Autor Tópico: Quanto mais queijo, menos queijo.  (Lida 471 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Quanto mais queijo, menos queijo.
« Online: 13 de Maio de 2015, 01:25:57 »
Provavelmente você já ouviu falar de um paradoxo que ficou muito famoso na internet chamado Quanto mais queijo, menos queijo.

Ele é assim:

Imagine um pedaço de queijo suíço, daqueles bem cheios de buracos.
Quanto mais queijo, mais buracos.
Cada buraco ocupa o lugar em que haveria queijo.
Assim, quanto mais buracos, menos queijo.
Quanto mais queijos mais buracos, e quanto mais buracos, menos queijo.
Logo, quanto mais queijo, menos queijo.


Isso aí ficou tão famoso que está em vários sites e até em vídeos no youtube. Confiram alguns links:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_paradoxos
http://www.paralerepensar.com.br/silogismos.htm
http://www.somatematica.com.br/paradoxos/queijo.php
https://cotidianonacional.wordpress.com/2007/09/19/quanto-mais-queijo-menos-queijo/

Enfim, são vários e vários sites que contém este paradoxo e o mais interessante é que tem gente que até tenta resolvê-lo.

Bom, por que estou escrevendo sobre isso? A resposta é: vocês sabem de onde veio esse paradoxo? Sabem quem o criou? Não?

Agora sabem. Sim, isso mesmo, pois foi eu quem o criou. Estou assumindo a autoria e os créditos que nunca me foram dados.

Eu explico:

Quando eu estava fazendo um curso preparatório para o vestibular eu gostava bastante das aulas de Filosofia. Então numa aula sobre Lógica Aristotélica e silogismo eu resolvi criar uma lista de silogismos zoeira para divertir a classe.
O professor gostou tanto que pediu para ficar com a lista. Eu concordei e nem lembrei depois do que tinha feito.
Após algum tempo, já na faculdade, durante a apresentação de um trabalho um colega de repente citou o paradoxo do queijo, palavra por palavra, igual eu havia escrito.
Levei um susto e interrompi sua apresentação afim de questioná-lo de onde foi que ele havia conseguido tal coisa. Ele respondeu que tinha achado na internet. Então eu assumi a autoria perante todos e quando fui pesquisar descobri que realmente o meu paradoxo constava em muitos sites. E não só ele, mas a lista toda que eu havia entregado para o meu professor. A coisa havia virado um sucesso na internet.
Fiquei p... da vida com o professor, mas pior seria se ele tivesse assumido a autoria. Ainda bem que ele não fez isso.

Vocês podem até achar insignificante tal negócio, mas para mim é muito prazeroso ver uma coisa que criei como zoeira se tornar famosa.

Eis mais alguns silogismos zoeira que eu criei naquela lista e que também se encontra em várias páginas:

"Deus é amor.
 O amor é cego.
 Steve Wonder é cego.
 Logo, Steve Wonder é Deus."


"Disseram-me que eu sou ninguém.
 Ninguém é perfeito.
 Logo, eu sou perfeito.
 Mas só Deus é perfeito.
 Portanto, eu sou Deus.
 Se Steve Wonder é Deus, eu sou Steve Wonder!!
 Meu Deus, eu estou cego!!!"


E você, quer tentar resolver ou explicar algum deles?
« Última modificação: 13 de Maio de 2015, 01:32:31 por Terry Silver »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Wowbagger, o Infinitamente Prolongado

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.664
Re:Quanto mais queijo, menos queijo.
« Resposta #1 Online: 10 de Junho de 2015, 19:29:47 »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!