Autor Tópico: Porque o homem tem consciência de Deus?  (Lida 906 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Novag

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 190
  • Sexo: Masculino
  • Aqui, agora. Eis o real sentido da vida.
Porque o homem tem consciência de Deus?
« Online: 03 de Agosto de 2017, 09:07:56 »
Certa vez li uma matéria em uma revista religiosa que me deixou inculcado por algum tempo.

Citar
Porque o homem tem consciência de Deus?
Porque existe uma necessidade de adoração, desde os primórdios da humanidade?
Porque a natureza construiria pessoas com necessidades espirituais?


Essas perguntas tentam “provar” a existência de Deus por uma necessidade humana.
A nossa sede e fome prova a existência da água e comida.
Então, nossas necessidades espirituais provam a existência de Deus.

O argumento ( ou melhor, a falácia) vai bem até o momento que identificamos que a necessidade espiritual não é , de fato, espiritual. É, sim, apenas, o nosso instinto de buscar proteção.
O homem tem necessidades de se sentir protegido; Daí a necessidade de se ter um pai e uma mãe.
Quando o nosso pai (ou mãe) biológicos “falham” no sentido total de proteção – como , por exemplo, nos proteger de uma grave doença, morte, falência, desilusões amorosas – nosso mecanismo psicológico de compensação tende a buscar um “pai” mais poderoso , que possa nos proteger de uma maneira, digamos, melhor.

Daí, então, nasce “Deus”.
Todavia, é um Deus que está limitado apenas a psique do seu criador; que morre quando o homem morre.


Online Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.826
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #1 Online: 03 de Agosto de 2017, 09:54:31 »
A nossa mente tem uma necessidade de colocar ordem no caos. Algumas pessoas tem isso mais acentuado. São aqueles casos de tentar conectar eventos e explicar coincidências. Isso é instintivo e acredito que sirva para que possamos entender melhor as coisas a nossa volta para então reagirmos. Mas o efeito colateral de ser consciente é levar esse instinto a um patamar superior. Aí nasce a observação de que tudo tem uma causa, ou que tudo precisa ser criado. Como temos capacidade de criar coisas, logo assume-se que um ser similar a um humano, mas muito maior ou mais poderoso deve existir para ter criado o mundo.

Não demora para conectar este ser a uma figura paterna, principalmente ao assumir que ele nos criou.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Rafael_SG

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 230
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #2 Online: 03 de Agosto de 2017, 16:57:40 »
A nossa mente tem uma necessidade de colocar ordem no caos. Algumas pessoas tem isso mais acentuado. São aqueles casos de tentar conectar eventos e explicar coincidências. Isso é instintivo e acredito que sirva para que possamos entender melhor as coisas a nossa volta para então reagirmos. Mas o efeito colateral de ser consciente é levar esse instinto a um patamar superior. Aí nasce a observação de que tudo tem uma causa, ou que tudo precisa ser criado. Como temos capacidade de criar coisas, logo assume-se que um ser similar a um humano, mas muito maior ou mais poderoso deve existir para ter criado o mundo.

Não demora para conectar este ser a uma figura paterna, principalmente ao assumir que ele nos criou.

Faz muito sentido.
Mas o fato é que nada existe sem ser criado ou manifestado não é?

Todos os elementos nesse universo estão em aparente equilibrio e trocando energia que ja existe ! Energia que foi liberada durante a criação do universo, e que vem sido consumida e transformada desde então.

Como pode algo que não foi criado ser manifestado?

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #3 Online: 03 de Agosto de 2017, 19:18:31 »
O "fato" seria somente a tautologia de que "nada existe sem que exista".

(Sem adentrar em coisas mais complexas como estados quânticos, talvez não adequadamente abordados por essa lógica mais convencional)

"Ter que ser criado" é o raciocínio falacioso que o Lorentz esboçou. "Bem, nós fazemos coisas; logo, tudo que existe é feito por alguém".

O universo ao todo não precisa mais de criador do que partes dele cujas origens entendemos melhor, como planetas, vulcões, nuvens, rochas... não vistos como algo que "alguém teve que fazer" em noções deístas em menor desarranjo com o conhecimento científico.

Não é diferente para a origem do universo em si, se é que se pode dizer que realmente houve alguma origem absoluta, um início do tempo. Que por definição não pode ser precedido por nada.



Acho curioso que a "inferência de criação" geralmente pare aí e não continue com progenitores e avós do criador, infinitamente. A "mera existência" passa a ser aceitável para um super-cara, quando não era para o que é visto como necessariamente sua "obra".

É bem irônico, porque uma "biogênese" divina deveria ser, por analogia, um requisito lógico muito mais forte do um criador para o universo. A menos que se admitisse talvez que alguns animais pudessem ser também "seres eternos". O que talvez fosse o argumentado, se tivesse calhado de ter sido alguma cultura panteísta a desenvolver o grau de evolução tecnológica e cultural europeu.

Então as "teias do universo" talvez fossem obra da "deusa aranha", que é ela mesma eterna.


http://www.cosmosup.com/cosmic-web-simulation-spectacular-cosmos/


Offline Rafael_SG

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 230
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #4 Online: 04 de Agosto de 2017, 12:21:26 »
O "fato" seria somente a tautologia de que "nada existe sem que exista".

(Sem adentrar em coisas mais complexas como estados quânticos, talvez não adequadamente abordados por essa lógica mais convencional)

"Ter que ser criado" é o raciocínio falacioso que o Lorentz esboçou. "Bem, nós fazemos coisas; logo, tudo que existe é feito por alguém".

O universo ao todo não precisa mais de criador do que partes dele cujas origens entendemos melhor, como planetas, vulcões, nuvens, rochas... não vistos como algo que "alguém teve que fazer" em noções deístas em menor desarranjo com o conhecimento científico.

Não é diferente para a origem do universo em si, se é que se pode dizer que realmente houve alguma origem absoluta, um início do tempo. Que por definição não pode ser precedido por nada.



Acho curioso que a "inferência de criação" geralmente pare aí e não continue com progenitores e avós do criador, infinitamente. A "mera existência" passa a ser aceitável para um super-cara, quando não era para o que é visto como necessariamente sua "obra".

É bem irônico, porque uma "biogênese" divina deveria ser, por analogia, um requisito lógico muito mais forte do um criador para o universo. A menos que se admitisse talvez que alguns animais pudessem ser também "seres eternos". O que talvez fosse o argumentado, se tivesse calhado de ter sido alguma cultura panteísta a desenvolver o grau de evolução tecnológica e cultural europeu.

Então as "teias do universo" talvez fossem obra da "deusa aranha", que é ela mesma eterna.


http://www.cosmosup.com/cosmic-web-simulation-spectacular-cosmos/



Oi ! Tudo bem?

Se dentro dessa teia existirem microcosmos onde seres tem consciencia que estão vivos, sim, para esses seres a aranha foi quem criou o universo :oba:

O fato de eu não pensar na arvore genealogica de deus, esta no fato que deus não necessariamente tem caracteristicas humanas.

Sei que muito se debate de pensarmos em deus como tendo comportamentos humanos ou de entender a criação por uma otica humana, e isso é natural, e não creio que seja falacioso.

Visto que, no universo como o conhecemos padrões se repetem, é bem logico que para se existir, tem que se ter sido criado.

E quando eu digo criadas, não to dizendo projetadas. Muitas criações não são planejadas. Um vulcão, por exemplo, não estava nos planos do planeta quando este era uma grande bola de Fogo. Mas eles "apareceram" devido à uma cadeia de "acontecimentos" que soh puderam acontecer pois a bola de Fogo, e tudo que a permeava, foi anteriormente "criado" de alguma maneira.

Acho que a gente tem que usar um pouco de abstração em alguns casos e não achar que falar em criação que dizer que Deus, antropoformizado, pegou uma prancheta e desenhou tudo... Isso sim seria realcionar nosso jeito de criar com o jeito que o universo foi concebido.





Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 34.099
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #5 Online: 04 de Agosto de 2017, 15:24:43 »
É um abandono arbitrário da analogia.

Se a origem de "todas as coisas" deve ser análoga a origem conhecida de "parte das coisas", análoga a pessoas criadoras, seria apenas coerente manter que haveria a mesma necessidade de analogia para esses análogos a pessoas criadoras, precisando então de uma genealogia, e talvez seu próprio universo, com um criador também, num fractal da criação infinita. Sub-universos criados por entes em um universo, como "bonecas russas" infinitas.

Se você pode falar, "nah, esse super-cara não precisa ser tão análogo assim a um ser humano ou outro animal, como ter progenitores e um universo onde vive", pode bem parar de enxergar a necessidade dessa analogia antes, e ver o universo como algo análogo a algo que existe mas que não foi originado por uma criação deliberada. E talvez "não foi originado", em absoluto.

A analogia "limitada" não é mais "forte", mais "logicamente necessária" que sua continuidade lógica

É como dizer que o universo foi feito por um "deus-computador", e então dizer, "nah, mas esse computador não precisa de fábrica, de programador, nada; é auto-suficiente, o programa é só a BIOS, e não tem necessariamente todas características dos computadores humanos".

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.196
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #6 Online: 04 de Agosto de 2017, 15:25:11 »
Visto que, no universo como o conhecemos padrões se repetem, é bem logico que para se existir, tem que se ter sido criado.
Quem criou Deus?
"Ele sempre existiu" não serve como resposta (a menos que alguém consiga provar, o que é impossível).
É apenas uma afirmação arbitrária.

Também não há como provar que o universo sempre existiu, mas é a hipótese mais simples.
Afinal, o universo existe, mas nunca vimos nenhum deus.

Offline Rafael_SG

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 230
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #7 Online: 04 de Agosto de 2017, 15:35:19 »
Visto que, no universo como o conhecemos padrões se repetem, é bem logico que para se existir, tem que se ter sido criado.
Quem criou Deus?
"Ele sempre existiu" não serve como resposta (a menos que alguém consiga provar, o que é impossível).
É apenas uma afirmação arbitrária.

Também não há como provar que o universo sempre existiu, mas é a hipótese mais simples.
Afinal, o universo existe, mas nunca vimos nenhum deus.

Oi Fernando.

Não sei quem criou deus  =)
Nem se ele sempre existiu, nem que o universo sempre existiu.

Sobre voce nunca ter visto nenhum deus, talvez ele nunca seja visto, talvez ele não tenha corpo, talvez ele seja soh mente, e que assim como nohs fechamos os olhos e construimos imagens, ele tambem esteja fazendo isso nesse momento e imaginando tudo que se passa aqui...

Rsrsrs, falei isso soh pra dizer que não tem como saber essas respostas, mas que, definitivamente, o universo foi sim criado uma hora ou outra. Mesmo se nohs nada formos, mesmo sim voltarmos ao poh, nada vai preencher a lacuna de ter havido um criador, a energia primordial que originou toda a materia do universo ! Energia condensada em diferentes niveis. Formações moleculares particulares oriundas de uma mesma fonte.

Tudo nos leva de volta ao algo origem !



Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.196
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #8 Online: 04 de Agosto de 2017, 15:41:10 »
Rsrsrs, falei isso soh pra dizer que não tem como saber essas respostas, mas que, definitivamente, o universo foi sim criado uma hora ou outra.
Foi?
Definitivamente?
Quais são as evidências?

Offline Rafael_SG

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 230
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #9 Online: 04 de Agosto de 2017, 15:46:58 »
É um abandono arbitrário da analogia.

Se a origem de "todas as coisas" deve ser análoga a origem conhecida de "parte das coisas", análoga a pessoas criadoras, seria apenas coerente manter que haveria a mesma necessidade de analogia para esses análogos a pessoas criadoras, precisando então de uma genealogia, e talvez seu próprio universo, com um criador também, num fractal da criação infinita. Sub-universos criados por entes em um universo, como "bonecas russas" infinitas.

Se você pode falar, "nah, esse super-cara não precisa ser tão análogo assim a um ser humano ou outro animal, como ter progenitores e um universo onde vive", pode bem parar de enxergar a necessidade dessa analogia antes, e ver o universo como algo análogo a algo que existe mas que não foi originado por uma criação deliberada. E talvez "não foi originado", em absoluto.

A analogia "limitada" não é mais "forte", mais "logicamente necessária" que sua continuidade lógica

É como dizer que o universo foi feito por um "deus-computador", e então dizer, "nah, mas esse computador não precisa de fábrica, de programador, nada; é auto-suficiente, o programa é só a BIOS, e não tem necessariamente todas características dos computadores humanos".

Eu concordo. Mas o mistério da criação é tao misterioso  :histeria: que ja é dificil imaginar que criou esse cantinho no qual vivemos, imagina imaginar quem criou quem criou o cantinho !!!  :susto:

O problema é que não da pra retroceder até o momento onde nada existia, pois do nada nada pode surgir. Nossa inteligencia nesse momento da evolução não permite que imaginemos isso.... Ha de existir algo primordial !

De onde o primordial veio?  :no: Sei la.



Offline Rafael_SG

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 230
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #10 Online: 04 de Agosto de 2017, 15:50:13 »
Rsrsrs, falei isso soh pra dizer que não tem como saber essas respostas, mas que, definitivamente, o universo foi sim criado uma hora ou outra.
Foi?
Definitivamente?
Quais são as evidências?

Evidencias zero, claro.

Mesmo que o universo seja mental, ainda sim ele esta na mente de algo...
Mesmo que o universo seja material, ainda sim a materia original tinha que ter sido criada antes...

É achismo. Thinkism !  :histeria:



Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.196
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #11 Online: 04 de Agosto de 2017, 16:45:02 »
Eu concordo. Mas o mistério da criação é tao misterioso  :histeria: que ja é dificil imaginar que criou esse cantinho no qual vivemos, imagina imaginar quem criou quem criou o cantinho !!!  :susto:

O problema é que não da pra retroceder até o momento onde nada existia, pois do nada nada pode surgir. Nossa inteligencia nesse momento da evolução não permite que imaginemos isso.... Ha de existir algo primordial !

De onde o primordial veio?  :no: Sei la.
Portanto a única resposta honesta é essa:  "Não sei"

Offline Rafael_SG

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 230
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #12 Online: 04 de Agosto de 2017, 16:50:18 »
Eu concordo. Mas o mistério da criação é tao misterioso  :histeria: que ja é dificil imaginar que criou esse cantinho no qual vivemos, imagina imaginar quem criou quem criou o cantinho !!!  :susto:

O problema é que não da pra retroceder até o momento onde nada existia, pois do nada nada pode surgir. Nossa inteligencia nesse momento da evolução não permite que imaginemos isso.... Ha de existir algo primordial !

De onde o primordial veio?  :no: Sei la.
Portanto a única resposta honesta é essa:  "Não sei"

Realmente.

Mas o exercicio de tentar entender tudo isso é muito interessante e muitas vezes nos leva a reflexões que são validas.
Na minha opinião.

Offline Enio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.066
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #13 Online: 12 de Agosto de 2017, 22:18:37 »
A causa primordial do universo não precisa ter atributos humanos, dos quais chamamos de Deus. Acredito ser mais como um mecanismo cósmico que originou nosso universo, e provavelmente outros fora de nosso escopo. Seria mais como o vácuo quântico, de onde partículas surgem "do nada", mas certamente esse vácuo deve envolver processos que originam as partículas, portanto, não seria realmente um vácuo ou vazio, mas alguma coisa que produz partículas e que está por toda parte.

Esta seria uma concepção de Deus interessante, e não religiosa.

Offline vithor

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 97
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #14 Online: 13 de Agosto de 2017, 00:29:55 »
Pois, Pensar num Deus nos moldes do Deus cristão é engraçado, Não vejo um "ser perfeito" Criando Um universo Gigantesco e até onde sabemos infinito,  No qual apenas o Sistema solar é útil, pois é o único que contém os Tais " filhos " dele, E  ele Cria um Livro Gigantesco, ( Que quase nenhum dos tais " filho " chega a Ler rsrsrs ) E nesse livro estranhamente o Deus tem um Pensamento totalmente Antiquado no ponto de vista cultural atual ( Vide Partes Racistas,  Escravistas ,  Machistas,  Intolerância Religiosa e homofóbicas Partes ) E que Hoje Esses tais filhos Ignoram e fingem que não existem.
 É bem Engraçado e ridículo, No fim as pessoas só creem porque foram doutrinadas desde cedo a crer.
Voltando ao assunto,  Pensar num Deus, Totalmente Alheio a nossa Existência e que no fim seja apenas um "cientista" que nem perfeito é e apenas usa nosso universos para teste e simulações é algo bem mais lógico, mas bem menos bonito e muito mais difícil de lucrar por cima rsrsrs .
Mas Eu ainda  prefiro Crer que somos Fruto do acaso assim como o universo também é....
« Última modificação: 13 de Agosto de 2017, 00:32:29 por vithor »

Offline vithor

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 97
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #15 Online: 13 de Agosto de 2017, 00:40:48 »
A causa primordial do universo não precisa ter atributos humanos, dos quais chamamos de Deus. Acredito ser mais como um mecanismo cósmico que originou nosso universo, e provavelmente outros fora de nosso escopo. Seria mais como o vácuo quântico, de onde partículas surgem "do nada", mas certamente esse vácuo deve envolver processos que originam as partículas, portanto, não seria realmente um vácuo ou vazio, mas alguma coisa que produz partículas e que está por toda parte.

Esta seria uma concepção de Deus interessante, e não religiosa.
Mas ai já não seria um Deus, pois Deus é um "Ser",  Seria mais um Substância ou uma Reação. Que entra no Campo de que somos fruto do Acaso.
Há outra linha possível de pensamento, Pois  será que é realmente possível existir nada? Se Aceitarmos que Nunca houve Nada, não precisamos de uma substância primordial que crie matéria, Precisamos apenas Da matéria Existente, A que Explodiu no Big Bang, E que hoje compõe o universo. E Talvez essa Matéria repita esse processo inúmeras vezes, Sempre Explodindo e logo após se agrupando de novo para explodir novamente, Num Loop infinito que não precisa nem de inicio nem de fim, Assim como uma Reta na Geometria.
Resumindo o Loop Em Big Bangs e Big Crunchs rsrs

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.806
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #16 Online: 12 de Novembro de 2017, 12:49:40 »
Certa vez li uma matéria em uma revista religiosa que me deixou inculcado por algum tempo.

Citar
Porque o homem tem consciência de Deus?
Porque existe uma necessidade de adoração, desde os primórdios da humanidade?
Porque a natureza construiria pessoas com necessidades espirituais?


Essas perguntas tentam “provar” a existência de Deus por uma necessidade humana.
A nossa sede e fome prova a existência da água e comida.
Então, nossas necessidades espirituais provam a existência de Deus.

O argumento ( ou melhor, a falácia) vai bem até o momento que identificamos que a necessidade espiritual não é , de fato, espiritual. É, sim, apenas, o nosso instinto de buscar proteção.
O homem tem necessidades de se sentir protegido; Daí a necessidade de se ter um pai e uma mãe.
Quando o nosso pai (ou mãe) biológicos “falham” no sentido total de proteção – como , por exemplo, nos proteger de uma grave doença, morte, falência, desilusões amorosas – nosso mecanismo psicológico de compensação tende a buscar um “pai” mais poderoso , que possa nos proteger de uma maneira, digamos, melhor.

Daí, então, nasce “Deus”.
Todavia, é um Deus que está limitado apenas a psique do seu criador; que morre quando o homem morre.

A necessidade de crer em Deus decorre da intuição, muito natural aliás, de que os seres racionais não podem viver, nem aqui, nem na outra vida, em estado de anarquia.

Como o homem sempre teve a perspectiva da imortalidade, então é muito natural que sempre pensasse também em alguma espécie de Constituição Civil entre os habitantes do outro mundo, cujo autoridade máxima é representada pela ideia de Deus. E a ideia da divindade sempre foi mais ou menos perfeita, quanto mais ou menos perfeita era pensada a forma de Constituição Civil.

Claro que quem não acredita na imortalidade da alma também não tem nenhuma razão para crer em Deus, e aquele que crê em Deus em geral crê também na imortalidade da alma. Por isso o teísmo geralmente anda par e passo com o espiritualismo, assim como o ateísmo anda para e passo com o materialismo.

O ateu espiritualista é o que crê que as almas, no outro mundo, vivem em estado de anarquia. E o teísta materialista crê em um Deus que apenas exerce autoridade sobre coisas e não sobre pessoas. Não são impossíveis esses tipos de crenças, mas são minimamente inconsequentes e, por isso mesmo, creio que raras. O que é comum mesmo de encontrar é o teísta espiritualista e o ateu materialista.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline João da Ega

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 727
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #17 Online: 13 de Novembro de 2017, 13:09:52 »
Off topic: Leafar, descobri o Forum cético pesquisando sobre espiritismo, refutações ao espiritismo. Quando eu me cadastrei no forum cético, em 2011, acho que você não estava mais ativo, mas vi muita discussão com sua participação, principalmente com o Gigaview.
Legal que voltou.  :ok:
Se não tiver divergência, fica sem graça.
"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Offline criso

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 200
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #18 Online: 14 de Novembro de 2017, 00:31:38 »
o criador do tópico se volta para deuses criados pelo homem, e não para a Inteligência Suprema, o Logos Arquiteto do Universo. Por isso, não vamos chegar em lugar algum, até porque divindades são apenas personificações psicológicas e culturais e não existem.
Visita
Interiora
Terrae
Rectificandoque
Invenies
Occultum
Lapidem

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.303
  • Haters are losers.
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #19 Online: 14 de Novembro de 2017, 01:15:19 »
Certa vez li uma matéria em uma revista religiosa que me deixou inculcado por algum tempo.

Citar
Porque o homem tem consciência de Deus?
Porque existe uma necessidade de adoração, desde os primórdios da humanidade?
Porque a natureza construiria pessoas com necessidades espirituais?


Essas perguntas tentam “provar” a existência de Deus por uma necessidade humana.
A nossa sede e fome prova a existência da água e comida.
Então, nossas necessidades espirituais provam a existência de Deus.

O argumento ( ou melhor, a falácia) vai bem até o momento que identificamos que a necessidade espiritual não é , de fato, espiritual. É, sim, apenas, o nosso instinto de buscar proteção.
O homem tem necessidades de se sentir protegido; Daí a necessidade de se ter um pai e uma mãe.
Quando o nosso pai (ou mãe) biológicos “falham” no sentido total de proteção – como , por exemplo, nos proteger de uma grave doença, morte, falência, desilusões amorosas – nosso mecanismo psicológico de compensação tende a buscar um “pai” mais poderoso , que possa nos proteger de uma maneira, digamos, melhor.

Daí, então, nasce “Deus”.
Todavia, é um Deus que está limitado apenas a psique do seu criador; que morre quando o homem morre.

A necessidade de crer em Deus decorre da intuição, muito natural aliás, de que os seres racionais não podem viver, nem aqui, nem na outra vida, em estado de anarquia.

Essa idéia da anarquia não é natural e nem decorre da intuição humana, tanto que o conceito da individualidade/personalidade da "alma" não faz parte da maioria das religiões, principalmente das orientais (que são mais antigas). Isso só seria pertinente, como você disse, na consideração de um afterlife espiritualista de fundamento judaico-cristão, certamente espiritóide.

https://en.wikipedia.org/wiki/Soul

Citar
Como o homem sempre teve a perspectiva da imortalidade, então é muito natural que sempre pensasse também em alguma espécie de Constituição Civil entre os habitantes do outro mundo, cujo autoridade máxima é representada pela ideia de Deus. E a ideia da divindade sempre foi mais ou menos perfeita, quanto mais ou menos perfeita era pensada a forma de Constituição Civil.

Isso também não é nada natural. O conceito dessa perspectiva de imortalidade é muito variado e não tem necessariamente relação com o "além" nem com o "eu" personalizado da "alma". Veja como isso acontece no hunduísmo/budismo, por exemplo.

Citar
Claro que quem não acredita na imortalidade da alma também não tem nenhuma razão para crer em Deus, e aquele que crê em Deus em geral crê também na imortalidade da alma. Por isso o teísmo geralmente anda par e passo com o espiritualismo, assim como o ateísmo anda para e passo com o materialismo.

Aqui você deu outra escorregada devido a essas generalizações equivocadas.

Citar
O ateu espiritualista é o que crê que as almas, no outro mundo, vivem em estado de anarquia. E o teísta materialista crê em um Deus que apenas exerce autoridade sobre coisas e não sobre pessoas. Não são impossíveis esses tipos de crenças, mas são minimamente inconsequentes e, por isso mesmo, creio que raras. O que é comum mesmo de encontrar é o teísta espiritualista e o ateu materialista.

De onde vem esse seu preconceito contra a capacidade das almas poderem se organizar por si mesmas independentemente de um ditador todo poderoso? Isso não acontece nas suas "colônias espirituais" cuja descrição evidencia quase sempre um Deus desnecessário, substituído convenientemente pela atuação de "espíritos superiores"?

Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.303
  • Haters are losers.
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #20 Online: 14 de Novembro de 2017, 01:23:02 »
o criador do tópico se volta para deuses criados pelo homem, e não para a Inteligência Suprema, o Logos Arquiteto do Universo. Por isso, não vamos chegar em lugar algum, até porque divindades são apenas personificações psicológicas e culturais e não existem.

A Inteligência Suprema, o Logos Arquiteto do Universo também é criação humana que só "existe" porque as pessoas acreditam nele.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline criso

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 200
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #21 Online: 14 de Novembro de 2017, 01:28:55 »
a rebeldia cética consegue chegar ao ponto de negar que existimos em um cosmo legislado?...
Visita
Interiora
Terrae
Rectificandoque
Invenies
Occultum
Lapidem

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.303
  • Haters are losers.
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #22 Online: 14 de Novembro de 2017, 01:43:26 »
a rebeldia cética consegue chegar ao ponto de negar que existimos em um cosmo legislado?...

Yes. Isso não faz o menor sentido.
Gossip is a sort of smoke that comes from the dirty tobacco-pipes of those who diffuse it: it proves nothing but the bad taste of the smoker. George Eliot





.

Offline Gorducho

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 900
  • Sexo: Masculino
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #23 Online: 15 de Novembro de 2017, 11:03:26 »
Quanto mais a ciência adquire dados observacionais mais e mais se confirma que não há "ordenamentos" teleológicos.
Esses novos planetas que descobrem todos dias agora, uns que giram próximos dos seus sóis: ficam em brasa e poucas horas depois estão congelados.
A coisa e toda doidona, ao mero acaso...

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.806
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re:Porque o homem tem consciência de Deus?
« Resposta #24 Online: 15 de Novembro de 2017, 23:18:33 »
Essa idéia da anarquia não é natural e nem decorre da intuição humana, tanto que o conceito da individualidade/personalidade da "alma" não faz parte da maioria das religiões, principalmente das orientais (que são mais antigas). Isso só seria pertinente, como você disse, na consideração de um afterlife espiritualista de fundamento judaico-cristão, certamente espiritóide.

Se entendermos por "Religião" os sistemas que tratam de todas as nossas esperanças de futuro, uma religião que não tem Deus, a alma (com a sua respectiva liberdade e individualidade) e imortalidade, não atende a esse objetivo, porque não sinaliza esperança alguma (talvez somente a de morrer, virar capim, fazer parte do cosmo, e coisas assim). Em outras palavras: melhor não ter Religião do que ter isso.

De onde vem esse seu preconceito contra a capacidade das almas poderem se organizar por si mesmas independentemente de um ditador todo poderoso? Isso não acontece nas suas "colônias espirituais" cuja descrição evidencia quase sempre um Deus desnecessário, substituído convenientemente pela atuação de "espíritos superiores"?
Elas podem. Eu não neguei essa possibilidade. Mas como se tratam de seres racionais, vão se organizar em torno da moralidade (vamos pensar que já estão bastante evoluídos para isso), e dessa forma, exerceriam (ou exercem) sobre nós o mesmo tipo de autoridade (moral) que Deus exerceria.

Na prática, é a mesma coisa que se Deus existisse. Ou será Deus de fato, ou uma sociedade com uma autoridade constituída que emula Deus. No fim, a consequência é a mesma: estamos submetidos a uma autoridade suprassensível.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!