Autor Tópico: Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos  (Lida 11437 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.035
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #100 Online: 04 de Abril de 2016, 10:33:38 »
A maioria dessas críticas parte de juristas e advogados obscuros, com teses que sequer são apoiadas pela maioria entre seus pares.
Você é muito polido. São pagos pelo PT (e olhe lá se não recebem uma boquinha do governo) para fazerem esse marketing. Petralhas!

Saudações

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #101 Online: 04 de Abril de 2016, 14:53:19 »
É tão surreal essa linha de argumentação, é quase que expressamente dizer, "as provas não podem legalmente ser reveladas a publico".

Um dos casos mais bizarros que me lembro foi esse:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Esc%C3%A2ndalo_do_Dossi%C3%AA#Esc.C3.A2ndalo_do_vazamento_das_fotos_do_dinheiro_do_dossi.C3.AA

Também fazendo os petistas darem peti.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #102 Online: 12 de Abril de 2016, 14:47:29 »
Mais uma.
Segue o registro:

Citar
Ex-senador Gim Argello é preso na 28ª fase da Operação Lava Jato
12/04/2016 06h29 - Atualizado em 12/04/2016 13h00
Ação é realizada na manhã desta terça (12) e cumpre 22 mandados.
Gim teria cobrado propina para blindar empresários em CPI e CPI mista.

Adriana JustiDo G1 PR

O ex-senador Gim Argello (PTB-DF) foi preso preventivamente na 28ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta terça-feira (12). A ação, batizada de "Vitória de Pirro", investiga a cobrança de propinas para evitar convocação de empreiteiros em comissões parlamentares de inquérito sobre a Petrobras. Gim era membro da CPI no Senado e vice-presidente da CPMI, da Câmara e do Senado.

O nome dele pareceu nas delações do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) e do dono da UTC, Ricardo Pessoa. O Ministério Público Federal (MPF) diz que há evidências de que o ex-senador pediu R$ 5 milhões em propina para a empreiteira UTC Engenharia e R$ 350 mil para a OAS. As duas empresas são investigadas na Lava Jato.

A Polícia Federal (PF) cumpre mandados judiciais em São Paulo, Rio de Janeiro, Taguatinga (DF) e Brasília.


O ex-senador Gim Argello (PTB-DF) deixa sua residência no Lago Sul por volta das 9h20, levado por agentes da Polícia Federal para a Superintendência da PF em Brasília (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

RESUMO DA OPERAÇÃO

Objetivo: investigar irregularidades na CPI e na CPMI da Petrobras (2014 e 2015).
Mandados judiciais: 23, sendo 2 de prisão temporária, um de prisão preventiva, 15 de busca e apreensão e 5 de condução coercitiva.
Preso preventivamente: ex-senador Gim Argello (PTB-DF).
Presos temporariamente:Paulo Cesar Roxo Ramos, assessor de Gim, e Valério Neves Campos, secretário-geral da Câmara Legislativa do Distrito Federal.
Conduzidos coercitivamente: Jorge Argello Júnior, filho do ex-senador Argello, e os executivos Roberto Zardi Ferreira Jorge (diretor de Relações Institucionais da OAS), Gustavo Nunes da Silva Rocha (diretor admistrativo da OAS), Dilson de Cerqueira Paiva Filho (OAS) e Marcos Paulo Ramalho (secretário-executivo da OAS).
 
Um dos mandados de busca e apreensão mira a sede empreiteira OAS, em São Paulo.

Os três presos serão levados ainda nesta terça para Curitiba, em um avião da PF. A previsão é de que o avião saia de Brasília às 14h.

A prisão temporária tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado.

Os crimes investigados na 28ª etapa são concussão, corrupção ativa, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Repasses da UTC
A PF disse que há indícios concretos de que Gim tentou evitar a convocação de empreiteiros para prestar depoimento, mediante a cobrança de pagamentos indevidos disfarçados de doações eleitorais.

O ex-diretor financeiro da UTC Engenharia Walmir Pinheiro Santana, um dos delatores do esquema investigado pela Lava Jato, relatou em depoimento à Procuradoria-Geral da República um suposto acordo firmado em 2014 entre o dono da empresa, Ricardo Pessoa, e o ex-senador Gim Argello.

Pelo acordo, Pessoa não seria chamado a depor na CPI mista da Petrobras, que à época tinha Gim Argello como vice-presidente, e, em contrapartida, o empresário repassaria recursos a pessoas indicadas pelo então senador.

Ricardo Pessoa foi preso pela Polícia Federal na 7ª fase da Operação Lava Jato, em novembro de 2015. Ele é citado por outros delatores como o chefe do "Clube das Empreiteiras", grupo formado por empresas que combinavam resultados de licitações. O empresário cumpre prisão domiciliar desde abril de 2015.

Segundo Pessoa, o então senador teria orientado que os R$ 5 milhões fossem divididos e doados aos diretórios de quatro partidos políticos no Distrito Federal:

- Democratas (DEM) – R$ 1,7 milhão
- Partido da República (PR) – R$ 1 milhão
- Partido da Mobilização Nacional (PMN) – R$ 1,15 milhão
- e Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) – R$ 1,15 milhão

Estes partidos, juntamente com o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), formaram em 2014 a coligação "União e Força", pela qual Gim Argello era candidato a novo mandato de senador pelo DF. O MPF diz que não há indício de que os partidos tenham participado ou tivessem ciência da origem ilícita dos recursos.

Pessoa não foi convocado pela CPMI da Petrobras, mas esteve na CPI do Senado, onde admitiu participação no cartel de empresas. “Para que UTC continuasse a prestar seus serviços à Petrobras, estava claro que teria de contribuir financeiramente”, disse à época.

Repasses da OAS
A PF encontrou, no celular de José Adelmário Pinheiro Filho (Léo Pinheiro), presidente da OAS, mensagens relacionadas a Gim Argello. Em uma delas, de 14 de maio de 2015 (data da instalação da CPI da Petrobras no Senado) e enviada a executivos do Grupo OAS, Léo Pinheiro pede o depósito de R$ 350 mil na conta bancária de uma paróquia do Distrito Federal, apontando como centro de custo a “Obra da Renest” (referência à RNEST, refinaria da Petrobras).

Segundo o MPF, o pagamento à paróquia é associado a uma pessoa identificada como “Alcoólico”, que seria o apelido de Gim Argello, por ser trocadilho com a bebida “Gim”. O apelido apareceu em troca de mensagens de Léo Pinheiro com Otávio Marques de Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez, outra empreiteira envolvida no esquema da Petrobras.

Além de pagamentos feitos pela UTC e OAS, o Ministério Público apura pedidos de propina dirigidos a outras empreiteiras.
 
Outro lado

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da OAS disse que a empresa está prestando "todos os esclarecimentos solicitados e dado acesso às informações e documentos requeridos pela Polícia Federal, em sua sede em São Paulo, na manhã desta terça-feira. A empresa reforça que está à inteira disposição das autoridades e vai continuar colaborando no que for necessário para as investigações".

A UTC Engenharia afirmou que "a empresa não comenta investigações em andamento".

O advogado do ex-senador Gim Argello, Marcelo Bessa, disse que ainda não teve acesso ao processo e, por isso, não vai se pronunciar.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal informou que o servidor Valério Campos Neves, preso temporariamente nesta manhã, foi exonerado após a realização da Lava Jato nesta terça-feira (12).

"A Mesa Diretora da Casa esclarece que as investigações não têm qualquer relação com as atividades do servidor no âmbito do Poder Legislativo local e nem com qualquer deputado distrital. A exoneração do servidor  visa a dar a oportunidade ao contraditório e à ampla defesa do mesmo", diz a nota.

O que já disseram os investigados
Em dezembro de 2015, quando delatores ligados à UTC falaram sobre a cobrança de propina para blindar Ricardo Pessoa, Gim Argello negou ter recebido doações.

"Ninguém me procurou para blindar este empresário e, tanto o Pessoa quanto a empresa dele, foram indiciados no relatório. Na CPI, de fato nós não o convocamos, assim como não convocamos nenhum empresário. Mas todos foram indiciados", afirmou em dezembro o ex-senador.

Os partidos citados negaram envolvimento em negociações para receber doação da UTC.

'Vitória de Pirro'
O ex-senador Gim Argello já postou foto da Paróquia de São Pedro, em Taguatinga. A igreja recebeu R$ 350 mil da OAS, diz MPF (Foto: Reprodução/Instagram)
Argello já postou foto na Paróquia (Foto: Reprodução)

Sobre o nome da operação, a PF disse que "remete a expressão histórica que representa  uma vitória obtida mediante alto custo, popularmente adotada para vitórias consideradas inúteis.

Em que pese a atuação criminosa dos investigados no sentido de impedir o sucesso da apuração dos fatos na CPI/Senado e CPMI/Congresso Nacional, tal fato se mostrou inútil frente aos resultados das investigações realizadas no âmbito da denominada Operação Lava Jato".

Gim Argello
Gim, como é conhecido, fez toda a carreira política no Distrito Federal e teve influência em sucessivas administrações do governo distrital, independentemente de quem era o governador.

Em 1998, foi eleito deputado distrital, pelo antigo PFL. No mesmo mandato, foi presidente da Câmara Legislativa.

Em 2002, foi reeleito. Nas eleições seguintes, já no PTB, concorreu como suplente do ex-senador Joaquim Roriz. Quando Roriz renunciou ao mandato, em 2007, para evitar a cassação, Gim assumiu.

Em 2014, o nome dele chegou a ser levado por integrantes da base aliada para o governo como indicação para o Tribunal de Contas da União. A indicação de Gim, no entanto, não foi adiante.

No mesmo ano, ele concorreu a um novo mandato no Senado e perdeu. Atualmente, não exerce nenhum mandato político.

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #103 Online: 12 de Abril de 2016, 15:49:08 »
Citar
MBL
Mais Lava Jato hoje com diversas conduções coercitivas.
Teve algum petista reclamando?

São muitas as operações derivadas da Lava-Jato original.
Já vamos na 28ª.
No meio de tantos pedidos de prisão, já se perdeu a conta de quantas conduções coercitivas já foram requeridas, autorizadas e cumpridas.
Em cada uma delas, o MBL faz esse questionamento.
E não aparece ninguém reclamando desse procedimento de "tortura medieval".

Mas a pergunta citada no começo desse comentário procede.
Cadê o pessoal que reclama de condução coercitiva?
Só sabem reclamar quando ela é exercida contra Lula Pixuleco?
Onde estão os que se enchem de indignação contra um procedimento legítimo, normatizado e regular do poder de polícia?
Essa indignação só transborda para a crítica raivosa a Sérgio Moro quando envolve o "NoçoLíder"?
Por que não se pronunciam nas outras tantas conduções coercitivas?

E depois vêm com aquele "eu não sou petista, mas..."

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.575
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #104 Online: 12 de Abril de 2016, 18:31:23 »
O cara usava uma igreja para lavar grana.

Que surpresa.

Skorpios

  • Visitante
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #105 Online: 17 de Abril de 2016, 07:37:44 »
Será? Seria uma pena ver acabar, como sempre em piza. Outro voo de galinha da "justiça" ?
Citar
Para Moro a Lava Jato (em 1ª instância) termina esse ano – Operação Abafa Tudo seria supersônica?

Moro disse, em Chicago (onde proferiu uma palestra), que a Lava Jato na primeira instância termina ainda este ano[1] e que ele quer “tirar longas férias” em seguida. Isso foi dito com o processo de impeachment de Dilma praticamente decidido.
Se realmente acontecer o fim da Lava Jato em 1º grau (algo em que sinceramente não acredito), nem o mais ingênuo brasileiro deixaria de supor que a operação terá nascido exclusivamente para retirar o PT do poder. Daí a importância de o STF se posicionar sobre o futuro da Lava Jato, o mais pronto possível, sem prejuízo de levar adiante os casos de foro especial (e, eventualmente, os conexos).

A sensação de um movimento político (politização do Judiciário), que não se confunde com o controle jurídico necessário de todos os poderes, saltará aos olhos. Isso provocará mais deslegitimação a esse poder, dando corda para a alegação, inclusive por parte dos empresários condenados, de ter havido contra eles uma “perseguição política” (o que seria uma aberração). Se problemas jurídicos existem, devem ser discutidos judicialmente. O que é inadmissível é o STF, de forma imparcial, não explicar fundadamente a que fim veio a Lava Jato.

Se tratasse de perseguição política (mas não vejo assim o tema), todos os implicados começariam a pedir asilo político em países estrangeiros, replicando a iniciativa do ex-delegado Protógenes, que acaba de receber asilo na Suíça (deixando para trás o cumprimento de uma pena no Brasil).

Estou interpretando a declaração do Moro muito mais como um ressentimento momentâneo com o STF, particularmente com Teori, depois de ele ter sido “repreendido” pelos equívocos que cometera (aliás, nos EUA, ele mesmo reconheceu que errou).

Que a Lava Jato mudou de patamar é visível. Para além do mundo empresarial, chegou a hora da responsabilização dos políticos. E os políticos (na ativa) possuem foro especial por prerrogativa de função. Isso significa que eles não podem ser nem investigados nem processados em primeiro grau.

Mas muita coisa ainda está por ser investigada na primeira instância. As planilhas da Odebrecht são riquíssimas fontes de pesquisa. Centenas de nomes foram citados. A previsão de Moro de que tudo termina em dezembro é muito estranha. Talvez ele esteja falando em nome somente dele, não da Operação como um todo (pela PF e pelo MPF). Com certeza não está falando em nome do STF (a quem compete processar os casos de foro especial).

Mais: só agora está começando a Lava Jato 2 (setor de transportes, logística e energia). As delações dos executivos da Andrade Gutierrez retratam riquíssimas fontes de investigação. O PMDB dividiu com o PT, só na usina Belo Monte, R$ 15 milhões de propinas. O fisco já listou mais de 7 mil empresas e mais de 6 mil pessoas físicas envolvidas em corrupção nesse setor. A corrupção no Brasil não reside exclusivamente na Petrobras. Particularmente em outras estatais distintas há muito que se apurar.

Moro mostra desapontamento. Talvez porque o STF tenha aplicado a regra da conexão no caso do Lula. O STF vai investigar Dilma e, por causa disso, puxou a investigação do Lula, que é conexa, para ele. Isso teria desnorteado Moro? Teria gerado decepção com o STF? Mas se houver impeachment da Dilma tudo volta (ou vai) para Curitiba. Como afirmamos, há muita coisa ainda para ser investigada e esclarecida. E que tudo seja feito dentro da lei, para que não haja nulidade futura.

Seja por ressentimento, por cansaço ou por aborrecimento, mesmo que Moro se afaste da Lava Jato, a verdade é que, depois das planilhas da Odebrecht, as castas do mundo político deverão praticamente todas ser investigadas (quase todos os partidos estão lá).

O susto nacional gerado pelas “planilhas” e delações respectivas está sendo incomensurável. Daí ter nascido a Operação Abafa Tudo (que já dá sinais inequívocos na mídia, por exemplo). Se os implicados conseguirem se livrar do Moro terão alcançado um dos máximos objetivos da Operação: chega de Lava Jato; vamos cuidar do “país”, do “Brasil”, que “não pode parar”. Em nome dos interesses “gerais” muita corrupção será jogada para debaixo do tapete. E o Brasil não vai mudar.

Os sinais da supersônica Operação Abafa Tudo estão sendo emitidos diariamente. Só não os vê quem não quer. A crença de que o Brasil poderia ser passado a limpo pra valer pode não passar de uma ilusão. As castas poderosas, assim, não apenas trocariam o poder, como conseguiriam de bônus o retorno da velha impunidade.

No STF, como já afirmamos, a classe política privilegiada usará a tática da bulimia: ele deve ser entupido de investigações e processos (no momento, mais de 50 investigações de políticos estão em curso). Com sua capacidade de atuação raquítica, tudo seguirá o modelo da morosidade. O mensalão foi descoberto em 2006 e só foi julgado em 2012-2013. O tempo vai se arrastando, os políticos vão se candidatando (porque ainda com fichas limpas), as prescrições vão chegando e por aí vai.

Tudo deve ser mudado para que tudo fique como está (leopardismo jurídico e político). Será? Será que vamos cair novamente nesse conto do vigário. Se o Operação Abafa prosperar, o Brasil se reencontrará com sua história de 512 anos de impunidade das castas intocáveis. Volta ao seu leito normal. Mas podem os poderosos continuar acima de todos e de tudo?

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #106 Online: 13 de Maio de 2016, 20:01:53 »
Upando o tópico que já tava lá embaixo.
Quantas semanas para que a Lava Jato seja quase totalmente esquecida de vez do público/imprensa? Façam suas apostas.
Aquela sensação de dever cumprido("tudo limpinho!") parece que já tomou conta da nossa mente.  :ok:
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #107 Online: 13 de Maio de 2016, 20:03:48 »
Upando o tópico que já tava lá embaixo.
Quantas semanas para que a Lava Jato seja quase totalmente esquecida de vez do público/imprensa? Façam suas apostas.
Aquela sensação de dever cumprido("tudo limpinho!") parece que já tomou conta da nossa mente.  :ok:

Você ouviu o discurso de posse de Temer?
Não.

Pois é. Precisa se atualizar.

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #108 Online: 13 de Maio de 2016, 20:04:56 »
Discurso político?..............................
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #109 Online: 13 de Maio de 2016, 20:05:15 »
Também precisa ler o noticiário.
Sérgio Moro não para de trabalhar, aceitou denúncia de mais uma pilha de investigados e a PF tem outra pilha de operações para os próximos dias.

É o que dá não se atualizar...

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #110 Online: 13 de Maio de 2016, 20:05:36 »
Upando o tópico que já tava lá embaixo.
Quantas semanas para que a Lava Jato seja quase totalmente esquecida de vez do público/imprensa? Façam suas apostas.
Aquela sensação de dever cumprido("tudo limpinho!") parece que já tomou conta da nossa mente.  :ok:

Ainda falta engaiolar Lula, Wagner, Mercadante e diversos ex-ministros corruptos.

Tá muito longe ainda de terminar.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #111 Online: 13 de Maio de 2016, 20:07:44 »
Do jeito que a coisa ficou, ninguém, repetindo em áudio forte e claro, ninguém consegue parar a Lava-Jato.
É muita ingenuidade achar que a Lava-Jato mirava o PT.
Lava-Jato veio para lavar o país de muitos políticos e empresários de todas as cores partidárias e não vai sair de cima do país tão cedo.

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #112 Online: 13 de Maio de 2016, 20:13:39 »
Eu hoje li que o PMDB vai sim tentar neutralizar a Lava Jato, dando a entender que irão proteger os seus, obviamente.
Vamos lá, vamos ver Renan, Henrique Eduardo Alves, Sérgio Cabral, Pezão, Edson Lobão, E.Cunha, Jucá e provavelmente o Temer( o próprio Cunha ano passado deu essa deixa de que ele pode estar envolvido - e como não? ) entre outros citados sendo indiciados. Ah sim, vamos...  :smartass:
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.854
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #113 Online: 13 de Maio de 2016, 20:15:28 »
Eu hoje li que o PMDB vai sim tentar neutralizar a Lava Jato, dando a entender que irão proteger os seus, obviamente.
Vamos lá, vamos ver Renan, Henrique Eduardo Alves, Sérgio Cabral, Pezão, Edson Lobão, E.Cunha, Jucá e provavelmente o Temer( o próprio Cunha ano passado deu essa deixa de que ele pode estar envolvido - e como não? ) entre outros citados sendo indiciados. Ah sim, vamos...  :smartass:

Eu não tenho a menor dúvida que todos os citados, se culpados forem, farão o que puderem para evitar a defenestração.
Foto USGS

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #114 Online: 13 de Maio de 2016, 20:16:08 »
Ainda falta engaiolar Lula, Wagner, Mercadante e diversos ex-ministros corruptos.

Tá muito longe ainda de terminar.
Se o próprio Lula tá difícil de resolverem... acho q se ele ficar na dele(não se candidatar mais) talvez deem uma colher de chá pro Brahma.




E o MBL vai sumir!
 ::)
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #115 Online: 13 de Maio de 2016, 20:18:07 »
Eu hoje li que o PMDB vai sim tentar neutralizar a Lava Jato, dando a entender que irão proteger os seus, obviamente.
Vamos lá, vamos ver Renan, Henrique Eduardo Alves, Sérgio Cabral, Pezão, Edson Lobão, E.Cunha, Jucá e provavelmente o Temer( o próprio Cunha ano passado deu essa deixa de que ele pode estar envolvido - e como não? ) entre outros citados sendo indiciados. Ah sim, vamos...  :smartass:

Você, por acaso, sabe quem é que faz denúncia sobre esses cavalheiros citados?
Posso dar uma pista: O nome dele parece com Enganôt.
O mesmo PGR que deixou também de lado Edinho Silva, Aloísio Mercadante, Humberto Costa, Gleisi Hoffmann, Eduardo CarBozo, Gilles Azevedo, Jaques Wagner e tantos outros, ainda intocáveis. Lava-Jato 1ª instância não os alcançava até agora.

Sérgio Moro ou os procuradores de Curitiba não podem mexer um dedo sobre esse pessoal.

Você deve enviar a fatura da sua queixa para outro endereço e não a Lava-Jato tradicional.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.854
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #116 Online: 13 de Maio de 2016, 20:19:21 »
Ainda falta engaiolar Lula, Wagner, Mercadante e diversos ex-ministros corruptos.

Tá muito longe ainda de terminar.
Se o próprio Lula tá difícil de resolverem... acho q se ele ficar na dele(não se candidatar mais) talvez deem uma colher de chá pro Brahma.

O que seria totalmente inaceitável.

Já que não é possível levá-lo à forca, que fique preso por pelo menos 30 anos.


E o MBL vai sumir!
 ::)

Eu não apostaria nisto.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.854
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #117 Online: 13 de Maio de 2016, 20:21:09 »
Eu hoje li que o PMDB vai sim tentar neutralizar a Lava Jato, dando a entender que irão proteger os seus, obviamente.
Vamos lá, vamos ver Renan, Henrique Eduardo Alves, Sérgio Cabral, Pezão, Edson Lobão, E.Cunha, Jucá e provavelmente o Temer( o próprio Cunha ano passado deu essa deixa de que ele pode estar envolvido - e como não? ) entre outros citados sendo indiciados. Ah sim, vamos...  :smartass:

Você, por acaso, sabe quem é que faz denúncia sobre esses cavalheiros citados?
Posso dar uma pista: O nome dele parece com Enganôt.
O mesmo PGR que deixou também de lado Edinho Silva, Aloísio Mercadante, Humberto Costa, Gleisi Hoffmann, Eduardo CarBozo, Gilles Azevedo, Jaques Wagner e tantos outros, ainda intocáveis. Lava-Jato 1ª instância não os alcançava até agora.

Sérgio Moro ou os procuradores de Curitiba não podem mexer um dedo sobre esse pessoal.

Você deve enviar a fatura da sua queixa para outro endereço e não a Lava-Jato tradicional.

Curitiba há de vencer estes e outros malfeitores (viram aí, Buck e Skorpios?), tanto da situação como da oposição.
Foto USGS

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #118 Online: 13 de Maio de 2016, 20:23:13 »
Gabarito, eu não confio muito no MPF, na PGR, nem no STJ e nem no STF.
E tbm não ficarei surpreso com o que eu disse exatamente vier ocorrer. E o argumento será "...não foi encontrado nada nos autos contra os ilustres".
Tiveram tempo de sobra.
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #119 Online: 13 de Maio de 2016, 20:27:18 »

O mesmo PGR que deixou também de lado Edinho Silva, Aloísio Mercadante, Humberto Costa, Gleisi Hoffmann, Eduardo CarBozo, Gilles Azevedo, Jaques Wagner e tantos outros, ainda intocáveis. Lava-Jato 1ª instância não os alcançava até agora.

Quanto a esses, têm mais chance de serem alcançados, pois serão oposição. Ao mesmo tempo desconfio tbm que se ficarem se fingindo de morto, poderão ser esquecidos das investigações/imprensa.
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Gabarito

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.216
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #120 Online: 13 de Maio de 2016, 20:27:59 »
Tudo bem, Jack Carver. Eu também não sinto muita confiança nas instituições que você citou.
Mas esse papo de "quero ver a Lava-Jato sumir" é plantação petista.
Muita coisa não depende da Lava-Jato. Os caras de Curitiba merecem prêmios e reconhecimento e não esse tipo de crítica e desmerecimento.

Ela vai continuar sim, apesar da torcida dos que só querem impunidade e confusão ideológica.

Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.138
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #121 Online: 13 de Maio de 2016, 20:30:32 »
Esperar por uma aplicação de uma justiça imparcial no país realmente é um gesto inocente.  :?
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.575
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #122 Online: 13 de Maio de 2016, 20:42:43 »
Eu hoje li que o PMDB vai sim tentar neutralizar a Lava Jato, dando a entender que irão proteger os seus, obviamente.
Vamos lá, vamos ver Renan, Henrique Eduardo Alves, Sérgio Cabral, Pezão, Edson Lobão, E.Cunha, Jucá e provavelmente o Temer( o próprio Cunha ano passado deu essa deixa de que ele pode estar envolvido - e como não? ) entre outros citados sendo indiciados. Ah sim, vamos...  :smartass:

Eu não tenho a menor dúvida que todos os citados, se culpados forem, farão o que puderem para evitar a defenestração.

Nem o Lulla  conseguiu, mesmo usando a máquina  pública com generosa distribuição  de verbas e cargos.

Se prenderem o Lulla arrastam os demais sem dificuldade.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.636
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #123 Online: 13 de Maio de 2016, 20:50:18 »
Pegar o Lula seria dar o xeque-mate? Os peões caem junto?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.575
  • Sexo: Masculino
Re:Fases da Operação Lava-Jato revelando esquemas criminosos
« Resposta #124 Online: 13 de Maio de 2016, 21:07:14 »
Pegar o Lula seria dar o xeque-mate? Os peões caem junto?

Com certeza, o cara era intocável  até  pouco tempo atrás mas agora não tem amigos no governo  para dar cobertura.

É  cada um por conta própria com muita delação por vir.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!