Autor Tópico: Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta  (Lida 41714 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Shadow

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.143
  • "Alguns teóricos dos antigos astronautas...."
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1700 Online: 09 de Março de 2017, 12:37:26 »
Seria, aliás, absurdo imaginar que a mera prestação de contas ou recolhimento de tributos afastaria a origem criminosa do dinheiro. Seria algo como uma lavanderia institucionalizada. Confesso que a decisão me surpreendeu. Não esperava coerência desses caras.
"Who knows what evil lurks in the hearts of men? The Shadow knows..."

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.344
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1701 Online: 14 de Março de 2017, 11:50:37 »
Um desdobramento da Lava-Jato

Citar
PF e MPF prendem dois suspeitos de fraudes em contratos da Linha 4 do metrô do Rio
Presos são diretor da RioTrilhos e subsecretário de Turismo. Segundo acordo de leniência, Heitor Lopes recebia propina no canteiro de obras. Operação Tolypeutes é um desdobramento da Lava Jato.

O diretor da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio de Janeiro (RioTrilhos), Heitor Lopes de Sousa Junior, e o atual subsecretário de Turismo do estado e ex-subsecretário de Transportes, Luiz Carlos Velloso, foram presos na manhã desta terça-feira (14) na Operação Tolypeutes, um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio, que investiga corrupção e pagamento de propina em contratos da linha 4 do metrô.

Segundo o acordo de leniência de executivos da Carioca Engenharia, o esquema de corrupção que existia na secretaria Estadual de Obras do Rio, com a cobrança de propina das empreiteiras envolvidas em contratos bilionários de obras civis, também se repetia na secretaria estadual de Transporte. Segundo depoimentos, Heitor recebia a propina no canteiro de obras e em dinheiro vivo. Ele era sócio de duas empresas que prestavam serviço para a construção da Linha 4 do metrô. O G1 tenta contato com as defesas dos presos.

Em nota, a secretaria de Estado de Turismo do Rio informou que Velloso vem exercendo as funções de subsecretário desde janeiro de 2015 com lealdade e competência.


Diretor da RioTrilhos, Heitor Lopes de Sousa Junior, foi preso na manhã desta terça (14) (Foto: Cristina Boeckel)

Os agentes também cumprem 3 mandados de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal. Inicialmente, a reportagem informou que eram 7 mandados de condução coercitiva, mas esse número foi o solicitado pelo Ministério Público federal. Um dos mandados de condução coercitiva cumprido, no começo da manhã, foi contra a companheira de Luiz Carlos Velloso, Renata Loureiro Borges Monteiro. O Ministério Público Federal ainda pediu o bloqueio de R$ 220 milhões de sete pessoas e três empresas.

A operação foi batizada como Tolypeutes (nome científico do tatu), uma referência ao “Tatuzão”, equipamento utilizado nas escavações das obras do metrô.


Luiz Carlos Velloso chegou à sede da PF pouco antes das 11h desta terça (Foto: Fernanda Rouvenat)


Agentes da Polícia Federal chegaram pouco antes das 6h ao prédio onde mora Heitor Lopes de Sousa Junior (Foto: Cristina Boeckel)

A prisão preventiva do diretor da RioTrilhos foi pedida, segundo os promotores, para evitar uma possível fuga. De acordo com a investigação, Heitor e a mulher estavam dando entrada em um pedido de cidadania portuguesa. Os procuradores também estão pedindo o bloqueio de bens de R$ 36 milhões de Heitor e de R$ 12 milhões de Velloso.

Ainda de acordo com as investigações, de 2010 a 2013, Heitor recebeu propina no valor de R$ 5,4 milhões de duas empresas. Ao todo, foram 31 transferências de recursos. Uma das empresas que pagou foi a MClink Engenharia, que atuou no trecho oeste da linha 4 do Metrô.

Busca e apreensão nas empresas:

MC Link Engenharia Ltda
Arqline Arquitetura e Consultoria
Arqmetro Arquitetura e Consultoria
Zillion Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda.


Sérgio Cabral_JH (Foto: TV Globo)

Ex-governador foi preso em novembro

As investigações da Lava Jato no Rio de Janeiro já levaram à prisão do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), em novembro do ano passado. Ele foi preso na Operação Calicute, que descobriu o esquema de cobrança de propina em obras durante a gestão Cabral, que funcionou entre 2007 e 2014.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Cabral cobrava propina de empreiteiras para fechar os contratos com o governo do Rio. As construtoras, por sua vez, se consorciaram para fraudar licitações e sabiam previamente quem iria ganhar as concorrências. Na ação também foram presos: Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho, ex-secretário de governo do RJ; Hudson Braga, ex-secretário de obras; Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, sócio de Cabral na empresa SCF Comunicação; Luiz Carlos Bezerra; Wagner Garcia e José Orlando Rabelo.

A Calicute é um desdobramento da Operação Lava Jato e teve como base as delações premiadas do ex-dono da Delta Engenharia Fernando Cavendish, da empreiteira Andrade Gutierrez e da Carioca Engenharia – que afirmam terem pagado propina por obras como a do Marcanã, do PAC das Favelas e do Arco Metropolitano.


Agentes entraram no edifício na Lagoa, Zona Sul do Rio, às 6h desta terça-feira (14) (Foto: Cristina Boeckel)

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/pf-e-mpf-cumprem-mandados-em-mais-um-desdobramento-da-operacao-lava-jato-no-rj.ghtml
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Shadow

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.143
  • "Alguns teóricos dos antigos astronautas...."
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1702 Online: 21 de Março de 2017, 08:32:24 »
URGENTE: A PRIMEIRA FASE DA ODEBRECHT
Brasil 21.03.17 08:20

Atenção: a operação de hoje é a primeira decorrente das delações da Odebrecht.

O Globo informa que "estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em Pernambuco, Alagoas, Bahia, Rio e no DF.

A PF faz buscas em endereços de pessoas acusadas de fraudes no âmbito da operação e ligadas aos senadores Renan Calheiros, Eunício de Oliveira, Valdir Raupp, todos do PMDB, e Humberto Costa, do PT.

Os mandados foram solicitados pela Procuradoria-Geral da República e autorizados pelo ministro Edson Fachin".
"Who knows what evil lurks in the hearts of men? The Shadow knows..."

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.344
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1703 Online: 23 de Março de 2017, 14:51:14 »
Presidenta honesta

Citar
EXCLUSIVO: DILMA PEDIU PARA CONCENTRAR REPASSES NA CAMPANHA DELA

Marcelo Odebrecht relata que, em 2014, teve uma conversa com Guido Mantega, que disse: "Marcelo, a orientação dela (Dilma) é que todos os recursos de vocês vão para a campanha dela. Você não vai mais doar para o PT, você só vai doar para a campanha dela, basicamente paras as necessidades da campanha dela: João Santana, Edinho Silva ou esses partidos da coligação."



http://www.oantagonista.com/posts/exclusivo-dilma-pediu-para-concentrar-repasses-na-campanha-dela
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.344
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1704 Online: 23 de Março de 2017, 14:52:38 »
Citar
EXCLUSIVO: MARCELO AVISOU DILMA DO RISCO DE CONTAMINAÇÃO DA CAMPANHA

Marcelo Odebrecht conta que, após a deflagração da Lava Jato, procurou Dilma Rousseff para alertá-la sobre o risco de contaminação das contas da campanha com os pagamentos a João Santana no exterior.

Ele diz que alertou vários outros assessores e também falou com Mônica Moura.

"Olha, presidente, eu quero informar para a senhora o seguinte: eu tenho medo de que, vi a questão da Lava Jato, exista uma contaminação nas contas do exterior que foram usadas para pagamento para João Santana, então quero alertar a senhora disso."



http://www.oantagonista.com/posts/exclusivo-marcelo-avisou-dilma-do-risco-de-contaminacao-da-campanha
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.344
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1705 Online: 24 de Março de 2017, 13:23:33 »
Países sérios são complicados.

Citar
O MEDO DA ODEBRECHT DOS AMERICANOS

No depoimento ao TSE, Hilberto Filho disse que a Odebrecht depositava propina no exterior em offshores, menos nos Estados Unidos, por medo da fiscalização das autoridades americanas:



http://www.oantagonista.com/posts/o-medo-da-odebrecht-dos-americanos
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.456
  • Sexo: Masculino
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1706 Online: 24 de Março de 2017, 18:24:50 »
Não tinham contas mas usaram a Petrofraude que dá na mesma.

Duvido muito que os gringos deixarão Pasadena sair barato.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.052
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1707 Online: Ontem às 23:18:55 »
Dallagnol: “Lava Jato pode virar uma Mãos Limpas até 2022”

Brasil 26.03.17 19:42
O fantasma da operação Mãos Limpas, que culminou numa grande pizza na Itália, ainda assusta Deltan Dallagnol. E há até prazo para que a Lava Jato descambe: 2022. Veja o que disse ao Correio Braziliense:

A reação dos políticos do Brasil pode ter o poder que eles tiveram na Itália para reverter os ganhos da operação Lava-Jato, em comparação às Mãos Limpas?

Sim. Pessoas têm memória curta. Na Itália, a maior parte do esvaziamento da operação começou depois de decorridos oito anos do início da investigação. É como se, em 2022, os políticos envolvidos na Lava-Jato fossem discutir uma autoanistia. Por isso é preciso que a sociedade persevere e insista em reformas que promovam mudanças contra a corrupção e não a favor dela.

http://www.oantagonista.com/posts/dallagnol-lava-jato-pode-virar-uma-maos-limpas-ate-2022

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.052
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1708 Online: Ontem às 23:20:45 »
O chavismo do PT

Brasil 27.03.17 10:12
O Globo, em editorial, rejeita a tentativa de se enterrar a Lava Jato com uma reforma política:

"No momento, à medida que avançam as revelações em torno da segunda lista do procurador-geral Rodrigo Janot, maquinam-se no Congresso, onde está boa parte dos atingidos pelas delações da cúpula da Odebrecht à Lava Jato, maneiras de livrar políticos de acusações de corrupção.

Há tentativas variadas de uma imoral anistia do uso de caixa 2 — criminalizado nos Códigos Eleitoral e Penal —, e até faz-se o relançamento da reforma política, modelada sob medida para esconder dos eleitores, em 2018, parlamentares apanhados pela Lava Jato e que buscam a reeleição. É para isso que se volta à ideia inaceitável do sistema de votação em lista fechada. Por forçar o eleitor a abrir mão do direito de escolher o candidato, poder depositado nas mãos dos caciques partidários. O objetivo é encobrir acusados na Lava Jato e outros companheiros malquistos junto ao eleitorado (...).

Como já aconteceu no período de Lula na presidência, petistas defendem a ilegal proposta de uma Constituinte exclusiva, para mudar as regras eleitorais e de regulação da vida partidária.

O PT importou este modelo de Constituinte do regime bolivariano de Hugo Chávez, na Venezuela. Chávez aproveitou a primeira vitória eleitoral com grande apoio para lançar um plebiscito a fim de viabilizar uma Constituinte, e conseguiu. Assim, lançou as bases 'legais' de um regime autoritário, hoje em fase terminal.

Deve-se é manter a serenidade e, com equilíbrio, fazer poucas mudanças capazes de reoxigenar o sistema político-eleitoral: cláusula de desempenho, para acabar com a pulverização de partidos, e fim das coligações em pleitos proporcionais, para que o eleitor não tenha seu voto destinado a quem sequer conhece. Dessa forma, partidos sem votos tendem a perder importância, como deve ser na democracia".

http://www.oantagonista.com/posts/o-chavismo-do-pt

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.344
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1709 Online: Hoje às 11:17:18 »
Citar
PF deflagra a 39ª fase da Operação Lava Jato e cumpre mandados no Rio de Janeiro
Nova fase, batizada de Operação Paralelo, foi deflagrada na manhã desta terça-feira (28).

A polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (28), a 39ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Paralelo. Todos os mandados seriam cumpridos na cidade do Rio de Janeiro; um deles é de prisão preventiva e os outros cinco, de busca e apreensão.

Entretanto, na coletiva de imprensa, realizada nesta manhã em Curitiba, a PF informou que o investigado foi preso em Boa Vista (RR), pouco antes das 10h. Roberto Gonçalves é ex-gerente executivo da Petrobras. Ele sucedeu Pedro Barusco – ex-gerente de Serviços da estatal e já condenado na Lava Jato – nos "negócios".

As ordens judiciais foram expedidas pelo juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba, ou seja, pelo juiz federal Sérgio Moro, que é o responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância. O nome da operação foi dado em razão da ação clandestina no mercado financeiro por parte dos investigados.

Segundo a PF, a investigação procura apurar a atuação de operadores no mercado financeiro em benefício de investigados no âmbito da Operação Lava Jato.

A atuação teria se dado no âmbito de uma corretora de valores, que é suspeita de ter realizado a movimentação de recursos de origem ilícita para viabilizar pagamentos indevidos de funcionários e executivos da Petrobras.

A investigação ainda tem como objetivo apurar a responsabilidade criminal de um ex-executivo da Diretoria de Engenharia e Serviços da Petrobras, apontado como o beneficiário de diversos pagamentos em contas clandestinas no exterior, feitos por empreiteiras que contrataram com a empresa.

O termo "paralelo" é utilizado em uma simples alusão a atuação clandestina à margem dos órgãos de controles oficiais do mercado financeiro por parte dos investigados.

38ª fase da Lava Jato

A fase anterior da Lava Jato, deflagrada no dia 23 de fevereiro e batizada de Blackout, apura o pagamento de US$ 40 milhões de propinas durante 10 anos. Jorge Luz e o filho dele Bruno Luz são suspeitos de facilitar o pagamento de propinas.

Ainda conforme a força-tarefa da Lava Jato, entre os beneficiários, há senadores e outros políticos, além de diretores e gerentes da Petrobras.

http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/pf-cumpre-novos-mandados-da-operacao-lava-jato.ghtml
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.959
  • Sexo: Masculino
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1710 Online: Hoje às 13:42:45 »


Um monte de fases, mas a que interessa mesmo não  chega... 

O tão aguardado mandado de prisão ainda não foi expedido.  O  Poderoso Chefão  (brasileiro)  ainda continua livre.   :D





Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.072
  • Sexo: Masculino
Re:Petrolão - Talvez o maior esquema de corrupção do planeta
« Resposta #1711 Online: Hoje às 16:21:40 »
Um monte de fases, mas a que interessa mesmo não  chega... 

O tão aguardado mandado de prisão ainda não foi expedido.  O  Poderoso Chefão  (brasileiro)  ainda continua livre.   :D

Eu acho que o senhor Capone não será preso em 2017.
Foto USGS

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!