Autor Tópico: Quem gosta de poesia?  (Lida 33574 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Dark Angel

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 760
  • Sexo: Feminino
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #25 Online: 06 de Junho de 2006, 23:39:17 »
Eu detesto.

Pra mim, poesia é coisa de mulherzinha!

Cadê o romantismo, Gui?

:)
Aff, você também?


Citar
Talvez porque você seja incapaz de demonstrar, ao menos minimamente, que fez uma piada
Não se trata de incapacidade. É necessário que não se diga que é uma piada, para poder ter graça. Se a pessoa não perceber sozinha, é porque não iria rir, de qualquer jeito.

Vamos fazer um trato: eu ignoro suas mensagens e você ignora as minhas, tá legal? Assim você não precisa ficar decidindo quando eu estou brincando ou não.



Gui, eu to te zoando mesmo...  ;P  Não fica brava não... :(    Entra no Msn hein!
"Eu perdôo a pior verdade, mas não tolero a menor mentira"

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #26 Online: 06 de Agosto de 2006, 18:48:41 »
eu já tentei, mas descobri que sou péssimo como poeta..
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Marcelo

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #27 Online: 06 de Agosto de 2006, 22:01:03 »
Nem tinha me ligado que já existia um tópico sobre o assunto. Perdoem-me caros moderadores.
Vou postar mais uma de minha autoria. Fiz quando me apaixonei por uma garota que conheci pela net. Ela mora no Rio de Janeiro, a distância é uma barreira difícil.

Zero e Um

O que fazer com essa minha solidão e esse meu coração,
Que teima em querer aquilo que não pode ter
Distância, barreira maldita que me separa dela
A menina mulher que me encanta
E entende aquilo que mais ninguém quer saber
O que penso e o que sou, sem nada ter que prometer
Apenas a minha companhia binária, nesta vida virtual diária
Que continua mesmo depois que a luz do CPU se apaga

Não quero povoar com falsas esperanças minha mente
Mas o que fazer se quando penso nela
Minha imaginação vagueia impunemente
Como um jovem bobo e inconseqüente
Mas como pensar no amanhã ou no próximo domingo?
Se o que quero agora não posso ter, você aqui comigo!

Offline Agnostic

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.049
  • Sexo: Masculino
  • simply agnostic
    • Para Além da Loucura e da Razão
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #28 Online: 07 de Agosto de 2006, 13:54:36 »
Só vi este tópico agora.
Marcelo, gostei bem mais desta sua poesia do que a do outro tópico.
Who cares?

Offline Agnostic

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.049
  • Sexo: Masculino
  • simply agnostic
    • Para Além da Loucura e da Razão
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #29 Online: 07 de Agosto de 2006, 14:38:45 »
Here we are
in this world full of sorrow,
even so expecting the best
but forsaking it for tomorrow,
and waiting that at last
we'll be able to see
a light far from the cast
of the false superstition
that blinds the minds
n' all kinds of sciences
which we get to feel
and trying to not interrupt
the way for to fill
of pretty ideas this group.
Here I was.


© 2006, Agnostic.

A rima provavelmente ficou ruim em algumas partes, mas é porque fiz agora durante o intervalo do meu trabalho. :-P
Who cares?

Marcelo

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #30 Online: 07 de Agosto de 2006, 15:12:35 »
Só vi este tópico agora.
Marcelo, gostei bem mais desta sua poesia do que a do outro tópico.
Também acho isto. Não que este meu poema seja maravilhoso, mas considero o melhor que já fiz... estava muito inspirado quando o escrevi.
Pena q meu inglês é péssimo, não consegui entender muita coisa do seu poema. Se puder colocar a versão em português.

Offline Agnostic

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.049
  • Sexo: Masculino
  • simply agnostic
    • Para Além da Loucura e da Razão
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #31 Online: 07 de Agosto de 2006, 15:49:25 »
Só vi este tópico agora.
Marcelo, gostei bem mais desta sua poesia do que a do outro tópico.
Também acho isto. Não que este meu poema seja maravilhoso, mas considero o melhor que já fiz... estava muito inspirado quando o escrevi.
Pena q meu inglês é péssimo, não consegui entender muita coisa do seu poema. Se puder colocar a versão em português.

Dá para perceber que estava inspirado. Acho que poesia é isso, ou melhor: é também isso, palavras soltas sem se ter necessariamente uma rígida preocupação com métrica e estruturação perfeita das palavras. O que vale mais é a inspiração. Excetuando Vinícius, dificilmente encontro prazer em ler poesias muito normativas.

A que escrevi em inglês perde quase toda sua característica poética quando traduzida para o português, mas lá vai a tradução livre:

Aqui nós estamos
neste mundo cheio de sofrimento,
mesmo assim presumindo o melhor
mas deixando isso para amanhã,
e esperando que pelo menos
seremos capazes de ver
uma luz longe do feitiço
da falsa superstição
que cega as mentes
e todos os tipos de ciências
a qual* conseguimos sentir
e tentando não interromper
o caminho de preencher
de boas idéias este grupo.
Aqui eu estava.

* a luz

Here we are
in this world full of sorrow,
even so expecting the best
but forsaking it for tomorrow,
and waiting that at last
we'll be able to see
a light far from the cast
of the false superstition
that blinds the minds
n' all kinds of sciences
which we get to feel
and trying to not interrupt
the way for to fill
of pretty ideas this group.
Here I was.


No inglês "sofrimento" rima com "amanhã", "pelo menos" rima com "feitiço" e assim por diante, e a métrica é totalmente diferente. Por isso na tradução a poesia se perde completamente.
Who cares?

Marcelo

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #32 Online: 07 de Agosto de 2006, 19:16:41 »
Realmente, o poema só é bom na lingua em que foi escrito, traduzindo-se perde as suas características. Mas gostei da mensagem dele, muito legal.
Concordo, poesia é pura inspiração. Acho também q ficar se prendendo muito a normas poéticas castra a inspiração e a criatividade.

Offline ReVo

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 563
  • "!"
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #33 Online: 08 de Agosto de 2006, 01:30:07 »
“Penso, logo, existo!”
Sofisma! Zotismo! Bobagem!
Nada sou, mas estou nisto
Puro instinto de voragem

 
Adorei este trecho.

Considero que todos têm um trecho peculiar, o tema do Agnostic e o estilo do Nightmare me impressionaram.

Não tenho certeza do porquê, mas a produção da Dark Angel me lembra umas produções meio românticas...
O Sonho da Dark Angel é gótico?   :lol:
« Última modificação: 08 de Agosto de 2006, 01:59:19 por ReVo »
"Most men love money and security more, and creation and construction less, as they get older." John Maynard Keynes

"Plus ça change, plus c´est la même chose." Giuseppe Tomasi di Lampedusa

Marcelo

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #34 Online: 14 de Agosto de 2006, 21:41:42 »
Isto q vou colocar aqui não é poesia, aliás, nem sei como poderia denominar isto. Talvez o nome mais apropriado seja lixo, mas resume bem o q sinto no momento:

Estou cansado...

Cansado de estar rodeado pela mediocridade
Cansado dessas mentes doentes
Cansado de ver o país comandado por injustos e hipócritas
Cansado de ver e ouvir pessoas de mente pequena e pensamentos frívolos
De pessoas que falam demais por não terem nada a dizer
Cansado do alívio pela ignorância
Da crescente e desenfreada falta de senso e respeito
Cansado das baixarias e do pão e circo
Cansado do vazio intelectual, que como um câncer, come nossas mentes
Cansado da alienação a que insistem em nos submeter
E ainda mais cansado da alienação a que nós insistimos em nos submeter
Cansado dos mistérios insondáveis, dos grandes enigmas indecifráveis
Cansado dos grandes sonhos seguidos de decepções ainda maiores
Cansado da infelicidade e pessimismo que tomam conta de mim
Cansado dos grandes sábios que nada sabem
Que nos mostram com habilidade a sua ignorância
Cansado da falta de interesse
Do viver por viver
De ver a indiferença nos olhos dos meus amigos
Sem notarem o grande abismo que os cercam
Cansado da falta de ação e do conformismo
Cansado do óbvio ser ignorado
Cansado de ver o importante sendo desprezado
E do irrelevante ser glorificado
Cansado da impotência
Cansado de ter a visão apurada e as mãos amarradas
Cansado da complexidade do simples
Cansado de ver a história se repetir
Estou cansado!

Offline Quereu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.200
  • Sexo: Masculino
  • Evoé Baco
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #35 Online: 02 de Outubro de 2006, 15:33:37 »
A piedade

Roberto Piva


Eu urrava nos poliedros da justiça meu momento abatido na extrema
paliçada
os professores falavam da vontade de dominar e da luta pela vida

as senhoras católicas são piedosas
os comunistas são piedosos
os comerciantes são piedosos
só eu não sou piedoso
se eu fosse piedoso meu sexo seria dócil e só se ergueria
aos sábados à noite
eu seria um bom filho meus colegas me chamariam cu-de-ferro e me
fariam perguntas por que navio bóia? por
que prego afunda?

eu deixaria proliferar uma úlcera e admiraria as estátuas de
fortes dentaduras
iria a bailes onde eu não poderia levar meus amigos pederastas ou barbudos
eu me universalizaria no senso comum e eles diriam que tenho
todas as virtudes
eu não sou piedoso
eu nunca poderei ser piedoso
meus olhos retinem e tingem-se de verde
Os arranha-céus de carniça se decompõem nos pavimentos
os adolescentes nas escolas bufam como cadelas asfixiadas
arcanjos de enxofre bombardeiam o horizonte através dos meus sonhos
A Irlanda é uma porca gorda que come toda a sua cria - James Joyce em O Retrato do Artista Quando Jovem

Eriol

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #36 Online: 02 de Outubro de 2006, 18:23:46 »
Eduardo Galeano - Los Nadies

Offline Quereu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.200
  • Sexo: Masculino
  • Evoé Baco
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #37 Online: 03 de Outubro de 2006, 01:43:16 »
Minuano

Augusto Meyer



Esse vento faz pensar no campo, meus amigos,
Esse vento vem de longe, vem do pampa e do céu.

Olá comprade, levanta a poeira em corrupios,
Assobie e zune encanado na aba do chapéu.

Curvo, o chorão arrepia a grenha fofa,
Giram na dança de roda as folhas mortas
Chaminés botam fumaça horizontal ao sopro louro
E a vaia fina fura a frincha das portas.

Olá compadre, mais alto, mais alto!

As ondas roxas do rio rolando a espuma
Batem nas pedras da praia o tapa claro...
Esfarrapadas nuvens nuvens galopeiam
No céu gelado, altura azul.

Este vento macho é um batismo de orgulho.
Quando passa lava a cara, enfuna o peito,
Varre a cidade onde eu nasci sobre a coxilha.

Não sou daqui, sou lá de fora...
Ouço meu grito gritar na voz do vento:
-- Mano poeta, se enganche na minha garupa!

Comedor de horizontes,
Meu compadre andarengo, entra!

Que bem me faz o teu galope de três dias
Quando se atufa zunindo na noite gelada...

        Ó mano
        Minuano
        Upa upa
        Na garupa!

Casuarinas cinamomos pinhais
Largo lamento gemido imenso, vento!
Minha infância tem a voz do vento virgem:
Ele ventava sobre o rancho onde morei.

Todas as vozes numa voz, todas as dores numa dor,
Todas as raivas na raiva do meu vento!
Que bem me faz! mais alto, compadre!
Derruba a casa! me leva junto! eu quero o longe!
Não sou daqui, sou lá de fora, ouve meu grito!

Eu sou irmão das solidões sem sentido...
Upa upa sobre o pampa e sobre o mar...
A Irlanda é uma porca gorda que come toda a sua cria - James Joyce em O Retrato do Artista Quando Jovem

Offline Quereu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.200
  • Sexo: Masculino
  • Evoé Baco
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #38 Online: 06 de Outubro de 2006, 11:42:04 »
Emergência

Mário Quintana


Quem faz um poema abre uma janela.
Respira, tu que estás numa cela
abafada,
esse ar que entra por ela.
Por isso é que os poemas tem ritmo
-- para que possas profundamente respirar.
Quem faz um poema salva um afogado.
A Irlanda é uma porca gorda que come toda a sua cria - James Joyce em O Retrato do Artista Quando Jovem

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #39 Online: 06 de Outubro de 2006, 14:00:00 »
Muito boa!

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #40 Online: 06 de Outubro de 2006, 14:49:45 »
Oceanos gosta de poesia...


não me surpreeende.

Offline Quereu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.200
  • Sexo: Masculino
  • Evoé Baco
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #41 Online: 07 de Outubro de 2006, 15:16:54 »
A bunda, que engraçada

Carlos Drummond de Andrade



A bunda, que engraçada.
Está sempre sorrindo, nunca é trágica.

Não lhe importa o que vai
pela frente do corpo. A bunda basta-se.
Existe algo mais? Talvez os seios.
Ora -- murmura a bunda -- esses garotos
ainda lhes falta muito que estudar.

A bunda são duas luas gêmeas
em rotundo meneio. Anda por si
em cadência mimosa, no milagre
de ser duas em uma, plenamente.

A bunda se diverte
por conta própria. E ama.
Na cama agita-se. Montanhas
avolumam-se, descem. Ondas batendo
numa praia infinita.

Lá vai sorrindo a bunda. Vai feliz
na carícia de ser e balançar.
Esferas hormoniosas sobre o caos.

A bunda é a bunda,
redunda.
A Irlanda é uma porca gorda que come toda a sua cria - James Joyce em O Retrato do Artista Quando Jovem

Nigh†mare

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #42 Online: 08 de Outubro de 2006, 03:51:52 »
MEU MONÓLOGO
(Chico Anysio)

Mundo moderno, marco malévolo, mesclando mentiras, modificando maneiras, mascarando maracutaias. Majestoso manicômio.

Meu monólogo mostra mentiras, mazelas, misérias, massacres, miscigenação, morticínio, maior maldade mundial.

Madrugada, matuto magro, macrocéfalo, mastiga média morna, monta matumbo malhado. Munindo machado, martelo, mochila murcha, margeia mata maior. Manhãzinha, move moinho moendo macaxeira, mandioca. Meio-dia, mata marreco mais melhorzinho. Meia-noite, mima mulherzinha mimosa. Maria morena, momento maravilha; motivação mútua, mas monocórdia mesmice.

Muitos migram... Macilentos maltrapilhos morarão modestamente malocas metropolitanas, mocambos miseráveis. Menos moral, menos mantimentos, mais menosprezo. Metade morre.

Mundo maligno, misturando mendigos maltratados, menores metralhados, mandões, meretrizes, marafonas, mocinhas, meras meninas, mariposas modificando-se moralmente; modestas moças, maculadas, mercenárias, mulheres marcadas. Mundo medíocre.

Milhonários montam mansões magníficas, melhor mármore, mobília mirabolante, máxima megalomania, mordomo, mercedes, motorista, mãos magnatas manobrando milhões, mas maioria morre minguando. Moradia meiágua; menos, marquise.

Mundo maluco, máquina mortífera.

Mundo moderno melhore, melhore mais, melhore muito, melhore mesmo. Merecemos, maldito mundo moderno.

Mundinho merda!

_________
Interpretação muito foda do autor:
« Última modificação: 08 de Outubro de 2006, 19:35:38 por Nigh†mare »

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #43 Online: 08 de Outubro de 2006, 04:53:18 »
Ultra foda! :clap:

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #44 Online: 08 de Outubro de 2006, 13:39:22 »

Nigh†mare

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #45 Online: 08 de Outubro de 2006, 15:48:07 »

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #46 Online: 08 de Outubro de 2006, 16:09:28 »
Onde?

Nigh†mare

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #47 Online: 08 de Outubro de 2006, 16:25:23 »

Marcelo

  • Visitante
Re: Quem gosta de poesia?
« Resposta #48 Online: 08 de Outubro de 2006, 16:39:20 »

Nigh†mare

  • Visitante

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!