Autor Tópico: Reencarnação uma possibilidade  (Lida 4013 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Reencarnação uma possibilidade
« Online: 06 de Outubro de 2016, 15:27:16 »
Considerando a reencarnação como sendo uma possibilidade, quais seriam seus argumentos contras ou a favor ?
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #1 Online: 06 de Outubro de 2016, 22:30:10 »
Contra: aumento populacional em um planeta com recursos finitos. Deve haver no mínimo uma cota.

Ao menos no conceito tradicional. Se for reencarnação na própria vida recém vivida (voltando no tempo e vivendo-a novamente, ou a alterando), não tenho objeções.

Sem falar que existe a possibilidade de tal coisa se dar em função de fragmentação nas almas -- talvez daí venha a percepção de que as pessoas são cada vez mais desalmadas.

Outro argumento contra, em concepções tradicionais de reencarnação, isso é, reencarnação de um fantasma, é que isso seria um vício do fantasma, e como tal, deveria ser algo a que se deve tentar eliminar. Os fantasmas são análogos a pessoas sóbrias, mais capazes, enquanto que encarnados, perdem memória e capacidades, análogos ao estado de embriaguez, que deve então ser o "barato" da reencarnação para os fantasmas.

Mas, da mesma forma, o argumento "a favor" seria então uma posição apenas libertária, não-moralista, quanto esse vício/prática, tal como se pode ter com as drogas em geral; use quem quer, desde que não prejudique a terceiros. Ou seja, encarnados não devem tentar fazer contatos com fantasmas ou outros seres de natureza similar, imaterial. Isso é como ficar fazendo algazarra enquanto se usa drogas, perturbando a paz alheia.

Outras alternativas em favor seriam a reencarnação em espécies diferentes. Talvez em espécies extintas. Apesar do rivailismo negar, é uma possibilidade levada em consideração pelo espiritualismo do Egito antigo.



Há ainda outras categorias de "reencarnação", não somente a que fantasia sobre almas/fantasmas, mas a possibilidade hipotética de se conseguir copiar o "software" da instalação do cérebro de uma pessoa, e reproduzí-lo em um outro corpo, que pode ser ou não humano. Nesse caso, é até algo que poderia ir na direção oposta do problema da superpopulação e de certa forma até o da fragmentação das almas, pois seria efetivamente uma extensão da longevidade humana. Se as pessoas pudessem viver milhares de anos, seja em novos corpos normais ou em robôs, ou no que for, talvez deixassem então de ver a necessidade de se reproduzirem tanto, continuariam indefinidamente praticamente as mesmas pessoas no planeta, ficando gradualmente cada vez mais sábias com e experiência de vida, e até "upgrades" no seu hardware, estendendo assim também as capacidades de sua mente.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #2 Online: 06 de Outubro de 2016, 23:15:03 »
A favor: reutilizar almas é uma demonstração de utilização racional dos recursos, em vez de descartá-las após um único uso, mesmo estando em boas condições.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #3 Online: 07 de Outubro de 2016, 10:12:05 »
Contra: aumento populacional em um planeta com recursos finitos. Deve haver no mínimo uma cota.

nascer e morrer fisicamente é o que permite a continuação da espécie em um  planeta também  fisicamente limitado, não entendi bem sua argumentação ?

Citar
Ao menos no conceito tradicional. Se for reencarnação na própria vida recém vivida (voltando no tempo e vivendo-a novamente, ou a alterando), não tenho objeções.
e como seria isso ?

Citar
Sem falar que existe a possibilidade de tal coisa se dar em função de fragmentação nas almas -- talvez daí venha a percepção de que as pessoas são cada vez mais desalmadas.
o universo não seria uma composição de partes ? a geração de novos seres não se da pela fragmentação e recomposição de novos seres ? então faz sentido pensar que o ser alma seja tambem uma fragmentação de outro ser, muito bem!  :clapping:
mas na verdade são os ateus que se consideram desalmados, triste perspectiva de um breve fim!    :rip:  :'(


Citar
Outro argumento contra, em concepções tradicionais de reencarnação, isso é, reencarnação de um fantasma, é que isso seria um vício do fantasma, e como tal, deveria ser algo a que se deve tentar eliminar. Os fantasmas são análogos a pessoas sóbrias, mais capazes, enquanto que encarnados, perdem memória e capacidades, análogos ao estado de embriaguez, que deve então ser o "barato" da reencarnação para os fantasmas.
digamos que a memoria da alma seja ilimitada e que possua um sistema autônomo  complexo e inteligente capaz de gerenciar a necessidade de reviver  memórias ou se beneficiar da ausência delas.
por exemplo em condições normais desde o primeiro momento que você se conscientizou do seu ser, nunca mais esqueceu de quem é do que gosta..etc ...desde o seu nascimento sua memória acumulou zilhões de informações que ficariam impossíveis de serem processadas pelo seu cérebro, todas ao mesmo tempo ,então automaticamente as memórias antigas menos relevantes para a formação do seu ser atual, são arquivadas nos niveis mais baixos do seu inconsciente.
por exemplo digamos que em nada te ajudaria hoje se lembrar da cor da roupa que usou no seu (1) aniversario, mas com certeza terá muito mais facilidade para relembrar das coisa felizes ou tristes que marcaram a memórias do seu ser criança na data do seu primeiro aniversario, os seres otimistas tendem a se lembrar mais das coisas boas, mas via de regra  você não se lembra de coisas de fatos recentes  de pouca relevância e  contrariando a lógica do tempo  conseguirá lembrar de fatos muitos antigos que marcaram o seu ser e tornaram-se relevantes  gravados nos níveis mais elevados da memoria da da sua alma.
Após tais considerações reencarnando de novo, ainda  seguindo a lógica exposta,  fatos considerados de menor importância  nas suas vidas passadas vão para o arquivo morto,mas os mais marcantes ainda afloram suas memórias atuais mantendo o seu ser passado ,  bem vivo no presente ! em outras palavras ja nascemos com uma personalidade alma gravada na sua memória, dai vem as manias , preferencias e rejeições do "ser ou não ser eis a questão" da reencarnação!


Citar
Mas, da mesma forma, o argumento "a favor" seria então uma posição apenas libertária, não-moralista, quanto esse vício/prática, tal como se pode ter com as drogas em geral; use quem quer, desde que não prejudique a terceiros.
quanto a posição libertária gostaria de ouvir sobre isso a opinião do Libertário , para mim não existe liberdade nem limites tudo isso é uma ilusão sensorial,  todos os seres são virtuais como a Matrix.
Reencarnar é renovar o ser , um refresh mas não um reset magico destruindo seres passados e construindo novos seres como em um passo de magica, os passos milenários são dados cada nova experiência vividas.
Você tem razão a reencarnação deve ser vista como liberdade para formação do ser reconstruído a partir de novas ações e reações através da experimentação de novas experiências e nunca como uma punição compulsória!
Na experiência das drogas, compartilhamos vidas onde ação de um reage na vida dos outros não tem como fugirmos disto , nem na morte do nosso corpo físico deixaremos de estar impondo ações nos vivos e digo isso fisicamente, pois que algumas pessoas passam o resto das suas vidas indo visitar túmulos dos mortos, ou se lamentando  por eles, como pode ser isto? Nossa memória mantem vivos, aqu(ilo) eles que "ja não existem mais" .
Dentro deste universo interligados nossas ações e falta delas causara reações positivas e negativas nos outros , no caso da drogas penso que o individuo ao desejar adentrar por uma porta de fuga de uma realidade vida que   não lhe agrada, deixando de agradar aos outros seres , ja esta se tornado inútil dentro do universo vida, pois "ser infeliz é não conseguir causar a felicidade".
o drogado tenta criar um mundinho autista onde só existe o prazer próprio, mas longe de mim estar querendo bancar o moralista hipócrita por que somos todos mais ou menos autistas egoístas ainda vivenciando a ilusão do individualismo, ironicamente dentro de um universo coligado.

Citar
Ou seja, encarnados não devem tentar fazer contatos com fantasmas ou outros seres de natureza similar, imaterial. Isso é como ficar fazendo algazarra enquanto se usa drogas, perturbando a paz alheia.

Tem razão esta sua sabedoria ja foi testificada pelo Jesus que voce descrê,  veja:


"Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.
Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;
E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.
E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.
E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.
E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.
E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai,
Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento.
Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.
E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam.
Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.

Lucas 16:19-31"


De fato os mundos, assim como todos  os seres não podem se confundir totalmente,mas ja que o universo é interligado  nada impede de haver uma interseção entre eles, isto acontece  pela própria afinidades dos seres, eles se procuram , se sentem e trocam energias se completam buscando inconscientemente por uma natural coligação universal.
Pode crer quando ha uma necessidade todo o universo conspirará para união  ou separação (momentânea) dos seres, estejam onde estiverem se buscam, se sentem e se complementarão!
interessante que na sua visão, compara reencarnação e o mundo espiritual como drogas, uma saída magica para uma realidade rejeitada ?
o fruto proibido ? dado por Deus@diabo como injeção de animo a vida ?
Alguns veem na morte , como nas drogas  uma porta de fuga magica para uma realidade que não lhes agrada, os preguiçosos e inconformados com a dura realidade da vida, sonham com um paraíso "perfeito" segundo o próprio juízo, o drogado com um eterno prazer autista.
Mas não creio em milagres, apenas que  ha mais probabilidade em continuar havendo consciência do que faze-la existir, assim sendo continuar existindo nas condições que lhe são naturais.
Assim sendo um ser mais ou menos bom não deixará de ser quem ele é, apenas por ter  mudado de ambiente (fato este constatado na pratica a duras penas), assim é que coloque um demônio no céu e ele continuará sendo Lucifer, coloque Jesus no inferno da Terra e ele continuara sendo um anjo, coloque um doido em uma universidade e ele continuara sendo louco (uma mente brilhante), coloque uma mente brilhante em um manicômio  e ela continuará sendo brilhante.
obviamente que um um gesso faz crescer um novo osso de forma reta, vivendo experiência em novos ambientes é natural a mudança do ser que absorve novos dados.



Citar
Outras alternativas em favor seriam a reencarnação em espécies diferentes. Talvez em espécies extintas. Apesar do rivailismo negar, é uma possibilidade levada em consideração pelo espiritualismo do Egito antigo.

Kardec como Amorc ensinam a pluralidade das existência formando alma do ser humano a partir dos minerais passando por todos os reinos,mas elas compartilham da impossibilidade da regressão da alma humana poder reencarnar animais.
diferente do hinduísmo e se não me engano também o budismo.
Eu mesmo sou contra discriminações, se ha liberdade de ação para  a evolução tem que que continuar havendo tambem para regressão a vida não pode ser resumida a uma valvula unidirecional, uma armadilha onde voce entra e não consegue voltar mais para o estagio anterior do tipo "iíííí´entrei pela porta errada , o paraíso é mais chato do que eu imaginava, quero ter liberdade para dar um pulinho no inferno! Liberdade é a existência de no minimo 2 possibilidades!   :quase-anjo: :diabo:


Citar
Há ainda outras categorias de "reencarnação", não somente a que fantasia sobre almas/fantasmas, mas a possibilidade hipotética de se conseguir copiar o "software" da instalação do cérebro de uma pessoa, e reproduzi-lo em um outro corpo, que pode ser ou não humano. Nesse caso, é até algo que poderia ir na direção oposta do problema da superpopulação e de certa forma até o da fragmentação das almas, pois seria efetivamente uma extensão da longevidade humana. Se as pessoas pudessem viver milhares de anos, seja em novos corpos normais ou em robôs, ou no que for, talvez deixassem então de ver a necessidade de se reproduzirem tanto, continuariam indefinidamente praticamente as mesmas pessoas no planeta, ficando gradualmente cada vez mais sábias com e experiência de vida, e até "upgrades" no seu hardware, estendendo assim também as capacidades de sua mente.

vejo uma grande distinção entre o ser humano e uma maquina, a vontade.
outra seria a infinitude da memória alma mal grado os limites das memórias fisicas.
Essa sua teoria não é muito original pois ja era compartilhado pelas múmias egipcianas e atualmente por congelamento de corpos a baixíssimas temperaturas, dai que a morte é a unica coisa que define  o que é Deus e o que é o homem!
A evolução do ser pede por infinita renovação dos dados inseridos na memória da alma, gerando novas ações , reações e sentimentos, penso que morrer fisicamente seja um benção para corpos e mentes cansadas, todo ser precisa de um refresh.

 abaixo Jesus deixa muito claro  o que é a reencarnação:

O batismo de João era do céu ou dos homens? respondei-me. Marcos 11:30
O batismo de João era do céu ou dos homens? Lucas 20:4
Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados. Marcos 1:4

o afogamento a imersão sob agua representa o ultimo suspiro a morte do homem , a submersão significa a volta a vida  a primeira respiração de um novo ser, limpo das recordações do passado.

em concordância:


22 E ninguém põe vinho novo em vasilhas de couro velhas; se o fizer, o vinho rebentará as vasilhas, e tanto o vinho quanto as vasilhas se estragarão. Pelo contrário, põe-se vinho novo em vasilhas de couro novas".

fala da alma reencarnado em corpos novos

Mas quando o espírito imundo tiver saído de um homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o acha.
Então diz: Voltarei para minha casa donde saí; e ao chegar, acha-a desocupada, varrida e ornada.
Depois vai e leva consigo mais sete espíritos piores do que ele, e ali entram e habitam; e o último estado daquele homem fica sendo pior do que o primeiro. Assim também acontecerá a esta geração perversa.
Mateus 12:43-45

obs. gostei das suas colocações!  :ok:
« Última modificação: 07 de Outubro de 2016, 10:39:45 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #4 Online: 07 de Outubro de 2016, 10:47:32 »
A favor: reutilizar almas é uma demonstração de utilização racional dos recursos, em vez de descartá-las após um único uso, mesmo estando em boas condições.

"na natureza nada se cria tudo se transforma"  Sim existe uma razão dando existência ao universo, é um paradoxo seres conscientes querendo  conceber a existência de um universo totalmente  inconsciente.
Ateísmo é algo ilógico!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #5 Online: 07 de Outubro de 2016, 11:12:08 »
Contra: aumento populacional em um planeta com recursos finitos. Deve haver no mínimo uma cota.

nascer e morrer fisicamente é o que permite a continuação da espécie em um  planeta também  fisicamente limitado, não entendi bem sua argumentação ?

Quanto maior for a taxa de reencarnação, maior também será a população, que, encarnada, exaure os recursos do planeta, enquanto que, se continuasse fantasmagórica, poderia continuar vivendo eternamente sem gastar quaisquer recursos, supondo que esteja correta a suposição padrão de fantasmas serem motos-perpétuos.



Citar
Citar
Ao menos no conceito tradicional. Se for reencarnação na própria vida recém vivida (voltando no tempo e vivendo-a novamente, ou a alterando), não tenho objeções.
e como seria isso ?

Ué. Como mais poderia ser? Uma pessoa morre, seu fantasma volta no tempo do mundo físico, e reencarna em si mesma novamente. Como rebobinar uma fita e assistir de novo, ou, possivelmente, como jogar novamente um jogo de vídeo-game quando se "morre" e começa-se de novo com uma nova vida, partindo do mesmo ponto inicial -- mas podendo mudar a história.

 
Citar
Citar
Sem falar que existe a possibilidade de tal coisa se dar em função de fragmentação nas almas -- talvez daí venha a percepção de que as pessoas são cada vez mais desalmadas.
o universo não seria uma composição de partes ? a geração de novos seres não se da pela fragmentação e recomposição de novos seres ? então faz sentido pensar que o ser alma seja tambem uma fragmentação de outro ser, muito bem!  :clapping:
mas na verdade são os ateus que se consideram desalmados, triste perspectiva de um breve fim!    :rip:  :'(

Segundo algumas teorias espiritualistas, como a linha de Rivail e seus seguidores, os seres se dividem em reino mineral, reino vegetal, reino piscial, reino animal, reino hominal, e reino angelical. Isso está correlato a uma evolução das almas, que se aperfeiçoam com o passar do tempo. Porém, não há provas de que esse aperfeiçoamento não possa ser deteriorado com a diluição das almas, reencarnando mais "ralas" em mais corpos. Por um lado se tem um mundo com mais almas-gêmeas, mas por outro de pessoas/seres cada vez mais desalmados.

Então, talvez a melhor opção seja, tal como sugere a teoria budista, eliminar-se os nossos desejos para eliminar o sofrimento. Dentre os desejos, está o desejo de reencarnação. Com reencarnação zerada ou reduzida, deverá haver  menor fragmentação de almas, menor desumanidade, o cosmo todo será um lugar melhor, com menos sofrimento.

Sem falar que tem até o aspecto literal disso: mais almas são mais oportunidades de sofrer, logo, mais sofrimento. Segundo a linha de Rivail, de certa forma, a reencarnação nada mais é do que um processo de auto-flagelação. Se as pessaos aprendessem a perdoar umas às outras e a si mesmas, poderiam então deixar de se auto-flagelar através de reencarnações, e viver-após-a-morte num estado de plenitude e harmonia paradisíaco.



Citar
Citar
Outro argumento contra, em concepções tradicionais de reencarnação, isso é, reencarnação de um fantasma, é que isso seria um vício do fantasma, e como tal, deveria ser algo a que se deve tentar eliminar. Os fantasmas são análogos a pessoas sóbrias, mais capazes, enquanto que encarnados, perdem memória e capacidades, análogos ao estado de embriaguez, que deve então ser o "barato" da reencarnação para os fantasmas.
digamos que a memoria da alma seja ilimitada e que possua um sistema autônomo  complexo e inteligente capaz de gerenciar a necessidade de reviver  memórias ou se beneficiar da ausência delas.
por exemplo em condições normais desde o primeiro momento que você se conscientizou do seu ser, nunca mais esqueceu de quem é do que gosta..etc ...desde o seu nascimento sua memória acumulou zilhões de informações que ficariam impossíveis de serem processadas pelo seu cérebro, todas ao mesmo tempo ,então automaticamente as memórias antigas menos relevantes para a formação do seu ser atual, são arquivadas nos niveis mais baixos do seu inconsciente.
por exemplo digamos que em nada te ajudaria hoje se lembrar da cor da roupa que usou no seu (1) aniversario, mas com certeza terá muito mais facilidade para relembrar das coisa felizes ou tristes que marcaram a memórias do seu ser criança na data do seu primeiro aniversario, os seres otimistas tendem a se lembrar mais das coisas boas, mas via de regra  você não se lembra de coisas de fatos recentes mas de pouca relevância, mas contrariando a lógica conseguirá lembrar de fatos muitos antigos que marcaram o seu ser e tornaram-se relevantes, gravados nos níveis mais elevados da memoria da alma.
Após tais considerações reencarnando de novo, seguindo a lógica exposta fatos considerados de menor importância  nas suas vidas passadas vão para o arquivo morto,mas os mais marcantes ainda afloram suas memórias atuais mantendo o seu ser passado ,  bem vivo no presente ! em outras palavras ja nascemos com uma personalidade alma gravada na sua memória, dai vem as manias , preferencias e rejeições do "ser ou não ser eis a questão" da reencarnação!

Eu já abordei mais detalhadamente sobre esse tema em outras ocasiões, dentro da perspectiva da encarnação como vício/barato, é o previsto que as pessoas tentem racionalizar todos os problemas -- da mesma forma que os defensores do uso de drogas fazem com seus efeitos, também tentando dar a eles algumas vezes significados místicos, de elevação espiritual e etc.



Citar
Citar
Mas, da mesma forma, o argumento "a favor" seria então uma posição apenas libertária, não-moralista, quanto esse vício/prática, tal como se pode ter com as drogas em geral; use quem quer, desde que não prejudique a terceiros.
quanto a posição libertária gostaria de ouvir sobre isso a opinião do Libertário , para mim não existe liberdade nem limites tudo isso é uma ilusão sensorial,  todos os seres são virtuais como a Matrix.
Reencarnar é renovar o ser , um refresh mas não um reset magico destruindo seres passados e construindo novos seres como em um passo de magica, os passos milenários são dados cada nova experiência vividas.
Você tem razão a reencarnação deve ser vista como liberdade para formação do ser reconstruído a partir de novas ações e reações através da experimentação de novas experiências e nunca como uma punição compulsória!
Na experiência das drogas, compartilhamos vidas onde ação de um reage na vida dos outros não tem como fugirmos disto , nem na morte do nosso corpo físico deixaremos de estar impondo ações nos vivos e digo isso fisicamente, pois que algumas pessoas passam o resto das suas vidas indo visitar túmulos dos mortos, ou se lamentando  por eles, como pode ser isto? Nossa memória mantem vivos, aqu(ilo) eles que "ja não existem mais" .
Dentro deste universo interligados nossas ações e falta delas causara reações positivas e negativas nos outros , no caso da drogas penso que o individuo ao desejar adentrar por uma porta de fuga de uma realidade vida que   não lhe agrada, deixando de agradar aos outros seres , ja esta se tornado inútil dentro do universo vida, pois "ser infeliz é não conseguir causar a felicidade".
o drogado tenta criar um mundinho autista onde só existe o prazer próprio, mas longe de mim estar querendo bancar o moralista hipócrita por que somos todos mais ou menos autistas egoístas ainda vivenciando a ilusão do individualismo, ironicamente dentro de um universo coligado.

De certa forma, a encarnação é uma fuga da suposta realidade espiritual - tanto que efetivamente nem mesmo há provas da existência de tal realidade espiritual. Talvez nossos fantasmas devam aprender a lidar melhor com os problemas de sua vida-após-a-morte diretamente, em vez de ficar sempre retornando a um estado rudimentar de ser, racionalizando e floreando esse ciclo vicioso. Claro que é difícil aceitar isso, tal como é comumente difícil a pessoa admitir ter qualquer outro vício, seja dizendo que pode parar, ou atribuindo à prática significados floreados.



Citar
Citar
Citar
Ou seja, encarnados não devem tentar fazer contatos com fantasmas ou outros seres de natureza similar, imaterial. Isso é como ficar fazendo algazarra enquanto se usa drogas, perturbando a paz alheia.

Tem razão esta sua sabedoria ja foi testificada pelo Jesus que voce descrê,  veja:


"Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.
Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;
E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.
E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.
E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.
E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.
E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai,
Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento.
Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.
E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam.
Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.

Lucas 16:19-31"


De fato os mundos, assim como todos  os seres não podem se confundir totalmente,mas ja que o universo é interligado  nada impede de haver uma interseção entre eles, isto acontece  pela própria afinidades dos seres, eles se procuram , se sentem e trocam energias se completam buscando inconscientemente por uma natural coligação universal.
Pode crer quando ha uma necessidade todo o universo conspirará para união  ou separação (momentânea) dos seres, estejam onde estiverem se buscam, se sentem e se complementarão!
interessante que na sua visão, compara reencarnação e o mundo espiritual como drogas, uma saída magica para uma realidade rejeitada ?
o fruto proibido ? dado por Deus@diabo como injeção de animo a vida ?

Outros seres, chamados pelas culturas humanas de deuses, demônios, anjos, são provavelmente análogos a traficantes de drogas, utilizando-se das energias vibracionais das pessoas para benefício próprio. Geralmente as pessoas aceitarão prontamente alguma analogia quando falamos apenas de "demônios", obviamente, mas há também um ditado que diz que o melhor truque do diabo foi convencer a todos de que não existia. Mas talvez melhor ainda seja convencer a todos de que é um deus ou ao menos um anjo. Novamente, religiões diversas poderão até concordar mesmo quanto a isso, apenas acreditando que os deuses e anjos das outras religiões é que são demônios, mas não os da própria.



Citar
Citar
Outras alternativas em favor seriam a reencarnação em espécies diferentes. Talvez em espécies extintas. Apesar do rivailismo negar, é uma possibilidade levada em consideração pelo espiritualismo do Egito antigo.

Kardec como Amorc ensinam a pluralidade das existência formando alma do ser humano a partir dos minerais passando por todos os reinos,mas elas compartilham da impossibilidade da regressão da alma humana poder reencarnar animais.
diferente do hinduísmo e se não me engano também o budismo.
Eu mesmo sou contra discriminações, se ha liberdade de ação para  a evolução tem que que continuar havendo tambem para regressão a vida não pode ser resumida a uma valvula unidirecional, uma armadilha onde voce entra e não consegue voltar mais para o estagio anterior do tipo "iíííí´entrei pela porta errada , o paraíso é mais chato do que eu imaginava, quero ter liberdade para dar um pulinho no inferno! Liberdade é a existência de no minimo 2 possibilidades!   :quase-anjo: :diabo:


Citar
Há ainda outras categorias de "reencarnação", não somente a que fantasia sobre almas/fantasmas, mas a possibilidade hipotética de se conseguir copiar o "software" da instalação do cérebro de uma pessoa, e reproduzí-lo em um outro corpo, que pode ser ou não humano. Nesse caso, é até algo que poderia ir na direção oposta do problema da superpopulação e de certa forma até o da fragmentação das almas, pois seria efetivamente uma extensão da longevidade humana. Se as pessoas pudessem viver milhares de anos, seja em novos corpos normais ou em robôs, ou no que for, talvez deixassem então de ver a necessidade de se reproduzirem tanto, continuariam indefinidamente praticamente as mesmas pessoas no planeta, ficando gradualmente cada vez mais sábias com e experiência de vida, e até "upgrades" no seu hardware, estendendo assim também as capacidades de sua mente.

vejo uma grande distinção entre o ser humano e uma maquina, a vontade.
outra seria a infinitude da memória alma mal grado os limites das memórias fisicas.
Essa sua teoria não é muito original pois ja era compartilhado pelas múmias egipcianas e atualmente por congelamento de corpos a baixíssimas temperaturas, dai que a morte é a unica coisa que define  o que é Deus e o que é o homem!

Sim, não alego originalidade. Isso é a noção de "singularidade" e "upload da mente", não sei quem seria o idealizador original, mas um dos mais velhos a falar sobre isso que me lembro foi Marvin Minsky.

Mesmo as crenças egípcias antigas podem estar fundamentadas nessa realidade, com suas múmias eventualmente sendo ressuscitadas por uma civilização ET, embora também seja possível que tenha sido apenas uma versão mais literalmente faraônica de "culto à carga" (tribos sem maior instrução tentando atrair aviões de carga, que pensam ser enviados por deuses, com aviões de palha).

Indo mais além, pode ser que nossas mentes já sejam digitais e tudo seja uma realidade virtual num computador super-avançado do "futuro", e então a reencarnação nos moldes "sobrenaturais" seja apenas simulação (bem como o estado desencarnado), dessa forma o "mundo espiritual" é material, e os céticos então perdem muitos dos argumentos usados para questionar o paranormal/sobrenatural. Em tese, quaisquer violações de "leis" físicas pode ser implementada por administradores, que teriam efetivamente poder de "deuses", embora sejam apenas programas de computador, como nós.

Essa possibilidade é fortemente evidenciada por algums claros "bugs" na física da natureza:










Citar
A evolução do ser pede por infinita renovação dos dados inseridos na memória da alma, gerando novas ações , reações e sentimentos, penso que morrer fisicamente seja um benção para corpos e mentes cansadas, todo ser precisa de um refresh.

 abaixo Jesus deixa muito claro  o que é a reencarnação:

O batismo de João era do céu ou dos homens? respondei-me. Marcos 11:30
O batismo de João era do céu ou dos homens? Lucas 20:4
Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados. Marcos 1:4

o afogamento a imersão sob agua representa o ultimo suspiro a morte do homem , a submersão significa a volta a vida  a primeira respiração de um novo ser, limpo das recordações do passado.

em concordância:


22 E ninguém põe vinho novo em vasilhas de couro velhas; se o fizer, o vinho rebentará as vasilhas, e tanto o vinho quanto as vasilhas se estragarão. Pelo contrário, põe-se vinho novo em vasilhas de couro novas".

...

Sim, é exatamente isso o que prega o Inri Cristo, suposta reencarnação atual (sua reencarnação ainda não foi comprovada como uma farsa) de Jesus Cristo/Adão .


Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.675
  • Sexo: Masculino
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #6 Online: 07 de Outubro de 2016, 20:02:28 »
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #7 Online: 07 de Outubro de 2016, 20:30:21 »
Com a ressalva de que, diferentemente (ou não) dos filmes "matrix", o argumentado é que pode ser que não exista nenhum corpo feito de carne em que está espetado um plug que cria essa realidade virtual num cérebro de neurônios. Só existiria a simulação.

Talvez um dia tal coisa possa ter existido, mas não necessariamente tal como nós. Da mesma forma que aqueles "simuladores" de evolução biológica não recriam espécies que já existiram, mas produzem criações originais.

Claro que, se o universo for infinito, haverá tanto infinitas versões simuladas quanto reais da mesma espécie (e dos mesmos indivíduos exatos, tanto em infinitas cópias idênticas, com todas as mesmas exatas ações, bem como em infinitas variações mínimas e nem tão mínimas (até por que é um infinito muito maior de chances de um dado indivíduo surgir num contexto diferente, do que numa das outras infinitas, porém menos numerosas, instâncias do mesmo contexto exato). E talvez em infinitos sub-níveis de simulação, também.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.675
  • Sexo: Masculino
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #8 Online: 07 de Outubro de 2016, 21:45:59 »
Com a ressalva de que, diferentemente (ou não) dos filmes "matrix", o argumentado é que pode ser que não exista nenhum corpo feito de carne em que está espetado um plug que cria essa realidade virtual num cérebro de neurônios. Só existiria a simulação.

Talvez um dia tal coisa possa ter existido, mas não necessariamente tal como nós. Da mesma forma que aqueles "simuladores" de evolução biológica não recriam espécies que já existiram, mas produzem criações originais.

Já que tocou nesse assunto, eu particularmente nunca comprei a ideia de que podemos viver numa simulação.

O principal argumento a favor da simulação é que o poder computacional aumenta consideravelmente.

Mas um computador tem limitações físicas, e essa evolução no processamento ocorre não somente na velocidade, mas também no processamento paralelo, mais cálculos complexos computados por vez, etc. Sem falar que há gastos de energia elétrica e ainda otimizações e "truques" para obter melhores resultados.

Um dos truques usados para melhorar a performance de processamento gráfico de um jogo por exemplo é não processar texturas que estejam escondidas ou fora da visão do jogador (atrás do jogador, por exemplo). Tanto é que o simples recurso de um espelho retrovisor num jogo de corrida é implementado com muito cuidado e cheio de limitações porque o processamento aumenta.

Então uma pequena evidência de que não estamos sendo processados por uma grande placa gráfica é a possibilidade de utilizarmos espelhos, câmeras e aumentar e reduzir o zoom sem notar problemas ou glitches do tipo.

Sem falar que cada pessoa no mundo ou universo é um "jogador" próprio, com uma simulação sendo rodada apenas pra ele.

Num game um personagem que anda aleatoriamente no mapa some após alguns metros, justamente para poupar processamento.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #9 Online: 07 de Outubro de 2016, 22:22:18 »

Já que tocou nesse assunto, eu particularmente nunca comprei a ideia de que podemos viver numa simulação.

O principal argumento a favor da simulação é que o poder computacional aumenta consideravelmente.

Mas um computador tem limitações físicas, e essa evolução no processamento ocorre não somente na velocidade, mas também no processamento paralelo, mais cálculos complexos computados por vez, etc. Sem falar que há gastos de energia elétrica e ainda otimizações e "truques" para obter melhores resultados.

Se estivermos numa simulação, não sabemos como essas considerações se aplicam para o universo real. Está falando de uma física que pode ser essencialmente fictícia.



Citar
Um dos truques usados para melhorar a performance de processamento gráfico de um jogo por exemplo é não processar texturas que estejam escondidas ou fora da visão do jogador (atrás do jogador, por exemplo). Tanto é que o simples recurso de um espelho retrovisor num jogo de corrida é implementado com muito cuidado e cheio de limitações porque o processamento aumenta.

Algumas pessoas talvez digam que a física em si apresenta alguma similaridade com esses truques em tornar "realidade" as coisas apenas quando há a interação com um observador:

Citar
Relational quantum mechanics (RQM) is an interpretation of quantum mechanics which treats the state of a quantum system as being observer-dependent, that is, the state is the relation between the observer and the system. This interpretation was first delineated by Carlo Rovelli in a 1994 preprint, and has since been expanded upon by a number of theorists. It is inspired by the key idea behind Special Relativity, that the details of an observation depend on the reference frame of the observer, and uses some ideas from Wheeler on quantum information.

The physical content of the theory is not to do with objects themselves, but the relations between them. As Rovelli puts it: "Quantum mechanics is a theory about the physical description of physical systems relative to other systems, and this is a complete description of the world".[2]

The essential idea behind RQM is that different observers may give different accounts of the same series of events: for example, to one observer at a given point in time, a system may be in a single, "collapsed" eigenstate, while to another observer at the same time, it may appear to be in a superposition of two or more states. Consequently, if quantum mechanics is to be a complete theory, RQM argues that the notion of "state" describes not the observed system itself, but the relationship, or correlation, between the system and its observer(s).


[...]

Thus the standard mathematical formulation of quantum mechanics allows different observers to give different accounts of the same sequence of events. There are many ways to overcome this perceived difficulty. It could be described as an epistemic limitation — observers with a full knowledge of the system, we might say, could give a complete and equivalent description of the state of affairs, but that obtaining this knowledge is impossible in practice. But whom? What makes {\displaystyle O} O's description better than that of {\displaystyle O'} O', or vice versa? Alternatively, we could claim that quantum mechanics is not a complete theory, and that by adding more structure we could arrive at a universal description (the troubled hidden variables approach). Yet another option is to give a preferred status to a particular observer or type of observer, and assign the epithet of correctness to their description alone. This has the disadvantage of being ad hoc, since there are no clearly defined or physically intuitive criteria by which this super-observer ("who can observe all possible sets of observations by all observers over the entire universe"[11]) ought to be chosen.

RQM, however, takes the point illustrated by this problem at face value. Instead of trying to modify quantum mechanics to make it fit with prior assumptions that we might have about the world, Rovelli says that we should modify our view of the world to conform to what amounts to our best physical theory of motion.[12] Just as forsaking the notion of absolute simultaneity helped clear up the problems associated with the interpretation of the Lorentz transformations, so many of the conundra associated with quantum mechanics dissolve, provided that the state of a system is assumed to be observer-dependent — like simultaneity in Special Relativity.

[...]









Citar
Então uma pequena evidência de que não estamos sendo processados por uma grande placa gráfica é a possibilidade de utilizarmos espelhos, câmeras e aumentar e reduzir o zoom sem notar problemas ou glitches do tipo.

Ou somos programados para não notar.

Tem pessoas que são completamente cegas mas acham que não.

Citar
Anton–Babinski syndrome, also known as visual anosognosia, is a rare symptom of brain damage occurring in the occipital lobe. Those who suffer from it are "cortically blind", but affirm, often quite adamantly and in the face of clear evidence of their blindness, that they are capable of seeing. Failing to accept being blind, the sufferer dismisses evidence of their condition and employs confabulation to fill in the missing sensory input. It is named after Gabriel Anton and Joseph Babinski.

https://en.wikipedia.org/wiki/Anton–Babinski_syndrome


Citar
Sem falar que cada pessoa no mundo ou universo é um "jogador" próprio, com uma simulação sendo rodada apenas pra ele.

Num game um personagem que anda aleatoriamente no mapa some após alguns metros, justamente para poupar processamento.

Não sabemos quantas pessoas são reais e quantas são NPCs que somem quando não estamos vendo.

http://www.independent.co.uk/news/uk/home-news/the-missing-each-year-275000-britons-disappear-1801010.html

Na verdade, não sabemos nem o quanto tempo realmente existimos, quando/se existimos. "Memórias" do passado podem constantemente ser fabricações aleatórias criadas num dado instante, novamente de maneira análoga à síndrome de Babinski, mas também combinada a possibilidade "paródia" de criação ex-nihilo do universo há dois minutos atrás, com todas evidências de uma história falsa. Apenas seria uma versão digital-simulada desse mesmo "fenômeno". Não diferente de um NPC que diz ter vivido uma história que nunca ocorreu.


Ainda tem o aspecto de que vários "problemas" em simulações se dão com relação ao desempenho de um computador a outro (o segundo, nosso cérebro). Mas, se somos simulações, talvez os processos que nos originam sejam muito mais lentos do que conceberíamos. Também há condições neurológicas de pessoas que não percebem o passar do tempo. Em analogia com jogos de computador, você poderia rodar um jogo em prioridade absurdamente reduzida de processamento, mas os personagens simulados nunca notariam essa diferença, eles não têm a referência externa, para eles tudo parece ocorrer na velocidade normal.




(Minhas objeções de verdade a essa noção também vão por aí, mas acrescentaria ainda, talvez como principal, que simplesmente não sabemos se é possível realmente reproduzir a consciência em algum nível de emulação. Algo como fazer um programa/simulação que tenha organismos que realmente sentem dor, vêem, ouvem, etc)

Offline criso

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 127
  • Sexo: Masculino
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #10 Online: 07 de Outubro de 2016, 23:43:19 »
Citação de: Buckaroo Banzai
Na verdade, não sabemos nem o quanto tempo realmente existimos, quando/se existimos. "Memórias" do passado podem constantemente ser fabricações aleatórias criadas num dado instante, novamente de maneira análoga à síndrome de Babinski, mas também combinada a possibilidade "paródia" de criação ex-nihilo do universo há dois minutos atrás, com todas evidências de uma história falsa. Apenas seria uma versão digital-simulada desse mesmo "fenômeno". Não diferente de um NPC que diz ter vivido uma história que nunca ocorreu.
Explorando o suposto fenômeno espírita do desdobramento, por meio do qual muitas pessoas julgam possível descobrir detalhes de vidas passadas e conhecer o mundo espiritual, descobri que há sequências absurdas espontâneas de memórias que subitamente vem à tona, sem que nunca sequer tenhamos vivenciado nada conectado às mesmas. Para exemplificar - suponha que você se lembra que sonhou que andava com um cara, que era seu amigo, numa praça. Você agora, lembra disso e diz "sonhei que um cara era meu amigo e andávamos na praça". Entretanto, no momento exato em que sua consciência psíquica experimentava o sonho, ela sabia QUEM era o cara, PORQUE ele estava ali, QUAL era a praça, e mais! uma série de memórias que você simplesmente perde ao voltar para a vigília! Todos aqui podem experimentar isso por meio do sonho lúcido. Quando estiverem sonhando e perceberem que estão sonhando, ao invés de sair fazendo o que quiser pare e tente observar o que você já estava fazendo e o porquê de estar fazendo! De repente terá acesso a um turbilhão de memórias de toda uma vida que você nunca teve. É um fenômeno realmente bizarro e pode ser pessoalmente experimentado por qualquer ateu e cético aqui do fórum. Não digo que isso seja devido a reencarnações, mas o fenômeno é extremamente interessante por si e vale apena de ser vivenciado. Uma experiência pessoal que tenho a compartilhar sobre isso - meus avós moram em um pequeno e simples condomínio, e, sonhando que estava lá, vejo uma grande construção tecnologicamente avançada que, no plano físico, não existe. Como eu aderi ao hábito de anotar meus sonhos devido a experimentos ocultistas, percebi que quando sonhei novamente que estava no condomínio, lá estava o edifício. Em outros sonhos, mais adiante, o local também estava lá. Fiquei completamente intrigado com esses resultados, pois pensei que o ambiente de sonho era aleatoriamente gerado. Então, um dia consegui ficar lúcido em um destes sonhos e, observando o edifício, de repente veio em minha mente toda uma memória de anos, de experiências, de coisas que aconteceram lá e muito mais! Coisas que nunca vivenciei! E, no momento, eram tão reais quanto minha memória objetiva atual. Depois de despertar, as memórias foram se perdendo, como se algo bloqueasse minha capacidade de assimilá-las, mas posso confirmar e submeter a testes esse tipo de experiência pelo qual passei! Basta, para os interessados, ficarem lúcidos em sonho e se perguntarem o "porquê" das coisas e pessoas ao seu redor para que experimentem por si.
Visita
Interiora
Terrae
Rectificandoque
Invenies
Occultum
Lapidem

Offline criso

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 127
  • Sexo: Masculino
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #11 Online: 07 de Outubro de 2016, 23:53:20 »
Considerando a reencarnação como sendo uma possibilidade, quais seriam seus argumentos contras ou a favor ?
Favor: o pensamento ignorante e medieval colocou o homem como uma criatura, distinta da criação, colocada aqui por um criador transcendental. A dualidade é antiga, mas se enraizou na mente dos homens. Quando floresceu o ateísmo e a modernidade, Deus foi cortado dessa equação, mas continuamos nos vendo como "jogadores" em um "cenário", separados do mesmo. Na verdade, não existe nada em você que seja exatamente "seu". Nem a matéria que atualmente nos forma é nossa, não é diferente dos outros elementos químicos presentes em toda a Natureza e também foi formada pelos mesmos processos. O homem ainda se vê como algo "separado do mundo", ao invés de reconhecer que ele mesmo É mundo. Os ateus, mesmo excluindo Deus, conservam uma estrutura religiosa de pensamento. Creio na reencarnação porque não creio no Eu, não creio na separação ou na dualidade. O Eu não existe, é uma construção. A personalidade se desenvolve em vida e se esvai junto com seus processos cerebrais. O que reencarna é o universo - o problema é que o homem insiste em se ver como a "criatura transcendental divina" separada, e não como mais uma manifestação natural. Por mais que tente ser ateu e se libertar de seus dogmas, ele ainda se vê como transcendente, deslocado, separado. Nós não somos jogadores em um cenário, nós somos o próprio cenário. Aliás, o cenário é que é "nós", porque somos apenas mais uma manifestação específica e transitória do mesmo. É o cenário que reencarna, é o universo que reencarna. Ele é o protagonista, o antagonista e o espectador de todos os dramas existenciais.
Visita
Interiora
Terrae
Rectificandoque
Invenies
Occultum
Lapidem

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.181
  • Who left the bag of idiots open?
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #12 Online: 08 de Outubro de 2016, 01:21:20 »
Citar
Quando estiverem sonhando e perceberem que estão sonhando, ao invés de sair fazendo o que quiser pare e tente observar o que você já estava fazendo e o porquê de estar fazendo!

Foi assim que criei o meu "Tulpa" papagaio que me ensina as receitas da Ana Maria Braga.
“The knives of jealousy are honed on details.”
― Ruth Rendell

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #13 Online: 12 de Outubro de 2016, 20:16:45 »


Quanto maior for a taxa de reencarnação, maior também será a população, que, encarnada, exaure os recursos do planeta, enquanto que, se continuasse fantasmagórica, poderia continuar vivendo eternamente sem gastar quaisquer recursos, supondo que esteja correta a suposição padrão de fantasmas serem motos-perpétuos.
penso eu que : "tudo o que esta em cima é igual ao que esta em baixo" pois na verdade não existe um dentro nem um fora.
controle populacional esta ao alcance do bom senso, quando necessário doenças e catástrofes, guerras acontecem para manter um equilíbrio!

"que venham os escândalos porque nesse mundo eles ainda são necessários, mas ai daquele que causar tais escanda-los"



Citar
Citar
Ao menos no conceito tradicional. Se for reencarnação na própria vida recém vivida (voltando no tempo e vivendo-a novamente, ou a alterando), não tenho objeções.
e como seria isso ?

Citar
Ué. Como mais poderia ser? Uma pessoa morre, seu fantasma volta no tempo do mundo físico, e reencarna em si mesma novamente. Como rebobinar uma fita e assistir de novo, ou, possivelmente, como jogar novamente um jogo de vídeo-game quando se "morre" e começa-se de novo com uma nova vida, partindo do mesmo ponto inicial -- mas podendo mudar a história.

neste caso a morte perderia sua função refresh, a cuca!...... ha...ha..ha..ha.ha
o interessante é renovar corpos cansados, ser criança é o prazer do aprendizado, nascer velho e cansado seria uma sacanagem divina, a não ser Benjamim Button com um corpo de 80 anos tirando o folego da prostituta.

 
Citar
Citar
Sem falar que existe a possibilidade de tal coisa se dar em função de fragmentação nas almas -- talvez daí venha a percepção de que as pessoas são cada vez mais desalmadas.
o universo não seria uma composição de partes ? a geração de novos seres não se da pela fragmentação e recomposição de novos seres ? então faz sentido pensar que o ser alma seja tambem uma fragmentação de outro ser, muito bem!  :clapping:
mas na verdade são os ateus que se consideram desalmados, triste perspectiva de um breve fim!    :rip:  :'(

Citar
Segundo algumas teorias espiritualistas, como a linha de Rivail e seus seguidores, os seres se dividem em reino mineral, reino vegetal, reino piscial, reino animal, reino hominal, e reino angelical. Isso está correlato a uma evolução das almas, que se aperfeiçoam com o passar do tempo. Porém, não há provas de que esse aperfeiçoamento não possa ser deteriorado com a diluição das almas, reencarnando mais "ralas" em mais corpos. Por um lado se tem um mundo com mais almas-gêmeas, mas por outro de pessoas/seres cada vez mais desalmados.

 dizem que reencarnam cada vez mais pura, segundo Amorc a alma é algo indissociável  porem sua personalidade  é mutável, segundo o espiritismo a alma que animou um ser primitivo é a mesma que anima um homem civilizado, porem sua atual personalidade nada lembra ao do animal primitivo (será ?), as vezes acho que lembra sim! é o caso em  que todas ações ficam arquivadas na memória da alma em certas circunstancias elas são revividas.
esse papo de almas gêmeas é balela existe afinidades em almas que se complementam,mas igualdade não existe.

Citar
Então, talvez a melhor opção seja, tal como sugere a teoria budista, eliminar-se os nossos desejos para eliminar o sofrimento. Dentre os desejos, está o desejo de reencarnação. Com reencarnação zerada ou reduzida, deverá haver  menor fragmentação de almas, menor desumanidade, o cosmo todo será um lugar melhor, com menos sofrimento.

Sim mesmo Jesus pregava a submissão total a Deus, eu discordo!
O desejo é quem cria os diferentes seres!
Sem vontade não ha movimento,mesmo em algo considerado ceticamente apenas mecânico, veja que a liberdade de ação de um escraviza o outro, quando plantamos um semente não é pela nossa vontade ou a da própria semente que um dia ela se transformará em arvores e frutos, assim é que nascemos e morremos.
Talvez se aprendêssemos a separar o joio do trigo poderíamos criar  aqui mesmo um lugar menos doloroso  :twisted:
mas lembre-se que desde o principio os seres são eternos descontentes, Adão e Lucifer  que o digam porque nem o céu nem o paraiso estava bom para eles!

Citar
Sem falar que tem até o aspecto literal disso: mais almas são mais oportunidades de sofrer, logo, mais sofrimento. Segundo a linha de Rivail, de certa forma, a reencarnação nada mais é do que um processo de auto-flagelação. Se as pessaos aprendessem a perdoar umas às outras e a si mesmas, poderiam então deixar de se auto-flagelar através de reencarnações, e viver-após-a-morte num estado de plenitude e harmonia paradisíaco.
"o ser perfeito é ser imperfeito"
A dor não é uma sacanagem divina e sim uma necessidade para haver vida individualizada, não ha como compartilharmos sentimentos!
Ceticos tendem ao pessimismo e nisto não ha equilíbrio, por que em viver só ha flagelos ? só ha  dor e o prazer movimentando a  vida .
o único paraíso que existe fica em SP,mas também não é la essas coisas!

sendo mais objetivo : por que deus criou semente antes do ser fruto ? vermes antes do ser anjo ?


Citar
Eu já abordei mais detalhadamente sobre esse tema em outras ocasiões, dentro da perspectiva da encarnação como vício/barato, é o previsto que as pessoas tentem racionalizar todos os problemas -- da mesma forma que os defensores do uso de drogas fazem com seus efeitos, também tentando dar a eles algumas vezes significados místicos, de elevação espiritual e etc.
veja só o crente vê o paraíso como uma porta de fuga para uma realidade que não lhe agrada, talvez o cético veja morte como um descanso eterno.
como disse jesus, quando  o espirito de um homem deixa seu corpo  procura por local de repouso mas não encontrando se lembra de voltar para o antigo corpo que habitava, mas ao voltar acha outro corpo "limpo", só que renasce e não encontra a paz por quer traz com ele outros espíritos pior do que ele (obsessores), então a segunda vida daquele homem sera pior do que a primeira, isto acontecerá com essa geração perversa diz jesus!
todo espirito sofredor estando vivo ou morto vê a morte ou a reencarnação como uma fuga do inferno que vive.
quanto ao "barato " da reencarnação veja que o efeito da droga varia proporcionalmente  a consciência de cada individuo .




Citar
De certa forma, a encarnação é uma fuga da suposta realidade espiritual - tanto que efetivamente nem mesmo há provas da existência de tal realidade espiritual. Talvez nossos fantasmas devam aprender a lidar melhor com os problemas de sua vida-após-a-morte diretamente, em vez de ficar sempre retornando a um estado rudimentar de ser, racionalizando e floreando esse ciclo vicioso. Claro que é difícil aceitar isso, tal como é comumente difícil a pessoa admitir ter qualquer outro vício, seja dizendo que pode parar, ou atribuindo à prática significados floreados.
a não existência do ser é uma possibilidade vista por ceticos, eu creio nas minhas evidencias anedóticas baseadas em experiências e observações pessoais que sustentam a crença na continuação dos seres, se estiver certo todos saberão, se tiver errado niguem ficará sabendo!  :hihi:
Estas observação me levam a crer na possibilidade da reencarnação tanto quanto o passar a existir, estaão niveladas ao mesmo grau de "impossibilidade"!  ::)

Citar
Outros seres, chamados pelas culturas humanas de deuses, demônios, anjos, são provavelmente análogos a traficantes de drogas, utilizando-se das energias vibracionais das pessoas para benefício próprio. Geralmente as pessoas aceitarão prontamente alguma analogia quando falamos apenas de "demônios", obviamente, mas há também um ditado que diz que o melhor truque do diabo foi convencer a todos de que não existia. Mas talvez melhor ainda seja convencer a todos de que é um deus ou ao menos um anjo. Novamente, religiões diversas poderão até concordar mesmo quanto a isso, apenas acreditando que os deuses e anjos das outras religiões é que são demônios, mas não os da própria.

isso é verdade segundo o poeta "na casa do sr não existe satanás, xô satanás ...xô satanás" na minha igreja só desce o espirito santo na dos outros só o diabo tentando enganar as pessoas, alguns crentes dizem que quando veêm um parente morto tentando se comunicar é o diabo tentando engana-los!






Citar
Sim, não alego originalidade. Isso é a noção de "singularidade" e "upload da mente", não sei quem seria o idealizador original, mas um dos mais velhos a falar sobre isso que me lembro foi Marvin Minsky.

<a href="https://www.youtube.com/v/j4M1ZDSlmPg" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/j4M1ZDSlmPg</a>


<a href="https://www.youtube.com/v/D-BxR4F3TQo" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/D-BxR4F3TQo</a>

 :histeria:  :histeria: :histeria: Finalmente o pica-pau encontrou um ser mais sádico que ele! esse macaco não é gente , não! kkkkkkkkkkkkk

Citar
Mesmo as crenças egípcias antigas podem estar fundamentadas nessa realidade, com suas múmias eventualmente sendo ressuscitadas por uma civilização ET, embora também seja possível que tenha sido apenas uma versão mais literalmente faraônica de "culto à carga" (tribos sem maior instrução tentando atrair aviões de carga, que pensam ser enviados por deuses, com aviões de palha).

<a href="https://www.youtube.com/v/1LDz9yVzavw" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/1LDz9yVzavw</a>

este vídeo me fez repensar que a terra talvez passe por períodos de reciclagem refresh, após uma dizimação voltemos para pré -pré história vida redundante, talvez isto justifique o instinto e intuição do futuro!
Citar
Indo mais além, pode ser que nossas mentes já sejam digitais e tudo seja uma realidade virtual num computador super-avançado do "futuro", e então a reencarnação nos moldes "sobrenaturais" seja apenas simulação (bem como o estado desencarnado), dessa forma o "mundo espiritual" é material, e os céticos então perdem muitos dos argumentos usados para questionar o paranormal/sobrenatural. Em tese, quaisquer violações de "leis" físicas pode ser implementada por administradores, que teriam efetivamente poder de "deuses", embora sejam apenas programas de computador, como nós.

sim uma espécie de matrix




Citar
A evolução do ser pede por infinita renovação dos dados inseridos na memória da alma, gerando novas ações , reações e sentimentos, penso que morrer fisicamente seja um benção para corpos e mentes cansadas, todo ser precisa de um refresh.

 abaixo Jesus deixa muito claro  o que é a reencarnação:

Citar

Sim, é exatamente isso o que prega o Inri Cristo, suposta reencarnação atual (sua reencarnação ainda não foi comprovada como uma farsa) de Jesus Cristo/Adão .

problemas mentais ou  é um gozador!
« Última modificação: 13 de Outubro de 2016, 08:37:02 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #14 Online: 12 de Outubro de 2016, 22:23:02 »
Todos aqui podem experimentar isso por meio do sonho lúcido. Quando estiverem sonhando e perceberem que estão sonhando, ao invés de sair fazendo o que quiser pare e tente observar o que você já estava fazendo e o porquê de estar fazendo! De repente terá acesso a um turbilhão de memórias de toda uma vida que você nunca teve. É um fenômeno realmente bizarro e pode ser pessoalmente experimentado por qualquer ateu e cético aqui do fórum. Não digo que isso seja devido a reencarnações, mas o fenômeno é extremamente interessante por si e vale apena de ser vivenciado.

Mesmo sonho lúcido ordinário não é algo cientificamente consensual como existente, e, se realmente existe algo que se pode chamar assim (em vez de você sonhar não-lucidamente que estava tendo um sonho lúcido), também tem boas chances de não estar ligado a capacidades de acesso excepcional de memória, ou qualquer outra capacidade, muito menos acesso a eventos que a pessoa nunca tenha ela mesmo visto ou vindo a saber.

PS.: o trecho da minha mensagem citado tem uma ligação tão ínfima com isso que acho que talvez eu não tenha sido claro. Fazia menção a idéia de que, teoricamente, o universo poderia ter apenas três minutos de existência a partir do momento em que leu essa frase. Tudo mais são evidências falsas, incluindo as memórias, de uma história que nunca realmente existiu. Essa é uma "possibilidade" levantada como análoga ao criacionismo da Terra jovem e a "aparência" da Terra ser "antiga", segundo as evidências científicas.


Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #15 Online: 13 de Outubro de 2016, 07:30:48 »


Mesmo as crenças egípcias antigas podem estar fundamentadas nessa realidade, com suas múmias eventualmente sendo ressuscitadas por uma civilização ET, embora também seja possível que tenha sido apenas uma versão mais literalmente faraônica de "culto à carga" (tribos sem maior instrução tentando atrair aviões de carga, que pensam ser enviados por deuses, com aviões de palha).



11 De repente, enquanto caminhavam e conversavam, apareceu um carro de fogo, puxado por cavalos de fogo, que os separou, e Elias foi levado aos céus ...
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #16 Online: 13 de Outubro de 2016, 07:53:17 »
Com a ressalva de que, diferentemente (ou não) dos filmes "matrix", o argumentado é que pode ser que não exista nenhum corpo feito de carne em que está espetado um plug que cria essa realidade virtual num cérebro de neurônios. Só existiria a simulação.

acho que voce esta querendo dizer que o mundo material seja apenas simulado virtual um programa da mente, isto é perfeitamente possível e tambem o mais provável, oras estamos todos conectados a uma realidade dos sentidos físicos nossa inteiração com o mundo externo não é feita diretamente e sim através de  sinais
construídos através de vibrações, movimento estas são as palavras chaves para consciência, pois não existe vida sem movimento.
Em Matrix  as maquinas conectaram-se a mente humanas e inseriam dados virtuais iludindo a mente com falso movimentos, enquanto o corpo permanecia "parado" em laboratório.
interessante que em sonhos a própria mente cria vidas virtuais, hora relembrando vivencias reais passadas, horas construindo histórias tentando dar algum sentido aos zilhões de fatos armazenados na sua memória, mas o fato é que ela cria cenas e sentimentos capazes de criar realidades virtuais bem significantes ao ponto de  despertar sentimentos reais, dor prazer e emocionais tristezas e alegrias,mas o mais interessante é como  ela consegue adentrar a fatos que ainda irão acontecer ?

Citar
Talvez um dia tal coisa possa ter existido, mas não necessariamente tal como nós. Da mesma forma que aqueles "simuladores" de evolução biológica não recriam espécies que já existiram, mas produzem criações originais.

Claro que, se o universo for infinito, haverá tanto infinitas versões simuladas quanto reais da mesma espécie (e dos mesmos indivíduos exatos, tanto em infinitas cópias idênticas, com todas as mesmas exatas ações, bem como em infinitas variações mínimas e nem tão mínimas (até por que é um infinito muito maior de chances de um dado indivíduo surgir num contexto diferente, do que numa das outras infinitas, porém menos numerosas, instâncias do mesmo contexto exato). E talvez em infinitos sub-níveis de simulação, também.
para mim não existe precisão em igualdades, dentre infinitos seres vivos não haver nunca dois Buckcaroos nem no mundo paralelo nem no mundo série.
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #17 Online: 13 de Outubro de 2016, 08:19:31 »
Com a ressalva de que, diferentemente (ou não) dos filmes "matrix", o argumentado é que pode ser que não exista nenhum corpo feito de carne em que está espetado um plug que cria essa realidade virtual num cérebro de neurônios. Só existiria a simulação.

Talvez um dia tal coisa possa ter existido, mas não necessariamente tal como nós. Da mesma forma que aqueles "simuladores" de evolução biológica não recriam espécies que já existiram, mas produzem criações originais.

Já que tocou nesse assunto, eu particularmente nunca comprei a ideia de que podemos viver numa simulação.

O principal argumento a favor da simulação é que o poder computacional aumenta consideravelmente.

Mas um computador tem limitações físicas, e essa evolução no processamento ocorre não somente na velocidade, mas também no processamento paralelo, mais cálculos complexos computados por vez, etc. Sem falar que há gastos de energia elétrica e ainda otimizações e "truques" para obter melhores resultados.

Um dos truques usados para melhorar a performance de processamento gráfico de um jogo por exemplo é não processar texturas que estejam escondidas ou fora da visão do jogador (atrás do jogador, por exemplo). Tanto é que o simples recurso de um espelho retrovisor num jogo de corrida é implementado com muito cuidado e cheio de limitações porque o processamento aumenta.

Então uma pequena evidência de que não estamos sendo processados por uma grande placa gráfica é a possibilidade de utilizarmos espelhos, câmeras e aumentar e reduzir o zoom sem notar problemas ou glitches do tipo.

Sem falar que cada pessoa no mundo ou universo é um "jogador" próprio, com uma simulação sendo rodada apenas pra ele.

Num game um personagem que anda aleatoriamente no mapa some após alguns metros, justamente para poupar processamento.


É justo um ser limitado não conseguir ver alem dos seus limites (sem ofensas, pois somos todos limitados), se não então vejamos:
Nossa consciência é formada  por absorvição de formas de dados externos onde  a mente tenta reorganiza-los dar seu sentido pessoal  a   novas formas, dai que sendo limitada não consegue conscientizar  a forma do Todo, então o faz por partes em formas menores, associando e desassociando  dados.
Dai que a consciência da mente  é formada por essa inteiração com o mundo fisico externo, ela recebe dados, reorganiza formas abstratas e depois tenta torna-las reais no mundo fisico.
Então como saber que toda a existência não é apenas uma criação da mente ? 

« Última modificação: 13 de Outubro de 2016, 08:34:00 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #18 Online: 13 de Outubro de 2016, 08:58:57 »

Já que tocou nesse assunto, eu particularmente nunca comprei a ideia de que podemos viver numa simulação.

O principal argumento a favor da simulação é que o poder computacional aumenta consideravelmente.

Mas um computador tem limitações físicas, e essa evolução no processamento ocorre não somente na velocidade, mas também no processamento paralelo, mais cálculos complexos computados por vez, etc. Sem falar que há gastos de energia elétrica e ainda otimizações e "truques" para obter melhores resultados.

Se estivermos numa simulação, não sabemos como essas considerações se aplicam para o universo real. Está falando de uma física que pode ser essencialmente fictícia.

sim ! para uma mente sob hipnose a realidade é outra! para uma anestesiada tambem não existe dor!



Citar
Um dos truques usados para melhorar a performance de processamento gráfico de um jogo por exemplo é não processar texturas que estejam escondidas ou fora da visão do jogador (atrás do jogador, por exemplo). Tanto é que o simples recurso de um espelho retrovisor num jogo de corrida é implementado com muito cuidado e cheio de limitações porque o processamento aumenta.

Citar
Algumas pessoas talvez digam que a física em si apresenta alguma similaridade com esses truques em tornar "realidade" as coisas apenas quando há a interação com um observador:

se não houver nenhuma consciência de algo, é como se ele não existisse! havendo ainda seres com consciências alheais a  existência desse algo ele nem ao menos poderá ser considerado como uma existência abstrata, ja que formas abstratas derivam exclusivamente das formas reais inseridas pelo mundo fisico na mente.


Citar
Então uma pequena evidência de que não estamos sendo processados por uma grande placa gráfica é a possibilidade de utilizarmos espelhos, câmeras e aumentar e reduzir o zoom sem notar problemas ou glitches do tipo.

Citar
Ou somos programados para não notar.

Tem pessoas que são completamente cegas mas acham que não.


Exato! por comparação mal grado a haver existência de milhões de sinais de imagens e sons presentes em uma antena, o receptor esta programado e limitado para 
sintonizar perceber apenas alguns, para ele os outros sinais são inexistentes.
é desta forma que nossos sentidos são programados para limitar nossa consciência da realidade.

o interessante é que no exercício da mente tentando reorganizar a formas externas, indiretamente ela consegue perceber ou  intuir a exsitência de realidades alem do  alcance dos seu limitados sentidos fisicos, dai sempre a partir de formas externas as reorganiza em novas formas de superar as limitações dos seu sentidos, ou seja através da criação de instrumentos consegue ampliar os seus sentidos! conseguindo ver a realidade de uma forma mais ampla!   

Citar
Na verdade, não sabemos nem o quanto tempo realmente existimos, quando/se existimos. "Memórias" do passado podem constantemente ser fabricações aleatórias criadas num dado instante, novamente de maneira análoga à síndrome de Babinski, mas também combinada a possibilidade "paródia" de criação ex-nihilo do universo há dois minutos atrás, com todas evidências de uma história falsa. Apenas seria uma versão digital-simulada desse mesmo "fenômeno". Não diferente de um NPC que diz ter vivido uma história que nunca ocorreu.

como saber se a realidade ´não é apenas um produto das nossas mentes ? e se houver apenas uma unica mente simulando a existência de infinitas outras ?
Matrix de novo!






« Última modificação: 13 de Outubro de 2016, 09:20:50 por Criaturo »
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #19 Online: 13 de Outubro de 2016, 10:04:38 »
Citação de: Buckaroo Banzai
Na verdade, não sabemos nem o quanto tempo realmente existimos, quando/se existimos. "Memórias" do passado podem constantemente ser fabricações aleatórias criadas num dado instante, novamente de maneira análoga à síndrome de Babinski, mas também combinada a possibilidade "paródia" de criação ex-nihilo do universo há dois minutos atrás, com todas evidências de uma história falsa. Apenas seria uma versão digital-simulada desse mesmo "fenômeno". Não diferente de um NPC que diz ter vivido uma história que nunca ocorreu.
Explorando o suposto fenômeno espírita do desdobramento, por meio do qual muitas pessoas julgam possível descobrir detalhes de vidas passadas e conhecer o mundo espiritual, descobri que há sequências absurdas espontâneas de memórias que subitamente vem à tona, sem que nunca sequer tenhamos vivenciado nada conectado às mesmas. Para exemplificar - suponha que você se lembra que sonhou que andava com um cara, que era seu amigo, numa praça. Você agora, lembra disso e diz "sonhei que um cara era meu amigo e andávamos na praça". Entretanto, no momento exato em que sua consciência psíquica experimentava o sonho, ela sabia QUEM era o cara, PORQUE ele estava ali, QUAL era a praça, e mais! uma série de memórias que você simplesmente perde ao voltar para a vigília! Todos aqui podem experimentar isso por meio do sonho lúcido. Quando estiverem sonhando e perceberem que estão sonhando, ao invés de sair fazendo o que quiser pare e tente observar o que você já estava fazendo e o porquê de estar fazendo! De repente terá acesso a um turbilhão de memórias de toda uma vida que você nunca teve. É um fenômeno realmente bizarro e pode ser pessoalmente experimentado por qualquer ateu e cético aqui do fórum. Não digo que isso seja devido a reencarnações, mas o fenômeno é extremamente interessante por si e vale apena de ser vivenciado. Uma experiência pessoal que tenho a compartilhar sobre isso - meus avós moram em um pequeno e simples condomínio, e, sonhando que estava lá, vejo uma grande construção tecnologicamente avançada que, no plano físico, não existe. Como eu aderi ao hábito de anotar meus sonhos devido a experimentos ocultistas, percebi que quando sonhei novamente que estava no condomínio, lá estava o edifício. Em outros sonhos, mais adiante, o local também estava lá. Fiquei completamente intrigado com esses resultados, pois pensei que o ambiente de sonho era aleatoriamente gerado. Então, um dia consegui ficar lúcido em um destes sonhos e, observando o edifício, de repente veio em minha mente toda uma memória de anos, de experiências, de coisas que aconteceram lá e muito mais! Coisas que nunca vivenciei! E, no momento, eram tão reais quanto minha memória objetiva atual. Depois de despertar, as memórias foram se perdendo, como se algo bloqueasse minha capacidade de assimilá-las, mas posso confirmar e submeter a testes esse tipo de experiência pelo qual passei! Basta, para os interessados, ficarem lúcidos em sonho e se perguntarem o "porquê" das coisas e pessoas ao seu redor para que experimentem por si.
Criso és uma incógnita!  hora descrente hora tão  mistico quanto o seu avatar atual!
é certo que a mente em repouso reorganizar memórias e tenta  dar um sentido a elas, quando desligada do mundo externo a consciência abstrata torna o mundo imaginativo  por vezes até mais real e lucido do que a consciência do mundo fisico.
no mundo dos sonhos tudo faz sentido por que a mente age como um robô programado para não questionar, até que por algum motivo se torna lucida ai sim começa a questionar ,mas contrariando a lógica quanto maior o nivel de  lucidez menos nos tornamos críticos, pois  a realidade vivida  nos parece bem mais racional  funciona como um up  na consciência ela se torna mais sabia, lucida e perceptiva muito alem dos sentidos físicos.
certamente  os céticos enxergam tais sonhos lúcidos como mais uma droga da imaginação capaz de transformar  homens em super homens e de fato a lógica aponta para esta razão, seriamos simples maquinas construídas por um acaso não ser por um detalhe "estes sonhos se tornam realidades físicas".
permita citar aqui uma experiência minha: antes de dormir questionando a veracidade das viagens astrais espiritas , em minhas orações pedi que se voce verdade gostaria de manter-me lucido e guardar na memória fisica esta vivenciação, pois bem dormindo me vi flutuando subindo em direção ao céu passei pelo teto e comecei sobrevoar o bairro, até ai pareceria um ser mais um sonho normal , daqueles tipo filme ,mecânico e sem vontade própria até que avistando umas enormes vigas de concretos  pousei e me sentei em cima de uma delas e fiquei pensando estranhando "que naquele local nunca houve tais construções desse porte!", então reparei que havia uma placa coberta em baixo das minhas pernas, então me esforçando para ver o que estava escrito  consegui ler isso "Parabéns você conseguiu" como num passe de magica me lembrei de tudo havia pedido para ter esta consciência antes de dormir, foi ai que fiquei lucido, minha visão se abriu com uma clareza muito superior a fisica, olhando para baixo vi um jardim com gramas e flores, pensei em descer e o meu corpo foi suavemente flutuando para baixo, encontrado com alguém , dizia a ele que aquilo não era um sonho que realmente estávamos la, e para provar levantava um    tijolo que parecia conseguir ver sua instrutura atômica e dizia que tudo aquilo era real , que ele prestasse muita atenção no que estava acontecendo para poder manter tais lembranças quando acordasse! acordei com o coração batendo uma sensação incrível! mais incrível ainda é que passado algum tempo, de fato foi construído naquele local uma estação de metrô com as mesmas vigas de concreto e o jardim gramado que eu havia visto no sonho, é ai que eu questiono quando sonhos começam a virar realidades, então fica difícil querer tentar separar  sonhos e realidades!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #20 Online: 13 de Outubro de 2016, 10:40:16 »
Considerando a reencarnação como sendo uma possibilidade, quais seriam seus argumentos contras ou a favor ?
Favor: o pensamento ignorante e medieval colocou o homem como uma criatura, distinta da criação, colocada aqui por um criador transcendental. A dualidade é antiga, mas se enraizou na mente dos homens. Quando floresceu o ateísmo e a modernidade, Deus foi cortado dessa equação, mas continuamos nos vendo como "jogadores" em um "cenário", separados do mesmo. Na verdade, não existe nada em você que seja exatamente "seu". Nem a matéria que atualmente nos forma é nossa, não é diferente dos outros elementos químicos presentes em toda a Natureza e também foi formada pelos mesmos processos. O homem ainda se vê como algo "separado do mundo", ao invés de reconhecer que ele mesmo É mundo. Os ateus, mesmo excluindo Deus, conservam uma estrutura religiosa de pensamento. Creio na reencarnação porque não creio no Eu, não creio na separação ou na dualidade. O Eu não existe, é uma construção. A personalidade se desenvolve em vida e se esvai junto com seus processos cerebrais. O que reencarna é o universo - o problema é que o homem insiste em se ver como a "criatura transcendental divina" separada, e não como mais uma manifestação natural. Por mais que tente ser ateu e se libertar de seus dogmas, ele ainda se vê como transcendente, deslocado, separado. Nós não somos jogadores em um cenário, nós somos o próprio cenário. Aliás, o cenário é que é "nós", porque somos apenas mais uma manifestação específica e transitória do mesmo. É o cenário que reencarna, é o universo que reencarna. Ele é o protagonista, o antagonista e o espectador de todos os dramas existenciais.
a maioria da religiões pregam o religare entre Deus e o homem, como uma volta ao paraíso perdido! nisto o cristianismo diz que é necessário negar-se a si mesmo e ser a vontade incondicional do Pai.
Da minha parte ha controvérsias: Tambem acho que só  ha um unico ser Deus manisfestando , emulando vários "eu's" e nisto consiste a ilusão dos seres egocentricos, porem eu prego a teoria do desligare ou seja a manutenção egocêntrica do "eu", ou seja a  individualidade é uma ilusão necessária a existência dos seres, mesmo que haja uma  natural necessidade de uma evolução tendendo a unicidade, como pedaços de um imã que tendem voltar a reconstitui-lo.
no entanto veja que esse desequilibro é que  move a vida das partes dispersas da sua origem.
Tenho como razão da vida o movimento, este não existe sem desequilíbrios, então para haver vidas ha de se ter desequilíbrios constantes nem que seja como uma alternância de cordas vibrando desde de sempre em um circulo de 360 graus.

existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #21 Online: 13 de Outubro de 2016, 11:29:47 »
Com a ressalva de que, diferentemente (ou não) dos filmes "matrix", o argumentado é que pode ser que não exista nenhum corpo feito de carne em que está espetado um plug que cria essa realidade virtual num cérebro de neurônios. Só existiria a simulação.

acho que voce esta querendo dizer que o mundo material seja apenas simulado virtual um programa da mente, isto é perfeitamente possível e tambem o mais provável, oras estamos todos conectados a uma realidade dos sentidos físicos nossa inteiração com o mundo externo não é feita diretamente e sim através de  sinais
construídos através de vibrações, movimento estas são as palavras chaves para consciência, pois não existe vida sem movimento.
Em Matrix  as maquinas conectaram-se a mente humanas e inseriam dados virtuais iludindo a mente com falso movimentos, enquanto o corpo permanecia "parado" em laboratório.

Não exatamente. O que quis dizer é que poderia ter haver só a máquina, o computador que cria a simulação, sem "injetar" isso num cérebro não-simulado das pessoas, ou de uma pessoa. Não existiriam pessoas, com corpos/cérebros físicos conectados a numa realidade virtual, mas apenas personagens de vídeo-game, sub-rotinas num programa de computador avançado. Como a "caverna de platão" levada ao extremo -- os homens presos na caverna nem são homens presos na caverna, são homens descritos nas páginas de um livro, mas eles não sabem disso.



Citar
interessante que em sonhos a própria mente cria vidas virtuais, hora relembrando vivencias reais passadas, horas construindo histórias tentando dar algum sentido aos zilhões de fatos armazenados na sua memória, mas o fato é que ela cria cenas e sentimentos capazes de criar realidades virtuais bem significantes ao ponto de  despertar sentimentos reais, dor prazer e emocionais tristezas e alegrias,mas o mais interessante é como  ela consegue adentrar a fatos que ainda irão acontecer ?

Simples, não são "fatos", não mais do que "fatos" de simulações ou de páginas de livros de ficção. "João acordou, foi para o trabalho, e no caminho, encontrou Maria, a quem não via há anos, exatamente como havia sonhado naquela noite". Na "nossa" realidade, isso nunca ocorreu de verdade, mas na "realidade" desse João fictício, ocorreu, porque eu escrevi assim. Posso continuar dizendo que, "ele não sabia, mas Maria estava na verdade, morta. Ele vira um fantasma". Ou pode ser que ele não sabia que ele é que era o fantasma e estava assombrando Maria sem ter consciência disso. Etc.

Se nós somos também objetos fictícios/simulados, o fluxo de eventos não precisa se restringir ao que se esperaria de uma concatenação linear/causal de eventos físicos. Pode ser tudo arbitrário, de acordo com o que determinar o mecanismo que produz a simulação/ficção.


Citar
Citar
Talvez um dia tal coisa possa ter existido, mas não necessariamente tal como nós. Da mesma forma que aqueles "simuladores" de evolução biológica não recriam espécies que já existiram, mas produzem criações originais.

Claro que, se o universo for infinito, haverá tanto infinitas versões simuladas quanto reais da mesma espécie (e dos mesmos indivíduos exatos, tanto em infinitas cópias idênticas, com todas as mesmas exatas ações, bem como em infinitas variações mínimas e nem tão mínimas (até por que é um infinito muito maior de chances de um dado indivíduo surgir num contexto diferente, do que numa das outras infinitas, porém menos numerosas, instâncias do mesmo contexto exato). E talvez em infinitos sub-níveis de simulação, também.
para mim não existe precisão em igualdades, dentre infinitos seres vivos não haver nunca dois Buckcaroos nem no mundo paralelo nem no mundo série.

Com o infinito, não haveria apenas dois, mas infinitos, com infinitas variações infinitesimais. É inevitável.

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #22 Online: 14 de Outubro de 2016, 08:00:10 »


Não exatamente. O que quis dizer é que poderia ter haver só a máquina, o computador que cria a simulação, sem "injetar" isso num cérebro não-simulado das pessoas, ou de uma pessoa. Não existiriam pessoas, com corpos/cérebros físicos conectados a numa realidade virtual, mas apenas personagens de vídeo-game, sub-rotinas num programa de computador avançado. Como a "caverna de platão" levada ao extremo -- os homens presos na caverna nem são homens presos na caverna, são homens descritos nas páginas de um livro, mas eles não sabem disso.
penso que só ha uma unidade manifesta em formas diversificadas, assim a separação seria apenas ilusão, digamos que o processador mor seja infinitcor cada nucleo a emulação de um ser.
mas sim nossa realidade continuaria sendo virtual emulada por ele! 



interessante que em sonhos a própria mente cria vidas virtuais, hora relembrando vivencias reais passadas, horas construindo histórias tentando dar algum sentido aos zilhões de fatos armazenados na sua memória, mas o fato é que ela cria cenas e sentimentos capazes de criar realidades virtuais bem significantes ao ponto de  despertar sentimentos reais, dor prazer e emocionais tristezas e alegrias,mas o mais interessante é como  ela consegue adentrar a fatos que ainda irão acontecer ?
Citar
Simples, não são "fatos", não mais do que "fatos" de simulações ou de páginas de livros de ficção. "João acordou, foi para o trabalho, e no caminho, encontrou Maria, a quem não via há anos, exatamente como havia sonhado naquela noite". Na "nossa" realidade, isso nunca ocorreu de verdade, mas na "realidade" desse João fictício, ocorreu, porque eu escrevi assim. Posso continuar dizendo que, "ele não sabia, mas Maria estava na verdade, morta. Ele vira um fantasma". Ou pode ser que ele não sabia que ele é que era o fantasma e estava assombrando Maria sem ter consciência disso. Etc.
então a  linha que separa  o ser cético do ser deus  é muito frágil :biglol:!
analogamente se a biblia for um conto de fadas o NT foi escrito de forma a testificar o AT dai que muita profecias se confirmaram, eu creio que partes da biblia foram realmente inspiradas.
Mas segundo sua teoria somos apenas divinos personagens seguindo roteiros pre definidos,se  não existe livre arbitrio então não é justo querer imputar responsabilidades ?

Citar
Se nós somos também objetos fictícios/simulados, o fluxo de eventos não precisa se restringir ao que se esperaria de uma concatenação linear/causal de eventos físicos. Pode ser tudo arbitrário, de acordo com o que determinar o mecanismo que produz a simulação/ficção.
então como podemos responsabilizar maquinas?


Citar
Talvez um dia tal coisa possa ter existido, mas não necessariamente tal como nós. Da mesma forma que aqueles "simuladores" de evolução biológica não recriam espécies que já existiram, mas produzem criações originais.

Claro que, se o universo for infinito, haverá tanto infinitas versões simuladas quanto reais da mesma espécie (e dos mesmos indivíduos exatos, tanto em infinitas cópias idênticas, com todas as mesmas exatas ações, bem como em infinitas variações mínimas e nem tão mínimas (até por que é um infinito muito maior de chances de um dado indivíduo surgir num contexto diferente, do que numa das outras infinitas, porém menos numerosas, instâncias do mesmo contexto exato). E talvez em infinitos sub-níveis de simulação, também.

assisti um filme futurista com  o Tom Cruise em que a Terra tinha sido invadida por ETs, ele e sua parceira moravam em uma plataforma futurística, onde recebiam ordens de um computador que simulava ser  a personagem de uma mulher chefe, desta base eram enviados robôs aéreos com a unica função de exterminar os "invasores" então todos os dias ele tambem  sai para matar "invasores" e tentava recuperar os robos exterminadores com defeito, ou atacados.
Só que um dia ele acabou sendo capturado pelos "invasores" que ao tirarem a mascaras se revelaram seres humanos, então lhe explicaram  que  um dia a terra estava sendo ameaçada por alienígenas, então enviaram ao espaço seus principais soldados para combate-los, os ETs clonaram eles  em série seus melhores oficiais e os mandaram de volta a terra para exterminar os humanos.
Depois disto  o levaram para conhecer as zonas que a maquina chefe  o proibia de visitar e teve uma surpresa pois haviam milhares de  bases com copias dele e da sua parceira que tambem saiam todos os dias  para caçar os "invasores" , foi ai que percebeu que era apenas uma IA extraterrestre com função de exterminar humanos!
mas como  te disse não creio em igualdade absoluta, mesmo  em cópias ha diferenças que as personalizam, isso porque a Unidade  é composta por partes desiguais!


para mim não existe precisão em igualdades, dentre infinitos seres vivos não haver nunca dois Buckcaroos nem no mundo paralelo nem no mundo série.
Citar

Com o infinito, não haveria apenas dois, mas infinitos, com infinitas variações infinitesimais. É inevitável.

a palavra chave é : em "infinitas variações" não ha igualdades
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #23 Online: 29 de Outubro de 2016, 16:39:58 »
Gostaria que os entendidos no assunto respondessem essa questão: quando o ''espírito'' se encontra ''encarnado'' ele não se lembra das ''vidas passadas'', certo? Mas assim que o mesmo ''desencarna'' todas suas ''reencarnações'' são imediatamente rememoradas. É assim mesmo?
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Criaturo

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.292
  • Sexo: Masculino
  • "sinto logo existo"
Re:Reencarnação uma possibilidade
« Resposta #24 Online: 30 de Outubro de 2016, 09:46:14 »
Gostaria que os entendidos no assunto respondessem essa questão: quando o ''espírito'' se encontra ''encarnado'' ele não se lembra das ''vidas passadas'', certo? Mas assim que o mesmo ''desencarna'' todas suas ''reencarnações'' são imediatamente rememoradas. É assim mesmo?
o remédio ta  forte ,anda dormindo muito!
ou então ta tendo toque de recolher no hospício! :biglol:

o espirito encarnado não lembra nem o que almoçou ontem! porque não deu muita importância ao fato!
Nosso processador tem la seu limites de dados, de tal forma que coloca os dados mais antigos  no arquivo morto em ordem de importância, de forma que os que mais marcaram o ser pairam pela superfície do inconsciente, sendo usados como referencias de experiência passadas para decisões atuais, disso pode resultar simpatias , antipatias,medos,preferencias,manias e até habilidades natas.
 não ha padrões para seres diferentes, é comum pessoas que passam próxima da morte relembrarem fatos da sua vidas uma espécie de auto julgamento, mas cada caso é um caso, pessoas que não conseguem lidar com realidades que não lhe agradam, costumam bloquear las dentro do inconsciente, algumas demoram mais que outras para se conscientizarem da sua nova realidade! Pensam que estão sonhando!
existência é igual a  ciência, sem nenhuma ciência sem existência.

Amo sofia mas, ela parece fugir de mim, de tão longe faz o meu amor platônico.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!