Autor Tópico: Exemplos de mutações benéficas.  (Lida 5699 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.127
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #25 Online: 15 de Janeiro de 2017, 20:00:41 »
E de 200.000 anos atrás até  a atualidade   quais  mutações benéficas ocorreram na espécie Homo sapiens sapiens ?

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.395
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #26 Online: 15 de Janeiro de 2017, 20:41:02 »
E de 200.000 anos atrás até  a atualidade   quais  mutações benéficas ocorreram na espécie Homo sapiens sapiens ?

O ceticismo. A asma.

Antigamente era vantajoso achar que todo arbusto se mexendo era um tigre querendo te matar, e os hominídeos saíam correndo.

Hoje isso ão é mais necessário, e ser cético (achar que pode ser somente o vento) ajuda a ser mais racional e assim dominar melhor tecnologias e ajudar a avançar a ciência.

A asma antigamente fazia com que os humanos perdessem o fôlego antes dos demais e acabava servindo de alimento pro tigre.

Hoje a asma segura as pessoas em casa jogando video-game e isso contribui para não se matarem no trânsito após beber nas baladas.

 :hihi: :hihi: :hihi: :hihi:
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.395
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #27 Online: 15 de Janeiro de 2017, 20:50:49 »
E de 200.000 anos atrás até  a atualidade   quais  mutações benéficas ocorreram na espécie Homo sapiens sapiens ?

Se não me engano a pigmentação da pele também é recente. A vantagem é se proteger melhor dos raios ultra-violentos e obviamente tocar jazz de melhor qualidade.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.955
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #28 Online: 15 de Janeiro de 2017, 21:04:17 »
Tolerância à lactose (cerca de 9 mil anos atrás). Antes disso os seres humanos adultos não podiam tomar leite (boa parte ainda é intolerante atualmente).

http://www1.folha.uol.com.br/folha/reuters/ult112u10630.shtml

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #29 Online: 15 de Janeiro de 2017, 22:52:33 »
A maior parte da humanidade é intolerante à lactose quando adulto.

A des-pigmentação que é mais recente, embora parece que talvez parte dela possa ter vindo de neandertais, então não tão recente, mas ainda assim mais recente do que a pigmentação, que, se podemos palpitar prever isso através de nicho ecológico, devia estar já em andamento talvez desde os australopitecinos, e provavelmente já atingindo até o "máximo" com Homo erectus/ergaster.


As mudanças em "gracilização" talvez contem como benéficas por economizar energia no desenvolvimento, apesar de de certa forma serem uma "degeneração", permitida pela espécie ter se tornado mais social/menos violenta, e/ou menos dependente de robustez por tecnologia.




Isso aqui também deve fornecer alguma ajuda para pesquisa, embora possa haver falsos positivos:

http://sandwalk.blogspot.com.br/2009/03/signals-of-positive-selection-in-humans.html

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.955
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #30 Online: 15 de Janeiro de 2017, 23:00:21 »
A maior parte da humanidade é intolerante à lactose quando adulto.

Tem vários níveis de intolerância, acho que a maior parte desenvolveu algum nível de tolerância por causa das mutações.

Também não foi uma mutação única, mas várias independentes caracterizando um caso de convergência evolutiva.

http://www.nature.com/ng/journal/v39/n1/full/ng1946.html

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #31 Online: 15 de Janeiro de 2017, 23:18:37 »


(acho que a América do Sul deve ser um pouco mais próxima da América do Norte)

https://en.wikipedia.org/wiki/Lactose_intolerance


Acho que vai encontrar que algo entre 60-75% da população tem intolerância a lactose ou algum termo mais politicamente correto.

Achava que fossem só duas ou três mutações.

Offline El Elyon

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 498
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #32 Online: 15 de Janeiro de 2017, 23:41:55 »
Citar
E de 200.000 anos atrás até  a atualidade   quais  mutações benéficas ocorreram na espécie Homo sapiens sapiens ?

Anterior a isso, conforme eu já linkei em um post que provavelmente foi ignorado (como esse será), basta ver a comparação entre genomas de bonobos e chimpanzés e o quanto diferem de humanos modernos (e arcaicos), que pode ser visto aqui e aqui. A presença de alelos neandertalenses e denisovanos em populações humanas arcaicas e modernas, em diferentes proporções, como pode ser vista aqui (com link ao artigo na qual se referem). Para os impactos aproximados da Agricultura no genoma humano (ou melhor, eurasiático), vide Recent acceleration of human adaptive evolution e o mais antigo Positive selection on the human genome.

Citar
Tolerância à lactose (cerca de 9 mil anos atrás). Antes disso os seres humanos adultos não podiam tomar leite (boa parte ainda é intolerante atualmente).

É ainda mais interessante do que essa notícia coloca, porque foram descobertos ao menos 6 mutações associadas à tolerância de lactose em diferentes populações. O artigo mais recente que conheço sobre o tópico é esse, mas o Guia do Mochileiro das Galáxias tem um ótimo resumo do tópico:

Two mutations (single-nucleotide polymorphisms – SNPs) have been associated with lactase expression. C−13910 (C at position −13910 upstream of the gene LCT) and G−22018 (G at position −22018) are related to lactase nonpersistence. T−13910 and A−22018 are related to lactase persistence,[7] as well as C-14010, G-13907, and G-13915.

Lactase-persistent alleles vary in their geographic distributions. Within European and descendent populations, they are almost entirely correlated with the presence of the −13,910 C/T mutation of the lactase gene (LCT). This differs from LP allelic distributions in East African and Middle Eastern, as well as Northern African, populations. Among East African and Middle Eastern groups, the −13915 T/G mutation is the most prominent allelic contributor to lactase persistence. In Northern Africa, the −14010 G/C allele variant is most closely correlated to the trait’s expression. The greater diversity of lactase persistence alleles in Africa is said to be the product of a soft selective sweep.

In addition, the lactase gene has a higher expression when T−13910 and A−22018 are present and a lower expression when C−13910 and G−22018 are present.  The position −13910 has an enhancer function on the lactase promoter (the promoter facilitates the transcription of the LCT gene). T−13910 is a greater enhancer than C−13910, so this mutation is thought to be responsible for the differences in lactase expression,[11] although not enough evidence is found to prove that lactase persistence is only caused by C−13910→T−13910.


Também sobre o tópico, de maneira mais legível e incluída no contexto da história evolutiva recente, tem o artigo Evolution of lactase persistence: an example of human niche construction.
« Última modificação: 15 de Janeiro de 2017, 23:43:59 por El Elyon »
"Thy word, El, is wise;
Thou art wise unto eternity;
Lucky life is Thy word.
Our king is Aliyan Baal,
Out judge, and none is above Him.
Let both of Us drain His chalice;
Both of Us drain His cup!"

Declaração de Asherah ao Compassivo El anunciando a ascensão de Baal.


Offline Pagão

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #34 Online: 30 de Março de 2017, 11:42:37 »
http://24.sapo.pt/atualidade/artigos/descoberta-nova-especie-de-tiranossauro

Ao surgir uma nova espécie mediante numerosas mutações... Está correto colocar neste tópico?
Nenhuma argumentação racional exerce efeitos racionais sobre um indivíduo que não deseje adotar uma atitude racional. - K.Popper

Offline Agnoscetico

  • Nível 28
  • *
  • Mensagens: 1.467
  • Sexo: Masculino
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #35 Online: 30 de Março de 2017, 15:03:00 »
Uma vez vi num livro de biologia que mutações beneficas são as ocorridas nos genes através de replicação (réplicas dum mesmo gene), relocação (nao sei se é o termo certo; onde um gene aparece em outro local da mesma sequencia ou em outro cromossomo), etc . Um exemplo desse tipo de mutação seria a evolução com o surgimento de novas espécies. Tem também caso do sangue tipo A2 (replicação do gene do sangue tipo A; mas até agora não sei tem alguma utilidade nova que o sangue já não tenha).

As mutações cromossomicas podem ser de replicação, etc. E essas é que seriam as maléficas, como Trissomia do cromossomo 21 (Síndrome de Down), etc.





Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Exemplos de mutações benéficas.
« Resposta #36 Online: 30 de Março de 2017, 20:48:05 »
O que está chamando de "mutações cromossômicas" é acho que não raramente distinto se usando termos como "aberração cromossômica", embora não haja nenhum erro em usar qualquer forma.

Mas nem essas vão ser necessariamente "maléficas" embora devam praticamente sempre (pelo menos em espécies de reprodução sexuada diplóide, acho) atrapalhar a reprodução. A própria evolução da espécie humana teve em algum momento algo mais ou menos nessa categoria, "translocação robertsoniana", ou fusão de cromossomos (por isso temos 23 pares enquanto outros hominídeos vivos têm 24), e acho que outras instância disso ocorrem em algumas pessoas/populações, bem raramente.

Se não me engano se teoriza que em algum momento bem inicial na evolução dos cordados houve uma duplicação de todo o genoma, não sei se de uma vez só ou em "passos rápidos".


Na origem "física" da mutação nada diz se ela será maléfica ou não; só o resultado dela no desenvolvimento que diz. Mas haverá sempre a tendência a, quanto maior for, maiores serem as chances de se fazer estrago. Por isso aberrações/mutações cromossômicas tenderão a ser piores. Acho que pode comparar a erros menores de digitação numa receita (culinária), errando algo numa quantidade ou ingrediente, versus duplicar (ou apagar) todo um parágrafo.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!