Autor Tópico: O Feminismo deveria ser combatido?  (Lida 2049 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Nowa

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 15
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #25 Online: 14 de Novembro de 2016, 15:34:23 »
Se as mulheres não pudessem trabalhar fora, haveria muito mais vagas de emprego!

Se não pudessem votar, Obama jamais teria sido eleito!

O que são duas afirmação bem verdadeiras, quer você queira, quer você não.

Sim, combatido desde a primeira geração,  é muita audácia dessas mulheres escolher fazer qualquer coisa que nao seja explir criança e cuidar da casa.

Daí elas começaram a estudar trabalhar e escolher quando ter filhos, onde já se viu

E hoje as mulheres podem fazer qualquer coisa e em troca temos a total degradação moral da sociedade, sem contar que as mulheres são mais infelizes considerando a quantidade de remédios antidepressivos elas estão tomando. Parabéns!

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.411
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #26 Online: 14 de Novembro de 2016, 15:49:55 »
Não é as mulheres poderem trabalhar e escolher quando ter filhos que levou à degeneração moral da sociedade, mas o avanço tecnológico e a popularização da TV e dos esportes como entretenimento de massas!

Offline João da Ega

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 664
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #27 Online: 14 de Novembro de 2016, 15:53:35 »
Se as mulheres não pudessem trabalhar fora, haveria muito mais vagas de emprego!

Se não pudessem votar, Obama jamais teria sido eleito!

O que são duas afirmação bem verdadeiras, quer você queira, quer você não.

Sim, combatido desde a primeira geração,  é muita audácia dessas mulheres escolher fazer qualquer coisa que nao seja explir criança e cuidar da casa.

Daí elas começaram a estudar trabalhar e escolher quando ter filhos, onde já se viu

E hoje as mulheres podem fazer qualquer coisa e em troca temos a total degradação moral da sociedade, sem contar que as mulheres são mais infelizes considerando a quantidade de remédios antidepressivos elas estão tomando. Parabéns!

As mulheres podem fazer qualquer coisa (entre elas: "estudar trabalhar e escolher quando ter filhos"), logo há degradação moral e infelicidade delas?

É esse o silogismo?

E qual seria na sua opinião a condição ou situação a que as mulheres deveriam estar inseridas, pra serem felizes e termos uma moralidade perfeita?

Pergunto levando em conta que você não está trolando.

Querendo, passe nesse tópico pra se apresentar:
http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=198.7350
« Última modificação: 14 de Novembro de 2016, 15:59:26 por João da Ega »
"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Offline Gauss

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.114
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #28 Online: 14 de Novembro de 2016, 16:22:09 »
E hoje as mulheres podem fazer qualquer coisa e em troca temos a total degradação moral da sociedade, sem contar que as mulheres são mais infelizes considerando a quantidade de remédios antidepressivos elas estão tomando. Parabéns!

Você está falando sério?
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Nowa

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 15
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #29 Online: 14 de Novembro de 2016, 16:45:11 »
Não é as mulheres poderem trabalhar e escolher quando ter filhos que levou à degeneração moral da sociedade, mas o avanço tecnológico e a popularização da TV e dos esportes como entretenimento de massas!

Isso também.


As mulheres podem fazer qualquer coisa (entre elas: "estudar trabalhar e escolher quando ter filhos"), logo há degradação moral e infelicidade delas?

É esse o silogismo?

E qual seria na sua opinião a condição ou situação a que as mulheres deveriam estar inseridas, pra serem felizes e termos uma moralidade perfeita?

Pergunto levando em conta que você não está trolando.

Querendo, passe nesse tópico pra se apresentar:
http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=198.7350

Sim.

Sim.

O ideal seria um retorno para uma sociedade mais patriarcal como antigamente. E isso não é sobre felicidade, é sobre o futuro da civilização. Se temos que sacrificar prazeres hedonistas para uma sociedade mais forte e mais saudável, que assim seja.

Eu não estou trollando.

Você está falando sério?

Sim.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.411
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #30 Online: 14 de Novembro de 2016, 17:14:20 »
Patriarquias por si só podem produzir tanta degeneração moral quanto qualquer anarquia ou femicracia.

O necessário é um retorno ao primitivismo, onde as pessoas não ficam no computador, vendo e pensando bobagem, mas têm que trabalhar com a terra para produzir o próprio sustento, e o de toda família, com a qual tinham muito mais contato (em vez de pessoas do outro lado do mundo, em computadores, telefontes, televisores).

Offline Donatello

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.814
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #31 Online: 14 de Novembro de 2016, 18:15:02 »
O feminismo deveria ser combatido desde a primeira geração. Essa terceira geração é incrivelmente estúpida, mas o estrago já está feito há muito tempo.
Se as mulheres não pudessem trabalhar fora, haveria muito mais vagas de emprego!

Se não pudessem votar, Obama jamais teria sido eleito!

Particularmente gosto dos feministas de primeira onda (e dos pós-fems), já repeti isso aqui um zilhão de vezes, mas a resposta do Buck é uma falácia causal, extremamente repetida por feministas de todas as ondas e por aficcionados.

Os papeis de gênero não mudaram fundamentalmente devido a nenhuma das ondas feministas: eles mudaram fundamentalmente por causa do Leite Ninho, da sopa Campbell, das vacinas, dos antibióticos, do microondas, da secundaridação e posterior terciarização da economia, da camisinha, do refrigerador, da pílula...

O feminismo não nasceu apenas no final do século XIX e apenas nas classes abastadas porque as mulheres anteriores eram um bando de amélias oprimidas escravizadas pelos machos opressores, ele não nasceu antes (e não se popularizou, até hoje, de maneira uniforme nos diversos estratos sociais) porque  numa época em que mulheres precisavam engravidar 13, 15, 19 vezes para que um casal tivesse 3 ou 4 filhos que 'vingassem', numa época em que toda comida tinha que ser preparada na hora de comer, numa época em que por dois ou três anos a principal alimentação do bebê era o leite materno... e, SOBRETUDO, numa época em que a maior parte do alimento, sobretudo aqueles de alto valor proteico, dependia do trabalho braçal e arriscado (caça, lavoura...) a divisão de papeis de gênero da forma tradicional era de alguma maneira benéfica para ambos os sexos.

Apenas quando a tecnologia e a economia começaram a sofrer as dramáticas mudanças da era industrial é que os papeis de gênero passaram a ser relativizáveis. Aliás, pós-feministas como Camille Paglia já batem um pouco nesta ideia.

Já postei umas 10 vezes aqui uma videoaula sobre o assunto, dividida em duas partes da antifeminista Karen Straughan "Resposta a Daniele Paradis", é bem sobre este assunto. Em 1 hora e 20 minutos ela discorre muito bem sobre temas como "por que os papeis de gênero foram divididos como foram nas diversas sociedades humanas" "por que algumas sociedades são mais 'machistas' que outras" ou "por que as tentativas de chamar mulheres para a política não funcionam nem com criações de cotas".

Recomendo mais uma vez ;)
« Última modificação: 14 de Novembro de 2016, 18:59:10 por Donatello »

Offline João da Ega

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 664
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #32 Online: 14 de Novembro de 2016, 18:17:24 »

O ideal seria um retorno para uma sociedade mais patriarcal como antigamente. E isso não é sobre felicidade, é sobre o futuro da civilização. Se temos que sacrificar prazeres hedonistas para uma sociedade mais forte e mais saudável, que assim seja.

Eu não estou trollando.


Tá, considerando que na sua mente isso seja o ideal. Mas e como você proporia retornar a essa sociedade mais patriarcal?
Seria 1) doutrinando as mulheres a aceitar esse papel? ou 2) impondo a elas um papel submisso?
Você considera as mulheres como seres inferiores, que devem obedecer aos homens, devendo deixá-los decidir por elas se devem estudar, trabalhar, parir?

Curiosidade: você é homem ou mulher? Nowa é um jeito de se dizer que é mulher e nova?

Tô com a forte impressão que você tá gargalhando de quem aqui tá levando a sério esses espantalhos, que estamos sendo enganados por esse troll (exceto o Buckaroo).
"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Offline Donatello

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.814
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #33 Online: 14 de Novembro de 2016, 18:24:53 »
« Última modificação: 15 de Novembro de 2016, 16:35:52 por Donatello »

Offline Donatello

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.814
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #34 Online: 14 de Novembro de 2016, 18:31:30 »

O ideal seria um retorno para uma sociedade mais patriarcal como antigamente. E isso não é sobre felicidade, é sobre o futuro da civilização. Se temos que sacrificar prazeres hedonistas para uma sociedade mais forte e mais saudável, que assim seja.

Eu não estou trollando.

Seja bem vindo ao núcleo anti-feminista do fórum. Eu já meio desisti desta vida, mas devem ter uns 250 tópicos meus aqui onde destilo todo meu "ódio contra as mulheres". Creio que minhas discordâncias quanto ao feminismo não são da mesma natureza que a sua, a começar pelo fato de que gosto do "feminismo de igualdade" (a primeira onda e o pós). Minha principal discordância quanto a este grupo reside exatamente nesta questão da "causação" que esbocei algumas mensagens acima (e que a Karen faz muito melhor que eu nos vídeos).

De qualquer mundo, uma feminista de igualdade que propõe o retorno a uma sociedade mais "machista" (pela questão da felicidade, satisfação pessoal masculina E feminina) é a Camille Paglia. Creio que você conheça, caso não... :)

Bem, novamente, seja bem-vindo, respire cada vez que postar algo e antes de ver as respostas, e... paciência :)

Offline André Luiz

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.234
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #35 Online: 14 de Novembro de 2016, 19:06:55 »
Se as mulheres não pudessem trabalhar fora, haveria muito mais vagas de emprego!

Se não pudessem votar, Obama jamais teria sido eleito!

O que são duas afirmação bem verdadeiras, quer você queira, quer você não.

Sim, combatido desde a primeira geração,  é muita audácia dessas mulheres escolher fazer qualquer coisa que nao seja explir criança e cuidar da casa.

Daí elas começaram a estudar trabalhar e escolher quando ter filhos, onde já se viu

E hoje as mulheres podem fazer qualquer coisa e em troca temos a total degradação moral da sociedade, sem contar que as mulheres são mais infelizes considerando a quantidade de remédios antidepressivos elas estão tomando. Parabéns!

Eu estava sendo irônico

Tu deve ser um desses malucos do forum búfalo, da real, Chan ou outro ninho destes. Volta pro g1

Offline Nowa

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 15
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #36 Online: 14 de Novembro de 2016, 20:18:21 »
Tá, considerando que na sua mente isso seja o ideal. Mas e como você proporia retornar a essa sociedade mais patriarcal?
Seria 1) doutrinando as mulheres a aceitar esse papel? ou 2) impondo a elas um papel submisso?
Você considera as mulheres como seres inferiores, que devem obedecer aos homens, devendo deixá-los decidir por elas se devem estudar, trabalhar, parir?

Curiosidade: você é homem ou mulher? Nowa é um jeito de se dizer que é mulher e nova?

Tô com a forte impressão que você tá gargalhando de quem aqui tá levando a sério esses espantalhos, que estamos sendo enganados por esse troll (exceto o Buckaroo).

"Seria 1) doutrinando as mulheres a aceitar esse papel? ou 2) impondo a elas um papel submisso?"


É difícil dizer porque estamos tão distante daquela realidade. Nem vale a pena gastar tempo pensando nisso. É melhor se fixar em lutar as batalhas que podem ser ganhas.

Você considera as mulheres como seres inferiores

Não. Homens e mulheres tem papéis diferentes em uma sociedade, não quer dizer que um seja melhor que o outro.


que devem obedecer aos homens, devendo deixá-los decidir por elas se devem estudar, trabalhar, parir?


Eu acredito que o homem seja o líder da família, então sim. Claro que homens não deveriam exercer controle absoluto sobre mulheres, há bastante espaço para entendimento mútuo dentro de um casamento.

Curiosidade: você é homem ou mulher? Nowa é um jeito de se dizer que é mulher e nova?


Homem. Não.

"Tô com a forte impressão que você tá gargalhando de quem aqui tá levando a sério esses espantalhos, que estamos sendo enganados por esse troll (exceto o Buckaroo)".

Eu já falei que não sou, mas se você quer acreditar que eu sou um troll fique à vontade. Eu não me importo nem um pouco.

Seja bem vindo ao núcleo anti-feminista do fórum. Eu já meio desisti desta vida, mas devem ter uns 250 tópicos meus aqui onde destilo todo meu "ódio contra as mulheres". Creio que minhas discordâncias quanto ao feminismo não são da mesma natureza que a sua, a começar pelo fato de que gosto do "feminismo de igualdade" (a primeira onda e o pós). Minha principal discordância quanto a este grupo reside exatamente nesta questão da "causação" que esbocei algumas mensagens acima (e que a Karen faz muito melhor que eu nos vídeos).

De qualquer mundo, uma feminista de igualdade que propõe o retorno a uma sociedade mais "machista" (pela questão da felicidade, satisfação pessoal masculina E feminina) é a Camille Paglia. Creio que você conheça, caso não... :)


Tudo bem. Eu tenho consciência que a minha visão é bem mais extremista que o comum, mas eu não quero alienar outras pessoas que pensam de maneira similar. Nunca ouvi falar dessa Camille Paglia, vou procurar mais sobre ela.

"Bem, novamente, seja bem-vindo, respire cada vez que postar algo e antes de ver as respostas, e... paciência ".

Obrigado!

Eu estava sendo irônico

Tu deve ser um desses malucos do forum búfalo, da real, Chan ou outro ninho destes. Volta pro g1

É, eu percebi.

"Volta pro g1"

Me faça.

Offline Freya

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 272
  • Sexo: Feminino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #37 Online: 14 de Novembro de 2016, 20:33:19 »
Conspiracionista detect.

Offline João da Ega

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 664
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #38 Online: 14 de Novembro de 2016, 21:10:25 »
Ok. Nowa. Você está falando sério.

Gostei dessa igualdade, um não é inferior ao outro, mas mesmo assim deveria deixar ao arbítrio deste decisões sobre sua vida, inclusive quanto a sua formação educacional, sobre seu próprio corpo etc.
Entendido.



« Última modificação: 14 de Novembro de 2016, 21:14:09 por João da Ega »
"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.920
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #39 Online: 14 de Novembro de 2016, 23:42:56 »
É bom dizer que boa parte desse senso comum de que ativistas dos direitos humanos estão focados na defesa de criminosos é fruto de notícias falsas.

Só este ano e só com a Maria do Rosário, que ilustra bem o fenômeno, foram 3 hoaxes de grandes proporções. Querendo ou não isso influencia na popularidade do movimento, porque se retroalimenta.

http://www.e-farsas.com/deputada-maria-do-rosario-criticou-pm-que-matou-3-bandidos.html

http://www.e-farsas.com/maria-do-rosario-criou-lei-que-evita-morte-de-bandidos-em-cercas-eletricas.html

http://www.e-farsas.com/reagir-assalto-vai-virar-crime-hediondo.html

Há um tanto disso também em relação ao feminismo e outras pautas políticas que, por serem minoritárias e estarem associadas ao lado mais impopular atualmente do espectro político, são alvos fáceis de campanhas de difamação.

Offline El Elyon

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 483
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #40 Online: 15 de Novembro de 2016, 01:38:16 »
Citação de: Nowa
O ideal seria um retorno para uma sociedade mais patriarcal como antigamente. E isso não é sobre felicidade, é sobre o futuro da civilização. Se temos que sacrificar prazeres hedonistas para uma sociedade mais forte e mais saudável, que assim seja.

Já que estamos falando de generalizações, vamos a um adágio usado pela tradição liberal quanto a sacrifícios (de outros grupos de pessoas, obviamente - quase nunca é do grupo que a pessoa auto-identifica) de liberdades individuais por benefícios coletivos: Those who would give up essential Liberty, to purchase a little temporary Safety, deserve neither Liberty nor Safety.

Citação de: Donatello
O feminismo não nasceu apenas no final do século XIX e apenas nas classes abastadas porque as mulheres anteriores eram um bando de amélias oprimidas escravizadas pelos machos opressores, ele não nasceu antes (e não se popularizou, até hoje, de maneira uniforme nos diversos estratos sociais) porque  numa época em que mulheres precisavam engravidar 13, 15, 19 vezes para que um casal tivesse 3 ou 4 filhos que 'vingassem', numa época em que toda comida tinha que ser preparada na hora de comer, numa época em que por dois ou três anos a principal alimentação do bebê era o leite materno... e, SOBRETUDO, numa época em que a maior parte do alimento, sobretudo aqueles de alto valor proteico, dependia do trabalho braçal e arriscado (caça, lavoura...) a divisão de papeis de gênero da forma tradicional era de alguma maneira benéfica para ambos os sexos.

Não é nenhum segredo que mudanças em condições materiais são correlatas com mudanças em sistemas éticos e morais, mas isso não implica que tal ajuste era necessariamente justo, equânime ou que levava à maior quantidade de felicidade para maior quantidade de pessoas, apenas que essas eram a alternativas pragmáticas ou uma soluções suficientemente funcionais "descoberta" em certas condições sócio-ambientais. É preciso cautela para não cair na falácia naturalista (ou Guilhotina de Hume), pois o a descrição de como algo é não implica que é assim que deva ser.

Afinal, arranjos patriarcais não são tão mais comuns que outros fenômenos sociais que hoje consideramos indesejáveis, como a escravidão - e o combate sistemático à escravidão só foi possível por uma aliança de peculiares condições materiais e sociais que permitiram isso ao final do século XVIII e XIX.
« Última modificação: 15 de Novembro de 2016, 02:15:18 por El Elyon »
"Thy word, El, is wise;
Thou art wise unto eternity;
Lucky life is Thy word.
Our king is Aliyan Baal,
Out judge, and none is above Him.
Let both of Us drain His chalice;
Both of Us drain His cup!"

Declaração de Asherah ao Compassivo El anunciando a ascensão de Baal.

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #41 Online: 15 de Novembro de 2016, 01:59:15 »
Essa fixação por suprimir liberdades individuais em nome de um bem maior, merece estudo. Tanto empenho em idealizar formas de ajustar o mundo às próprias necessidades parece indicar um alto nível de sofrimento. Deve haver formas de tratar ou, pelo menos, amenizar isso. Parece terrível.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.411
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #42 Online: 15 de Novembro de 2016, 07:24:15 »
Os papeis de gênero não mudaram fundamentalmente devido a nenhuma das ondas feministas: eles mudaram fundamentalmente por causa do Leite Ninho, da sopa Campbell, das vacinas, dos antibióticos, do microondas, da secundaridação e posterior terciarização da economia, da camisinha, do refrigerador, da pílula...

O feminismo não nasceu apenas no final do século XIX e apenas nas classes abastadas porque as mulheres anteriores eram um bando de amélias oprimidas escravizadas pelos machos opressores, ele não nasceu antes (e não se popularizou, até hoje, de maneira uniforme nos diversos estratos sociais) porque  numa época em que mulheres precisavam engravidar 13, 15, 19 vezes para que um casal tivesse 3 ou 4 filhos que 'vingassem', numa época em que toda comida tinha que ser preparada na hora de comer, numa época em que por dois ou três anos a principal alimentação do bebê era o leite materno... e, SOBRETUDO, numa época em que a maior parte do alimento, sobretudo aqueles de alto valor proteico, dependia do trabalho braçal e arriscado (caça, lavoura...) a divisão de papeis de gênero da forma tradicional era de alguma maneira benéfica para ambos os sexos.

Isso me parece uma caricatura da história. Me parece que os maiores extremos de divisões de trabalho também são resultado de um relativo luxo de algumas sociedades, e não o estado mais "natural" (que não é necessariamente o ideal), luxo esse análogo ao que seria possibilitador do feminismo.

Inclusive em sociedades mais pindaíbas os homens acham mulheres mais "másculas" mais atraentes, por serem mais capazes de trabalho duro. E mesmo povos bastante primitivos praticam formas de contracepção (como celibato) para aumentar o intervalo entre filhos.













(É bem capaz que em qualquer dessas fotos a mulher esteja carregando mais peso do que a vasta maioria dos argumentadores da causa MRA já carregaram na vida, somando todo peso já carregado :biglol:)

A coisa chega ao ponto de uma inversão bizarra, numa tribo de pigmeus as mulheres caçam mais do que os homens, que até "amamentam" os bebês. O fato é que as mulheres não são muito mais fracas que os homens para estes trabalhos braçais (cerca de 10% mais fracas em média, mas as pessoas não são todas "a média", de forma que há toda uma área de sobreposição), e é um certo enriquecimento/luxo que permitiu que elas possam deixar completamente esse tipo de atividades, enquanto fora disso haverá gradações (inclusive, se não me engano, a "coleta" em "caçadores-coletores" pode envolver também modalidades de caça, e mulheres também participarão mesmo de caça propriamente dita, como "caça de persistência"). Acho que algo assim é até parte da argumentação MRAóide, ao apontar que em sociedades mais ricas e potencialmente mais igualitárias as mulheres muitas vezes preferem "retornar" a divisões sexuais de trabalho mais tradicionais, das quais apenas sairíam por necessidade.

Necessidade essa que pode então ter também papel importante na origem do feminismo, que fica um pouco mais análogo então ao anti-racismo, em vez de ser mero capricho de patricinhas mimadas desde o princípio.



Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #43 Online: 15 de Novembro de 2016, 09:46:31 »
É trocar seis por meia dúzia,  já que do mesmo mal padecem os direitusdusmanus! Movimento, aliás, frequentemente citado por Boçalnaro2018! Tem jeito, não. O negócio é separar meia hora do seu tempo toda vez que for questionada sobre o assunto só para se explicar, contando com réplica, tréplica, choro e ranger de dentes, ou mudar de assunto.

Mas o Bolsonaro só critica os direitos humanos porque eles vão de encontro com aquilo que ele defende, ou seja, torturadores, ditaduras, violência contra civis inocentes, etc., e não porque os direitos humanos supostamente tenham ativistas que só defendem bandidos (não vejo isso presente nos movimentos, sinceramente). Diferentemente de algumas dissidências do movimento feminista que são criticáveis com toda razão, pois nítida e claramente se concentram em destilar misandria abertamente ao invés de buscar igualdade isonômica de direitos civis.

O fato é que ele foca suas críticas nos defensores de bandidos, provavelmente em função da percepção da crescente desconfiança da população com o movimento. Não por acaso vem conquistando popularidade. É aquilo que você disse - ainda que a parcela irracional, mais barulhenta desses movimentos seja minoria, basta para despertar a simpatia do povo por seres abjetos.

É bom dizer que boa parte desse senso comum de que ativistas dos direitos humanos estão focados na defesa de criminosos é fruto de notícias falsas.

Só este ano e só com a Maria do Rosário, que ilustra bem o fenômeno, foram 3 hoaxes de grandes proporções. Querendo ou não isso influencia na popularidade do movimento, porque se retroalimenta.

http://www.e-farsas.com/deputada-maria-do-rosario-criticou-pm-que-matou-3-bandidos.html

http://www.e-farsas.com/maria-do-rosario-criou-lei-que-evita-morte-de-bandidos-em-cercas-eletricas.html

http://www.e-farsas.com/reagir-assalto-vai-virar-crime-hediondo.html

Há um tanto disso também em relação ao feminismo e outras pautas políticas que, por serem minoritárias e estarem associadas ao lado mais impopular atualmente do espectro político, são alvos fáceis de campanhas de difamação.

Pode ser. O fato é que está surtindo efeito. A desconfiança leva à rejeição. E os ativistas dessas pautas não parecem dispostos a rever a forma que está levando a isso.

Offline Freya

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 272
  • Sexo: Feminino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #44 Online: 15 de Novembro de 2016, 13:36:08 »
É trocar seis por meia dúzia,  já que do mesmo mal padecem os direitusdusmanus! Movimento, aliás, frequentemente citado por Boçalnaro2018! Tem jeito, não. O negócio é separar meia hora do seu tempo toda vez que for questionada sobre o assunto só para se explicar, contando com réplica, tréplica, choro e ranger de dentes, ou mudar de assunto.

Mas o Bolsonaro só critica os direitos humanos porque eles vão de encontro com aquilo que ele defende, ou seja, torturadores, ditaduras, violência contra civis inocentes, etc., e não porque os direitos humanos supostamente tenham ativistas que só defendem bandidos (não vejo isso presente nos movimentos, sinceramente). Diferentemente de algumas dissidências do movimento feminista que são criticáveis com toda razão, pois nítida e claramente se concentram em destilar misandria abertamente ao invés de buscar igualdade isonômica de direitos civis.

O fato é que ele foca suas críticas nos defensores de bandidos, provavelmente em função da percepção da crescente desconfiança da população com o movimento. Não por acaso vem conquistando popularidade. É aquilo que você disse - ainda que a parcela irracional, mais barulhenta desses movimentos seja minoria, basta para despertar a simpatia do povo por seres abjetos.

Entendo, mas o que eu quis dizer é que embora o Bolsonaro diga que defensor de direitos humanos é a mesma coisa que defensor de bandidos (onde existe isso é o que eu não sei), não é isso que se observa no movimento em prol dos referidos direitos. Já no movimento feminista existe, de fato, uma corrente mais radical e irracional que, por si só, queima o filme do movimento mesmo sem a ajuda de difamadores.

Offline Freya

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 272
  • Sexo: Feminino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #45 Online: 15 de Novembro de 2016, 13:44:24 »
Ok. Nowa. Você está falando sério.

Gostei dessa igualdade, um não é inferior ao outro, mas mesmo assim deveria deixar ao arbítrio deste decisões sobre sua vida, inclusive quanto a sua formação educacional, sobre seu próprio corpo etc.
Entendido.

Além de conspiracionista, a julgar pelo discurso pobre, incoerente, misógino e dogmático, possivelmente também seja crente de alguma religião abraâmica. rs

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #46 Online: 15 de Novembro de 2016, 14:12:47 »
Ok. Nowa. Você está falando sério.

Gostei dessa igualdade, um não é inferior ao outro, mas mesmo assim deveria deixar ao arbítrio deste decisões sobre sua vida, inclusive quanto a sua formação educacional, sobre seu próprio corpo etc.
Entendido.

Além de conspiracionista, a julgar pelo discurso pobre, incoerente, misógino e dogmático, possivelmente também seja crente de alguma religião abraâmica. rs

Ou não, está mais para Masculinismo... cria, dizem, do feminismo mais radical... siga o conselho do Donatello - respire cada vez que postar algo e antes de ver as respostas, e... paciência :)

Offline Freya

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 272
  • Sexo: Feminino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #47 Online: 15 de Novembro de 2016, 14:22:33 »
Ok. Nowa. Você está falando sério.

Gostei dessa igualdade, um não é inferior ao outro, mas mesmo assim deveria deixar ao arbítrio deste decisões sobre sua vida, inclusive quanto a sua formação educacional, sobre seu próprio corpo etc.
Entendido.

Além de conspiracionista, a julgar pelo discurso pobre, incoerente, misógino e dogmático, possivelmente também seja crente de alguma religião abraâmica. rs

Ou não, está mais para Masculinismo... cria, dizem, do feminismo mais radical... siga o conselho do Donatello - respire cada vez que postar algo e antes de ver as respostas, e... paciência :)

É que alguns conspiracionistas crentes compram o discurso masculinista, formando um blend intragável. rs
Se for o que estou pensando, preparem-se para o chorume da irracionalidade. Mas espero estar errada. rs

Offline Donatello

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.814
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #48 Online: 15 de Novembro de 2016, 15:56:54 »
Buck, belas fotos.

Servem como argumentação anedótica, mas creio que percam em poder explicativo e preditivo para coisas bem mais simples como dimorfismo eritrocitário e muscular.

De fato, eu nem imagino o que seja carregar pesos como estas meninas e senhoras estão carregando, mas eu moro numa metrópole industrial do século XX/XXI: a pergunta que você parece não ter feito é: nas sociedades e condições ambientais que elas vivem será que são mesmo estes os trabalhos mais pesados disponíveis? Descubra :)

Eu não disse e creio não ter deixado nas entrelinhas que o feminismo inicial foi um capricho de patricinhas mimadas ou algo do tipo (ahhh, John Stuart Mill, um dos meus 4 homens preferidos e um dos pais do feminismo, sacanagem chamá-lo de patricinha mimada, vou chorar) mas que a explicação para o sucesso das pautas feministas no século XIX em diante não é a efetividade do movimento em si, mas que tanto o surgimento e ampliação do movimento quanto as mudanças sociais que você havia citado através de algumas exemplificações foram resultados concomitantes das mudanças em termo de tecnologia de conservação de alimento, incrementos em saúde e controle reprodutivo, e surgimento de profissões menos exaustivas que permitiram que novas organizações em termos de divisão de trabalho/responsabilidades/deveres/direitos por sexo fossem possíveis e desejáveis a boa parte dos homens e das mulheres.

Insinuei também que a baixa entrada de pautas feministas em setores menos abastados ou mais periféricos da sociedade são possivelmente explicáveis porque a lógica de muitas pautas feministas (como plena igualdade nos afazeres domésticos, por exemplo) se aplica melhor a um casal de advogados morador de uma cobertura no Leblon do que a um casal de lavradores no agreste pernambucano ou a um casal com 3 filhos e ensino médio incompleto no subúrbio do Rio, onde muito das condições pré-século XX ainda se mantém menos alteradas.

« Última modificação: 15 de Novembro de 2016, 16:10:37 por Donatello »

Offline Donatello

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.814
  • Sexo: Masculino
Re:O Feminismo deveria ser combatido?
« Resposta #49 Online: 15 de Novembro de 2016, 16:31:28 »
Citação de: Donatello
O feminismo não nasceu apenas no final do século XIX e apenas nas classes abastadas porque as mulheres anteriores eram um bando de amélias oprimidas escravizadas pelos machos opressores, ele não nasceu antes (e não se popularizou, até hoje, de maneira uniforme nos diversos estratos sociais) porque  numa época em que mulheres precisavam engravidar 13, 15, 19 vezes para que um casal tivesse 3 ou 4 filhos que 'vingassem', numa época em que toda comida tinha que ser preparada na hora de comer, numa época em que por dois ou três anos a principal alimentação do bebê era o leite materno... e, SOBRETUDO, numa época em que a maior parte do alimento, sobretudo aqueles de alto valor proteico, dependia do trabalho braçal e arriscado (caça, lavoura...) a divisão de papeis de gênero da forma tradicional era de alguma maneira benéfica para ambos os sexos.

Não é nenhum segredo que mudanças em condições materiais são correlatas com mudanças em sistemas éticos e morais, mas isso não implica que tal ajuste era necessariamente justo, equânime ou que levava à maior quantidade de felicidade para maior quantidade de pessoas, apenas que essas eram a alternativas pragmáticas ou uma soluções suficientemente funcionais "descoberta" em certas condições sócio-ambientais. É preciso cautela para não cair na falácia naturalista (ou Guilhotina de Hume), pois o a descrição de como algo é não implica que é assim que deva ser.

Afinal, arranjos patriarcais não são tão mais comuns que outros fenômenos sociais que hoje consideramos indesejáveis, como a escravidão - e o combate sistemático à escravidão só foi possível por uma aliança de peculiares condições materiais e sociais que permitiram isso ao final do século XVIII e XIX.
Tirando a aproximação do 'patriarcado' com o escravagismo (não os acho análogos, apenas porque no 'patriarcado' ambos, mulheres e homens, são beneficiados e prejudicados em pesos semelhantes - mas em aspectos diferentes - enquanto no escravagismo apenas os senhores são beneficiados e os escravos prejudicados) concordo com tudo, sobretudo com o que negritei.

Não entendi seu ponto muito bem (talvez por você não ter entendido o meu). Sugiro de novo os vídeos da Karen (lá acima, e agora com os códigos corrigidos) ;)
« Última modificação: 15 de Novembro de 2016, 16:36:33 por Donatello »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!