Autor Tópico: Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?  (Lida 5712 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.669
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #25 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 08:59:28 »
Eu vejo isto como uma forma psicológica de se livrar desse mundo, é o que traz tranquilidade aos egos deles, dá sentido a suas vidas, ou de uma forma mais dura uma muleta para aqueles que tem medo de enxergar como realmente é a natureza, tanto é que a própria idéia deles se contradizem em vários  pontos.
a ciência limita-se ao nascimento e morte , não tem nada a dizer sobre o antes nem  depois!

Concordo.

Quem trata sobre o "depois" é a mitologia, incluindo a travestida de religião.

a ciência nasce também da intuição e especulação, logo a falta de fé limita a ciência

A Ciência trabalha com o que existe, com o que pode ser sondado. Se existisse algo depois da morte, isso certamente poderia ser estudado, e não foi por falta de tentativa. Já tiveram estudos à respeito.

Sabe aquela história onde pessoas que experimentam situações de quase morte e dizem ter levitado e visto seus corpos do alto? Então, alguns pesquisadores colocaram placas com palavras no alto de salas de hospitais (em lugares onde isso ocorria com frequência), e depois da experiência quase morte os pesquisadores perguntavam se quando a pessoa estava fora do corpo olhando para baixo ela viu a placa e se ela lembra o que estava escrito. Nunca acertaram.

Como pode ver, experimentos diversos podem ser feitos, mesmo que não se entenda o fenômeno, é possível confirmar sua existência. Mas todos esses experimentos falharam. Falharam. Falharam.... buuuuuu
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #26 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 09:08:27 »
O conceito de "eternidade" é inconcebível.
Não faz sentido discutir o que sentiríamos ao viver uma situação inconcebível.

 :sotto:
Acredito ser viável analisar/questionar tal ideia dos religiosos, em vista que estes devem ter alguma razão/motivo para realmente acreditar piamente em "vida eterna".


O motivo é simples, dominação pela salvação. Qual o maior medo instintivo de um ser vivo? Morrer. Pra nós o fim, a não existência, essa sim eterna. Prometem que te salvarão do fim, em troca você segue um código pré-estabelecido de dogmas. É a base de toda religião.

instinto de sobrevivência aliado ao desejo de continuar existindo mas, a bem pouco tempo atras não estávamos vivos , porem como não  lembramos como é estar nesta condição de "não vivo" não sabemos dizer se isto é bom ou ruim , como nos é  impossível determinar  o exato inicio da nossa consciência de vida, fica  nos a impressão de que ela sempre existiu em outras formas.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #27 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 09:19:09 »
Eu vejo isto como uma forma psicológica de se livrar desse mundo, é o que traz tranquilidade aos egos deles, dá sentido a suas vidas, ou de uma forma mais dura uma muleta para aqueles que tem medo de enxergar como realmente é a natureza, tanto é que a própria idéia deles se contradizem em vários  pontos.
a ciência limita-se ao nascimento e morte , não tem nada a dizer sobre o antes nem  depois!

Concordo.

Quem trata sobre o "depois" é a mitologia, incluindo a travestida de religião.

a ciência nasce também da intuição e especulação, logo a falta de fé limita a ciência

A Ciência trabalha com o que existe, com o que pode ser sondado. Se existisse algo depois da morte, isso certamente poderia ser estudado, e não foi por falta de tentativa. Já tiveram estudos à respeito.

Sabe aquela história onde pessoas que experimentam situações de quase morte e dizem ter levitado e visto seus corpos do alto? Então, alguns pesquisadores colocaram placas com palavras no alto de salas de hospitais (em lugares onde isso ocorria com frequência), e depois da experiência quase morte os pesquisadores perguntavam se quando a pessoa estava fora do corpo olhando para baixo ela viu a placa e se ela lembra o que estava escrito. Nunca acertaram.

Como pode ver, experimentos diversos podem ser feitos, mesmo que não se entenda o fenômeno, é possível confirmar sua existência. Mas todos esses experimentos falharam. Falharam. Falharam.... buuuuuu


de fato antes de qualquer descoberta passar a ser cientifica, ocorrerão muitas falhas no processo, melhor sucesso tem que perseverá na sua fé! :hihi:
quanto experiência quase morte, crentes e descrentes tentam puxar a sardinha para o seu lado
ja teve alguns descrente afirmando que ao tocar determinadas regiões do cerebro elas tinham a impressão de estarem flutuando fora do corpo,mas e dai o movimento dos membros podem da mesma forma ser voluntários ou involuntários (reflexos).
apesar de muitos relatos pessoais ou até mesmo em grupo muito tem se falado na observação de ovnis e ETs mas até agora não se teve nenhuma comprovação e apresentação cientifica, então devemos parar de pesquisar?  :alien:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.669
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #28 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 09:21:18 »
Nunca param de pesquisar, mas os crentes se negam a aceitar os resultados.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #29 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 09:23:12 »
Citação de: Fernando Silva
O conceito de "mistério" só se aplica a coisas que a gente sabe que existem, mas não consegue explicar.
Não necessariamente - pode-se assumir que algo exista mas não pode ser detectado/só é revelado e compreendido por poucos e não se consegue explicar.
Muito nebuloso. O cara assume que algo existe, mesmo que não possa ser detectado, e, quando lhe pedem para explicar, diz que é "mistério" ?

Muito conveniente, também:

"- Como surgiu o universo?
- Deus criou.
- Mas de onde veio esse deus?
- Ah, isso é mistério..."

bom então podemos afirmar que todo o universo é um mistério e que todas teorias não passam de especulações crentes ou de descrentes.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #30 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 09:31:34 »
E aí, pessoal!

Bem, serei direto!

Os crentes (aqueles que acreditam no juízo final, salvação etc.) vivem falando que viverão para sempre e afins.

Entretanto, qual sentido seria de viver eternamente?
Digo, não trabalhariam? Não seriam deprimidos? Não poderiam cometer suicídio? Parariam de orar/rezar/etc? (Já que estão "salvos") Não se procriarão mais? (Se sim, e a superlotação?) Falando nisso, existem de 110 ~ 170 Bilhões de pessoas mortas, até hoje (estimativas), onde é que (seja lá quantas fossem salvas) ficariam? Não teriam fome? ...

Se fosse para viver eternamente, alguém gostaria de viver?

Obs.: Nem sei se postei na categoria correta, mas enfim.

a eternidade quanto a finidade não é uma opção
alguns ateus podem ver na morte uma porta de fuga para uma vida que não lhes agrada, não obstante crentes também buscam nela  seus paraísos, para mim a continuação da vida segue respeitando leis universais imutáveis muito bem definida por Lavoisier "na natureza nada se perde ,nada se cria , tudo se transforma"
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #31 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 09:41:25 »
Nunca param de pesquisar, mas os crentes se negam a aceitar os resultados.

existem coisas conscientizadas que são tão  improváveis como sentimentos subjetivos, sobre eles não ha nenhuma ciência objetiva.
digamos que só  um homem pode presenciar uma unica vez  fenômeno de luzes e sons, sem esta ciência humana tal fenômeno torna se tão "inexistente" quanto Deus ?
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.117
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #32 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 10:54:45 »
instinto de sobrevivência aliado ao desejo de continuar existindo mas, a bem pouco tempo atras atrás não estávamos vivos , porem como não  lembramos como é estar nesta condição de "não vivo" não sabemos dizer se isto é bom ou ruim , como nos é  impossível determinar  o exato inicio da nossa consciência de vida, fica  nos a impressão de que ela sempre existiu em outras formas.

Pelo que depreendi dessa frase, você então concorda que "vida após a morte" ou "vida antes do nascimento" são fantasias oriundas da necessidade humana de recusar sua mortalidade?

de fato antes de qualquer descoberta passar a ser cientifica científica, ocorrerão muitas falhas no processo, melhor sucesso tem que perseverá perserverar na sua fé! :hihi:

A proporcionalidade entre as risadas num texto e sua superficialidade são patentes, já foi dito à você como funciona o método científico, mas você finge ignorá-lo, atendo-se apenas nos aspectos que julga semelhantes à religião, para depreciá-lo, acho isso divertido, até, mas lembre-se sempre:

Método religioso: "aqui está a minha teoria, procurarei fatos que a corroborem".

Método científico: "aqui está um fato, procurarei teorias que o expliquem".

quanto experiência quase morte, crentes e descrentes tentam puxar a sardinha para o seu lado

O funcionamento do cérebro é uma área de pesquisa fascinante, e não é exclusividade de religiosos.


ja teve alguns descrente afirmando que ao tocar determinadas regiões do cerebro elas tinham a impressão de estarem flutuando fora do corpo,mas e dai o movimento dos membros podem da mesma forma ser voluntários ou involuntários (reflexos).

Tem algum link dessas afirmações?

apesar de muitos relatos pessoais ou até mesmo em grupo muito tem se falado na observação de ovnis e ETs mas até agora não se teve nenhuma comprovação e apresentação cientifica, então devemos parar de pesquisar?  :alien:

Comprovação de vida em outros planetas não é o objetivo da pesquisa do espaço, embora possa acontecer, então não misture Ufologia com Astronomia, por favor.

bom então podemos afirmar que todo o universo é um mistério e que todas teorias não passam de especulações crentes ou de descrentes.

Teoria possui acepção diferenciada quanto tratamos de ciência (porquê crentes não cismam com a Teoria da Gravidade?), então não, não podemos afirmar que todo o universo é um mistério, mas admite-se que grande parte dele é.  Gravidade: teoria ou lei?

GNOSE

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.117
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #33 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 11:06:32 »
a eternidade quanto a finidade não é uma opção
"Tanto a eternidade quanto a finitude não são opções". Melhorou? Se foi isso que você quis afirmar, prove.

alguns ateus podem ver na morte uma porta de fuga para uma vida que não lhes agrada, não obstante crentes também buscam nela  seus paraísos

Não entendi. Você quer dizer que ateus e crentes se matam por motivos análogos? :o


para mim a continuação da vida segue respeitando leis universais imutáveis muito bem definida por Lavoisier "na natureza nada se perde ,nada se cria , tudo se transforma"

Correto. Somos feitos de elementos químicos, os quais devolveremos à terra um dia, transformados. :ok:

existem coisas conscientizadas que são tão  improváveis como sentimentos subjetivos, sobre eles não ha nenhuma ciência objetiva.

Sentimentos, como os chamamos, são provocados por estímulos (visuais, táteis, etc.) que desencadeiam reações químicas no organismo, mas do quê você está falando mesmo?

digamos que só  um homem pode presenciar uma unica vez  fenômeno de luzes e sons, sem esta ciência humana tal fenômeno torna se tão "inexistente" quanto Deus ?
A princípio deveria ser verificado se esse homem usou drogas alucinógenas, se bateu com a cabeça, se mudou sua medicação, pois esse "fenômeno" não é tão "inexistente" quanto você pensa, poder-se-ia pensar até mesmo em esquizofrenia, mas não sou especialista...
GNOSE

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.087
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #34 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 11:14:07 »
O conceito de "eternidade" é inconcebível.
Não faz sentido discutir o que sentiríamos ao viver uma situação inconcebível.

 :sotto:
Acredito ser viável analisar/questionar tal ideia dos religiosos, em vista que estes devem ter alguma razão/motivo para realmente acreditar piamente em "vida eterna".


O motivo é simples, dominação pela salvação. Qual o maior medo instintivo de um ser vivo? Morrer. Pra nós o fim, a não existência, essa sim eterna. Prometem que te salvarão do fim, em troca você segue um código pré-estabelecido de dogmas. É a base de toda religião.

instinto de sobrevivência aliado ao desejo de continuar existindo mas, a bem pouco tempo atras não estávamos vivos , porem como não  lembramos como é estar nesta condição de "não vivo" não sabemos dizer se isto é bom ou ruim , como nos é  impossível determinar  o exato inicio da nossa consciência de vida, fica  nos a impressão de que ela sempre existiu em outras formas.

Você precisa de uma boa dose de misticismo para ter essa impressão.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #35 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 13:22:03 »

Pelo que depreendi dessa frase, você então concorda que "vida após a morte" ou "vida antes do nascimento" são fantasias oriundas da necessidade humana de recusar sua mortalidade?
Vida antes do nascimento ja existe no útero o mistério é quando passamos a ter consciência de que estamos vivos.
recusar a morte seria algo irracional ja que é inevitável, o que a maioria sente é vontade continuar vivendo.
não podemos afirmar que a crença de haver vida antes do nascimento e após a morte sejam apenas fantasias, pois isso seria tambem mais uma crença.


Citar
Método religioso: "aqui está a minha teoria, procurarei fatos que a corroborem".
Método científico: "aqui está um fato, procurarei teorias que o expliquem".
procurando repostas tai um ponto comum entre religião e ciência.
a ciência procura respostas para o óbvio  da existência de leis mecânica observável e manipuláveis, são como jogadores de xadrez que se acham gênios sim, porem não mais do que o criador deste jogo.
ja a ciência para leis espirituais e morais não podem ser exatas pois estão mais para humanas, tai uma variável incontrolável e imprevisível.

ja teve alguns descrente afirmando que ao tocar determinadas regiões do cerebro elas tinham a impressão de estarem flutuando fora do corpo,mas e dai o movimento dos membros podem da mesma forma ser voluntários ou involuntários (reflexos).

Citar
Tem algum link dessas afirmações?
http://ciencia.folhadaregiao.com.br/2011/06/experiencias-fora-do-corpo.html


Citar
Comprovação de vida em outros planetas não é o objetivo da pesquisa do espaço, embora possa acontecer, então não misture Ufologia com Astronomia, por favor.

5 - Yevpatoria Radio Telescope - Ucrânia

 
Diâmetro= 70 metros
O telescópio Yevpatoria RT-70 de rádio é um telescópio de rádio e radar planetário do Centro de comunicações espaciais Yevpatoria, em Criméia, Ucrânia. Ele tem uma vantagem em comparação com outros grandes radiotelescópios por que o complexo inclui transmissores potentes que permitem experiências espaciais ativas com feixes eletromagnéticos, sendo um dos dois únicos no mundo capazes de transmitir mensagens de civilizações extraterrestres.
http://gigantesdomundo.blogspot.com.br/2013/04/as-10-maiores-antenas-parabolicas-do.html
bom então podemos afirmar que todo o universo é um mistério e que todas teorias não passam de especulações crentes ou de descrentes.

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #36 Online: 11 de Fevereiro de 2016, 13:51:36 »
eternidade quanto a finidade não é uma opção
Citar
"Tanto a eternidade quanto a finitude não são opções". Melhorou? Se foi isso que você quis afirmar, prove.
ainda prefiro  meu trocadilho
Lavosier ja provou eu acho! se voces afirmam que a consciência nasceu de uma combinação aleatória de matéria, sendo essa eterna nada impede dela poder reconstruir a vida tambem aleatoriamente.
Citar
Não entendi. Você quer dizer que ateus e crentes se matam por motivos análogos? :o
ateus veem na morte  possibilidade da não existência como solução para suas dificuldades mundanas

da mesma forma que alguns crentes também veem na morte uma solução fácil para seus problemas terrenos, ja eu penso que se houver continuação creio que  em maior ou menor grau continuará havendo insatisfações.


Citar
Correto. Somos feitos de elementos químicos, os quais devolveremos à terra um dia, transformados. :ok:
e oque impede do acaso reunir novamente tais elementos para reconstruir a vida ?

existem coisas conscientizadas que são tão  improváveis como sentimentos subjetivos, sobre eles não ha nenhuma ciência objetiva.

Citar
Sentimentos, como os chamamos, são provocados por estímulos (visuais, táteis, etc.) que desencadeiam reações químicas no organismo, mas do quê você está falando mesmo?

não ha provas de que sentimentos subjetivos existam, no entanto os que o sentem afirmam que eles existem por que não pode se assim com Deus?

digamos que só  um homem pode presenciar uma unica vez  fenômeno de luzes e sons, sem esta ciência humana tal fenômeno torna se tão "inexistente" quanto Deus ?
A princípio deveria ser verificado se esse homem usou drogas alucinógenas, se bateu com a cabeça, se mudou sua medicação, pois esse "fenômeno" não é tão "inexistente" quanto você pensa, poder-se-ia pensar até mesmo em esquizofrenia, mas não sou especialista...

entendi aquilo que voce nunca viu não existe?
fenômenos que não se repetem não existem?
a natureza é totalmente mecânica nela não ha inteligência nem vontade própria ?
o homem manipulando a natureza pode reproduzir um raio em laboratório, uma inteligencia ainda maior não poderia usar da mesma natureza para produzir os raios ditos naturais?

« Última modificação: 11 de Fevereiro de 2016, 14:42:18 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline El Elyon

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 598
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #37 Online: 12 de Fevereiro de 2016, 02:23:44 »
Citar
religião é algo irracional ?

Eu insisto em fazer uma separação relativamente estrita entre Religião e Crença, sendo a Religião todas as manifestações comportamentais e materiais do fenômeno religioso, enquanto a Crença é todo o discurso que é utilizado ao redor de fenômenos religiosos. Dessa forma, não, Religião é algo consideravelmente racional quando analisada tanto em perspectiva institucional quanto econômica, vide obras como Marketplace of the Gods do Larry Witham ou Big Gods do Ara Norenzayan e mesmo Theological Incorrectness do Jason Slone.

A questão é que infelizmente perde-se uma quantidade ímpar de tempo em análise de discurso em fenômenos religiosos ao invés de se focar em como religiosos agem, sob quais incentivos e que aspectos cognitivos-comportamentais são manifestos e como eles ocorrem.
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #38 Online: 12 de Fevereiro de 2016, 10:05:54 »
infelizmente ha uma grande desvirtuação no sentido religioso que deveria ser  do religare homem a Deus,mas sempre foi usada como politica de manipulações.
então refaço a pergunta a crença é algo irracional?
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.087
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #39 Online: 12 de Fevereiro de 2016, 10:47:30 »
infelizmente ha uma grande desvirtuação no sentido religioso que deveria ser  do religare homem a Deus,mas sempre foi usada como politica de manipulações.
então refaço a pergunta a crença é algo irracional?

A crença em fatos místicos é.
« Última modificação: 12 de Fevereiro de 2016, 14:06:54 por _Juca_ »

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #40 Online: 12 de Fevereiro de 2016, 12:43:45 »
justifique!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline El Elyon

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 598
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #41 Online: 12 de Fevereiro de 2016, 17:15:57 »
Citar
nfelizmente ha uma grande desvirtuação no sentido religioso que deveria ser  do religare homem a Deus,mas sempre foi usada como politica de manipulações.

Essa afirmação não é muito coerente - assume que exista algum propósito último para sistemas religiosos, quando na verdade seus propósitos são diversos e variados de acordo com as condições materiais, ethos e momento histórico. Não apenas isso, como ignora que qualquer crença que atinja números suficientemente alto de adeptos tenderá a se institucionalizar.

Citar
então refaço a pergunta a crença é algo irracional?

A pergunta mais importante - Quem se importa? A racionalidade ou não de um sistema de crenças não parece ser um fator importante para sua origem, expressão, disseminação e o entusiasmo gerado por seus fieis (salvo algumas características básicas, como a ideia de divindades como "Quase Humanas, Mas com algo Anti-Intuitivo" ou "Policiais Morais"). Na verdade, um sistema de crenças bastante lógico e coerente, como o Deísmo e Panteísmo tende a gerar o tipo de divindade que praticamente ninguém acredita  e venera (Inefável, Incogniscível, Ultimamente Transcendente ou Imanente) e por isso tendem a ser irrelevantes fora a da esfera da História de Ideias (Religiosas).
« Última modificação: 12 de Fevereiro de 2016, 17:18:34 por El Elyon »
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.087
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #42 Online: 12 de Fevereiro de 2016, 17:27:46 »
justifique!

Acreditar em cobras falantes, mula sem cabeça, anjos, demonios, vida consciente sem um cérebro físico, deuses super fodões, duendes, etc, etc, etc, nada disso é baseado na razão.

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.902
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #43 Online: 14 de Fevereiro de 2016, 23:05:51 »

Citar
Eu vejo isto como uma forma psicológica de se livrar desse mundo, é o que traz tranquilidade aos egos deles, dá sentido a suas vidas, ou de uma forma mais dura uma muleta para aqueles que tem medo de enxergar como realmente é a natureza, tanto é que a própria idéia deles se contradizem em vários  pontos.

Se existe uma área na qual Ateus beiram um misto de ingenuidade assustadora e condescendência, é ao lidar com os aspectos cognitivos de sistemas religiosos.  :)

Cuidado para nao beirar em falacia de generalização de ateus. Nem todos os ateus  tem essa "ingenuidade" que voce imagina. Há ateus que entendem mais de religiao que muitos religiosos que dize ler biblia todos dias ou se acham teologos autodidatas.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #44 Online: 14 de Fevereiro de 2016, 23:19:20 »
Sabe aquela história onde pessoas que experimentam situações de quase morte e dizem ter levitado e visto seus corpos do alto? Então, alguns pesquisadores colocaram placas com palavras no alto de salas de hospitais (em lugares onde isso ocorria com frequência), e depois da experiência quase morte os pesquisadores perguntavam se quando a pessoa estava fora do corpo olhando para baixo ela viu a placa e se ela lembra o que estava escrito. Nunca acertaram.

Você tem a referência desse estudo? Gostaria de ler...

Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.902
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #45 Online: 14 de Fevereiro de 2016, 23:36:36 »
Citação de: Criaturo
ateus veem na morte  possibilidade da não existência como solução para suas dificuldades mundanas


 :histeria: Criaturo nao toma jeito. Quem te disse q pros ateus a possibilidade da nao existencia é problema ou solução de algo? Isso ta mais pra caso de suicidas (sejam religiosos ou nao). Muitos ateus lutam pra viver mais. Nao generalize.


Offline Agnoscetico

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.902
  • Sexo: Masculino
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #46 Online: 14 de Fevereiro de 2016, 23:40:23 »
Esse video pode ajudar explicar alguns dos malentendidos que se tem sobre ateus e a descrença:

<a href="https://www.youtube.com/v/lZgBjALEhRw" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/lZgBjALEhRw</a>



Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #47 Online: 15 de Fevereiro de 2016, 09:50:34 »
Citar
nfelizmente ha uma grande desvirtuação no sentido religioso que deveria ser  do religare homem a Deus,mas sempre foi usada como politica de manipulações.

Essa afirmação não é muito coerente - assume que exista algum propósito último para sistemas religiosos, quando na verdade seus propósitos são diversos e variados de acordo com as condições materiais, ethos e momento histórico. Não apenas isso, como ignora que qualquer crença que atinja números suficientemente alto de adeptos tenderá a se institucionalizar.

A coerência consiste no fato de haver um proposito inicial religare desvirtuado para o lado politico e a sociedade religiosa tambem é natural.

então refaço a pergunta a crença é algo irracional?
Citar
A pergunta mais importante - Quem se importa? A racionalidade ou não de um sistema de crenças não parece ser um fator importante para sua origem, expressão, disseminação e o entusiasmo gerado por seus fieis (salvo algumas características básicas, como a ideia de divindades como "Quase Humanas, Mas com algo Anti-Intuitivo" ou "Policiais Morais"). Na verdade, um sistema de crenças bastante lógico e coerente, como o Deísmo e Panteísmo tende a gerar o tipo de divindade que praticamente ninguém acredita  e venera (Inefável, Incogniscível, Ultimamente Transcendente ou Imanente) e por isso tendem a ser irrelevantes fora a da esfera da História de Ideias (Religiosas).

de fato o mais importante para para haver uma religião são evidências anedóticas , para quem as tem   
sua crença se torna racional, para as que não possuem tambem se tornam  importantes como meio de justificarem suas descrenças.
quantidade não significa qualidade tai a disseminação do  islã
« Última modificação: 15 de Fevereiro de 2016, 12:38:18 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #48 Online: 15 de Fevereiro de 2016, 12:34:14 »
justifique!

Acreditar em cobras falantes, mula sem cabeça, anjos, demonios, vida consciente sem um cérebro físico, deuses super fodões, duendes, etc, etc, etc, nada disso é baseado na razão.
acreditar na possibilidade de haver cobras falante é tão racional quanto acreditar na possibilidade de haver pássaros falantes , auto-falantes só  mesmo vendo e ouvindo  pra crê.
interessante  pensar que um cerebro é formado a partir do invisível não fica difícil crê que la possa haver outros tipos.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.087
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Afinal, qual é a razão de acreditar no eterno?
« Resposta #49 Online: 15 de Fevereiro de 2016, 14:54:32 »
justifique!

Acreditar em cobras falantes, mula sem cabeça, anjos, demonios, vida consciente sem um cérebro físico, deuses super fodões, duendes, etc, etc, etc, nada disso é baseado na razão.
acreditar na possibilidade de haver cobras falante é tão racional quanto acreditar na possibilidade de haver pássaros falantes , auto-falantes só  mesmo vendo e ouvindo  pra crê.
interessante  pensar que um cerebro é formado a partir do invisível não fica difícil crê que la possa haver outros tipos.

Você viu,  ouviu ou tem qualquer evidência de que uma cobra falante existe, existiu ou existirá em algum dia num paraíso aqui na Terra criado por um ser mitológico? A pergunta é retórica, não precisa responder. Para acreditar nesse tipo de coisa, você tem que deixar a razão de lado e crer que algo ilógico existe e acontece. É só superstição e misticismo.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!