Autor Tópico: Razão x Fé  (Lida 16111 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.008
Re:Razão x Fé
« Resposta #1200 Online: 07 de Junho de 2017, 21:36:40 »
 :ok: A Brienne mata a cobra e mostra o pau ops perereca...deixa prá lá...
"Never attribute to malice that which can be adequately explained by stupidity, but don't rule out malice." -Heinlein’s Razor

Offline Tirn Aill

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 42
  • Sexo: Masculino
Re:Razão x Fé
« Resposta #1201 Online: 07 de Setembro de 2017, 23:34:29 »
Desculpe só estar te respondendo agora, é que eu mudei de email e parei de entrar no fórum por um tempo.


Misticismo é a crença no sobrenatural, uma pessoa pode acreditar no sobrenatural, em vida após a morte, cristais e etc. e mesmo assim não acreditar na existência de deuses. Exemplos: Osho, budistas são agnósticos ou ateus, acredito que o caminho da mão esquerda é compatível com o ateísmo.
natural é o limite da consciência relativa a cada ser, sobre natural seria o que vai alem da própria consciência? neste caso para  micro seres, nós humanos somos seres sobrenaturais segundo os limites da consciência deles? 
na questão (teista) Deus, é que sem ele não haveria existência de forma alguma!
ok que voce seja um  mistico não teista ,mas creio que poderá continuar mantendo esta crença até depois de morto ou seja reconhecendo que a vida pós vida, porem sem acreditar em Deus.
Então permita me viajar na crença da eterna ignorância, digamos que quando vivo perca a consciência do mundo dos mortos.
Enquanto morto perca a consciência dos mundo dos vivos, assim é que nascimento e morte sera como o sol a sua morte para alguns significará o seu nascimento para outros!
assim: "Deixai que os mortos enterrem seus mortos"

Sobrenatural é o que está sobre a natureza material do nosso universo, como se fosse um universo paralelo feito de outra substancia, "sobrenatural" me lembra dualismo. E eu voltei a ser teísta, panteísta para ser mais exato. Também acho que se existir uma vida apos a morte a pessoa pode ser ateia, teísta, agnósticos e etc, afinal a existência de deuses são um mistério.
Citar
para haver vida é necessário haver uma ordem  logica
Sem lógica , razão não pode haver ordem e ordem pressupõe a intenção resultante de um vontade!

Pode ser que seja mesmo.

Citar
correto, nada se cria tudo se transforma!
algo só pode existir para alguma consciência é ilógico querer afirmar que algo possa existir para uma absoluta inconsciência deste algo, ou seja partindo da unidade para entendermos a coletividade, digamos que no principio só existia uma unica consciência então toda existência éra essa consciência e ambas evoluiram juntas!
Claro neste principio figurativo ainda não ha outras consciências de existências, assim podemos afirmar com lógica que toda existência  esta atrelada a esta unica consciência!
Então digamos que esta unica consciência  em tempos diferentes foi  dividindo-se  em novas consciências embriões, naturalmente seus gens primordiais contem toda memória da consciência Pai só que como uma sementes necessitarão de tempo para desenvolvever-se alcançando o mesmo nivel da consciência original, assim é que em um segundo estagio  foram geradas consciências de existência relativas, ou seja para cada ser só existe aquilo que ele pode  conscientizar ou perceber!
quando voce acredita nas características existentes na lua ou de outro planeta distante, voce o faz por pura fé ! Crendo que a consciência de outra pessoa seja de fato verídica, ou seja voce adota a consciência de outras pessoas apenas pelo exercício da fé! Estas existência ainda  não fazem parte da sua consciência, apenas são um deslumbre do seu potencial de poder evoluir sua  consciência divina primordial! 

" o reino dos ceús é como uma pequena semente de mostarda, quando cresce é capaz de dar abrigo a outros seres"   
Interessante, mas por que "algo só pode existir para alguma consciência"? para algo existir alguém precisa estar consciente? Tenho a impressão que tu começou esse argumento partindo do princípio de que o Panteísmo é verdadeiro, e dai sim algo só poderia existir se houvesse uma consciência, porem isso é petição de principio. E essa frase que tu postou é de onde? Porque procurei no google e não achei.

Offline Pablo

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 1
Re:Razão x Fé
« Resposta #1202 Online: 09 de Setembro de 2017, 21:53:05 »
com licença:

Em seguida, propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é comparado a um grão de mostarda que um homem toma e semeia em seu campo.
É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos.
Mateus 13:31,32

imagine anulação de todas consciência, não haveria consciência de nenhuma existência!
seu raciocínio parte do conhecido para a dedução do desconhecido, " se uma consciência foi anulada , a existência continua para as outras"
mas o argumento do Criaturo é absoluto "se todas consciências forem anuladas, não haverá mais existência"
lógico que ninguem poderá ter consciência de alguma existência!
ou seja existências são relativas as consciências , por exemplo na idade da pedra a realidade de alguns sons em alta frequência  só pertenciam a percepção de alguns animais, e passavam como inexistentes para  homens primitivos!
Digamos que se universalmente todos os seres ignorassem tal existência, haveria neste caso alguma consciência da existência desses sons ?  ::)

 

Offline Gorducho

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 817
  • Sexo: Masculino
Re:Razão x Fé
« Resposta #1203 Online: 10 de Setembro de 2017, 10:28:41 »
ou seja existências são relativas as consciências
Essa é a postura solipsista. É um velho debate filosófico que no fim recai em axioma mesmo.
[Exemplo do Russell] Um cactus no meio do deserto que ninguém nunca viu "existe" ou não :?:
Minha postura particular é anti-solipsista; mas sempre necessário se faz reconhecer que á axiomático tanto o  :ok: quanto o  :no:
Um argumento contundente do próprio Russell para a existência de "coisas" e "eventos" externos a nós — e portanto independentes da nossa consciência acerca deles...— me parece ser que todos percebemos nos outros humanos (say...) 2 "olhos" EM CIMA de 1 "nariz" e 1 "boca".
Se o solipsismo fosse vero provavelmente cada um montaria as faces diferente, ou mesmo não haveria faces.
Ou se recai nas mônadas do Leibniz onde D·us as alimenta com todas informações que elas precisam, e elas não interagem; só ficam na "impressão" de que &c.
Essa história das "mônadas" me parece algo vazio que não leva a nada.
Citar
por exemplo na idade da pedra a realidade de alguns sons em alta frequência  só pertenciam a percepção de alguns animais, e passavam como inexistentes para  homens primitivos!
Digamos que se universalmente todos os seres ignorassem tal existência, haveria neste caso alguma consciência da existência desses sons ?
Respondido acima.
« Última modificação: 10 de Setembro de 2017, 10:37:49 por Gorducho »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!