Autor Tópico: Governo Temer/Pós Dilma  (Lida 33343 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Governo Temer/Pós Dilma
« Online: 19 de Abril de 2016, 09:32:47 »
Vou usar este tópico para colocar notícias sobre o novo governo, para não misturar com os demais.


Citar
http://www.oantagonista.com/posts/blogs-sujos-de-joelhos

Blogs de joelhos

Brasil 19.04.16 07:21
Michel Temer tem de tirar a publicidade estatal de todos os blogs mercenários.
Foi o que O Antagonista sugeriu ontem.

E o que fez Michel Temer?

Reuniu-se com Thomas Traumann, ministro da Secom de Dilma Rousseff e principal provedor de publicidade estatal para comprar os blogs mercenários.

Reinaldo Azevedo comentou:

“Quando Traumann era ministro de Dilma, veio a público um documento em que ele fazia um diagnóstico da comunicação do governo.

O texto trazia propostas francamente ilegais e passos de uma guerra suja.
O documento admitia que os ditos ‘blogs progressistas’, popularmente conhecidos como ‘blogs sujos’, trabalhavam — e trabalham — de maneira coordenada com o Palácio.

Não sei por que o sr. Thomas Traumann foi convidado para a reunião com Michel Temer. Uma coisa dá para assegurar: por bons motivos, dada a obra dele no governo, não foi. Espero que não tenha sido para começar a cooptar a rede suja, que, claro!, vai ter de procurar uma fonte de renda quando o governo petista cair. Alguns ficam de joelhos por ideologia. Mas outros é por grana mesmo”.

Vamos ter uma guinada ideológica de vários blogs sujos em breve.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.358
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #1 Online: 22 de Abril de 2016, 10:17:04 »
Um ótimo nome

Economia 22.04.16 06:21
Paulo Rabello de Castro deve ser o ministro da Fazenda de Michel Temer, segundo a Veja.

É um ótimo nome:

<a href="https://www.youtube.com/v/9BsdH6DprBA" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/9BsdH6DprBA</a>

http://www.oantagonista.com/posts/um-otimo-nome

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.358
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #2 Online: 22 de Abril de 2016, 10:19:07 »
Ex-aluno de Milton Friedman na Universidade de Chicago e autor do livro O Mito do Governo Grátis.

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #3 Online: 22 de Abril de 2016, 14:51:05 »
Ex-aluno de Milton Friedman na Universidade de Chicago e autor do livro O Mito do Governo Grátis.

Citar
http://www.oantagonista.com/posts/o-limitador-de-despesas

O limitador de despesas

Economia 22.04.16 14:10
Paulo Rabello de Castro, candidato ao ministério da Fazenda, apresentou um plano a Michel Temer.

Segundo a coluna Radar, trata-se de "um limitador de despesas. No caso de necessidade de contingenciamento, há um corte percentual linear para todas as rubricas. Ele advoga que não há necessidade de CPMF: um limitador de 9% neste ano seria capaz de gerar uma economia de 120 bilhões de reais. Já tem até o caminho das pedras no Congresso: um substitutivo ao Projeto de Lei Complementar 257, que corre no Congresso".
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #4 Online: 22 de Abril de 2016, 17:11:17 »
Citar
http://www.oantagonista.com/posts/paulo-rabello-de-castro-disponibilidade-total-para-ser-ministro

Paulo Rabello de Castro: "disponibilidade total" para ser ministro

Economia 22.04.16 16:38
Paulo Rabello de Castro a O Antagonista, sobre a possibilidade de assumir o cargo de ministro da Fazenda:

"Meu perfil é muito associado a desafios. Na moleza, sou o último da fila a pegar o sorvete. Agora, se um não quer, o outro amarelou, o outro diz que foi conversar com a mãe... Pode sobrar para quem tem disponibilidade total. E eu tenho."
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.034
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #5 Online: 22 de Abril de 2016, 17:14:17 »
Citar
http://www.oantagonista.com/posts/paulo-rabello-de-castro-disponibilidade-total-para-ser-ministro

Paulo Rabello de Castro: "disponibilidade total" para ser ministro

Economia 22.04.16 16:38
Paulo Rabello de Castro a O Antagonista, sobre a possibilidade de assumir o cargo de ministro da Fazenda:

"Meu perfil é muito associado a desafios. Na moleza, sou o último da fila a pegar o sorvete. Agora, se um não quer, o outro amarelou, o outro diz que foi conversar com a mãe... Pode sobrar para quem tem disponibilidade total. E eu tenho."
Tô assistindo ao Roda Viva com ele e estou gostando do que estou ouvindo.

Ele é fundador desse movimento: https://www.brasileficiente.org.br/

Saudações

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.038
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #6 Online: 22 de Abril de 2016, 17:22:51 »
Só do cara falar em cortar gastos já dá para esperar alguma melhora.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.665
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #7 Online: 22 de Abril de 2016, 17:41:29 »
Citar
Paulo Rabello de Castro: "Chega de CPMF"

Paulo Rabello de Castro, cotado para o Ministério da Fazenda, defende "contenção inteligente das despesas públicas", algo diferente, pontua ele, de "cortes drásticos ou arrocho". O que disse o economista a O Antagonista:

"Precisamos de uma redefinição de gasto público em todos os níveis do governo. Chega de CPMF, de invencionices, de jabuticabas, de acochambrações arrecadatórias. O país carece de uma simplificação radical do atual manicômio tributário."

http://www.oantagonista.com/posts/paulo-rabello-de-castro-chega-de-cpmf

Sim!
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #8 Online: 22 de Abril de 2016, 17:42:58 »
Citar
http://www.oantagonista.com/posts/paulo-rabello-de-castro-disponibilidade-total-para-ser-ministro

Paulo Rabello de Castro: "disponibilidade total" para ser ministro

Economia 22.04.16 16:38
Paulo Rabello de Castro a O Antagonista, sobre a possibilidade de assumir o cargo de ministro da Fazenda:

"Meu perfil é muito associado a desafios. Na moleza, sou o último da fila a pegar o sorvete. Agora, se um não quer, o outro amarelou, o outro diz que foi conversar com a mãe... Pode sobrar para quem tem disponibilidade total. E eu tenho."
Tô assistindo ao Roda Viva com ele e estou gostando do que estou ouvindo.

Ele é fundador desse movimento: https://www.brasileficiente.org.br/

Saudações

Eu já tinha visto este vídeo no ano passado, quando saiu. Eu ouvia e pensava algo do tipo "imagina se tivéssemos um cara desses no governo...".

É impressionante como as coisas estão acontecendo da melhor forma possível. Se Aécio tivesse ganho, o PT estaria insuportável como oposição, donos da razão. Se o impeachment fosse no ano passado, certamente não passaria, dando mais moral ao governo.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.034
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #9 Online: 22 de Abril de 2016, 18:11:04 »
Eu já tinha visto este vídeo no ano passado, quando saiu. Eu ouvia e pensava algo do tipo "imagina se tivéssemos um cara desses no governo...".

É impressionante como as coisas estão acontecendo da melhor forma possível. Se Aécio tivesse ganho, o PT estaria insuportável como oposição, donos da razão. Se o impeachment fosse no ano passado, certamente não passaria, dando mais moral ao governo.
Eu estou tentando não me empolgar demais. Com a ideia do Temer de fazer um Ministério de Notáveis (sic), a expectativa é de que o choque e a diferença entre Dilma e Temer seja notável.

Mas como brasileiro nasceu para sofrer, vou aguardar o voto de número 41 no Senado para acreditar que alguma coisa boa vai acontecer em nosso país.

Saudações

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #10 Online: 22 de Abril de 2016, 19:06:55 »
Citar
PSDB não quer participar do governo Temer: erro ou oportunismo?

Partido não pode repetir, em 2016, estupidez cometida pelo PT em 1992, quando ajudou a derrubar, mas não a governar


Por: Reinaldo Azevedo  22/04/2016 às 5:19

Eu não sou exatamente um “pragmático” e confesso que tenho alguns problemas com a palavra “pragmatismo” porque costuma se entregar a uma rima pobre: “oportunismo”. Assim, prefiro os princípios.

Leio na Folha que o PSDB tende a fechar questão, em reunião da Executiva Nacional do dia 3 de maio, contra a participação de quadros do partido num possível governo de Michel Temer. Os tucanos devem, sim, dar apoio ao peemedebista no Congresso — uma pauta está sendo elaborada para entregar ao ainda vice —, mas sem ocupar cargos no primeiro escalão. A justificativa de alguns tucanos, segundo a reportagem, é que um eventual naufrágio do novo governo não pode prejudicar a legenda como alternativa de poder em 2018.

Dizer o quê? A prevalecer essa decisão, que contaria com a simpatia dos governadores Beto Richa (PR), Geraldo Alckmin (SP) e Pedro Taques (MT), só me resta observar: está tudo errado. E por um conjunto de motivos combinados.

Em primeiro lugar, observo: quem ajuda a derrubar tem de ajudar a governar, a menos que o PSDB de 2016 queira repetir o PT de 1992. Lula foi um dos líderes da deposição de Fernando Collor, mas decidiu que o seu partido não integraria o novo governo. Também os petistas estavam de olho nas eleições presidenciais, a exemplo dos tucanos agora.

Parecia que tudo caminhava para que a Presidência caísse no colo de Lula em 1994. Quando alguém falou que FHC, ministro da Fazenda, poderia se candidatar, os petistas caíram na gargalhada, e os petralhas das redações perguntavam se ele faria campanha em francês. Foi eleito e reeleito no primeiro turno, em 1994 e 1998, respectivamente. O excesso de esperteza engoliu o PT.

E o que significa “fechar questão”? Se Temer convidar um tucano para o governo, ainda que não em nome do partido, o PSDB faria o que o PT fez com Luíza Erundina, que foi expulsa da legenda por ter aceitado o cargo de ministra da Administração de Itamar? Se, sei lá, Temer oferecer o Ministério da Saúde para José Serra, por exemplo, os tucanos dirão algo como: “Se aceitar, está fora” — embora o partido continuasse a apoiar o governo no Congresso?

Faz sentido? Não faz.

Em segundo lugar, pergunto: então o PSDB não poderia se arriscar apoiando um governo Temer, mas o Brasil, nessa hipótese, com a ajuda dos tucanos, pode “correr o risco”? Os peessedebistas não querem arcar com o peso da aposta, mas convidam o brasileiro a fazê-lo? Não parece muito honesto intelectualmente. Não se trata de “ajudar o Temer”, mas de ajudar o país.

Uma decisão como essa parece estar mais inclinada a não criar fatos novos na fila dos pré-candidatos tucanos à Presidência do que a dar uma resposta a uma das maiores crises da história do país.

Em terceiro lugar, noto que o PSDB deveria fazer uma única exigência a Temer: o envio de uma emenda parlamentarista, com posterior referendo, já para 2018, não para 2022 — até lá, daria tempo de um presidente, qualquer que seja, bombardear a ideia. E os tucanos têm obrigação moral de apresentar essa proposta porque o PSDB é o único partido programaticamente parlamentarista.

A crise que aí está representa também uma chance imensa de mudar a qualidade do debate. Mas, para tanto, convém pensar primeiro no país. Mesmo! E esse é um bom jeito de pensar nos interesses do partido. De resto, acreditem em mim: no dia em que não houver mais fila no PSDB para disputar a Presidência, todos ficarão mais leves e poderão emprestar aos brasileiros os seus melhores talentos.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.034
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #11 Online: 22 de Abril de 2016, 19:32:51 »
Esse PSDB é fraco mesmo, né?

Não voto nunca mais nessa legenda.

Saudações

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #12 Online: 22 de Abril de 2016, 20:01:26 »
Eles ainda estão discutindo. Discutir é válido. Tem gente que é a favor, tem quem é contra. Mas eu acho que se eles colarem no Temer, só tem a ganhar.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.534
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #13 Online: 23 de Abril de 2016, 10:05:16 »
Eu tenho lido e ouvido que o PSDB apoiaria um governo Temer com base em um conjunto básico de intenções, sem participar oficialmente do governo mas permitindo que qualquer membro o faça se for convidado.
Foto USGS

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.902
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #14 Online: 23 de Abril de 2016, 11:46:30 »
Eu tenho lido e ouvido que o PSDB apoiaria um governo Temer com base em um conjunto básico de intenções, sem participar oficialmente do governo mas permitindo que qualquer membro o faça se for convidado.

Cotados têm recusado convites do peemedebista, e PSDB quer punir quem integrar eventual governo

Ou seja, o mesmo que o PT no impeachment de Collor, ajudou a derrubar o governo, mas não quis ajudar o país. E perdeu pra FHC. Tomara que o PSDB perca agora pra deixar de ser besta.

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.034
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #15 Online: 23 de Abril de 2016, 12:05:22 »
Eu tenho lido e ouvido que o PSDB apoiaria um governo Temer com base em um conjunto básico de intenções, sem participar oficialmente do governo mas permitindo que qualquer membro o faça se for convidado.

Cotados têm recusado convites do peemedebista, e PSDB quer punir quem integrar eventual governo

Ou seja, o mesmo que o PT no impeachment de Collor, ajudou a derrubar o governo, mas não quis ajudar o país. E perdeu pra FHC. Tomara que o PSDB perca agora pra deixar de ser besta.
E o pior é que se perder será para a Marina  :nojo:

Se bem que tá parecendo, com as atuais propostas do PMDB, que temos uma sequência entre esses três partidos (na ordem do socialismo para o liberalismo) na seguinte ordem: Rede>>PSDB>>PMDB. Sendo que Rede e PSDB estão muito próximos e o PMDB, apesar do viés liberal (do momento) ainda é demasiado estatista.

Ou seja, nada de novo no horizonte  :umm:

Saudações

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #16 Online: 23 de Abril de 2016, 12:57:27 »
as estratégias do PSDB para ganhar as próximas eleições sempre são infalíveis como os planos do Cebolinha. Está na hora de agirem pelo bem do país, sem pensar em planos mirabolantes. Ganhar será consequência.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #17 Online: 23 de Abril de 2016, 19:51:41 »
Citar
Serra: "Será bizarro se o PSDB lavar as mãos"

Brasil 23.04.16 18:43
Mais cedo, Aloysio Nunes Ferreira enviou uma nota a O Antagonista, a favor da participação do PSDB no governo Michel Temer.

José Serra, cotado para ser ministro, também defende que os tucanos integrem a nova administração. Ele enviou a seguinte nota a este site:

"Eu concordo com o senador Aloysio Nunes Ferreira: se o futuro presidente Michel Temer aceitar os pontos programáticos do PSDB, o partido deve apoiar o governo. E se apoiar o governo e for convidado, deve participar da administração. Seria bizarro o PSDB ajudar a fazer o impeachment de Dilma e depois, por cálculos oportunistas, lavar as mãos e fugir a suas responsabilidades com o país."

O Antagonista reafirma a sua posição: é hora de por o Brasil em primeiro lugar.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #18 Online: 24 de Abril de 2016, 14:58:49 »
Citar
A reforma ministerial de Temer

Brasil 24.04.16 13:57
Ilimar Franco, em O Globo, traz algumas das intenções de Temer para a esperada reforma ministerial:

- Ministério da Justiça passaria a se chamar Ministério da Justiça e da Cidadania, englobando secretarias das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos;

- Ministério do Desenvolvimento Agrário se integraria ao Ministério da Agricultura;

- Secretaria de Portos ficaria dentro da pasta dos Transportes;

- União dos ministérios do Turismo e do Esporte;

- Transformar a CGU em Ministério da Transparência, da Fiscalização e do Combate à Corrupção.

Temer precisará chegar chegando.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.034
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #19 Online: 24 de Abril de 2016, 15:01:00 »
Citar
A reforma ministerial de Temer

Brasil 24.04.16 13:57
Ilimar Franco, em O Globo, traz algumas das intenções de Temer para a esperada reforma ministerial:

- Ministério da Justiça passaria a se chamar Ministério da Justiça e da Cidadania, englobando secretarias das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos;

- Ministério do Desenvolvimento Agrário se integraria ao Ministério da Agricultura;

- Secretaria de Portos ficaria dentro da pasta dos Transportes;

- União dos ministérios do Turismo e do Esporte;

- Transformar a CGU em Ministério da Transparência, da Fiscalização e do Combate à Corrupção.

Temer precisará chegar chegando.
Estou gostando do que venho acompanhando. Pra quem tá na merda, qualquer alfazema vira perfume francês.

Saudações

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.339
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #20 Online: 25 de Abril de 2016, 01:24:35 »
Citar
http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,temer-discorda-de-aumento-de-impostos--diz-skaf,10000027792
...
A estratégia para fechar as contas públicas numa eventual gestão de Temer passa pelo corte de gastos públicos e reformas estruturais, a exemplo das mudanças sugeridas para a Previdência. A solução tem o apoio do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, com quem Temer conversou no sábado, e do ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, que se reuniu com ele na semana passada.
...

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.358
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #21 Online: 25 de Abril de 2016, 09:55:58 »
O nome é Henrique Meirelles

Economia 25.04.16 07:46
A escolha já foi feita: o ministro da Fazenda de Michel Temer será Henrique Meirelles.

E o ministro do Planejamento, segundo Andréia Sadi, será Romero Jucá. Ele terá a missão de negociar - e fazer aprovar - as medidas econômicas do governo. Um papel tão fundamental quanto o do ministro da Fazenda.

http://www.oantagonista.com/posts/o-nome-e-henrique-meirelles

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.358
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #22 Online: 25 de Abril de 2016, 09:56:47 »
A lista de ministros

Brasil 25.04.16 08:10
Henrique Meirelles na Fazenda e Romero Jucá no Planejamento.

Além desses dois, Michel Temer quer contar com José Serra no MEC, no lugar de Aloizio Mercadante.

Outros ministérios, segundo o Valor:

Paulo Skaf no Desenvolvimento.

Eliseu Padilha na Casa Civil.

Marcos Pereira, presidente do PRB, na Agricultura.

Duas pastas para o PP.

Outras duas pastas para o PSB.

http://www.oantagonista.com/posts/a-lista-de-ministros

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.534
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #23 Online: 25 de Abril de 2016, 13:09:42 »
Jucá no planejamento?

É brincadeira? Só pode ser...
Foto USGS

Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.976
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Temer/Pós Dilma
« Resposta #24 Online: 25 de Abril de 2016, 20:07:13 »
Citar
Serra ao gosto dos liberais

Economia 25.04.16 16:30
A verdade é que José Serra não assusta mais o mercado como antes. Pelo contrário: o seu pensamento e o de economistas liberais convergiram nos últimos anos.

Mais: a experiência de Serra como administrador, nos governos paulistano e paulista, mostrou um político (e técnico) totalmente comprometido com a responsabilidade fiscal.

Tanto que Serra passou a ser elogiado pelas suas palestras, cada vez mais frequentes, na Casa das Garças, "ninho liberal".
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!