Autor Tópico: O crente, o ateu e o deus Matrix  (Lida 3537 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #50 Online: 25 de Novembro de 2015, 08:22:50 »
Sergio

ateísmo deduz a não existência de Deus baseado em quais evidências ?

interessante a lógica ateísta  acredita  que a razão teve origem na total ausência de razão, que as consciências tiveram suas origens na existência física,mas negam que as existência possam ser frutos de alguma consciência.
nos limitemos a consciência terrena, parte da existência das invenções é fruto das consciências humanas, digamos que daqui milhões de anos toda consciência humana tenha desaparecido juntamente com suas obras, para outros seres que não tenham compartilhado da nossa ciência, nunca houve uma existência humana.
Sabemos que quando alguém morre a vida continua existindo para os que continuam vivos, disso resulta a lógica dedutiva de que se uma consciência existente finda, continua havendo existência para outras que continuam ativas.
Materialistas creem que a morte representa o final da própria existência e da  consciência disso, assim quando um individuo morre para ele não ha mais existência de tal forma que morrendo todos indivíduos não haveria mais nenhuma consciência de existência.
Com base na constatação de  que a existência permanece após o fim da consciência individual  deduz -se que se todas consciências existentes findarem a existência permanecerá.
O que pode significar um equivoco, ja que esta condição ainda não foi realizada, permanece a possibilidade de que : "se nenhuma consciência, sem existência" e de que a existência possa ser fruto da consciência Deus.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #51 Online: 25 de Novembro de 2015, 08:33:28 »

alem do mais existem coisas tão improváveis quanto o amor .
Mas o amor não é improvável, há evidências substanciadoras dele.  O amor é uma resposta a um estímulo. O amor é rastreável.
o amor é tão improvável quanto a sanidade,ambos poderíamos perde-la tentando prova-la.  ;P

o amor é algo que existe subjetivamente , assim como Deus ?
para o Flausino "o amor é o calor que aquece a alma"
Se não, então quais seriam suas evidências substanciadoras referentes ao que seja o amor?
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #52 Online: 25 de Novembro de 2015, 11:29:50 »
Sergio

ateísmo deduz a não existência de Deus baseado em quais evidências ?

Primeiro que não é o ateísmo que deduz nada. O Ateísmo é uma "resposta" de supostos ateus.

O Ateu deduz a existência do mundo sem deus/deuses. Pra todos os efeitos, antes de mais nada, não há nem a especulação de que possa haver deuses os quais o ateu decline da possibilidade através de eventuais evidências. É como um bebê que existe sem deus/deuses, antes de crentes o sugerirem a ele. Dito isso, se ao bebê(ateu)que vamos chamar aqui de João, depois de crescido e já com alguma capacidade de dicernimento for proposto um deus ou vários deuses, ou outros entes quaisquer, como uma cobra de duas cabeças, por exemplo, digamos que para ele aceitar a possibilidade deles como fato ele peça evidências de sua ocorrência. Supondo que quem propôs a existência de deus, ou deuses tenha sido você, quais evidências você acha suficientes para apresentar a ele? Vai fazendo uma lista ai.

 Agora quanto à cobra de duas cabeças, que o João nunca tinha visto nem ouvido falar, várias pessoas dizem ter visto a cobra, mas João duvida, não conhece as pessoas que dão seu depoimento nem nada, daí alguém traz uma foto; ora, isso é uma boa evidência, uma foto ajuda na possibilidade de substanciar a existência  de uma cobra de duas cabeças, mas o João, que além de ateu é cético, acha que a foto pode ser uma montagem, e ainda tem dúvidas, daí trazem um esqueleto de cobra com dois crânios, ai sim, o João passa seriamente a cogitar a existência da tal cobra. 

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #53 Online: 25 de Novembro de 2015, 12:56:25 »
Sergio

ateísmo deduz a não existência de Deus baseado em quais evidências ?

O ateísmo não é um caso especial para um "Deus" jeovaóide. Vale para quaisquer deuses já imaginados.

Não se tem qualquer evidência para qualquer deles, não são diferentes, e muitas vezes até piores, do que coisas que qualquer um poderia simplesmente inventar, imaginar, fantasiar.

Digamos, uma "energia que devolve a vida ou transforma em zumbis". Isso ainda é melhor do que "deuses", por existirem "energias". Deuses seriam super-homens, um conjunto de coisas de que não se tem qualquer "unidade" constatada.

E nada que sugira serem mais do que imaginação de um ramo de primatas que algumas vezes extrapolam muito além da conta a intuição de atribuir as coisas ao redor a ações de seres iguais a ele, em seu meio social, ou de grupos inimigos.

Sabendo de onde vieram esses primatas, não há o menor indício de algo parecido poder ter ocorrido com toda uma série de super-seres, culminando num super-homo sapiens. Imaginar um único super-homo-sapiens é ainda mais problemático, ao fugir da analogia para algo  ainda mais excepcional: um único indivíduo coincidentemente virtualmente idêntico aos de uma linhagem de seres vivos (acrescido de super-poderes mágicos), mas com uma origem completamente distinta da reprodução biológica -- que foi o que produziu todas as características dessa espécie animal.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #54 Online: 25 de Novembro de 2015, 13:13:09 »
Sergio

ateísmo deduz a não existência de Deus baseado em quais evidências ?

Primeiro que não é o ateísmo que deduz nada. O Ateísmo é uma "resposta" de supostos ateus.

O Ateu deduz a existência do mundo sem deus/deuses. Pra todos os efeitos, antes de mais nada, não há nem a especulação de que possa haver deuses os quais o ateu decline da possibilidade através de eventuais evidências.
a não  possibilidade é razão de uma certeza consumada?

Citar
É como um bebê que existe sem deus/deuses, antes de crentes o sugerirem a ele. Dito isso, se ao bebê(ateu)que vamos chamar aqui de João, depois de crescido e já com alguma capacidade de dicernimento for proposto um deus ou vários deuses, ou outros entes quaisquer, como uma cobra de duas cabeças,
tai a besta  apresentada a João


Tai o seu bebe  São Jorge:

<a href="https://www.youtube.com/v/9Bz7owdAVVU&amp;feature=youtu.be" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/9Bz7owdAVVU&amp;feature=youtu.be</a>

ok após o intervalo para relaxarmos, seguimos com seu raciocínio:


Citar
por exemplo, digamos que para ele aceitar a possibilidade deles como fato ele peça evidências de sua ocorrência. Supondo que quem propôs a existência de deus, ou deuses tenha sido você, quais evidências você acha suficientes para apresentar a ele? Vai fazendo uma lista ai.

bom alem da lógica baseada em fatos naturais, apresentarei a ele minhas evidências anedóticas

Citar
Agora quanto à cobra de duas cabeças, que o João nunca tinha visto nem ouvido falar, várias pessoas dizem ter visto a cobra, mas João duvida, não conhece as pessoas que dão seu depoimento nem nada, daí alguém traz uma foto; ora, isso é uma boa evidência, uma foto ajuda na possibilidade de substanciar a existência  de uma cobra de duas cabeças, mas o João, que além de ateu é cético, acha que a foto pode ser uma montagem, e ainda tem dúvidas, daí trazem um esqueleto de cobra com dois crânios, ai sim, o João passa seriamente a cogitar a existência da tal cobra.

mesmo vendo  o esqueleto ele ainda duvidará que seja um deus.

ok , obrigado pela sua visão de como nasce um ateu!

em retribuição veja a minha de como se nasce naturalmente um crente :

supondo ser isto possível isola-se alguns recém nascidos em uma ilha, eles crescerão livre da cultura externa.
após alguns anos de observação em fatos naturais, como sonhos proféticos, aparição de amigos mortos, previsão do futuro, transmissão de pensamento e o mais forte uma intuição natural , fara aparecer neles a crença em um  Deus.


« Última modificação: 25 de Novembro de 2015, 13:16:30 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #55 Online: 25 de Novembro de 2015, 13:37:37 »
Sergio
ateísmo deduz a não existência de Deus baseado em quais evidências ?
O ateísmo não é um caso especial para um "Deus" jeovaóide. Vale para quaisquer deuses já imaginados.

ok sem discriminação

Não se tem qualquer evidência para qualquer deles, não são diferentes, e muitas vezes até piores, do que coisas que qualquer um poderia simplesmente inventar, imaginar, fantasiar.

Citar
Digamos, uma "energia que devolve a vida ou transforma em zumbis". Isso ainda é melhor do que "deuses", por existirem "energias". Deuses seriam super-homens, um conjunto de coisas de que não se tem qualquer "unidade" constatada.
faz sentido um ateu acreditar em um deus matriz criado por ele mesmo a sua imagem e semelhança.
mas deus super homem é coisa de americanos.

Citar
E nada que sugira serem mais do que imaginação de um ramo de primatas que algumas vezes extrapolam muito além da conta a intuição de atribuir as coisas ao redor a ações de seres iguais a ele, em seu meio social, ou de grupos inimigos.
todo deus humano é antropomórfico porem não totalmente.
É comum ateus quererem argumentar a lógica das suas descrenças
ok! você  se diz ateu do deus dos outros , que não vê neles  logica  que possa  sustenta-los,mas então me diga qual deus teria alguma possibilidade ou  sentido para voce ?

Citar
Sabendo de onde vieram esses primatas, não há o menor indício de algo parecido poder ter ocorrido com toda uma série de super-seres, culminando num super-homo sapiens.
sabemos que tudo veio da terra,mas me diga de onde veio toda a Terra ?
por qual processo apareceu o primeiro primata , homem ou animal na terra, como se deu a origem da vida ?
quem apareceu primeiro o ovo ou a galinha, o homem ou a mulher ?

Citar
Imaginar um único super-homo-sapiens é ainda mais problemático, ao fugir da analogia para algo  ainda mais excepcional: um único indivíduo coincidentemente virtualmente idêntico aos de uma linhagem de seres vivos (acrescido de super-poderes mágicos), mas com uma origem completamente distinta da reprodução biológica -- que foi o que produziu todas as características dessa espécie animal.

como assim ?
« Última modificação: 25 de Novembro de 2015, 13:39:46 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #56 Online: 25 de Novembro de 2015, 13:42:07 »

mesmo vendo  o esqueleto ele ainda duvidará que seja um deus.

Se a ele for apresentado um esqueleto de uma cobra como sendo o esqueleto de um deus apenas se poderá deduzir que o esqueleto de algo é o esqueleto de um deus para alguém.

Vendo o esqueleto da cobra ele terá mais evidências para a existência dela, mas como é isso de duvidar que seja um deus?

após alguns anos de observação em fatos naturais, como sonhos proféticos, aparição de amigos mortos, previsão do futuro, transmissão de pensamento e o mais forte uma intuição natural , fara aparecer neles a crença em um  Deus.
Sim, crentes estes que eventualmente terão que lidar com pessoas que preferirão investigar e decifrar o mundo que as cerca através de evidências em vez de aceitar passivamente afirmações arbitrárias, como dizer que raios são emanações energéticas de Odin, ou que trovões são produzidos com o martelo de Thor.
« Última modificação: 25 de Novembro de 2015, 13:47:33 por Sergiomgbr »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #57 Online: 25 de Novembro de 2015, 18:51:13 »

Citar
E nada que sugira serem mais do que imaginação de um ramo de primatas que algumas vezes extrapolam muito além da conta a intuição de atribuir as coisas ao redor a ações de seres iguais a ele, em seu meio social, ou de grupos inimigos.
todo deus humano é antropomórfico porem não totalmente.
É comum ateus quererem argumentar a lógica das suas descrenças
ok! você  se diz ateu do deus dos outros , que não vê neles  logica  que possa  sustenta-los,mas então me diga qual deus teria alguma possibilidade ou  sentido para voce ?

Nenhum, pelos motivos que tentei expor.

Deuses são seres antropomórficos ou zoomórficos, com super-poderes mágicos.

Não há sinal deles nem idéia minimamente plausível de como seres assim poderiam vir a existir.



Citar
Citar
Sabendo de onde vieram esses primatas, não há o menor indício de algo parecido poder ter ocorrido com toda uma série de super-seres, culminando num super-homo sapiens.
sabemos que tudo veio da terra,mas me diga de onde veio toda a Terra ?
por qual processo apareceu o primeiro primata , homem ou animal na terra, como se deu a origem da vida ?
quem apareceu primeiro o ovo ou a galinha, o homem ou a mulher ?

A explicação para cada uma dessas coisas seria longa demais para por aqui, e não algo que eu tenha interesse em fazer. Muito disso já é conhecido com elevado grau de certeza. Aquilo que não é, não nos permite postular como igualmente plausível qualquer explicação mágica que imaginarmos. "Não sabem bem como, é? Então foi Deus/Zeus quem fez", ou "a energia mágica do canto-sem-cantor produziu."


Citar
Citar
Imaginar um único super-homo-sapiens é ainda mais problemático, ao fugir da analogia para algo  ainda mais excepcional: um único indivíduo coincidentemente virtualmente idêntico aos de uma linhagem de seres vivos (acrescido de super-poderes mágicos), mas com uma origem completamente distinta da reprodução biológica -- que foi o que produziu todas as características dessa espécie animal.

como assim ?

As características dos seres humanos e de outros animais em que se baseiam os deuses imaginados pelos povos, são produto da evolução biológica. Então seria algo "melhor" imaginar também uma evolução biológica de toda "fauna e flora divina". Ex.: as mãos e braços humanos trazem traços ligados à locomoção de andar sobre os galhos das árvores e pular de galho em galho; os pés já são uma adaptação a caminhar no solo, que interrompe o desenvolvimento das "mãos de baixo" em um nível anterior e leva para outra direção. As mãos divinas então deveriam ser igualmente herança da locomoção de galho-em-galho de árvores divinas, e algo compartilhado com deuses-chimpanzé e deuses-gorila.

Imaginar um deus-pessoa que não é filho de ninguém mas tem todas as mesmas características físicas e mentais resultantes da evolução de Homo sapiens é como imaginar um deus-computador que não foi fabricado por ninguém, sem toda uma história de desenvolvimento tecnológico. Simplesmente surgiu, ou sempre existiu, um deus-laptop, ou deus smartphone.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #58 Online: 26 de Novembro de 2015, 07:54:49 »

mesmo vendo  o esqueleto ele ainda duvidará que seja um deus.

Se a ele for apresentado um esqueleto de uma cobra como sendo o esqueleto de um deus apenas se poderá deduzir que o esqueleto de algo é o esqueleto de um deus para alguém.

Vendo o esqueleto da cobra ele terá mais evidências para a existência dela, mas como é isso de duvidar que seja um deus?

argumenta evidência para crédito, se eu digo que o saci parere é um deus de uma perna só, e te apresento um menino deficiente voce ira questionar sua divindade.


após alguns anos de observação em fatos naturais, como sonhos proféticos, aparição de amigos mortos, previsão do futuro, transmissão de pensamento e o mais forte uma intuição natural , fara aparecer neles a crença em um  Deus.
Sim, crentes estes que eventualmente terão que lidar com pessoas que preferirão investigar e decifrar o mundo que as cerca através de evidências em vez de aceitar passivamente afirmações arbitrárias, como dizer que raios são emanações energéticas de Odin, ou que trovões são produzidos com o martelo de Thor.
ou que coelhos botam ovos de chocolate...ha.ha.ha.ha.ha.  céticos são muito engraçados por isso mesmo não poderiam deixar de ter sido criados junto com crentes, dai o equilíbrio entre a razão e a fé.
no caso da ilha , sim tambem nascerão céticos, pois mesmos que vivencie as mesmas experiências que os crentes abrirão mão de explicações fora da sua realidade isolada e se agarrarão a suas razões com unhas e dentes, por exemplo ao sonharem com um parente ja falecido , dirão que isto foi apenas lembranças tentando justificar saudades.....bala...bla....bla...Freud explica .....enquanto crentes sentem que realmente conversaram com um ser real, tai o ceticismo é falta de sensibilidade, descrença na própria intuição.
Céticos alimentam crenças nos seus sentido falhos e desprezam a possibilidade de desenvolver o sentido da intuição perfeita, esse nível dispensa raciocínios  falhos, pois simplesmente conhece o Todo.

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #59 Online: 26 de Novembro de 2015, 08:43:48 »

Citar
E nada que sugira serem mais do que imaginação de um ramo de primatas que algumas vezes extrapolam muito além da conta a intuição de atribuir as coisas ao redor a ações de seres iguais a ele, em seu meio social, ou de grupos inimigos.
todo deus humano é antropomórfico porem não totalmente.
É comum ateus quererem argumentar a lógica das suas descrenças
ok! você  se diz ateu do deus dos outros , que não vê neles  logica  que possa  sustenta-los,mas então me diga qual deus teria alguma possibilidade ou  sentido para voce ?

Nenhum, pelos motivos que tentei expor.

Deuses são seres antropomórficos ou zoomórficos, com super-poderes mágicos.

Não há sinal deles nem idéia minimamente plausível de como seres assim poderiam vir a existir.


mas isto ainda continua sendo o deus dos outros, eu pergunto qual seria o seu deus pessoal, aceitável para voce?
o seu ceticismo é limitado apenas a impossibilidade da existência divina, para voce conjecturar a possibilidade de um deus  seria como blasfemar contra o  ceticismo ?



Sabendo de onde vieram esses primatas, não há o menor indício de algo parecido poder ter ocorrido com toda uma série de super-seres, culminando num super-homo sapiens.
sabemos que tudo veio da terra,mas me diga de onde veio toda a Terra ?
por qual processo apareceu o primeiro primata , homem ou animal na terra, como se deu a origem da vida ?
quem apareceu primeiro o ovo ou a galinha, o homem ou a mulher ?
A explicação para cada uma dessas coisas seria longa demais para por aqui, e não algo que eu tenha interesse em fazer. Muito disso já é conhecido com elevado grau de certeza. Aquilo que não é, não nos permite postular como igualmente plausível qualquer explicação mágica que imaginarmos. "Não sabem bem como, é? Então foi Deus/Zeus quem fez", ou "a energia mágica do canto-sem-cantor produziu."
interessante ! conhecem  o processo da origem da vida mas, não conseguem repeti-lo ?
afirmam que a mecânica burra do universo é mais inteligente do que os seres humanos complexos, seria o caso do ceticos estarem conseguindo ver "um burro parindo sabios" ?
A questão não é quem fez e sim se alguém fez.
quanto maior a força e intenção em raciocínios  complexos surgem-se  ferramentas complexas,
Disso deduzimos que sistemas complexos partem de raciocínio complexos e não de casualidades não intencionais, isso é um fato dedutível independente da necessidade de conhecermos o inicio de causa deste  processo, nem mesmo se ha um inicio ou fim.


Imaginar um único super-homo-sapiens é ainda mais problemático, ao fugir da analogia para algo  ainda mais excepcional: um único indivíduo coincidentemente virtualmente idêntico aos de uma linhagem de seres vivos (acrescido de super-poderes mágicos), mas com uma origem completamente distinta da reprodução biológica -- que foi o que produziu todas as características dessa espécie animal.
super poderes fica por conta da ignorância, é isso que faz de homens, deuses de animais e de outros homens.
afinal de contas este super homem é americano.
 a unica coisa que distingue Deus, deuses e o homens e animais  é o nivel de ignorância, quanto mais consciente do Todo mais Deus somos.

As características dos seres humanos e de outros animais em que se baseiam os deuses imaginados pelos povos, são produto da evolução biológica. Então seria algo "melhor" imaginar também uma evolução biológica de toda "fauna e flora divina". Ex.: as mãos e braços humanos trazem traços ligados à locomoção de andar sobre os galhos das árvores e pular de galho em galho; os pés já são uma adaptação a caminhar no solo, que interrompe o desenvolvimento das "mãos de baixo" em um nível anterior e leva para outra direção. As mãos divinas então deveriam ser igualmente herança da locomoção de galho-em-galho de árvores divinas, e algo compartilhado com deuses-chimpanzé e deuses-gorila.
Imaginar um deus-pessoa que não é filho de ninguém mas tem todas as mesmas características físicas e mentais resultantes da evolução de Homo sapiens é como imaginar um deus-computador que não foi fabricado por ninguém, sem toda uma história de desenvolvimento tecnológico. Simplesmente surgiu, ou sempre existiu, um deus-laptop, ou deus smartphone.

de fato para seres efêmeros é difícil conjecturar a eternidade, principalmente quando se encontram iludidos pelos conceitos de tempo-espaço.
mas como ja disse , sabemos que através da intenção nos valemos de processo mentais complexos para "criarmos" ferramentas complexas como  computadores, disso podemos deduzir que de "Burros não dão a luz a sábios", que processos mecânicos não intencionais, irracionais não conseguem criar sistemas  complexos, intencionais e racionais e o fato de não sabermos a origem deste processo inteligente não altera essa dedução racional
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.860
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #60 Online: 04 de Janeiro de 2016, 02:28:15 »
Citação de: Criaturo link=topic=29502
sabemos que tudo veio da terra,mas me diga de onde veio toda a Terra ?
por qual processo apareceu o primeiro primata , homem ou animal na terra, como se deu a origem da vida ?
quem apareceu primeiro o ovo ou a galinha, o homem ou a mulher ?



Muitas perguntas de uma vez:

Surgimento dos planetas: https://pt.wikipedia.org/wiki/Forma%C3%A7%C3%A3o_e_evolu%C3%A7%C3%A3o_do_Sistema_Solar

Origem da vida: https://pt.wikipedia.org/wiki/Experi%C3%AAncia_de_Miller_e_Urey

   E vê se, após ver isso, não esquece. se fizer de novo mesma pergunta e for ignorado, não pode reclamar.

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.860
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #61 Online: 04 de Janeiro de 2016, 02:34:16 »
Citação de: Criaturo link=topic=29502

@Criaturo



   Isso de universo ser Matrix suspeito que se baseia na crença hindu em Maya ( https://pt.wikipedia.org/wiki/Maya_(filosofia) ), onde universo é ilusão como se fosse um sonho.
   
   Curiosamente eu vi por aí uma fábula onde um dito sábio foi até um rei e disse que o mundo é Maya (ilusão). Então o rei então resolveu testar isso e mandou trazer um elefante e perseguir o sábio, então o sábio correu. O rei perguntou irônico "Ora mas você não disse que o mundo é ilusão? Então esse elefante também é ilusão!". Então sábio respondeu "Não estou correndo, isso também é ilusão".  O sábio reagiu de acordo com situação. Ele propôs uma crença pro rei e rei resolveu testar, então testar ele; ele reagiu como se não tivesse certeza mas usou argumento de que a fuga dele era ilusão. A diferença é que a crença cristã sugere que creia sem provas, seria como um cristão se deixar atropelar pelo elefante como prova de fé (mas como suponho difícil isso, pois sempre tem uma desculpa, como exemplo a que o sábio arranjou sobre correr ser apenas ilusão).
         
   A questão é: você tem algum tipo de pílula vermelha (despertar pra realidade) pra comprovar sua crença?

_______

   Criaturo tu fez uma mistura de Cristiniasmo com trindade (um deus pessoal em 3 mentes) e uma filosofia indiana simplista (Panteísta ou Panenteísta).
   
   Olha aqui muita coisa que tu postou parece isso aqui: https://pt.wikipedia.org/wiki/Parabrahman
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dhyan-chohans
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mulaprakriti
https://pt.wikipedia.org/wiki/Fohat
      
   Se lembra do tópico que tu criou Não há um criador? Mas a mesmo tempo tu afirma que Cristo na trindade como o ser supremo. Como é isso? Tu crê num deus pessoal e impessoal ao mesmo tempo?

   Quanto a Maya (universo ilusão) ta ái mais detalhes:

   
Citar

Maya ou maiá[1] (do sânscrito माया, māyā) é um termo filosófico que tem vários significados: em geral, ele se refere ao conceito da ilusão que constituiria a natureza do universo. Maya deriva da contração de ma, que significa "medir, marcar, formar, construir", denotando o poder do deus ou demônio de criar ilusão, e ya, que significa "aquilo".

O conceito foi aperfeiçoado pelo filósofo indiano Adi Shankara no século IX e foi absorvido pelas religiões e filosofias do oriente. Dali, foi importado para o ocidente no século XIX, tornando-se parte da língua corrente entre os devotos das religiões orientais e círculos esotéricos. Dentro dessas linhas de pensamento, maya se torna o principal obstáculo para o desapego das seduções do mundo sensorial, para a superação dos enganos criados pelo dualismo e para a conquista da verdadeira iluminação.

Seu significado é complexo porque envolve ele mesmo uma dualidade, pois maya não pode ser real se consideramos o Absoluto (Parabrahman) como a única realidade, mas não pode ser irreal pois é a base de todo o universo objetivo. A realidade última, assim, envolve a compreensão da natureza de maya sem sua negação, mas distinguindo-a do Absoluto.

« Última modificação: 04 de Janeiro de 2016, 02:47:48 por Agnoscetico »

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.860
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #62 Online: 04 de Janeiro de 2016, 02:51:44 »
evidências anedóticas são pessoais e objetivamente intransferível.
considero injusto confundir  toda biblia com  o ensinamento bem resumido de Jesus,  entenda e siga os ensinamentos dele, a maior  evidência da verdade vira através de você mesmo, será transformado em um ser muito melhor,mas  ironicamente apesar de se transformar   na única evidência visível aos outros , só servirá de provas para  crentes dos ensinamento de Jesus.


Criaturo não apela! Proselitismo é contra regras!
Tem que aprender responder sem pregar. Sem fazer propaganda de crença.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #63 Online: 04 de Janeiro de 2016, 08:53:57 »
Citação de: Criaturo link=topic=29502
sabemos que tudo veio da terra,mas me diga de onde veio toda a Terra ?
por qual processo apareceu o primeiro primata , homem ou animal na terra, como se deu a origem da vida ?
quem apareceu primeiro o ovo ou a galinha, o homem ou a mulher ?



Muitas perguntas de uma vez:

Surgimento dos planetas: https://pt.wikipedia.org/wiki/Forma%C3%A7%C3%A3o_e_evolu%C3%A7%C3%A3o_do_Sistema_Solar

Origem da vida: https://pt.wikipedia.org/wiki/Experi%C3%AAncia_de_Miller_e_Urey

   E vê se, após ver isso, não esquece. se fizer de novo mesma pergunta e for ignorado, não pode reclamar.

RESSUSCITOU PARA VIVENCIAR O ANO NOVO? :biglol:
Os estudos sobre a origem da vida são um campo limitado de pesquisa apesar do seu profundo impacto na biologia e na compreensão do mundo natural. O progresso neste campo é geralmente lento e esporádico, apesar de atrair a atenção de muitos devida à importância da questão. Várias hipóteses têm sido propostas, dentre as quais a Teoria de Oparin da sopa primordial e a do mundo do RNA, que a complementa[7] .
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #64 Online: 04 de Janeiro de 2016, 10:13:55 »
Citação de: Criaturo link=topic=29502

@Criaturo



   Isso de universo ser Matrix suspeito que se baseia na crença hindu em Maya ( https://pt.wikipedia.org/wiki/Maya_(filosofia) ), onde universo é ilusão como se fosse um sonho.
   
   Curiosamente eu vi por aí uma fábula onde um dito sábio foi até um rei e disse que o mundo é Maya (ilusão). Então o rei então resolveu testar isso e mandou trazer um elefante e perseguir o sábio, então o sábio correu. O rei perguntou irônico "Ora mas você não disse que o mundo é ilusão? Então esse elefante também é ilusão!". Então sábio respondeu "Não estou correndo, isso também é ilusão".  O sábio reagiu de acordo com situação. Ele propôs uma crença pro rei e rei resolveu testar, então testar ele; ele reagiu como se não tivesse certeza mas usou argumento de que a fuga dele era ilusão. A diferença é que a crença cristã sugere que creia sem provas, seria como um cristão se deixar atropelar pelo elefante como prova de fé (mas como suponho difícil isso, pois sempre tem uma desculpa, como exemplo a que o sábio arranjou sobre correr ser apenas ilusão).
         
   A questão é: você tem algum tipo de pílula vermelha (despertar pra realidade) pra comprovar sua crença?


   Criaturo tu fez uma mistura de Cristiniasmo com trindade (um deus pessoal em 3 mentes) e uma filosofia indiana simplista (Panteísta ou Panenteísta).
   
   Olha aqui muita coisa que tu postou parece isso aqui: https://pt.wikipedia.org/wiki/Parabrahman
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dhyan-chohans
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mulaprakriti
https://pt.wikipedia.org/wiki/Fohat
      
   Se lembra do tópico que tu criou Não há um criador? Mas a mesmo tempo tu afirma que Cristo na trindade como o ser supremo. Como é isso? Tu crê num deus pessoal e impessoal ao mesmo tempo?

   

minha teoria evolui a trindade para a unidade Deus é tudo, o Todo e todos conforme Pitagoras Deus =1 = 100%
Quanto a  ilusão x realidade esta é percebida pelos nosso limitados sentidos físicos o que a torna duvidosa.
Realidade cada um tem a sua sendo fruto do próprio  sistema físico de consciência objetiva, que  só pode ser compartilhada parcialmente, ja que um sistema não pode querer sentir o que o outro sente, apenas pode imaginar subjetivante com a referência da própria realidade vivenciada.
Veja de acordo com estudos cientificos a "superinteressante" afirmou que o cérebro tem poder para criar sua própria realidade matrix, sob hipnose é criado nas regiões do cérebro falsas lembranças, paladar,olfato, visão, audição e sentimentos .
Basta tambem observamos as realidades vivenciadas dentro de alguns sonhos que literalmente pode proporcionar prazeres e sofrimentos bastante reais.

   
Citar
Quanto a Maya (universo ilusão) ta ái mais detalhes:
Maya ou maiá[1] (do sânscrito माया, māyā) é um termo filosófico que tem vários significados: em geral, ele se refere ao conceito da ilusão que constituiria a natureza do universo. Maya deriva da contração de ma, que significa "medir, marcar, formar, construir", denotando o poder do deus ou demônio de criar ilusão, e ya, que significa "aquilo".

O conceito foi aperfeiçoado pelo filósofo indiano Adi Shankara no século IX e foi absorvido pelas religiões e filosofias do oriente. Dali, foi importado para o ocidente no século XIX, tornando-se parte da língua corrente entre os devotos das religiões orientais e círculos esotéricos. Dentro dessas linhas de pensamento, maya se torna o principal obstáculo para o desapego das seduções do mundo sensorial, para a superação dos enganos criados pelo dualismo e para a conquista da verdadeira iluminação.

Seu significado é complexo porque envolve ele mesmo uma dualidade, pois maya não pode ser real se consideramos o Absoluto (Parabrahman) como a única realidade, mas não pode ser irreal pois é a base de todo o universo objetivo. A realidade última, assim, envolve a compreensão da natureza de maya sem sua negação, mas distinguindo-a do Absoluto.


A trindade do  ser nasce da união do ser espiritual com a materia gerando um terceiro ser resultante,  da mesma forma que todo ser fisisco é gerado da união de dois para ser formado um terceiro, o homem iludido pela matéria.
A grosso modo podemos comparar o espirito com um software inteligente sendo inserido dentro de um hardware inteligente programado por rotinas de firmware (sistema nervoso, instintos) e  ambos interagem dentro da lei de ação e reação.
"não colocamos vinhos novos em odres velhos pois eles racham e o vinho novo se perde, antes devemos por vinhos novos em odres novos e ambos se conservarão"
o espirito é colocado dentro de uma casa nova limpa e ornamentada de um recém nascido, horas! o cérebro é um ser mecânico que foi programado para pensar possuir vida própria, personalidade própria, gostos e hábitos, tai a ilusão efêmera do ser fisico que sera destruída com a morte do cérebro, no entanto enquanto o espirito estiver encarnado prevalece a lei da ação e reação onde um influenciará o outro, ou seja o esprito tenta programar o cérebro para atender suas necessidades, o cérebro tenta programar e escravizar a vontade do espirito deixando o apegado à satisfazer suas necessidades materiais.
"conheça essa verdade e ela te libertara da escravização da matéria" essa seria a pilula vermelha ensinada por escolas misticas e também por Jesus: "desapego material" uma ilusão criada pelo cérebro.
o cérebro  possui a função de ser egocêntrico, por questão de sobrevivência a qualquer custo e pelo seu bem estar pessoal.
alguns veem isto como um sadismo divino do tipo criando seres humanos ja nascidos em cativeiro iludidos dentro da matéria, eu vejo isto tão necessário quanto o esforço da lagarta para conseguir libertar do casulo, criar asas e finalmente pode enxergar o mundo la de cima .

« Última modificação: 04 de Janeiro de 2016, 10:20:15 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Peter Joseph

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 784
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #65 Online: 05 de Janeiro de 2016, 13:50:56 »

Pensem em um mundo onde ...

Se um dia o Princípio Holográfico for comprovado, talvez o seu pensamento Matrix entre na pauta do dia.

Falha primeira tentativa de provar que Universo é um Holograma

"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente."

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.097
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #66 Online: 05 de Janeiro de 2016, 14:01:15 »
Mas espíritas são mais entendidos em sair pela tangente do que a maioria dos crentes, Peter, ele lhe dirá que esse Princípio continua sendo a vontade humana de perceber o imperceptível por meios materiais, é como o bom escocês... :|
GNOSE


Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.860
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #68 Online: 05 de Janeiro de 2016, 19:42:08 »
Esse site do Inovação Tecnologica ja conheço faz certo tempo e me lembro da epoca onde se tinha hipotese do universo ser projeção holografica 3D duma matriz que ficaria no centro da Terra [acho que é nesse sentido que tão confundido matriz holográfica com Matrix de realidade virtual do filme - são duas coisas que não tem principio ligação nenhuma]. Não sei se assuntos ligados, mas pelo tema é o que parece - aliás, eu até pensei em postar sobre essa materia do site antes.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #69 Online: 05 de Janeiro de 2016, 21:48:36 »
Dessa eu nunca ouvi falar.

"O universo ser um holograma" para mim era só ou 1) a "modelagem" do universo como tendo apenas duas dimensões e tudo mais derivando como "projeção holográfica" disso, e/ou 2) a perspectiva filosófica de que isso não seria apenas um tratamento matemático, instrumental, mas fosse literalmente a realidade. Nada diretamente conexo à "realidade virtual", pelo que me lembre.

Existe a especulação menos séria de que o universo poderia em tese ser mesmo uma simulação, em analogia a um "jogo da vida" (não o da estrela) super-complexo, mas acho que isso não tem como requisito uma teoria holográfica do universo.


Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.218
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #70 Online: 05 de Janeiro de 2016, 22:03:00 »
O universo pode ser perfeitamente holográfico, transcendendo inclusive o matematiquismo das coisas precisarem ser "concretas", operáveis. O Universo é uma trama de entidades e suas influências. Um fluído, por exemplo, não é o que realmente "flui" e sim, o tempo!

Offline Peter Joseph

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 784
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #71 Online: 06 de Janeiro de 2016, 12:29:04 »

Pensem em um mundo onde ...

Se um dia o Princípio Holográfico for comprovado, talvez o seu pensamento Matrix entre na pauta do dia.

Falha primeira tentativa de provar que Universo é um Holograma



O que tem a ver universo holográfico com "matrix"?

Confusão com S-matrix?

Se a realidade que presenciamos é apenas uma ilusão/holografia originada de uma outra realidade, esta sendo de fato física/real, imagino que levantaria-se, dentre outras, a hipótese de que algo, que pode também ser físico/real, possa controlar esta estrutura física que gera a ilusão, manipulando deliberadamente o que chamamos de realidade, com algum fim próprio desconhecido. Assim como atualmente manipulamos a matéria para produzir mundos virtuais para nossos propósitos, como diversão ou pesquisa científica.
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente."

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.860
  • Sexo: Masculino
Re:O crente, o ateu e o deus Matrix
« Resposta #72 Online: 26 de Janeiro de 2016, 15:53:04 »
O Criaturo ta cada vez mais insistente em querer impôr a opiniao dele como fato. E o conceito dele sobre ateus é bem equivocado. Mas tem esse video que explica melhor o engano que ele tem sobre o que é ser ateu:

<a href="http://www.youtube.com/v/lZgBjALEhRw" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/lZgBjALEhRw</a>

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!