Autor Tópico: Adoção do extremismo  (Lida 516 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Sdelareza

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 160
Adoção do extremismo
« Online: 27 de Julho de 2016, 20:50:51 »
O que leva indivíduos a adotarem posições extremistas?

Por exemplo, é conhecido que a ausência de pai ou figura paterna pode levar alguém
a ingressar na criminalidade.

Penso que não podemos invocar desculpas do tipo pobreza ou falta de perspectivas pois muitas pessoas
que se radicalizam são pessoas de família de classe média ou abastadas e que frequentaram universidades.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.428
  • Sexo: Masculino
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #1 Online: 28 de Julho de 2016, 12:13:19 »
O que leva indivíduos a adotarem posições extremistas?

Por exemplo, é conhecido que a ausência de pai ou figura paterna pode levar alguém
a ingressar na criminalidade.

Penso que não podemos invocar desculpas do tipo pobreza ou falta de perspectivas pois muitas pessoas
que se radicalizam são pessoas de família de classe média ou abastadas e que frequentaram universidades.

Acho que como tudo na gente, há regulagens dos nossos comportamentos, e alguns deles são mais equilibrados, enquanto outros tendem a extremos. Tudo é um gradiente.

Coisas como (homo)sexualidade, ceticismo/crença,  razão/emoção, coragem, ansiedade, etc.

Acredito que meramente por questões químicas aleatórias, nossos ponteiros são ajustados em alguma posição entre os extremos de cada uma dessas coisas. Alguns ambientes podem ajudar a melhorar e exercitar para melhorarmos esses ponteiros, enquanto outros ajudam a piorar um extremo deles.

Dentro de certas religiões, ser fanático é visto como algo positivo, como no caso dos pentecostais que falam em línguas e aqueles que mais falam assim são mais venerados e considerados melhores, obviamente exercitando cada vez mais este comportamento anormal.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline André Luiz

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.270
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #2 Online: 28 de Julho de 2016, 12:52:11 »
Tem aquele papo do prazer de matar, de vencer seus inimigos e o resto daquela frase atribuída ao Conan ou o Gengis Khan

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #3 Online: 28 de Julho de 2016, 14:59:48 »
Sugiro dar uma lida nas pesquisas de Scott Atran sobre o tema. É mais específico sobre extremismo muçulmano, mas talvez permita alguma generalização.

Um resumo extremo da coisa seria uma "vontade de fazer diferença" típica da juventude, não diferente da presente em não-extremistas, apenas incidentalmente combinada a "oferta" de uma ideologia extremista em suas esferas sociais.

De certa forma não é fundamentalmente diferente de uma explicação a "adoção ao vegetarianismo", "adoção ao corintianismo", "adoção ao catolicismo", só que as práticas defendidas pelo ismo que fazem sucesso em converter a pessoa são elas mesmas mais extremas, mas a conversão é essencialmente a mesma.



Talvez essa "explicação" seja estatística demais, e possa haver fatores que façam com que certas pessoas sejam mais suscetíveis, mas isso deve ser mais especulativo, ao mesmo tempo em que superestima a "inlavabilidade cerebral" das pessoas.

(Ironicamente, é argumentavel que muitas vezes o que se chama de "lavagem cerebral" não é, e que práticas de tentar revertê-la é que realmente são)

Offline Sdelareza

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 160
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #4 Online: 30 de Julho de 2016, 19:33:21 »
No caso do regime do khmer vermelho no Camboja (que foi o regime mais radical que já existiu,
com a abolição da moeda, propriedade privada, moradores das cidades forçados a trabalhar como escravos
nas plantações), seus principais dirigentes eram de classe abastadas e vários deles estudaram na França.

Há uma atração por ideais utópicos, onde qualquer sacrifício será necessário para atingir os fins.
Um extremista possui uma visão do mundo em preto e branco, e não quer nada saber dos tons cinzas.

Peguei esses comentários de outras fontes, mas penso que aquilo se aplica também aos radicais muçulmanos e outros.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #5 Online: 01 de Agosto de 2016, 12:43:23 »


Acho que também características psicológicas/morais "conservadoras" devem ter forte associação.

"Conservadorismo" não sendo necessariamente o tradicional, mas acho que pode mesmo uma "neofobia" recalibrada para outros valores, havendo também troca de "autoridades", e sentidos menos racistas/nacionalistas de "grupo".

Os "guerreiros da justiça social" parecem muito moralistas religiosos puritanos histéricos, com a religião trocada. Acho que não é coincidência.

Offline Sdelareza

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 160
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #6 Online: 03 de Agosto de 2016, 21:15:52 »
Brechas numa religião podem incentivar extremistas.

Penso que a religião islâmica sunita é bem mais propensa a atrair radicais.

Não existe clero ou intermediários nessa corrente religiosa (ao contrário dos muçulmanos xiitas), o que permitiria frear os excessos ou abusos dos seus praticantes. Há os imãs, que são líderes religiosos consultados sobre questões sociais, mas não são considerados
intermediários.

Parece que a conversão ao sunismo é um procedimento simples e que leva pouco tempo. Religiões como judaísmo e
sobretudo catolicismo requerem um tempo bem maior (da solicitação até a conversão ou batismo) onde os rabinos
ou padres são exigentes em avaliar a sinceridade e integridade moral da pessoa que deseja se converter.
« Última modificação: 05 de Agosto de 2016, 13:53:13 por Sdelareza »

Offline Gauss

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.244
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #7 Online: 03 de Setembro de 2016, 20:04:07 »
<a href="https://www.youtube.com/v/zwE17Sl0ZNs" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/zwE17Sl0ZNs</a>
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.737
  • Sexo: Masculino
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #8 Online: 03 de Setembro de 2016, 20:24:16 »

Boa!  :ok:

Offline Gauss

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.244
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #9 Online: 03 de Setembro de 2016, 22:27:30 »
É incrível como Monty Python sempre é atual.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.


Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #11 Online: 04 de Setembro de 2016, 13:36:49 »
Excelente vídeo.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Sdelareza

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 160
Re:Adoção do extremismo
« Resposta #12 Online: 12 de Março de 2017, 13:11:05 »
Comentário interessante que vi hoje no Globo:

"Os eleitores da extrema-direita não são os pobres no sentido clássico, mas aqueles que têm medo de ficar pobres"
— afirma Philipp Krämer, cientista político da Universidade Livre de Berlim.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!