Autor Tópico: Eleições Municipais 2016  (Lida 11710 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.960
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #25 Online: 01 de Setembro de 2016, 13:05:43 »

Depois, PT e PCdoB mudando as cores em panfletos e artes de divulgação além de esconder a logomarca:

Citar
E esse não é o único caso. PCdoB também está mudando cores e escondendo logo. Parabéns Brasil!


Interessante o PCdoB escondendo o logo. Eles não estão sujos na Lava-Jato, mas parecem que vestiram a carapuça de bandidos também. Acho apropriado.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Rhyan

  • Visitante
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #26 Online: 03 de Setembro de 2016, 21:59:22 »
Eles são candidatos pelo PT, mas têm vergonha de assumir as cores e a estrela do partido
http://noticias.spotniks.com/eles-sao-candidatos-pelo-pt-mas-tem-vergonha-de-assumir-as-cores-e-a-estrela-do-partido/

Offline Skorpios

  • Tesoureiro
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.997
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #27 Online: 04 de Setembro de 2016, 07:18:48 »
Não achei nenhuma imagem, mas aqui o 13 é laranja. :twisted:
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.046
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #28 Online: 05 de Setembro de 2016, 23:53:53 »
Nos últimos dois dias o TRE impugnou a candidatura dos dois principais candidatos a prefeito na minha cidade. Um por improbidade administrativa quando exerceu o cargo e o outro por crime eleitoral (não sei detalhes ainda).

Ambos continuam em campanha normalmente.

Outra notícia recente: um dos principais postulantes a vice-prefeito entrou em rota de colisão com vários vereadores do município por divergências na formação das coligações partidárias. Como vingança, os vereadores se reuniram e aprovaram um projeto para reduzir o salário do vice-prefeito, a partir do ano que vem, de R$ 18 mil para R$ 5 mil. Vai ganhar metade do que ganha um secretário municipal.

Agora estão surfando na popularidade de terem "cortado os gastos na carne" e "reduzido o gasto público" em uma "sessão histórica".

E claro, nos próprios salários eles não mexeram.  :lol:

Offline Skorpios

  • Tesoureiro
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.997
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #29 Online: 06 de Setembro de 2016, 07:35:20 »
Aqui tentaram zerar o salário do vice prefeito e acabar com a estrutura do gabinete dele, alegando que vice não faz nada, mas não passou.
No entanto o atual vice (ligado a igrejas evangélicas, não que isso tenha a ver, pois o atual candidato a vice também tem e também é um canalha), está enfrentando uma CPI por uso de funcionário público no seu sítio. Só não foi condenado ainda por conchavos internos.
Mas está fazendo companha para vereador e vai se eleger. :enjoo:
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.421
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #30 Online: 06 de Setembro de 2016, 09:14:44 »
Dá pra se sentir no século XIX aqui, é muita coisa bizarra. São reais todos aqueles clichês típicos de política comprometida com corrupção, nepotismo, coronelismo. Os caras prometendo coisas completamente absurdas em todas áreas, sem nenhum pudor. Fazendo eventos de inauguração desde ruas recapeadas até postes de iluminação, gastando dinheiro considerável em shows de duplas sertanejas.


Shows com cantores  são uma boa maneira  de desviar dinheiro dinheiro público, ou melhor dizendo, dinheiro de  pagadores de impostos.  Pois  este tipo de compra de serviço é menos fiscalizável.

Para se ter uma ideia de como é, um exemplo que lembro é o de show do Roberto  no Rio de Janeiro (não sei se foi contratado pelo município ou pelo estado), o valor normal do show do cara era de 1 milhão de reais,  e nesse caso o show dele custou 6 milhões de reais para o erário.



« Última modificação: 06 de Setembro de 2016, 09:18:11 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.421
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #31 Online: 06 de Setembro de 2016, 09:22:16 »
A minha tem mais de 100 mil eleitores. Não é tão "pequena" quanto eu insinuei, o que talvez torne ainda mais bizarro tudo o que acontece aqui. A maioria dos candidatos ainda tem aquelas alcunhas de "Fulano do Bar", "Beltrano da Farmácia" etc. Outro "fun fact": o candidato a prefeito pelo Partido da Mulher Brasileira é homem.


Com mais de 100 mil eleitores sua cidade deve ter mais de duzentos mil habitantes, de modo  que não é  uma cidade pequena. 


« Última modificação: 06 de Setembro de 2016, 09:26:17 por JJ »

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.046
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #32 Online: 07 de Setembro de 2016, 23:46:56 »
A minha tem mais de 100 mil eleitores. Não é tão "pequena" quanto eu insinuei, o que talvez torne ainda mais bizarro tudo o que acontece aqui. A maioria dos candidatos ainda tem aquelas alcunhas de "Fulano do Bar", "Beltrano da Farmácia" etc. Outro "fun fact": o candidato a prefeito pelo Partido da Mulher Brasileira é homem.


Com mais de 100 mil eleitores sua cidade deve ter mais de duzentos mil habitantes, de modo  que não é  uma cidade pequena. 

150 mil. Eu digo "pequena" supondo que a maioria aqui viva em capitais.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #33 Online: 08 de Setembro de 2016, 01:53:04 »
Sobre o Partido da Mulher Brasileira, a impressão que me passa é que esses políticos tentam pegar um problema 'inofensivo' e usá-lo como bandeira política, tentando amplificar a percepção do mesmo ao máximo entre os eleitores, sabendo que não é algo que poderá ser 'resolvido' facilmente (o que tiraria a razão de existir do partido) e que a 'solução' do mesmo não traria nenhuma ameaça à ordem política atual e não exigiria trabalho e recursos de verdade. É assim que vejo esses partidos que dizem defender as mulheres e, em menor grau, os negros.

Ainda não vi nenhum partido usando o combate a corrupção como bandeira principal, uma bandeira que teria a aprovação e seria considerada de importância prioritária por 90% dos eleitores.

Por que será?

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Rhyan

  • Visitante
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #34 Online: 08 de Setembro de 2016, 12:04:34 »
Excelente proposta:



Citar
É impressionante como, no Brasil, o público e privado se confundem. Apoiamos totalmente a realização de grandes eventos em São Paulo, mas é simplesmente imoral obrigar todos(as) os(as) cidadãos(ãs) paulistanos(as), em especial os(as) mais pobres, a financiar esses eventos patrocinando-os com recursos públicos da Prefeitura, tomados à forças dos indivíduos. Por tudo isso, nossa candidatura se propõe a lutar pelo fim do financiamento da Prefeitura de São Paulo a eventos como Copa do Mundo, Carnaval, Parada Gay, Marcha de Jesus etc.

Sou plenamente favorável à realização desses eventos, e eu mesmo estou disposto a contribuir com suas realizações. Mas ninguém deve ser obrigado a fazer o mesmo.

#LivresParaFestejar

https://www.facebook.com/filipeceleti/photos/a.510559112470360.1073741828.505223829670555/535315936661344/?type=3&theater

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.866
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #35 Online: 08 de Setembro de 2016, 17:28:10 »
Excelente proposta:



Citar
É impressionante como, no Brasil, o público e privado se confundem. Apoiamos totalmente a realização de grandes eventos em São Paulo, mas é simplesmente imoral obrigar todos(as) os(as) cidadãos(ãs) paulistanos(as), em especial os(as) mais pobres, a financiar esses eventos patrocinando-os com recursos públicos da Prefeitura, tomados à forças dos indivíduos. Por tudo isso, nossa candidatura se propõe a lutar pelo fim do financiamento da Prefeitura de São Paulo a eventos como Copa do Mundo, Carnaval, Parada Gay, Marcha de Jesus etc.

Sou plenamente favorável à realização desses eventos, e eu mesmo estou disposto a contribuir com suas realizações. Mas ninguém deve ser obrigado a fazer o mesmo.

#LivresParaFestejar

https://www.facebook.com/filipeceleti/photos/a.510559112470360.1073741828.505223829670555/535315936661344/?type=3&theater

Ele está fazendo uma mistura. Eventos como Carnaval, Copa do Mundo e Parada Gay são totalmente diferentes, mesmo na questão do privado e público. Copa do Mundo estaria nesse critério, mas carnaval, por exemplo, é uma manifestação da cultura popular. E a Parada Gay é, hoje, também uma manifestação popular, ainda que tenha o enfoque de levantar as questões LGBT, encontrando-se no calendário de boa parte das cidades maiores.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.046
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #36 Online: 08 de Setembro de 2016, 18:37:29 »
Nos últimos dois dias o TRE impugnou a candidatura dos dois principais candidatos a prefeito na minha cidade. Um por improbidade administrativa quando exerceu o cargo e o outro por crime eleitoral (não sei detalhes ainda).

Descobri o crime eleitoral:

Citar
"Art. 11. O funcionamento de alto-falantes ou amplificadores de som, ressalvada a hipótese de comício de encerramento de campanha, somente é permitido entre as 8 e as 22 horas, sendo vedados a instalação e o uso daqueles equipamentos em distância inferior a duzentos metros (Lei nº 9.504/1997, art. 39, § 3º):

I - das sedes dos Poderes Executivo e Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, das sedes dos Tribunais Judiciais, dos quartéis e de outros estabelecimentos militares;

II - dos hospitais e casas de saúde;

III - das escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros, quando em funcionamento.
[...]"

http://www.tse.jus.br/legislac.../res/2015/RES234572015.html

A condenação foi por usar megafone na campanha de 2012 em uma praça no centro da cidade. Resolveram medir e viram que fica a 125 metros da Câmara Municipal. Justo. O engraçado é que o centro da cidade é um ovo, virtualmente impossível se estabelecer em qualquer ponto respeitando essa distância regulamentar dos edifícios. A poluição sonora vai sobrar para quem mora nas áreas residenciais.

Online Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.033
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #37 Online: 08 de Setembro de 2016, 18:48:59 »
Deveriam  proibir carros de som, comícios, santinhos e placas.

Propaganda eleitoral só em debate público e no horário  obrigatório para expor o plano de governo e nomes dos candidatos sem poder nem mesmo  citar nomes dos concorrentes.

Acabaria com essa zona de terrorismo eleitoral como o PT  fez.

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.649
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #38 Online: 08 de Setembro de 2016, 19:34:49 »
Acabei de descobrir que um dos candidatos a vice daqui se chama João Tripa :|
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.315
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #39 Online: 09 de Setembro de 2016, 10:25:52 »

Ele está fazendo uma mistura. Eventos como Carnaval, Copa do Mundo e Parada Gay são totalmente diferentes, mesmo na questão do privado e público. Copa do Mundo estaria nesse critério, mas carnaval, por exemplo, é uma manifestação da cultura popular. E a Parada Gay é, hoje, também uma manifestação popular, ainda que tenha o enfoque de levantar as questões LGBT, encontrando-se no calendário de boa parte das cidades maiores.

E daí que são eventos "populares"? São também privados e/ou de interesse particular, ainda assim.

Feijoada é um prato popular, jogar sinuca no bar é um passa-tempo popular. O estado deve subsidiar restaurantes que sirvam feijoada e bares que tenham mesas de sinuca?

Passa-tempos menos populares devem ter subsídio proporcional à popularidade?

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #40 Online: 09 de Setembro de 2016, 10:44:10 »
Abaixo uma manifestação da cultura popular, patrocinada pelo estado, como se deve:

<a href="https://www.youtube.com/v/d1mf2bYL14w" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/d1mf2bYL14w</a>
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.315
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #41 Online: 09 de Setembro de 2016, 11:26:06 »
Eu sou a favor de algo relacionado a isso quando o enfoque puder ser visto principalmente como de redução de danos.

Disponibilizar espaços públicos melhor delimitados, de outra forma em desuso, para conter/concentrar o barulho e a sujeira em um local, ao mesmo tempo em que se reduz a perda de mobilidade.

Idealmente ainda deveria haver responsáveis que arcassem com os gastos de limpeza e etc, a partir de algo como pagamento de ingressos ou de "impostos" em produtos vendidos no local.

Distribuição de preservativos, também OK. De outras coisas (como lubrificante), apenas se partir 100% da iniciativa privada, seja pelos promotores do evento, ou como auto-promoção dos fabricantes.


Citar
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/12/1389791-salvador-adota-modelo-fifa-no-carnaval-e-dobra-receita-com-patrocinio.shtml

...
O salto na captação permitirá, pela primeira vez, cobrir com patrocínio todos os custos da festa. Serão R$ 28 milhões líquidos -já descontados os 20% da empresa responsável pela captação e custos semelhantes.
...









Requer considerável coragem essa proposta, principalmente se conseguir ser algo que ameace vingar em vez de ser mais uma propaganda para o nicho eleitoral libertário/liberal. Deve render até ameaças de morte, se chegar nesse nível.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.960
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #42 Online: 09 de Setembro de 2016, 13:46:53 »
Entrevista com João Doria, candidato pelo PSDB em São Paulo. Excelente entrevista. Ele foi bem ponderado, respondendo diretamente as perguntas, sem enrolação, e focando na eficiência, reconhecendo alguns acertos do Haddad mas também condenando os erros e propondo modelos mais liberais. Pra mim o ponto alto foi elogiar o Uber e dizendo que isso é essencial, reconhecendo que todos os taxistas usam algum aplicativo de taxi e que isso aumenta a eficiência e reduz custos. Além disso, falou que não vai receber o salário porque já tem dinheiro o suficiente, mas como não pode deixar de receber, vai doar o salário para instituições de caridade:

<a href="https://www.youtube.com/v/oNMqHvIYIvE" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/oNMqHvIYIvE</a>
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.960
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #43 Online: 09 de Setembro de 2016, 21:34:44 »
Uma parte de um debate dos candidatos de Curitiba.

Aparentemente são muito ruins. O Greca em teoria é o melhor preparado, pois já foi prefeito e não foi tão populista, mas seu discurso é bem pasteurizado, do tipo "mais isso, mais aquilo". E ainda tem o filho do Requião, que por ser jovem e carregar esse nome que é popular no Paraná, pode vencer. Se for presepeiro como o pai, estamos ferrados:

<a href="https://www.youtube.com/v/cCZrpvCESeU" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/cCZrpvCESeU</a>
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Enjolras

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.685
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #44 Online: 09 de Setembro de 2016, 23:09:18 »
Esse ano eu voto na Danada  :oba:

"“Deborah Soft A Danada” assumiu, neste ano, cargo no setor de fiscalização da Regional do “vereador do Safadão” e presidente estadual do PSC (Partido Social Cristao)"

http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/politica/deborah-doft-tenta-nova-candidatura-a-vereadora-de-fortaleza-pelo-psc/
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Rhyan

  • Visitante
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #45 Online: 11 de Setembro de 2016, 04:41:18 »
Ele está fazendo uma mistura. Eventos como Carnaval, Copa do Mundo e Parada Gay são totalmente diferentes, mesmo na questão do privado e público. Copa do Mundo estaria nesse critério, mas carnaval, por exemplo, é uma manifestação da cultura popular. E a Parada Gay é, hoje, também uma manifestação popular, ainda que tenha o enfoque de levantar as questões LGBT, encontrando-se no calendário de boa parte das cidades maiores.

Não vejo diferença alguma. Quem quer ir que pague por isso.

Online Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.033
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #46 Online: 11 de Setembro de 2016, 08:56:19 »
Ele está fazendo uma mistura. Eventos como Carnaval, Copa do Mundo e Parada Gay são totalmente diferentes, mesmo na questão do privado e público. Copa do Mundo estaria nesse critério, mas carnaval, por exemplo, é uma manifestação da cultura popular. E a Parada Gay é, hoje, também uma manifestação popular, ainda que tenha o enfoque de levantar as questões LGBT, encontrando-se no calendário de boa parte das cidades maiores.

Não vejo diferença alguma. Quem quer ir que pague por isso.

Tb acho.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.523
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #47 Online: 11 de Setembro de 2016, 09:02:54 »
Ele está fazendo uma mistura. Eventos como Carnaval, Copa do Mundo e Parada Gay são totalmente diferentes, mesmo na questão do privado e público. Copa do Mundo estaria nesse critério, mas carnaval, por exemplo, é uma manifestação da cultura popular. E a Parada Gay é, hoje, também uma manifestação popular, ainda que tenha o enfoque de levantar as questões LGBT, encontrando-se no calendário de boa parte das cidades maiores.

Então, por sua analogia, a Copa do Mundo deveria receber apoio também, porque é um evento do esporte coletivo mais popular do país.

Além disto, os eventos como Parada Gay e Carnaval não são "financiados" com dinheiro da população, porque 'financiamento' pressupõe a devolução dele. Elas são despesas na modalidade de 'fundo perdido'.
« Última modificação: 11 de Setembro de 2016, 09:06:31 por Geotecton »
Foto USGS

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.866
  • Sexo: Masculino
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #48 Online: 11 de Setembro de 2016, 10:51:25 »
Ele está fazendo uma mistura. Eventos como Carnaval, Copa do Mundo e Parada Gay são totalmente diferentes, mesmo na questão do privado e público. Copa do Mundo estaria nesse critério, mas carnaval, por exemplo, é uma manifestação da cultura popular. E a Parada Gay é, hoje, também uma manifestação popular, ainda que tenha o enfoque de levantar as questões LGBT, encontrando-se no calendário de boa parte das cidades maiores.

Então, por sua analogia, a Copa do Mundo deveria receber apoio também, porque é um evento do esporte coletivo mais popular do país.

Além disto, os eventos como Parada Gay e Carnaval não são "financiados" com dinheiro da população, porque 'financiamento' pressupõe a devolução dele. Elas são despesas na modalidade de 'fundo perdido'.

Existe uma diferença entre "cultura popular" e "evento popular", ainda que eventualmente possam se confundir. O congado, por exemplo, é cultura popular, ainda que duvide que seja um evento popular. Carnaval, por exemplo, é uma cultura popular que em muitos lugares só funcionam por causa do financiamento público, que de uma forma ou outra gera também uma movimentação da economia local. No caso da parada gay, é algo organizado pelos movimentos sociais com uma causa não muito popular que é a luta pelos direitos civis da comunidade LGBT. Acabou se transformando em um grande evento de massa que também gera uma movimentação da ecomomia local, incluindo um roteiro turístico da comunidade LGBT. Então,  nestes dois exemplos,  os recursos podem acabar retornando na forma de impostos recolhidos. Outras manifestações culturais concordo que não devam ter retorno financeiro, porém existe um retorno na preservação do patrimônio cultural e na produção cultural,  que, acredito, seja de difícil precificação.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.315
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Eleições Municipais 2016
« Resposta #49 Online: 11 de Setembro de 2016, 14:09:32 »
Existe uma diferença entre "cultura popular" e "evento popular", ainda que eventualmente possam se confundir. O congado, por exemplo, é cultura popular, ainda que duvide que seja um evento popular. Carnaval, por exemplo, é uma cultura popular que em muitos lugares só funcionam por causa do financiamento público, que de uma forma ou outra gera também uma movimentação da economia local.

"De uma forma ou outra" sendo aparentemente, SEMPRE prejuízo, quando não feito seguindo o "modelo FIFA", generalizando o que é relatado na notícia que citei.

Não importa mesmo a popularidade do evento, é ainda algo de interesse privado. O único interesse público é em redução de danos.


Citar
No caso da parada gay, é algo organizado pelos movimentos sociais com uma causa não muito popular que é a luta pelos direitos civis da comunidade LGBT. Acabou se transformando em um grande evento de massa que também gera uma movimentação da ecomomia local, incluindo um roteiro turístico da comunidade LGBT.

Geralmente essas coisas são só assumidas como verdade, mas como é o caso com eventos como copa, olimpíadas, e até carnaval, existe a possibilidade de ser só prejuízo.

Talvez de qualquer forma isso acabe sendo algo meio análogo a um "protestódromo" para o que de outra forma talvez pudesse ser depredação e violência de rainbow-blocs. Mas passado esse ímpeto destrutivo, como parece ser o caso (se é que algum dia houve), a coisa deve progredir para cada vez maior investimento privado e menor estatal, até que seja algo que arrecade mais do que custa.


Citar
Então,  nestes dois exemplos,  os recursos podem acabar retornando na forma de impostos recolhidos.

Aparentemente ainda está longe de ser o caso. Então em linhas gerais a proposta "fim do financiamento público para eventos privados" seria sim algo positivo, e não tem qualquer "confusão".

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!