Autor Tópico: Quais as reais causas das supostas "possessões"?  (Lida 4522 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Thomas_Blum

  • Nível 02
  • *
  • Mensagens: 29
  • Sexo: Masculino
Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Online: 27 de Junho de 2016, 19:29:51 »
Até comentei sobre o filme Requiem, no tópico a respeito do Exorcismo de Emily Rose, que é uma película alemã, muito mais sóbria e cética sobre o caso real da garota que acabou morrendo em um caso mal resolvido (um embate entre a visão média e a religiosa): https://pt.wikipedia.org/wiki/Anneliese_Michel

Mas gostaria de aprofundar no tema Possessão. De forma geral. Dei uma procurada e não encontrei tópico específico (ou novamente procurei mal), então tomei a liberdade de criar este para discutirmos o assunto.

Até então, antes da minha guinada cognitiva, achava muito confortável e lógica a ideia de que: -Claro! O demônio nunca existiu e é uma lenda mitológica, mas a explicação real vem dos acoplamentos com consciências extrafísicas doentias e perturbadas, que por sua vez as vezes até se consideram reais demônios (da mesma forma que supostamente muitas das visões de Santa Maria e sei lá mais quem, seriam consciências extrafísicas plasmando-se nesse visual para assim ludibriar devotos).
Naturalmente, hoje essa teoria toda não me soa nem mesmo confortável, infelizmente (ou felizmente) não tenho a mínima prova palpável (mesmo que pessoal) da existência de consciências extrafísicas (espíritos, se preferirem) o que me deixa meio triste, já que ainda estou me desgrudando de um paradigma tão "racionalmente mágico". Desta forma, não consigo conceber ainda como possível a ideia de que uma possessão seja realmente uma intrusão espiritual, porém não posso negar um número muito grande de relatos bastante sérios e complexos envolvendo tais fenômenos.

Gostaria de dar um exemplo aqui de minha cidade:

-Moro em uma cidade pequena do Paraná, aqui existem o que eles chamam de Missões. Uma vez por ano, acontecem missas nas localidades rurais durante um mês mais ou menos, as comunidades se entregam de corpo e alma e se ajudam para efetivar esse movimento, com musica, igreja, festas, etc. Normalmente vem um grupo de missionários de fora para visitar e fazer as missões acontecer. Neste ano que passou aconteceu um episódio em uma determinada igreja de uma dessas localidades rurais da cidade. Várias pessoas, inclusive alguns conhecidos presenciaram.

Durante uma missa, começaram a ouvir barulhos de porcos dentro da igreja, as portas se abriram (como naqueles filmes onde o vento forte escancara a porta), e uma pessoa simplesmente saiu de si, uma mulher, começou a grunhir e gritar, se descabelar e babar e falar coisas sem nexo. Entrou debaixo do banco da igreja e ali ficou grunhindo e gritando. O padre deve ter ficado apavorado, por que simplesmente não fez nada e tentou seguir a missa como se estivesse tudo bem. Disseram que a mulher levou muito tempo para voltar a si e não lembrava de nada.

Não tive o prazer antropológico de vivenciar pessoalmente esse acontecido então não sei o quanto foi romantizado dessa história, mas é o que foi contado, de forma geral.

Sei que existe muitos outros casos e quem sabe alguém mais possa enriquecer o tema.


Mas agora puxando para o viés psicológico e científico, que é meu real interesse neste momento. Vocês tem algum material interessante para indicar sobre o tema? Existe outros casos estudados como o da Anneliese? O que existe de mais específico para compreender esse tipo de fenômenos psicótico? Seria uma espécie de esquizofrenia com surtos focados na religião?

Da mesma forma tenho uma grande quantia de relatos de relação "instabilidade psicológica/suposto médium que incorpora", um exemplo muito próximo da família. Onde a pessoa dizia que incorporava algumas "figuras", sempre as mesmas, mas esta pessoa tinha sérios disturbios psicológicos, ja tentou suicidio quando jovem, teve surtos intensos psicóticos de esquizofrenia e depois começou a sedar-se com o que a farmacopeia psiquiátrica tinha para oferecer.
Existe um padrão de comportamento no meio espiritualista/conscienciológico que diz que, possívelmente 90% da esquizofrenia é na verdade apenas um parapsiquismo mal utilizado e mal instruído... Que afirmação perigosa ein?

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Haters are losers.
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #1 Online: 27 de Junho de 2016, 20:27:58 »
Principais causas:

1. Transtorno de personalidade histriônica
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_personalidade_histri%C3%B4nica

2. Transtorno dissociativo ou conversivo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_dissociativo

3. Histeria coletiva
https://pt.wikipedia.org/wiki/Histeria_colectiva

4. Hipocrisia e embuste
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipocrisia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Embuste

Essas 4 causas, isoladas ou combinadas explicam a maioria esmagadora dos casos de possessão individual ou coletiva.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Haters are losers.
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #2 Online: 27 de Junho de 2016, 20:45:01 »
Citar
Durante uma missa, começaram a ouvir barulhos de porcos dentro da igreja, as portas se abriram (como naqueles filmes onde o vento forte escancara a porta), e uma pessoa simplesmente saiu de si, uma mulher, começou a grunhir e gritar, se descabelar e babar e falar coisas sem nexo. Entrou debaixo do banco da igreja e ali ficou grunhindo e gritando. O padre deve ter ficado apavorado, por que simplesmente não fez nada e tentou seguir a missa como se estivesse tudo bem. Disseram que a mulher levou muito tempo para voltar a si e não lembrava de nada.

1. Por conta de algum fenômeno acústico do vento na igreja foram ouvidos barulhos de porcos. Não é normal mas pode acontecer. Dizem que Egito Antigo os Colossos de Memnon "cantavam" ao amanhecer devido a um fenômeno acústico planejado. https://en.wikipedia.org/wiki/Colossi_of_Memnon

2. O vento forte abriu a porta. Normal. Dependendo do vento poderia até destruir a porta.

3. A combinação de (1) e (2) disparou o surto de histeria da mulher que associou porcos/vento ao demônio.

O que é de demoníaco aí?
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline homemcinza

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 789
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #3 Online: 27 de Junho de 2016, 20:52:57 »


Durante uma missa, começaram a ouvir barulhos de porcos dentro da igreja, as portas se abriram (como naqueles filmes onde o vento forte escancara a porta), e uma pessoa simplesmente saiu de si, uma mulher, começou a grunhir e gritar, se descabelar e babar e falar coisas sem nexo. Entrou debaixo do banco da igreja e ali ficou grunhindo e gritando. O padre deve ter ficado apavorado, por que simplesmente não fez nada e tentou seguir a missa como se estivesse tudo bem. Disseram que a mulher levou muito tempo para voltar a si e não lembrava de nada.


Nenhuma filmagem do ocorrido? Matérias em jornais? Hoje as pessoas filmam tudo...

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Haters are losers.
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #4 Online: 27 de Junho de 2016, 21:02:41 »
Citar
Desta forma, não consigo conceber ainda como possível a ideia de que uma possessão seja realmente uma intrusão espiritual, porém não posso negar um número muito grande de relatos bastante sérios e complexos envolvendo tais fenômenos.

Não veja como casos de possessão. Veja como casos de gente doente e que precisa de ajuda médica.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Spencer

  • Nível 28
  • *
  • Mensagens: 1.409
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #5 Online: 27 de Junho de 2016, 21:45:22 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Haters are losers.
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #6 Online: 27 de Junho de 2016, 22:47:24 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Bobagem. Superstições sem sentido baseadas numa crença idiota sem comprovação científica. Esse é o perigo do espiritismo: extrapolar o domínio do delírio pessoal da crença  para penetrar no terreno da realidade prática tentando competir com a ciência fornecendo explicações estúpidas e inconsequentes para fenômenos evidentemente naturais mas mistificados pela ignorância.

Lembre que está num Clube Cético. Se você não consegue provar aqui a existência do espírito, guarde para si as suas convicções e diagnósticos sem fundamento ou procure um fórum espírita. Você não agrega valor algum adotando essa postura proselitista e a doutrina espírita que já é conhecida aqui, já foi integralmente refutada ao longo dos últimos 150 anos.
« Última modificação: 27 de Junho de 2016, 22:57:00 por Gigaview »
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #7 Online: 27 de Junho de 2016, 23:12:24 »
Não tive o prazer antropológico de vivenciar pessoalmente esse acontecido então não sei o quanto foi romantizado dessa história, mas é o que foi contado, de forma geral.

Lembre-se, quem conta um conto aumenta um ponto, principalmente em comunidades rurais.


Citar
Durante uma missa, começaram a ouvir barulhos de porcos dentro da igreja, as portas se abriram (como naqueles filmes onde o vento forte escancara a porta), e uma pessoa simplesmente saiu de si, uma mulher, começou a grunhir e gritar, se descabelar e babar e falar coisas sem nexo. Entrou debaixo do banco da igreja e ali ficou grunhindo e gritando. O padre deve ter ficado apavorado, por que simplesmente não fez nada e tentou seguir a missa como se estivesse tudo bem. Disseram que a mulher levou muito tempo para voltar a si e não lembrava de nada.

1. Por conta de algum fenômeno acústico do vento na igreja foram ouvidos barulhos de porcos. Não é normal mas pode acontecer. Dizem que Egito Antigo os Colossos de Memnon "cantavam" ao amanhecer devido a um fenômeno acústico planejado. https://en.wikipedia.org/wiki/Colossi_of_Memnon

2. O vento forte abriu a porta. Normal. Dependendo do vento poderia até destruir a porta.

3. A combinação de (1) e (2) disparou o surto de histeria da mulher que associou porcos/vento ao demônio.

O que é de demoníaco aí?

O fenômeno acústico pode ter se dado devido aos rangidos da porta, que estava prestes a abrir pela força dos ventos. Rangidos de portas antigas podem lembrar grunhidos de porcos. São sons estridentes e agudos.
Ou pode ser que havia um chiqueiro próximo à capela (algo comum em comunidades rurais). Os porcos se assustaram com a forte ventania e esses fatores causaram uma falsa impressão para os fiéis de que os grunhidos vinham de dentro da igrejinha.
A pobre da moça, coitada, deve ter pensado que era uma manifestação real de Legião.  hahahahaha


Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Poxa, Spencer!!! O cara quer largar o espiritismo, pede indicações científicas e lá vem você indicando livros espíritas para ele ler?!  Tisc, tisc, tisc...
« Última modificação: 28 de Junho de 2016, 00:27:42 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #8 Online: 27 de Junho de 2016, 23:12:35 »
Principais causas:

Praticamente qualquer alteração de comportamento, ou até mesmo comportamento considerado imoral, como homossexualismo, pode ser considerado "possessão" pelos crentes nisso.

Citar
https://en.wikipedia.org/wiki/Demonic_possession#Medicine_and_psychology

Several of the obsessions and possessions noted in the New Testament were simple maladies, or fantastic fancies, which made it believed that such persons were possessed by the devil. The ignorance of the people maintained this prejudice, and their being totally unacquainted with physicians and medicine served to strengthen such ideas.[A 4]

Demonic possession is not a valid psychiatric or medical diagnosis recognized by either the DSM-5 or the ICD-10. Those who profess a belief in demonic possession have sometimes ascribed to possession the symptoms associated with physical or mental illnesses, such as hysteria, mania, psychosis, Tourette's syndrome, epilepsy, schizophrenia, conversion disorder or dissociative identity disorder.[22][23][24][25][26][27]

Additionally, there is a form of monomania called demonomania or demonopathy in which the patient believes that he or she is possessed by one or more demons.[28] [...]


Em parte do tempo podem ser causas que se explicam apenas por fatores endógenos, mas pode haver inclusive uma influência cultural na manifestação de alguns distúrbios, o que reforça a crença em possessão dentro de cada cultura.

https://en.wikipedia.org/wiki/Culture-bound_syndrome

https://www.psychologytoday.com/blog/why-we-worry/201412/spirit-possession-and-mental-health



Talvez o caso mais dramático, a ponto de haver dúvida sobre a veracidade, seja Wendigo/Windigo:

https://en.wikipedia.org/wiki/Wendigo#Wendigo_psychosis









O fenômeno acústico pode ter se dado devido aos rugidos da porta, que estava prestes a abrir pela força dos ventos. Rugidos de portas antigas podem lembrar grunhidos de porcos. São sons estridentes e agudos.

Ou pode não ter ocorrido, tendo sido completamente criado ou substancialmente criado como memórias falsas, ao tentar se lembrar do evento, especialmente se a pessoa que tenta se lembrar fosse mais suscetível a explicações de "horror hollywoodiano" para o que viu em seguida.

https://en.wikipedia.org/wiki/False_memory

Lembrando que "memórias falsas" beira ser um termo inapropriado, já que mesmo as memórias verdadeiras tem seu grau de "falsidade"; não são, para a vasta maioria das pessoas, pelo menos, como se tivesse sido "gravado" no cérebro um registro "bitmap" do que ocorreu, mas é mais um resumo conceitual a partir do qual a pessoa reimagina aquilo que presenciou. A cada vez que você lembra uma memória, ela vai sendo alterada, neuronalmente; a leitura não é um fenômeno "passivo", como a reprodução de uma fita.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #9 Online: 27 de Junho de 2016, 23:27:29 »
Alguém considerou a possibilidade de terem simplesmente pregado uma peça na comunidade durante essa missão???

É perfeitamente possível que dois ou mais aborrescentes tenham combinado o embuste. Um (ou mais) se esconderia na igreja, imitaria os suínos e abriria as portas. A moça simularia a possessão. Simples...
Acho que é perfeitamente normal esse tipo de brincadeira em comunidades rurais. Por isso o padre nem deu bola e a moça ''voltou ao normal'' (desconfiou) depois, sem a necessidade de ''exorcismos''. Quem contou essa história pro Thomas deve ser bem impressionável ou conta papo demais.

(Ahhh, se eu fosse adolescente e estivesse nessas missões, seria irresistível para mim pregar uma peça nos fiéis com uma pegadinha bem assustadora. Aliás, eu já fiz isso... Que criança nunca quis fazer?)     
« Última modificação: 27 de Junho de 2016, 23:47:28 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #10 Online: 27 de Junho de 2016, 23:33:19 »
As possessões demoníacas de computadores são provavelmente na maior parte do tempo causadas por softwares chamados "vírus de computador".

Em outros tipos de hardware/máquinas, sem software, diversos tipos de danificação (como maus-contatos, curtos-circuitos, vazamentos, entupimentos, engrenagens quebradas, cabos partidos, enroscados) aos seus sistemas também podem causar efeitos que alguns interpretariam como possessão demoníaca. Análogos ou "homólogos" em computadores, hardware ou software, também contarão pelos casos que não sejam "vírus".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Haters are losers.
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #11 Online: 28 de Junho de 2016, 00:16:33 »
O padrão de comportamento do demônio também é interessante. O demônio incorporado tem que xingar, gritar, agredir, ofender, etc senão não é demônio. Tem que parecer com filme de terror. O demônio nunca é discreto. Tem que ter vento, tem que bater porta, tem fazer tudo voar ao redor e tem que ter fogo e cheiro de enxofre.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #12 Online: 28 de Junho de 2016, 00:25:50 »
Tem todos os elementos hollywoodianos. Até o Thomas admitiu nessa passagem:

as portas se abriram (como naqueles filmes onde o vento forte escancara a porta)


And the Oscar goes to...
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Spencer

  • Nível 28
  • *
  • Mensagens: 1.409
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #13 Online: 28 de Junho de 2016, 00:31:07 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Bobagem. Superstições sem sentido baseadas numa crença idiota sem comprovação científica. Esse é o perigo do espiritismo: extrapolar o domínio do delírio pessoal da crença  para penetrar no terreno da realidade prática tentando competir com a ciência fornecendo explicações estúpidas e inconsequentes para fenômenos evidentemente naturais mas mistificados pela ignorância.

Lembre que está num Clube Cético. Se você não consegue provar aqui a existência do espírito, guarde para si as suas convicções e diagnósticos sem fundamento ou procure um fórum espírita. Você não agrega valor algum adotando essa postura proselitista e a doutrina espírita que já é conhecida aqui, já foi integralmente refutada ao longo dos últimos 150 anos.
Em primeiro lugar, essa história de já foi refutada é conversa fiada e sempre vc vai dizer isto. Eu sei muito mais do que vc imagina sobre este assunto. Já disse, eu não creio, eu sei. Não me importam suas falácias, meu caro, vc não é dono de coisa alguma aqui.
E mais, se houvesse alguma inconveniência no meu comportamento a moderação tomaria a atitude cabível.
Vc, claramente tem problemas não somente com o espiritismo mas consigo mesmo.
 
Estou editando o post com duas finalidades:
esclarecer para o Alquimista que não sou espírita por ter presenciado qualquer tipo de fenômeno espetacular, mas pelo conteúdo doutrinário, que convence a qualquer, que busque uma explicação para as questões essenciais da existência.
Gigaview vai, como sempre, dizer que é uma doutrina racista. Engano, pois trata-se de uma opinião pessoal de Akardec que não consta entre as 1019 respostas dadas pelos Espíritos... mas isto não adianta, ele vai continuar insistindo. Por quê será?
Thomas diz no seu texto que buscou pesquisar em outras plagas porque a DE tem um quê de romântico e dramático, mas ao mesmo tempo se refere às inteligências infelizes que nos rodeiam e sintonizam com nosso modo de ser. Ora, tanto os dramas como os ditos romances, não passam de reflexos do que nós somos e atraímos. Se existem homens que são verdadeiros demônios convivendo conosco, do outro lado eles continuam os mesmos.

A outra razão é que não quero sair do CC deixando um último post, que embora um pouco contundente, nele conste qualquer ofensa a outras pessoas.

« Última modificação: 28 de Junho de 2016, 06:08:14 por Spencer »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Haters are losers.
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #14 Online: 28 de Junho de 2016, 00:44:04 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Bobagem. Superstições sem sentido baseadas numa crença idiota sem comprovação científica. Esse é o perigo do espiritismo: extrapolar o domínio do delírio pessoal da crença  para penetrar no terreno da realidade prática tentando competir com a ciência fornecendo explicações estúpidas e inconsequentes para fenômenos evidentemente naturais mas mistificados pela ignorância.

Lembre que está num Clube Cético. Se você não consegue provar aqui a existência do espírito, guarde para si as suas convicções e diagnósticos sem fundamento ou procure um fórum espírita. Você não agrega valor algum adotando essa postura proselitista e a doutrina espírita que já é conhecida aqui, já foi integralmente refutada ao longo dos últimos 150 anos.
Em primeiro lugar, essa história de já foi refutada é conversa fiada e sempre vc vai dizer isto. Eu sei muito mais do que vc imagina sobre este assunto. Já disse, eu não creio, eu sei. Não me importam suas falácias, meu caro, vc não é dono de coisa alguma aqui.
E mais, se houvesse alguma inconveniência no meu comportamento a moderação tomaria a atitude cabível.
Vc, claramente tem problemas não somente com o espiritismo mas consigo mesmo. Sua agressiva arrogância, só por se sentir culto e inteligente apenas torna deplorável sua pessoa.
 

Já nasceu refutada. É besteirol.

Se conhecesse o assunto já o teria abandonado há muito tempo como muitos aqui no fórum.

Portanto você não sabe coisa alguma. Pensa que sabe.

Você será denunciado na sua próxima iniciativa proselitista.



Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #15 Online: 28 de Junho de 2016, 00:51:31 »
Spencer, você foi iludido, ludibriado e enganado do mesmo modo que Kardec foi por experts (talvez nem tão experts assim) nas artes do engodo. Isso já foi mais do que provado, demonstrado e corroborado. É inútil continuar insistindo nessa fraude. Você foi iludido e oxalá uma hora deixe essa autoilusão prejudicial. Todo mundo aqui no fórum sabe disso. O caso do Luis Almeida foi o xeque-mate e mostrou o quanto você é ingênuo, e não adianta argumentar com aquele email fajuto que te enviaram que só prova ainda mais que te deram uma tortada na cara. Contra fatos não há argumentos.   
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Thomas_Blum

  • Nível 02
  • *
  • Mensagens: 29
  • Sexo: Masculino
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #16 Online: 28 de Junho de 2016, 01:46:54 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.


Spencer, aprecio sua dica, é sempre bom analisar todos os ângulos e hipóteses. Eu dei um pulo direto do espiritismo para a conscienciologia por considerar esta menos romântica e dramática, mas no final das contas o fenômeno supostamente é o mesmo. O que posso dizer é que mesmo observando de um viés mais cuidadoso e detalhado, para mim a ideia de um assédio energético/espiritual não soa mais tão possível, gostaria de aprofundar essa ideia.

Partindo do principio que casos de possessão no nível do filme O Exorcista (sim, sei que não é baseado em fatos reais este filme) são casos raros, devemos focar no que os espiritas e conscienciólogos chamam de obsessão ou assedio energético mesmo. Que baseia-se na hipótese de que em geral estamos rodeados por consciências menos lúcidas e saudáveis e estas por sua vez influenciam nosso comportamento, e como você mesmo disse, poderiam influenciar até mesmo nossa saúde física.
Digamos, alguns hábitos nosso seriam atratores de consciências com as mesmas afinidades (no caso, negativas) e isso nos manteria nesse circulo vicioso. Sei lá, usemos o exemplo de um viciado em cocaína, ou mesmo de maconha que, dependendo do contexto pode ser algo prejudicial: Pra esse exemplo vou elucidar com meu próprio EX-ponto de vista (que engraçado fazer isso), este artigo: https://hipotesesdaconsciencia.wordpress.com/2015/12/14/cannabis-seu-uso-e-relacao-com-a-multidimensionalidade/
Eu escrevi já faz um bom tempo, naturalmente estou pondo em cheque essa minha antiga visão e tudo que ali está escrito pode elucidar muito bem um exemplo do que eu e todo o pessoal espirita e conscienciólogo considera ser um assédio extrafísico (de certa forma brando, já que não rola a famigerada possessão na maioria dos casos). Só que quando se analisa as coisas de uma forma mais séria e criteriosa vê-se que no final das contas essas explicações teóricas espirituais podem soar ótimas, mas acabam ficando presas no próprio circulo dos que "acreditam" e/ou "sabem" que é real. Infelizmente não são testáveis e nem mesmo comprováveis de uma forma geral. Até achei a seguinte frase aí pelo fórum: -Por que um ateu ou cético nunca fica possuído?
Isso só acontece para quem está de alguma forma dentro de um contexto já espiritualizado ou religioso, ou então o próprio fato (do distúrbio psicológico) desperta na família a hipótese espiritulista. Lembro que quando fiz estudos espíritas em grupo há alguns anos vários dos que ali estavam querendo aprender relatavam experiências de ver/ouvir espíritos frequentemente e não saber o que fazer com isso. Muitos não tiveram qualquer relação religiosa mas ainda assim vivenciavam alguma experiência de cunho espiritual, o que acabou por faze-las procurar "ajuda" espiritual.

Muito pode ser dito sobre essas possibilidades, mas estou tomado por um banho frio de ceticismo e não consigo realmente imaginar qualquer experiência que vivenciei até hoje não podendo ser compreendida sem uma paixão cega pela necessidade do mundo espiritual. É menos emocionante (em questão de emoções mesmo, sensações), mas muito mais saudável e limpo quando compreendido pela razão.

De qualquer forma, mantenho minha postura de pesquisador/investigador. Até agora considero o agnosticismo o mais perto da postura correta a se manter. Como já disse, eu adoraria vivenciar com lucidez alguma experiência anômala e complexa para embaralhar minhas certezas. Acho que fenômenos mágicos existem de monte, porém, infelizmente só na mente de quem os vivencia. E talvez isso já devesse ser considerado sério e interessante o suficiente. Contentar-se em aceitar toda e qualquer experiência mística como pessoal e inabordável para comprovação, da mesma forma que não vale então apena tentar codifica-la, sistematiza-la e divulga-la.



Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.106
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #17 Online: 28 de Junho de 2016, 02:03:56 »
O padrão de comportamento do demônio também é interessante. O demônio incorporado tem que xingar, gritar, agredir, ofender, etc senão não é demônio. Tem que parecer com filme de terror. O demônio nunca é discreto. Tem que ter vento, tem que bater porta, tem fazer tudo voar ao redor e tem que ter fogo e cheiro de enxofre.

Ao mesmo tempo, o máximo que consegue na maior parte do tempo é fazer menininhas vomitarem, ter muita acne, falar palavrões, e levantar telepaticamente uma cama no ar em um metro de altura ou menos.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #18 Online: 28 de Junho de 2016, 06:17:24 »
O padrão de comportamento do demônio também é interessante. O demônio incorporado tem que xingar, gritar, agredir, ofender, etc senão não é demônio. Tem que parecer com filme de terror. O demônio nunca é discreto. Tem que ter vento, tem que bater porta, tem fazer tudo voar ao redor e tem que ter fogo e cheiro de enxofre.

Ao mesmo tempo, o máximo que consegue na maior parte do tempo é fazer menininhas vomitarem, ter muita acne, falar palavrões, e levantar telepaticamente uma cama no ar em um metro de altura ou menos.

Engraçado que o diabo antigamente era muito mais chique... Falava aramaico, sei lá... Tocava violino virtuosamente, como uma Valsa Mefisto, ou o ''Trilo do Diabo''... Inspirou grandes compositores como Tartini e Paganini. Ajudou Robert Johnson numa encruzilhada... Foi até o Pai do Rock!!!
Pô, o diabo tinha muito bom gosto. O que aconteceu com ele, puxa vida???!!!
« Última modificação: 28 de Junho de 2016, 07:22:37 por Alquimista »
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #19 Online: 28 de Junho de 2016, 10:09:10 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Bobagem. Superstições sem sentido baseadas numa crença idiota sem comprovação científica. Esse é o perigo do espiritismo: extrapolar o domínio do delírio pessoal da crença  para penetrar no terreno da realidade prática tentando competir com a ciência fornecendo explicações estúpidas e inconsequentes para fenômenos evidentemente naturais mas mistificados pela ignorância.

Lembre que está num Clube Cético. Se você não consegue provar aqui a existência do espírito, guarde para si as suas convicções e diagnósticos sem fundamento ou procure um fórum espírita. Você não agrega valor algum adotando essa postura proselitista e a doutrina espírita que já é conhecida aqui, já foi integralmente refutada ao longo dos últimos 150 anos.

talvez o fato de sempre acreditar-se conhecedor de uma  explicação cética ja seja também uma crença.

a doutrina espirita é milenar:

Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me uma necromante, para que eu vá a ela e a consulte. Disseram-lhe os seus servos: Eis que em En-Dor há uma mulher que é necromante.
Então Saul se disfarçou, vestindo outros trajes; e foi ele com dois homens, e chegaram de noite à casa da mulher. Disse-lhe Saul: Peço-te que me adivinhes pela necromancia, e me faças subir aquele que eu te disser.
A mulher lhe respondeu: Tu bem sabes o que Saul fez, como exterminou da terra os necromantes e os adivinhos; por que, então, me armas um laço à minha vida, para me fazeres morrer?
Saul, porém, lhe jurou pelo Senhor, dizendo: Como vive o Senhor, nenhum castigo te sobrevirá por isso.
A mulher então lhe perguntou: Quem te farei subir? Respondeu ele: Faze-me subir Samuel.
Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou em alta voz, e falou a Saul, dizendo: Por que me enganaste? pois tu mesmo és Saul.
Ao que o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher respondeu a Saul: Vejo um deus que vem subindo de dentro da terra.
Perguntou-lhe ele: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e lhe fez reverência.
Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Estou muito angustiado, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e já não me responde, nem por intermédio dos profetas nem por sonhos; por isso te chamei, para que me faças saber o que hei de fazer.
Então disse Samuel: Por que, pois, me perguntas a mim, visto que o Senhor se tem desviado de ti, e se tem feito teu inimigo?
O Senhor te fez como por meu intermédio te disse; pois o Senhor rasgou o reino da tua mão, e o deu ao teu próximo, a Davi.
Porquanto não deste ouvidos à voz do Senhor, e não executaste e furor da sua ira contra Amaleque, por isso o Senhor te fez hoje isto.
E o Senhor entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus. Amanhã tu e teus filhos estareis comigo, e o Senhor entregará o arraial de Israel na mão dos filisteus.
Imediatamente Saul caiu estendido por terra, tomado de grande medo por causa das palavras de Samuel; e não houve força nele, porque nada havia comido todo aquele dia e toda aquela noite.
1 Samuel 28:7-20
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #20 Online: 28 de Junho de 2016, 10:19:02 »
Principais causas:

Praticamente qualquer alteração de comportamento, ou até mesmo comportamento considerado imoral, como homossexualismo, pode ser considerado "possessão" pelos crentes nisso.

POMBA GIRA dizem os evangélicos que a maiorias do héteros que se convertem ao candomblé viram homossexuais e de fato ha la muitos.

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #21 Online: 28 de Junho de 2016, 10:27:32 »
As possessões demoníacas de computadores são provavelmente na maior parte do tempo causadas por softwares chamados "vírus de computador".

Em outros tipos de hardware/máquinas, sem software, diversos tipos de danificação (como maus-contatos, curtos-circuitos, vazamentos, entupimentos, engrenagens quebradas, cabos partidos, enroscados) aos seus sistemas também podem causar efeitos que alguns interpretariam como possessão demoníaca. Análogos ou "homólogos" em computadores, hardware ou software, também contarão pelos casos que não sejam "vírus".

verdade! tenho um som antigo, que  vez ele ligava sozinho e o radio começava a falar e depois desligava, mesmo com a chave estando na posição off, depois descobri um capacitor em paralelo com essa chave que estava entrando em curto.
outra, havia eu , um instador de portão e um pedreiro discutindo, então o instalador começou a passar mal e a furadeira que estava no chão começou a funcionar sozinha.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #22 Online: 28 de Junho de 2016, 10:37:39 »
O padrão de comportamento do demônio também é interessante. O demônio incorporado tem que xingar, gritar, agredir, ofender, etc senão não é demônio. Tem que parecer com filme de terror. O demônio nunca é discreto. Tem que ter vento, tem que bater porta, tem fazer tudo voar ao redor e tem que ter fogo e cheiro de enxofre.
certa vez vinha  de uma noitada boa...he...he..he.he..ja era de manhã e ao passar em frente a uma igreja evangélica observando o grande movimento resolvi dar um entrada para especular, o pastor só falava do diabo dizia: "o irmão que casar com  ovelha perdida o sogro dele vai ser o diabo"  a igreja tava lotada quando começou a oração  as pessoas entraram em êxtase, devido as cenas e as vestimentas tipicas, mais parecia um filme de horror do tipo a volta ods mortos vivos, uns choravam outros falavam linguas estranhas, foi ai que  comecei  a sentir um cheiro muito forte de enxofre, olhei para traz e pensei deve ter alguem com mal halito, mudei de lugar mas o cheiro estava por toda igreja, foi ai que  cai fora.
conversando com uma amiga a respeito antes de terminar de falar ela disse : "aposto que o cheiro era de enxofre" , pois ela ja tinha sentido tambem em outra igrejas. :diabo:
« Última modificação: 28 de Junho de 2016, 10:40:12 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #23 Online: 28 de Junho de 2016, 10:44:23 »


Você será denunciado na sua próxima iniciativa proselitista.
apelo desnecessário, por que em um tópico destinado a crenças e mitos , falar sobre crenças é proselitizar ?
« Última modificação: 28 de Junho de 2016, 10:49:30 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline homemcinza

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 789
Re:Quais as reais causas das supostas "possessões"?
« Resposta #24 Online: 28 de Junho de 2016, 11:25:11 »
Thomas, já que vc está disposto a pesquisar, algumas obras espíritas tratam deste assunto de forma mais detalhada:
Nos Domínios da Mediunidade - Libertação, e outras. O processo obsessivo é uma constante no mundo, variando apenas sua intensidade e o tempo que perdura.
Os casos mais severos costumam afetar o sistema nervoso de forma grave.

Bobagem. Superstições sem sentido baseadas numa crença idiota sem comprovação científica. Esse é o perigo do espiritismo: extrapolar o domínio do delírio pessoal da crença  para penetrar no terreno da realidade prática tentando competir com a ciência fornecendo explicações estúpidas e inconsequentes para fenômenos evidentemente naturais mas mistificados pela ignorância.

Lembre que está num Clube Cético. Se você não consegue provar aqui a existência do espírito, guarde para si as suas convicções e diagnósticos sem fundamento ou procure um fórum espírita. Você não agrega valor algum adotando essa postura proselitista e a doutrina espírita que já é conhecida aqui, já foi integralmente refutada ao longo dos últimos 150 anos.

talvez o fato de sempre acreditar-se conhecedor de uma  explicação cética ja seja também uma crença.

a doutrina espirita é milenar:

Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me uma necromante, para que eu vá a ela e a consulte. Disseram-lhe os seus servos: Eis que em En-Dor há uma mulher que é necromante.
Então Saul se disfarçou, vestindo outros trajes; e foi ele com dois homens, e chegaram de noite à casa da mulher. Disse-lhe Saul: Peço-te que me adivinhes pela necromancia, e me faças subir aquele que eu te disser.
A mulher lhe respondeu: Tu bem sabes o que Saul fez, como exterminou da terra os necromantes e os adivinhos; por que, então, me armas um laço à minha vida, para me fazeres morrer?
Saul, porém, lhe jurou pelo Senhor, dizendo: Como vive o Senhor, nenhum castigo te sobrevirá por isso.
A mulher então lhe perguntou: Quem te farei subir? Respondeu ele: Faze-me subir Samuel.
Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou em alta voz, e falou a Saul, dizendo: Por que me enganaste? pois tu mesmo és Saul.
Ao que o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher respondeu a Saul: Vejo um deus que vem subindo de dentro da terra.
Perguntou-lhe ele: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e lhe fez reverência.
Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Estou muito angustiado, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e já não me responde, nem por intermédio dos profetas nem por sonhos; por isso te chamei, para que me faças saber o que hei de fazer.
Então disse Samuel: Por que, pois, me perguntas a mim, visto que o Senhor se tem desviado de ti, e se tem feito teu inimigo?
O Senhor te fez como por meu intermédio te disse; pois o Senhor rasgou o reino da tua mão, e o deu ao teu próximo, a Davi.
Porquanto não deste ouvidos à voz do Senhor, e não executaste e furor da sua ira contra Amaleque, por isso o Senhor te fez hoje isto.
E o Senhor entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus. Amanhã tu e teus filhos estareis comigo, e o Senhor entregará o arraial de Israel na mão dos filisteus.
Imediatamente Saul caiu estendido por terra, tomado de grande medo por causa das palavras de Samuel; e não houve força nele, porque nada havia comido todo aquele dia e toda aquela noite.
1 Samuel 28:7-20

Nada mais perfeito. Provando o espiritismo com a Bíblia!

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!