Autor Tópico: NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física  (Lida 566 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Peter Joseph

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 755
  • Sexo: Masculino
NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Online: 26 de Janeiro de 2016, 10:06:58 »
O motor “impossível”, que não utiliza combustível, e poderia levar seres humanos a Marte em apenas 10 semanas, ainda está desafiando a ciência.

Quando o conceito foi proposto pela primeira vez, foi considerado implausível, porque não condiz com as leis da física. Mas os testes subsequentes do chamado EM Drive, mostraram que a ideia poderia revolucionar as viagens espaciais. Agora, a NASA forneceu a primeira atualização pública sobre o teste, após meses, e parece sugerir que ele realmente faz o trabalho proposto. Os cientistas, no entanto, ainda não sabem o motivo.

A atualização foi dada por Paul March, um dos principais engenheiros que trabalha com o propulsor EM Drive, no Laboratório Eagleworks, no Centro Espacial Johnson, no Texas, EUA. Ele disse que a NASA conseguiu remover alguns dos erros de testes anteriores, mas ainda encontrou sinais inexplicáveis de impulso. O anúncio de March é o primeiro feito em meses, pois a agência espacial estava mantendo grande silêncio sobre quaisquer desenvolvimentos sobre o polêmico projeto.

March postou seus dados no fórum da NASA, em resposta a um artigo (não disponibilizado) que afirma que o impulso impossível é gerado por algo conhecido como a força de Lorentz, ou seja, a força que é exercida por um campo magnético sobre uma carga elétrica em movimento. Porém, March diz que seus testes provam que isso não é verdade, explicando que o amortecedor magnético reduziu os campos magnéticos na câmara de vácuo utilizada de uma maneira que nenhuma interação do tipo poderia produzir. “Ainda por cima, os sinais de impulso anômalos permaneceram”, completou ele. March também diz que, nos últimos desenvolvimentos, a expansão térmica do propulsor foi levada em conta para reduzir todas as fontes possíveis de erro.

Porém, o impulso ainda pode ser visto, e os engenheiros não sabem explicar o que está causando isso. Se for bem-sucedido, o sistema de propulsão EM Drive permitiria viagens espaciais a velocidades até agora jamais vistas. O fato de ser um fenômeno recorrente, faz EM Drive parecer um conceito mais concreto para a viagem espacial no futuro. Os pesquisadores dizem que a nova unidade poderia transportar passageiros e seus equipamentos para a Lua em menos de quatro horas.

O sistema baseia-se na unidade eletromagnética (EM Drive), que converte energia elétrica em energia de impulso sem a necessidade de combustível de foguete. Embora houvesse ceticismo em torno do EM Drive, em abril, a NASA divulgou os resultados de seu próprio teste que mostrou que ele, de fato, criou impulso, desafiando a lei clássica da física.

De acordo com Martin Tajmar, físico e professor do Sistema Espacial da Universidade de Tecnologia de Dresden, na Alemanha, é preciso que testes adicionais sejam realizados “para estudar a interação magnética das linhas de alimentação de energia utilizadas para os contatos de metal líquido”.

De acordo com a física clássica, o EM Drive seria impossível, pois viola a lei da conservação do momento. A lei diz que a dinâmica de um sistema é constante, caso não existam forças externas agindo sobre o sistema. Por isso o propulsor é necessário em foguetes tradicionais. Pesquisadores dos EUA, Reino Unido e China realizaram testes com EM Drives ao longo das últimas décadas, mas seus resultados são controversos, já que ninguém foi exatamente capaz de desvendar seu funcionamento.

No início de 2015, a NASA construiu um EM Drive que funciona em condições parecidas com as do espaço, de acordo com os usuários do fórum “NasaSpaceFlight.com”. O conceito de um motor EM Drive é relativamente simples. Ele fornece impulso para uma nave espacial emitindo micro-ondas. A energia solar fornece a eletricidade para alimentar as micro-ondas, sem necessidade de um propulsor.

As implicações disso poderiam ser enormes. Por exemplo, os satélites atuais poderiam ter metade do tamanho, sem a necessidade de transportar combustível. Os seres humanos também poderiam viajar com mais facilidade para o espaço, gerando sua própria propulsão. Porém, ainda precisamos aguardar para que este mistério seja entendido e resolvido.

http://www.jornalciencia.com/nasa-realiza-testes-secretos-de-propulsores-sem-combustivel-que-desafiam-as-leis-da-fisica/
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente."

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.227
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #1 Online: 26 de Janeiro de 2016, 13:47:18 »
Citar
http://rationalwiki.org/wiki/EmDrive

...

A couple of NASA researchers started studying the idea in 2014.[8] They achieved 1/1000 of the force Shawyer claimed to see in his experiments—an average output of 91.2 µN at 17 W of input power over five runs, with a net peak thrust of 116 µN. These measurements were well outside the error range of the torsion pendulum used to detect the thrust, and are thus at least possibly significant, although there are many other forces that could have potentially caused the effect.[9]

The unfortunate effect of anyone from NASA looking at it at all was that the press and the hard-of-thinking took this as a NASA endorsement. This was not helped by completely unofficial news site NASA Spaceflight putting the story forward,[10] noting that "A community of enthusiasts, engineers, and scientists on several continents joined forces on the NASASpaceflight.com EM Drive forum to thoroughly examine the experiments and discuss theories of operation of the EM Drive" without noting that they had barred all skeptical discussion from said forum in case it scared away the experimenters or Shawyer (neither of whom were present in the first place).[11]


https://en.wikipedia.org/wiki/RF_resonant_cavity_thruster


Acho curioso como fazem as projeções de potencial tão grande quando os resultados que vêm tendo ainda não conseguem ser inambiguamente distinguidos de algum outro efeito acidental. Pergunta besta, mas não seria só fazer um troço desses "bem maior" para tirar qualquer dúvida?

Quem lê as notícias fica a impressão que estão construindo "foguetinhos" que são lançados e vão embora como se por mágica...

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.560
  • Love it or Hate it
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #2 Online: 27 de Novembro de 2016, 10:21:11 »
Citar
It's official: NASA's peer-reviewed EM Drive paper has finally been published:

http://arc.aiaa.org/doi/10.2514/1.B36120

After months of speculation and leaked documents, NASA's long-awaited EM Drive paper has finally been peer-reviewed and published. And it shows that the 'impossible' propulsion system really does appear to work.

The NASA Eagleworks Laboratory team even put forward a hypothesis for how the EM Drive could produce thrust – something that seems impossible according to our current understanding of the laws of physics.

In case you've missed the hype, the EM Drive, or Electromagnetic Drive, is a propulsion system first proposed by British inventor Roger Shawyer back in 1999.

Instead of using heavy, inefficient rocket fuel, it bounces microwaves back and forth inside a cone-shaped metal cavity to generate thrust.

According to Shawyer's calculations, the EM Drive could be so efficient that it could power us to Mars in just 70 days.

http://www.sciencealert.com/it-s-official-nasa-s-peer-reviewed-em-drive-paper-has-finally-been-published

Agora vai....

Chupem céticos religiosos pseudocientíficos de uma figa!!!!!

Offline Wowbagger, o Infinitamente Prolongado

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.700
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #3 Online: 27 de Novembro de 2016, 10:35:00 »
Finalmente a engenharia reversa do dispositivo recuperado em Roswell começa a dar resultados.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.560
  • Love it or Hate it
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #4 Online: 27 de Novembro de 2016, 11:26:22 »
Finalmente a engenharia reversa do dispositivo recuperado em Roswell começa a dar resultados.

O motor de propulsão da nave recuperada em Roswell, segundo Bob Lazar, utiliza o Ununpentium, ou Elemento 115. É uma tecnologia muito superior ao EM Drive porque é um elemento raro e altamente instável, produzido artificialmente com recursos que ainda não dispomos neste planeta.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.227
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #5 Online: 27 de Novembro de 2016, 15:37:48 »
Se o motor desafia a física fisicalista (pleonasmo?), fica então evidenciado haver algo mais que a física, que a matéria (e energia).

Isso então necessariamente abre questionamentos éticos sobre o que esse mecanismo poderia representar para os seres desse "além" desconhecido. De onde vem esse trabalho realizado? Será que essa propulsão se dá através de "correntes" em seres escravizados, usados como animais de carga, ou remadores de galeras romanas? Como esses seres irão enxergar a essa "política", e como poderão reagir?

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.951
  • Sexo: Masculino
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #6 Online: 28 de Novembro de 2016, 13:40:17 »
Parece que os caras mediram como se fosse empuxo a força causada pela dilatação térmica do negócio...

https://np.reddit.com/r/Physics/comments/5ewj86/so_nasas_em_drive_paper_is_officially_published/dafqhw2/?st=iw28ogba&sh=29fa0be2
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Rhyan

  • Visitante
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #7 Online: 28 de Novembro de 2016, 21:11:16 »
O título ideal seria: NASA realiza testes de propulsores que estão além do nosso conhecimento sobre as leis da física.

Parece que os caras mediram como se fosse empuxo a força causada pela dilatação térmica do negócio...

https://np.reddit.com/r/Physics/comments/5ewj86/so_nasas_em_drive_paper_is_officially_published/dafqhw2/?st=iw28ogba&sh=29fa0be2

Foi um erro besta, tipo os neutrinos mais rápidos que a luz?

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.560
  • Love it or Hate it
Re:NASA realiza testes de propulsores que desafiam as leis da física
« Resposta #8 Online: 28 de Novembro de 2016, 21:23:10 »
Mais uma vez os físicos foram enganados por aquilo que eles não poderam "ver". Não há violação de nenhuma lei da física.

São fótons, céticos, são apenas fótons...

"A new peer-reviewed paper on the EmDrive from Finland states that the controversial electromagnetic space propulsion technology does work due to microwaves fed into the device converting photons that leak out of the closed cavity, producing an exhaust. The research, entitled "On the exhaust of electromagnetic drive," is published in the journal AIP Advances 6 and is the brainchild of Dr Arto Annila, a physics professor at the University of Helsinki; Dr Erkki Kolehmainen, an organic chemistry professor at the University of Jyvaskyla; and Patrick Grahn, a multiphysicist at engineering software firm Comsol."

https://science.slashdot.org/story/16/06/17/0013210/finnish-scientist-provides-another-explanation-for-the-impossible-em-drive
« Última modificação: 28 de Novembro de 2016, 21:28:05 por Gigaview »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!