Autor Tópico: Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)  (Lida 2923 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.361
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #75 Online: 28 de Junho de 2016, 16:08:55 »
Muitos dos sonhos que temos são interferências ou ligações entre realidades paralelas, onde os sonhos premonitórios de fato se realizaram. Você pode estar nesse universo se gabando de não ter morrido como no sonho, mas num universo paralelo você não fez essa postagem nesse fórum porque morreu tal qual seu sonho previu.

Não é filosofia, é física quântica.


Offline invalid name

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.293
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #76 Online: 28 de Junho de 2016, 21:42:34 »
Os sonhos podem vir de lembranças desses mundos paralelos, onde a consciência experimenta outras realidades. É o fenômeno do "Alter Vu". Por exemplo, Marty McFly  em "De volta ao futuro" lembrava que o nome do shopping era Twin Pines Mall, mas devido à sua viagem no tempo o nome mudou para Lone Pine Mall. Ele se lembrava dessas duas realidades em universos paralelos. A diferença entre o "Déjà-Vu" e o "Alter Vu" é que o primeiro se refere à memórias de versões de nós mesmos em outros universos enquanto o segundo são memórias verdadeiras de linhas do tempo alteradas.

http://www.strangerdimensions.com/2012/03/21/john-titor-the-alter-vu-phenomenon/


Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #77 Online: 29 de Junho de 2016, 00:24:22 »
estando minha esposa gravida , sonhava eu estar conversando com uma menininha de uns 4 anos, passamos a noite conversando  sentados   na minha cama,  a garotinha tinha uma conversa bem madura, como se fosse adulta isso foi o que mais me chamou atenção.
No outro dia disse a minha esposa que se fosse menina eu daria o nome, assim nasceu a minha filha que de fato é bem madura pela pouca idade.

Tem casos em que o ditado ''tal pai, tal filho'' não é verdade mesmo.  kkkkkkkkkkkkkkkkkkk 


Citar
Outro sonho estava eu em um navio fornicando com uma loira, só que a todo momento me lembrava que não podia por que era casado.

Mas que tarado!!! Era latinha ou era garrafa?????  hahahahahahahahahaha   Não dói????  hahahahahaha


Citar
Quando acordei de manhã  a primeira coisa que a minha esposa disse foi "sonhei que voce estava me traindo "....he...he..he..he

Hummm... Esse papo de traição entre vocês dois tá ficando cada vez mais sério, hein?! Veja:

a consciência humana não consegue vivenciar duas realidade ao mesmo tempo, quando perdeu o sentido desse mundo ela se focou no outro que pode ser real ou fruto do cérebro, quando voce forçou sua concentração aqui sua consciência desligou la e voltou para cá.. quando morrer ela ficará la , ai não adiantará chorar para querer acordar.

Suas noções de neurologia são risíveis, caro Cria: por favor, faça um obséquio a si mesmo e ao CC e leia um pouco mais sobre o assunto, não se trata de teimosia de céticos, mas, se podemos observar o mesmo padrão nas experiências de paralisia do sono, bem como a indução de uma "presença fantasma", é preferível realmente acreditar que espíritos, desencarnados ou não, estejam procurando contato?

Conhece o conceito da Navalha de Occam? Me poupe, se poupe, nos poupe...

voces céticos deveriam serem também céticos das suas próprias crenças , porque são tão crentes das suas explicações pseudo cientificas?
se alguem diz vai a acontecer  algo e de fato  acontece,  voces dizem foi apenas coincidência! Se um morto ressuscitou então é porque ele não estava morto de fato, os médicos falharam assinando atestado de óbito, em uma EQM a pessoa descreve todo o processo cirúrgico, voces dizem que foi um efeito das drogas,mas drogas agora fazem as pessoas ficarem lucidas até de olhos fechados? a crença de voces chega ter vidência.
eu tambem li a reportagem afirmando que viagens astrais, podem ser simuladas atuando fisicamente no cerebro e agora esses fantasmas virtuais,mas isso não prova inexistência desses fenômenos, então deixe de ser crente da ciência dos outros e vá vivenciar pessoalmente as experiências para ver se são verdadeiras ou não! alias poderia nos relembrar do seu sonho profético que iria passar em um concurso publico e  ser convocada?  :twisted:



Criaturo, não estamos falando de crenças, mas sim de EVIDÊNCIAS.   Crenças pouco importam aqui.

Vou dar um exemplo bem grosseiro pra você entender:

Imagine que um colega de trabalho te aborda num canto e sussurra que ficou sabendo por terceiros que a sua mulher tá te traindo com seu melhor amigo.
Você fica chocado... Talvez até com raiva do seu colega. É uma mera fofoca. Pois você ''acredita'' na sua mulher.
Ok. Dias depois você recebe um telefonema anônimo, a voz do outro lado da linha é feminina, e o que ela lhe conta bate exatamente com a ''mera fofoca'' do seu colega. Inclusive te dá até mais detalhes e roga para que você fique esperto.
Ao chegar em sua casa, você decide apurar a ''estória'' e a sua mulher (já bastante apreensiva) te responde de uma maneira tão eloquente, com uma voz carregada e mesclada de tamanha emotividade e ira, que você ''acredita'' na negação dela e passa uma borracha no suposto adultério. É normal, afinal de contas, tendemos a creditar somente o que sai pela boca e nos esquecemos do mais importante: que o corpo fala. 
Bem, na outra semana, surgem mais ''boatos''. Dessa vez de um vizinho, depois de uma tia e finalmente de outro amigo (da sua confiança), todos afirmando que tua mulher tá te ponde chifres com teu melhor amigo. Inclusive o vizinho até viu.
Agora você para e pensa: ''peraí, o que está acontecendo???!!! Onde há fumaça há fogo.''
Então você lembrou que é um bom marido e como bom marido é seu dever ''confiar'' na esposa. Afinal, são anos de casamento para serem jogados fora por causa de umas... ''meras fofoquinhas''.
Mas o pesadelo só está começando!
Mais uma semana, mais e mais EVIDÊNCIAS surgem, todas coerentes umas com as outras. Até aquele seu primo que você admira tanto pela sinceridade e honestidade se envolve. Até que... você recebe uma foto no seu telemóvel (cuja fonte é anônima) acompanhada pelo seguinte dizer: ''Bem que nós te avisamos!!! Seu corno manso!!!''.
Na fotografia, sua mulher no banco do carona do carro do seu melhor amigo, prestes a entrarem num Motel!!!!!!!!!! Justamente como relataram as testemunhas. No flagra!!!

Então, Criaturo, o que você faria com essa enxurrada de EVIDÊNCIAS???
Claro que a fotografia não é a prova absoluta, pois sua mulher não foi pega no ato, no coito.
Isso seria suficiente para você dar aquela coçadinha na cabeça e concluir, ''Pro inferno, eu ''acredito'' nela porque a amo. Meu amigo deve ter dado carona pra ela e sem querer, por distração, ele errou a rota e entrou no Motel.''??? Ou... (pra ficar bem Spenceriana (((ou Almeidiana))) a coisa) ''Meu amigo deu carona pra minha mulher e por acaso passaram em frente a um Motel (((que por ventura ficava no caminho))) e o jogo de luz, ângulo, foco e condição atmosférica na posição e momento em que a pessoa tirou a foto causou uma ilusão de que o carro adentrava no Motel.''??? Pior ainda: ''Minha mulher e meu amigo são bons cristãos, acreditam em deus, por isso nunca iriam me trair porque está escrito na bíblia que cometer adultério é pecado. Com certeza eles devem ter parado na porta do Motel pra abençoar aquele lugar, que é o antro da perdição.''???
 
Ou você seria mais sensato e bradaria: ''Manso??? Tô fora... Na minha cabeça não!!!''  E daria o pé na bunda da sua muié.  hahahahahahahahahahaha

EVIDÊNCIAS é uma coisa. Crenças é outra. E contra fatos não há argumentos.

Veja o caso do chinelo, ops.. chileno. E os ''fantasmas'' que ''sumiram'' após um tratamento porque de fato nunca existiram, a não ser na mente?
Casos de paralisia do sono são relatados desde a Idade Média. Todos seguindo um determinado padrão. Confira os links que o Giga postou logo acima sobre os Incubus e Succubus.
Quanto à EQM, meu melhor amigo, que é anestesista, me brindou com uma brilhante explicação médica que sepulta de uma vez por todas essa abobrinha.
Enfim, logo logo as neurociências colocará um pingo em todos os ''is' do ''mimimisticismo''. São as EVIDÊNCIAS...  E elas falam mais ALTO.


Citar
mal grado evidencias anedóticas ha crentes céticos como o Giga, que creem poder achar sempre uma explicação racional, do tipo : :quevedo:

Esses seus sonhozinhos aí não tão com nada. São fraquinhos perto dos que o Alquimista já narrou por aqui.


estava eu em um navio fornicando com uma loira, só que a todo momento me lembrava que não podia por que era casado.
Quando acordei de manhã  a primeira coisa que a minha esposa disse foi "sonhei que voce estava me traindo "

Quem manda ficar falando e gemendo durante o sono?  :histeria:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk   O ''gemendo'' tá justificado. Foi por causa da garrafa (ou da latinha)...  hahahahahahaha
« Última modificação: 29 de Junho de 2016, 00:48:30 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #78 Online: 29 de Junho de 2016, 11:17:11 »

Mas voltando ao ecto, só por curiosidade para quem tem interesse em aprofundar a visão hipoteticamente séria do tema pela viés da Conscienciologia, vale a pena ler e analisar para poder dar a opinião né. O pessoal aí está se baseando apenas em fenômenos muito antigos, que tal ver o que estão fazendo agora?


E o site oficial do centro de pesquisa deles
http://www.ectolab.org/

Aqui vai um artigo (ou melhor, um pré-projeto) que eles estão fazendo

Análise metabolômica de ectoplasmas
http://www.ectolab.org/wp-content/uploads/Analise-Metabolomica-do-Sangue-de-Ectoplastas.pdf

Efeito do Ectoplasma utilizando Allium Cepa
http://www.ectolab.org/wp-content/uploads/Projeto-Ectoplasmia-e-Allium-cepa.pdf

muito interessante estes estudos,mas a aqui mesmo temos uma colega cetica afirmando que a sua vontade criou um sonho que  tornou se uma realidade pratica.
isto prova que a mente pode influenciar a materia.
conhecimento milenar " mente sã corpo são"
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #79 Online: 29 de Junho de 2016, 11:26:11 »
Essa boa vontade de colaborar com o próprio engano é de embasbacar.

Exatamente, hoje estava pensando. Até que ponto é interessante desiludir esse povo? Uma coisa que eu aprecio é a ideia de que "cada um tem seu tempo e seus porquês", seu "nível evolutivo" como diria o pessoal da Consc... Eu percebo que não são poucos os que já saíram de lá e já largaram o verbo (de forma positiva e construtiva), mas vê-se que isso não muda o pessoal que está lá dentro. Eu acho que quem tem essa sementinha da dúvida naturalmente vai procurar por fora uma visão mais ampla e tirar o véu da ilusão. Eu como por exemplo, com já disse estou passando por isso agora, mas só por que para mim era necessário. Vejo que tem gente lá com brilho nos olhos (e não só por que está sendo ludibriado nem nada assim) mas por que serviu como o consolo que não encontraram em religião nenhuma, onde existe uma critica maior a sistemas sem a racionalidade básica, gente que tem o ímpeto de buscar algo mais. Naturalmente que mais hora menos hora esse povo também vai acabar se achando (se permitirem-se a isso). São etapas. Enquanto isso encontrarão mil e uma suposições, pseudo-refutações, paradigmas alternativos e assim por diante.
Sinceramente, adoraria poder vislumbrar como será a Conscienciologia daqui 100 ou 200 anos (se ela sobreviver), já que supostamente buscam a evolução, a própria evolução diria a estes que estão muito, muito enganados em pelo menos uma grande parte de suas crenças.
a maior ilusão é achar que deixou de ser um iludido, ser humano é ser um eterno iludido, voce não deixa de ser iludido apenas troca uma tipo de ilusão por outra.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.233
  • Sexo: Masculino
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #80 Online: 29 de Junho de 2016, 11:33:27 »
muito interessante estes estudos,mas a aqui mesmo temos uma colega cetica afirmando que a sua vontade criou um sonho que  tornou se uma realidade pratica.
isto prova que a mente pode influenciar a materia.
conhecimento milenar " mente sã corpo são"

Estou acompanhando muito superficialmente o tópico, mas este post me chamou a atenção.

Você tem como colocar aqui o comentário da colega cética?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #81 Online: 29 de Junho de 2016, 11:37:05 »
Citar
De início é importante observar que embora se afirme ser a crença algo fora da racionalidade, o crente não deixa de ser racional em sua vida prática. São tão bem sucedidos em seus empreendimentos profissionais e intelectuais quanto qualquer outro.

A crença em si não é algo fora da racionalidade, a vida prática é que é irracional porque não contempla a realidade da vida espiritual. É tudo uma questão de harmonização de frequências. O plano espiritual vibra em frequências mais sutis, enquanto a vida prática tem muitos ruídos e interferências devido à proximidade da matéria, grosseira por natureza. O crente é bem sucedido porque assimila a frequência de vibração do plano espiritual, que é mais pura e abre canais transcendentais para a manifestação da intuição, abertura dos plexos energéticos e cristalização da glândula pineal. Pessoas bem sucedidas são pessoas de "visão", ou melhor de "3a. visão".

A crença é sim irracional ja que desconsidera os limites da razão e dos sentidos.
onde estaria a razão de um ser humano desejar o bem dos seus carrascos isso seria amor ou  loucura?
mas se afirma que somos maquinas a nossa razão é bem limitada, dai que ser irracional pode ser considerado a evolução do saber  sem precisar raciocinar é um processador bem mais rápido!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #82 Online: 29 de Junho de 2016, 11:41:45 »
Muitos dos sonhos que temos são interferências ou ligações entre realidades paralelas, onde os sonhos premonitórios de fato se realizaram. Você pode estar nesse universo se gabando de não ter morrido como no sonho, mas num universo paralelo você não fez essa postagem nesse fórum porque morreu tal qual seu sonho previu.

Não é filosofia, é física quântica.

E por que essa preferência  pelos universos paralelos quando os universos em serie podem ser bem mais interativos  criativos ?:grupo:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #83 Online: 29 de Junho de 2016, 12:04:48 »
muito interessante estes estudos,mas a aqui mesmo temos uma colega cetica afirmando que a sua vontade criou um sonho que  tornou se uma realidade pratica.
isto prova que a mente pode influenciar a materia.
conhecimento milenar " mente sã corpo são"

Estou acompanhando muito superficialmente o tópico, mas este post me chamou a atenção.

Você tem como colocar aqui o comentário da colega cética?

segue na integra:

a consciência humana não consegue vivenciar duas realidade ao mesmo tempo, quando perdeu o sentido desse mundo ela se focou no outro que pode ser real ou fruto do cérebro, quando voce forçou sua concentração aqui sua consciência desligou la e voltou para cá.. quando morrer ela ficará la , ai não adiantará chorar para querer acordar.

Suas noções de neurologia são risíveis, caro Cria: por favor, faça um obséquio a si mesmo e ao CC e leia um pouco mais sobre o assunto, não se trata de teimosia de céticos, mas, se podemos observar o mesmo padrão nas experiências de paralisia do sono, bem como a indução de uma "presença fantasma", é preferível realmente acreditar que espíritos, desencarnados ou não, estejam procurando contato?

Conhece o conceito da Navalha de Occam? Me poupe, se poupe, nos poupe...

voces céticos deveriam serem também céticos das suas próprias crenças , porque são tão crentes das suas explicações pseudo cientificas?
se alguem diz vai a acontecer  algo e de fato  acontece,  voces dizem foi apenas coincidência! Se um morto ressuscitou então é porque ele não estava morto de fato, os médicos falharam assinando atestado de óbito, em uma EQM a pessoa descreve todo o processo cirúrgico, voces dizem que foi um efeito das drogas,mas drogas agora fazem as pessoas ficarem lucidas até de olhos fechados? a crença de voces chega ter vidência.
eu tambem li a reportagem afirmando que viagens astrais, podem ser simuladas atuando fisicamente no cerebro e agora esses fantasmas virtuais,mas isso não prova inexistência desses fenômenos, então deixe de ser crente da ciência dos outros e vá vivenciar pessoalmente as experiências para ver se são verdadeiras ou não! alias poderia nos relembrar do seu sonho profético que iria passar em um concurso publico e  ser convocada?  :twisted:

Boa lembrança, Cria; mas lembre-se das disposições e pré disposições: se eu não tivesse sido convocada (aliás, eu havia me preparado para vários concursos, então essa hipótese era quase nula), não haveria "sonho profético", pois tendemos a lembrar apenas do que coincide com nossas expectativas.

Por isso temos que afiar bem a Navalha: com ela pude analisar os fatos e concluir que minha pré cognição, ainda que correta, foi apenas fruto da ansiedade e necessidade do momento, nada a acrescentar como "evidência" de "comunicação astral" ou o que quer que chamem, somente um construto mental baseado nos dados disponíveis.

Boa lembrança, Cria; mas lembre-se das disposições e pré disposições: se eu não tivesse sido convocada (aliás, eu havia me preparado para vários concursos, então essa hipótese era quase nula), não haveria "sonho profético", pois tendemos a lembrar apenas do que coincide com nossas expectativas.

Por isso temos que afiar bem a Navalha: com ela pude analisar os fatos e concluir que minha pré cognição, ainda que correta, foi apenas fruto da ansiedade e necessidade do momento, nada a acrescentar como "evidência" de "comunicação astral" ou o que quer que chamem, somente um construto mental baseado nos dados disponíveis.

concluo que esta sua pre visão virtual só evidencia ainda mais a sua fé de que a força dos nossos  pensamentos podem criar realidades futuras.
aproveite essa sua fé para ficar rica, faça assim deposite toda ela em  varias   loterias, isso aumentará muito a sua chance de sonhar que ficou rica e quando se tornar uma realidade não precisa nem vir me agradecer, pois para mim esta sua fé cética chega a ser comovente!  :'( :chorao: :chorao:
ha....ha...ha..ha..ha..ha..ha.. :histeria:

concluo que esta sua pre visão virtual só evidencia ainda mais a sua fé de que a força dos nossos  pensamentos podem criar realidades futuras.
Suas conclusões ao meu respeito não me interessam, nem um pouquinho, caro Cria, mas como você tentou criar analogias usando um caso contado por mim, eu preciso esclarecer duas coisas, as quais eu negritei acima:

a) "pré visão virtual"? WTF? Eu tive um sonho, Cria, um S-O-N-H-O, um back up mental que puxa minhas lembranças, mistura com minhas expectativas e de brinde coloca tudo num grande caldeirão lúdico para melhor absorção. Capicce?

b) que papo é esse de "minha fé", Cria? A fé é sua, não minha, em "pensamentos criando realidades futuras", eu, hein...

aproveite essa sua fé para ficar rica, faça assim deposite toda ela em  varias   loterias, isso aumentará muito a sua chance de sonhar que ficou rica e quando se tornar uma realidade não precisa nem vir me agradecer, pois para mim esta sua fé cética chega a ser comovente!

Tentativa de comparar estudar para um concurso em acertar numa loteria é meio forçado, Cria: ainda que ambas as situações dependam do quociente probabilidade, acertar na Mega Sena é uma chande de um em 5 milhões, ao passo que a chance de passar em um concurso ESTUDANDO é muito mais elevada, e sem comparação possível. Quanto a ficar rica, é um sonho recorrente a muitas pessoas, mas não para mim, que já sou. :twisted:

e quando se tornar uma realidade não precisa nem vir me agradecer, pois para mim esta sua fé cética chega a ser comovente!  :'( :chorao: :chorao:
ha....ha...ha..ha..ha..ha..ha.. :histeria:

Como sempre, quando não tem argumentos, a zombaria, ao chamar meu ceticismo de "fé"; caríssimo, não sou eu que acredita em fantasmas...

Evidências é que o que fortifica a fé de algumas pessoas que tendem a crer
Bobagem. Quem crê não está nem aí para evidências, isso é coisa para cambaleantes como você, o Spencer e Cia, incapazes de apenas crer por crer, como manda o figurino:

"Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente.
E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu!
Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram." João 20:27-29

no entanto como no caso da Brienne que ja decidiu não crer, nem que ressuscite um morto atestado pela ciência,  a crença cética dela tende acreditar em mil outras razões justificando a impossibilidade desse fato comprovado.
Vaticínios são coisas de crentes, Cria, na verdade, na verdade vos digo: nenhum ser humano vivente poderá descrer sem evidências de sua descrença, mas quem crê crerá ainda que todas as evidências apresentadas neguem sua crença.

Da mesma forma que ela se nega acreditar que seu sonho profético tenha se realizado, a não ser por força dos pensamentos dela...então ainda resta-lhe uma esperança crente!.....ha..ha..ha.ha.ha...

Eu não neguei nada, Cria, realizou-se sim, e daí? E as centenas de outros que não se realizaram? Não misture expectativa com realidade, sim?


Quanto a ressuscitar mortos, você de novo está atrasado...
http://reanima.tech/portfolio-view/project-2

concluo que esta sua pre visão virtual só evidencia ainda mais a sua fé de que a força dos nossos  pensamentos podem criar realidades futuras.
Suas conclusões ao meu respeito não me interessam, nem um pouquinho, caro Cria,

malcriada!

mas como você tentou criar analogias usando um caso contado por mim, eu preciso esclarecer duas coisas, as quais eu negritei acima:

Citar
a) "pré visão virtual"? WTF? Eu tive um sonho, Cria, um S-O-N-H-O, um back up mental que puxa minhas lembranças, mistura com minhas expectativas e de brinde coloca tudo num grande caldeirão lúdico para melhor absorção. Capicce?
é voce que leva essas coisa na brincadeira eu acho isso evidentemente possivel.

Citar
b) que papo é esse de "minha fé", Cria? A fé é sua, não minha, em "pensamentos criando realidades futuras", eu, hein...
exato sua fé, cria!
Voce acreditou que um sonho poderia se transformar em uma realidade e bingo !


aproveite essa sua fé para ficar rica, faça assim deposite toda ela em  varias   loterias, isso aumentará muito a sua chance de sonhar que ficou rica e quando se tornar uma realidade não precisa nem vir me agradecer, pois para mim esta sua fé cética chega a ser comovente!
Citar
Tentativa de comparar estudar para um concurso em acertar numa loteria é meio forçado, Cria: ainda que ambas as situações dependam do quociente probabilidade, acertar na Mega Sena é uma chande de um em 5 milhões, ao passo que a chance de passar em um concurso ESTUDANDO é muito mais elevada, e sem comparação possível. Quanto a ficar rica, é um sonho recorrente a muitas pessoas, mas não para mim, que já sou. :twisted:
passar em concursos  de fato não é muto difícil,mas ser chamado ai sim é quase um milagre!
só é verdadeiramente rico quem esta feliz com que  tem.


e quando se tornar uma realidade não precisa nem vir me agradecer, pois para mim esta sua fé cética chega a ser comovente!  :'( :chorao: :chorao:
ha....ha...ha..ha..ha..ha..ha.. :histeria:
Citar
Como sempre, quando não tem argumentos, a zombaria, ao chamar meu ceticismo de "fé"; caríssimo, não sou eu que acredita em fantasmas...
ok pode ser que deixou de acreditar em fantasmas,mas não pode negar que acredita que sonhos podem ser transfomrados literalmente em realidades.  :hihi:
« Última modificação: 29 de Junho de 2016, 12:10:19 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #84 Online: 29 de Junho de 2016, 12:14:38 »
estava eu em um navio fornicando com uma loira, só que a todo momento me lembrava que não podia por que era casado.
Quando acordei de manhã  a primeira coisa que a minha esposa disse foi "sonhei que voce estava me traindo "

Quem manda ficar falando e gemendo durante o sono?  :histeria:
que nada ! sou do do tipo come quieto!  :twisted:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #85 Online: 29 de Junho de 2016, 12:28:52 »

Ja sonhei que estava morrendo e nao morri. Ja sonhei que estava pilotando aviao e nao piloto, dentre varias outras coisas. Voce mesmo ja deve ter sonhado com um monte de coisas que não aconteceram e nem irão acontecer. Mas é claro voce vai ignorar todos os resultados negativos  e se concentrar em pequenas coincidências como sempre, sem apresentar uma unica prova de que isso tem algo a ver com o mundo invisivel que você construiu em sua cabeça. Isso não tem nenhuma valide num forum cético a nãoser como estudo de como nossas mentes tentam buscar padrões em acontecimentos.
é verdade ainda bem que a maioria das coisas que voce pensa o bom senso manda voce não torna-las reais.
ja imaginou a irracionalidade de todos os pensamentos e sonhos sem nexos tornando-se reais?
o argumento aqui é a capacidade do pensamento poder  se materializar, formatar a realidade!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #86 Online: 29 de Junho de 2016, 17:01:19 »
estava eu em um navio fornicando com uma loira, só que a todo momento me lembrava que não podia por que era casado.
Quando acordei de manhã  a primeira coisa que a minha esposa disse foi "sonhei que voce estava me traindo "

Quem manda ficar falando e gemendo durante o sono?  :histeria:
que nada ! sou do do tipo come quieto!  :twisted:

Come quietinho??? Tipo assim... só no papai e mamãe??? 
Não, Criaturo, tem que dar uma surtada na cama.  Recomendo ler aquela obra (in)fama... o Cama Surta.  hahahahahahahahaha
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline homemcinza

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 587
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #87 Online: 29 de Junho de 2016, 18:58:43 »

Ja sonhei que estava morrendo e nao morri. Ja sonhei que estava pilotando aviao e nao piloto, dentre varias outras coisas. Voce mesmo ja deve ter sonhado com um monte de coisas que não aconteceram e nem irão acontecer. Mas é claro voce vai ignorar todos os resultados negativos  e se concentrar em pequenas coincidências como sempre, sem apresentar uma unica prova de que isso tem algo a ver com o mundo invisivel que você construiu em sua cabeça. Isso não tem nenhuma valide num forum cético a nãoser como estudo de como nossas mentes tentam buscar padrões em acontecimentos.
é verdade ainda bem que a maioria das coisas que voce pensa o bom senso manda voce não torna-las reais.
ja imaginou a irracionalidade de todos os pensamentos e sonhos sem nexos tornando-se reais?
o argumento aqui é a capacidade do pensamento poder  se materializar, formatar a realidade!

Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #88 Online: 29 de Junho de 2016, 19:57:16 »

Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

A Brienne ja pensou , sonhou , acreditou e o seu sonho se realizou.
só no seu mundo do pais das maravilhas é que coisas sem nexos deveriam se materializar. :tease:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #89 Online: 29 de Junho de 2016, 20:10:01 »

Ja sonhei que estava morrendo e nao morri. Ja sonhei que estava pilotando aviao e nao piloto, dentre varias outras coisas. Voce mesmo ja deve ter sonhado com um monte de coisas que não aconteceram e nem irão acontecer. Mas é claro voce vai ignorar todos os resultados negativos  e se concentrar em pequenas coincidências como sempre, sem apresentar uma unica prova de que isso tem algo a ver com o mundo invisivel que você construiu em sua cabeça. Isso não tem nenhuma valide num forum cético a nãoser como estudo de como nossas mentes tentam buscar padrões em acontecimentos.
é verdade ainda bem que a maioria das coisas que voce pensa o bom senso manda voce não torna-las reais.
ja imaginou a irracionalidade de todos os pensamentos e sonhos sem nexos tornando-se reais?
o argumento aqui é a capacidade do pensamento poder  se materializar, formatar a realidade!

Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

Depende do que vocês chamam de ''materializar''.
Pensamentos podem causar uma série de alterações no corpo físico, desencadeando doenças fisiológicas. Próteses modernas podem ser movimentadas pela ação do pensamento.

Agora do jeito que o ''sonhador'' Criaturo quer expor a ''materialização'', isso só acontece nos filmes do Freddy Krueger.  hahahahahahahahaha



Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

A Brienne ja pensou , sonhou , acreditou e o seu sonho se realizou.
só no seu mundo do pais das maravilhas é que coisas sem nexos deveriam se materializar. :tease:

E a sua loira fornicadora ''dos sonhos''???!!!! Já se materializou??? Se a resposta for um sim, foi como latinha ou como garrafa??????  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

E que fixação é essa por sonhos? Por acaso és um ''sonambúlico''???  hahahahahahaha
« Última modificação: 29 de Junho de 2016, 20:55:39 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline homemcinza

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 587
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #90 Online: 29 de Junho de 2016, 20:38:34 »

Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

A Brienne ja pensou , sonhou , acreditou e o seu sonho se realizou.
só no seu mundo do pais das maravilhas é que coisas sem nexos deveriam se materializar. :tease:

Não porque eu não tenho esses desejos e um mundo em que fantasio as coisas serem asim ou assado. Meu argumento se baseia em seu argumento seletivo de que algumas coisas podem se materializar e outras não a bel prazer como se houvessem alguem por tras disso puxando as cordinhas.
Você deve demonstrar isso. Se você não tem como demonstrar que isso acontece, só demonstra que isso se passa apenas na sua cabeça cheia de fantasias. E num forum cetico isso não serve de nada. Talvez na Igreja você tenha sucesso.


Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #91 Online: 29 de Junho de 2016, 20:40:55 »
Talvez na Igreja você tenha sucesso.

Nem lá, viu?!  hihihihihhihi
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.971
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #92 Online: 29 de Junho de 2016, 20:54:46 »
Está usando meu sonho como tábua de salvação, caro Cria? Não perca seu tempo.

Também já sonhei que voava sobre a cidade, fazia parkour em cima de prédios, respirava embaixo d'água, pilotava helicópteros, uma vez sonhei com uma cidade em chamas, e nada disso até hoje aconteceu.

Infelizmente também sonhei com o Chris Hemsworth e não me consta que ele esteve aqui em casa...

Esta é uma pièce de resistance entre crentes e céticos: entender a diferença entre realidade e fantasia.
GNOSE

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #93 Online: 29 de Junho de 2016, 20:57:32 »
Putz! Que sonhos pirados, Brienne!!! Queria poder sonhar assim, mas o Alquimista nunca adormece aqui no Sobreolimpo.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.971
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #94 Online: 29 de Junho de 2016, 21:34:07 »
Comecei a ler as obras do Gustav justamente por causa desses meus sonhos, Arquialqui; queria entender como funciona esse processo, mas veja, o cipoal existente do compêndio por ele deixado é fascinante, e deve ser lido sempre com a Navalha a postos; para principiantes como o caro Cria, contudo, deixo um excelente link com algumas explicações bem claras:http://www.psicologiamsn.com/2014/01/os-significados-dos-sonhos-para-c-g-jung.html
« Última modificação: 29 de Junho de 2016, 21:37:09 por Brienne of Tarth »
GNOSE

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #95 Online: 30 de Junho de 2016, 12:54:49 »
estava eu em um navio fornicando com uma loira, só que a todo momento me lembrava que não podia por que era casado.
Quando acordei de manhã  a primeira coisa que a minha esposa disse foi "sonhei que voce estava me traindo "

Quem manda ficar falando e gemendo durante o sono?  :histeria:
que nada ! sou do do tipo come quieto!  :twisted:

Come quietinho??? Tipo assim... só no papai e mamãe??? 
Não, Criaturo, tem que dar uma surtada na cama.  Recomendo ler aquela obra (in)fama... o Cama Surta.  hahahahahahahahaha

eu acho que voce começou surtar na cama e não conseguiu parar mais.... :tease:
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #96 Online: 30 de Junho de 2016, 12:59:11 »

Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

A Brienne ja pensou , sonhou , acreditou e o seu sonho se realizou.
só no seu mundo do pais das maravilhas é que coisas sem nexos deveriam se materializar. :tease:

Não porque eu não tenho esses desejos e um mundo em que fantasio as coisas serem asim ou assado. Meu argumento se baseia em seu argumento seletivo de que algumas coisas podem se materializar e outras não a bel prazer como se houvessem alguem por tras disso puxando as cordinhas.
Você deve demonstrar isso. Se você não tem como demonstrar que isso acontece, só demonstra que isso se passa apenas na sua cabeça cheia de fantasias. E num forum cetico isso não serve de nada. Talvez na Igreja você tenha sucesso.
fato sonhos se realizam, os testemunhos foram apresentados se deseja continuar desacreditando ok!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #97 Online: 30 de Junho de 2016, 13:15:12 »
Está usando meu sonho como tábua de salvação, caro Cria? Não perca seu tempo.

Também já sonhei que voava sobre a cidade, fazia parkour em cima de prédios, respirava embaixo d'água, pilotava helicópteros, uma vez sonhei com uma cidade em chamas, e nada disso até hoje aconteceu.

Infelizmente também sonhei com o Chris Hemsworth e não me consta que ele esteve aqui em casa...

Esta é uma pièce de resistance entre crentes e céticos: entender a diferença entre realidade e fantasia.
O seu é apenas a comprovação dos milhares que tornaram-se reais, tambem dei como exemplo a mulher que o marido foi assassinado....
argumentamos que sonhos pensamentos possam influenciar  a matéria, sonhos eróticos são tão reais que as vezes despertam maior prazer que o real, assim como os tristes despertam lagrimas reais.
existem varios tipos de sonhos sendo os lúcidos, os mais reais, os mais comuns são os mecanicos onde o cerebro tenta dar sentido as memorias acumuladas, tem tambem os da viajem astral, ai voce pode ir para o passado , futuro, presente, tambem adentrar ao mundo dos mortos vivos.
certa vez sonhava que uma casa pegava fogo, ao sair de casa de fato havia uma casa pegando fogo, agora me poupe da sua vidência cética de que enquanto dormia senti o cheiro da fumaça, ouvi o barulho do corpo de bombeiro  porque nada disso ocorreu, alem do fato comprovado.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.830
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo?
« Resposta #98 Online: 30 de Junho de 2016, 13:19:25 »
Putz! Que sonhos pirados, Brienne!!! Queria poder sonhar assim, mas o Alquimista nunca adormece aqui no Sobreolimpo.
eu acho  que voce não consegue é despertar mais
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline homemcinza

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 587
Re:Como abordar e compreender o parapsiquismo? (primeiro tópico + conscienciologia)
« Resposta #99 Online: 30 de Junho de 2016, 13:51:42 »

Beleza! Agora é só provar que o pensamento pode fazer algo se materializar.
Se essa força do pensamento fosse mesmo um agente que interfere na realidade ele deveria sim fazer coisas sem nexo se materializar e não apenas coisas que corriqueiramente acontecem e que podem acontecer independente de se sonhar ou não.

A Brienne ja pensou , sonhou , acreditou e o seu sonho se realizou.
só no seu mundo do pais das maravilhas é que coisas sem nexos deveriam se materializar. :tease:

Não porque eu não tenho esses desejos e um mundo em que fantasio as coisas serem asim ou assado. Meu argumento se baseia em seu argumento seletivo de que algumas coisas podem se materializar e outras não a bel prazer como se houvessem alguem por tras disso puxando as cordinhas.
Você deve demonstrar isso. Se você não tem como demonstrar que isso acontece, só demonstra que isso se passa apenas na sua cabeça cheia de fantasias. E num forum cetico isso não serve de nada. Talvez na Igreja você tenha sucesso.
fato sonhos se realizam, os testemunhos foram apresentados se deseja continuar desacreditando ok!

Fatos são fatos para todos e podem ser demonstrados, provados sem subterfugios, justificativas. Contra seus fatos já foram apresentados dados e argumentos que mostram que nem sempre os sonhos acontecem. Na imensa maioria das vezes não acontecem. E você não tem nenhuma prova de que algo/agluem puxa os pauzinhos para que um aconteça e outro não.

Achismos e crendice popular? Crer é um direito seu. Só não venha querer vender essa besteirada crental aqui como algo verdadeiro. Pra ser levado a sério aqui você deve apresentar coisas mais consistentes do que relatos pessoais.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!