Enquete

Você concorda com o argumento cosmológico

Não
19 (95%)
Sim
1 (5%)

Votos Totais: 20

Autor Tópico: argumento cosmológico  (Lida 4097 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.747
Re:argumento cosmológico
« Resposta #75 Online: 05 de Agosto de 2016, 12:33:01 »
Massa, Gabarito!

Ja tinha visto algumas vezes essas escalas. Acho difícil observar essas coisas e não ser qualquer coisa niilista.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.028
  • Sexo: Masculino
Re:argumento cosmológico
« Resposta #76 Online: 05 de Agosto de 2016, 13:38:43 »
Gabarito, veja essa hipótese sobre o universo observável ser maior do que o "universo verdadeiro", pra continuar queimando a cuca:


Ei, Johnny Cash!
E aí?
'Vamo' viajar pelo Universo?
Esse passeio aqui fica bem mais legal do meio para o fim:

<a href="https://www.youtube.com/v/GoW8Tf7hTGA" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/GoW8Tf7hTGA</a>

Não perca de vista o(a) contador/régua de anos-luz.

E a música é do indefectível Vangelis.
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.315
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:argumento cosmológico
« Resposta #77 Online: 05 de Agosto de 2016, 14:24:52 »
Quando é trilha sonora de documentários ateus, música "new age" de repente vira algo cool, algo genial.


<a href="https://www.youtube.com/v/QgNDao7m41M" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/QgNDao7m41M</a>

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.183
  • Sexo: Masculino
Re:argumento cosmológico
« Resposta #78 Online: 05 de Agosto de 2016, 14:31:24 »
Quando é trilha sonora de documentários ateus, música "new age" de repente vira algo cool, algo genial.

De inspiração divina, eu diria.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.865
  • Sexo: Masculino
Re:argumento cosmológico
« Resposta #79 Online: 05 de Agosto de 2016, 16:05:15 »
Voltando à questão do universo e tudo mais: interessante que espaço só tem sentido no universo, já que remete a dimensões (as 3... ou mais) que foram criadas conforme o universo se expandia e esfriava. Fora do limite do universo não existe espaço, já que não há dimensões.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.315
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:argumento cosmológico
« Resposta #80 Online: 05 de Agosto de 2016, 16:16:44 »
"Fora do limite do universo" nem existe, já que não haveria tal limite, um ponto onde o espaço "acaba" e se esbarra no não-espaço. Não só não há tal limite, como claro, não há o "lado de lá" desse limite inexistente, um "não-espaço", de alguma forma existente.

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.747
Re:argumento cosmológico
« Resposta #81 Online: 05 de Agosto de 2016, 16:19:30 »
"Fora do limite do universo" nem existe, já que não haveria tal limite, um ponto onde o espaço "acaba" e se esbarra no não-espaço. Não só não há tal limite, como claro, não há o "lado de lá" desse limite inexistente, um "não-espaço", de alguma forma existente.

Isso porque você nunca assistiu a essa filmagem:


Offline invalid name

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.293
Re:argumento cosmológico
« Resposta #82 Online: 05 de Agosto de 2016, 16:56:24 »
"Fora do limite do universo" nem existe, já que não haveria tal limite, um ponto onde o espaço "acaba" e se esbarra no não-espaço. Não só não há tal limite, como claro, não há o "lado de lá" desse limite inexistente, um "não-espaço", de alguma forma existente.

O amor de Deus, que não acaba nunca, está fora do limite do universo.

Offline Spencer

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 685
Re:argumento cosmológico
« Resposta #83 Online: 05 de Agosto de 2016, 17:47:35 »
Legal o vídeo,  faz a gente se sentir um amontoado de porra nenhuma, mas pelo menos conseguimos observar o universo  :)
Verdade. E não sei como alguém pode acreditar que nessa imensidão de corpos, leis e fenômenos, somente exista a nossa humanidade. Seria um erro abissal e de tão formidável, exatamente por isso não se deveria ser niilista.

Offline Spencer

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 685
Re:argumento cosmológico
« Resposta #84 Online: 05 de Agosto de 2016, 17:51:20 »
Me ocorreu também: diante do imperativo lógico que quase nos obriga a aceitar a existência de outras humanidades, por qual razão nada se conseguiu até hoje que nos proporcionasse a menor prova, a menor indicativa, a esse respeito. :?:

Offline invalid name

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.293
Re:argumento cosmológico
« Resposta #85 Online: 05 de Agosto de 2016, 18:01:48 »
Legal o vídeo,  faz a gente se sentir um amontoado de porra nenhuma, mas pelo menos conseguimos observar o universo  :)
Verdade. E não sei como alguém pode acreditar que nessa imensidão de corpos, leis e fenômenos, somente exista a nossa humanidade. Seria um erro abissal e de tão formidável, exatamente por isso não se deveria ser niilista.

O argumento mais robusto para a existência de outras humanidades é o fluxo de almas que chega aqui de outros sistemas estelares para suprir o aumento populacional terrestre e manter em movimento a roda da reencarnação para o desenvolvimento do espírito.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.315
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:argumento cosmológico
« Resposta #86 Online: 05 de Agosto de 2016, 22:56:40 »
Isso é uma hipótese. Mas eu creio que não é a mais parcimoniosa. Levando em consideração que espíritos viajam no tempo tal como no espaço, a hipótese mais parcimoniosa -- o que é definido por "com menor adição de entidades" -- é levar-se a teoria do "único eletron" de Wheeler à realidade espiritual. Só existe um espírito, que dá voltas, voltas, voltas, e voltas ao redor do tempo, reencarnando em todas as pessoas, a cada volta que dá no tempo universal.

Isso explica por que tantas pessoas supoem ter sido figuras como César, Cleópatra, etc. Todas elas foram, e também todas elas são a mesma.

Essa teoria é tão mais parcimoniosa que talvez permita explicar o fenômeno da telepatia, de outra forma ainda incógnito, como lampejos de memórias de vidas passadas de quando uma pessoa foi aquela outra, cuja mente supõe poder ler num dado momento.

Também explica, de maneira única, aquela verdade que todos nós, uma vez ou outra, sentimos em nossos corações, por mais que muitos de nós deixemos imediatamente de dar atenção, fazendo pouco caso, como algo "brega", melodramático -- mas sem conseguir realmente negar. Uma verdade que seria também solução de talvez todos os problemas que afligem a humanidade. Essa verdade, talvez a Última e a Primeira Verdade do Universo, é que somos um só.

Offline invalid name

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.293
Re:argumento cosmológico
« Resposta #87 Online: 05 de Agosto de 2016, 23:50:18 »
Isso é uma hipótese. Mas eu creio que não é a mais parcimoniosa. Levando em consideração que espíritos viajam no tempo tal como no espaço, a hipótese mais parcimoniosa -- o que é definido por "com menor adição de entidades" -- é levar-se a teoria do "único eletron" de Wheeler à realidade espiritual. Só existe um espírito, que dá voltas, voltas, voltas, e voltas ao redor do tempo, reencarnando em todas as pessoas, a cada volta que dá no tempo universal.

Isso explica por que tantas pessoas supoem ter sido figuras como César, Cleópatra, etc. Todas elas foram, e também todas elas são a mesma.

Essa teoria é tão mais parcimoniosa que talvez permita explicar o fenômeno da telepatia, de outra forma ainda incógnito, como lampejos de memórias de vidas passadas de quando uma pessoa foi aquela outra, cuja mente supõe poder ler num dado momento.

Também explica, de maneira única, aquela verdade que todos nós, uma vez ou outra, sentimos em nossos corações, por mais que muitos de nós deixemos imediatamente de dar atenção, fazendo pouco caso, como algo "brega", melodramático -- mas sem conseguir realmente negar. Uma verdade que seria também solução de talvez todos os problemas que afligem a humanidade. Essa verdade, talvez a Última e a Primeira Verdade do Universo, é que somos um só.


<a href="https://www.youtube.com/v/N4yAvAR9_us" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/N4yAvAR9_us</a>

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.883
  • Sexo: Masculino
Re:argumento cosmológico
« Resposta #88 Online: 06 de Agosto de 2016, 10:34:39 »
Descobri este tópico hoje e pensei: bom material; deve ter motivado debates profundos.
Nem tanto, ou quase nada. O primeiro post parte de premissas que deveriam ser recusadas in totum, caso contrário os fundamentos do ateísmo se desmoronam; ou seja, tornar-se-ia necessário admitir que algo, fora do Universo, fosse a causa dele.

As refutações não foram tão consistentes e como não chegou a haver um debate entramos para o terreno das brincadeiras.
Tais refutações talvez até existam... ninguém as apresentou.

Logo de inicio alguns cometem grave erro conceitual, Não diferenciar o Universo, que não é infinito, em relação ao espaço que o envolve; este sim, infinito. 
O Universo é toda a matéria e energia que se tornam objeto das transformações incessantes a partir daquela singularidade. Toda a energia e matéria sobre que especulamos hoje, advém daquele fenômeno. (Isto, a priori, pois pode-se admitir a existência de outros Universos).

É fundamental compreender que quele ponto onde tudo tem origem está imerso num infinito espaço. Não há como pensar objetiva e sensatamente de outro modo.
 



Você acabou de afirmar que a física  do século XX  não é objetiva e é insensata.  Você acabou de afirmar  que os físicos cosmólogos do século XX estão errados (e são insensatos). Incluindo Einstein.


« Última modificação: 06 de Agosto de 2016, 10:38:00 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.883
  • Sexo: Masculino
Re:argumento cosmológico
« Resposta #89 Online: 06 de Agosto de 2016, 10:44:41 »
A "inflação", expansão inicial do universo, é suposta como tendo sido mais rápida do que a velocidade da luz, então você não poderia jogar uma pedra nas suas próprias costas, nem mesmo vê-las, a menos que tivesse também poder de visão extra-luminal ou algo assim.

Talvez o problema tenha algum encaixe com o conceito de "cone de luz":

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cone_de_luz

Eu sabia da inflação cósmica, mas achei melhor retirá-la do contexto para efeitos didáticos do entendimento do espaço.
Também sinto dificuldade em entender esse Cone de Luz trazendo-o para um conceito simples, prosaico e de fácil visualização.
Mas vou lê-lo de novo.


Outro detalhe é que nem teria luz para começar, então teria que levar uma lanterna, também.


Boa. Muito boa. 

 :histeria:   :histeria: 


« Última modificação: 06 de Agosto de 2016, 10:47:12 por JJ »

Offline André Luiz

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.232
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:argumento cosmológico
« Resposta #90 Online: 06 de Agosto de 2016, 16:03:49 »
E aquele papo do proposito em que este evento chamado universo só tem algum sentido se for para ser observado?   :hihi:


Offline Spencer

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 685
Re:argumento cosmológico
« Resposta #91 Online: 06 de Agosto de 2016, 16:33:10 »
Citar
  Você acabou de afirmar que a física  do século XX  não é objetiva e é insensata.  Você acabou de afirmar  que os físicos cosmólogos do século XX estão errados (e são insensatos). Incluindo Einstein.   
Não a Física do século XX, mas a Física Teórica do século XX.
Quanto aos físicos teóricos serem insensatos, não colocaria desta forma. Se produzem afanosamente teorias rebuscadas - para não dizer que algumas são risíveis - ante fatos simples e observáveis - p.ex. o surgimento do Universo em dado momento a partir de uma singularidade, a formação gradual de toda a matéria que existe, a expansão acelerada das galáxias se afastando umas das outras numa expansão volumétrica (alguns cientistas afirmam que a expansão é plana)...
Estes fatos que conduziram os físicos menos relativistas a conceberem o BBang, e a concluir que o Universo não é estático como se imaginava, direcionam a conclusões que embasam questionamentos de ordem filosófica e/ou  teológica: veja as assertivas que deram origem ao tópico.

Como a Ciência  não podee nem deve admitir como hipótese de trabalho tal fundamentação, fica confusa e propõe teorias que servem de base a novas teorias que servem de base... etc.
Einstein, genial e brilhante, sim, mas também erra, como qualquer ser humano que de repente se vê elevado ao patamar dos deuses.
Seu conceito de espaço/tempo formando um tecido elástico, será alvo de críticas mordazes quando daqui a alguns anos os cientistas mais pé no chão se desprenderem do mito em torno de seu nome, mesmo reconhecendo sua genialidade.
Como dizia, as teorias com que a FQuantica e a Relatividade nos brindaram, sejam, os Worme holes, teoria das cordas, o paradoxo da dilatação temporal, o tecido elástico de Einstein, o espaço curvo (você atira uma flecha, ela viaja pelo infinito e volta pelas suas costas) e uma, que nosso forista Buckaroo, que tem forte inclinação à "física teória/entomológica", concebeu (as formigas-galáticas que produzem o espaço em seus ninhos cósmicos :histeria:); então, todas essas teorias não demonstram insensatez de nossos físicos, apenas uma certa arrogância corporativista onde nenhum contradiz seu par, mas para não ficar por baixo, cria outra teoria por sobre a anterior.
Sei que num fórum cético isto soa como heresia, ops!!!! 

Offline Euler1707

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 501
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:argumento cosmológico
« Resposta #92 Online: 06 de Agosto de 2016, 18:31:21 »
Spencer, você ao menos sabe do que está falando? Tenho a impressão que todo o seu conhecimento num senso-comum  do tipo que só se pode ter assistindo aos documentários dos "alguma-coisa-Channels" da TV à cabo. Você, aparentemente, parece desconhecer os fundamentos básicos da TR e da Cosmologia. Vejamos:
[...],a expansão acelerada das galáxias se afastando umas das outras numa expansão volumétrica (alguns cientistas afirmam que a expansão é plana)...
Eu negritei a parte acima, porque aparentemente (e veremos adiante mais um exemplo disso), você usa de uma intuição geométrica da física (e é por isso que suponho que o que sabes, aprendestes assistindo documentários), o que explica o seu desdém (a parte negrita explicita isso, já que você, aparentemente, não consegue entender o sentido de "expansão plana" por teres uma visão geométrica bastante limitada da coisa).
Estes fatos que conduziram os físicos menos relativistas a conceberem o BBang, e a concluir que o Universo não é estático como se imaginava, direcionam a conclusões que embasam questionamentos de ordem filosófica e/ou  teológica: veja as assertivas que deram origem ao tópico.
Alguém duvida que ele assiste aos documentários de TV à cabo?
Como a Ciência  não podee nem deve admitir como hipótese de trabalho tal fundamentação, fica confusa e propõe teorias que servem de base a novas teorias que servem de base... etc.
Você deveria, ao menos, se dar ao trabalho de estudar a história da física, já que aparentemente, você é incapaz de entender-la.
Einstein, genial e brilhante, sim, mas também erra, como qualquer ser humano que de repente se vê elevado ao patamar dos deuses.
Hey, olha só, Eistein foi elevado ao patamar dos deuses logo após sua teoria da relatividade (que antes era só teórica...) ter sido espetacularmente demonstrada e comprovada em 1919, durante um eclipse solar.
Seu conceito de espaço/tempo formando um tecido elástico, será alvo de críticas mordazes quando daqui a alguns anos os cientistas mais pé no chão se desprenderem do mito em torno de seu nome, mesmo reconhecendo sua genialidade.
Cara, eu não sei nem como responder à isso. Você parece não ter a menor base para discutir sobre algo relacionado ao tema, mas você discute. Uma das qualidades para que um debate seja produtivo, é a de que ambas as partes conheçam o mínimo das noções do que sobre o que estão falando, e que tais noções sejam comuns à todos (e é por isso que filósofos e matemáticos começam seus trabalhos pelas definições), mas você claramente não sabe de nada, e do que sabes, é baseado num senso comum de comentarista de youtube, que até eu, um leigo cujo contato com a TR se deu de forma tangencial quando eu estava estudando geometria Diferencial, posso identificar esse senso comum. Além disso, você desconhece (e isso é gravíssimo, pois te põe no mesmo patamar dos criacionistas que vão debater nos comentários da pagina no facebook da Universo Racionalista) o que é a metodologia cientifica, como veremos no teu próximo parágrafo:
Como dizia, as teorias com que a FQuantica e a Relatividade nos brindaram, sejam, os Worme holes, teoria das cordas, o paradoxo da dilatação temporal, o tecido elástico de Einstein, o espaço curvo (você atira uma flecha, ela viaja pelo infinito e volta pelas suas costas) e uma, que nosso forista Buckaroo, que tem forte inclinação à "física teória/entomológica", concebeu (as formigas-galáticas que produzem o espaço em seus ninhos cósmicos :histeria:); então, todas essas teorias não demonstram insensatez de nossos físicos, apenas uma certa arrogância corporativista onde nenhum contradiz seu par, mas para não ficar por baixo, cria outra teoria por sobre a anterior.
e por fim:
Sei que num fórum cético isto soa como heresia, ops!!!!
Poderia terminar com uma resposta nada gentil e educada, mas sei lá, vai que um forista me denuncia para a moderação...
« Última modificação: 06 de Agosto de 2016, 21:57:21 por Euler1707 »

Offline invalid name

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.293
Re:argumento cosmológico
« Resposta #93 Online: 06 de Agosto de 2016, 19:14:10 »
Citar
  Você acabou de afirmar que a física  do século XX  não é objetiva e é insensata.  Você acabou de afirmar  que os físicos cosmólogos do século XX estão errados (e são insensatos). Incluindo Einstein.   
Não a Física do século XX, mas a Física Teórica do século XX.
Quanto aos físicos teóricos serem insensatos, não colocaria desta forma. Se produzem afanosamente teorias rebuscadas - para não dizer que algumas são risíveis - ante fatos simples e observáveis - p.ex. o surgimento do Universo em dado momento a partir de uma singularidade, a formação gradual de toda a matéria que existe, a expansão acelerada das galáxias se afastando umas das outras numa expansão volumétrica (alguns cientistas afirmam que a expansão é plana)...
Estes fatos que conduziram os físicos menos relativistas a conceberem o BBang, e a concluir que o Universo não é estático como se imaginava, direcionam a conclusões que embasam questionamentos de ordem filosófica e/ou  teológica: veja as assertivas que deram origem ao tópico.

Como a Ciência  não podee nem deve admitir como hipótese de trabalho tal fundamentação, fica confusa e propõe teorias que servem de base a novas teorias que servem de base... etc.
Einstein, genial e brilhante, sim, mas também erra, como qualquer ser humano que de repente se vê elevado ao patamar dos deuses.
Seu conceito de espaço/tempo formando um tecido elástico, será alvo de críticas mordazes quando daqui a alguns anos os cientistas mais pé no chão se desprenderem do mito em torno de seu nome, mesmo reconhecendo sua genialidade.
Como dizia, as teorias com que a FQuantica e a Relatividade nos brindaram, sejam, os Worme holes, teoria das cordas, o paradoxo da dilatação temporal, o tecido elástico de Einstein, o espaço curvo (você atira uma flecha, ela viaja pelo infinito e volta pelas suas costas) e uma, que nosso forista Buckaroo, que tem forte inclinação à "física teória/entomológica", concebeu (as formigas-galáticas que produzem o espaço em seus ninhos cósmicos :histeria:); então, todas essas teorias não demonstram insensatez de nossos físicos, apenas uma certa arrogância corporativista onde nenhum contradiz seu par, mas para não ficar por baixo, cria outra teoria por sobre a anterior.
Sei que num fórum cético isto soa como heresia, ops!!!! 

Tá de brincadeira né???  :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.883
  • Sexo: Masculino
Re:argumento cosmológico
« Resposta #94 Online: 06 de Agosto de 2016, 21:06:23 »
JJ, você ao menos sabe do que está falando? Tenho a impressão que todo o seu conhecimento num senso-comum  do tipo que só se pode ter assistindo aos documentários dos "alguma-coisa-Channels" da TV à cabo. Você, aparentemente, parece desconhecer os fundamentos básicos da TR e da Cosmologia. Vejamos:
[...],a expansão acelerada das galáxias se afastando umas das outras numa expansão volumétrica (alguns cientistas afirmam que a expansão é plana)...
Eu negritei a parte acima, porque aparentemente (e veremos adiante mais um exemplo disso), você usa de uma intuição geométrica da física (e é por isso que suponho que o que sabes, aprendestes assistindo documentários), o que explica o seu desdém (a parte negrita explicita isso, já que você, aparentemente, não consegue entender o sentido de "expansão plana" por teres uma visão geométrica bastante limitada da coisa).
Estes fatos que conduziram os físicos menos relativistas a conceberem o BBang, e a concluir que o Universo não é estático como se imaginava, direcionam a conclusões que embasam questionamentos de ordem filosófica e/ou  teológica: veja as assertivas que deram origem ao tópico.
Alguém duvida que ele assiste aos documentários de TV à cabo?
Como a Ciência  não podee nem deve admitir como hipótese de trabalho tal fundamentação, fica confusa e propõe teorias que servem de base a novas teorias que servem de base... etc.
Você deveria, ao menos, se dar ao trabalho de estudar a história da física, já que aparentemente, você é incapaz de entender-la.
Einstein, genial e brilhante, sim, mas também erra, como qualquer ser humano que de repente se vê elevado ao patamar dos deuses.
Hey, olha só, Eistein foi elevado ao patamar dos deuses logo após sua teoria da relatividade (que antes era só teórica...) ter sido espetacularmente demonstrada e comprovada em 1919, durante um eclipse solar.
Seu conceito de espaço/tempo formando um tecido elástico, será alvo de críticas mordazes quando daqui a alguns anos os cientistas mais pé no chão se desprenderem do mito em torno de seu nome, mesmo reconhecendo sua genialidade.
Cara, eu não sei nem como responder à isso. Você parece não ter a menor base para discutir sobre algo relacionado ao tema, mas você discute. Uma das qualidades para que um debate seja produtivo, é a de que ambas as partes conheçam o mínimo das noções do que sobre o que estão falando, e que tais noções sejam comuns à todos (e é por isso que filósofos e matemáticos começam seus trabalhos pelas definições), mas você claramente não sabe de nada, e do que sabes, é baseado num senso comum de comentarista de youtube, que até eu, um leigo cujo contato com a TR se deu de forma tangencial quando eu estava estudando geometria Diferencial, posso identificar esse senso comum. Além disso, você desconhece (e isso é gravíssimo, pois te põe no mesmo patamar dos criacionistas que vão debater nos comentários da pagina no facebook da Universo Racionalista) o que é a metodologia cientifica, como veremos no teu próximo parágrafo:
Como dizia, as teorias com que a FQuantica e a Relatividade nos brindaram, sejam, os Worme holes, teoria das cordas, o paradoxo da dilatação temporal, o tecido elástico de Einstein, o espaço curvo (você atira uma flecha, ela viaja pelo infinito e volta pelas suas costas) e uma, que nosso forista Buckaroo, que tem forte inclinação à "física teória/entomológica", concebeu (as formigas-galáticas que produzem o espaço em seus ninhos cósmicos :histeria:); então, todas essas teorias não demonstram insensatez de nossos físicos, apenas uma certa arrogância corporativista onde nenhum contradiz seu par, mas para não ficar por baixo, cria outra teoria por sobre a anterior.
e por fim:
Sei que num fórum cético isto soa como heresia, ops!!!!
Poderia terminar com uma resposta nada gentil e educada, mas sei lá, vai que um forista me denuncia para a moderação...


Não entendi porque a referência a mim ??????

 :?: :?: :?: :?: :?: :?:


O meu post  foi uma crítica a visão do Spencer que não estava de acordo com a relatividade. 





Offline Euler1707

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 501
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:argumento cosmológico
« Resposta #95 Online: 06 de Agosto de 2016, 21:56:47 »

JJ, você ao menos sabe do que está falando? [...]
Não entendi porque a referência a mim ??????

 :?: :?: :?: :?: :?: :?:


O meu post  foi uma crítica a visão do Spencer que não estava de acordo com a relatividade.

Ops, desculpe, não foi à você o meu "JJ, você ao menos sabe do que está falando?", na verdade, era para eu ter escrito "Spencer, você ao menos sabe do que está falando?". Eu tenho um péssimo hábito de não ler o que eu escrevo antes de postar, sem falar na minha falta de atenção com tudo. Desculpe pelo mal entendido.
« Última modificação: 06 de Agosto de 2016, 21:59:43 por Euler1707 »

Offline Spencer

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 685
Re:argumento cosmológico
« Resposta #96 Online: 07 de Agosto de 2016, 11:04:31 »
Citar
Eu tenho um péssimo hábito de não ler o que eu escrevo antes de postar,   
E um péssimo hábito de escrever antes de pensar.  :lol:
Toda a sua fala consistiu em ataques pessoais,ad hominen à exaustão, tipo, vc não sabe o que fala, seu conhecimento é de tv à cabo, e por ai vai...
Além de não contestar nenhuma afirmativa ainda diz que poderia terminar seu post, a mim dirigido, com uma resposta nada educada!! E só não o fez com medo de ser denunciado.
Isto fala muito a seu respeito.

Meu caro; aqui neste ambiente o mínimo que se pede de um forista é educação. Focar seu argumento e adjetivação (por sinal a sua foi de péssimo gosto e pobre, pois se limitou a dizer que meu conhecimento é de tv a cabo) às ideias e não às pessoas. Já caberia uma denúncia, o que nunca faria pois considero isto mero apelo ao mimimi...

Voltando ao tema, eu poderia lhe garantir que uma formação acadêmica em hard science seria suficiente para dispensar conhecimentos de tv a cabo. Como você, também não sou especialista em cosmologia, mas gosto de pensar que tenho bom senso para identificar baboseiras, espantalhos e groselha, particularmente vindo de  não especialistas deslumbrados.
Pelos outros posts seus que já li, com todo o respeito, notei que vc tem uma certa agressividade juvenil (p.ex. aconselhando um companheiro a suicidar-se) e, como admiro um sarcasmo inteligente como os do Buck e do Giga, mas sou sensível à agressividade, preferia que vc me ignorasse, mas não deixarei de responder, com a cordialidade costumeira.
« Última modificação: 07 de Agosto de 2016, 11:14:41 por Spencer »

Offline Spencer

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 685
Re:argumento cosmológico
« Resposta #97 Online: 07 de Agosto de 2016, 11:18:08 »

Tá de brincadeira né???  :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:

Tenho bons mestres aqui. :lol: :lol: :lol:

Offline Euler1707

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 501
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:argumento cosmológico
« Resposta #98 Online: 07 de Agosto de 2016, 14:02:42 »
Citar
Eu tenho um péssimo hábito de não ler o que eu escrevo antes de postar,   
E um péssimo hábito de escrever antes de pensar.  :lol:
Eu não sei se você sabe, mas escrever é diferente de falar, e a diferença é que você é obrigado a pensar antes de escrever, logo, eu penso antes de escrever e sua piada é sem graça. :P
Toda a sua fala consistiu em ataques pessoais,ad hominen à exaustão, tipo, vc não sabe o que fala, seu conhecimento é de tv à cabo, e por ai vai...
Ora, meu caro, minha argumentação não foi um ataque à sua pessoa, e dizer que você não sabe o mínimo do que está falando (você mesmo deixa implícito isso) não é um Ad hominem.
Além de não contestar nenhuma afirmativa ainda diz que poderia terminar seu post, a mim dirigido, com uma resposta nada educada!! E só não o fez com medo de ser denunciado.
Isto fala muito a seu respeito.
Quais afirmativas? Você só falou bullshit:
Citar
O primeiro post parte de premissas que deveriam ser recusadas in totum, caso contrário os fundamentos do ateísmo se desmoronam; ou seja, tornar-se-ia necessário admitir que algo, fora do Universo, fosse a causa dele.
As premissas "in Totum" são essas:
Citar
1. Tudo que existe deve ter uma causa.

2. O universo deve ter uma causa (inferido de 1).

3. Nada pode ser a causa de si mesmo.

4. O universo não pode ser sua própria causa (inferido de 3).

5. Alguma coisa fora do universo deve tê-lo causado (inferido de 2 e 4).

6. Deus é a única coisa fora do universo.

7. Deus causou o universo (inferido de 5 e 6).

8. Deus existe.
Não é difícil demonstrar a existência de infinitos deuses, cada qual é criador e também é um ser criado, e  dependendo da definição de deus que alguns teístas tem (a de que deus não foi criado, e isso fazia parte de algumas variações desse argumento, mas por razões óbvias, essa parte foi tirada), chegamos ao absurdo de que cada deus também é uma criatura. O argumento, por sí só, é fraquíssimo, já que requer uma lista de premissas bastante fortes, mas que mesmo assim, nos leva à um resultado relativamente ambíguo e fraco.
Citar
Logo de inicio alguns cometem grave erro conceitual, Não diferenciar o Universo, que não é infinito, em relação ao espaço que o envolve; este sim, infinito. 
Bullshit. O universo é o que tudo o que veio a ser, e todas as relações métricas (como distância) são frutos do espaço-tempo, logo, não faz sentido nem ao menos falar num "espaço" exterior ao universo, segundo você, infinito (em qual relação métrica? a do espaço-tempo?)
Citar
É fundamental compreender que quele ponto onde tudo tem origem está imerso num infinito espaço. Não há como pensar objetiva e sensatamente de outro modo. Para fugir da conclusão que fatalmente o Big Bang nos conduz, alguns filósofos e cientistas ateístas criam premissas e teorias ao sabor da própria imaginação, afirmando por exemplo que o espaço e o tempo não existiam antes daquela singularidade.
Bullshit. O universo "é o espaço-tempo" (qualquer coisa que existe no universo, deve existir no espaço e no tempo, e vice-versa), e se o universo não existia antes do Big Bang, tem-se que o espaço-tempo (que são uma coisa só) também não existiam. Isso não foi tirado do "black hole" de ninguém, ao contrário da sua proto-teoria da conspiração.
Citar
Mesmo diante de fatos observáveis pela ciência, p. ex. em relação às galáxias, que se afastam com velocidade crescente a partir de um centro, alguns inventam para a origem do Universo teorias outras; Worm Hole, Teoria das Cordas, e outras menos votadas...
Percebe-se o Bullshit na parte negritada. Meu caro Spencer, as galáxias não se afastam de um centro, mas ao diferente disso, elas se afastam uma das outras, como se fosse o espaço que estivesse "crescendo" entre elas. Esta é uma característica da geometria do próprio espaço, e não do "meio" onde esse espaço está. Além disso, essa expansão métrica do universo fora prevista pela Equações de campo de Einstein. O que eu não sei é o que diabos a Teoria das cordas e os Worm holes tem a ver com isso.
Citar
Mas, a que conclusão seríamos forçados a chegar? A uma única, e lógica: o fenômeno que deu origem ao Universo, deve ocorrer em outros pontos do cosmo e não somente naquele determinado, pois se somente houvesse existido aquela singularidade, haveria a necessidade de se admitir a existência de um Criador.
Ufa, ainda bem que eu te refutei no quote anterior, senão, imagina, eu teria que admitir a existência de um criador  :histeria:
Citar
A progressão infinita é desconsiderada quando se pressupõe a existência de um Criador, pois não seria um criador se não fosse eterno, imutável, onipotente.
Citar
Não haveria regressão infinita no caso da existência de um Deus. O conceito de Deus envolve eternidade, imutabilidade e onipotência.
Por isto em princípio precisamos definir se existe ou não, este algo, fora do Universo que lhe deu origem.
Quanta besteira, cara. Você acabou de falar algo que vai contra umas das premissas iniciais do tópico.
Citar
Em caso afirmativo, sim, teríamos que trabalhar os atributos deste algo, que no momento chama-se, singularidade.
Singularidade, antes de mais nada, foi um evento, um momento do universo. Suas propriedades já estão bem definidas, mesmo que para leigos que assistem documentários pela TV à cabo seja difícil entender o conceito de singularidade.
Citar
Pedro, pouco provável que algo dentro do Universo pudesse dar causa ao pp Universo; sendo Leis, regularidades ou quejandos.
Estou vendo aqui um juízo de valor? Quer dizer então que você baseia seu "argumento" em um juízo de valor?
Citar


Há tempos vi uma palestra onde um físico demonstrava que uma flutuação quântica teria dado origem ao universo. Assim a "grande questão" estaria resolvida.
Foi uma flutuação quântica, uma consequência do princípio da incerteza que, da mesma forma que ocorre a posição e velocidade, também seria aplicável às grandezas tempo e energia.
Suposições deste tipo, caro Pedro, são típicas dos físicos teóricos, dos quais não se exige qualquer prova desde que sua teoria não seja absurdamente infantil.
Um momento! Sei que a mesma refutação pode ser aplicada no caso da hipótese, Deus. Mas vejamos.
Se uma flutuação quântica já é uma possibilidade com limitados recursos, mesmo no terreno das sub-partículas, imaginar que fosse capaz de gerar um Universo que por acaso já possui a própria flutuação, contrariaria a premissa 3/4.
E você ainda diz que dizer que você é ignorante em relação ao tema discutido é um Ad hominem. Não é, você simplesmente desconhece do que está falando, e o pior, mesmo depois dos outros foristas mostrarem pontos onde você estava equivocado, você continuou a bater na mesma tecla.
Citar
Meu caro; aqui neste ambiente o mínimo que se pede de um forista é educação. Focar seu argumento e adjetivação (por sinal a sua foi de péssimo gosto e pobre, pois se limitou a dizer que meu conhecimento é de tv a cabo) às ideias e não às pessoas.

Quando digo que você parece se educar com documentários, não é porque eu quero te ofender, mas sim porque eu realmente acredito que você se educa por meio de documentários. A razão disso é porque suas noções sobre o tema estão imersas num senso comum que é típico de quem assiste documentários demais.
Citar
Já caberia uma denúncia, o que nunca faria pois considero isto mero apelo ao mimimi...
Por favor, me denuncie.
Citar
Voltando ao tema, eu poderia lhe garantir que uma formação acadêmica em hard science seria suficiente para dispensar conhecimentos de tv a cabo. Como você, também não sou especialista em cosmologia, mas gosto de pensar que tenho bom senso para identificar baboseiras, espantalhos e groselha, particularmente vindo de  não especialistas deslumbrados.
Você tem uma visão bem equivocada de sí mesmo, e eu não preciso ser um acadêmico estudante em hard science pra ver isso.
« Última modificação: 08 de Agosto de 2016, 06:32:47 por Euler1707 »

Offline invalid name

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.293
Re:argumento cosmológico
« Resposta #99 Online: 07 de Agosto de 2016, 19:11:29 »
Citação de: Euler1707
Isso não foi tirado do cú de ninguém...

Você quer dizer, de um black hole?

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!