Autor Tópico: Reforma Pedagógica do Ensino Médio  (Lida 1868 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.144
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #50 Online: 24 de Setembro de 2016, 05:38:15 »
Não tem como excluir o ponto principal do debate e nem querer achar um modelo perfeito já existente agora pois nenhum é baseado num modelo de mercado.

E um modelo baseado apenas em 'mercado' seria necessariamente perfeito ou, pelo menos, melhor do que um modelo estatal?


Perfeito certamente que não.  E para falarmos se (provavelmente) seria melhor, precisaríamos definir aqui o significado de melhor .   Melhor como exatamente ? Melhor em quais critérios ?


Como é que você pode afirmar isto com tal segurança?


Certeza certamente não podemos ter,  mas  de forma geral nós podemos ver que que  a educação pública atual no Brasil é bem sofrível, e que o Estado brasileiro geralmente é um mal gestor de recursos,  e que a iniciativa privada geralmente obtém melhores resultados do que entes estatais.


Seja como for,  sem que partamos para a realidade e façamos experimentos reais,  as nossas conjecturas  continuarão a ser eternamente conjecturas .  É necessário fazer experimentos no mundo real para que possamos confirmá-las ou refutá-las.




« Última modificação: 24 de Setembro de 2016, 10:19:32 por JJ »

Offline Skorpios

  • Tesoureiro
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.913
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #51 Online: 24 de Setembro de 2016, 13:20:46 »
Nosso sistema de ensino quer abraçar o mundo, e acaba com os piores níveis educacionais do planeta.

 :ok:

Na Ásia eles estudam matemática e se formam engenheiros mas são uns robozinhos que não pensam, que não tem noções de cidadania. Que tipo de sociedade o Japão e Coreia do Sul estão criando com esses "doutores" que só enxergam números, e não pessoas? O que lá é melhor do que aqui, tirando transporte, educação, saúde, economia, saneamento, dignidade, higiene, meio-ambiente e expectativa de vida? Eu lhes respondo: Nada! Aqui somos felizes, ajudamos os outros, e não desistimos.

Faltou o emoticon para indicar que é uma piada.  :)

E quem disse que é piada? Ele está falando sério. ;P
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #52 Online: 24 de Setembro de 2016, 14:59:55 »
Meu comentário não é se contrapondo a um modelo privado "genérico", é ao modelo que o cara apresentou no vídeo, onde as escolas infantis seriam voltadas ao aprendizado de profissões e estudariam apenas áreas correlatas a esse campo profissional, que a criança, ou a família, escolheria em um momento que eu considero muito precoce. Eu preferiria um currículo mais generalista para crianças, justamente para dar a elas mesmas, com o passar do tempo e depois de ao menos algum contato com diferentes assuntos, a maior autonomia possível para escolher suas própria áreas de interesse, e não os pais escolherem por elas.

Quanto à educação ser exclusivamente privada eu não tenho a princípio nada contra, desde que o acesso da população mais pobre fosse garantido por vouchers. Não sei se é o ideal, mas também não acho que seria pior do que já é hoje.

Bem, eu não vi o vídeo. Mas acho que de fato haveria expansão de uma oferta mais ou menos assim na medida em que a idéia de "educação para segurança profissional" seria algo que vende, tanto para os mais pobres, quanto para os próprios empregadores, que em última instância são a demanda da educação, e então poderiam ver como útil/necessário investir na formação cultural e acadêmica/profissional de forma mais significativa e direta do que fazem com o estado se encarregando disso de forma mais isolada, deixando à indústria praticamente só a tarefa de selecionar o produto disso (mesmo que "importada" de outras regiões), ou dar um retoque final.

De certa forma seria também análogo a "creches" para os pais/empregados nessas indústrias, mas não sendo só esse mínimo absoluto necessário, mas algo que até ajuda a vender a oferta de emprego/carreira.

Sei que já existem coisas nessa linha, fui procurar por exemplos, não esperava já encontrar essa analogia com "extensão de creche" já no primeiro resultado:

https://news.google.com/newspapers?nid=1957&dat=19970112&id=v1hGAAAAIBAJ&sjid=wugMAAAAIBAJ&pg=1325,2474427&hl=en

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/empresas-ampliam-beneficios-para-reter-funcionarios-com-filhos-ed998ufjd43avx5o6e4aksea6

Acho que nesse fórum ainda postaram um caso parecido de uma escola (brasileira) que abria vagas a filhos de não-empregados, desde que passassem num processo de seleção por desempenho escolar.

Rhyan

  • Visitante
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #53 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:13:07 »
Nesse modelo, as escolas vão ser basicamente cursos preparatórios para a vida corporativa, com os pais escolhendo desde o início o que os filhos estudarão. A ideia de ter um monte de disciplinas no ciclo básico é justamente a de dar a chance de o próprio aluno identificar quais são suas inclinações e que caminho quer seguir. Se ele sequer tiver a oportunidade de ter contato com um grande número de temas, vai perder grande parte da autonomia de decidir o rumo da própria vida.

Citando casos pessoais, eu apenas tive relativa segurança sobre a área que queria seguir com 17 anos. Sequer imagino o que teria feito se, com 10 anos ou menos, já tivesse sido obrigado a escolher uma área "profissional" em detrimento de outras. Imagina um adolescente que tem convicção de que quer ser médico, por exemplo, estuda a vida toda com ênfase nesse assunto e perto dos 18 anos descobre que não é isso que quer (algo que não é incomum). Para escolher outra área, vai precisar refazer todo o ciclo básico de outra ênfase para seguir, sei lá, uma carreira de advogado.

Não tenho seus dons premonitórios, mas creio que a educação seria o que o consumidor desejar, como qualquer setor do mercado livre, quem determina o que produzir, quando produzir e como produzir é, em última instância, o consumidor. Duvido que com a liberdade curricular iria ser algo tão limitado assim.

Sobre os vouchers, é algo desnecessário e ainda forçaria regulamentação estatal curricular e cálculos econômicos impossíveis de seres realizados como o preço do voucher. Se em favelas da África e da Índia crianças e suas famílias optam por escolas particulares com um custos bastos e fundadas para o lucro ao invés das estatais, não temo que um mercado 100% desestatizado na educação exclua pessoas de baixa renda, a não ser que elas mesmas optem por outras atividades, como trabalhar, afinal educação obrigatória não existiria mais. E para famílias extremamente pobres a preferência temporal é tão grande que estudar ao invés de trabalhar pode ser algo bem arriscado.
« Última modificação: 26 de Setembro de 2016, 17:26:18 por Libertário »

Rhyan

  • Visitante
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #54 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:17:06 »
Não tem como excluir o ponto principal do debate e nem querer achar um modelo perfeito já existente agora pois nenhum é baseado num modelo de mercado.

E um modelo baseado apenas em 'mercado' seria necessariamente perfeito ou, pelo menos, melhor do que um modelo estatal?

Como é que você pode afirmar isto com tal segurança?

Pelo estudo de liberalismo e libertarianismo, escola austríaca e chicaguista, tanto faz, dá na mesma na prática. O estado nunca poderia ser superior ao mercado, um planejador central nunca poderia ser superior ao sistema de preços livres. Caso contrário, gostaria de ver um argumento lógico ou uma evidência de planejamento central mais eficiente que preços. Pra começar a educação é uma mercadoria e estaria sujeita as leis econômicas como qualquer outro setor do mercado.

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #55 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:29:54 »
Saber notório.

Eu estudei numa pequena escola do interior paulista, e uma certa data, faltou professor de química, na dificuldade de arrumar um professor substituto na época e como havia um químico na cidade que trabalhava em uma empresa de grande porte, ele foi chamado. No fim das contas ele com toda sua experiência não conseguiu passar nada do que sabia além dos seus casos na vida profissional, o que foi até bom, mas o pedagogês do cara, a falta de prática na sala de aula fez a sua missão um fracasso total. Saber notório não é por si só suficiente para passar conhecimento, e acho que se esta bobiça de projeto passar, vai ter muito político com seus apadrinhados em saber notório, ah vai!!!!  Esse ponto do saber notório diz claramente a intenção de sucatear o professor.  Vai ter um monte de sabidos trabalhando por um salário menor.

Tem um monte de vídeos dos anti-socialistas, pró anarcocapitalistas, (prof mauro, idéias radicais e outros) etc e tal que parecem aqueles que tentam provar que a terra é plana. Eles não tem conhecimento de causa. (Eu estudei e sei, diz o idiota.) Acham muito boa a proposta por acharem que não vai ter mais doutrinação "comunista" nas escolas, mas esquecem que isso é balela, não é só nas aulas de sociologia, artes e filosofia que podem ter doutrinação. É possível muito bem numa aula de matemática inserir o conteúdo social, da cidadania, etc.

Eu sou a favor de ter menos disciplinas no ensino fundamental, e no médio ter uma escolha de disciplinas afins por aluno, mas isso no Brasil é meio utópico.

Tudo que vem de um governo PMDB para mim já é motivo de acreditar num fracasso total, tirando essa de saber o quão bandidos são, esses caras não tem capacidade intelectual para governar um país. Ah claro que sim, esqueci que  principalmente na educação, depois daqueles conselhos do gran mestre pornô... eles estão mais habilitados.

Citar
não temo que um mercado 100% desestatizado na educação exclua pessoas de baixa renda, a não ser que elas mesmas optem por outras atividades, como trabalhar, afinal educação obrigatória não existiria mais. E para famílias extremamente pobres a preferência temporal é tão grande que estudar ao invés de trabalhar pode ser algo bem arriscado.
Libertário
De certa maneira a maioria, não aprende nada mesmo, pega o diploma, que é um tipo de passaporte para entrar em certos empregos e fica por isso mesmo, não é por acaso a explosão de igrejas evangélicas, que pegam estas pessoas humildes e ignóbeis e passam os "ensinamentos do senhor".  Eu não acredito em nenhuma boa intenção para com os brasileiros nesse projeto. Em nenhuma.
« Última modificação: 26 de Setembro de 2016, 17:42:27 por Onsigbare »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #56 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:34:29 »
Saber notório não é por si só suficiente para passar conhecimento,

Tampouco a formação como professor é garantia de haver o suficiente para passar conhecimento.


Citar
Esse ponto do saber notório diz claramente a intenção de sucatear o professor.  Vai ter um monte de sabidos trabalhando por um salário menor.

Bom para eles. Os professores, quando efetivamente melhores que estes, ainda poderão ganhar a vida assim mesmo sem a proteção de mercado.




Tudo que vem de um governo PMDB para mim já é motivo de acreditar num fracasso total, tirando essa de saber o quão bandidos são, esses caras não tem capacidade intelectual para governar um país. Ah claro que sim, esqueci que  principalmente na educação, depois daqueles conselhos do gran mestre pornô... eles estão mais habilitados.

Essas colocações parecem sair de um universo paralelo onde o PMDB não estava no governo do PT, e não está agora por ter sido aliado ao governo do PT, e onde o PT não levou o país para o brejo (junto com o PMDB, ou com considerável conivência deste, até recentemente).














Não tem como excluir o ponto principal do debate e nem querer achar um modelo perfeito já existente agora pois nenhum é baseado num modelo de mercado.

E um modelo baseado apenas em 'mercado' seria necessariamente perfeito ou, pelo menos, melhor do que um modelo estatal?

Como é que você pode afirmar isto com tal segurança?

Pelo estudo de liberalismo e libertarianismo, escola austríaca e chicaguista, tanto faz, dá na mesma na prática. O estado nunca poderia ser superior ao mercado, um planejador central nunca poderia ser superior ao sistema de preços livres. Caso contrário, gostaria de ver um argumento lógico ou uma evidência de planejamento central mais eficiente que preços. Pra começar a educação é uma mercadoria e estaria sujeita as leis econômicas como qualquer outro setor do mercado.

Planejamento central não é necessariamente excludente de "preços" -- raramente será. Qualquer produto ou serviço estatal ou centralmente planejado por um ente qualquer ainda está sujeito às leis econômicas, fora do comunismo verdadeiro*.

O ensino público financiado por impostos/estado, ainda está dentro de um esquema de preços, tal como está o ensino "público" financiado filantropicamente.

As diferenças são ser uma "filantropia forçada" financiada por toda população, que calha de partir de uma instituição que pode/se vê no poder (não significando que deva) mexer mais profundamente com a economia, atributo que não é diretamente relacionado à prover educação pública ou outros serviços. Isso é, poderia haver um estado (ou organização filantrópica privada) que não se propusesse a intervir na economia em termos de decretar juros e etc, que ainda assim fornecesse segurança, saúde, educação. Seja através de sistemas de vouchers ou criando empresas estatais.



* bem, até o comunismo pleno está sujeito às leis econômicas; só está "fora" apenas da mesma maneira que tentativas de moto-perpétuo estão "fora" das leis da física.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.439
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #57 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:42:04 »
Eu sou a favor de ter menos disciplinas no ensino fundamental, e no médio ter uma escolha de disciplinas afins por aluno, mas isso no Brasil é meio utópico.

Então nem vamos tentar, né?

Tudo que vem de um governo PMDB para mim já é motivo de acreditar num fracasso total, tirando essa de saber o quão bandidos são, esses caras não tem capacidade intelectual para governar um país. Ah claro que sim, esqueci que  principalmente na educação, depois daqueles conselhos do gran mestre pornô... eles estão mais habilitados.

Acho que o PMDB tem boas condições de governar o país, e já começaram muito bem, dando um banho de gestão na Dilma do PT que você nunca critica. E aliás, foi a Dilma quem sugeriu essa flexibilização da grade do ensino médio.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #58 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:46:46 »
Eu sou a favor de ter menos disciplinas no ensino fundamental, e no médio ter uma escolha de disciplinas afins por aluno, mas isso no Brasil é meio utópico.

Então nem vamos tentar, né?

Tudo que vem de um governo PMDB para mim já é motivo de acreditar num fracasso total, tirando essa de saber o quão bandidos são, esses caras não tem capacidade intelectual para governar um país. Ah claro que sim, esqueci que  principalmente na educação, depois daqueles conselhos do gran mestre pornô... eles estão mais habilitados.

Acho que o PMDB tem boas condições de governar o país, e já começaram muito bem, dando um banho de gestão na Dilma do PT que você nunca critica. E aliás, foi a Dilma quem sugeriu essa flexibilização da grade do ensino médio.
Banho de Gestão, me poupe cara!   Dar banho de gestão no governo da Dilma é muito fácil, mas mesmo assim não vi nada. Me mostre. 
Ah o Governo Dilma acabou, o governo Dilma-Temer ainda não. só prá lembrar.


Rhyan

  • Visitante
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #60 Online: 26 de Setembro de 2016, 17:54:51 »
Onsigbare, a Dilma é do PMDB?

<a href="https://www.youtube.com/v/84FzyZZVE0s" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/84FzyZZVE0s</a>

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #61 Online: 26 de Setembro de 2016, 18:05:58 »
Aonde que o PMDB não era do Governo Dilma?

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.439
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #62 Online: 26 de Setembro de 2016, 18:06:55 »
Banho de Gestão, me poupe cara!   Dar banho de gestão no governo da Dilma é muito fácil, mas mesmo assim não vi nada. Me mostre. 

Não viu nada? Então pare de ler blogs petistas e leia a imprensa séria.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #63 Online: 26 de Setembro de 2016, 18:18:07 »
Banho de Gestão, me poupe cara!   Dar banho de gestão no governo da Dilma é muito fácil, mas mesmo assim não vi nada. Me mostre. 

Não viu nada? Então pare de ler blogs petistas e leia a imprensa séria.

Me mostre cara. Vc acha que todo mundo que acha Temer um bosta é petista, então é melhor vc mudar de clube, ou fundar o "Temer meu ídolo".

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #64 Online: 26 de Setembro de 2016, 18:36:48 »
Eu li muito claramente, que o desejo de vários foristas aqui, (pelo menos escreveram isso) era deixar esses que "roubam menos" derrubar Dilma, e que depois iam continuar seu desejo pela derrubada destes, e então...  Mas pelo que vejo houve ou mudança, ou revela-se então o verdadeiro desejo, somente derrubar o governo petista. É o mesmo que aconteceu com aquela turminha da panela, da Fiesp, agora está tudo em paz. Eu gostaria de saber porque Cunha não foi preso? Falta de convicção? Porque provas é o que mais tem.

Eu não tenho nada contra quem desejava derrubar o governo petista, eu mesmo desejava, mas poderia se manifestar nesse sentido, e ... depois disso dane-se o que fizerem. Seria mais verdadeiro.

E fica mais uma vez a perguntinha marota: quem vai trair quem PMDBxPSDB... já deixaram Faustão berrar contra  tEMER, as capas da imprensa séria já não são as mesmas, eu as leio, até a  Veja (tem umas bestas de ultra direita chamando-a de comunista)  Os vermelhinhos da Veja, Globo, Estadão.... é muito seriedade junta!
« Última modificação: 26 de Setembro de 2016, 18:46:04 por Onsigbare »

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #65 Online: 26 de Setembro de 2016, 18:53:27 »
Os principais fatores para um político ser ou não preso são:


1- Ter ou não foro privilegiado;

2- Haver prova irrefutável e de interpretação "indistorcível" de tentativa de obstrução das investigações, ou continuidade do cometimento do crime;

3- Ser condenado em segunda instância;


Políticos com foro privilegiado só são presos quando há provas irrefutáveis (ex: gravações) de prática de obstrução da justiça, ou se o processo que enfrentam no STF for posto para andar e forem condenados (raro ocorrer, e quando ocorre, não leva menos do que 7 anos).

O que separa políticos como Lula e Cunha de serem presos é o item 2, pois qualquer brechazinha interpretativa "negacionista" pode facilmente livrá-los da prisão provisória através de um "amigo" no STF (o que ocorreu com Paulo Bernardo).

No caso de Cunha, este perdeu o foro privilegiado há pouquíssimo tempo...ainda falta encaminharem seu processo para a instância normal e retomarem de lá (acho).

O item 3 é a última esperança. É o desfecho  mais provável para os casos de Lula, Cunha, Mantega, Palocci e Paulo Bernardo, se nada grande ocorrer até lá.


Os demais corruptos grandes e notórios têm foro privilegiado e "boa vontade" dos ministros do STF. Só mesmo uma prova irrefutável e de interpretação 'indistorcível'  pode levá-los à prisão preventiva. Uma condenação, se sair, levará pelo menos 7 anos para ocorrer (o mensalão levou 7 anos, contando com o empenho de Joaquim Barbosa em levá-lo adiante).

 



« Última modificação: 26 de Setembro de 2016, 18:57:16 por DDV »
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Rhyan

  • Visitante
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #66 Online: 26 de Setembro de 2016, 19:19:20 »
Aonde que o PMDB não era do Governo Dilma?

Era desde 2003 ou 2004. Mas quem comandava o executivo era o PT. Engraçado que durante todos esses anos não havia muita crítica da esquerda contra o PMDB, como um impeachment muda opiniões polícias. Agora o PMDB é "neoliberal privatista".

Qual sua opinião sobre o PT afinal? Vítima da circunstância? Vítima do "governo de coalizão"?

Rhyan

  • Visitante
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #67 Online: 26 de Setembro de 2016, 19:22:13 »
Temer só joga papinho pra acalmar o mercado, não fez nada de muito útil até agora. Vai continuar fazendo o que a Dilma fazia mas como nomes mais apropriados para o mercado, PPP e concessões agora será privatizações e iniciativa privada.

Torço para que a Lava Jato não só o PT, mas o PMDB e se possível o PSDB junto.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.439
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #68 Online: 26 de Setembro de 2016, 23:23:57 »
Banho de Gestão, me poupe cara!   Dar banho de gestão no governo da Dilma é muito fácil, mas mesmo assim não vi nada. Me mostre. 

Não viu nada? Então pare de ler blogs petistas e leia a imprensa séria.

Me mostre cara. Vc acha que todo mundo que acha Temer um bosta é petista, então é melhor vc mudar de clube, ou fundar o "Temer meu ídolo".

Você faz críticas sem fundamento. Chamar o Temer de bosta é ter pouca noção de como funciona o congresso e o senado.

Não adianta impichar a Dilma, colocar um vice mais sério se o legislativo é povoado pelos mesmos pilantras de sempre. Pode ver que parte dos avanços que tivemos se deve a queda do Cunha e mudança do presidente da câmara. Mas ainda temos Renan que faz de tudo pra se proteger e que precisa cair.

Quais foram os acertos do Temer até agora?

Redução dos ministérios
Escolha do Meirelles
Diplomacia mais ativa e fazendo críticas a Venezuela, ignorando ela no contexto do Mercosul
Visita a países que podem investir no país
Projeto de mudança no ensino médio
Projeto para estipular um teto orçamentário
Discussão para realizar a reforma trabalhista
Governo mais disposto a dialogar e que ouve a imprensa


É claro que muitas coisas nem saíram do papel, mas Temer não é deputado nem senador. Quem pagava para comprar o congresso e mandar nele era o Lula. E o que de bom saiu disso? Qual o grande projeto saiu dessa compra pelo Lula?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #69 Online: 26 de Setembro de 2016, 23:49:54 »
Visita a países que podem investir no país

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,em-viagem-a-china-temer-preve-assinar-acordos-de-10-bi-em-investimentos,10000073590


Citar
Projeto de mudança no ensino médio

O projeto já era do regime Dilma, o que ele fez foi MP.




blabla
blabla blabla
blabla bla

E de acabar com os direitos dos trabalhadores você convenientemente naõ fala nada???????????//////!!!!!!!!!11111

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #70 Online: 27 de Setembro de 2016, 13:44:40 »
Aonde que o PMDB não era do Governo Dilma?

Era desde 2003 ou 2004. Mas quem comandava o executivo era o PT. Engraçado que durante todos esses anos não havia muita crítica da esquerda contra o PMDB, como um impeachment muda opiniões polícias. Agora o PMDB é "neoliberal privatista".

Qual sua opinião sobre o PT afinal? Vítima da circunstância? Vítima do "governo de coalizão"?

Acho que o PT fez seu papel enquanto oposição, mas quando assumiu o poder (não tão poderoso assim), em 2002, as pessoas esperavam mais, se esqueceram que além da incompetência já trivial dos governantes, vide seus antecessores, ainda tinha que "domar" o congresso, Lula preferiu o caminho mais fácil, não era mais oposição e chamou antigos inimigos para  governar, isso não podia dar certo, além do mais, por se meter nos esquemas já existentes, como o da Odebretch e Petrobrás e etc, ficou numa sinuca de bico e teve que ceder espaço ao PMDB, esse erro é imperdoável.   
Eu tenho muitos amigos petistas e muitos coxinhas, quando comecei a expor claramente minha insatisfação com os fatos, os petistas começaram me chamar de direitoso, etc. O mais interessante que agora exponho minhas idéias  sobre este mesmo governo, agora só PMDBista e os coxinhas dizem que eu sou petista.  Eu não tenho paixão, mas gosto de discussão, acho que isso é o melhor a fazer, embora não consiga ver nada com bons olhos da Turma que continuou governando, ainda mais que visivelmente está sob a batuta do PSDB, (é claro que pode ser o jeito PMDB de enganar), parece que ele o Temer fica fazendo um joguinho, lança idéias aterradoras a toque de caixa e depois conforme a repercursão volta atrás, mas o joguinho é simples enquanto uns respiram aliviado por isso (volta atrás), ele vai fazendo traquinagem com os temas não muito populares, que passarão desapercebidos. É isso.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.215
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #71 Online: 27 de Setembro de 2016, 13:54:20 »
[...]
Eu tenho muitos amigos petistas e muitos coxinhas, quando comecei a expor claramente minha insatisfação com os fatos, os petistas começaram me chamar de direitoso, etc. O mais interessante que agora exponho minhas idéias  sobre este mesmo governo, agora só PMDBista e os coxinhas dizem que eu sou petista.  Eu não tenho paixão, mas gosto de discussão, acho que isso é o melhor a fazer, embora não consiga ver nada com bons olhos da Turma que continuou governando, ainda mais que visivelmente está sob a batuta do PSDB, (é claro que pode ser o jeito PMDB de enganar),
[...]

E como ocorre a influência do PSDB?
Foto USGS

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 252
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #72 Online: 27 de Setembro de 2016, 14:02:30 »
[...]
Eu tenho muitos amigos petistas e muitos coxinhas, quando comecei a expor claramente minha insatisfação com os fatos, os petistas começaram me chamar de direitoso, etc. O mais interessante que agora exponho minhas idéias  sobre este mesmo governo, agora só PMDBista e os coxinhas dizem que eu sou petista.  Eu não tenho paixão, mas gosto de discussão, acho que isso é o melhor a fazer, embora não consiga ver nada com bons olhos da Turma que continuou governando, ainda mais que visivelmente está sob a batuta do PSDB, (é claro que pode ser o jeito PMDB de enganar),
[...]

E como ocorre a influência do PSDB?
Acho que não é ideia PMDBista a privatização, e o Serra não ocupa o cargo que ocupa por acaso, eu já disse aqui que o PSDB tem objetivos na governança, enquanto o PMDB, quer o poder, "se dar bem" e pronto.
Aproveitando o ensejo, sei que você Geotecton é geólogo, me mandaram um link, que confesso ainda não assisti, só dei umas passadas, sobre a Petrobrás e o Pré-Sal, gostaria que vocês assistissem e vamos trocar figurinhas.
https://www.youtube.com/channel/UCLgLzLl4Ft1tzOCyVAPeRjA

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 25.215
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #73 Online: 27 de Setembro de 2016, 18:41:05 »
[...]
Eu tenho muitos amigos petistas e muitos coxinhas, quando comecei a expor claramente minha insatisfação com os fatos, os petistas começaram me chamar de direitoso, etc. O mais interessante que agora exponho minhas idéias  sobre este mesmo governo, agora só PMDBista e os coxinhas dizem que eu sou petista.  Eu não tenho paixão, mas gosto de discussão, acho que isso é o melhor a fazer, embora não consiga ver nada com bons olhos da Turma que continuou governando, ainda mais que visivelmente está sob a batuta do PSDB, (é claro que pode ser o jeito PMDB de enganar),
[...]

E como ocorre a influência do PSDB?
Acho que não é ideia PMDBista a privatização, e o Serra não ocupa o cargo que ocupa por acaso, eu já disse aqui que o PSDB tem objetivos na governança, enquanto o PMDB, quer o poder, "se dar bem" e pronto.
Aproveitando o ensejo, sei que você Geotecton é geólogo, me mandaram um link, que confesso ainda não assisti, só dei umas passadas, sobre a Petrobrás e o Pré-Sal, gostaria que vocês assistissem e vamos trocar figurinhas.
https://www.youtube.com/channel/UCLgLzLl4Ft1tzOCyVAPeRjA

Verei os vídeos com cuidado e depois tecerei comentários mais específicos.

Mas eu assisti um deles bem rapidamente e vi a mesma ladainha de sempre, ou seja, um grupo corporativista defendendo as suas benesses usando os argumentos nacionalistas, sendo o mais asqueroso o representante da associação dos engenheiros.
Foto USGS

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.976
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma Pedagógica do Ensino Médio
« Resposta #74 Online: 02 de Outubro de 2016, 21:45:52 »
Nesse modelo, as escolas vão ser basicamente cursos preparatórios para a vida corporativa, com os pais escolhendo desde o início o que os filhos estudarão. A ideia de ter um monte de disciplinas no ciclo básico é justamente a de dar a chance de o próprio aluno identificar quais são suas inclinações e que caminho quer seguir. Se ele sequer tiver a oportunidade de ter contato com um grande número de temas, vai perder grande parte da autonomia de decidir o rumo da própria vida.

Citando casos pessoais, eu apenas tive relativa segurança sobre a área que queria seguir com 17 anos. Sequer imagino o que teria feito se, com 10 anos ou menos, já tivesse sido obrigado a escolher uma área "profissional" em detrimento de outras. Imagina um adolescente que tem convicção de que quer ser médico, por exemplo, estuda a vida toda com ênfase nesse assunto e perto dos 18 anos descobre que não é isso que quer (algo que não é incomum). Para escolher outra área, vai precisar refazer todo o ciclo básico de outra ênfase para seguir, sei lá, uma carreira de advogado.

Não tenho seus dons premonitórios, mas creio que a educação seria o que o consumidor desejar, como qualquer setor do mercado livre, quem determina o que produzir, quando produzir e como produzir é, em última instância, o consumidor. Duvido que com a liberdade curricular iria ser algo tão limitado assim.

Dons premonitórios? Estou falando o que o cara disse no vídeo, ué. Foco no aprendizado de profissões, escolhendo a área desde o começo.

Citar
Sobre os vouchers, é algo desnecessário e ainda forçaria regulamentação estatal curricular e cálculos econômicos impossíveis de seres realizados como o preço do voucher. Se em favelas da África e da Índia crianças e suas famílias optam por escolas particulares com um custos bastos e fundadas para o lucro ao invés das estatais, não temo que um mercado 100% desestatizado na educação exclua pessoas de baixa renda, a não ser que elas mesmas optem por outras atividades, como trabalhar, afinal educação obrigatória não existiria mais. E para famílias extremamente pobres a preferência temporal é tão grande que estudar ao invés de trabalhar pode ser algo bem arriscado.

Justamente por causa dessas famílias extremamente pobres é que deve existir educação gratuita. Para tornar menos "arriscada" a possibilidade de receberem educação básica.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!