns não admitem que não possam refutar/provar estas coisas, além do mais, o agnosticismo não se limita a reconhecer esta incapacidade, mas também a não manifestar opiniões sobre estas questões. O agnosticismo tem a utilidade de enquadrar qualquer um que se comporte desta forma.

 :ok:
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #170 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:23:01 »
Eu como agnóstico reconheço a minha incapacidade de provar/refutar todas (ou ao menos uma dessas) as concepções possíveis e existentes de deus(es).
Citação de: Lorentz
Não só você, mas todo e qualquer ser humano. Por isso acho que se classificar como agnóstico é meio inútil.
Não, por que alguns não admitem que não possam refutar/provar estas coisas, além do mais, o agnosticismo não se limita a reconhecer esta incapacidade, mas também a não manifestar opiniões sobre estas questões. O agnosticismo tem a utilidade de enquadrar qualquer um que se comporte desta forma.

 :ok:

Então quem não é agnóstico está afirmando algo que não pode provar, e portanto está errado.
« Última modificação: 05 de Setembro de 2014, 16:25:44 por Lorentz »
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.060
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #171 Online: 05 de Setembro de 2014, 16:53:05 »
Eu como agnóstico reconheço a minha incapacidade de provar/refutar todas (ou ao menos uma dessas) as concepções possíveis e existentes de deus(es).
Citação de: Lorentz
Não só você, mas todo e qualquer ser humano. Por isso acho que se classificar como agnóstico é meio inútil.
Não, por que alguns não admitem que não possam refutar/provar estas coisas, além do mais, o agnosticismo não se limita a reconhecer esta incapacidade, mas também a não manifestar opiniões sobre estas questões. O agnosticismo tem a utilidade de enquadrar qualquer um que se comporte desta forma.

 :ok:

Então quem não é agnóstico está afirmando algo que não pode provar, e portanto está errado.
Talvez ele esteja certo, só por que não pode provar não quer dizer que esteja errado.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline zzz_pt

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #172 Online: 05 de Setembro de 2014, 17:08:36 »
Eu como agnóstico reconheço a minha incapacidade de provar/refutar todas (ou ao menos uma dessas) as concepções possíveis e existentes de deus(es).
Citação de: Lorentz
Não só você, mas todo e qualquer ser humano. Por isso acho que se classificar como agnóstico é meio inútil.
Não, por que alguns não admitem que não possam refutar/provar estas coisas, além do mais, o agnosticismo não se limita a reconhecer esta incapacidade, mas também a não manifestar opiniões sobre estas questões. O agnosticismo tem a utilidade de enquadrar qualquer um que se comporte desta forma.

 :ok:

Então quem não é agnóstico está afirmando algo que não pode provar, e portanto está errado.
Talvez ele esteja certo, só por que não pode provar não quer dizer que esteja errado.

Não era esse o ponto.

Ele até pode estar certo, mas não sabe, como afirma. Se não é agnóstico, é gnóstico, ou seja, afirma que sabe que X existe. Ninguém sabe se deus existe, daí a ideia de que todos nós somos (ou deveríamos admitir que somos) agnósticos. Porque não sabemos, de facto, se X existe.

Quem acredita pode estar certo mas não sabe. O mesmo para quem não acredita. Pode estar certo mas não sabe.

A diferença é que quem não acredita não vive à volta de algo que não é certo nem para o qual há qualquer prova ou evidência. Quem acredita e vive em função dessa incerteza (apesar de afirmar certeza absoluta) algo não bate certo.
“The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts.”
Bertrand Russel

“In our reasonings concerning matter of fact, there are all imaginable degrees of assurance, from the highest certainty to the lowest species of moral evidence. A wise man, therefore, proportions his belief to the evidence.”
David Hume

Offline Larissa

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 105
  • This is going to be such a nice trip!
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #173 Online: 16 de Novembro de 2014, 18:18:11 »
Agnóstica. Não sei se existe e se existir não sei q diferença faria.
O desejo de salvar a humanidade é quase sempre um disfarce para o desejo de controlá-la.
— H. L. Menckel

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:[Enquete] Você se considera ateu, agnóstico ou teísta?
« Resposta #174 Online: 16 de Novembro de 2014, 18:37:32 »
Agnóstica. Não sei se existe e se existir não sei q diferença faria.
Não fale essa palavra proscrita! Ai de você se o Cientista ler isso...

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!