Enquete

Você é a favor da pena de morte para homicídio doloso premeditado?

Sim
12 (34.3%)
Não, mas defendo a prisão perpétua
16 (45.7%)
Não
7 (20%)

Votos Totais: 35

Autor Tópico: Pena de Morte  (Lida 14494 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.234
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Pena de Morte
« Resposta #100 Online: 30 de Abril de 2015, 22:14:11 »
Assumindo que uma pessoa seja acusada formalmente, investigada e julgada por autoridades competentes de ter cometido um crime cuja uma das penas previstas é a pena de morte/execução. Essa pessoa foi sentenciada à pena de morte, seja por um juiz ou por um grupo de jurados (assuma o arranjo jurídico e o crime que desejar). E sua sentença foi levada à cabo e foi executada (digamos, por agentes prisionais ou policiais). Posteriormente, foi descoberto que a pessoa que foi executada era inocente.

Nessas circunstâncias, seria algum dos responsáveis por sua execução (o juiz, o jurado, o executor, os policiais que investigaram, o promotor que defendeu a execução - à sua escolha) punido por esse ato? Sim ou Não? Caso seja punido, que punição receberia?
Eu perguntaria antes: O novo fato que inocentou o apenado era possível de ser evidenciado antes? A razão para a pena de morte foi "suficiente" à época de sua decretação? Algo do tipo moral/religioso, como legítima defesa ou defesa da honra, ou então alegações médicas do tipo psicopatia, mas que depois sob nova interpretação pudesse ser vista de "outro modo"?

Acho que de qualquer forma tudo remete ao Grande Leviatã. De qualquer jeito, a sociedade como um todo é sempre responsável, logo a responsabilização por esse tipo de ato sempre será relativizável.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.501
  • Sexo: Masculino
Re:Pena de Morte
« Resposta #101 Online: 01 de Maio de 2015, 00:20:37 »
Todo processo que passa nas mãos de seres humanos pode conter erro, humanos coletam provas, humanos depõe, humanos julgam, humanos dão a sentença, um erro nesse processo pode custar a vida de um inocente, não existe 100% de certeza quando um processo depende de dezenas de pessoas passíveis de erro. Prisão perpétua é mais barata, menos bárbara e tão eficiente quanto.

Inocentes morrem a toda hora e em todo o lugar. Acidêntes de trabalho, acidentes de trânsito, aviao, mas nem por isso o "meio" é abolido. Digo, dizer que pena de morte nao é razoável porque alguém pode cometer um erro e matar um inocente, seria como proibir o transporte de veículos porque algum bêbado pode atropelar e matar alguém na rua, ou impedir médicos de realizarem cirurgias porque um deles cometeu um erro e o paciente acabou falecendo. "Se" os benéficios da aplicacao da pena de morte conseguirem compensar as possíveis mortes de inocentes, nao vejo porque nao tentar.

É claro, nao estou dizendo que mortes de inocentes nao importam, mas sao inevitáveis em todo lugar onde pode morrer alguém, se estatisticamente as condenacoes de inocentes forem pequenas e houver benefícios significativos com a pena de morte nos casos corretos...

By the way, eu só estou "implicando" com esse argumento mesmo. Sou contra a pena de morte, mas por conta do alto custo em relacao a prisão perpétua.

 :ok:
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Cientista

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.266
Re:Pena de Morte
« Resposta #102 Online: 01 de Maio de 2015, 02:20:25 »
Só de ver esse pedaço já fica claro que é mais um tópico que se tornou palco de falácias crentes a rodo.

Assumindo que uma pessoa seja acusada formalmente, investigada e julgada por autoridades competentes de ter cometido um crime cuja uma das penas previstas é a pena de morte/execução. Essa pessoa foi sentenciada à pena de morte, seja por um juiz ou por um grupo de jurados (assuma o arranjo jurídico e o crime que desejar). E sua sentença foi levada à cabo e foi executada (digamos, por agentes prisionais ou policiais). Posteriormente, foi descoberto que a pessoa que foi executada era inocente.

Nessas circunstâncias, seria algum dos responsáveis por sua execução (o juiz, o jurado, o executor, os policiais que investigaram, o promotor que defendeu a execução - à sua escolha) punido por esse ato? Sim ou Não? Caso seja punido, que punição receberia?
Eu perguntaria antes: O novo fato que inocentou o apenado era possível de ser evidenciado antes? A razão para a pena de morte foi "suficiente" à época de sua decretação? Algo do tipo moral/religioso, como legítima defesa ou defesa da honra, ou então alegações médicas do tipo psicopatia, mas que depois sob nova interpretação pudesse ser vista de "outro modo"?
Não é tão extenso. É só a mesma questão de se cometeu-se crime ou não contra um cidadão inocente, não é mesmo?

A facilidade de se condenar (ou não) não deve ser limitada por apenas uma 'consciência (pesante)', mas por responsabilidade e incriminabilidade. A condenação errada foi criminosa, relapsa, irresponsável? Temos, então, um caso de assassinato e todos os participantes diretos **pela sentença** concorreram. Logo, qual a pena para assassinato?...  Como se vê, só máquinas filosofadoras têm dificuldade para descartar filosofices ridículas. E o terrível é que elas são a maioria, o problema, e acusam as outras de serem o problema. Por isso, quase pouco se pode esperar desse sistema porque ele é implementado pelos preceitos filosofistas dessas máquinas, o resultado é a bosta toda que aí está e elas, que são as responsáveis por isso, prosseguem a filosofar filosofações sobre filosofações porque as filosofações sob filosofações estão dando m. Quase pouco se pode esperar porque máquinas filosofosas são as maiores conversas fiadas do mundo -- elas manifestam um discurso só para discurso; na hora de meter bala em qualquer suspeita de perigo adiante, usam um míssil nuclear para garantir.

Mas podemos simplificar ainda mais dizendo que o primeiro negritado ali esclarece o necessário do problema. E o segundo é dito da forma funcional crente típica, sempre esquecedora de que a mesma confiabilidade de uma conclusão vale para a outra. O que garantiu que o "descoberto inocente a posteriori" é inocente mesmo?

É assim que se vê em claro as manipulações que a mente mágica crê que pode fazer sobre a realidade para "torná-la em favor próprio".

É tudo bem pior que piada.

Acho que de qualquer forma tudo remete ao Grande Leviatã. De qualquer jeito, a sociedade como um todo é sempre responsável, logo a responsabilização por esse tipo de ato sempre será relativizável.
Que grande Leviatã que nada. A sociedade pode ser "responsável", mas não incriminável. A sociedade é a favor do aerotrasporte. Isso a incrimina por um mecânico que falha, ou por aquele copiloto lunático que atirou o avião ao rochedo? As sociedades, sejam privadas ou a grande sociedade pública, põem empregaDINHOS (nada de "autoridades") para trabalhar. Esses lacaios devem  cumprir suas tarefas com eficácia. Se não são capazes, não se arrisquem. Eles recebem suficientes benefícios para serem competentes, o que inclui, principalmente, não serem crentes/serem científicos.

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.626
  • Sexo: Masculino
Re:Pena de Morte
« Resposta #103 Online: 01 de Maio de 2015, 09:22:46 »
Apesar de alguma "simpatia" pela pena de morte por causa dos Champinhas e Richthofens da vida, concordo que a prisão perpétua é mais racional.
"Deus prefere os ateus"

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #104 Online: 01 de Maio de 2015, 11:14:36 »
Votei contra, unicamente porquê não acredito que eventualmente um inocente poderia ser punido de maneira irreversível (morto)mas se num mundo Utópico se pudesse ter 100% de certeza seria a favor.

PS- Uma época atrás me falaram que a pena de morte gerava o que os americanos chamavam de Mad Dog, criminosos que por já saber não escaparem da pena de morte tornavam-se mais perigosos (perdido por um, perdido por...).  Isso é fato?
moramos em um pais em que bandidos roubam ,estrupam e põe fogo nas vitimas ainda  vivas, será a pena de morte os tornarão ainda mais violentos ?

Se você vai ser executado, se for pego, o que tem a perder se tiver que matar mais um, dois, dez, vinte, para escapar de ser pego? Pode explodir uma escola que se for pego, não vai pegar mais do que a pena de morte que já tinha por ter matado só um.

com pena ou sem pena bandidos tão pouco se lixando pra quanto terão que matar, a maioria ja matou mais de uma vez.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.


Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #106 Online: 01 de Maio de 2015, 11:18:25 »
Melhor do que pena de morte ou prisão perpétua é devolver o criminoso para a sociedade sem olhos ou paraplégico ou qualquer outra incapacitação que permita uma readaptação produtiva com baixo grau de periculosidade.

O que acha Arcanjo?

Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno.
E, se o teu olho te escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno.
Mateus 18:8,9
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.163
  • Sexo: Masculino
Re:Pena de Morte
« Resposta #107 Online: 01 de Maio de 2015, 11:26:13 »
Sou favorável a lobotomizar esses criminosos. Só temo pelo crescimento de lobizomens, ou estou entendendo o termo "lobotomizar" erroneamente.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #108 Online: 01 de Maio de 2015, 11:35:21 »
"em meio a um governo corrupto e omisso, o melhor a ser feito é exigir que esse governo corrupto e omisso passe a matar pessoas que a sociedade enxergue como vilões".


Por tudo que existe de mal sobre o PT, eu fico muito aliviado dele mesmo não propor algo assim...
o ideal utópico seria :
1) controlar natalidade,educar melhor e distribuir rendas 
2) isola-lo da sociedade obrigando-os ao trabalho e a profissionalização
3) latrocidas principalmente os reincidentes pena de morte
4) estupradores e pedófilos castração quimica
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.163
  • Sexo: Masculino
Re:Pena de Morte
« Resposta #109 Online: 01 de Maio de 2015, 11:50:19 »
4) estupradores e pedófilos castração quimica

Porque não a castração física? Capa o FDP e ele se torna inofensivo.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #110 Online: 01 de Maio de 2015, 12:11:40 »
Citar
devemos punir os policiais que eliminam bandidos que atentam contra a vida de inocentes?

em nome de uma liberdade esta sendo instalada uma anarquia do tipo "o bicho esta pegando, salve-se quem puder!"

a pena de morte não é e nunca será a alternativa mais correta, porem em meio a um governo corrupto, omisso e desmoralizado , desrespeitado por bandidos que matam e riem na cara da justiça , no momento creio que surtiria um efeito mais rapidamente didatico , mais ou menos como um pai que após muita conversa , exemplos, estímulos vê seu filho irredutível aos seus apelos morais politicamente corretos, então ele vai e apela para um necessário tapa na bunda e...milagre!  a criança rapidamente assimila o que não poderá fazer mais , sem sofrer o devido ensinamento.

Antes de dar um belo salto ilógico e e utilizar seu discurso moralizante, faça um favor a si mesmo. Leia a pergunta que foi feita.. Destrincharei ela para facilitar a compreensão:

Assumindo que uma pessoa seja acusada formalmente, investigada e julgada por autoridades competentes de ter cometido um crime cuja uma das penas previstas é a pena de morte/execução. Essa pessoa foi sentenciada à pena de morte, seja por um juiz ou por um grupo de jurados (assuma o arranjo jurídico e o crime que desejar). E sua sentença foi levada à cabo e foi executada (digamos, por agentes prisionais ou policiais). Posteriormente, foi descoberto que a pessoa que foi executada era inocente.

Nessas circunstâncias, seria algum dos responsáveis por sua execução (o juiz, o jurado, o executor, os policiais que investigaram, o promotor que defendeu a execução - à sua escolha) punido por esse ato? Sim ou Não? Caso seja punido, que punição receberia?

todos os que compactuarem direta ou indiretamente com o assassinato de um inocente deverão responder pelos seus atos.

Da mesma forma quando votamos pela posse de armas, toda vez que alguém  for morto por armas, indiretamente teremos nossa parcela de culpa.

Radicalmente a  pena de morte deveria  ser aplicada a todo aquele que matar um inocente, incluindo:
criança
cidadão comum
bandidos
policiais
médicos

racionalmente independente da intenção a  pena para quem matar um inocente deverá ser a mesma
mas, devido as intenções serem consideradas dolosas ou culposas a lei  deverá ter atenuantes, ou seja essa lei humana como todas é tambem imperfeita e esta sujeita a erros.

racionalmente para a lei ser justa , independente de situações, intenção ou de emoções a pena deveria ser aplicada a todos que a infligirem matando uma pessoa.

como o ser humano não é composto só pela razão deverá ser considerado tambem as emoções como ja são previstas pela lei atual, ou seja matou com qual intenção ? Salvar a vidas ou eliminar vidas ?

Este atenuante emocional isentaria medico e policiais, pois na pratica e estariam cometendo o mesmo ato infracional porem com intenção de preservar o bem comum ficariam isentos de culpa.

 





« Última modificação: 01 de Maio de 2015, 19:52:35 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Pena de Morte
« Resposta #111 Online: 01 de Maio de 2015, 13:15:45 »
As pessoas que aceitam mortes de inocentes estariam dispostas a se sacrificar em nome da pena de morte? Porque é fácil aceitar que vidas perdidas compensam quando é a vida dos outros e não a nossa ou de familiares. Isso tudo pra algo que não existe comprovação de que ajuda na prevenção de crimes e custa mais caro que prisão perpétua.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.307
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Pena de Morte
« Resposta #112 Online: 01 de Maio de 2015, 13:25:25 »
Não considera-se isso porque é ainda mais improvável e distante do que o prospecto de pena de morte para o próprio criminoso, que já não é intimidado por isso.

 

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #113 Online: 01 de Maio de 2015, 18:47:28 »
Seria tecnicamente possível induzir as pessoas ao coma de forma não-violenta, e suspender essa "hibernação" caso fosse provada inocência?
tenho um ideia muito melhor:

a maioria dos bandidos o são por não gostarem de trabalhar, se ficarem sabendo que serão obrigados a terem que trabalhar nos presídios, talvez isso desestimule reincidências.
pela lei da natureza "quem não trabalha morre de fome"


Não sei se é "a maioria dos bandidos", ou a maioria dos que são presos, que eram presos trabalhando como vendedores de cigarros proibidos pelo governo.

Para os mais inofensivos, é interessante tentar dar um empurrão nessa direção de trabalho e etc. Trabalho comunitário inclusive parece ter o efeito de poder mudar a identidade da pessoa, de fazê-la deixar de se enxergar como um bandido, e como uma pessoa útil na sociedade.

Mas a coisa vai se complicando na medida em que se fala de criminosos de maior periculosidade. Tanto porque a atividade deles precisa ser uma que não lhes aumente as oportunidades de organizar uma rebelião, como pelo dilema moral de estar se empregando criminosos quando há pessoas inocentes que poderiam ter os mesmos empregos. Então esse trabalho teria que ser algo que praticamente ninguém está disposto a fazer, e ainda assim ter valor, compensar ao estado em comparação com os deixarem só mofando, ociosos.

Há também sempre o risco de se criar uma fachada para escravagismo.

Se todos são de fato criminosos sem sombra de dúvida, ótimo, pouco me importo. Mas se interessa a alguém mão de obra escrava, há incentivo para que sejam presas mais pessoas, independentemente disso.


Novamente, não me oponho à idéia em um cenário ideal, mas as coisas são sempre mais complicadas, não se pode esquecer disso.

Acredito que todos concordam que algo tenha que ser feito urgente, enquanto ainda nos  é possivel.
no minimo deveriam ser obrigados a estudar dento dos presídios e trabalharem para alimentarem e manter a higiene, caso contrario deveriam ficar isolados sem direito alimentação até aprenderem respeitar as regras, rebelião deverá ser contida na base da borrachada ai todos presos pagaram o pato.
Sem direito a visitas intimas, pois alem de abrir portas para entrada de drogas , armas e celulares ainda geram  mais filhos para o governo criar, haja bolsa familia.
Duvido que se levantassem as 5:00 e fossem deitar as 22:00hs se vão querer retornar ao presidio.

quanto ao nosso senso de justiça ser equivocada não resta a menor duvida,mas então devemos ser omissos, por medo de errarmos ?

ja que nos é impossível um julgamento  perfeito e erros são inevitáveis prefiro ser pratico por tentativa de erro e acerto.




« Última modificação: 01 de Maio de 2015, 18:53:58 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Pena de Morte
« Resposta #114 Online: 01 de Maio de 2015, 18:50:39 »
Ah, o amor cristão...
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #115 Online: 01 de Maio de 2015, 19:07:00 »
É verdade. Certamente morrem mais inocentes em acidentes de trânsito.

Se o efeito "positivo" da pena de morte for benéfico o bastante, e os demais riscos baixos o bastante, seria aceitável, tanto quanto é ter o "sistema de transportes" atual.

A diferença é que temos um viés de ver maior responsabilidade por ação do que por "omissão".

nem sempre:

um trem vem em alta velocidade voce não sabe qual dos dois botões é o certo, se não apertar  nenhum todos morrem se apertar o certo todos se salvam.
neste caso a omissão tem 100% de responsabilidade, enquanto a ação só  poderá ser responsabilizada pelo acerto de 100% .

como dizem "se não tem melhor  remédio , remediado esta " 
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Pena de Morte
« Resposta #116 Online: 01 de Maio de 2015, 19:09:24 »
Criaturo denunciado por trollismo. Insiste numa falsa dicotomia mesmo ela sendo rebatida exaustivamente.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #117 Online: 01 de Maio de 2015, 19:42:43 »
Você simplesmente inventa os números, ou tem alguma fonte?
na verdade o que eu tenho é um a boa memória:

o homem que espancou matou, esquartejou e pois fogo  no sindico  do prédio que morava, foi ajudado pela esposa a dar cabo no corpo, investigados a mulher ja estava sendo acusada de ter mandado matar o primeiro marido e adivinha que matou ?
o assassino de pai e filho cartunista glauco após ser solto rapidamente foi e cometeu mais um latrocinio desta vez a vitima tinha 21 anos.
ainda agora um ex policial federal que ja havia tentado matar um jovem com um tiro , dessa vez conseguiu, matou  outro jovem.

normalmente quem era sem ser punido tende a voltar cometer o mesmo ero. :hihi:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #118 Online: 01 de Maio de 2015, 19:47:51 »
4) estupradores e pedófilos castração quimica

Porque não a castração física? Capa o FDP e ele se torna inofensivo.
terá que mijar sentado.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #119 Online: 01 de Maio de 2015, 20:09:53 »
Citar
As pessoas que aceitam mortes de inocentes estariam dispostas a se sacrificar em nome da pena de morte?
a morte de inocentes não é opcional e sim uma constatação natural da vida.
Citar
Porque é fácil aceitar que vidas perdidas compensam quando é a vida dos outros e não a nossa ou de familiares.

não aceitamos que  vidas inocentes de familiares nem de estranhos sejam perdidas na mãos de criminosos na sua maioria  reincidentes. 

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #120 Online: 01 de Maio de 2015, 20:24:49 »
Ah, o amor cristão...
29 Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, não lhe negues também a túnica.
35 Amai, porém a vossos inimigos, fazei bem e emprestai, nunca desanimado; e grande será a vossa recompensa, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os integrantes e maus.

cristo manda perdoar, porem veja o que a consciência do infrator pode impor a ele:

Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!
Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno.
E, se o teu olho te escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno.
Mateus 18:7-9

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #121 Online: 01 de Maio de 2015, 20:31:53 »
Criaturo denunciado por trollismo. Insiste numa falsa dicotomia mesmo ela sendo rebatida exaustivamente.

voce deveria ser denunciado por excesso de mimimimimimimi :chorao:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Online Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.790
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Pena de Morte
« Resposta #122 Online: 01 de Maio de 2015, 20:33:24 »
Todo processo que passa nas mãos de seres humanos pode conter erro, humanos coletam provas, humanos depõe, humanos julgam, humanos dão a sentença, um erro nesse processo pode custar a vida de um inocente, não existe 100% de certeza quando um processo depende de dezenas de pessoas passíveis de erro. Prisão perpétua é mais barata, menos bárbara e tão eficiente quanto.

Inocentes morrem a toda hora e em todo o lugar. Acidêntes de trabalho, acidentes de trânsito, aviao, mas nem por isso o "meio" é abolido. Digo, dizer que pena de morte nao é razoável porque alguém pode cometer um erro e matar um inocente, seria como proibir o transporte de veículos porque algum bêbado pode atropelar e matar alguém na rua, ou impedir médicos de realizarem cirurgias porque um deles cometeu um erro e o paciente acabou falecendo. "Se" os benéficios da aplicacao da pena de morte conseguirem compensar as possíveis mortes de inocentes, nao vejo porque nao tentar.

É claro, nao estou dizendo que mortes de inocentes nao importam, mas sao inevitáveis em todo lugar onde pode morrer alguém, se estatisticamente as condenacoes de inocentes forem pequenas e houver benefícios significativos com a pena de morte nos casos corretos...

By the way, eu só estou "implicando" com esse argumento mesmo. Sou contra a pena de morte, mas por conta do alto custo em relacao a prisão perpétua.

 :ok:
:ok: ll
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Pena de Morte
« Resposta #123 Online: 01 de Maio de 2015, 20:39:02 »
Todo processo que passa nas mãos de seres humanos pode conter erro, humanos coletam provas, humanos depõe, humanos julgam, humanos dão a sentença, um erro nesse processo pode custar a vida de um inocente, não existe 100% de certeza quando um processo depende de dezenas de pessoas passíveis de erro. Prisão perpétua é mais barata, menos bárbara e tão eficiente quanto.

Inocentes morrem a toda hora e em todo o lugar. Acidêntes de trabalho, acidentes de trânsito, aviao, mas nem por isso o "meio" é abolido. Digo, dizer que pena de morte nao é razoável porque alguém pode cometer um erro e matar um inocente, seria como proibir o transporte de veículos porque algum bêbado pode atropelar e matar alguém na rua, ou impedir médicos de realizarem cirurgias porque um deles cometeu um erro e o paciente acabou falecendo. "Se" os benéficios da aplicacao da pena de morte conseguirem compensar as possíveis mortes de inocentes, nao vejo porque nao tentar.

É claro, nao estou dizendo que mortes de inocentes nao importam, mas sao inevitáveis em todo lugar onde pode morrer alguém, se estatisticamente as condenacoes de inocentes forem pequenas e houver benefícios significativos com a pena de morte nos casos corretos...

By the way, eu só estou "implicando" com esse argumento mesmo. Sou contra a pena de morte, mas por conta do alto custo em relacao a prisão perpétua.

Todos os casos citados onde ocorrem mortes acidentais são pensados para minimizar ao máximo a possibilidade de acidentes e não tem uma alternativa melhor com menor risco

A pena de morte tem alternativa melhor e sem risco, prisão perpétua faz o mesmo serviço de afastar criminosos das ruas, custa mais barato e elimina morte de inocentes, porque diabos alguém ainda vai ser a favor?
Só pode ser estupidez.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.014
  • Sexo: Masculino
Re:Pena de Morte
« Resposta #124 Online: 01 de Maio de 2015, 20:57:50 »
Todo processo que passa nas mãos de seres humanos pode conter erro, humanos coletam provas, humanos depõe, humanos julgam, humanos dão a sentença, um erro nesse processo pode custar a vida de um inocente, não existe 100% de certeza quando um processo depende de dezenas de pessoas passíveis de erro. Prisão perpétua é mais barata, menos bárbara e tão eficiente quanto.

Inocentes morrem a toda hora e em todo o lugar. Acidêntes de trabalho, acidentes de trânsito, aviao, mas nem por isso o "meio" é abolido. Digo, dizer que pena de morte nao é razoável porque alguém pode cometer um erro e matar um inocente, seria como proibir o transporte de veículos porque algum bêbado pode atropelar e matar alguém na rua, ou impedir médicos de realizarem cirurgias porque um deles cometeu um erro e o paciente acabou falecendo. "Se" os benéficios da aplicacao da pena de morte conseguirem compensar as possíveis mortes de inocentes, nao vejo porque nao tentar.

É claro, nao estou dizendo que mortes de inocentes nao importam, mas sao inevitáveis em todo lugar onde pode morrer alguém, se estatisticamente as condenacoes de inocentes forem pequenas e houver benefícios significativos com a pena de morte nos casos corretos...

By the way, eu só estou "implicando" com esse argumento mesmo. Sou contra a pena de morte, mas por conta do alto custo em relacao a prisão perpétua.

Todos os casos citados onde ocorrem mortes acidentais são pensados para minimizar ao máximo a possibilidade de acidentes e não tem uma alternativa melhor com menor risco

A pena de morte tem alternativa melhor e sem risco, prisão perpétua faz o mesmo serviço de afastar criminosos das ruas, custa mais barato e elimina morte de inocentes, porque diabos alguém ainda vai ser a favor?
Só pode ser estupidez.

O custo financeiro não entra nesta sua equação?
Foto USGS

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!