Autor Tópico: coerência de minhas crenças  (Lida 9694 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.296
  • Haters are losers.
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #75 Online: 21 de Junho de 2016, 00:49:40 »
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #76 Online: 21 de Junho de 2016, 01:20:45 »
Ok, Giga. Você já tinha falado sobre isso antes de mim. (Não pense que o Alquimista não aprende coisas interessantes com os seus posts... Pois Ele aprende sim).  :ok:
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Rhyan

  • Visitante
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #77 Online: 21 de Junho de 2016, 02:10:17 »
Tá no fórum errado, aqui no CC a gente discute política... hahaha

criso, seu conjunto de crenças se baseia inteiramente na fé ou você tem suas evidências pessoais? Teria como relatar ou mostrar tais evidências de que suas crenças estão certas?

Você se questiona frequentemente sobre a possibilidade de estar errado?

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #78 Online: 21 de Junho de 2016, 05:30:40 »
Tá no fórum errado, aqui no ''CC'' a gente discute ''política''... hahaha

Então vocês é que estão no fórum errado.  hahahahahahaha

« Última modificação: 21 de Junho de 2016, 06:58:07 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #79 Online: 21 de Junho de 2016, 10:50:07 »


Existe uma realidade que, apesar de não ser perfeitamente percebida pelos sentidos, pode ser percebida por instrumentos. Então, com a ajuda da Ciência e da tecnologia, podemos ir além dos sentidos o que significa que você está equivocado. Portanto a realidade física externa é real porque pode ser medida objetivamente, independente das nossas crenças. Posso, por exemplo, saber a composição química das estrelas apenas analisando sua luz com a ajuda de um espectrômetro. A estrela existe, está (ou estava) lá no momento da medição e ela independe do que penso ou imagino como realidade.

algo como Deus que absolutamente não possa ser percebido pelos sentidos é racionalmente considerado  inexistente ok ?
Então esta sendo contraditório ao afirmar que a ciência pode ir alem dos sentidos, quando o certo é afirma que ela só pode ampliar os sentidos ja existentes.
mas digamos que antes, ondas vindas do espaço passavam despercebidas alem dos  sentidos humanos, então como elas passaram a ser percebidas?
Como algo  inconsciente pode passar a ser consciente aos  sentidos fisicos ?

« Última modificação: 21 de Junho de 2016, 10:52:46 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.296
  • Haters are losers.
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #80 Online: 21 de Junho de 2016, 21:24:39 »
Nada disso que você escreveu faz sentido.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Euler1707

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 664
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #81 Online: 21 de Junho de 2016, 21:43:54 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #82 Online: 21 de Junho de 2016, 21:51:22 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

Um caso real:

Citação de: Alquimista em Crer ou não crer, eis a questão
Sobre fantasmas, vale a pena contar o que se sucedeu com um amigo chileno certa vez:

_Ele costumava narrar sua experiência com fantasmas no seu quarto. Um dia pedi para ele mais detalhes, o que me foi concedido. Sua estória tinha todas as características clássicas de uma paralisia do sono. Em seguida procurei um bom site com a descrição dessa condição e passei o link para ele ler.
Ao término da leitura, ele de repente disse, atônito: ''caraca! é isso mesmo que eu senti! Puxa, como você descobriu?''
Não foi difícil para ele ficar convencido de que tinha sofrido os sintomas da paralisia do sono, o que explicaria facilmente sua experiência com espectros amorfos e cinzentos.
Quer dizer então que o chileno se sentiu melhor após isso?
Nananinanão. Na verdade ele falou que eu havia destruído a experiência dele e depois me confessou que era muito mais feliz quando acreditava que eram fantasmas que ele via. Então concluiu que iria continuar a contar para todo mundo sua estória sobrenatural porque soava muito mais interessante (do que a realidade) e isso fazia dele um cara muito especial aos olhos de outros.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.296
  • Haters are losers.
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #83 Online: 21 de Junho de 2016, 22:10:10 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

Succubus & Incubus
https://en.wikipedia.org/wiki/Succubus
https://en.wikipedia.org/wiki/Incubus


Citar
In the field of medicine, there is some belief that the stories relating to encounters with succubi bear resemblance to the contemporary phenomenon of people reporting alien abductions, which has been ascribed to the condition known as sleep paralysis. It is therefore suggested that historical accounts of people experiencing encounters with succubi may rather have been symptoms of sleep paralysis, with the hallucination of the said creatures coming from their contemporary culture.

Many, including King James, have also correlated the succubi to wet dreams, or nocturnal emission. During the time when succubus lore was created, any sexual activity that was not purposefully procreative were considered sinful. The succubi may well have been an explanation for men who could not control their biological function, yet wanted to stay faithful to their society.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #84 Online: 21 de Junho de 2016, 22:20:00 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

Um fato pouco conhecido é que não somos só nós que muitas vezes temos medo de fantasmas, mas os fantasmas também tem tanto medo de nós quanto nós deles, ou mais. Então ao notar pessoas esboçando acordar, eles se afugentam.

"The Case for Ghosts: An Objective Look at the Paranormal", por J. Allan Danelek

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.296
  • Haters are losers.
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #85 Online: 21 de Junho de 2016, 22:37:21 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

Um fato pouco conhecido é que não somos só nós que muitas vezes temos medo de fantasmas, mas os fantasmas também tem tanto medo de nós quanto nós deles, ou mais. Então ao notar pessoas esboçando acordar, eles se afugentam.

"The Case for Ghosts: An Objective Look at the Paranormal", por J. Allan Danelek

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28764.msg822109#msg822109
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #86 Online: 21 de Junho de 2016, 23:00:50 »
Paranormalidade ou Manifestações Psicóticas ?

Relato de Caso

http://www.cerebromente.org.br/n06/doencas/psicose/psych.htm
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #87 Online: 22 de Junho de 2016, 10:15:54 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

a consciência humana não consegue vivenciar duas realidade ao mesmo tempo, quando perdeu o sentido desse mundo ela se focou no outro que pode ser real ou fruto do cérebro, quando voce forçou sua concentração aqui sua consciência desligou la e voltou para cá.. quando morrer ela ficará la , ai não adiantará chorar para querer acordar.
« Última modificação: 22 de Junho de 2016, 10:18:02 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #88 Online: 22 de Junho de 2016, 10:25:52 »
Me surpreende como ninguém ainda se deu conta que esses fenômenos "paranormais" são os mesmos de quando temos paralisia do sono. Eu já fui testemunha disso, e posso lhes garantir, que por mais assustador que tenha sido a experiência, ela foi fruto de minha psique. Como eu sei disso? R: Porque eu estive ciente do processo, isto é, minha mente estava (semi)consciente, e estando assim, eu pude ver tais vultos; bastou um tranco na minha respiração, um pouco de força nos meus braços, e de repente, desaparecem tais vultos, junto à minha paralisia.

Um fato pouco conhecido é que não somos só nós que muitas vezes temos medo de fantasmas, mas os fantasmas também tem tanto medo de nós quanto nós deles, ou mais. Então ao notar pessoas esboçando acordar, eles se afugentam.

"The Case for Ghosts: An Objective Look at the Paranormal", por J. Allan Danelek
é verdade eis a prova :

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.120
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #89 Online: 22 de Junho de 2016, 11:20:26 »
a consciência humana não consegue vivenciar duas realidade ao mesmo tempo, quando perdeu o sentido desse mundo ela se focou no outro que pode ser real ou fruto do cérebro, quando voce forçou sua concentração aqui sua consciência desligou la e voltou para cá.. quando morrer ela ficará la , ai não adiantará chorar para querer acordar.

Suas noções de neurologia são risíveis, caro Cria: por favor, faça um obséquio a si mesmo e ao CC e leia um pouco mais sobre o assunto, não se trata de teimosia de céticos, mas, se podemos observar o mesmo padrão nas experiências de paralisia do sono, bem como a indução de uma "presença fantasma", é preferível realmente acreditar que espíritos, desencarnados ou não, estejam procurando contato?

Conhece o conceito da Navalha de Occam? Me poupe, se poupe, nos poupe...
GNOSE

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.120
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #90 Online: 22 de Junho de 2016, 11:41:46 »
http://www.cerebromente.org.br/n06/doencas/psicose/psych.htm

Interessante relato, que aposto que não foi lido pelo Cria; a propósito, queria ressaltar que no caso citado, o paciente, após a estimulação fótica e prescrição de medicação, tem uma vida considerada "normal", ou seja, sem alucinações/visões. Destaque para essas frases:

"Segundo Chatrian e colaboradores, quando o cérebro é submetido à estimulação por uma certa onda, ele tende a adotar aquela onda como seu padrão dominante, durante o tempo da estimulação. Este tipo bem conhecido de resposta à estimulação fótica intermitente é chamado de pulsão fótica (photic driving). No caso de GUV, no entanto, a presença de um padrão delta de atividade estava presente dias depois da interrupção do estímulo fótico."

E:

"Embora temamos que, em um momento qualquer do futuro, possa haver recorrência, esperamos que isso não aconteça. Como médicos, sentimo-nos muito gratificados por sua melhora. Mas, como neurocientistas, sentimo-nos frustrados pois, na realidade, não sabemos exatamente por quê e como começaram e desapareceram os delírios de GUV. Podemos apenas conjeturar, mas, para a ciência, conjeturar não é o bastante."

Mesmo conseguindo devolver ao rapaz sua vida, ainda há a preocupação pela recorrência e frustração pelo desconhecimento da origem dos sintomas, bem como seu desaparecimento; ainda que não seja uma assunção de derrota, reconhece a dificuldade em tratar pessoas quando as influências externas são fatores decisivos em nossas mentes.

"Drogas" nem sempre encaminham uma pessoa ao hospício - às vezes as mantêm fora dele.

GNOSE

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #91 Online: 22 de Junho de 2016, 15:49:00 »
a consciência humana não consegue vivenciar duas realidade ao mesmo tempo, quando perdeu o sentido desse mundo ela se focou no outro que pode ser real ou fruto do cérebro, quando voce forçou sua concentração aqui sua consciência desligou la e voltou para cá.. quando morrer ela ficará la , ai não adiantará chorar para querer acordar.

Suas noções de neurologia são risíveis, caro Cria: por favor, faça um obséquio a si mesmo e ao CC e leia um pouco mais sobre o assunto, não se trata de teimosia de céticos, mas, se podemos observar o mesmo padrão nas experiências de paralisia do sono, bem como a indução de uma "presença fantasma", é preferível realmente acreditar que espíritos, desencarnados ou não, estejam procurando contato?

Conhece o conceito da Navalha de Occam? Me poupe, se poupe, nos poupe...

voces céticos deveriam serem também céticos das suas próprias crenças , porque são tão crentes das suas explicações pseudo cientificas?
se alguem diz vai a acontecer  algo e de fato  acontece,  voces dizem foi apenas coincidência! Se um morto ressuscitou então é porque ele não estava morto de fato, os médicos falharam assinando atestado de óbito, em uma EQM a pessoa descreve todo o processo cirúrgico, voces dizem que foi um efeito das drogas,mas drogas agora fazem as pessoas ficarem lucidas até de olhos fechados? a crença de voces chega ter vidência.
eu tambem li a reportagem afirmando que viagens astrais, podem ser simuladas atuando fisicamente no cerebro e agora esses fantasmas virtuais,mas isso não prova inexistência desses fenômenos, então deixe de ser crente da ciência dos outros e vá vivenciar pessoalmente as experiências para ver se são verdadeiras ou não! alias poderia nos relembrar do seu sonho profético que iria passar em um concurso publico e  ser convocada?  :twisted:
« Última modificação: 22 de Junho de 2016, 15:51:22 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.120
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #92 Online: 22 de Junho de 2016, 16:52:04 »
Boa lembrança, Cria; mas lembre-se das disposições e pré disposições: se eu não tivesse sido convocada (aliás, eu havia me preparado para vários concursos, então essa hipótese era quase nula), não haveria "sonho profético", pois tendemos a lembrar apenas do que coincide com nossas expectativas.

Por isso temos que afiar bem a Navalha: com ela pude analisar os fatos e concluir que minha pré cognição, ainda que correta, foi apenas fruto da ansiedade e necessidade do momento, nada a acrescentar como "evidência" de "comunicação astral" ou o que quer que chamem, somente um construto mental baseado nos dados disponíveis.
GNOSE

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.699
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #93 Online: 22 de Junho de 2016, 18:06:38 »
Tá no fórum errado, aqui no ''CC'' a gente discute ''política''... hahaha

Então vocês é que estão no fórum errado.  hahahahahahaha



O pior é que não, dada a quantidade imensa de crenças sem fundamento na política, e da relação promíscua entre política e religião...
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.699
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #94 Online: 22 de Junho de 2016, 18:14:46 »
voces céticos deveriam serem também céticos das suas próprias crenças , porque são tão crentes das suas explicações pseudo cientificas?
(...)

O que acontece é que não são crenças e sim evidências -e experiência em lidar na falta delas.

Faça como todo e qualquer outro pesquisador, traga evidências mais palpáveis e a coisa mudará de figura.

É assim na ciência, na descoberta de uma estrela, na reformulação da teoria da gravidade ou no conceito do éter (que provou ser falso) ou com o campo eletromagnético (que provou existir), por quê não seria assim com suas teorias sobre o além-morte ?

Há uma desconfiança saudável a qualquer nova teoria, mais quando contradiz toda a nossa experiência, mas se tiver evidências e suas explicações forem acertadas e forem capazes de prever novos dados sobre a vida após a morte, ou viagens extracorporais, ou o que tiver de teoria para propor, com certeza acabará por ser aceita.

Mas se depois de milhares de anos de relatos e nenhuma evidência, e muitas outras explicações mais simples para esses fenômenos, por agora o seu nível de credibilidade é que está no vermeho...
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #95 Online: 22 de Junho de 2016, 18:20:50 »
a consciência humana não consegue vivenciar duas realidade ao mesmo tempo, quando perdeu o sentido desse mundo ela se focou no outro que pode ser real ou fruto do cérebro, quando voce forçou sua concentração aqui sua consciência desligou la e voltou para cá.. quando morrer ela ficará la , ai não adiantará chorar para querer acordar.

Suas noções de neurologia são risíveis, caro Cria: por favor, faça um obséquio a si mesmo e ao CC e leia um pouco mais sobre o assunto, não se trata de teimosia de céticos, mas, se podemos observar o mesmo padrão nas experiências de paralisia do sono, bem como a indução de uma "presença fantasma", é preferível realmente acreditar que espíritos, desencarnados ou não, estejam procurando contato?

Conhece o conceito da Navalha de Occam? Me poupe, se poupe, nos poupe...

voces céticos deveriam serem também céticos das suas próprias crenças , porque são tão crentes das suas explicações pseudo cientificas?
se alguem diz vai a acontecer  algo e de fato  acontece,  voces dizem foi apenas coincidência! Se um morto ressuscitou então é porque ele não estava morto de fato, os médicos falharam assinando atestado de óbito, em uma EQM a pessoa descreve todo o processo cirúrgico, voces dizem que foi um efeito das drogas,mas drogas agora fazem as pessoas ficarem lucidas até de olhos fechados? a crença de voces chega ter vidência.
eu tambem li a reportagem afirmando que viagens astrais, podem ser simuladas atuando fisicamente no cerebro e agora esses fantasmas virtuais,mas isso não prova inexistência desses fenômenos, então deixe de ser crente da ciência dos outros e vá vivenciar pessoalmente as experiências para ver se são verdadeiras ou não! alias poderia nos relembrar do seu sonho profético que iria passar em um concurso publico e  ser convocada?  :twisted:



Criaturo, não estamos falando de crenças, mas sim de EVIDÊNCIAS.   Crenças pouco importam aqui.

Vou dar um exemplo bem grosseiro pra você entender:

Imagine que um colega de trabalho te aborda num canto e sussurra que ficou sabendo por terceiros que a sua mulher tá te traindo com seu melhor amigo.
Você fica chocado... Talvez até com raiva do seu colega. É uma mera fofoca. Pois você ''acredita'' na sua mulher.
Ok. Dias depois você recebe um telefonema anônimo, a voz do outro lado da linha é feminina, e o que ela lhe conta bate exatamente com a ''mera fofoca'' do seu colega. Inclusive te dá até mais detalhes e roga para que você fique esperto.
Ao chegar em sua casa, você decide apurar a ''estória'' e a sua mulher (já bastante apreensiva) te responde de uma maneira tão eloquente, com uma voz carregada e mesclada de tamanha emotividade e ira, que você ''acredita'' na negação dela e passa uma borracha no suposto adultério. É normal, afinal de contas, tendemos a creditar somente o que sai pela boca e nos esquecemos do mais importante: que o corpo fala. 
Bem, na outra semana, surgem mais ''boatos''. Dessa vez de um vizinho, depois de uma tia e finalmente de outro amigo (da sua confiança), todos afirmando que tua mulher tá te ponde chifres com teu melhor amigo. Inclusive o vizinho até viu.
Agora você para e pensa: ''peraí, o que está acontecendo???!!! Onde há fumaça há fogo.''
Então você lembrou que é um bom marido e como bom marido é seu dever ''confiar'' na esposa. Afinal, são anos de casamento para serem jogados fora por causa de umas... ''meras fofoquinhas''.
Mas o pesadelo só está começando!
Mais uma semana, mais e mais EVIDÊNCIAS surgem, todas coerentes umas com as outras. Até aquele seu primo que você admira tanto pela sinceridade e honestidade se envolve. Até que... você recebe uma foto no seu telemóvel (cuja fonte é anônima) acompanhada pelo seguinte dizer: ''Bem que nós te avisamos!!! Seu corno manso!!!''.
Na fotografia, sua mulher no banco do carona do carro do seu melhor amigo, prestes a entrarem num Motel!!!!!!!!!! Justamente como relataram as testemunhas. No flagra!!!

Então, Criaturo, o que você faria com essa enxurrada de EVIDÊNCIAS???
Claro que a fotografia não é a prova absoluta, pois sua mulher não foi pega no ato, no coito.
Isso seria suficiente para você dar aquela coçadinha na cabeça e concluir, ''Pro inferno, eu ''acredito'' nela porque a amo. Meu amigo deve ter dado carona pra ela e sem querer, por distração, ele errou a rota e entrou no Motel.''??? Ou... (pra ficar bem Spenceriana (((ou Almeidiana))) a coisa) ''Meu amigo deu carona pra minha mulher e por acaso passaram em frente a um Motel (((que por ventura ficava no caminho))) e o jogo de luz, ângulo, foco e condição atmosférica na posição e momento em que a pessoa tirou a foto causou uma ilusão de que o carro adentrava no Motel.''??? Pior ainda: ''Minha mulher e meu amigo são bons cristãos, acreditam em deus, por isso nunca iriam me trair porque está escrito na bíblia que cometer adultério é pecado. Com certeza eles devem ter parado na porta do Motel pra abençoar aquele lugar, que é o antro da perdição.''???
 
Ou você seria mais sensato e bradaria: ''Manso??? Tô fora... Na minha cabeça não!!!''  E daria o pé na bunda da sua muié.  hahahahahahahahahahaha

EVIDÊNCIAS é uma coisa. Crenças é outra. E contra fatos não há argumentos.

Veja o caso do chinelo, ops.. chileno. E os ''fantasmas'' que ''sumiram'' após um tratamento porque de fato nunca existiram, a não ser na mente?
Casos de paralisia do sono são relatados desde a Idade Média. Todos seguindo um determinado padrão. Confira os links que o Giga postou logo acima sobre os Incubus e Succubus.
Quanto à EQM, meu melhor amigo, que é anestesista, me brindou com uma brilhante explicação médica que sepulta de uma vez por todas essa abobrinha.
Enfim, logo logo as neurociências colocará um pingo em todos os ''is' do ''mimimisticismo''. São as EVIDÊNCIAS...  E elas falam mais ALTO.
« Última modificação: 22 de Junho de 2016, 19:07:28 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline homemcinza

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 771
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #96 Online: 22 de Junho de 2016, 19:15:32 »
Boa lembrança, Cria; mas lembre-se das disposições e pré disposições: se eu não tivesse sido convocada (aliás, eu havia me preparado para vários concursos, então essa hipótese era quase nula), não haveria "sonho profético", pois tendemos a lembrar apenas do que coincide com nossas expectativas.

Por isso temos que afiar bem a Navalha: com ela pude analisar os fatos e concluir que minha pré cognição, ainda que correta, foi apenas fruto da ansiedade e necessidade do momento, nada a acrescentar como "evidência" de "comunicação astral" ou o que quer que chamem, somente um construto mental baseado nos dados disponíveis.

E quantas sonharam e não passaram? Isso acho que ninguem contabiliza. Quantos sonham em ganhar na megasena e não ganham?.  Quantos sonham que irão morrer e não morrem? E assim por diante...

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #97 Online: 22 de Junho de 2016, 19:29:42 »
Veja o caso da Hipnose, considerada por muitos como uma pseudociência, uma charneca, pois ainda é um território ''pantanoso''.

Uma de minhas inumeráveis aptidões é a de ser Hipnólogo, e todo pesquisador/praticante sério dessa área sabe que, em se tratando de explicar o fenômeno ''transe'', os hipnotistas se dividem em duas searas:
_os que acreditam na ''teoria do estado''.
_e os que acreditam na  ''teoria do não-estado''.
(Chamam-se assim devido ao ''suposto estado alterado de consciência''.)

Por que a palavra ''acreditar''? Porque aí sim escolher entre uma ou outra ''teoria'' se trata de mera questão de ''acreditar'', não por serem mal embasadas ou infundadas, pelo contrário... Ambas são alicerçadas por EVIDÊNCIAS, e boas evidências, e a balança, por enquanto, ainda não está pendendo pra nenhum lado. (Mas logo saberemos quem está certo...) 
A diferença é que somos justos e assumimos que é crença arrogar uma ou outra ''teoria''. Há também os que ficam em cima do muro. Os agnósticos... hehehe  A turma do ''tanto faz''.  Funcionando a indução, é isso que importa.

Ahhh, mas não pense que não há unanimidades no hipnotismo (baseadas em evidências). Quando a questão é regressão de ''vidas passadas'', é consenso entre os hipnotistas sérios que isso aí não passa de mera abobrinha.

Percebe a diferença entre os tipos de crenças??? A religiosa não precisa de embasamento e evidências. A fé (míope) pela fé (cega) basta.

Inclusive meu professor de Hipnose, que hoje é um dos mais famosos do youtube, é espírita e mesmo assim admitiu que tudo o que ele presencia nas sessões de espiritismo (bem como nas igrejas evanjeguecas) é pura hipnose (quando não são truques ou prestidigitação). 
« Última modificação: 22 de Junho de 2016, 20:00:56 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #98 Online: 22 de Junho de 2016, 19:40:36 »
Se o criso entrou aqui por trollagem, ele deve estar do outro lado do ecrã dando ''criso de riso'', pois o seu tópico tá rendendo, hein?!
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:coerência de minhas crenças
« Resposta #99 Online: 23 de Junho de 2016, 09:43:34 »
Boa lembrança, Cria; mas lembre-se das disposições e pré disposições: se eu não tivesse sido convocada (aliás, eu havia me preparado para vários concursos, então essa hipótese era quase nula), não haveria "sonho profético", pois tendemos a lembrar apenas do que coincide com nossas expectativas.

Por isso temos que afiar bem a Navalha: com ela pude analisar os fatos e concluir que minha pré cognição, ainda que correta, foi apenas fruto da ansiedade e necessidade do momento, nada a acrescentar como "evidência" de "comunicação astral" ou o que quer que chamem, somente um construto mental baseado nos dados disponíveis.

concluo que esta sua pre visão virtual só evidencia ainda mais a sua fé de que a força dos nossos  pensamentos podem criar realidades futuras.
aproveite essa sua fé para ficar rica, faça assim deposite toda ela em  varias   loterias, isso aumentará muito a sua chance de sonhar que ficou rica e quando se tornar uma realidade não precisa nem vir me agradecer, pois para mim esta sua fé cética chega a ser comovente!  :'( :chorao: :chorao:
ha....ha...ha..ha..ha..ha..ha.. :histeria:
« Última modificação: 23 de Junho de 2016, 09:46:05 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!