Autor Tópico: Criacionistas brasileiros  (Lida 441 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.451
  • Sexo: Masculino
Criacionistas brasileiros
« Online: 17 de Janeiro de 2016, 11:10:20 »
Criacionistas brasileiros militantes defensores ardorosos


Adauto José Lourenço Amplamente criticado no post anterior. Dispensa comentários.
Lattes informa: "Nenhum resultado foi encontrado para: Adauto Lourenço".

http://holisticadiaria.blogspot.com.br/2008/09/no-burrice-palhaada.html


Eduardo F. Lütz Lattes informa: "Nenhum resultado foi encontrado para: Eduardo Lütz". Procurado no site da Universidade Friedrich-Alexander, onde há o banco de dados dos alunos, egressos e atuais, nos informa: Die Suche nach Eduardo Lütz führte zu keinem Ergebnis. Es konnten keine Dokumente gefunden werden, die den Suchbegriff enhalten. (A busca por Eduardo Lütz levou a nenhum resultado. Não foram encontrados documentos a pesquisa requerida). Trabalhando com física das partículas? O que caracteriza uma inverdade, uma visita à Universidade talvez. Trabalhando atualmente com softwares em software, ou seja, um físico frustrado que não conseguiu pesquisas para trabalhar, não submete trabalhos em periódicos qualis C, ou até mesmo nem professor de ensino médio é. O título da palestra: O Uso do Método Científico para a Avaliação de Evidências, não condiz com o que ele aprendeu na física das partículas, ele bem que poderia explicar a origem do Bóson de Higgs, suas contradições e perspectivas futuras de pesquisa. Uma pena que se intrometa na epistemologia como fonte de argumentações sobre evidências.

Elias Brasil de Souza Lattes: http://lattes.cnpq.br/8980845630669684 Não prega mentira no currículo, é teólogo por formação e só. Doutorado em Teologia em uma Universidade Adventista, que prega no curso de Biologia http://www.andrews.edu/cas/biology/programs/courses.html duas disciplinas, das seis (?) obrigatórias, em particular: BIOL449 (3) Historical and Philosophical Biology Examination of biological, paleontological, and geological concepts central to the study of historical events in biological systems. Considers the interactions of data, theories, and extra scientific concepts in historical biology, within the particular context of a biblical worldview. BIOL451, 452 (1, 1) Questions in Biology: Analysis, Evaluation and Answers, discussions, and individual work centered around asking and answering important questions in the life sciences; research in biology, discussions on important issues in origins; discussions on major topics in bioethics. Attendance at monthly research seminars required. Como teólogo, tem publicações em exegese, hermenêutica, templos bíblicos, sexualidade (?) e todas as formas de ludibriar (persuadir) os fiéis adventistas. O título da palestra: A Criação na Teologia Bíblica, nos mostra a tentativa de persuadir mais alguns fiéis para a Criação em sete dias, onde a criação adventista é contraposta por um dos próximos palestrantes deste dossiê, o Enézio Almeida que palestrará no mesmo dia e que coordena o NBDI (neocriacionismo), nova forma de ludibriar os leigos. Nenhum tipo de experiência com Criação o exegeta teólogo tem em seu currículo. A criação em sete dias, ou em pufs aleatórios (baraminologia), vamos esperar nesta palestra? Como idôneo em parcialidade, também ensina no Seminário Adventista.

Enézio E. de Almeida Filho Lattes informa: " Nenhum resultado foi encontrado para: Enézio Almeida" O Enézio é dono do badalado blog "pós-darwinista" e critica vorazmente o darwinismo em seu ímpeto, embora tenha parado no tempo, não consegue conceituar teoria sintética da evolução e toda contribuição da mesma para a ciência atual. Não sabe de biologia, tanto que é formado em Letras, como um mau jornalista entra em temas que não lhe dizem respeito. Participa do mestrado em História da Ciência há anos, jubilado?!, e a própria orientadora dele não o aguenta, relato pessoal. Conversando com a Lílian esses dias, pude perceber a angústia de ter de orientar o Enézio, o polêmico Enézio.

Marcos Natal de Souza Costa Lattes informa: "Nenhum resultado foi encontrado para: Marcos Natal de Souza". Primeiro, a USP não tem nenhum programa de pós-graduação, no caso doutorado, em Geologia, tem em RECURSOS MINERAIS E HIDROGEOLOGIA, GEOQUÍMICA E GEOTECTÔNICA e MINERALOGIA E PETROLOGIA. http://www.igc.usp.br/ensino/pos_graduacao/programas.php Portanto, tal informação de doutorado em Geologia é falsa. Segundo, mais um pesquisador frustrado, tem doutoramento e nenhuma publicação encontrada em algumas bases consultadas. Encontrei também informações que o mesmo era doutorando, e não doutor na USP. A palestra intitulada Evidências da Criação na Paleontologia nos mostra a vontade do autor entrar em temas como Vicariância, Filogenia, Biogeografia, dentre outros escopos de estudo das Ciências Biológicas. Bem que poderia se ater às origens das rochas.

Nahor Neves de Souza Junior Lattes: http://lattes.cnpq.br/2628899736351944 Já esteve na UEPB, durante o final do ano passado, palestrando sobre Eras Geológicas e Evidências Criacionistas, cheguei no final da palestra, e anotei boa parte do que ainda disse em um tempo escasso, com muitos assuntos sobrepostos que adentravam desde letras/teologia até biologia/física quântica. E na minha intervenção, ele perguntou sobre as mutações, e eu falei que poderia apenas ser em um pb a probabilidade disto acontecer em uma reprodução sexuada é enorme, e um conjunto de mutações destas SNPs produziriam mudanças em um pool gênico ocasionando uma cladogênese e especiação, de fato. O mesmo ficou calado ante a resposta, mas pude perceber que se intromete em todos os assuntos possíveis. Formado em Geologia, tem doutorado em Geotecnia, mais precisamente em Basaltos, Geologia de Engenharia, Mecânica das Rochas, Entablamento, e se intromete em: Genética, Eras Geológica, Biogeografia, Zoologia, Botânica, etc. É um polivalente, ou no final, nada. Para mostrar o nível de frustração do "cientista" todos os projetos que ele coordenou, foram desativados e não concluídos, vide Lattes. As várias publicações didáticas foram em folhas, parciais, criacionistas, promovendo a ideologia do PUF "científico". Foi professor da UNESP e USP lecionando Geologia, e atualmente, ensina na Universidade Adventista, a velha e famosa UNASP. A palestra: Modelos em História Natural: Aspectos Científicos e Metafísicos, é só Metafísica, um dia ele experimenta todos os modelos que acredita ele, condizem com o científico.


Queila de Souza Garcia Lattes: http://lattes.cnpq.br/4682681031761427 Bióloga, com experiência em fisiologia vegetal, mais especificamente Campos rupestres, Germinação e Banco de Sementes, Dispersão de Sementes, Alelopatia, Produção e Decomposição de Serrapilheira, e o título da palestra é Evidências da Criação na Clorofila. A possível origem dos autótrofos, como os outros pesquisadores, fugirá da linha de pesquisa, adentrando assuntos que fogem da experiência científica dentro de uma Instituição séria como a UFMG. Dentre todas publicações em periódicos científicos, nenhum trata sobre Evidências da Criação na Clorofila, ou até mesmo Evidências da Criação nas linhas de pesquisas que atua.

Tarcisio da Silva Vieira Lattes: http://lattes.cnpq.br/2707954141446275 Trabalha com LCC, Inibidor Acetilcolinesterase e Doença de Alzheimer. Palestrará sobre Origem da Vida: Evidências de Planejamento. Bacharel em Ciências Biológicas e Química (?). Embora tenha mestrado em Química pela UnB e tenha experiência com fármacos e medicamentos, sem publicações sobre. esta linha, mais um cientista frustrado. Uma vergonhosa publicação de um livro sobre Criação - Criacionismo Bíblico em 2007, e só sobre Criação. Fugindo dos objetos de pesquisa ditas anteriormente, os quais tem experiência, entra em um tema amplo como Origem da Vida, que tem múltiplas pesquisas, mostrando somente o que há nos livros didáticos de ensino médio sobre o tema.


Wellington dos Santos Silva Lattes: http://lattes.cnpq.br/0434592982925844 Trabalha com hemoglobinopatias e retardo mental, é Biólogo, Mestre em Genética pela UFSCAR, e Doutor em Genética Humana pela UnB, mas ... Professor na Faculdade Adventista da Bahia (IAENE). Provavelmente haverá uma análise do núcleo da hemoglobina na palestra Evidências da Criação na molécula de Hemoglobina, e como os anteriores "cientistas" não tem experiência na área de Hemologia Sequencial, ou até mesmo Filogenia Genética. Só em patologia molecular e genética humana. Sendo o "cientista" que mais se aproxima da linha de pesquisa ante o tema da palestra. Publicou um trabalho sobre Criacionismo em um evento da UNASP (Engenheiro Coelho): Usando a história da ciência para integrar a fé ao estudo da origem da vida: uma abordagem interdisciplinar. In: 29 Seminário Internacional de Integração Fé e Ensino, 2002, Engenhero Coelho-SP. Christ in the Classroom, 2002. v. 29. p. 321-336. E não publicou sobre o Criacionismo em periódicos sérios, como o "Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ)" um dos quais submeteu trabalho sobre Hematopatologias e foi aprovado.

Cabeça do evento:
Lattes informa: "Nenhum resultado foi encontrado para: Matusalém Alves"
Matusalém Alves é professor do CEDUC e faz parte da ADUEPB, adora criticar a reitora Marlene Alves, acho que pelo nome da mesma ser parecido com o dele, despeito. Sempre polêmico, adora temas onde a ideologia influência mais do que conceitos próximos a verdade, científicos de fato.
... mestre em Teologia.
« Última modificação: 17 de Janeiro de 2016, 11:47:00 por JJ »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!