Autor Tópico: Série Dietas Miraculosas  (Lida 3339 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.664
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Série Dietas Miraculosas
« Online: 23 de Novembro de 2006, 07:45:28 »

Todos sabem que só uma dieta balanceada e realizar exercícios regularmente são os questiso básicos para não engordar, mas todo mundo conhece uma 'dieta tiro e queda'.

No caso, tem uns conhecidos que começaram a 'dieta do limão', que, dentro certas variações, é tomar suco de limão espremido em jejum, aumentando a dose e diminuindo quando chegar nos 10 ou nos 15 limões espremidos.

Supostos benefícios: 'afina' o sangue, 'limpa' o corpo de toxinas.

Usualmente o intestino parece ser o culpado de 'acumular' toxinas.

Imagino que já ouviram sobre esta dieta, ou outras dietas miraculosas. Como elas se espalham ? Existem dietas 'inócuas', isto é, que parecem fazer alguma coisa mas que não alteram o organismo de uma pessoa saudável, que passa a 'se sentir bem melhor' ?
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #1 Online: 23 de Novembro de 2006, 09:20:25 »
Suspeito que se espalham por três razões:

1 - O imperativo do "emagreça e seja feliz", martelado na cabeça de todo mundo nas últimas décadas. Se você é gordo, é porque é preguiçoso, glutão, sem iniciativa, indolente e principalmente, feio.

2 - Dieta balanceada e exercícios demandam trabalho e esforço dedicado. Quem vai querer pagar consulta a nutricionista e/ ou academia de ginástica quando pode gastar dez pilas nessas revistas de dieta uma vez por mês? Para não dizer, ginástica cansa. Melhor espremer uns limões e tomar em jejum...

3 - Talvez o mais importante: as pessoas ainda acreditam em soluções mágicas. Elas confiam que uma revista ou um amigo não iria lhes enganar. Mais ainda, as pessoas costumam se achar espertas o bastante para não cair em armadilhas fáceis.

Offline Spitfire

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.530
  • Sexo: Masculino
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #2 Online: 23 de Novembro de 2006, 10:10:13 »
A melhor dieta chama-se "atividade física" ou a "dieta do suor". Esta, infelizmente, poucos preferem acreditar... justamente a que melhor funciona. Ingeriu 4000 calorias? Faça uma atividade para queima-las. 

Offline Fred

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 657
  • Sexo: Masculino
  • Hubble...out of the ordinary...out of this world.
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #3 Online: 23 de Novembro de 2006, 12:50:20 »
A resposta para a proliferação das dietas milagrosas, além do que foi apontado por Dbohr, basicamente é o modismo. As pessoas que procuram pílulas mágicas para o corpo perfeito são as mesmas que compram esses livros de auto ajuda do Lair Ribeiro e citam Paulo Coelho como seu autor favorito. São as mesmas que mudam de academia o tempo todo ou compram barrinhas energéticas para queimar calorias.
Não é preciso gastar uma fortuna no endocrino, na nutricionista, na livraria ou no mercado para saber como emagracer. Todo mundo sabe de graça o que é preciso cortar para perder peso. O problema é que sempre se busca algo que ofereça resultados mais rápidos e com menos esforço.
Obviamente que existem pessoas espertas sempre prontas para tomar o dinheiro desta massa crédula de ávidos consumidores de novidades. É por isso que sempre surgirá uma nova "Dieta do sei-lá-o-que" no próximo verão.
“Não tenho medo das perguntas difíceis: tenho pavor das respostas fáceis.” A. Malcot

Offline LIAN

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.991
  • Sexo: Feminino
  • Darwin 1 X 0 Deus
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #4 Online: 23 de Novembro de 2006, 13:11:40 »
Concordo com o Spit. A melhor dieta é atividade física, e adiciono, dieta balanceada! Geralmente as pessoas que fazem essas dietas milagrosas emagrecem rápido e ganham peso mais rápido ainda, pois voltam a venha vida sedentária, com os mesmos exageros!
"Não consigo me convencer de que um Deus caridoso e onipotente teria propositalmente criado vespas parasitas com a intenção expressa de alimentá-las dentro de corpos vivos de lagartas." Charles Darwin

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #5 Online: 23 de Novembro de 2006, 16:11:14 »
eu já ouvi falarem de dietas que seriam meio que impossíveis pelas leis da física, que para alcançar a perda de peso prometida teria que a pessoa além de não ingerir nada, tirar algumas fatias de sua própria carne à moda dos açougueiros mesmo... algo como perder 15 ou 7 quilos em 7 dias...

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #6 Online: 23 de Novembro de 2006, 17:17:54 »
A dieta dos pontos é interessante, funciona.. ela leva à uma alimentação balançeada quando praticada corretamente.

As dietas mais piores de ruim que já vi:

-Dieta do tipo sanguíneo
-Dieta Paleolítica

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #7 Online: 23 de Novembro de 2006, 18:10:51 »
Arre, essas duas são de amargar. E o pior é quando a gente tem que ouvir que a dieta do tipo sangüíneo é válida por causa do Evolucionismo... :hmph:

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #8 Online: 23 de Novembro de 2006, 20:25:58 »
Ah, acabei de ler uma ótima: "Desesperadas para perder peso, pessoas têm orelhas grampeadas"

http://www.sptimes.com/2006/11/06/State/Desperate_to_lose_wei.shtml

Até aí, nada diferente de tantas outras picaretagens, certo? Bem, olhem só o que alguns Acupunturistas disseram, negando que a técnica seria "milagrosa":


"Combined with diet and exercise, they say acupuncture treatments on the ear can help in weight loss, as well as smoking cessation and other health issues."

 :olheira:

O cinismo de certas pessoas não conhece limites!

Offline Alegra

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.453
  • Sexo: Feminino
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #9 Online: 24 de Novembro de 2006, 20:19:49 »
E eu conheci um "medico" que tinha um remédio milagroso para emagrecer. Depois de algumas mortes ou doenças "inexplicáveis" vieram a descobrir mais tarde que na composição do tal remédio havia um pó mata-ratos.   :(
Já sinto sua falta. Vá em paz meu lindo!

danieli

  • Visitante
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #10 Online: 25 de Novembro de 2006, 04:08:52 »
E eu conheci um "medico" que tinha um remédio milagroso para emagrecer. Depois de algumas mortes ou doenças "inexplicáveis" vieram a descobrir mais tarde que na composição do tal remédio havia um pó mata-ratos.   :(


orra! q charlatão o cara hein...

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.664
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #11 Online: 25 de Novembro de 2006, 07:59:01 »
Citar
"Combined with diet and exercise, they say acupuncture treatments on the ear can help in weight loss, as well as smoking cessation and other health issues."

Essa é a famosa sopa de pedra, hehehe... a sopa feita com um ingrediente miraculoso, a pedra que faz sopa. Bota na água fervendo, uma cebola, para dar gosto, um pouquinho de sansinha, ... um tomate picado, uns macarraozinhos, e pronto, a pedra fez uma sopa !
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline N3RD

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.493
  • Sexo: Masculino
  • O tal do "não querer"
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #12 Online: 25 de Novembro de 2006, 10:20:22 »
Dieta perfeita: FECHE SUA MALDITA BOCA. Meu professor de biologia fala isso.
Não deseje.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.055
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #13 Online: 25 de Novembro de 2006, 12:40:09 »

15 de janeiro de 2004  "O Globo"

Cora Rónai           cronai@oglobo.com.br

Eu era assim... e continuo igual

Uma vez, O GLOBO fez uma reportagem com os dez principais médicos de regime do Rio. Não necessariamente os melhores, notem bem, mas os mais conhecidos, autores de best-sellers e de métodos especiais de dieta, favoritos de dez entre dez celebridades-prêt-à-porter. Algumas repórteres marcaram consultas, foram devidamente examinadas e receberam receitas de fórmulas “alternativas” - todas, em tese, inofensivas. As receitas foram em seguida apresentadas a médicos sérios, que as traduziram para os leitores.

Pois ali, disfarçadas em remedinhos básicos de manipulação, estavam bolas da pesada, capazes dos piores estragos. Se bem entendi os doutores do bem, tomar uma delas ou formicida na veia dava mais ou menos na mesma.

***
A reportagem me chamou a atenção por um curioso detalhe: eu já havia feito dieta com oito (!) daqueles médicos. Só não fiz com os dez porque o tratamento de um era à base de injeções, e tenho pavor de injeção, e o outro só poderia me atender em agosto - e quando eu quis consultá-lo estávamos, para variar, no começo de janeiro, essa época terrível em que saímos direto dos panetones e das rabanadas para a luz inclemente da praia.

Comentei o fato com os colegas que estavam fechando a matéria e eles ficaram escandalizados:

- Você?! Nesses picaretas?! Uma mulher inteligente...!

Pois é. Inteligente, sim, mas magra, não - e vivendo numa sociedade em que todos os excessos são permitidos... menos o excesso de peso. Pelo contrário: a imagem da mulher ideal vendida pela publicidade, pela moda e pelos meios de comunicação é tão afastada da (excessiva) realidade que dizer a uma amiga que ela emagreceu é sempre um elogio - ainda que, na verdade, ela melhorasse muito se engordasse uns dez quilos. Mas fazer uma observação dessas, hoje, nem pega bem.

Conheço mulheres de 50 anos que vivem à custa de anfetaminas, há décadas não fazem uma refeição digna do nome, se orgulham de comprar roupas em lojas para adolescentes e são, para todos os efeitos, consideradas bonitas. E, pasmem, normais.

Também conheço mulheres perfeitamente bonitas (e, para todos os efeitos, normais) que há tempos não conseguem comprar roupa aqui no Rio - a menos que se conformem em apelar para lojas de gordinhas. Onde, em geral, nada se encontra de elegante e as vendedoras atendem com tão eufórica simpatia, que nem se lhes nota a comiseração.

Enfim: a pressão é tão grande que a gente topa qualquer negócio, mesmo sabendo, de antemão, que aquilo não vai dar certo. E, assim que aparece um novo pajé milagroso na praça, corre para marcar consulta.

***

Alguns desses senhores sequer são médicos; a maioria sequer é alfabetizada. Todos cobram uma fortuna, e quase todos atendem em consultórios luxuosíssimos, onde, como sói, não há uma só peça de bom gosto.

Nas salas de espera, mulheres até muito magras, que provavelmente fariam mais negócio se estivessem num bom terapeuta. Talvez também estejam.

***

A relação com qualquer desses médicos é sempre baseada em desprezo mútuo. Nós os desprezamos porque são picaretas; eles nos desprezam porque temos mais de 40 quilos e, obviamente, porque não é possível ter respeito por quem freqüenta picaretas. Apesar disso, como precisamos uns dos outros, há sempre uma cortesia falsa e excessiva no ar, pontuada de elogios e diminutivos. Hipocrisia, teu nome é dietética.

No filme da minha vida, aquele que vai passar inteirinho pela minha cabeça segundos antes do fim, apareço numa sucessão desses consultórios. Sempre com a certeza (confirmada) de estar sendo otária e a esperança (frustrada) de vir a ser magra.

***

A essa altura, é lógico que sei que as boas dietas (existe isso?) não dependem de fórmulas milagrosas; já cansei de ouvir falar em reeducação alimentar e na importância do exercício físico para a beleza e para a saúde; virei especialista em calorias, fibras e gorduras. Em suma, conheço a teoria como ninguém. Afinal, são 30 anos de tentativa e erro. Bota erro nisso!

Mas tudo bem, um dia eu acerto. Dizem que tem um cara ali na Barra que receita uns remédios à base de algas dos Alpes Marítimos que secam a pessoa em duas semanas.

Sem dieta e sem ginástica.

Tô dentro!

Offline Alegra

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.453
  • Sexo: Feminino
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #14 Online: 26 de Novembro de 2006, 16:54:10 »
E eu conheci um "medico" que tinha um remédio milagroso para emagrecer. Depois de algumas mortes ou doenças "inexplicáveis" vieram a descobrir mais tarde que na composição do tal remédio havia um pó mata-ratos.   :(


orra! q charlatão o cara hein...

O rémedio mata-ratos é mais conhecido como "Racomin".
É muito sério mesmo..... :|
Já sinto sua falta. Vá em paz meu lindo!

Offline N3RD

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.493
  • Sexo: Masculino
  • O tal do "não querer"
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #15 Online: 26 de Novembro de 2006, 16:56:53 »
Ele queria acabar com a população de gordos.
Não deseje.

Offline Alegra

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.453
  • Sexo: Feminino
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #16 Online: 26 de Novembro de 2006, 17:26:03 »
E nem eram tão gordos assim.....era mais neura. :?
Já sinto sua falta. Vá em paz meu lindo!

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.055
Re: Série Dietas Miraculosas
« Resposta #17 Online: 27 de Novembro de 2006, 07:26:33 »
O rémedio mata-ratos é mais conhecido como "Racomin".
É muito sério mesmo..... :|
O mata-ratos é o "Racumin", cujo princípio ativo é a warfarina monosódica. Também é vendido como "Marevan" para fins médicos. Ele "afina" o sangue e impede entupimentos de artérias em pessoas com risco de AVC, mas tem que ser tomado em doses mínimas e controladas.
Se a dose for alta, ocorrem hemorragias em todo o corpo e a pessoa morre.

Rhyan

  • Visitante
Re:Série Dietas Miraculosas
« Resposta #18 Online: 19 de Setembro de 2016, 11:10:38 »
Todo mundo aqui sabe ou deveria saber que "alimentos orgânicos", "dieta sem glúten", "dieta alcalina" são bobagem.

Mas e a dieta Low Carb tem bases científicas, certo? Uma dieta parecida mas mais midiática e milagrosa é a Paleo, mas essa não tem a mesmo seriedade.

E essa tal de "jejum intermitente"?

Achei isso:

Citar
Intermittent Fasting
Posted by Harriet Hall on December 15, 2015 215 Comments


Fasting can mean anything from total abstinence from food and beverages to restricting specific foods or the hours of food intake. Many religions have traditions of fasting, with various restrictions. There is a good summary of those traditions on Wikipedia. The reason for religious fasting is not to improve health, but for other reasons like improving discipline and demonstrating devotion.

There are many health claims for different fasting regimens. Daily calorie restriction has been demonstrated to prolong lifespans in several organisms, from yeast and worms to mice and monkeys, although the evidence for monkeys is equivocal and there is no evidence for humans. There is some evidence that intermittent fasting can forestall and even reverse cancer, cardiovascular disease, diabetes, and neurodegenerative disorders in mice. In humans, there is some evidence that it might help reduce obesity, hypertension, asthma, and rheumatoid arthritis. How good is the evidence?

Two good reviews of the evidence for fasting

There is a good summary of the relevant research on intermittent fasting here. That article also covers the physiologic and metabolic responses to fasting and argues that they ought to lead to improvement in health. I won’t go into the details here. You can read the article if you want to know more. It’s complicated. Basically, intermittent fasting has potential benefits for anti-aging, cancer, cognitive function, inflammation, hypertension, and the metabolic syndrome; but the evidence so far is insufficient to justify making clinical recommendations.

Another recent review article examines the physiologic reactions to the following regimens in animals and humans:

   1. Calorie restriction (CR) of 20-40% with 3 meals a day
   2. Intermittent energy restriction (IER), e.g., reduce to 500 calories a day on 2 days a week
   3. Alternate day fasting (ADF – food only every other day)
   4. Time-restricted feeding (TRF) (intake limited to a 4-6 hour window)



They point out evolutionary arguments that support fasting: eating patterns of mammals typically involve intermittent energy intake, not three meals a day. Evolution did not prepare us for the modern lifestyle of widely availability high calorie foods and sedentary habits; this lifestyle makes us susceptible to obesity and various diseases. We might do better to eat intermittently like our ancestors did.

They also cover circadian rhythms, which are disrupted by artificial lighting and shift work. There is evidence that this contributes to ill health. There is a circadian rhythm to hunger, with a trough in the morning and a peak in the evening. So maybe eating breakfast isn’t “natural” and isn’t as essential as we have been led to believe.

So far, human studies of fasting in overweight and normal weight subjects have produced mixed results, with generally more favorable results for the obese. Genetic factors may predict which individuals will benefit. The authors conclude:

    Further studies are required… As findings from basic research studies and controlled interventional trials accrue, consensus recommendations for healthy patterns of meal frequency and diurnal timing may eventually emerge. If sufficient evidence does emerge to support public health and clinical recommendations to alter meal patterning, there will be numerous forces at play in the acceptance or resistance to such recommendations.

Other considerations regarding fasting

Various fasting regimens have been recommended to aid weight loss, and it seems logical that not eating during some periods would tend to decrease total calorie intake. But a 2003 mouse study found that every-other-day fasting had benefits that were not related to total calorie intake. The mice’s overall food intake did not decrease, and their body weight did not change, but their glucose and insulin levels were reduced and their neurons became more resistant to excitotoxic stress.

A 2014 study in mice found that prolonged fasting (48 hours) promoted stem-cell-based regeneration of the hematopoietic system after damage from chemotherapy by downregulating IGF-1 and PKA activity. The authors speculated that their findings might have significance for human aging and disease. More studies will be needed before it can be recommended to humans. They cautioned that fasting might not be safe for patients who were underweight or had risk factors like diabetes. And fasting can result in headaches and drops in blood pressure that might make driving dangerous.

A 2007 review of studies of alternate day fasting (ADF) found discrepancies between human and animal studies, and could only conclude that:

    ADF may effectively modulate metabolic and functional risk factors, thereby preventing or delaying the future occurrence of common chronic diseases, at least in animal models. The effect of ADF on chronic disease risk in normal-weight human subjects remains unclear, however, as do the mechanisms of action. Much work remains to be done to understand this dietary strategy fully.

Joe Mercola recommends fasting, which is worrisome. His website is on the “top 10 worst anti-science websites” list.

Concerns about fasting

Concerns have been raised about various possible adverse effects. It might lower glucose tolerance in women. It might increase blood pressure and cholesterol levels. Some people have gained weight on ADF. It might contribute to eating disorders and create an unhealthy obsession with food. It increases stress and elevates cortisol levels. People on the diet are not fun to be around. Since coffee is allowed, it could lead to overindulgence in caffeine, insomnia, etc. It might increase food intolerances and inflammation. These are largely just speculations not yet supported by any evidence.

Conclusions: Fasting might help, maybe

    1. People who can tolerate periods of hunger might find intermittent fasting helpful for weight loss; it is simpler to not eat than to try to decide what to eat.
    2. Although some of the evidence for intermittent fasting sounds promising, we don’t yet know whether it will prolong life or improve health.
    3. It may be OK to skip breakfast.
    4. We don’t yet know what the optimum meal frequency and timing are in health or in disease.
    5. More research is needed, particularly well-designed human trials comparing various fasting regimens to the traditional three meals a day.

Fonte: https://www.sciencebasedmedicine.org/intermittent-fasting/
« Última modificação: 20 de Setembro de 2016, 21:08:44 por Libertário »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Série Dietas Miraculosas
« Resposta #19 Online: 19 de Setembro de 2016, 13:08:46 »
Acho que isso de jejum (ah, agora entendi o "Jeusus"!) intermitente provavelmente é bem mais certo do que aquela de comer um pouco a cada 3h para manter o metabolismo ativo. Pelo que já li ao longo do tempo acho que isso está mais associado a uma tendência a engordar mais, deve ter sido algo que alguém simplesmente teorizou mas virou "meme" (mas talvez podendo até funcionar se seguido de maneira bem estrita por pessoas já em condições metabólicas mais propícias).




Em algum lugar uma vez vi um "desmotivacional" usando fotos do Penn Jillette antes e depois de emagrecer com um texto como "Descanse em paz. Um grande homem finalmente parte após uma longa luta contra AIDS/cancer". :biglol:

Achava que tinha lido que ele creditava esse emagracimento principalmente àqueles lances de ficar em banheiras de água gelada e etc e tal, mas agora as coisas são mais desencontradas, vejo de "dieta de batatas", etc...

Nesse notícia ao menos menciona duchas frias, além de batatas:

http://nypost.com/2016/07/27/penn-jillettes-magic-weight-loss-secret-potatoes/

Rhyan

  • Visitante
Re:Série Dietas Miraculosas
« Resposta #20 Online: 20 de Setembro de 2016, 21:15:22 »
Jesus?? pqp, por que eu penso algo e escrevo outro?

Essa "low carb" parece que tem muita base científica, não?
Será mesmo seguro ingerir de 50-20g de carboidrato por dia para induzir uma cetose?
Seria por esse mesmo motivo que o jejum intermitente tem algum resultado (preliminar) positivo?

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!