Autor Tópico: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .  (Lida 8378 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.406
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #100 Online: 23 de Dezembro de 2014, 09:48:04 »
Citar
São 44 horas semanais. Porém isso é uma medida da desigualdade social e não que os juízes estão ganhando muito. Quando se compara que o juiz irlandês ganha 7,8 salários mínimos irlandeses, enquanto no Brasil se ganha 33 salários mínimos brasileiros, apenas mostra que a diferença entre os que ganham muito e os que ganham pouco é muito maior aqui que na Irlanda. Isso é uma medida de desigualdade social. Você está comparando um salário mínimo de 4.882 reais com 788 reais. Se fizermos a mesma razão de 7,8 com base no mínimo nacional, o salário de um juiz do stf seria 6146,40 reais. E esse seria o teto do funcionalismo público.

Aff...quer dizer que o brasil tá errado e o judiciário tá certo? salário mínimo é o brasil real, sem dinheiro público...mas o judiciário pode aumentar quanto e quando quer porque o dinheiro público não faz parte do brasil real. eles vivem no brasil paralelo, descolado e surreal...
ATRELA O SALÁRIO DELES AO MÍNIMO E VC VAI VER O MÍNIMO SUBIR FEITO FOGUETE


E logo após teremos a inflação subindo também feito um foguete.  Isso não ia dar certo.


.

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #101 Online: 23 de Dezembro de 2014, 16:00:34 »
o contribuinte é um eterno pagador de promessas... a Santíssima trindade foi substituída pelo santíssimo 3 poderes.
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Skorpios

  • Tesoureiro
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.995
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #102 Online: 31 de Dezembro de 2014, 07:19:56 »
Segunda parte...
Citar
Parte II: Juízes efetivamente como Deuses em uma realidade próxima em um país difícil de se acreditar

Após discorrer a respeito dos principais pontos atinentes ao Estatuto da Magistratura em artigo que se intitulou: “Juízes efetivamente como Deuses em uma realidade próxima”, três pontos merecem destaque, e destes passemos a abordar.

No Congresso e no próprio Supremo Tribunal Federal três pontos ainda não obtiveram consenso. A proposta entregue na semana passada pelo presidente do STF, ministro Lewandowski, aos ministros da Corte oficializa e aumenta o valor do auxílio-moradia, garante aos juízes o direito de vender metade dos 60 dias de férias a que têm direito e ressuscitam o adicional por tempo de serviço.

A lista surreal de benefícios, auxílios e “prerrogativas” dos magistrados dispõe que todo juiz que não ocupe imóvel funcional receberá o correspondente a 20% do subsídio mensal para arcar com despesas de aluguel, sem necessidade de comprovar o gasto.

Hoje, o valor limite que pode ser pago é da monta de R$ 4.377,73. O percentual de 20%, calculado sobre os subsídios de um juiz de primeira entrância a partir de 2015, revela que o valor do benefício subirá para R$ 6.308,43. Os limites impostos pelo Conselho Nacional de Justiça para a concessão do auxílio também literalmente desaparecem. O CNJ estipula até então, que um casal de juízes só pode receber um auxílio-moradia, já nos termos do novo Estatuto da Magistratura o benefício estaria garantido aos dois.

O pagamento do benefício está amparado em liminar concedida pelo ministro Fux aos juízes de todo o País, rapidamente copiada pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública da União. Porém, a liminar não foi submetida ao crivo do plenário para ser referendada. A União tenta, por enquanto sem sucesso, reverter essa decisão em favor da magistratura.

Outro ponto seria a venda de férias pelos juízes, tema também alvo de contestação judicial. E, novamente, está amparada em decisão liminar que aguarda julgamento do plenário do STF há quatro anos. A Lei Orgânica da Magistratura de 1979 estabeleceu que os juízes têm dois meses de férias por ano. Alguns magistrados alegam que precisam trabalhar no recesso e vendem este segundo mês. Houve casos identificados pelo CNJ de juízes que acumulavam mais de meio milhão em férias não usufruídas, vindo a desvirtuar o próprio sentido que o ordenamento empresta as férias.

Em dois processos o assunto é analisado no STF. No primeiro deles, relatado pelo ministro Marco Aurélio, a Associação Paulista dos Magistrados (Apamagis) impetrou mandado de segurança (MS 28.286) contra decisão do CNJ que vedava a venda de férias. O assunto foi levado a plenário, mas um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes no dia 15 de dezembro de 2010 interrompeu o julgamento. Dois dias depois, o ministro Marco Aurélio concedeu a liminar.

Outro processo de relatoria do ministro Gilmar Mendes, um dos mais ferrenhos críticos da possibilidade de juízes venderem férias. A ação direta de inconstitucionalidade (ADI 4.428) foi liberada para pauta em maio de 2012, mas ainda não foi julgada.

O terceiro benefício incluído no novo estatuto ainda tramita no Congresso Nacional, mas não como lei complementar (status da Lei Orgânica da Magistratura). A PEC 63 de 2013 recria o adicional por tempo de serviço: o pagamento de 5% a mais a cada magistrado e integrante do Ministério Público que completa cinco anos de serviço. A PEC e a proposta do STF de estatuto impõem como limite o pagamento de 35%. O texto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas ainda aguarda votação do plenário do Senado.

A inclusão de todos esses benefícios vai de encontro ao que os ministros defenderam na sessão administrativa do STF em que o tema foi debatido. Os ministros Gilmar Mendes, Cármen Lúcia e Luís Roberto Barroso ressaltaram que, a magistratura deve se enquadrar no sistema de subsídio único estabelecido pela Constituição. O Estatuto da Magistratura e a PEC 63 caminham na contramão do sistema de subsídio único imposto pela Constituição de 1988.

Como o objetivo de enriquecer o artigo colaciona-se alguns dos principais aspectos positivos e negativos do regime de subsídios:

1. Aspectos positivos:

a) simplificação e transparência da estrutura remuneratória e dos valores de remuneração das Carreiras;

b) facilidade na comparação entre remunerações com as demais carreiras exclusivas de Estado e racionalidade da política remuneratória;

c) garantia de uniformidade de remuneração no âmbito da mesma Carreira mediante a parcela única atribuída como subsídio para todos os servidores em cada classe e padrão, evitando disparidades em função de situações pessoais ou geradas externamente à Carreira;

d) maior proteção contra burlas ao princípio da irredutibilidade de remunerações e proventos;

e) maior facilidade na exigência de revisão geral sobre o valor do subsídio para preservar seu valor real;

f) redução da litigiosidade referente à remuneração e direitos dos servidores e de eventuais passivos judiciais relativos a demandas remuneratórias;

g) garantia de cumprimento pleno dos princípios constitucionais da integralidade dos proventos de aposentadoria e de paridade de tratamento entre ativos, inativos e pensionistas que fazem jus a esse direito;

h) compatibilidade com o pagamento de gratificações por exercício de direção e assessoramento ou outras vinculadas a situações excepcionais e transitórias.

2. Aspectos negativos

a) aumento da rigidez na política remuneratória, com maior dificuldade para instituir diferenciações entre carreiras por meio de gratificações, ou entre membros da mesma carreira por meio de vantagens relativas a natureza ou local de trabalho;

b) impedimento de que possam ser atribuídas gratificações ou adicionais, mesmo que variáveis e não permanentes, em função do cumprimento de metas e alcance de resultados de desempenho institucional ou individual;

c) impedimento de pagamento de parcelas a título de adicional por tempo de serviço e extinção e absorção pelo subsídio e parcela suplementar de vantagens decorrentes de cargos em comissão e funções de confiança (quintos e décimos);

d) menor vinculação a parâmetros de desempenho institucional, coletivo e individual;

e) atrelamento a sistema de promoções com limitações mais rígidas para acesso às classes superiores e subsídios mais elevados;

f) eliminação da memória remuneratória, mediante a extinção ou absorção de vantagens decorrentes de decisões judiciais;

g) vedação de retribuição pela prestação de serviços extraordinários e jornada noturna ou outras.

h) risco de congelamento da remuneração no médio prazo, especialmente para servidores que estejam recebendo valor superior ao do subsídio fixado e que passariam a receber parcela suplementar de subsídio;

No que se relaciona ao valor do subsídio a ser fixado, há que se observar, primeiramente, o que estabelece o 1º do art. 39 da CRFB, segundo o qual devem ser considerados a natureza, o grau de responsabilidade e a complexidade dos cargos componentes de cada carreira, os requisitos para a investidura e as peculiaridades dos cargos.

O presidente Ricardo Lewandowski afirmou que pretende convocar sessões administrativas em 2015 para debater o projeto. Depois das discussões, ainda em 2015, encaminhará o tema para apreciação do Congresso.

No Legislativo, o estatuto pode encontrar resistências. Propostas que tramitam nas duas Casas buscam o oposto do que agora pensado pelo STF e pelas associações de classe. Há sugestões para a extinção das férias de dois meses (igualando o juiz ao trabalhador comum) e para permitir que o CNJ demita magistrados suspeitos de irregularidades.

Como se percebe fatalmente se terão inúmeros encontros onde se escambiarão favores mútuos entre o Congresso Nacional e o Judiciário. É lamentavelmente quando a lado negro da política aparece nas esferas de poder e os temas acabam solucionados por meio um denominador comum que, em regra, não atende aos anseios sociais de austeridade da gestão do dinheiro público pelo Estado.

Com o presente artigo, que se fez complementar ao mencionado artigo anterior, a conclusão inexorável que há de se chegar é a de que em período de “austeridade”, de redução do custo Brasil, as Funções de Poder caminham na contramão buscando ir além das prerrogativas que já ostentam, buscando privilégios irrazoáveis, aumentos de ganhos desproporcionais à realidade Brasil, como se nos quisessem afirmar que dentro do Brasil há dois “Brasis” de realidades antagônicas.

Lembremos que nossa Constituição consagra o princípio da Moralidade em seu artigo 37, caput, e que mesmo uma disposição legal, formalmente aprovada pelo Congresso Nacional pode revelar-se imoral.

Nunca é demais lembrar que serviço público, remunerado com o erário público, não é o local propício para enriquecer, para este fim existe a iniciativa privada encetada em um regime capitalista como é o nosso.

Notícia que se teve e com ela se complementa o presente artigo:

O governo anunciou que irá mudar as regras para o acesso ao seguro-desemprego, pensão por morte, auxílio-doença, abono salarial e outros benefícios previstos na Previdência e no Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Entre os pontos que serão encaminhados ao Congresso por meio de Medida Provisória, está o aumento do tempo de trabalho para que os empregados peçam o seguro-desemprego. O texto afirma que deverá ser aumentado de seis para dezoito meses o tempo de carência na primeira solicitação do benefício, doze meses na segunda e manter em seis meses no terceiro pedido.

A proposta também indica a extinção de pensão por morte para cônjuges jovens, além de propor uma nova regra de cálculo do benefício, reduzindo do patamar atual de 100% do salário-de-benefício para o cônjuge para 50% + 10% por dependente “até o limite de 100% e com fim da reversão da cota individual de 10%”, diz o texto.

Outra modificação proposta é que para receber o abono salarial [benefício equivalente a um salário mínimo para os trabalhadores inscritos nos programas PIS/PASEP]o beneficiário tenha que ter trabalhado seis meses ininterruptos no ano-base; atualmente, basta um mês.

A Casa Civil deve aumentar, também, o prazo de auxílio-doença que o empregador deve custear antes que o INSS arque com os custos. O período sob responsabilidade do empregador deve aumentar de 15 para 30 dias.

Assim se configura o escárnio no modelo difuso. Após tudo que articulamos no artigo anterior a que nos referimos, e neste, percebe-se que não apenas contamos com uma linha ideológica mentirosa de Governo, já que a Presidente afirmou em campanha: “não vou mexer nos direitos trabalhistas nem que a vaca tussa!”, quando vemos uma crise incontrolável de tosse de muitas vacas; como ainda enxergamos com nitidez que as Funções de Poder estão comprometidas com objetivos avessos ao interesse público, quando uma das Funções de Poder recebe as benesses da outra em regime de reciprocidade e às custas do sangramento de erário público e da dignidade da pessoa humana.
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.125
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #103 Online: 02 de Junho de 2015, 00:49:27 »
No dia em que o Judiciário virá a ser alvo de grandes protestos pelo Brasil será bem interessante.


<a href="https://www.youtube.com/v/vRZkHVv3dfc" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/vRZkHVv3dfc</a>
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #104 Online: 02 de Junho de 2015, 09:17:57 »
Acho que a Suécia existe para nos mostrar como somos idiotas e perdulários.

Ontem a Miriam entrevistou a Carmen Lucia. A mulher se portava como um oráculo de sabedoria e a Miriam até tentava parecer mais culta e sofisticada do que é para falar com tal deusa.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.946
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #105 Online: 02 de Junho de 2015, 09:44:53 »
Acho que a Suécia existe para nos mostrar como somos idiotas e perdulários.

Ontem a Miriam entrevistou a Carmen Lucia. A mulher se portava como um oráculo de sabedoria e a Miriam até tentava parecer mais culta e sofisticada do que é para falar com tal deusa.

Imagina quando ela entrevistar a ministra Teoriza Vasquez.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #107 Online: 02 de Junho de 2015, 10:20:54 »
A Carmen foi "imperial" se comparada ao estilo sueco. Ela está longe de ser ruim perto do que temos.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.515
  • Sexo: Masculino
Foto USGS

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #109 Online: 02 de Junho de 2015, 10:44:11 »
funcionários públicos com poder.. uma mistura explosiva
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #110 Online: 04 de Junho de 2015, 13:45:46 »
FARRA! Deputados querem CPI para apurar supersalários de juízes
Novos dados mostram que ganhos de 126 magistrados ultrapassaram R$ 100 mil em janeiro.

O Dia
04/06/2015 00:04:51
Rio - Os supersalários dos juízes do Rio, revelados nesta quarta-feira pelo DIA , poderão ser investigados pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Ainda nesta quarta, o deputado Paulo Ramos (Psol) entrou com pedido de abertura de uma CPI sobre o tema e já conseguiu 25 assinaturas. Pelo regimento, são necessárias apenas 24. Agora, o requerimento precisa ser publicado no Diário Oficial pelo presidente da Alerj, Jorge Picciani (PMDB) para a CPI ser aberta.
Conforme a reportagem mostrou, mais de 90% dos magistrados ultrapassaram o limite do teto salarial permitido pela Constituição Federal, de R$ 33,763 mil — salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), nos três primeiros meses do ano.
 
Gil Castelo Branco, fundadador da ONG Contas Abertas: “Estes salários podem ser permitidos por lei, mas nem tudo o que é legal é moral”
Foto:  Divulgação
Na tarde de quarta, O DIA apurou mais uma novidade: em janeiro, 126 magistrados ganharam mais do que R$ 100 mil e 232 receberam acima de R$ 80 mil. Um desembargador chegou a faturar R$ 244.823 mil. A maioria dos supersalários do TJ ocorreu por conta da venda de férias e/ou licenças especiais. Graças à uma lei estadual, os magistrados podem vender as férias, dais quais têm direito a tirar 60 dias por ano.
Os demais aditivos foram acrescentados aos salários por conta de ajudas de custo para transporte, mudança e alimentação, gratificações por dar aulas, auxílio-moradia, acumulação de cargos, entre outros. Os salários iniciais de um desembargador e de um juíz, sem nenhum aditivo, são R$ 30.471 e R$ 27.500, respectivamente.
Na semana passada, O DIA noticiou que uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) constatou que 17 desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro receberam indevidamente salários acima do teto em 2013.
Para o deputado Paulo Ramos, a Alerj não pode ficar muda diante deste quadro. “Depois dos supersalários divulgados pelo DIA e deste relatório do TCE, temos que investigar de onde vieram estes valores e cobrar um posicionamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)”, disse o deputado.
Paulo Ramos também enviou um requerimento de informações ao presidente do TCE, Jonas Lopes, solicitando cópia do relatório dos supersalários. Nele, os auditores afirmaram que juízes teriam recebido benefícios irregularmente e acima do teto constitucional.
Nem tudo que é legal é moral
O fundador da ONG Contas Abertas e economista Gil Castelo Branco considera “absolutamente inconcebível” sob o ponto de vista ético que existam remunerações do Judiciário do Rio até sete vezes maiores do que os ministros do supremo. “Estes salários podem ser permitidos por lei, mas nem tudo o que é legal é moral. Cabe ao STF cassar este rol de penduricalhos que mantém estes verdadeiros marajás da Justiça estadual”, disse.
Para o economista, deve ser feito uma reestruturação nas folhas de pagamentos dos juízes adequando-as a realidade do país. “Estes auxílios incorporados aos salários dos juízes criam valores absurdos, destoantes do que recebem a maioria dos funcionários públicos”, afirmou.
Já o coordenador da ONG Meu Rio, João Senise, argumenta que a população não é obrigada a arcar com as despesas particulares dos magistrados, como auxílio-educação. “Não temos que pagar a educação privada de ninguém, muito menos dos filhos dos juízes e desembargadores que recebem R$ 70 mil por mês. A justificativa deles é que a fonte desses recursos são as custas processuais, mas elas são pagas pelos próprios cidadãos”, defendeu.
A advogada Luciana Gouvea, que defende pensionistas na Justiça, afirma que o teto salarial vale apenas para os cidadãos comuns. “É muito chato dizer para o meu cliente que o Estado não pagará o valor devido porque ultrapassa o teto, mas que o juiz que está julgando o caso pode ultrapassá-lo”, criticou.
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline _tiago

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.343
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #111 Online: 04 de Junho de 2015, 16:44:58 »
Projeto do STF cria auxílios do berço ao caixão para magistrados

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/05/1632911-projetos-do-stf-criam-auxilios-do-berco-ao-caixao-para-magistrados.shtml

Que aflitivo!
Não me importo de juiz ganhar R$15.000, mas esse esforço pra deixar a casta milionária a custa do erário é nojenta!

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.125
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #112 Online: 14 de Junho de 2015, 21:47:01 »
 :hmph:
Repito, o povão precisa acordar para a máfia que é o Judiciário: 

O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #113 Online: 14 de Junho de 2015, 22:05:51 »
ESCULACHO! :enjoo: :enjoo: :enjoo: :enjoo:
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.515
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #114 Online: 14 de Junho de 2015, 22:11:08 »
Bando de safados...
Foto USGS

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #115 Online: 14 de Junho de 2015, 22:13:53 »
quanto ganha o Juiz da Suécia, aquela porcaria de país?
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #116 Online: 15 de Junho de 2015, 19:26:24 »
Aponta o levantamento da revista Época: “O contracheque de juízes e promotores ultrapassa, e muito, o teto constitucional de R$ 33 mil. Há salários reais que ultrapassam R$ 100 mil. O maior é de R$ 126 mil. Fura-se o teto em 50 dos 54 órgãos pesquisados. Eles abrigam os funcionários públicos mais bem pagos do Brasil. Mesmo com tantas vantagens, 72% dos magistrados não estão felizes com seus salários, segundo o Censo do Judiciário de 2014."
"Na Europa, as coisas são bem diferentes. Sem direito a carro com motorista, o juiz da Suprema Corte da Suécia Göran Lambertz pedala sua bicicleta 15 minutos até a estação de trem de Uppsala e enfrenta 40 minutos no vagão até Estocolmo, onde trabalha. Na última instância daquele país, Lambertz recebe € 10 mil mensais – R$ 33.700 – sem nenhum abono, auxílio-moradia ou alimentação. “Não almoço à custa do dinheiro do contribuinte. Luxo pago com dinheiro do contribuinte é imoral e antiético”, disse, em entrevista para o livro Um país sem excelências e mordomias, da jornalista brasileira Claudia Wallin, sobre a Suécia. Nenhum dos 16 juízes do Supremo do país tem secretário particular, só assistentes comuns ao colegiado.”
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.515
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #117 Online: 15 de Junho de 2015, 19:41:47 »
Citar
[...]
"Na Europa, as coisas são bem diferentes. Sem direito a carro com motorista, o juiz da Suprema Corte da Suécia Göran Lambertz pedala sua bicicleta 15 minutos até a estação de trem de Uppsala e enfrenta 40 minutos no vagão até Estocolmo, onde trabalha. Na última instância daquele país, Lambertz recebe € 10 mil mensais – R$ 33.700 – sem nenhum abono, auxílio-moradia ou alimentação. “Não almoço à custa do dinheiro do contribuinte. Luxo pago com dinheiro do contribuinte é imoral e antiético”, disse, em entrevista para o livro Um país sem excelências e mordomias, da jornalista brasileira Claudia Wallin, sobre a Suécia. Nenhum dos 16 juízes do Supremo do país tem secretário particular, só assistentes comuns ao colegiado.”

Os vagabundos do Judiciário deveriam ler e se envergonhar.

Ler, eles até podem. Mas, se envergonhar, jamais!!
Foto USGS

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.900
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #118 Online: 15 de Junho de 2015, 20:43:04 »
Ué, tá muito fácil de perceber que em países onde se "compra" a legalidade os agentes responsáveis por essa realidade tem que ser melhor remunerados e prestigiados. Não é senão por esse motivo que no país dos suados, a Suécia, e outros do mesmo padrão social e político, juízes e outros afins, são trabalhadores do povão.

Offline Gabarito

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.786
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #119 Online: 16 de Setembro de 2015, 10:02:37 »
Judiciário é o nome de um país que existe dentro do Brasil.
Lá não existe crise nem baixos salários.
Os "moradores" do Judiciário nunca se preocupam com problemas típicos de países emergentes em crise como o Brasil.

Citar
Estímulo indefensável
16/09/2015 02h00

Na semana passada, os magistrados do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro passaram a receber mais um injustificável benefício –ou, para usar a expressão do desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, presidente da corte, um simples "estímulo".

Trata-se de auxílio-educação de R$ 953,47, que pode ser requerido por todos os funcionários do TJ-RJ cujos filhos tenham de 8 a 24 anos (até o limite de três dependentes).

Aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), a nova contribuição permite que juízes e desembargadores do tribunal acrescentem até R$ 2.860,41 a seus nada desprezíveis rendimentos mensais.

Cabe notar o quanto a ajuda financeira, em si questionável, é também injusta em termos sociais: ela equivale a 12 vezes o montante pago pelo Bolsa Família para cada criança mantida na escola por pais que, juntos, mal ganham 2% do salário de um magistrado.

A regalia acarretará custo adicional de R$ 160 milhões em 2016, segundo cálculos da corte. Os recursos sairão do Fundo Especial do TJ, peculiaridade fluminense constituída sobretudo pela verba das custas judiciais –em outros Estados, ela vai para o Tesouro– e que deveria bancar a modernização e o reaparelhamento do Judiciário.

Com a nova vantagem, sobem para sete os mimos pecuniários oferecidos aos magistrados do Rio. Já existiam auxílios para moradia (R$ 4.377), alimentação (R$ 1.825), pré-escola (R$ 953), funeral (R$ 1.800) e adoção (até R$ 3.940, válido para todos os servidores estaduais), além de um bônus de até R$ 15.235 por acumulação de cargos.

Tudo isso, vale dizer, complementa ordenados que variam de R$ 26,1 mil a R$ 30,5 mil.

Boa parte desses "estímulos" decorre da lei estadual nº 5.535, de 2009. Em 2010, a Procuradoria-Geral da República questionou no Supremo Tribunal Federal a constitucionalidade do diploma, que, entre outras coisas, libera supersalários para os magistrados do Rio.

Na ação, a PGR argumenta que a regra fluminense trata de assuntos que só poderiam ser regulados pela Lei Orgânica da Magistratura (Loman), de âmbito nacional.

A análise do caso, entretanto, terminou interrompida em maio de 2012 por pedido de vistas do ministro Luiz Fux, ele próprio oriundo do Tribunal de Justiça do Rio.

Não se sabe o que leva Fux a descumprir o prazo de duas sessões para apresentar seu voto. Sabe-se, porém, que, enquanto isso, os magistrados do Rio continuam recebendo "estímulos" indefensáveis.

Cidadãos de outro país, certamente.

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #120 Online: 16 de Setembro de 2015, 10:12:25 »
será que o dinheiro deles são pagos pelo contribuinte Norueguês?
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.890
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #121 Online: 16 de Setembro de 2015, 10:18:59 »
Nope.

Como tudo que é público no Brasil, é pago por quem ganha até 2 salários mínimos. Mas, hei, o PT está olhando pelos pobres e vai ajudar isso aí.


Agora falando sério, o engraçado é que por mais que se dê bolsas aos pobres, ainda continuamos tomando o dinheiro das bolsas, principalmente nos impostos sobre produto (e toda cadeia produtiva), para bancar os figurões e madames das mamatas infinitas. É meio inception.

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #122 Online: 16 de Setembro de 2015, 10:31:57 »
a eficiência do judiciário tbm é totalmente inception
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 23.826
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #123 Online: 16 de Setembro de 2015, 10:34:15 »
O que eu acho interessante nesses casos de benefícios é que eles são destinados a despesas que todo brasileiro tem e que utiliza normalmente o salário para pagar.

É algo que não entra na minha cabeça. O raciocínio do cara é: "Como assim? Você quer que eu pague a escola dos meus filhos, o combustível do meu carro, o aluguel da minha casa e os livros que leio com meu salário? Que é isso, me ajuda aí..."
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.515
  • Sexo: Masculino
Re: juízes e promotores brasileiros, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
« Resposta #124 Online: 16 de Setembro de 2015, 13:42:25 »
O que eu acho interessante nesses casos de benefícios é que eles são destinados a despesas que todo brasileiro tem e que utiliza normalmente o salário para pagar.

É algo que não entra na minha cabeça. O raciocínio do cara é: "Como assim? Você quer que eu pague a escola dos meus filhos, o combustível do meu carro, o aluguel da minha casa e os livros que leio com meu salário? Que é isso, me ajuda aí..."

Exatamente.

Perfeito!!!
Foto USGS

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!